ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL  AMÉRICO RIBEIRO MENDES.  CAROLINE E VÍNICIUS. ANIMAIS CAXIAS DO SUL SÉCULO XX
1-  Origem dos animais Era o paraiso das aves; existiam aqui, várias espécies de papagaios. Em 1511, entre as primeiras ex...
O reino Animalia, Reino Animal ou Reino Metazoa é composto por seres vivos multicelularas cujas células formam tecidos bio...
O estudo  dos  animais é chamado zoologia.
Enxergar o mundo colorido não é uma exclusividade do homem. Existem animais com poder visual para as cores superior ao do ...
O  aparelho óptico de cada ser vivo se desenvolveu para a sua defesa, seja sua posição a de caça ou a de caçador. Na seleç...
Por exemplo, certos animais vivem nas  profundidades  dos oceanos, onde a luz é baixa e  a  cor é pouca também. Como no ca...
Os  peixes são amplamente usados como recurso em várias áreas importantes da atividade humana, como sejam na pesca e aquac...
Os vertebrados ( do latim vertebratus, com vértebras) constituem um subfilo de animais cordados, compreendendo os , peixes...
Nas  últimas décadas os estudos de bem-estar centraram-se em mamíferos e aves nos mais variados contextos artificiais. A p...
Outras  características adicionais são a presença de um sistema muscular geralmente simétrico – a simetria bilateral é tam...
Foram encontrados vestígios dos vertebrados até ao período Siluriano (há 444 a 409 milhões de anos).
Existem mais de 250 espécies de quelônios no mundo todo, e no Brasil existem cerca de 33 espécies. Espécies de tartarugas
Tartarugas marinhas: <ul><li>Apresentam as patas achatadas transformadas em remos; não apresentam membranas interdigitais;...
Por conta disso, não retraem cabeça e membros para dentro da carapaça como fazem as outras tartarugas. Em compensação, no ...
Tartarugas aquáticas de rio Possuem as patas espalmadas, apresentam membranas interdigitais e cada dedo apresenta uma unha...
Então cágado é a denominação brasileira para todos os quelônios lacustres (de água doce) da família Chelyidae que retraem ...
Tartarugas terrestres: J abuti é a denominação brasileira para duas espécies de quelônios terrestres: o jabuti-piranga (Ge...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Animais.

1.535 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.535
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Animais.

  1. 1. ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL AMÉRICO RIBEIRO MENDES. CAROLINE E VÍNICIUS. ANIMAIS CAXIAS DO SUL SÉCULO XX
  2. 2. 1- Origem dos animais Era o paraiso das aves; existiam aqui, várias espécies de papagaios. Em 1511, entre as primeiras exportações comerciais do Brasil Colônia, estavam incluidos 22 Tuins e 15 Papagaio.Em, 1999, são diversas as espécies de aves ameaçadas de extinção, principalmente os XERIMBABOS que são os que aprendem a imitar a voz humana rapidamente.
  3. 3. O reino Animalia, Reino Animal ou Reino Metazoa é composto por seres vivos multicelularas cujas células formam tecidos biológicos, com capacidade de responder ao ambiente que os envolve ou, por outras palavras, pelos animais. Ao contrário das plantas, os animais são heterotróficos, ou seja, buscam no meio onde vivem seu alimento, como plantas e outros animais para sobreviverem.
  4. 4. O estudo dos animais é chamado zoologia.
  5. 5. Enxergar o mundo colorido não é uma exclusividade do homem. Existem animais com poder visual para as cores superior ao do ser humano. Esteja em terra, no ar ou no mar, cada animal se adaptou às condições de seu habitat e conduziu seus olhos à captação das cores e formas para sobreviver aos processos da seleção natural Visão dos Animais
  6. 6. O aparelho óptico de cada ser vivo se desenvolveu para a sua defesa, seja sua posição a de caça ou a de caçador. Na seleção natural, vence aquele que estiver melhor condicionado ao clima e meio ambiente, conforme explica a Dra. Angélica de Mendonça Vaz Safatle, médica veterinária do setor de oftalmologia da Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo.
  7. 7. Por exemplo, certos animais vivem nas profundidades dos oceanos, onde a luz é baixa e a cor é pouca também. Como no caso desses peixes a definição das cores não melhora seu desempenho , seu olho se desenvolveu para garantir sua segurança no escuro.
  8. 8. Os peixes são amplamente usados como recurso em várias áreas importantes da atividade humana, como sejam na pesca e aquacultura, na investigação científica, como animais de companhia e em aquários públicos. Peixes
  9. 9. Os vertebrados ( do latim vertebratus, com vértebras) constituem um subfilo de animais cordados, compreendendo os , peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. Caracterizam-se pela presença de coluna vertebral segmentada e de crânio que lhes protege o cérebro. CARACTERíSTICA DOS ANIMAIS VERTEBRADOS
  10. 10. Nas últimas décadas os estudos de bem-estar centraram-se em mamíferos e aves nos mais variados contextos artificiais. A percepção do estado em que os animais se encontram e a compreensão do que necessitam tem aumentado substancialmente. Este conhecimento tem vindo a modelar normas de boas práticas, linhas de orientação e legislação acerca de como devem ser tratados em cativeiro.
  11. 11. Outras características adicionais são a presença de um sistema muscular geralmente simétrico – a simetria bilateral é também uma característica dos vertebrados – e de um sistema nervoso central, formado pelo cérebro e pela medula espinal localizados dentro da parte central do esqueleto (crânio e coluna vertebral).
  12. 12. Foram encontrados vestígios dos vertebrados até ao período Siluriano (há 444 a 409 milhões de anos).
  13. 13. Existem mais de 250 espécies de quelônios no mundo todo, e no Brasil existem cerca de 33 espécies. Espécies de tartarugas
  14. 14. Tartarugas marinhas: <ul><li>Apresentam as patas achatadas transformadas em remos; não apresentam membranas interdigitais; perderam parte dos ossos da carapaça e a mesma ficou mais compactada no corpo do animal. </li></ul>
  15. 15. Por conta disso, não retraem cabeça e membros para dentro da carapaça como fazem as outras tartarugas. Em compensação, no ambiente marinho isso as transformou em lépidas nadadoras.
  16. 16. Tartarugas aquáticas de rio Possuem as patas espalmadas, apresentam membranas interdigitais e cada dedo apresenta uma unha. No Brasil, a família de quelônios Chelyidae é a mais abundante. Estes animais não retraem o pescoço para dentro da carapaça como fazem as demais tartarugas de água doce e as tartarugas de terra (jabutis) ou seja, de modo vertical, mas sim num plano horizontal: estes são os cágados.
  17. 17. Então cágado é a denominação brasileira para todos os quelônios lacustres (de água doce) da família Chelyidae que retraem o pescoço num plano horizontal.
  18. 18. Tartarugas terrestres: J abuti é a denominação brasileira para duas espécies de quelônios terrestres: o jabuti-piranga (Geochelone carbonaria) e o jabuti-tinga (Geochelone denticulata). Todas as tartarugas de terra possuem as patas mais colunares, em formato elefantino; possuem escamas nas patas mais grossas, a carapaça é bem mais abobadada que os demais quelônios. Estes animais pertencem a família Testudinidade (do latim testa=casco).

×