Exposição Água na Oca

2.519 visualizações

Publicada em

A exposição Água na Oca, realizada pelo Instituto Sangari em parceria com o Museu de História Natural de Nova York, fica por cinco meses (até 08/05/2011) no Pavilhão Lucas Nogueira Garcez (Oca), no Parque do Ibirapuera, em São Paulo (SP).

Os visitantes poderão ver o tema água ser abordado em múltiplos aspectos por meio de instalações interativas, obras de arte, peças de acervo museológico, aquários reais e virtuais, fotografias e instalações audiovisuais, que ocuparão os 8000 m² do pavilhão.

A realização é do Instituto Sangari em parceria com o Museu de História Natural de Nova York. O brasileiro Marcello Dantas assina como curador.

No espaço do Movimento CYAN, no primeiro andar da Oca, painéis apresentarão a relação entre a água e cidadania, trazendo exemplos simples de economia deste recurso.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.519
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Exposição Água na Oca

  1. 1. Água na Oca Projeto de Marcello Dantas setembro de 2010 sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  2. 2. Existem algumas coisas na vida que dispensam apresentações, água é uma delas, pois é a própria vida. Essa exposição trata da simbologia, da inspiração, dos problemas, da nossa relação profunda e do patrimônio finito e fundamental que é a água para o planeta. A idéia é proporcionar uma experiência reveladora do papel que a água teve, tem e terá em nossas vidas e criar uma vivência imersiva em tudo o que ela representa no nosso imaginário. O circuito da exposição Água na OCA busca relacionar de forma multidisciplinar conteúdos artísticos, ambientais, físicos e biológicos do papel da água em nossas vidas. A linguagem da exposição mistura esses aspectos causando uma reflexão intuitiva sobre seus desenvolvimentos e oferece uma oportunidade de se relacionar conteúdos que por vezes podem parecer áridos com outros que são repletos de apelo visual. Seu título representa uma subversão da idéia de desejo associada com água na boca. Água nesse projeto têm que ser vista como algo desejado, positivo e celebratório. Não como algo triste, sujo ou poluído. É necessário se gerar o amor primordial pela água para que a valorizemos e preservemos seu manancial finito. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  3. 3. TÉRREO O MUNDO DA ÁGUA sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  4. 4. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  5. 5. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  6. 6. Caiu na rede é peixe Perdemos a conexão com o que nos alimenta. Aqui, o visitante descobre quais peixes que consumimos são fruto da pesca e quais são cultivados em cativeiro. Através de uma brincadeira interativa, podemos dividi-los, empurrando para lados opostos da gigante tela. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  7. 7. Nas janelas da Oca, filmes falarão sobre muitos assuntos ligados à água: a questão da hidroeletricidade, os seres das regiões abissais, o Pantanal e sua diversidade, a transposição do Rio São Francisco, .... sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  8. 8. A Bacia Amazônica, e suas águas de cores diferentes, é uma das protagonistas da exposição. Nesta estação, o visitante interage com o mapa da região e descobre, através de um sistema que aciona um grande chuveiro de água, quais rios são de água branca, preta ou clara. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  9. 9. Cubos, de cujas paredes verte a água, abordam os números. Quanto de água consumimos, quanto gastamos inutilmente, o quanto usamos para plantar, para produzir energia. Falam também dos conflitos por causa dela, e dos problemas que teremos se continuarmos a polui-la. O visitante interage com a parede de água, que responde ao toque. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  10. 10. Áquario Um grande jardim aquático, feito pelos mais premiados aquadesigners do Brasil, que mostra os diferentes ambientes aquáticos. Peixes de todos os tipos, em habitats recriados como se fossem os verdadeiros. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  11. 11. Balança Uma balança compara os animais. Qual porcentagem dos nossos corpos é água? Quem tem mais água no organismo, uma rã ou uma formiga? sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  12. 12. No contexto da exposição não poderia faltar um espaço dedicado ao ‘Movimento Cyan’, criado pela Ambev. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  13. 13. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  14. 14. SUBSOLO A ÁGUA E A IMAGINÁRIO Obras de Artistas Visuais de Todo o Mundo sobre a Plasticidade da Agua Artistas: Thomas Demand, William Pye, Laura Vinci, Marcia Xavier, Raquel Kogan, Sonia Guggisberg, Rejane Cantoni, Agnes Meyer BrandisChristine de La Garenne, Gianfranco Foschino, Laura Glusman e as duplas Schoenfeld e Sewandono e Gisella Motta e Leandro Lima. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  15. 15. Nesse espaço, esculturas, obras de arte criadas em água, fotografias, filmes e citações serão exibidos em conjuntos que abordem temas como a metamorfose, a fertilidade, os deuses, os mitos, o espelho e os fenômenos. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  16. 16. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  17. 17. SEGUNDO ANDAR CÚPULA sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  18. 18. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  19. 19. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  20. 20. No último andar da Oca, uma gigantesca projeção criada em 3D com recursos gráficos de última geração, simulará a fronteira mais desconhecida de nosso planeta: O fundo do mar, coberto pela imensidão de água e a mais promissora fronteira de recursos, conhecimento e de inovação que existe na Terra. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  21. 21. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  22. 22. Entender o papel dos oceanos na mudança climática, na manutenção do equilíbrio da vida terrestre e na fundamental fronteira que os oceanos estabelecem para o crescimento e harmonia no planeta. sexta-feira, 8 de outubro de 2010
  23. 23. sexta-feira, 8 de outubro de 2010

×