A SENSAÇÃO DE VOAR PROFESSORAS: SOLANGE E CHEILA TURMA 41 E.M.E.F. AMÉRICO RIBEIRO MENDES JULIANA E PEDRO A SENSAÇÃO DE VOAR
Quem era Santos Dumont? Alberto Santos Dumont foi um aeronauta e inventor brasileiro, considerado o inventor do avião. San...
O  14 Bis   teve uma decolagem auto-propulsada, e por isso, Santos Dumont é considerado em seu país de origem, o Brasil, e...
O vôo do 14-Bis foi o primeiro verificado pelo aero-clube da França de um aparelho mais pesado que o ar na Europa, e possi...
Por que a idéia de voar? Voar, ora voar... é uma sensação quase indescritível Sentar naquela cadeira pendurada num punhado...
Um sonho onde você se transforma em mestre absoluto. Um sonho que você controla. Um sonho onde somente a sua sensibilidade...
Ah, queda livre, teleférico, vôo duplo... tudo passividade geradora de adrenalina. Pilotar está muito além de segundos de ...
O homem sempre tentou dar um jeito de construir máquinas voadoras. Dumont voava no início do século, os irmãos Wright tamb...
O vôo é um tipo de fuga, os problemas ficam pequeninos lá embaixo e aqui em cima só tem você e o silêncio... o silêncio do...
Como era o primeiro avião? Apesar da “aposentadoria” do 14 Bis, Santos Dumont não desistiu da idéia de voar e de fazer iss...
O projeto n.º 18 foi um deslizador aquático; grosso modo um hidroavião sem as asas. Mas a invenção genial foi o modelo de ...
Sete meses depois do último vôo do 14 Bis, em 16 de novembro de 1907, em Bagatelle, Santos Dumont já fazia o vôo inaugural...
DOemoiselle tinha área alar de 10 metros quadra (oito vezes menor que a do 14 bis), envergadura de ín-fimos 5,60 metros e ...
Nos diversos modelos de Demoiselle desenvolvidos de 1907 a 1909, modelos n.º 19, 20, 21 e 22, Santos Dumont foi introduzin...
Com o modelo “Demoiselle n.º 22”, Dumont voou, em 6 de abril de 1909, à distância de três quilômetros
Em 13 de setembro do mesmo ano, voou oito quilômetros em cinco minutos, alcançando velocidade im-pressionante para a época...
No dia seguinte, aos 36 anos de idade, após 12 anos de trabalho, Santos Dumont realizou o seu último vôo como piloto.
Em Saint Cyr, Paris, sobrevoou o público com os dois braços abertos e fora dos comandos, um lenço em cada mão. Soltou os l...
Santos-Dumont colocou esse modelo de avião à disposição pública, com todos os detalhes e especifica-ções, para livre repro...
O Demoiselle foi o primeiro avião fabricado em série no mundo
No final de 1909, mais de 40 já haviam sido construídos e vendidos (ao preço de 5.000 a 7.500 francos, valor na época de a...
Qual é a velocidade de um avião hoje?
O ouro vai para o X-15A2, um avião experimental que a Nasa, agência espacial americana, apresentou há 37 anos. Ele chegou ...
 
Já entre os aviões de verdade, o mais veloz foi o Sr-71 Blackbird. Ele tinha metade da velocidade do X-15, mas era capaz d...
Mas, de fato, quando se fala em aeronave rápida, quem ficou na memória foi mesmo o Concorde. Produzido por uma aliança ent...
 
Como  essas turbinas funcionam hoje? Turbinas a gás/podem ter várias aplicações.  Este artigo explica como funcionam as tu...
Girando o eixo, o compressor  suga o ar para câmara de combustão, onde é aquecido, aumentando o seu volume/pressão. O ar e...
A turbina a gás tem uma rotação mínima para funcionamento, abaixo da qual não consegue manter seu ciclo. Essa rotação míni...
Quanto eles tiveram a ideia de transportar as pessoas? Muitas culturas construíram veículos que viajavam pelo ar, desde os...
A era moderna da aviação começou o vôo humano mais leve que o ar em 21 de Novembro de 1783, num balão de ar quente projeta...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Sensacao de Voar

2.036 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.036
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Sensacao de Voar

  1. 1. A SENSAÇÃO DE VOAR PROFESSORAS: SOLANGE E CHEILA TURMA 41 E.M.E.F. AMÉRICO RIBEIRO MENDES JULIANA E PEDRO A SENSAÇÃO DE VOAR
  2. 2. Quem era Santos Dumont? Alberto Santos Dumont foi um aeronauta e inventor brasileiro, considerado o inventor do avião. Santos Dumont foi o primeiro a decolar a bordo de um avião, impulsionado por um motor aeronáutico e o primeiro a cumprir um circuito pré-estabelecido sob testemunho oficial de especialistas, jornalistas e populares. Em 23 de outubro de 1906, ele voou cerca de 60 metros a uma altura de dois a três metros com seu 14 Bis, no Campo de Bagatelle, em Paris.
  3. 3. O 14 Bis teve uma decolagem auto-propulsada, e por isso, Santos Dumont é considerado em seu país de origem, o Brasil, e em alguns países, por exemplo, a França, como o "Pai da Aviação . Herdeiro de uma família de cafeicultores prósperos na cidade de Ribeirão Preto; pode se dedicar aos estudos da ciência e da mecânica vivendo em Paris. Ao contrário de outros aeronautas da época, deixava suas pesquisas como domínio público e sem registrar patentes.
  4. 4. O vôo do 14-Bis foi o primeiro verificado pelo aero-clube da França de um aparelho mais pesado que o ar na Europa, e possivelmente a primeira demonstração pública de um veículo levantando vôo por seus próprios meios, sem a necessidade de uma rampa de lançamento.
  5. 5. Por que a idéia de voar? Voar, ora voar... é uma sensação quase indescritível Sentar naquela cadeira pendurada num punhado de cordinhas, todas presas num pedaço de pano nem parece tão maluco assim, mas ter a habilidade de conduzir tudo isto por um tempão, percorrendo as vezes muitos quilômetros, sem motor para empurrar o "trem" é muito mais do que algo super legal, é a realização de um sonho.
  6. 6. Um sonho onde você se transforma em mestre absoluto. Um sonho que você controla. Um sonho onde somente a sua sensibilidade e habilidade governam.
  7. 7. Ah, queda livre, teleférico, vôo duplo... tudo passividade geradora de adrenalina. Pilotar está muito além de segundos de adrenalina
  8. 8. O homem sempre tentou dar um jeito de construir máquinas voadoras. Dumont voava no início do século, os irmãos Wright também, Julio Verne retratava em suas obras as mais incríveis maneiras de voar, Da Vinci adiantava-nos os mais incríveis métodos de pairar no ar
  9. 9. O vôo é um tipo de fuga, os problemas ficam pequeninos lá embaixo e aqui em cima só tem você e o silêncio... o silêncio do ar acariciando nossa pele... A distância reina absoluta. Uma solidãozinha especial nos fascina neste momento de intimidade absoluta. Não tem nada, absolutamente nada por perto. O chão está à centenas, às vezes milhares de metros de distância... a gente pode gritar, cantar, falar sozinho, falar com Deus...
  10. 10. Como era o primeiro avião? Apesar da “aposentadoria” do 14 Bis, Santos Dumont não desistiu da idéia de voar e de fazer isso cada vez mais buscando o aprimoramento da idéia. Continuou em 1907 apresentando ao mundo novos inven-tos. O de n.º 16 foi uma mistura de avião e dirigível. O de n.º 17 foi um aperfeiçoamento sem sucesso do acidentado n.º 15.
  11. 11. O projeto n.º 18 foi um deslizador aquático; grosso modo um hidroavião sem as asas. Mas a invenção genial foi o modelo de n.º 19.
  12. 12. Sete meses depois do último vôo do 14 Bis, em 16 de novembro de 1907, em Bagatelle, Santos Dumont já fazia o vôo inaugural do seu revolucionário n.º 19, o “Demoiselle”, minúsculo, simples e leve.
  13. 13. DOemoiselle tinha área alar de 10 metros quadra (oito vezes menor que a do 14 bis), envergadura de ín-fimos 5,60 metros e pesava somente 60 kg (68 kg nos modelos n.º 21 e 22), quase 1/3 do peso do já levís-simo 14 Bis. Era um avião muito avançado, de alto desempenho, veloz e extremamente simples e com-pacto. Decolava em pista de 70 metros
  14. 14. Nos diversos modelos de Demoiselle desenvolvidos de 1907 a 1909, modelos n.º 19, 20, 21 e 22, Santos Dumont foi introduzindo aperfeiçoamentos e inovações técnicas. Neles, utilizou motores de 20 a 35 Hp.
  15. 15. Com o modelo “Demoiselle n.º 22”, Dumont voou, em 6 de abril de 1909, à distância de três quilômetros
  16. 16. Em 13 de setembro do mesmo ano, voou oito quilômetros em cinco minutos, alcançando velocidade im-pressionante para a época: 96 km/h. Chegou a realizar vôos de até 18 quilômetros de distância, como o ocorrido em 17 de setembro de 1909.
  17. 17. No dia seguinte, aos 36 anos de idade, após 12 anos de trabalho, Santos Dumont realizou o seu último vôo como piloto.
  18. 18. Em Saint Cyr, Paris, sobrevoou o público com os dois braços abertos e fora dos comandos, um lenço em cada mão. Soltou os lenços em vôo, aplaudido. Foi a sua despedida.
  19. 19. Santos-Dumont colocou esse modelo de avião à disposição pública, com todos os detalhes e especifica-ções, para livre reprodução, sem nenhum direito comercial para o seu inventor.
  20. 20. O Demoiselle foi o primeiro avião fabricado em série no mundo
  21. 21. No final de 1909, mais de 40 já haviam sido construídos e vendidos (ao preço de 5.000 a 7.500 francos, valor na época de automóvel de tamanho médio). Alguns livros registram já terem sido até hoje construídos mais de 300 Demoiselles, e com a mar-ca de não ter ocorrido com o modelo um só acidente fatal.
  22. 22. Qual é a velocidade de um avião hoje?
  23. 23. O ouro vai para o X-15A2, um avião experimental que a Nasa, agência espacial americana, apresentou há 37 anos. Ele chegou a mais de 7 mil km/h, mas com um porém: não decolou sozinho. Suas asas eram pequenas – para não resistir muito ao ar – e por isso ele só conseguia sair do chão de carona em outro avião, sendo solto como se fosse uma bomba.
  24. 25. Já entre os aviões de verdade, o mais veloz foi o Sr-71 Blackbird. Ele tinha metade da velocidade do X-15, mas era capaz de sair do chão sozinho. Como o Blackbird era de uso militar, fica a dúvida (e a surpresa) em relação ao mais rápido avião de passageiros da história. Quem se lembrou do Concorde errou, pois ele perde para um “clone” russo.
  25. 26. Mas, de fato, quando se fala em aeronave rápida, quem ficou na memória foi mesmo o Concorde. Produzido por uma aliança entre os governos francês e britânico – daí o nome, “concórdia”, em francês -, ele voou pela primeira vez em 1969.
  26. 28. Como essas turbinas funcionam hoje? Turbinas a gás/podem ter várias aplicações. Este artigo explica como funcionam as turbinas a gás. As partes básicas desse motor são: um compressor, uma câmara de combustão, uma turbina, e um eixo ligados a turbina e o compressor, então quando giramos um, o outro também gira.
  27. 29. Girando o eixo, o compressor suga o ar para câmara de combustão, onde é aquecido, aumentando o seu volume/pressão. O ar expandido, quando passa pela turbina, a faz girar mais rápido (como um cata-vento) e essa força é transmitida novamente ao compressor que suga mais ar para continuar o processo sem a necessidade de uma força externa para girar o eixo. Esse processo ocorre enquanto houver combustão, e a potência do motor pode ser controlada pela temperatura (logo, pelo combustível) e pela pressão interna (que é sempre maior que a externa).
  28. 30. A turbina a gás tem uma rotação mínima para funcionamento, abaixo da qual não consegue manter seu ciclo. Essa rotação mínima é muito maior que a rotação de um motor a combustão interna usual (motor de carro), algo em torno de 20 mil RPM e as rotações máximas são muito mais do que isso, dificultando o uso da força diretamente no eixo. - Num avião isso normalmente não é problema, pois a força usada é a do próprio empuxo gerado pelo fluxo de ar. - Outro problema é o atrito do eixo, buchas e/ou rolamentos, que precisam ser específico para altas rotações e é necessário uma lubrificação eficiente.
  29. 31. Quanto eles tiveram a ideia de transportar as pessoas? Muitas culturas construíram veículos que viajavam pelo ar, desde os projetos mais antigos bem como, aos mais sofisticados, como veículos flutuantes ou dispositivos aerodinâmicos como o mecânico de Archytas na Grécia Antiga, o bumerangue na Austrália, a lanterna de ar quente, e asas. Esses projetos são os mais antigos exemplos de vôo como a história de Ícaro, e recentemente, histórias mais credíveis de vôos humanos de curta distância , incluindo um vôo alado de Yuan Huangtou na China, e o vôo de pára-quedas e um vôo controlado de planador de Abbas Ibn Firnas (Firman armênio).
  30. 32. A era moderna da aviação começou o vôo humano mais leve que o ar em 21 de Novembro de 1783, num balão de ar quente projetado pelos Irmãos Montgolfier. A prática do balonismo foi limitada porque eles só poderiam viajar com ventos soprando para baixo. Foi imediatamente reconhecido como conduzivel, ou dirigível,o balão foi nescessário . Jean-Pierre Blanchard voou no primiero dirigível movido com forças humanas em 1784 e cruzou o Canal da Mancha em 1785. Projetos de dirigíveis posteriores incluíram propulsão movida por máquinas (Henri Giffard, 1852), quadros rígidos (David Schwarz, 1896), e melhora de velocidade e maneabilidade (Alberto Santos-Dumont, 1901).

×