Exame de biologia pdf

2.392 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.392
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Exame de biologia pdf

  1. 1. Prova 702.V1/1.ª F. - Página 1/9
  2. 2. Prova 702.V1/1.ª F. - Página 2/9GRUPO IA figura 1, onde se representa um continente entre dois oceanos – X e Y –, pretende esquematizar váriostipos de fronteira entre placas tectónicas e diferentes unidades estruturais, de entre as quais a identificadapela letra B atinge a profundidade de, aproximadamente, 100 Km.Figura 11. Selecione a opção que corresponde à única afirmação falsa.(A) As falhas transformantes formam-se devido a forças de cisalhamento.(B) No oceano Y, predomina apenas um tipo de subducção.(C) As dorsais oceânicas estão associadas a limites divergentes.(D) É um regime divergente que se verifica estiramento crustal.2. Faça corresponder a cada uma das letras da figura 1 (de A a E) um dos números seguintes (de 1 a 8)relativos a diferentes unidades estruturais da Terra.Escreva, na folha de respostas, apenas as letras e os números correspondentes.Utilize cada letra e cada número apenas uma vez.1. astenosfera 3. crusta oceânica 5. fossa oceânica 7. manto superior litosférico2. crusta continental 4. dorsal oceânica 6. litosfera 8. zona de subducção3. Com base na localização de vulcões e sismos, foi possível considerar a litosfera dividida em porçõeschamadas placas litosféricas, cuja espessura é de cerca de 100 km.Explica, à luz da teoria da tectónica de placas, como é possível que os fundos oceânicos sejam bastantejovens, comparativamente com os 4600 M.a. que são atribuídos à Terra, tendo em conta os fenómenosque ocorrem nos limites convergentes e divergentes de placas litosféricas.4. Na resposta aos itens 1.1. e 1.2., selecione a única opção que permite obter uma afirmação correta.Escreva, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.4.1. Em Geologia, uma placa é formada por(A) crosta terrestre.(B) litosfera e manto superior.(C) manto.(D) crosta terrestre e parte superior do manto.4.2. A crosta oceânica é gerada ao nível de(A) fossas oceânicas.(B) dorsais oceânicas.(C) dorsais e fossas.(D) planícies abissais.
  3. 3. Prova 702.V1/1.ª F. - Página 3/9As rochas sedimentares recobrem uma superfície de cerca de ¾ da superfície dos continentes. Surgem,frequentemente, em estratos e conservam vestígios de seres vivos contemporâneos da sua génese. Sãovárias as etapas de formação das rochas sedimentares.A figura 2 representa a variação da meteorização das rochas com a latitude, em diferentes climas.Figura 25. Na resposta a cada um dos itens de 5.1. a 5.3., selecione a única opção que permite obter uma afirmaçãocorreta.Escreva, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.5.1. A região da Terra onde a meteorização das rochas é mais intensa localiza-se em zonas de(A) baixa latitude, isto é, nas regiões árticas.(B) alta altitude, isto é, nas regiões árticas.(C) baixa latitude, isto é, nos trópicos.(D) alta latitude, isto é, nos trópicos.5.2. Nas regiões árticas, predomina a meteorização _____: a água congela nas fendas das rochas,aumenta de volume e contribui para o alargamento das fendas e para a divisão da rocha em blocosangulosos, que se soltam _____.(A) químicas pela ação da água … e continuam a ser profundamente alterados(B) físicas pela ação do gelo … e continuam a ser profundamente alterados(C) química pela ação da água … e praticamente não sofrem alterações(D) físicas pela ação do gelo … e praticamente não sofrem alterações5.3. Nos desertos, para temperaturas baixas não há água suficiente para se formarem grandesquantidades de gelo e para temperaturas altas não há água suficiente para as reações de dissolução ehidrólise. Assim, as grandes amplitudes térmicas fazem com que os desertos sejam das regiões da Terraem que os processos de(A) meteorização são menos intensos.(B) erosão são menos intensos.(C) meteorização são mais intensos.(D) erosão são mais intensos.6. As variadas paisagens do Minho têm, geralmente, em comum a presença de formações graníticas. Nessavariedade de paisagens intervêm os mecanismos de erosão e meteorização.Explica em que medida é que as plantas interferem na alteração do granito.
  4. 4. Prova 702.V1/1.ª F. - Página 4/9GRUPO IIOs fenómenos de bioluminescência ocorrem, por exemplo, nos pirilampos. Mais de 1900 espécies destesinsetos utilizam um repertório particular de sinais luminosos para atrair um parceiro sexual.A luz é emitida quando um ácido orgânico, a luciferina, reage com ATP, produzindo-se um compostointermediário (adenilato de luciferil). A enzima luciferase catalisa uma reação entre esse compostointermediário e o oxigénio, libertando-se oxiluciferina, CO2, AMP e energia luminosa. A oxiluciferina é, então,reduzida a luciferina, reiniciando-se o ciclo.Atualmente, utiliza-se a luciferina e a luciferase em algumas indústrias alimentares, para detetar apresença de ATP. Quando surge ATP numa substância isso indica contaminação por microrganismos. Porexemplo, os produtores da Coca-Cola recorrem a esta técnica para detetar bactérias nos xaropes, ricos emsacarose, que são usados para produzir bebidas. Os xaropes contaminados brilham devido ao ATP que éproduzido pelas bactérias.A figura 3 representa a biossíntese da enzima luciferase.Figura 31. Na resposta a cada um dos itens de 1.1. a 1.5., selecione a única opção que permite obter uma afirmaçãocorreta.Escreva, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.1.1. O processo biomolecular representado por A denomina-se ____ e ocorre no ____(A) tradução … núcleo(B) transcrição … citoplasma(C) tradução … citoplasma(D) transcrição … núcleo1.2. Os algarismos 1, 3 e 5 correspondem, respetivamente, a(A) DNA polimerase, aminoácido, luciferina.(B) luciferase, RNA mensageiro, luciferina.(C) ribossoma, RNA mensageiro, oxiluciferina.(D) ribossoma, RNA de transferência, luciferase.1.3. De acordo com o texto, uma das razões pela qual a investigação científica tem um papel crucial para asociedade é o facto de(A) Permitir conhecer a importância do fenómeno de bioluminescência no ritual de acasalamento dospirilampos.(B) Permitir conhecer o ciclo de vida dos pirilampos.(C) Permitir conhecer todas as razões envolvidas na produção de luz pelos pirilampos.(D) Permitir o desenvolvimento de técnicas a aplicar no controlo da qualidade dos alimentos.1.4. Se o segmento inicial do DNA precursor da luciferase apresentar a seguinte sequência de nucleótidos5’GGTTACTAATTC3’, o produto da transcrição será(A) 3’CCAATGATTAAG5’.(B) 5’CCAATGATTAAG3’.(C) 3’CCAAUGAUUAAG5’.(D) 5’CCAAUGAUUAAG3’.
  5. 5. Prova 702.V1/1.ª F. - Página 5/91.5. Se a estrutura assinalada pelo número 5 apresentar _____ monómeros, o número mínimo demonómeros que entram na constituição da molécula assinalada pelo número 2 é _____.(A) 24 … 8(B) 8 … 15(C) 5 … 15(D) 15 … 52. Ordene as letras de A a E, de modo a reconstituir a sequência cronológica dos acontecimentos associadosao processo de biossíntese proteica.Escreva, na folha de respostas, apenas a sequência de letras.A. Excisão de intrões.B. O RNAt transporta um segundo aminoácido que vai estabelecer uma ligação peptídica com ameteonina.C. A subunidade maior do ribossoma liga-se à subunidade menor.D. Formação do RNA pré-mensageiro.E. Fixação da RNA polimerase sobre uma certa sequência de DNA.GRUPO IIIO arquipélago das Canárias localiza-se no Oceano Atlântico, na costa oeste de África. A ilha vulcânica deEl Hierro, a última a ser formada, situada na zona sudoeste do arquipélago, tem sido abalada por inúmerossismos, desde julho de 2011, a maioria impercetíveis aos seus habitantes. Os sismos foram registados emestações de monitorização sísmica distribuídas pela ilha.A 12 de outubro de 2011, ocorreu uma erupção vulcânica, que libertou materiais que foram transportadosatravés da corrente oceânica. Desde então, a atividade sísmica tem continuado na ilha de El Hierro.A figura 4 representa o contexto geológico da erupção vulcânica de 12 de outubro de 2011.Figura 41. Os cientistas consideram dois modelos para a descrição da estrutura interna da Terra, um baseado nacomposição química dos materiais e o outro baseado nas propriedades físicas dos materiais.De acordo com o modelo baseado nas propriedades físicas dos materiais, designa a camada da Terraassinalada na Figura 1 com a letra X.
  6. 6. Prova 702.V1/1.ª F. - Página 6/92. Na resposta a cada um dos itens de 2.1. a 2.3., seleciona a única opção que permite obter uma afirmaçãocorreta.Escreve, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.2.1. A erupção vulcânica de 12 de outubro de 2011 ocorreu numa zona(A) submersa da crosta, na ilha mais recente do arquipélago.(B) submersa da crosta, na ilha mais antiga do arquipélago.(C) emersa da crosta, na ilha mais a oeste do arquipélago.(D) emersa da crosta, na ilha mais a este do arquipélago.2.2. O hipocentro dos sismos de magnitude de 1.0 a 2.0 encontra-se, predominantemente, a umaprofundidade compreendida entre(A) 6 e 10 Km, a este do local da erupção.(B) 6 e 10 Km, a oeste do local da erupção.(C) 12 e 16 Km, a oeste do local da erupção.(D) 12 e 16 Km, a este do local da erupção.2.3. A magnitude de um sismo(A) refere-se à quantidade de energia libertada no epicentro.(B) refere-se aos danos verificados nas construções.(C) mede-se de acordo com a escala de Mercalli modificada.(D) mede-se de acordo com a escala de Richter.3. Explica a importância da deteção de sismos na monitorização da atividade vulcânica para a segurança dapopulação da ilha de El Hierro.GRUPO IVCom o objetivo de avaliar as propriedades das rochas sedimentares, foram efetuados estudos dascaracterísticas de três amostras de materiais detríticos. As referidas amostras foram introduzidas em trêstubos de ensaio A, B e C. Num quarto tubo, D, foi introduzida uma mistura dos materiais dos outros trêstubos. Em cada um dos tubos foi introduzido igual volume de material. Os tubos são todos idênticos efechados na base por uma membrana permeável. No início da experiência, os materiais, encontravam-sesecos, tendo sido vertida a mesma quantidade de água em cada tudo, em condições exatamente iguais, equantificado o tempo de escoamento.Na tabela I encontram-se registados os resultados da experiência.TuboDiâmetro dos detritos(mm)Porosidade (%) Tempo de escoamento (s)A Fino (0,08) 40 14B Médio (0,2) 40 8C Grosseiro (1) 40 6D Variável 20 20Tabela I1. Na resposta a cada um dos itens de 1.1. a 1.6., selecione a única opção que permite obter uma afirmaçãocorreta.Escreva, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.1.1. O objetivo do procedimento laboratorial foi determinar a(A) distribuição granulométrica das amostras.(B) relação entre as dimensões das partículas detríticas e a permeabilidade do material.(C) composição química das amostras.(D) relação entre o grau de calibragem e a permeabilidade das amostras.
  7. 7. Prova 702.V1/1.ª F. - Página 7/91.2. De acordo com os resultados experimentais, no tubo(A) D a permeabilidade é maior porque o tempo de escoamento é maior.(B) C a permeabilidade é menor porque as partículas são mais grosseiras.(C) D a permeabilidade é maior porque a amostra é mal calibrada.(D) C a permeabilidade é maior porque o tempo de escoamento é menor.1.3. Considerando que o conteúdo dos quatro tubos ficou saturado em água(A) os tubos A, B e C contêm igual quantidade de água e metade da do tubo D.(B) o tubo C é o que contém mais água e o tubo D é o que contém menos.(C) os tubos A, B e C contêm igual quantidade de água e o dobro da do tubo D.(D) o tubo D é o que contém mais água e o tubo A é o que contém menos.1.4. Transferindo-se o conteúdo do tubo D para outro tubo contendo apenas água e deixando em repouso,a ordem natural da deposição dos detritos, da base para o topo é(A) grosseiro, médio, fino.(B) fino, médio e grosseiro.(C) médio, fino e grosseiro.(D) grosseiro, fino e médio.1.5. Os resultados experimentais permitem concluir que quanto(A) menores as dimensões dos detritos maior é a permeabilidade.(B) menor a porosidade da amostra maior é a permeabilidade.(C) maiores as dimensões dos detritos maior é a permeabilidade.(D) menor o grau de calibragem da amostra maior é a permeabilidade.1.6. A fiabilidade dos resultados é conseguida, repetindo a experiência(A) com materiais de diferente granulometria.(B) diversas vezes.(C) com materiais de diferente porosidade.(D) com um grande número de tubos com material detrítico diferente.GRUPO VOs esquemas I e II da figura 5 representam diferentes estruturas de uma mesma planta, observadas emmicroscopia ótica.Figura 51. Na resposta aos 1.1. e 1.2., selecione a única opção que permite obter uma afirmação correta.Escreva, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.1.1. No esquema I, o estado de _____ das células-guarda é consequência de um processo de osmosedesencadeado _____ da pressão osmótica nestas células.(A) turgescência … pelo aumento(B) turgescência … pela diminuição(C) plasmólise … pelo aumento(D) plasmólise … pela diminuição
  8. 8. Prova 702.V1/1.ª F. - Página 8/91.2. No esquema II, o tecido assinalado com o número _____, onde predominam células mortas,transporta seiva _____.(A) 1 … elaborada(B) 2 … bruta(C) 1 … bruta(D) 2 … elaborada2. Ordene as letras de A a E, de modo a reconstituir a sequência cronológica dos acontecimentos quedesencadeiam a translocação da seiva floémica, a partir de um órgão fotossintético.A. Diminuição do potencial hídrico nos elementos condutores do floema.B. Aumento da pressão de turgescência no floema.C. Transporte ativo de sacarose para os vasos condutores.D. Entrada de água nos elementos dos tubos crivosos.E. Elaboração de glicose nas células do mesófilo.3. A cobertura do pavimento das estradas com cloreto de sódio é um dos métodos utilizados para minimizar aformação de gelo durante o Inverno. Esta medida pode ter impactos ambientais significativos,nomeadamente na vegetação que existe nas bermas das estradas, por indisponibilidade de água para asplantas.Explique a razão dessa indisponibilidade.Os diagramas I, II e III da figura 6 esquematizam os sistemas cardiovasculares de três grupos devertebrados.Figura 64. A cada uma das letras que identificam as afirmações seguintes, faz corresponder um dos números dosdiagramas da figura 6.A. Sistema com circulação completa.B. Pode ocorrer mistura de sangue arterial com sangue venoso.C. Corresponde ao sistema onde o sangue arterial flui mais lentamente.D. Trata-se do sistema mais eficiente no fornecimento de oxigénio às células.E. As cavidades do coração são atravessadas exclusivamente por sangue venoso.FIM DA PROVA
  9. 9. Prova 702.V1/1.ª F. - Página 9/9COTAÇÕESGrupo I1. 5 pontos65pontos2. 10 pontos3. 15 pontos4.4.1. 5 pontos4.2. 5 pontos5.5.1. 5 pontos5.2. 5 pontos5.3. 5 pontos6. 10 pontosGrupo II1.1.1. 5 pontos35pontos1.2. 5 pontos1.3. 5 pontos1.4. 5 pontos1.5. 5 pontos2. 10 pontosGrupo III1. 7 pontos32pontos2.2.1. 5 pontos2.2. 5 pontos2.3. 5 pontos3. 10 pontosGrupo IV 1.1.1. 5 pontos30pontos1.2. 5 pontos1.3. 5 pontos1.4. 5 pontos1.5. 5 pontos1.6. 5 pontosGrupo V1.1.1. 5 pontos38pontos1.2. 5 pontos2. 10 pontos3. 10 pontos4. 8 pontosTOTAL 200

×