Apresentação pier park tietê.

210 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
210
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação pier park tietê.

  1. 1. 2 Introdução Está é a trajetória de uma iniciativa de indivíduos que se transformou em uma ação de vários. Uma grande expedição que a partir de um barco, navegando em um rio esquecido, busca uma nova cidade, mais humana, com menos desigualdade social e com mais qualidade de vida, onde a sustentabilidade é uma coluna fundamental desta nova estrutura social que acreditamos poder conquistar. Convidamos você para unir-se a nós nesta expedição rumo a esta conquista. "...O Tietê deu a São Paulo quanto possuía: o ouro das areias, a força das águas, a fertilidade das terras, a madeira das matas, os mitos do sertão. Despiu-se de todo encanto e de todo mistério: despoetizou-se e empobreceu por São Paulo e pelo Brasil." Alcântara Machado
  2. 2. 3 Os rios se mostram como um dos elementos mais marcantes e representativos da inserção da natureza nas cidades, como um dos principais determinantes do desenho urbano, quando não mascarados ou descaracterizados pelo homem. A sustentabilidade e o valor ambiental ganham força nas decisões de gestão pública à medida que se percebe que quanto menor o impacto das atividades humanas nos ciclos naturais, menos problemas serão gerados. Recuperar os rios tornou-se uma necessidade, uma demonstração do avanço humano e tecnológico de uma sociedade, componentes fundamentais para dar vida e sustentabilidade econômica a qualquer projeto de intervenção urbana na cidade de São Paulo. Este é um fator necessário, mas ainda não é motivo suficiente! O motivo maior, a razão principal é a cidade, são as pessoas! Nenhuma sociedade antiga ou moderna conseguiu realizar uma convivência harmoniosa entre seus cidadãos dando as costas para os seus rios. Cada vez mais os problemas ambientais urbanos são tratados com maior atenção pelo poder público, que reconhece a urgência da inclusão das prioridades ambientais no processo de planejamento e ordenamento das cidades, uma vez que o bom funcionamento desse grande organismo depende do equilíbrio dos ciclos naturais (hidrológico, logístico, energético, climático) e da renovação dos recursos naturais
  3. 3. 4 Proposta do Instituto Navega São Paulo para 2013 O Porto atual Quem vê, não acredita que podemos navegar dentro da cidade de São Paulo e se surpreende com o “Almirante do Lago”, o barco do Navega São Paulo, flutuando no rio Tietê, atracado logo abaixo do viaduto do Cebolão. A região, conhecida como Porto Cebolão, é o local onde outros barcos atracam e passam por limpezas e manutenções. Vista do Porto Cebolão, sua entrada e o barco “Almirante do Lago” na rampa, sob a ponte.
  4. 4. 5 Proposta do Instituto Navega São Paulo para 2013 O Porto atual É importante, porém, um porto adequado, uma área apropriada para atrair visitantes, abrigado das correntes e localizado à beira de um lugar destinado a atracação do barco “Almirante do Lago”, com o pessoal receptivo e infraestrutura necessária ao embarque e desembarque dos passageiros, com segurança, especialmente designada para acomodação de passageiros. Achamos importante realçar que o público que vem visitar o rio, para conhecê-lo de perto e nele circular, merece um porto adequado que os recepcione e mostre o caminho para o rio. Que se dê acesso ao rio para a população!
  5. 5. 6 Proposta do Instituto Navega São Paulo para 2013 Proposta de Porto - O Pier Park Tietê Pensando num espaço para difundir e organizar todas as informações sobre o futuro do rio Tietê na cidade de São Paulo, pensamos num espaço que espelhe aquilo que virá a ser o Tietê Possível. A construção do “Pier Park Tietê” a apenas 1,5 km do local que hoje é utilizado para embarque.
  6. 6. 7 Proposta do Instituto Navega São Paulo para 2013 Escopo do projeto Pier Park Tietê A reintegração do rio Tietê na paisagem urbana estabelece um paradigma para a transformação do ambiente urbano de São Paulo, trazendo uma nova perspectiva de leitura, percepção e atração sobre a metrópole. Primeiro, porque se constituirá num espaço para o exercício da cidadania e urbanidade. Segundo, porque é natural que esta remodelação provoque a curiosidade, despertando o desejo de se investigar aquilo que foi transformado. O Instituto Navega São Paulo pretende aproveitar este movimento para criar a área de embarque e desembarque de participantes dos projetos do programa “Navega São Paulo”, e estabelecer espaços de múltiplo escopo para exibição e manifestação cultural e educacional ao longo do rio, começando pelo Pier Park Tietê. A imagem a seguir coloca a área em detalhes.
  7. 7. 8 Proposta do Instituto Navega São Paulo para 2013 Escopo do projeto Pier Park Tietê Um local excepcional para ativar as ações do programa “Navega São Paulo”! Hoje a ponte está desativada, abandonada. A cidade toda deu costas aos seus rios e esta proposta cria o espaço ideal para reinserir o rio na paisagem urbana de São Paulo. É uma região perfeita para criar o que chamamos “entremeios”, o espaço entre o rio e a cidade, que hoje não existe e dificulta o acesso ao rio.
  8. 8. 9 Proposta do Instituto Navega São Paulo para 2013 Escopo do projeto Pier Park Tietê Um aspecto que chamamos a atenção é o fato do local estar num eixo estruturante para o urbanismo de São Paulo. O ponto de partida destas ações poderá ser a realização de um projeto pensado pelo arquiteto Ruy Ohtake, provavelmente inédito no mundo: um centro cultural e educacional que se divide em dois módulos, um sediado na margem e outro flutuante. A ideia é levar educação, arte e cultura para fora dos ambientes formais, e ao mesmo tempo integrar o Centro Cultural e Educacional ao ambiente do Tietê. O local escolhido poderá ser o Pier Park Tietê que poderá também estar integrado ao sistema de transportes metropolitanos e com o sistema cicloviário. Isto facilitaria muito o acesso dos visitantes, coisa que hoje não existe.
  9. 9. 10 Instituto Navega São Paulo Rua Antônio Gil, 811 - São Paulo - SP Fone 55 11 5521-1759 www.navegasp.org.br Douglas M Siqueira douglas@navegasp.org.br Cel.: 55 11 99449-6819

×