Mutações nos comportamentos
e na cultura
As Vanguardas: ruturas com os
cânones das artes e da
literatura
(parte II)
Abstracionismo
• Surge por influência da valorização das
cores puras (Fauvismo e Expressionismo) e
da geometrização cubist...
Abstracionismo sensível ou lírico

(Kandinsky)

• Wassily Kandinsky considera que o
abstracionismo permite criar, na pintu...
Abstracionismo sensível ou lírico

Wassily Kandinsky – Linha transversal

(Kandinsky)
Abstracionismo geométrico

(Piet Mondrian)

• Mondrian criticava a preponderância figurativa
que se mantinha no cubismo.
•...
Abstracionismo geométrico

(Piet Mondrian)

Piet Mondrian -Composição em azul, vermelho e amarelo
Abstracionismo – correntes (síntese)
Wassily Kandinsky

Piet Mondrian

“Necessidade interior”

“Realidade pura”

Teoria su...
Futurismo - 1
• Surge em 1909, através do Manifesto do Futurismo,
de Filippo Marinetti, onde o poeta definia as bases
em q...
Futurismo - 2

Marcel Duchamp – Nu descendo as escadas
Futurismo - 3
• O relativismo científico (segundo o qual a
Natureza tem irregularidades e
imprevisibilidades) influenciou ...
Futurismo - 4

Giacomo Balla – Dinamismo de um cão na coleira
Dadaísmo - 1
• O movimento surge na Suíça, em 1916, sob o impulso
de um grupo de jovens fugidos da guerra que
pretendiam e...
Dadaísmo - 2

Raoul Hausmann - abcd

Duchamp - LHOOQ
Surrealismo - 1
• Surge em 1924, em França, quando André Breton
publica o Manifesto do Surrealismo.
• Influencia a pintura...
Surrealismo - 2

René Magritte – Valores pessoais
Surrealismo - 3

Salvador Dali – Persistência da memória
Surrealismo – as técnicas
• Cadavre exquis – criação de um desenho, em
que várias pessoas participam acrescentando,
cada u...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mutações nos comportamentos e na cultura. As vanguardas, rutura na arte (parte 2).

1.472 visualizações

Publicada em

Síntese de informações sobre as alterações que ocorrem na arte, europeia, no início do século XX. (2.ª parte)
Tem como público alvo os alunos do 12.º ano de escolaridade de História A.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.472
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mutações nos comportamentos e na cultura. As vanguardas, rutura na arte (parte 2).

  1. 1. Mutações nos comportamentos e na cultura As Vanguardas: ruturas com os cânones das artes e da literatura (parte II)
  2. 2. Abstracionismo • Surge por influência da valorização das cores puras (Fauvismo e Expressionismo) e da geometrização cubista. • Na base, o abstracionismo é o abandono da representação de um objeto identificável (abandono da representação do real). • Possui duas tendências: o abstracionismo sensível ou lírico e o abstracionismo geométrico.
  3. 3. Abstracionismo sensível ou lírico (Kandinsky) • Wassily Kandinsky considera que o abstracionismo permite criar, na pintura, uma linguagem universal com base na combinação, o mais perfeita possível, de formas e cores. • Kandinsky considerava que o abstrato, ao dirigir-se ao mundo dos sentidos era uma linguagem universal, tal como a música. Para ele as abstrações de forma e de cor atuam diretamente na alma.
  4. 4. Abstracionismo sensível ou lírico Wassily Kandinsky – Linha transversal (Kandinsky)
  5. 5. Abstracionismo geométrico (Piet Mondrian) • Mondrian criticava a preponderância figurativa que se mantinha no cubismo. • Em 1917, na revista O Estilo, propôs o Neoplasticismo – o pintor, em vez da emoção interior (teoria subjetiva), devia expressar a ”realidade pura”, as verdades universais sem sentimentos subjetivos (teoria objetiva). • Essa proposta lança o abstracionismo no recurso a formas geométricas de linhas retas (retângulos e quadrados), às cores primárias, branco, cinza e preto.
  6. 6. Abstracionismo geométrico (Piet Mondrian) Piet Mondrian -Composição em azul, vermelho e amarelo
  7. 7. Abstracionismo – correntes (síntese) Wassily Kandinsky Piet Mondrian “Necessidade interior” “Realidade pura” Teoria subjetiva Teoria objetiva Expressão da interioridade do pintor Expressão intelectualizada do mundo exterior
  8. 8. Futurismo - 1 • Surge em 1909, através do Manifesto do Futurismo, de Filippo Marinetti, onde o poeta definia as bases em que assentava o novo movimento: elogio da técnica, da máquina, da velocidade, da sociedade industrial, da correria urbana. • Rejeitava a arte do passado e do moralismo (passadismo) e glorificava o futuro. • A máquina torna-se o centro das preocupações e a velocidade a sua expressão. • Abarcou a literatura, o teatro, a pintura, a arquitetura, a escultura, a música e a fotografia.
  9. 9. Futurismo - 2 Marcel Duchamp – Nu descendo as escadas
  10. 10. Futurismo - 3 • O relativismo científico (segundo o qual a Natureza tem irregularidades e imprevisibilidades) influenciou os futuristas fazendo-os evidenciar o dinamismo na arte. • As teorias de Eisntein levaram os futuristas a representar o tempo e o espaço. • Na pintura “o dinamismo” vai buscar ao cubismo a decomposição das figuras em volumes (decomposição volumétrica) e a representação simultânea de vários pontos de vista (simultaneísmo).
  11. 11. Futurismo - 4 Giacomo Balla – Dinamismo de um cão na coleira
  12. 12. Dadaísmo - 1 • O movimento surge na Suíça, em 1916, sob o impulso de um grupo de jovens fugidos da guerra que pretendiam exprimir o seu repúdio pelo conflito, pelas convenções sociais e pela própria arte, recorrendo por isso ao absurdo. • Procuravam o ilógico, o escandaloso, o desconcertante! • Procura negar a arte. • Subvertendo os conceitos de arte, recorrendo à ação do inconsciente o dadaísmo lançou as bases para o surrealismo. • Tecnicamente foi percursor do assemblage e do ready made.
  13. 13. Dadaísmo - 2 Raoul Hausmann - abcd Duchamp - LHOOQ
  14. 14. Surrealismo - 1 • Surge em 1924, em França, quando André Breton publica o Manifesto do Surrealismo. • Influencia a pintura, a literatura e o cinema. • Transpõe para a arte o campo da psicanálise e do inconsciente aberto por Freud. Os surrealistas exprimiam-se pelo “automatismo psíquico puro”, procurando abstrair-se da realidade. • Representavam os sonhos e as sensações. Revelavam um mundo sobreposto ao real. • Transportam a arte para o mundo da interioridade, para o inconsciente do artista.
  15. 15. Surrealismo - 2 René Magritte – Valores pessoais
  16. 16. Surrealismo - 3 Salvador Dali – Persistência da memória
  17. 17. Surrealismo – as técnicas • Cadavre exquis – criação de um desenho, em que várias pessoas participam acrescentando, cada uma na sua vez, um traço, sem que possam ver a totalidade do desenho. • Automatismo – projeção na tela de uma composição “livre de todo o controlo da razão”. • Frottage – colocar o papel ou a tela sobre uma superfície rugosa e com a ajuda do lápis/espátula ou por pressão, transferir as irregularidades para a superfície a pintar.

×