ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOÃO CRUZ

Assunto: Movimento Literário Classicismo
Tema:Movimento Literário Classicismo: o home...
I. INTRODUÇÃO

O assunto que será abordadodurante esta pesquisa é sobre um movimento literário chamado
Classicismo que oco...
II. CLASSICISMO: O HOMEM COMO CENTRO DO UNIVERSO

Origem

O Movimento Literário Classicismo é uma continuação do Movimento...
de Gil Vicente, e como máxima expressão do Renascimento com obras de Luís Vaz de
Camões. O contorno definitivo da língua p...
Camões utiliza os poemas em medida velha (redondilha) quanto aos poemas medida nova
(decassílabos). Os temas mais importan...
Também existe outro tipo de soneto que é o petraquianos que contém rimas no sistema
ABBA, CDDC, DCD.
Amar é um fogo que ar...
Clássica, especialmente a cultura grega entre os séculos VI A.C. e IV A.C. Esta retomada
acontece várias vezes ao longo da...
Barreto, Ricardo Gonçalves, Português ensino médio Ser Protagonista, editora SM, 2010.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Seminário de língua portuguesa.rtf

376 visualizações

Publicada em

Seminário sobre Movimento Literário Classicismo em Portugal

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
376
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminário de língua portuguesa.rtf

  1. 1. ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOÃO CRUZ Assunto: Movimento Literário Classicismo Tema:Movimento Literário Classicismo: o homem em seu ápice artístico Alunos e números:LaryssaPrudencio Cruz- nº 17. Matheus de Paula Félix - nº 28. Nicole Gonçalves Pintor -nº 31. Pedro Henrique Martins - nº 32. Série: 1º ano D - Ensino Médio Professora: Maria Piedade Teodoro da Silva Disciplina: Língua Portuguesa Jacareí, 12 de novembro de 2013.
  2. 2. I. INTRODUÇÃO O assunto que será abordadodurante esta pesquisa é sobre um movimento literário chamado Classicismo que ocorreu no século XVI, na Europa. Ao longo desse estudo,a intenção é buscar responder "O que é Classicismo?" e "Qual foi a importância para a literatura nesse movimento?". Essas são perguntas de extrema importância para a compreensão do assunto. O objetivo, então, é esclarecer o que é Classicismo e qual foie é sua importância nos tempos atuais, para o desenvolvimento da literatura brasileira. Classicismo é o nome que se dá a literatura produzida durante a vigência do Renascimento, transformação poética, econômica e cultural que atingiu sua plenitude nos séculos XV e XVI. Época marcada por fatos decisivos, como, as navegações e o descobrimento, no final do século XV. Portugal, nos séculos XV e XVI, vive um momento de glória e desenvolvimento. Esse contexto, então, propícia o surgimento do Movimento Literário Classicismo que recupera temase formas da antiguidade greco-romana, como, soneto.
  3. 3. II. CLASSICISMO: O HOMEM COMO CENTRO DO UNIVERSO Origem O Movimento Literário Classicismo é uma continuação do Movimento Literário Humanismo, pelo fato de que ambos voltam-se para a capacidade humana. Nessa época, surgem as imitações de obras greco-romanas que foi uma renovação literária; por isso o nome de Classicismo que surge na época do Renascimento, considerado a “Nova Era” para a arte, pois os artistas usam de seu próprio engenho pessoal para criar suas artes inspiradas no homem. Essa proposta surgiu, principalmente, na Itália (Florença) e depois se estende por outros países da Europa. O Movimento Literário Classicismo, logo, oferecia á Europa do século XV e XVI, uma perspectiva que valoriza o ser humano como agente do conhecimento. Ao recolocar o Homem ao centro do Universo, o Renascimento estimula as pesquisas e experiências científicas desenvolvendo o estudo do corpo humano, diversas novidades no mundo da ciência são descobertas e assim, o renascimento distancia- se cada vez mais da Idade Média. O cientista renascentista apoia-se na ideia de observação da realidade como base do conhecimento. Isso sim inaugura a ciência moderna. Histórias bíblicas e da mitologia grega e romana foram usadas como inspiração na época do Renascimento, para criação de quadros, pinturas, esculturas, desenhos e artesanato, dentre outros. O Classicismo baseia-se na recriação de obras, que na época, considerava cópia, mas sim recriação, apoiando-se sempre na separação de sentimento e razão. 2. Classicismo em Portugal A renovação literária poética em Portugal foi trazida da Itália por Sá de Miranda, no ano de 1527, era o chamado estilo novo em Portugal mais conhecido como "Doce estilo novo". A literatura portuguesa e a arte teve seu destaque no século XVI, marcado pela obra humanista
  4. 4. de Gil Vicente, e como máxima expressão do Renascimento com obras de Luís Vaz de Camões. O contorno definitivo da língua portuguesa também foi iniciado no século XVI, assim formando o período do português moderno. Em Portugal, o momento histórico vivido pela Dinastia de Avis facilita a entrada das novas mudanças vindas da Itália. No final do século XV é introduzida a imprensa, autores humanistas começaram a ser lidos. O final do século XVI Portugal sofre uma queda econômica e politica. Em 1580 a península ibérica sob o domínio espanhol marca o fim do classicismo quinhentista, assim iniciando-se o Movimento Literário Barroco. III. Luís Vaz de Camões: poeta épico e lírico Escritor representativo que escreveu poesias, além de peças literárias. Camões épico, a principal obra dessa época "Os lusíadas" nela apresenta mitos e histórias, o eu lírico coloca os navegadores portugueses como heróis superiores aos heróis das epopeias clássicas Odisseia e Eneida, que foram grandes modelos dos poemas épicos de Camões. Abaixo temos um fragmento de "Os lusíadas". “As armas e os Barões assinalados Que, da Ocidental praia Lusitana Por mares nunca de antes navegados Passaram ainda além da Taprobana, Em perigos e guerras esforçados, mais do que prometia a força humana, E entre gente remota edificaram novo Reino, que tanto sublimaram;” Camões, Luís de. Os lusíadas, Lisboa Imprensa Nacional, 193.
  5. 5. Camões utiliza os poemas em medida velha (redondilha) quanto aos poemas medida nova (decassílabos). Os temas mais importantes são o neoplatonismo amoroso, a reflexão filosófica e a natureza. O exemplo a seguir comprova essa temática camoniana recorrente ate os dias de hoje: “Transforma-se o amador na cousa amada, Por virtude de muito imaginar; Não tenho logo mais que desejar; Pois em mim tenho a parte desejada. Se nela está minha alma transformada, Que mais deseja o corpo de alcançar? Em se somente pode descansar, Pois consigo tal alma esta liada. Mas esta linda e pura semideia, Que, como o acidente em seu sujeito, Assim com a alma minha se conforma. Está no pensamento como ideia; [E] o vivo e puro amor de que sou feito, Como a matéria simples busca a forma.” Camões, Luís Vaz de. Rimas. Texto estabelecido e prefaciado por Álvaro J. Da Costa Pimpão. Universidade de Coimbra, 1953. P. 135 A poesia lírica é centrada na objetividade reveladora do mundo interior. Camões em sua poesia lírica utiliza como recurso estilístico a sonoridade das palavras. Soneto contém 14 versos que são dispostos em 4 estrofes; 2 quartetos e 2 tercetos.
  6. 6. Também existe outro tipo de soneto que é o petraquianos que contém rimas no sistema ABBA, CDDC, DCD. Amar é um fogo que arde sem se ver; É ferida que dói e não se sente; É um contentamento descontente; É dor que desatina sem doer. É um não querer mais que bem querer; É um andar solitário entre a gente; É nunca contentar-se de contente; É um cuidar que ganha em se perder. É quere estar preso por vontade; É servir a quem vence o vencedor; É ter com quem nos mata a lealdade. Mas como causar pode seu favor, Nos corações humana amizade; Se tão contrario a si é o mesmo amor? IV. CONSIDERAÇÕES FINAIS Realizamos a pesquisa com facilidade e parceria, cujos todos participaram e ajudaram no que puderam. Fizemos bastante leitura, analise, e discussões de diferentes opiniões sobre o tema. Concluímos que podemos explicar o Movimento Literário Classicismo como uma tendência artística e literária que resgata formas e valores greco-romanos da Antiguidade
  7. 7. Clássica, especialmente a cultura grega entre os séculos VI A.C. e IV A.C. Esta retomada acontece várias vezes ao longo da história ocidental, inclusive na Idade Média. Porém, é mais intensa do século XIV ao XVI na Itália. Nas Artes Plásticas, na Literatura e no Teatro, o classicismo coincide com o Renascimento. Na música adquire certas características próprias e manifesta-se, posteriormente, a partir de meados do século XVIII. Gostamos da experiência onde podemos aprofundar nossos conhecimentos de uma forma descontraída e interativa. V. REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS Cadore, Luís Agostinho, Curso Prático de Português, editora Ática, 1998. Sarmento, Leila Luar – Tufano, Douglas, Português, editora Moderna, 2004. Terra, Ernani – Nicola, José de. Curso Prático de Língua, Literatura e Redação, editora Scipione, 1997.
  8. 8. Barreto, Ricardo Gonçalves, Português ensino médio Ser Protagonista, editora SM, 2010.

×