Evolucionismo

1.197 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.197
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Evolucionismo

  1. 1. TEORIA DA EVOLUÇÃO OU EVOLUCIONISMO CEMAB - CENTRO DE ENSINO MÉDIO AVE BRANCA PROFª: DORALICE 3º ANO ENSINO MÉDIO
  2. 2. Teoria da evolução Explicação científica para a enorme diversidade da vida na Terra. IDEIAS EVOLUCIONISTAS Explicações sobre as causas das transformações das espécies ao longo do tempo foram propostas no decorrer da história da Biologia por diversos cientistas.
  3. 3. LAMARCKISMO - Contínua geração espontânea de formas primitivas de vida e a tendência ao aumento da complexidade. - Adaptações surgiam por força do ambiente em função do uso ou do desuso das estruturas corporais. - Características adquiridas seriam transmitidas aos descendentes.
  4. 4. DARWINISMO  Defende as ideias de ancestralidade comum e de seleção natural.  Todo ser vivo, em algum lugar do passado, compartilha um mesmo ancestral .  Os indivíduos mais adaptados a determinado ambiente apresentam maiores chances de reprodução e sobrevivência, ou seja, são selecionados pelo ambiente e suas características adaptativas são herdadas pela prole.
  5. 5. O conceito da teoria evolucionista de Darwin é apresentado em seu livro – A origem das espécies (seleção natural).
  6. 6. TEORIA MODERNA DA EVOLUÇÃO TEORIA SINTÉTICA DA EVOLUÇÃO NEODARWINISMO
  7. 7. TEORIA MODERNA DA EVOLUÇÃO  Os mecanismos genéticos que explicam a origem das características adaptativas são incorporadas ao conceito de seleção natural proposto por Darwin, resultando em uma teoria evolucionista mais abrangente e consistente.  A Teoria Moderna da Evolução ou Neodarwinismo considera três fatores evolutivos principais: * Mutação gênica; * Recombinação gênica; * Seleção natural.
  8. 8. MUTAÇÃO
  9. 9. RECOMBINAÇÃO GÊNICA
  10. 10. RECOMBINAÇÃO GÊNICA Segregação independente dos genes.
  11. 11. RECOMBINAÇÃO GÊNICA Permutação ou crossing-over
  12. 12. SELEÇÃO NATURAL
  13. 13. Seleção Natural - Reprodução de uma população em que os mais bem adaptados têm maior chance de deixar descendentes.
  14. 14. Seleção Estabilizadora – A seleção natural favorece os indivíduos médios e seleciona negativamente os indivíduos com características extremas;
  15. 15. Seleção Direcional – Mudanças ambientais e um fenótipo, antes desfavorável, passa a ser favorecido(bactérias resistentes);
  16. 16. Seleção Disruptiva – Mudanças ambientais favorecem fenótipos extremos reduz a frequência de intermediários.
  17. 17. SELEÇÃO SEXUAL
  18. 18. EVIDÊNCIAS DA EVOLUÇÃO BIOLÓGICA * Documentário fóssil
  19. 19. EVIDÊNCIAS DA EVOLUÇÃO BIOLÓGICA * Adaptação ** Camuflagem
  20. 20. EVIDÊNCIAS DA EVOLUÇÃO BIOLÓGICA ** Mimetismo
  21. 21. EVIDÊNCIAS ANATÔMICAS E FISIOLÓGICAS DA EVOLUÇÃO Certas espécies de seres vivos têm estruturas anatomicamente semelhantes, apesar de suas diferentes funções. _ Divergência evolutiva : organismos que vivem em ambientes diferentes podem apresentar estruturas corporais com a mesma origem embrionária, mas anatômica ou funcionalmente distintas, pois são adaptadas aos diferentes modos de vida.Essas estruturas são chamadas órgãos homólogos.
  22. 22. Divergência evolutiva – órgãos homólogos
  23. 23. EVIDÊNCIAS ANATÔMICAS E FISIOLÓGICAS DA EVOLUÇÃO  Convergência evolutiva – organismos que vivem em ambientes semelhantes, apresentam estruturas corporais com origens embrionárias distintas, podem ser anatômica ou funcionalmente semelhantes. Essas estruturas são chamadas órgãos análogos.
  24. 24. Convergência evolutiva – órgãos análogos
  25. 25. ÓRGÃOS VESTIGIAIS Estruturas pouco desenvolvidas sem papel significativo. e
  26. 26. SEQUÊNCIAS DE NUCLEOTÍDEOS AMINOÁCIDOS E Quanto maior for o parentesco evolutivo determinado por caracteres anatômicos, maior será a similaridade das moléculas.
  27. 27. SEQUÊNCIAS DE NUCLEOTÍDEOS E AMINOÁCIDOS  Quanto maior for o parentesco evolutivo determinado por caracteres anatômicos, maior será a similaridade das moléculas.
  28. 28. ORIGEM DE NOVAS ESPÉCIES  “Espécies são grupos de populações naturais potencialmente capazes de se cruzarem e que estão reprodutivamente isolados de outros grupos semelhantes”. Ernest Mayr - biólogo  ESPECIAÇÃO – A teoria da evolução afirma que toda espécie surge a partir de uma espécie ancestral.
  29. 29. Isolamento de populações – leva à formação de novas espécies. Isolamento geográfico – o tipo mais comum de isolamento .  Tipos de isolamento reprodutivo * Pré-zigóticos – Mecanismos que impedem o contato físico entre indivíduos de espécies diferentes. ** Isolamento de hábitat. * * Períodos de reprodução diferentes. * Pós-zigóticos – Cruzamentos de espécies diferentes com a formação do zigoto. ** Aborto. ** Indivíduo estéril.

×