Escola  Municipal  de Ensino  Fundamental  Américo  Ribeiro  Mendes Mateus e Gabriel LENDAS CAXIAS DO SUL BAIRRO SECULO XX
O QUE É LENDA Lenda é uma narrativa de cunho popular que é transmitida, principalmente de forma oral, de geração para gera...
ORIGEM DAS  LENDAS No folclore brasileiro, as lendas mais conhecidas são: Curupira, Saci-pererê, Iara, Mula-sem-cabeça, Bo...
A palavra lenda vem do  latim, que significa “o que deve ser lido”. No início, as lendas eram lidas nos refeitórios dos co...
A palavra lenda vem do  latim, que significa “o que deve ser lido”. No início, as lendas eram lidas nos refeitórios dos co...
As lendas geralmente fornecem explicações  e até certo ponto aceitáveis, para coisas que não   têm explicações científicas...
A fábula é uma narração em verso, cujos personagens são animais dotados de qualidades humanas. As mais célebres fábulas sã...
Lenda do Boitatá
LENDA DA MULA SEM CABEÇA
LENDA DO SACI-PERERE
Lenda do curupira
LENDAS GAÚCHAS A Lenda do Quero-Quero Quando a Sagrada Família fugia para o Egito, com medo das espadas dos soldados do re...
<ul><li>Numa dessas vezes, Nossa Senhora, escondendo o Divino Piá, pediu a todos os bichos que fizessem silêncio, que não ...
Todos obedeceram prontamente, mas o Quero-quero, não: queria porque queria cantar. E dizia: Quero! Quero! Quero! E tanto d...
Lendas gaúchas <ul><li>Negrinho do Pastoreio </li></ul><ul><li>Salamanca do Jarau </li></ul><ul><li>Casa do Mbororé </li><...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Lendas

7.326 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.326
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
72
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lendas

  1. 1. Escola Municipal de Ensino Fundamental Américo Ribeiro Mendes Mateus e Gabriel LENDAS CAXIAS DO SUL BAIRRO SECULO XX
  2. 2. O QUE É LENDA Lenda é uma narrativa de cunho popular que é transmitida, principalmente de forma oral, de geração para geração. As lendas não podem ser comprovadas cientificamente, pois são frutos da imaginação das pessoas que as criaram. O universo imaginário popular possui muitas lendas.
  3. 3. ORIGEM DAS LENDAS No folclore brasileiro, as lendas mais conhecidas são: Curupira, Saci-pererê, Iara, Mula-sem-cabeça, Boto cor-de-rosa, Boitatá, entre outros. A lenda do lobisomem é conhecida e reproduzida mundialmente. As lendas combinam fatos reais e históricos com fatos irreais que são meramente produto da imaginação aventuresca humana.
  4. 4. A palavra lenda vem do latim, que significa “o que deve ser lido”. No início, as lendas eram lidas nos refeitórios dos convento tempo ingressaram na vida profanas essas narrações populares, baseadas em fatos históricos precisos, não tardaram a evoluir e embelezar-se.
  5. 5. A palavra lenda vem do latim, que significa “o que deve ser lido”. No início, as lendas eram lidas nos refeitórios dos convento tempo ingressaram na vida profanas essas narrações populares, baseadas em fatos históricos precisos, não tardaram a evoluir e embelezar-se.
  6. 6. As lendas geralmente fornecem explicações e até certo ponto aceitáveis, para coisas que não têm explicações científicas comprovadas, como acontecimentos misteriosos ou sobrenaturais.
  7. 7. A fábula é uma narração em verso, cujos personagens são animais dotados de qualidades humanas. As mais célebres fábulas são as de Esopo, La Fontaine e Florian. FÁBULA
  8. 8. Lenda do Boitatá
  9. 9. LENDA DA MULA SEM CABEÇA
  10. 10. LENDA DO SACI-PERERE
  11. 11. Lenda do curupira
  12. 12. LENDAS GAÚCHAS A Lenda do Quero-Quero Quando a Sagrada Família fugia para o Egito, com medo das espadas dos soldados do rei Herodes, muitas vezes precisou se esconder no campo, quando os perseguidores chegavam perto.
  13. 13. <ul><li>Numa dessas vezes, Nossa Senhora, escondendo o Divino Piá, pediu a todos os bichos que fizessem silêncio, que não cantassem,porque os soldados do rei podiam ouvir e dar fé. </li></ul>
  14. 14. Todos obedeceram prontamente, mas o Quero-quero, não: queria porque queria cantar. E dizia: Quero! Quero! Quero! E tanto disse que foi amaldiçoado por Nossa Senhora: ficou querendo até hoje.
  15. 15. Lendas gaúchas <ul><li>Negrinho do Pastoreio </li></ul><ul><li>Salamanca do Jarau </li></ul><ul><li>Casa do Mbororé </li></ul><ul><li>São Sepé </li></ul><ul><li>Boitata </li></ul><ul><li>Lobisomem </li></ul><ul><li>João de barro </li></ul>i

×