Resenha espírita on line 96

818 visualizações

Publicada em

Notícias de Divaldo Franco e Raul Teixeira e o trabalho de divulgação de Espiritismo em todo o mundo.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
818
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resenha espírita on line 96

  1. 1. 15 de outubro de 2013 nº 96 Ano 5 l Resenha Espírita on ine a informação na medida certa 1
  2. 2. Dia 24 de novembro de 2013, os espíritas de Araras, SP, e região, se movimentarão para receber Divaldo Franco, quando da realização do Seminário Bebeficiente em prol da Mansão do Caminho. O tema será: Mediunidade: desafios e bênçãos. A atividade começará às 9h e acontecerá no Salão Social do Sayão Futebol Clube, Av Otto Barreto, 250 – Jd. Sobradinho. DIVALDO EM araras, sp Araras, SP O Congresso Espírita Português’2013 terá lugar em Leiria, nas instalações da Associação Espírita de Leiria, nos dias 16 e 17 de novembro , cujo temal geral é: Mediunidade, uma visão de futuro. Divaldo Franco ministrará o seminário. Contatos: www.feportuguesa.pt. As inscrições devem ser feitas através do e-mail: congressoespiritaportugues.2013@gmail.com. o viver espírita na sociedade 15º Congresso Espírita da Bahia acontecerá nos dia 31 de outubro a 3 de novembro de 2013, em Salvador, BA, no Centro de Convenções da Bahia, ocasião em que Divaldo Franco fará a conferência de abertura do evento. O tema geral é: O viver espírta na sociedade. Salvador, BA 2 3
  3. 3. Divaldo em Portugal No período de 17 a 27 de outubro de 2013, Divaldo Franco seguirá para Portugal, visitando diversas cidades dentro de promação doutrinária, ali divulgando a mensagem espírita, a convite da Federação Espírita Portuguesa, organizadora do evento. 4 AMADORA (Lisboa) - 17/10/13 - 20h30 LEIRIA - 18/10/13 - 20h AVEIRO - 19/10/13 - 15h às 18h VISEU - 20/10/13 - 10h às 17h COIMBRA - 21/10/13 - 20h30 ÍLHAVO - 22/10/13 - 20h30 SANTARÉM - 23/10/13 - 20h30 ÉVORA - 24/10/13 - 20h30 QUARTEIRA - 25/10/13 - 21h SÃO BRÁS APORTEL - 26/10/13 - 15h à 18h AMADORA (Lisboa) - 27/10/13 - 10h às 17h 5 Ílhavo - Portugal
  4. 4. SÃO JOSÉ DO RIO PRETO S. José do Rio Preto, SP Divaldo Franco confirmou presença no dia 24 de novembro de 2013, às 20h, em São José do Rio Preto, SP, quando estará proferindo palestra doutrinária espírita, nas dependências do Hospital Bezerra de Menezes, à Rua Major João Batista França, 298 - Jardim Esplanada. encontro com a felicidade No dia 27 de dezembro de 2013, a cidade de Recife, CE, receberá Divaldo Franco para mais uma conferência espírita. O evento terá início às 19h, no Auditório do Sebrae, à Av. Monsenhor Tabosa, 777 - Meireles. Tema escolhido: Encontro com a felicidade. Fortaleza, CE 6 7
  5. 5. ENTREVISTA AO PROGRAMA DE TELEVISÃO DE MARCIA PELTIER RIO GRANDE DO SUL: Divaldo Franco participou do 7º Congresso Espírita do Rio Grande do Sul, que aconteceu nos 4 a 6 de outubro de 2013, no Serra Park – Centro de Eventos e Feiras em Gramado, situado na Viação Férrea, 100 – Três Pinheiros, Gramado, RS. O tema geral foi O Evangelho no Mundo e nos Corações. Divaldo Franco esteve sendo entrevistado no programa de televisão: Marcia Peltier, na rede CNT, no dia 17 de setembro de 2013. A entrevista pode ser assistida, seguindo-se o link: http://www.youtube.com/watch?v=rgUPHSVycnM. divaldo reÚne mais de 800 pessoas em encontro fraterno O concorrido e tradicional encontro anual com Divaldo Franco, aconteceu nos dias 10 a 13 de outubro de 2013, em Salvador, BA. Com o tema central Vida em Plenitude, o Encontro Fraterno com Divaldo Franco 2013 teve início às 20h do dia 10 de outubro, no Salão de Convenções Bonfim do Hotel Iberostar Bahia. Estiveram presentes na abertura oitocentos e vinte e três pessoas. (Fotos: Jorge Moehlecke) ARGENTINA: Nos dias 6 e 7 deste mês de outubro de 2013, atendendo convite da Federação Espírita Argentica, Divaldo Franco estará em Buenos Aires, Argentina, proferindo palestras. FOTOS: (1) Divaldo e amigos na Instituição Espírita Joanna de Ângelis; (2) e (3) Divaldo nas dependências da Confederação Espírita Argentina. 2 8 1 3 9
  6. 6. O a psicologia da C onvencionou-se, ao longo do tempo, que a oração é um recurso emocional e psíquico para rogar e receber benefícios da Divindade, transformando-a em instrumento de ambição pessoal, realmente distante do seu alto significado psicológico. seus atos, nos quais se alimentam e constroem a existência. A oração é o mecanismo sublime que permite a mudança de onda para campos mais sensíveis e elevados do Cosmo. Orar é ascender na escala vibratóA oração é um precioso recurso ria da sinfonia cósmica. que faculta a aquisição da autoconsEm face desse mecanismo, tornaciência, da reflexão, do exame dos valores emocionais e espirituais que -se indispensável que se compreenda o significado da prece, sua finalidade dizem respeito à criatura humana. e a maneira mais eficaz pela qual se Tornando-se delicado campo de pode alcançar o objetivo desejado. vibrações especiais, faculta a sintoInicialmente, orar é abrir-se ao nia com as forças vivas do Universo, constitui veículo de excelente qualida- amor, ampliar o círculo de pensamende para a vinculação da criatura com tos e de emoções, liberando-se dos hábitos e vícios, a fim de criar-se noo seu Criador. vos campos de harmonia interior, de Todos os seres transitam vibra- forma que todo o ser beneficie-se das toriamente em faixas especiais que energias hauridas durante o momento correspondem ao seu nível evolutivo, especial. ao estágio intelecto-moral em que se A melhor maneira de alcançar esse encontram, às suas aspirações e aos parâmetro é racionalmente louvar a 10 ração queixa doentia, a morbidez dos conflitos e exterioridades ante a magnitude das bênçãos que são hauridas, apresentando-se desnudado das aparências e circunlóquios da personalidade Considerar-se membro da família convencional. Não é necessário relacionar sofriuniversal, tendo em vista a magnanimidade do Pai e Sua inefável miseri- mentos, nem explicitar anseios da córdia, enseja àquele que ora o bem- mente e do coração, porque o Senhor -estar que propicia a captação das conhece a todos os Seus filhos, que são autores dos próprios destinos e energias saudáveis da vida. Logo depois, ampliar o campo do ra- ocorrências, mediante o comportaciocínio em torno dos próprios limites mento mantido nas multifárias expee necessidades imensas, predispon- riências da evolução. Divindade, considerando a grandeza da Criação, permitindo-se vibrar no seu conjunto, como seu filho, assimilando as incomparáveis concessões que constituem a existência. do-se a aceitar todas as ocorrências que dizem respeito ao seu processo evolutivo, mas rogando compaixão e ajuda, a fim de errar menos, acertar mais, e de maneira edificante, o passo com o bem. Nesse clima emocional, evitar a Por fim, iluminado pelo conhecimento da própria pequenez ante a grandeza do Amor, externar o sentimento de gratidão, a submissão jubilosa às leis que mantêm o arquipélago de astros e a infinitude de vidas. * * * 11
  7. 7. Tudo ora no Cosmo, desde a sinfonia intérmina dos astros em sua órbita, mantendo a harmonia das galáxias, até os seres infinitesimais no mecanismo automático de reprodução, fazendo parte do conjunto e da ordem estabelecidos. Ao descobrir a oração, logo se permite exaltar falsas ou reais necessidades, desejando respostas imediatas, soluções mágicas para atendê-las, distantes do esforço pessoal de crescimento e de reabilitação. É claro que aquele que assim proEm toda parte vibra a vida nos as- cede não alcança as metas propostas, pectos mais complexos e simples, va- pois que elas ainda não podem apreriados e uniformes. sentar-se por nele faltarem os requisiSem qualquer esforço da consciência, circula o sangue por mais de 150 mil quilômetros de veias, vasos, artérias, em ritmo próprio para a manutenção do organismo humano tanto quanto de todos os animais. Desde que não ocorre sintonia enO egoísmo, os sentimentos perver- tre o orante e a Fonte exuberante de sos não encontram lugar na partitura vida, as respostas, mesmo quando oferecidas, não são captadas pelo da oração. transtorno da mente exacerbada. Torna-se necessário desfazer-se * * * desses acordes perturbadores, para Quando desejares orar, acalma o que haja sincronização do pensamento com as dúlcidas notas da musicali- coração e suas nascentes, assumindo uma atitude de humildade e de aceitadade divina. A psicologia da oração é o vasto ção, a fim de que possas falar àquele que é o Pai de misericórdia, que sempre providencia todos os recursos necessários à aquisição humana da sua plenitude. com a ordem universal. Convidado a ensinar aos seus discípulos a melhor maneira de expressar a oração, Jesus foi taxativo e gentil, propondo a exaltação ao Pai em primeiro lugar, logo após as rogativas e a gratidão, dizendo: Funções outras mantidas pelo sistema nervoso autônomo obedecem a equilibrado ritmo que as preserva em atividade harmônica. - Pai Nosso, que estais nos Céus... As estações do tempo alternam-se facultando as variadas manifestações dos organismos vivos dentro de delicadas ondas de luz e de calor que lhes possibilitam a existência, a manifestação, o desabrochar, o adormecimento, a espera. O ser humano, enriquecido pela faculdade de pensar e dotado do livre-arbítrio, que lhe propicia escolher, atado às heranças do primarismo da escala animal ancestral pela qual transitou, experiencia mais as sensações tos básicos para o estabelecimento da do imediato do que as emoções da harmonia interior. beleza, da harmonia, da paz, da saúA oração é campo no qual se exde integral, pande a consciência e o Espírito eleReconhece o valor incalculável do va-se aos páramos da luz imarcescível equilíbrio, no entanto, estigmatizado do amor inefável. pela herança do prazer hedonista, enQuem ora ilumina-se de dentro para trega-se-lhe à exorbitância pela revolfora, tornando-se uma onda de supeta nos transtornos de conduta, como rior vibração em perfeita consonância forma de imposição grotesca. 12 Entrega-te, pois, a Deus, e nada te faltará, pelo menos tudo aquilo que seja importante à conquista da harmonia mediante a aquisição da saúde integral. Joanna de Ângelis campo dos sentimentos que se engrandecem ao compasso das aspirações dignificadoras, que dão sentido e significado à existência na Terra. Inutilmente, gritará a alma em desespero, rogando soluções para os problemas que lhe compete equacionar, mesmo que atraindo os numes tutelares sempre compadecidos da pequenez humana. Psicografia de Divaldo Pereira Franco, na manhã de 29 de outubro de 2012, em Sydney, Austrália. 13
  8. 8. V raul teixeira no rio grande do sul É Por Marcos Alves. Nos dias, 5 e 6 de outubro de 2013, atendendo a convite da Federação do Rio Grande do Sul, esteve presente no 7º Congresso Espírita do Rio Grande do Sul, realizado na bela cidade de Gramado. O evento contou com cerca de 4.500 inscrições, lá aportando irmãos de várias cidades do Rio Grande e de diversos Estados do país, além de representantes de instituições espíritas e de órgãos federativos do nosso Movimento. A SEF - Sociedade Espírita Fraternidade foi representada por José Müller, Larissa Chaves e Marcos Alves. Na primeira noite, no momento dedicado às apresentações artísticas, que precederam a palestra de Divaldo Franco, quando a câmera passou pela primeira fila de cadeiras, onde os oradores estavam sentados, e projetou no telão a imagem de nosso Raul, o público, muito entusiasmado, aplaudiu de pé o valoroso amigo, evidenciando todo o carinho que tem por ele. Nos momentos dos autógrafos, que ocorreram nos três dias, em horários variados, foi possível atestar de perto a alegria das pessoas por poderem rever Raul Teixeira, abraçá-lo e tirar fotos de recordação. Para a maioria dos irmãos gaúchos, era a primeira vez que o viam após o AVC, ocorrido em novembro de 2011. Tivemos oportunidade de presenciar diversas declarações carinhosas e sinceras, de pessoas desejando paz e uma boa recuperação, algumas dessas com a voz embargada pela emoção. Raul retornou a Niterói no domingo, dia 6. No dia 7, foi seu aniversário. Ao querido amigo, dedicamos nosso carinho e as preces que lhe fortalecem para o prosseguimento da jornada. 14 no casamento que o casal tem a ensancha de transformar o ninho doméstico num remansoso campo de amor, onde o Senhor da Vida possa estabelecer um ponto de luz nesses tempos de escuridão moral vigente no planeta. Importante é que o lar se faça, continuadamente, um espaço que mereça a confiança do Criador que, por meio das ações inspiradas por Jesus Cristo no mundo, consiga abraçar a tantos corações necessitados, desorientados, carentes que, porventura, o alcancem. Sem essa via do casamento, onde os consortes passam ao esforço da fidelidade, do companheirismo, do desenvolvimento da lealdade e do amor, culminando com as trocas dos fluidos de confiança, de nutrição psíquica, permitida pela relação carnal, que veicula hormônios que geram estabilidade emocional, incontestavelmente, os humanos se relacionariam sem as noções de limites e de respeito, decorrendo daí a similitude com as relações dos animais. Camilo (Livro: Desafios da vida familiar. Camilo, Cap. O casamento na Terra. Raul Teixeira) O ida em família ser humano é animal biopsicossocial que não se pode desenvolver de maneira eficiente sem a convivência com outrem da sua e de outras espécies. Os relacionamentos emocionais e espirituais constituem-lhe fonte de inspiração e de equilíbrio para uma existência feliz. A família é-lhe o primeiro contato com o mundo, que passará a significar o que aprende entre os seus, exteriorizando o resultado da convivência. A sua desagregação leva o indivíduo a uma recrudescência do egoísmo. Célula fecunda de desenvolvimento dos valores eternos, os desajustes, por acaso existentes no lar, resultado de sementeiras de sombras no passado, devem ser superados pelas lições poderosas do amor e da solidariedade, construindo laços de verdadeira união que estruturarão os grupos sociais de maneira equilibrada para a convivência ditosa entre todos os irmãos em humanidade. Joanna de Ângelis (Livro: Lições para a felicidade. Joanna de Ângelis, Cap. 21. Divaldo Franco) 15
  9. 9. Raul TEIXEIRA desafios da mediunidade: Em homenagem aos mais de 150 anos de O Livro dos Médiuns, Camilo e Raul Teixeira nos presentearam com este Desafios da Mediunidade, um seguro roteiro para o aprofundamento das questões que envolvem o intercâmbio entre o mundo físico e a vida espiritual. Em suas páginas, nos enriquecemos com os ensinamentos sempre lúcidos e profundos de Camilo, introduzindo capítulos que são complementados com perguntas apresentadas ao médium Raul Teixeira em várias localidades brasileiras e do exterior. Elogios aos médiuns, animismo, pinturas mediúnicas, sessões mediúnicas domésticas, limites de idade para participar das sessões e tantas outras questões que não perdem sua atualidade são respondidas de forma segura e clara pelo grande orador espírita, amparado por sua longa experiência de profícuo trabalho no bem. Desafios da Mediunidade demonstra ser um livro indispensável tanto para os estudiosos do Espiritismo quanto para os iniciantes que desejam saber um pouco mais sobre tema tão fascinante. 16 Divaldo franco triunfo da imortalidade: O Espírito João Cléofas, pseudônimo de abnegado médico brasileiro na sua mais recente reencarnação, tem a tarefa de propor ligeira mensagem na abertura das reuniões mediúnicas do Centro Espírita Caminho da Redenção, em Salvador, Bahia, que lhe cabe dirigir, com o objetivo de inspirar os participantes, de os despertar para o alto significado do compromisso, de os alertar para a entrega total ao labor. O presente livro é uma coletânea de instruções ministradas no período de 2004 a 2012, agora apresentadas ao público leitor, a fim de contribuir, de alguma forma, para que os trabalhadores espíritas dedicados ao ministério mediúnico reconfortem-se e reflitam em torno do seu conteúdo. T enha paciência com você mesmo, sendo mais gentil e perdoando-se mais. Isto não significa que esteja de acordo com os comprometimentos infelizes, mas sim, que os recebe de maneira positiva, como experiências da evolução. Manter ressentimentos íntimos, especialmente em relação a si mesmo, constitui um morbo que se transforma em enfermidade emocional, depois física, e, por fim, destruidora... Compreenda que você está num estágio de aprendizagem, no qual o erro é fenômeno natural, mas permanecer nele significa falta de consideração por si mesmo. Marco Prisco (Livro: Diretrizes para uma vida feliz. Marco Prisco, Cap.: 6. Divaldo Franco) D eixa-te empolgar pelo trabalho, certo de que hoje é o teu melhor dia, pois que o futuro jaz nos recursos que agora depositas nos cofres do Bem indeclinável. À frente do enxurdeiro em que muitos homens quedam, inconscientes ou acomodados, não te permitas desencantos, mágoas o paradas indevidas, entendendo que, nos caminhos dos teus labores, sob céu plúmbeo ou no açodar de cruentos vendavais, tens contigo a Verdade que salva, que liberta, uma vez que assumindo, no entusiasmo, as pelejas para a vitória total sobre o “homem velho”, estarás abençoado e abençoando, de passos firmes, a caminho da paz. Eurípedes Barsanulfo (Livro:Nossas riquezas maiores. Diversos, Cap.16. Raul Teixeira) 17

×