Versão final.defesa

256 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
256
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Versão final.defesa

  1. 1. Defesa Final de Mestrado Mestrado em Engenharia Mecânica Sub-Área ProduçãoAPLICAÇÃO DO ORÇAMENTO MATRICIAL PARAREDUÇÃO DE CUSTOS DE TERCEIRIZAÇÃO DE UMA EMPRESA Aluno: Angelo dos Reis Magalhães Orientador: Prof. Dr. Carlos Alberto Chaves
  2. 2. Definição do problemaOrçamento tradicional por tendências e médias históricas;Entrada dos vidros chineses em 2003;Queda do market-share;Redução do ROI.Plano de ação da empresaEm 2004, a empresa, contratou uma consultoria especializada emGestão Matricial de despesas” para promover uma profunda otimizaçãonos custos fixos.
  3. 3. JustificativaAmpliar conhecimento sobre orçamento, no caso matricial;Participação direta do autor na implantação da metodologia em umaempresa;
  4. 4. ObjetivoAplicação da metodologia de orçamento matricialpara redução de custos de terceirização em umaempresa do setor vidreiro.
  5. 5. MetodologiaTipo de pesquisa Pesquisa-ação; Caráter exploratório; Pesquisa Bibliográfica.
  6. 6. Descrição da empresa Empresa do ramo vidreiro, presente no Brasil desde 1982; Fabricação de vidros planos, 2200 tn/dia; Multinacional francesa que tem no Brasil seu principal retorno de investimento; Caracteriza-se também pela aplicação de ferramentas de “ World Class Manufacturing”.
  7. 7. Período de análise e coleta de dadosOs dados quantitativos da pesquisa foram obtidos atravésda análise de documentos oficiais da empresa:Balanços;Demonstrativos de Resultados Financeiros;Relatórios gerenciais.Referentes ao período de 2004 a 2007
  8. 8. Método aplicado Gestão de contratos + terceiros  Levantamento inicial  Cálculo do fator K  Comparação e análises dos resultados
  9. 9. Resultados Foco nas etapas PDCA 5: Período de análise 6: Definições de Metas preliminares 8: Reunião de negociação das metas 11: Matriz de acompanhamento
  10. 10. Etapa 5: Período de análisesFoco: Contratos de terceirizaçãoPlanilha aberta de custos;Levantamento inicial + cálculo do fator K;Comparações e conclusões.
  11. 11. Planilha aberta de custos Custo total do contrato K = Folha de pagamento K= 4,22
  12. 12. Fator de internalizaçãoNa pesquisa Fator int = 2,06;Incluso: Salário, encargos, benefícios, férias, 13º salárioPLR, Uniformes, EPI´S ,etc.Comparações e análises Entre contratos, entre empresas; Terceirizado x próprio (K X Int = 2,06).
  13. 13. Grupo piloto - Contratos
  14. 14. Grupo piloto: Internalizado Empresa Função Efetivo Salário Fator Int Custo da Internalização Economia anualEmpresa Manutenção 3 Mecânicos R$ 1.500,00 2,06 R$ 9.270,00 -R$ 57.108,00 Frota VeículosEmpresa Manutenção 2 Técnico de Mnt R$ 2.200,00 2,06 R$ 9.064,00 -R$ 245.388,48 Mecânica 4 Mecânico de Mnt R$ 1.500,00 2,06 R$ 12.360,00Empresa Manutenção 2 Mecânico Desp. R$ 1.000,00 2,06 R$ 4.120,00 -R$ 25.074,48 Despoeiradores 0 Ajudante Mec Desp R$ 0,00 2,06 R$ 0,00 Total 11 R$ 34.814,00 -R$ 327.570,96 Redução 34%
  15. 15. Demais contratosR$ 1.925.093,28 de saving anual.
  16. 16. Etapa 6: Definição das metas preliminares6. Definição preliminar das metas (P): Todos os ganhos identificados na etapaanterior foram valorizados e transformados em metas preliminares para os gestoresde centro de custos.
  17. 17. Etapa 8: Reunião de negociação8. Reunião de negociação das metas (P): Devido aos valores envolvidos epotencial de ganho das metas preliminares, esta reunião teve a presença do diretorindustrial, na qual em conjunto com o gestor de pacotes e gestores de centro decustos decidiram em realizar o processo de desterceirização da empresa à partir de2008.
  18. 18. Etapa 11: Matriz de acompanhamento Período de Jan a Set 2008
  19. 19. Etapa 11: Matriz de acompanhamento Custos de produção 650 611 573 571 554 544 590 600 564 551 527 550 511 512 518 488 489 498 479 500 450 400 350 300 250 200 150 100 50 0 AVG AVG AVG 05 06 07 jan fev mar avr mai jun jul ago set out nov dez BI dez BI 2007 04 05 06 062005 a 2007, evidenciando uma significativa redução dos mesmos, na ordem de 9%no período de 3 anos, sem considerar os efeitos de inflação
  20. 20. Outros resultados estimados Passivos trabalhistas: expectativa mínima do departamento jurídico é dereduzir o montante em indenizações trabalhistas oriundas de ex-funcionários de empresas terceirizadas em 90% (período de apuração 1997 a 2007; 2008 a 2018). Segurança e prevenção de acidentes: pode-se supor um maior engajamento dos novos funcionários com os procedimentos internos, podendo-se promover então, uma melhoria nos indicadores de acidentes da empresa. Motivação e comprometimento: a área de recursos humanos aprovou o estudo e identificou um ganho potencial com a possibilidade dos funcionários aproveitados, demonstrarem sua gratidão com um maior comprometimento, qualificação profissional e desempenho em suas atividades.
  21. 21. Conclusões  Para cada caso existe uma melhor opção a ser estudada em profundidade;  Terceirizar uma atividade meio ou desterceirizar é uma decisão estratégica que deve ser tomada com bastante cautela;  Vários aspectos devem ser analisados como: custo, especialidade das operações, core-business da empresa, cultura da empresa entre outras;  Na referida pesquisa existem benefícios financeiros, jurídicos, de segurança e motivacional na opção de não terceirizar uma atividade ou até mesmo dedesterceirizar um contrato, retornando-se a operação para funcionários próprios da empresa.  O modelo matricial de orçamento promoveu uma sustentabilidade financeira da empresa perante a concorrência.
  22. 22. FIM

×