Diferença entre
Macro e Micro
evolução
uma categoria usada na
classificação dos organismos
que consistem em um grupo
de indivíduos semelhantes
que podem cruzar e...
https://darwinismo.wordpress.com/2011/03/11/microev
olucao-e-um-termo-desnecessario/
O termo “macroevolução” é redundante ...
A macroevolução é uma teoria ou modelo das
origens que sustenta a idéia de que todas as
variedades deformas de vida provêm...
https://darwinismo.wordpress.com/2011/03/11/microev
olucao-e-um-termo-desnecessario/
O termo “macroevolução” é redundante ...
Se se chegasse a demonstrar
que existe um órgão complexo
que se não possa formar por
uma série de numerosas
modificações g...
Harun Yayha, "O engano do evolucionismo", p. 93-94
As pesquisas têm mostrado que jamais ocorreu a
evolução do bipedalismo,...
Ao contrário, como o homem anda sobre dois pés, ele se
desloca muito mais lentamente sobre o solo. Pela mesma
razão, ele é...
Entretanto, o paleoantropólogo inglês Robin
Crompton, com suas pesquisas computadorizadas
realizadas em 1996, mostrou que ...
Os evolucionistas fazem um
mau uso da palavra
“evolução” como forma de
gerar uma ilusão que lhes
serve o propósito.
https:...
Diferença entre Macro e Micro evolução
Diferença entre Macro e Micro evolução
Diferença entre Macro e Micro evolução
Diferença entre Macro e Micro evolução
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Diferença entre Macro e Micro evolução

573 visualizações

Publicada em

Vídeo e blog:

http://refutandoaevolucao.blogspot.com.br/2015/11/diferenca-entre-macro-e-micro-evolucao.html

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
573
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
210
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Diferença entre Macro e Micro evolução

  1. 1. Diferença entre Macro e Micro evolução
  2. 2. uma categoria usada na classificação dos organismos que consistem em um grupo de indivíduos semelhantes que podem cruzar entre si e produzir descendência fértil http://www.allaboutthejourney.org/portuguese/teoria-da- evolucao.htm
  3. 3. https://darwinismo.wordpress.com/2011/03/11/microev olucao-e-um-termo-desnecessario/ O termo “macroevolução” é redundante e desnecessário. Macroevolução é a evolução que todos temos em mente quando falamos das nossas origens. A palavra é desnecessariamente repetitiva. “Microevolução” é um termo paradoxal e autocontraditório. Não há “micro” evolução. A evolução ou é em grande escala ou então estamos falando de algo que está de acordo com o criacionismo. Devido a isso, o termo “microevolução”, por levar a declarações enganadoras, deveria ser abandonado
  4. 4. A macroevolução é uma teoria ou modelo das origens que sustenta a idéia de que todas as variedades deformas de vida provêm de uma simples célula ou "ancestral comum". Os macroevolucionistas crêem que, uma vez que as primeiras células vivas passaram a existir, foi apenas uma questão de tempo, seleção natural, e alterações biológicas moleculares aleatórias em seus sistemas de informação genética (mutações [benéficas]) para o aparecimento de novas características Norman Geisler e Peter Bocchino," Fundamentos Inabaláveis", p. 139
  5. 5. https://darwinismo.wordpress.com/2011/03/11/microev olucao-e-um-termo-desnecessario/ O termo “macroevolução” é redundante e desnecessário. Macroevolução é a evolução que todos temos em mente quando falamos das nossas origens. A palavra é desnecessariamente repetitiva. “Microevolução” é um termo paradoxal e autocontraditório. Não há “micro” evolução. A evolução ou é em grande escala ou então estamos falando de algo que está de acordo com o criacionismo. Devido a isso, o termo “microevolução”, por levar a declarações enganadoras, deveria ser abandonado
  6. 6. Se se chegasse a demonstrar que existe um órgão complexo que se não possa formar por uma série de numerosas modificações graduais e ligeiras, a minha teoria não poderia certamente defender-se Charles Darwin, "A origem das espécies", p. 201- 202
  7. 7. Harun Yayha, "O engano do evolucionismo", p. 93-94 As pesquisas têm mostrado que jamais ocorreu a evolução do bipedalismo, e nem seria possível que ela ocorresse. Primeiramente, o bipedalismo não constitui uma vantagem evolutiva. A maneira pela qual os macacos se deslocam é muito mais fácil, mais rápida e mais eficiente do que o andar bípede do homem. O homem não pode se deslocar nem pulando de galho em galho sem pisar no chão, como os chimpanzés, nem correr com a velocidade de 125 km/hora como a chita
  8. 8. Ao contrário, como o homem anda sobre dois pés, ele se desloca muito mais lentamente sobre o solo. Pela mesma razão, ele é uma das espécies mais desprotegidas dentre todas as demais da natureza, em termos de movimento e defesa. De acordo com a lógica da evolução, os macacos não deveriam ter evoluído para adotar um modo bípede de caminhar; pelo contrário, os seres humanos deveriam ter evoluído para se tornarem quadrúpedes! Outro impasse da alegação evolucionista é que o bipedalismo não se coaduna com o modelo darwinista do “desenvolvimento gradual”. Esse modelo, que constitui a base da evolução, exige que deva existir uma “composição” entre o caminhar bípede e o quadrúpede. Harun Yayha, "O engano do evolucionismo", p. 93-94
  9. 9. Entretanto, o paleoantropólogo inglês Robin Crompton, com suas pesquisas computadorizadas realizadas em 1996, mostrou que essa “composição” não é possível. Crompton chegou à seguinte conclusão: Um ser vivo pode ou andar ereto, ou sobre todas as quatro pernas. Um tipo intermediário de caminhar não é possível, devido ao consumo de energia extremamente elevado. É por isso que é impossível existir um ser intermediário entre bípede e quadrúpede Harun Yayha, "O engano do evolucionismo", p. 93-94
  10. 10. Os evolucionistas fazem um mau uso da palavra “evolução” como forma de gerar uma ilusão que lhes serve o propósito. https://darwinismo.wordpress.com/2011/03/11/microev olucao-e-um-termo-desnecessario/

×