Nome: Nº
6º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina(s): Língua Portuguesa
Data: 12/04/2012 Professor(a): Maria Tereza M...
2) Analise a tira como um todo: a linguagem verbal e não verbal. Leve em conta as personagens, o
espaço, o diálogo e o voc...
c) Não há nenhum tipo de descrição de lugar ou de personagem.
d) O tempo de duração é de alguns minutos, o tempo em que du...
b) Tanto o texto 1 como o texto 2 têm a intenção de divertir os leitores com uma narrativa que
envolve aventura e emoção.
...
I- A língua sofre uma variação linguística por conta de diferenças de lugar ou região.
II- Há na fala das personagens a pr...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Material estudo 6anos-portugues_1tri_2012

285 visualizações

Publicada em

atividades para sexto ano do ensino fundamental

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
285
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Material estudo 6anos-portugues_1tri_2012

  1. 1. Nome: Nº 6º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina(s): Língua Portuguesa Data: 12/04/2012 Professor(a): Maria Tereza Munhoz de Freitas Língua Portuguesa – 1º trimestre ATIVIDADE DE REVISÃO II - GABARITO Leia a tira a seguir para responder às questões 1 e 2: http://www2.uol.com.br/niquel/ Vocabulário: Láctea, lacticinosa: que contém leite ou é feito à base de leite 6º LP 1) O humor da tira está relacionado à variedade linguística empregada pelo locutor em cada um dos quadrinhos e a falta de entendimento do seu locutário. Pode-se afirmar que: I- O locutor emprega em todos os quadrinhos a norma padrão, formal. II- O estranhamento do locutário nos dois primeiros quadrinhos mostra que ele deve ter, pro- vavelmente, pouca escolaridade e dificuldade de compreensão da norma-padrão ou da variedade urbana de prestígio. III- Variamos o emprego da língua de acordo com a situação. Nesse caso, a variedade lin- guística informal, sem a rigidez das regras da norma-padrão, seria mais adequada. IV- O último quadrinho é marcado pela variedade linguística sem monitoramento, com ex- pressões que demonstram intimidade com o interlocutor. Está CORRETA a opção: a) Todos os itens. b) Apenas o item IV c) Apenas os itens II, III e IV. d) Apenas os itens I, II e III. e) Apenas o item I.
  2. 2. 2) Analise a tira como um todo: a linguagem verbal e não verbal. Leve em conta as personagens, o espaço, o diálogo e o vocabulário. As expressões: Guloseima láctea, substância lacticinosa e Gororoba representam a mesma coi- sa, que é: a) Uma fatia de pizza velha. b) Um pedaço de pão. c) Um copo de leite d) Uma fatia de queijo e) Uma fruta. Leia o texto a seguir para responder às questões 3 a 6: Texto 1: Insetos do espelho Alice continua sua caminhada para chegar à oitava casa do jogo e atravessa um bosque. Logo chegou a um campo aberto, com um bosque do outro lado; parecia mais escuro que o último bosque e Alice sentiu um pouco de medo de entrar nele. [...] “Este deve ser o bosque”, disse pensativa- mente, “em que as coisas não têm nomes. O que será que vai ser do meu nome quando eu entrar nele? [...] Assim divagava quando chegou ao bos- que: parecia muito fresco e sombrio. [...] Ficou em silêncio um minuto, pensando. Depois, de repente, recomeçou. “Então, no fim das contas a coisa re- almente aconteceu! E agora, quem sou? Vou me lembrar se puder, estou decidida! Mas estar decidida, não ajudou muito. [...] Nesse instante apareceu uma Corça vagando por ali; olhou para Alice com seus olhos gran- des e meigos, mas não se assustou nadinha. “Venha cá! Venha cá! Disse Alice, esticando a mão e tentando afagá-la; mas a Corça só recuou um pouco e voltou a olhar para Alice. “Como você se chama?” finalmente a Corça perguntou. Que voz doce e suave ela tinha! “Quem me dera saber!” pensou a pobre Alice. Respondeu, um tanto acabrunhada: “Nada, por enquanto.” “Pense bem”, a Corça disse, “esse não serve.” Alice pensou, mas não adiantou coisa alguma. “Por favor, poderia me dizer como você se chama? Disse timidamente. “Acho que isso poderia ajudar um pouco.” “Vou lhe dizer se vier um pouco adiante comigo”, disse a Corça. “Aqui não consigo me lem- brar.” Assim. Saíram caminhando juntas pelo bosque, Alice abraçando afetuosamente o pescoço macio da Corça, até que chegaram a outro campo aberto; então a Corça deu um súbito pinote no ar e desvencilhou dos braços de Alice. “Sou uma Corça! Gritou radiante, “e, oh! Você é uma criança humana!” Uma expressão de susto tomou de repente seus bonitos olhos castanhos e no instante seguinte ela fugiu como um raio. Alice ficou procurando-a, prestes a chorar de frustração por ter perdido sua querida compa- nheira de viagem tão de repente. “De todo modo, agora sei meu nome”, disse, “é algum consolo. Alice...Alice...não vou esquecer de novo. [...] Fragmento de Alice através do espelho e o que encontrou por lá. 3) Em relação aos elementos da narrativa desse trecho está CORRETO afirmar que: a) O foco narrativo está em 1ª pessoa, narrador personagem, pois quem narra a história é Alice. “Alice pensou, mas não adiantou coisa alguma” b) O espaço em que ocorrem os fatos não é citado, não é possível saber o lugar.
  3. 3. c) Não há nenhum tipo de descrição de lugar ou de personagem. d) O tempo de duração é de alguns minutos, o tempo em que durou o encontro entre as personagens. e) Não há fala de personagens. 4) Uma das características do gênero conto maravilhoso é o elemento mágico. Nesse trecho, pode- se afirmar que: a) O elemento mágico é o bosque, que em determinado trecho faz com que as pessoas esque- cem o nome. b) O elemento mágico é a Corça, pois ela tem poderes para fazer as pessoas esquecerem os nomes. c) O elemento mágico é a roupa da Alice, pois a Corça, ao ser abraçada por ela, esqueceu seu nome. d) O elemento mágico é Alice, que ficou invisível. e) O elemento mágico é a Corça que se transformou em uma criança humana e conversou com Alice. 5) Assinale V (verdadeiro) ou F (falso) para as afirmações referentes aos fatos narrados nesse texto: o A Corça e Alice caminham juntas pelo bosque, como companheiras de viagem. ( ) o A Corça sabia que no lugar em que elas estavam não se lembrariam de seus nomes. Por is- so, convidou Alice para ir um pouco mais a frente. ( ) o Ao final da narrativa, Alice se sentiu frustrada por não ter conseguido se lembrar do seu no- me, e quase chorou ( ) o A Corça ficou assustada ao perceber que Alice era uma criança humana. ( ) A sequência correta é: a) V-F-F-V. b) V-F-V-F. c) F-V-V-V. d) V-F-V-V e) V-V-F-V. Texto 2: SOFTEX no Congresso Alice Brasil por Karen Kornilovicz-16/03/2011 Como estratégia para difundir a proposta de ensino de programação por meio da ferramenta de software Ali- ce (www.alice.org), a Universidade Presbiteriana Mackenzie promoverá nos dias 22 e 23 de março, no cam- pus São Paulo, mais uma edição do Congresso Alice Brasil. O evento, que conta com o apoio da SOFTEX para a sua realização, tem como público alvo pesquisadores, professores, alunos e profissionais do segmen- to de ensino de programação e de realidade virtual. Alice é uma ferramenta de ensino gratuita, utilizada com sucesso em várias escolas americanas, que permite ao usuário aprender conceitos fundamentais de progra- mação e criar filmes animados e videogames simples. O nome Alice é uma homenagem ao novelista Lewis Carroll, mundialmente conhecido por ser autor dos livros Alice no País das Maravilhas e Alice Através do Es- pelho. http://www.resellerweb.com.br/voce_informa/interna.asp?cod=19846 Vocabulário: Difundir: divulgar 6) Em relação ao gênero de discurso, intencionalidade e intertextualidade dos textos 1 e 2, está IN- CORRETO o item: a) O texto 1 pertence a esfera de atividade humana artística, por ser uma criação literária
  4. 4. b) Tanto o texto 1 como o texto 2 têm a intenção de divertir os leitores com uma narrativa que envolve aventura e emoção. c) O texto 2 cita a obra de Lewis Carrol para explicar o motivo da escolha do nome do Congres- so. d) O texto 2 pertence a esfera de atividade humana publicitária, jornalística, pois está divulgan- do um evento, passando informações sobre ele. e) O texto 1 foi escrito para jovens, crianças ou pessoas que se interessam por narrativas fan- tásticas. No caso do texto 2, o público alvo são pessoas que se interessam por lançamentos de softweres: professores, educadores, profissionais envolvidos em realidade virtual. 7) Leia e observe o substantivos nesta tira: Faça um “X” nas afirmações verdadeiras: I- Todos os substantivos empregados na tira são próprios. ( ) II- Rosa e livro são substantivos comuns, simples, concretos e primitivos. III- O substantivo ponteiro é derivado. Ele vem da palavra ponta. ( ) IV- Na tira não há substantivo abstrato. ( ) Foram assinalados os parênteses dos itens: a) I, III e IV b) I e IV c) II e III d) II, III e IV e) II e IV. 8) Leia a tirinha a seguir: Em relação à variedade linguística empregada pelos locutores dessa tira, (Zé Lelé e Chico Ben- to) pode-se afirmar que:
  5. 5. I- A língua sofre uma variação linguística por conta de diferenças de lugar ou região. II- Há na fala das personagens a presença do dialeto caipira, como em “espeio” “oiando”. Do ponto de vista linguístico essa fala é considerada errada e não é aceita. III- De acordo com a norma-padrão o diálogo ficaria assim: “Está se olhando no espelho, Zé Lelé? / “Eu não!” / “Ele é que está me olhando”. IV- A tira perderia a expressividade com o emprego da norma-padrão, pois não haveria coin- cidência entre o perfil das personagens e a linguagem que ele utiliza. a) Apenas I – III – IV b) Apenas o I c) Apenas o IV d) Apenas I e) Apenas I - II e III 9) Em cada série abaixo, há duas palavras que devem ser completadas com S e duas com Z. Com- plete-as e, em seguida, complete o quadro. 9.1) confu.....ão; ri.....onho; va....io; vi....inho. 9.2) ra....oável; co....inhar; religio...o; pe...adelo. 9.3) re...ar; hipóte...e; despre....o; análi....e. PALAVRAS ESCRITAS COM A LETRA S PALAVRAS ESCRITAS COM A LETRA Z Confusão, risonho, religioso, pesadelo, hipó- tese, análise. Vazio, vizinho, razoável, cozinhar, rezar e desprezo. 10) Complete os espaços em branco com a letra que representa corretamente o fonema /S/ (“SÊ”): c, s, sc, sç, ss, z, x, ç O carta..... apresentou uma descri....ão da e....periên.....ia feita em sala de aula. Houve a ne....e....idade de uma pesquisa sobre o a....unto e foi pre.....iso também dos dados rela....ionados ao na....imento de cada aluno. O título do trabalho era: “Cre....com com saúde!” A grafia correta das palavras está no item: a) cartaz; descrissão; experiência; nessessidade; assunto; preciso; relacionados; nascimento e cressa. b) cartas; descrição; experiência; necessidade; assunto; presciso; relacionados; nascimento e creça. c) cartaz; descrissão; experiência; necessidade; asunto; preciso; relacionados; nacimento e creça. d) cartaz; descrição; esperiência; necessidade; assunto; preciso; relassionados; nassimento e creça. e) cartaz; descrição; experiência; necessidade; assunto; preciso; relacionados; nascimento e cresça.

×