ExploraçãO Infantil Power Point C Musica

22.631 visualizações

Publicada em

1 comentário
5 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
22.631
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
163
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
569
Comentários
1
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ExploraçãO Infantil Power Point C Musica

  1. 1. Exploração Infantil<br />
  2. 2. INTRODUÇÃO<br />Uma das situações mais problemáticas que se tem vindo a deparar ao longo dos anos na nossa sociedade é sem dúvida a prática do trabalho infantil.<br /> Sobretudo em África e na América Latina (países pobres – países em desenvolvimento) onde este problema tem maior intensidade.<br />Algumas Perguntas, que queremos Respostas<br />Será que existem direitos de igualdade nas crianças? <br />A caminhada para uma efectiva igualdade entre as crianças tem de continuar: mas como?<br />Será que quando uma criança é vítima de trabalho infantil não estará a ser usada como um meio para se atingir determinados fins? <br />
  3. 3. A luta contra a injustiça algum dia acabará?<br /> Na minha opinião o trabalho infantil é um problema muito grave e intolerável (uma calamidade) que teima em não ter fim. É sem dúvida uma forma de violação dos direitoshumanos, logo há o desrespeitopelas<br />leis morais.<br />A exploração da mão-de-obra infantil<br />terájustificação?<br /> Façamos uma reflexão acerca do<br />trabalhoinfantil, ver até que ponto o<br /> problema não terá solução, se terá justificação! Esensibilizar aqueles que <br /> ainda não se deram conta deste grave e delicado problema.<br />
  4. 4. Qual a razão pela qual as crianças trabalham?<br /> Há quem defenda que o trabalho infantil é uma prática disciplinadora, prepara as crianças para a vida e é uma forma de evitar a malandragem.<br /> Pois na verdade, a principal razão pela qual as crianças trabalham é a pobreza das suas famílias (algumas crianças até trabalham para a sua subsistência). É óbvio que existem também outros factores que condicionam o trabalho das crianças, tais como, a violência; a falta de oportunidades educativas, profissionais e de realização pessoal.   <br /> No meu ponto de vista o trabalho infantil traz consequências para as crianças exploradas!<br />Por exemplo, as crianças não podem ter uma boa educação, nem fazer actividades próprias da sua idade,o que prejudica a sua formação como pessoa e o seu desenvolvimento. <br />
  5. 5. Não terão todas as crianças os mesmos direitos? Não terão o direito a uma infância feliz?<br /> As crianças que são exploradas nunca irão crescer NATURALMENTE porque nunca lhes deram essa possibilidade de escolha!<br /> Então não existem direitos de igualdade entre as crianças?!<br /> Quais os princípios de justiça, de uma sociedade justa?<br /> A teoria da justiça e a de direitos e imparcialidade, que é e deve ser a base de qualquer fundamentação dos direitos humanos, de forma a convencer a sua universalidade. Certo!?<br />Assim, a única hipótese é de privar os indivíduos da sua liberdade é passarem a ser controlados por alguém (o estado) que impeça situações moralmente injustas (como o trabalho infantil). <br /> Atendendo a estes princípios teríamos assim todas as crianças com os mesmos direitos, passando a ter uma infância feliz!<br />
  6. 6. Na questão acima eticamente temos:<br /> Nunca devemos utilizar o Homem como um meio para se atingir determinados fins, mas sempre como um fim em si próprio. O valor moral das acções depende do respeito pelos princípios dos outros, levando ao cumprimento do dever por dever, como regra de acção.<br /> Com isto conclui-se que este acto do trabalho infantil é condenado moralmente.<br /> A posição a este problema será defender que o valor moral das acções depende das nossas consequências, assim uma acção é considerada boa se traz felicidade, isto é (ausência de dor)!<br />
  7. 7. Deveríamos apoiar a compra de produtos que são feitos sem recurso à exploração do trabalho infantil?<br /> Esse acto irá proporcionar felicidade para o maior número, na medida que o Homem irá aproveitar-se do trabalho daquelas crianças (por exemplo: uma marca muito conhecida e usada a “nike” explora crianças…) <br />Como irradiar a situação do trabalho infantil?<br />Perante este terrível e preocupante problema devíamos tentar arranjar possíveis soluções e argumentar para a eliminação do trabalho infantil.<br /> Comecemos pela definição de criança, talvez nos ajude: Criança igual ser humano de pouca idade.<br />
  8. 8. Todas as crianças são seres humanos e têm direitos!<br /> Como se pode verificar, as crianças não deixam de ser seres humanos e como seres humanos que são, têm direitos, mas não são devidamente respeitados!<br />Na prática do trabalho infantil, existem valores que não são respeitados e que são muito importantes, tais como: a dignidade, a vida, a justiça, a igualdade, a liberdade...<br /> Para as crianças não precisarem de trabalhar, é necessário colocar em causa os direitos e liberdades fundamentais das crianças, isto é, lutar contra a exploração do trabalho infantil, em defesa de uma sociedade mais justa, onde todas as crianças tenham os seus direitos respeitados.<br />
  9. 9. Para isso, o acesso das crianças à educação básica ajude na redução do trabalho infantil, e com isto elas não teriam oportunidade para trabalharem.<br />Que medida a tomar , que ajudara a eliminar o trabalho infantil?<br />Tentar-se-ia adoptar um ponto de vista imparcial a fim de atingir valores universais aceites ,e colocados em prática, acabariam com esta injustiça. (Só os valores universais conseguirão condenar o que está universalmente errado e atribuir mérito ao que está universalmente correcto!) Por em prática algo, é preciso compreensão. Os “exploradores” deverão entender que as crianças não são escravas de ninguém ,nem mesmo dos país.<br />Claro que isto não será conseguido de um dia para o outro, mas como estamos a sofrer um processo de socialização, (transmissão ou mudança de cultura de geração). A nova geração, ouviria e se aperceberá da injustiça que existe na sociedade e desenvolvera uma consciência mais aberta em relação a estes problema. Assim, pouco a pouco resultara numa mudança de mentalidade, que facilitara, e o solucionaria.<br />
  10. 10. Será necessário ir mais longe e reivindicar os direitos destas crianças?<br />É importante salientar que existem organizações que lutam pelos direitos das crianças.<br /> Temos: a UNICEF que é uma organização que trabalha para esse fim: a defesa dos direitos das crianças e consequente eliminação/combate ao trabalho infantil; o PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil); entre outras.<br /> Já foram propostas soluções pelas organizações, para erradicar com o trabalho infantil, alguns exemplos se seguem:<br />* A denúncia de todas as formas e situações de exploração de crianças;<br />* A promoção de acções de sensibilização/formação;<br />* Celebrar o dia Mundial contra o trabalho infantil (12/ Junho).…<br />
  11. 11. CONCLUSÃO<br />Não podemos baixar os braços, esquecendo estas crianças.<br /> O problema destas crianças é um problema de todos nós, uma vez que, se a situação delas não for alterada, o ciclo de pobreza e exploração do trabalho infantil tende a continuar e a não acabar.<br /> O único meio de impedir a renovação desse ciclo, é através de políticas sociais. Essas medidas devem ser tomadas pelo governo, e indirectamente pela população em geral, através do sistema democrático! (que leva a que se estabeleçam critérios/leis universais)<br /> (nota: lei igual mentalidade).<br />
  12. 12. No entanto podemos verificar que ainda não se verificou essa protecção total nas crianças exploradas!<br />Será que podemos falar em progresso enquanto houver crianças exploradas?<br /> Enquanto as crianças continuarem a ser utilizadas comoum meio para se atingir determinados fins, nunca teremos um mundo plenamente justo, digno e desenvolvido!<br /> Qual o papel de cada um de nós contra a exploração infantil?<br /> Sabemos que o combate ao trabalho infantil é uma meta invisível, porém se aplicarmos as medidas (possíveis soluções) referidas, talvez haja o fim do trabalho infantil.<br /> Não podemos devolver a essas crianças o que lhes foi tirado mas, podemos trabalhar para ajudar<br /> a resgatá-las e criar ambientes em que as famílias<br /> não possam pôr em risco os membros mais jovens e<br /> mais vulneráveis da sociedade: as crianças.<br />
  13. 13. Todos olhamos para as crianças com ternura, amor e seres frágeis, porque será? Observe estas imagens, o que sente?<br />
  14. 14. É preciso pôr um fim a este problema!<br />Não podemos ficar indiferentes!<br />Queremos um mundo que seja digno!<br />É possível mudar!<br />Deixai-as serem crianças na plenitude da palavra!<br />  Elaborado<br /> Por:<br />ORQUIDEA AZEREDO<br />

×