Evidências da evolução biológica Professor: Ronney Fernandes Chagas
Principais evidências <ul><li>Documentário fóssil </li></ul><ul><li>Adaptação ao meio ambiente  </li></ul><ul><li>Semelhan...
Fósseis <ul><li>Esses vestígios podem ser ossos, dentes, pegadas impressas em rochas, fezes petrificadas, animais conserva...
Importância dos fósseis <ul><li>Permitem estudar a  evolução da vida  na Terra </li></ul><ul><li>Permitem  datar as rochas...
 
 
Etapas de formação de um fóssil <ul><li>Morte do ser vivo </li></ul><ul><li>Deposição de  sedimentos  sobre os seus restos...
Principais processos de fossilização <ul><li>Conservação </li></ul><ul><li>Mineralização </li></ul><ul><li>Incarbonização ...
Conservação
Mineralização
Incarbonização
Moldagem
Impressão
Marcas e vestígios
Fósseis vivos <ul><li>São seres vivos que existem desde há muitos milhões de anos.  </li></ul><ul><li>Mantiveram as suas c...
Métodos de datação <ul><li>Os métodos de datação agrupam-se em 4 categorias: </li></ul><ul><li>1 - métodos  radio-isotópic...
Semelhanças anatômicas e fisiológicas da evolução <ul><li>Órgãos homólogos  –  mesma origem embrionária, com mesma função ...
<ul><li>Órgãos análogos  –  diferente origem embrionária,mas com mesma função.  Convergência evolutiva . </li></ul>Semelha...
As colunas estratigráficas seguintes foram recolhidas em dois locais ( X e Y) distantes. <ul><ul><li>1- De todos os estrat...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Evolução

3.296 visualizações

Publicada em

1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.296
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
132
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Evolução

  1. 1. Evidências da evolução biológica Professor: Ronney Fernandes Chagas
  2. 2. Principais evidências <ul><li>Documentário fóssil </li></ul><ul><li>Adaptação ao meio ambiente </li></ul><ul><li>Semelhanças anatômicas, fisiológicas e bioquímicas. </li></ul>
  3. 3. Fósseis <ul><li>Esses vestígios podem ser ossos, dentes, pegadas impressas em rochas, fezes petrificadas, animais conservados no gelo. </li></ul>
  4. 4. Importância dos fósseis <ul><li>Permitem estudar a evolução da vida na Terra </li></ul><ul><li>Permitem datar as rochas e determinar ambientes antigos . </li></ul>Fóssil de Idade Fóssil de Fácie Coral 500 M.a. – atualidade Vivem apenas em ambientes de águas calmas , quentes e pouco profundas Amonite 248 M.a. – 66 M.a.
  5. 7. Etapas de formação de um fóssil <ul><li>Morte do ser vivo </li></ul><ul><li>Deposição de sedimentos sobre os seus restos mortais - (como consequência estes deixam de estar em contato com os agentes atmosféricos e com o oxigênio, descompondo-se por isso mais lentamente) </li></ul><ul><li>Substituição da matéria orgânica (existente nos restos mortais) por matéria mineral </li></ul><ul><li>Após milhões de anos, e através do desgaste das rochas, o fóssil fica exposto novamente à superfície. </li></ul>
  6. 8. Principais processos de fossilização <ul><li>Conservação </li></ul><ul><li>Mineralização </li></ul><ul><li>Incarbonização </li></ul><ul><li>Moldagem </li></ul><ul><li>Impressão </li></ul><ul><li>Marcas e vestígios de atividade </li></ul>
  7. 9. Conservação
  8. 10. Mineralização
  9. 11. Incarbonização
  10. 12. Moldagem
  11. 13. Impressão
  12. 14. Marcas e vestígios
  13. 15. Fósseis vivos <ul><li>São seres vivos que existem desde há muitos milhões de anos. </li></ul><ul><li>Mantiveram as suas características ao longo do tempo, pois adaptaram-se bem aos variados ambientes que a Terra atravessou. </li></ul><ul><li>Atualmente existem fósseis destes seres e também existem exemplares vivos. </li></ul>
  14. 16. Métodos de datação <ul><li>Os métodos de datação agrupam-se em 4 categorias: </li></ul><ul><li>1 - métodos radio-isotópicos – taxa de desintegração atômica de uma amostra. </li></ul><ul><li>2 - métodos paleomagnéticos – padrão de inversão dos pólos magnéticos. </li></ul><ul><li>3 - métodos químicos orgânicos e inorgânicos – alterações químicas de uma amostra com o tempo. </li></ul><ul><li>4 – métodos biológicos – taxas de crescimento de organismos para datação do substrato sobre o qual este reside. </li></ul>
  15. 17. Semelhanças anatômicas e fisiológicas da evolução <ul><li>Órgãos homólogos – mesma origem embrionária, com mesma função ou não. Divergência evolutiva . </li></ul>
  16. 18. <ul><li>Órgãos análogos – diferente origem embrionária,mas com mesma função. Convergência evolutiva . </li></ul>Semelhanças anatômicas e fisiológicas da evolução
  17. 19. As colunas estratigráficas seguintes foram recolhidas em dois locais ( X e Y) distantes. <ul><ul><li>1- De todos os estratos (A a F) encontrados nos dois locais, indica: </li></ul></ul><ul><ul><li>a) O mais antigo </li></ul></ul><ul><ul><li>b) O mais recente </li></ul></ul>Estrato D Estrato E 2- Sabendo que as trilobites viveram entre os 200 e os 500 milhões de anos atrás, indica um estrato com idade superior a 500 milhões de anos. Estrato D, com fósseis de Graptólitos

×