SlideShare uma empresa Scribd logo

Prova de arte

prova de arte

1 de 5
Baixar para ler offline
SELEÇÃO PÚBLICA – PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FELIZ - SP
CARGO: PEB III – EDUCAÇÃO ARTÍSTICA
TEXTO:
                                                         AS PALAVRAS
     Eu ainda não sabia ler, mas já era bastante esnobe para exigir meus livros. Meu avô foi ao patife de seu editor e conseguiu
de presente Os contos do poeta Maurice Bouchor, narrativas extraídas do folclore e adaptadas ao gosto da infância por um
homem que conservava, dizia ele, olhos de criança. Eu quis começar na mesma hora as cerimônias de apropriação. Peguei os
dois volumezinhos, cheirei-os, apalpei-os, abri-os negligentemente na “página certa”, fazendo-os estalar. Debalde: eu não tinha
a sensação de possuí-los. Tentei sem maior êxito tratá-los como bonecas, acalentá-los, beijá-los, surrá-los. Quase em lágrimas,
acabei por depô-los sobre os joelhos de minha mãe. Ela levantou os olhos de seu trabalho: “O que queres que eu te leia,
querido? As Fadas?” Perguntei , incrédulo: “As Fadas estão aí dentro?” A história me era familiar: minha mãe contava-a com
freqüência, quando me lavava, interrompendo-se para me friccionar com água-de-colônia, para apanhar debaixo da banheira o
sabão que lhe escorregara das mãos, e eu ouvia distraidamente o relato bem conhecido; eu só tinha olhos para Anne-Marie, a
moça de todas as minhas manhãs; eu só tinha ouvidos para a sua voz perturbada pela servidão; eu me comprazia com suas
frases inacabadas, com suas palavras sempre atrasadas, com sua brusca segurança, vivamente desfeita, e que descambava em
derrota, para desaparecer em melodioso desfiamento e se recompor após um silêncio. A história era coisa que vinha por
acréscimo: era o elo de seus solilóquios. Durante o tempo todo em que falava, ficávamos sós e clandestinos, longe dos homens,
dos deuses e dos sacerdotes, duas corças no bosque, com outras corças, as Fadas; eu não conseguia acreditar que se houvesse
composto um livro a fim de incluir nele este episódio de nossa vida profana, que recendia a sabão e a água-de-colônia.
     Anne-Marie fez-me sentar à sua frente, em minha cadeirinha; inclinou-se, baixou as pálpebras e adormeceu. Daquele rosto
de estátua saiu uma voz de gesso. Perdi a cabeça: quem estava contando? o quê? e a quem? Minha mãe ausentara-se: nenhum
sorriso, nenhum sinal de conivência, eu estava no exílio. Além disso, eu não reconhecia sua linguagem. Onde é que arranjava
aquela segurança? Ao cabo de um instante, compreendi: era o livro que falava. Dele saíam frases que me causavam medo: eram
verdadeiras centopéias, formigavam de sílabas e letras, estiravam seus ditongos, faziam vibrar as consoantes duplas: cantantes,
nasais, entrecortadas de pausas e suspiros, ricas em palavras desconhecidas, encantavam-se por si próprias e com seus
meandros, sem se preocupar comigo: às vezes desapareciam antes que eu pudesse compreendê-las, outras vezes eu
compreendia de antemão e elas continuavam a rolar nobremente para o seu fim sem me conceder a graça de uma vírgula.
Seguramente, o discurso não me era destinado. Quanto à história, endomingara-se: o lenhador, a lenhadora e suas filhas, a fada,
todas essas criaturinhas, nossos semelhantes, tinham adquirido majestade, falava-se de seus farrapos com magnificência; as
palavras largavam a sua cor sobre as coisas, transformando as ações em ritos e os acontecimentos em cerimônias. Alguém se
pôs a fazer perguntas: o editor de meu avô, especializado na publicação de obras escolares, não perdia a ocasião de exercitar a
jovem inteligência de seus leitores.Pareceu-me que uma criança era interrogada: no lugar do lenhador, o que faria? Qual das
duas irmãs preferiria? Por quê? Aprovava o castigo de Babette? Mas essa criança não era absolutamente eu, e fiquei com medo
de responder. Respondi no entanto: minha débil voz perdeu-se e senti tornar-me outro. Anne-Marie, também, era outra, com
seu ar de cega superlúcida: parecia-me que eu era filho de todas as mães, que ela era mãe de todos os filhos. Quando parou de
ler, retomei-lhe vivamente os livros e saí com eles debaixo do braço sem dizer-lhe obrigado.                    (Jean- Paul Sartre)
01) A primeira leitura que o narrador faz dos livros que ganhou do avô é uma leitura:
     A) Sensorial.                  B) Auditiva.              C) Didática.              D) Pueril.                E) Enigmática.
02) “... eu me comprazia com suas frases inacabadas...” A palavra que pode substituir o termo comprazia é, EXCETO:
     A) Deleitava.                  B) Regozijava.            C) Sucumbia.              D) Alegrava.              E) Satisfazia.
03) O narrador diz que a mãe “adormeceu”. De acordo com o texto podemos dizer que este adormecer significa:
     A) Que a mãe ficou entorpecida pelo encanto da história.
     B) Que o narrador ficou entorpecido pelo encanto da história.
     C) Que a mãe passa a ser um mero reprodutor da história contada pelo livro.
     D) Que a mãe se entregou à história lida e vive a vida das fadas.
     E) Que o narrador se entregou à história dando asas a sua imaginação.
04) Personificação é uma figura de linguagem que consiste em se atribuir a um ser inanimado ou a um animal ações
     próprias dos seres humanos.
     Assinale a alternativa que contém um exemplo de personificação:
     A) “Ela levantou os olhos de seu trabalho.”                      D) “... quem estava contando? o quê? e a quem?”
     B) “... as palavras largavam a sua cor sobre as coisas...”       E) “Alguém se pôs a fazer perguntas...”
     C) “A história era coisa que vinha por acréscimo...”
05) “Voz de gesso” de que fala o texto é:
     A) Uma voz sem brilho nem cor.                                   D) A voz de quem lê o que fala.
     B) Uma voz indiferente ao conteúdo da história.                  E) A voz sombria do narrador.
     C) A voz dos personagens da história narrada.
06) O texto em questão:
     A) É uma narrativa histórica.                                    D) É um relato da vida simples do narrador.
     B) É a descoberta da palavra escrita.                            E) É a história da relação entre mãe e filho.
     C) É uma narrativa em 3ª pessoa.
07) “ ... dizia ele, olhos de criança.” (1º§) A palavra sublinhada na frase anterior se refere a:
     A) Maurice Bouchor.            B) Um homem.              C) O editor.              D) Meu avô.               E) O poeta.
                                                                  CONSULPLAN CONSULTORIA LTDA 2
                                                          www.consulplan.net atendimento@consulplan.com
                                               www.pciconcursos.com.br
SELEÇÃO PÚBLICA – PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FELIZ - SP
08) O narrador se mostra:
    A) Indiferente ao universo literário.                          D) Consternado pela figura imponente de seu avô.
    B) Melancólico por ainda não saber ler.                        E) Ávido em conhecer o universo literário.
    C) Disperso em meio a tantas obras literárias.
09) As histórias contidas no livro do poeta Maurice Bouchor:
    A) Amedrontaram o narrador.                                    D) Atemorizaram o narrador.
    B) Revoltaram o narrador.                                      E) Intimidaram o narrador.
    C) Seduziram o narrador.
10) “Além disso, eu não reconhecia sua linguagem” (2º§) Na frase anterior a expressão além disso tem valor de:
    A) Adição.                      B) Oposição.             C) Comparação.          D) Explicação.          E) Retificação.
                                               CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
11) De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN’s), o produto criado pelo artista propicia um tipo de
    comunicação no qual inúmeras formas de significações se condensam pela combinação de determinados elementos,
    diferentes para cada modalidade artística. Associe a forma artística aos elementos correspondentes:
      1. Forma plástica.                          ( ) Movimento, desenho no espaço, ritmo e composição.
      2. Forma musical.                           ( ) Linhas, formas, cores e textura.
      3. Forma teatral.                           ( ) Altura, timbre, intensidade e ritmo.
      4. Forma da dança.                          ( ) Personagens, espaço, texto e cenário.
    A sequência está correta em:
    A) 1, 3, 4, 2          B) 4, 1, 2, 3            C) 3, 1, 2, 4           D) 4, 2, 3, 1           E) 4, 3, 2, 1
12) O homem pré-histórico do Período Neolítico começou a abandonar as cavernas e a construir suas próprias
    moradias. Dessas construções são conhecidas edificações em pedra, sem nenhuma argamassa e em forma de cone
    truncado que são chamadas:
    A) Pilares.            B) Menhires.             C) Nuragues.            D) Dolmens.             E) Oca.
13) A pintura surrealista desenvolveu duas tendências: a figurativa e a abstrata. Entre os pintores surrealistas de
    tendência abstrata estão:
    A) Joan Miró e Max Ernest.                                     D) Joan Miró e Andy Warhol.
    B) Salvador Dali e Marc Chagall.                               E) Van Gogh e Toulouse-Lautrec .
    C) Salvador Dali e Vitor Vasarely.
14) Na Europa a obra de Adolf Loos é representante de uma nova tendência arquitetônica surgida no século XX, onde
    se concretiza perfeitamente a intenção de negar toda ornamentação e de tornar evidente a praticidade e a
    destinação social do edifício. Esta tendência arquitetônica denomina-se:
    A) Bauhaus.                                                    D) Arquitetura racionalista.
    B) Arquitetura orgânica.                                       E) Planta livre.
    C) Arquitetura modernista.
15) Os povos indígenas que habitaram a região próxima à junção do Rio Tapajós com o Amazonas, produziram uma
    cerâmica que apresenta uma decoração bastante complexa, pois além da pintura e dos desenhos, as peças
    apresentam ornamentos em relevo com figura de seres humanos ou animais. Todos os vestígios culturais
    encontrados ali foram considerados como realização de um complexo cultural denominado:
    A) Cultura Marajoara.                                          D) Cultura Kamaiurá.
    B) Cultura Santarém.                                           E) Cultura Bororó.
    C) Cultura Baniwa.
16) O Barroco Paulista apresenta um aspecto sábio e modesto. As imagens são muito simples, rústicas e primitivas,
    geralmente feitas em barro cozido. Este fato deve-se a:
    A) Falta de artistas especializados no país.                   D) Falta de material.
    B) Abandono da região sudeste pelos governantes.               E) Dificuldade de acesso à cidade.
    C) Pobreza da cidade.
17) A arquitetura brasileira encontra-se bem definida e se impõe com uma das mais criativas da atualidade. É comum
    observamos edifícios com soluções originais para concreto armado, em que podemos sentir a influência do arquiteto
    conhecido internacionalmente e que se projetou nos anos 40 e 50. Este arquiteto, autor do projeto do Congresso
    Nacional em Brasília chama-se:
    A) Oscar Niemeyer.                                             D) Carlos Leão.
    B) Lúcio Costa.                                                E) Afonso Eduardo Reidy.
    C) Jorge Moreira.
18) Gustave Coubert (1819-1877), procurou retratar em suas telas, temas da vida cotidiana. Foi considerado o criador
    do estilo:
    A) Renascentista.                                              D) Cubista.
    B) Impressionista.                                             E) Surrealista.
    C) Realista.
19) Sobre os deveres do Servidor Público, analise as afirmativas abaixo:
     I. Ser leal às instituições a que servir.
    II. Exercer com zelo e dedicação as atribuições do cargo.
                                                               CONSULPLAN CONSULTORIA LTDA 3
                                                       www.consulplan.net atendimento@consulplan.com
                                            www.pciconcursos.com.br
SELEÇÃO PÚBLICA – PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FELIZ - SP
   III. Cumprir as ordens superiores, quando manifestamente ilegais.
    Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s):
    A) I, II e III                B) II e III              C) I e II                  D) II            E) III
20) São proibições ao Servidor Público Municipal, EXCETO:
    A) Proceder de forma desidiosa.
    B) Opor resistência injustificada ao andamento de documento e processo ou execução de serviço.
    C) Assiduidade, disciplina e responsabilidade.
    D) Promover manifestação de apreço ou desapreço no recinto da repartição.
    E) Exercer quaisquer atividades que sejam incompatíveis com exercício do cargo ou função e com o horário de trabalho.
                                    CONHECIMENTOS DIDÁTICOS PEDAGÓGICOS
21) (Re) significar a aula expositiva é tarefa do professor que trabalha na perspectiva da produção do conhecimento. E
    quando utilizada numa dimensão crítica, ela estimula a atividade, a iniciativa e o raciocínio do aluno, sem
    prescindir da iniciativa do professor. Sobre esta afirmativa, é correto afirmar que:
    A) Favorece a participação do aluno numa relação dialógica, dinâmica entre os sujeitos do processo de
       ensino-aprendizagem.
    B) Considera os interesses, as experiências e a realidade do aluno, levando-a compartilhar o trabalho com seus colegas,
       através de questões provocadoras, comentários, exemplos.
    C) É importante que esta aula seja ilustrada com recursos diversificados – slides, fichas, esquemas no quadro, etc.
    D) Todas afirmativas anteriores estão corretas.
    E) Apenas a alternativa “A” está correta.
22) De acordo com o Título V, da Lei de Diretrizes e Bases de 1996, Capítulo I da composição dos Níveis Escolares em
    seu Art. 21, a Educação Escolar compõe-se de:
    A) Educação Básica.                                              D) Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio.
    B) Educação Básica e Ensino Médio.                               E) Educação Superior.
    C) Educação Básica e Educação Superior.
23) Sobre a Lei nº. 11 114/2005 de 16/05/2005, NÃO é correto afirmar que:
    A) Altera a LDB/96 em seu Art. 6º.
    B) Torna obrigatória a matrícula das crianças de seis anos de idade no Ensino Fundamental.
    C) Torna obrigatória efetuar a matrícula dos menores de sete anos de idade no Ensino Fundamental.
    D) O Ensino Fundamental é obrigatório, com duração de nove anos, gratuito na escola pública.
    E) Todas estão corretas, exceto a alternativa “C”.
24) Os tempos e os campos da educação devem ser repensados, compultados e interpretados, de modo que, cada
    indivíduo, ao longo de sua vida, possa tirar proveito de um ambiente educativo em constante transformação. Os
    PCN’s são uma referência para tais transformações de objetivos, conteúdos e didática do ensino. Essa educação ao
    longo da vida está fundada em quatro pilares. São eles, EXCETO:
    A) Aprender a conhecer.                                          D) Aprender a viver com os outros.
    B) Aprender a ter.                                               E) Aprender a ser.
    C) Aprender a fazer.
25) Nas tendências pedagógicas a partir da LDB 9394/96, houve uma revalorização das idéias de Piaget, Vygostsky e
    Wallon. Sobre esta afirmativa é INCORRETO afirmar que:
    A) O ponto em comum entre esses psicólogos é análise de uma realidade fundamental.
    B) Para esses psicólogos o processo de interação verbal é uma realidade fundamental. O conhecimento não está no sujeito,
       nem no objeto, mas resulta da interação entre ambos.
    C) Um dos pontos em comum entre esses psicólogos é o fato de serem interacionistas.
    D) Concebem o conhecimento como resultado da ação que se passa entre o sujeito um objeto.
    E) As idéias desses psicólogos vêm de encontro da concepção que se considera a linguagem como forma de atuação sobre
       o homem e o mundo e das modernas teorias.
26) A estrutura organizacional dos PCN’s apresenta objetivos gerais do Ensino Fundamental e constituem a referência
    principal para definição de áreas e temas. Sobre estes objetivos NÃO é correto afirmar que:
    A) Indicam capacidades relativas aos aspectos cognitivos, afetivos, físicos, estético, de atuação e de inserção social.
    B) Os documentos das áreas têm estruturas comuns.
    C) Os objetivos e conteúdos estão organizados em nove ciclos.
    D) Os objetivos estão formulados de modo a respeitar a diversidade social e cultural.
    E) Os objetivos são amplos e abrangentes, para que possam permitir a inclusão das características locais.
27) Para preparar e ministrar aulas eficientes, que permitam a construção do conhecimento pelo aluno, o professor
    precisa ter:
    A) Conhecimento do aluno concreto.                               D) Conhecimento do processo avaliativo.
    B) Conhecimento do conteúdo que ensina.                          E) Todas alternativas anteriores são verdadeiras.
    C) Conhecimento do valor de interação professor x aluno.



                                                                CONSULPLAN CONSULTORIA LTDA 4
                                                        www.consulplan.net atendimento@consulplan.com
                                             www.pciconcursos.com.br
SELEÇÃO PÚBLICA – PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FELIZ - SP
28) A criação na escola do Projeto Político Pedagógico, altera a dinâmica e seu “fazer cotidiano”. Sobre o PPP,
    podemos afirmar que se bem elaborado:
    A) Cria na escola um ambiente democrático.
    B) Apresenta propostas onde a equipe da escola promove encontros, manifestações culturais ou artísticas.
    C) Pode promover a resolução de problemas do bairro, projeto de coleta lixo.
    D) Incentiva e realiza cursos na escola.
    E) Todas as alternativas anteriores são verdadeiras.
29) Na perspectiva da construção do conhecimento ligada aos interesses e realidade do aluno, com uma interação efetiva
    entre professor-aluno-conhecimento, a avaliação deve ser:
      I. Dinâmica, reflexiva e problematizadora.
    II. Tem como objetivo o acompanhamento do aluno, tendo em vista os seus desenvolvimentos cognitivos, sociais e
         afetivos.
   III. A ênfase é centrada no produto final, o que o aluno aprendeu.
    Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s):
      A) I, II            B) II, III              C) III                  D) I                      E) II
30) A relação pedagógica não se limita ao espaço da sala de aula. Nesse sentido, é preciso considerar alguns aspectos.
    São eles:
    A) Cultura do aluno.                                        D) Cultura escolar.
    B) Cultura do professor.                                    E) Todos os itens anteriores permeiam o processo pedagógico.
    C) Cultura da escola.
                                                CONHECIMENTOS GERAIS
31) O Grande Prêmio de Fórmula 1, realizado em 2006 no Brasil teve um grande vencedor, o piloto brasileiro:
    A) Rubens Barrichelo.                                         D) Cristian Fitipalldi.
    B) Felipe Massa.                                              E) Cacá Bueno.
    C) Hélio Castro Neves.
32) Dia 11 de setembro de 2006 completaram-se cinco anos que aconteceu o mais ousado atentado terrorista, que feriu
    os Estados Unidos pela primeira vez, no coração de seu próprio território. Este atentado atingiu as cidades de:
    A) Nova York e Washington.                                    D) Virgínia e Novo México.
    B) Nova York e Chicago.                                       E) N.R.A.
    C) Washington e Bogotá.
33) Estudantes, donas-de-casa, sindicalistas, padres... foram às ruas protestar contra o aumento de 91% e conseguiram
    barrar o disparate; de quem?
    A) Supremo Tribunal Federal.                                  D) Governadores de Estado.
    B) Presidente da República.                                   E) Senadores.
    C) Congresso Nacional.
34) “O aquecimento global ameaça arruinar a temporada de inverno nos Alpes”. Sobre este assunto, marque abaixo V
    para alternativas verdadeiras e F para alternativas falsas:
     ( ) Nas últimas três décadas, o aumento da temperatura no Alpes foi o triplo da média mundial.
     ( ) Os Alpes são uma barreira geográfica que recebe ventos frios do norte da Europa e correntes quentes vindas do
            Mediterrâneo.
     ( ) Com o aquecimento global a influência dos ventos quentes está se sobrepondo à das massas de ar frio.
    A seqüência está correta em:
    A) V, V, V            B) V, F, V              C) F, F, V              D) F, V, F                E) F, F, F
35) Hoje se discute as causas de criminalidade e da crescente violência no Brasil. As origens desses problemas estão
    centradas:
    A) No crime organizado.                                       D) No êxodo rural.
    B) No tráfico de drogas.                                      E) As alternativas A e B estão corretas.
    C) Na redução do salário do trabalhador.
36) A economia do município Porto Feliz é bastante diversificada, indique abaixo o que NÃO compõe esta economia:
    A) Cana-de-açúcar. B) Milho.                  C) Feijão.              D) Soja.                  E) Laranja.
37) Existe um parque que está localizado às margens do Rio Tietê, em Porto Feliz e é um dos principais pontos
    turísticos da cidade denominando-se:
    A) Parque do Ipiranga.                                        D) Parque do Tietê.
    B) Parque das Monções.                                        E) N.R.A.
    C) Parque Formoso.
38) O nome “monção” - de origem árabe – significa:
    A) Época ou vento favorável à navegação.                      D) Batelões de peroba bem resistentes.
    B) Expedição em busca de ouro.                                E) Rancho coberto de folha de sapé.
    C) Embarcações ou canoas fabricadas de um tronco só.



                                                               CONSULPLAN CONSULTORIA LTDA 5
                                                       www.consulplan.net atendimento@consulplan.com
                                            www.pciconcursos.com.br
SELEÇÃO PÚBLICA – PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FELIZ - SP
39) Acerca do município de Porto Feliz, analise as assertivas abaixo:
     I. Porto Feliz é um município paulista localizado aproximadamente a 110 quilômetros da capital.
    II. Região habitada inicialmente por índios guaianazes, tornou-se ponto de partida de muitas expedições, principalmente
         rumo a Cuiabá.
   III. Os principais acessos ao município de Porto Feliz são pela Rodovia Presidente Castelo Branco e pela Rodovia
         Marechal Rondon.
    Está(ão) correta(s) apenas a(s) assertiva(s):
    A) I                B) II e III               C) III                 D) I, II e III           E) I e II
40) São municípios limítrofes ao município de Porto Feliz, EXCETO:
    A) Capivari.        B) Sorocaba.              C) Elias Fausto.       D) Boituva.              E) Taubaté.




                                                               CONSULPLAN CONSULTORIA LTDA 6
                                                       www.consulplan.net atendimento@consulplan.com
                                            www.pciconcursos.com.br

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Segunda aplicação do enem 2014, Artes
Segunda aplicação do enem 2014, ArtesSegunda aplicação do enem 2014, Artes
Segunda aplicação do enem 2014, Artesma.no.el.ne.ves
 
Questões de Literatura - ENEM 2011
Questões de Literatura - ENEM 2011Questões de Literatura - ENEM 2011
Questões de Literatura - ENEM 2011Evaí Oliveira
 
Exercicios de revisso_[2] (1)
Exercicios de revisso_[2] (1)Exercicios de revisso_[2] (1)
Exercicios de revisso_[2] (1)Kleo macedo
 
PORTUGUES - ATIVIDADES
PORTUGUES - ATIVIDADESPORTUGUES - ATIVIDADES
PORTUGUES - ATIVIDADESliceuterceiroc
 
Segunda prova do ENEM-2010: Literatura
Segunda prova do ENEM-2010: LiteraturaSegunda prova do ENEM-2010: Literatura
Segunda prova do ENEM-2010: Literaturama.no.el.ne.ves
 
Compreensão textual no enem 2011
Compreensão textual no enem 2011Compreensão textual no enem 2011
Compreensão textual no enem 2011ma.no.el.ne.ves
 
Pré modernismo e modernismo - exercícios
Pré modernismo e modernismo - exercíciosPré modernismo e modernismo - exercícios
Pré modernismo e modernismo - exercíciosjasonrplima
 
Segunda aplicação do enem 2009, artes
Segunda aplicação do enem 2009, artesSegunda aplicação do enem 2009, artes
Segunda aplicação do enem 2009, artesma.no.el.ne.ves
 
Enem 2013, identidades brasieliras
Enem 2013, identidades brasielirasEnem 2013, identidades brasieliras
Enem 2013, identidades brasielirasma.no.el.ne.ves
 
Revisional de Literatura para o ENEM
Revisional de Literatura para o ENEMRevisional de Literatura para o ENEM
Revisional de Literatura para o ENEMma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do enem 2016: iIdentidades brasileiras
Segunda aplicação do enem 2016: iIdentidades brasileirasSegunda aplicação do enem 2016: iIdentidades brasileiras
Segunda aplicação do enem 2016: iIdentidades brasileirasma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do enem 2011, literatura
Segunda aplicação do enem 2011, literaturaSegunda aplicação do enem 2011, literatura
Segunda aplicação do enem 2011, literaturama.no.el.ne.ves
 

Mais procurados (20)

Segunda aplicação do enem 2014, Artes
Segunda aplicação do enem 2014, ArtesSegunda aplicação do enem 2014, Artes
Segunda aplicação do enem 2014, Artes
 
Questões de Literatura - ENEM 2011
Questões de Literatura - ENEM 2011Questões de Literatura - ENEM 2011
Questões de Literatura - ENEM 2011
 
Exercicios de revisso_[2] (1)
Exercicios de revisso_[2] (1)Exercicios de revisso_[2] (1)
Exercicios de revisso_[2] (1)
 
PORTUGUES - ATIVIDADES
PORTUGUES - ATIVIDADESPORTUGUES - ATIVIDADES
PORTUGUES - ATIVIDADES
 
Segunda prova do ENEM-2010: Literatura
Segunda prova do ENEM-2010: LiteraturaSegunda prova do ENEM-2010: Literatura
Segunda prova do ENEM-2010: Literatura
 
Compreensão textual no enem 2011
Compreensão textual no enem 2011Compreensão textual no enem 2011
Compreensão textual no enem 2011
 
Pré modernismo e modernismo - exercícios
Pré modernismo e modernismo - exercíciosPré modernismo e modernismo - exercícios
Pré modernismo e modernismo - exercícios
 
Segunda aplicação do enem 2009, artes
Segunda aplicação do enem 2009, artesSegunda aplicação do enem 2009, artes
Segunda aplicação do enem 2009, artes
 
Enem 2013, identidades brasieliras
Enem 2013, identidades brasielirasEnem 2013, identidades brasieliras
Enem 2013, identidades brasieliras
 
Live broo
Live brooLive broo
Live broo
 
Renascimento no enem
Renascimento no enemRenascimento no enem
Renascimento no enem
 
Exercicios semana de arte
Exercicios semana de arteExercicios semana de arte
Exercicios semana de arte
 
Quinhentismo no enem
Quinhentismo no enemQuinhentismo no enem
Quinhentismo no enem
 
Atividades modernismo
Atividades modernismoAtividades modernismo
Atividades modernismo
 
Revisional de Literatura para o ENEM
Revisional de Literatura para o ENEMRevisional de Literatura para o ENEM
Revisional de Literatura para o ENEM
 
Segunda aplicação do enem 2016: iIdentidades brasileiras
Segunda aplicação do enem 2016: iIdentidades brasileirasSegunda aplicação do enem 2016: iIdentidades brasileiras
Segunda aplicação do enem 2016: iIdentidades brasileiras
 
Apostila modulo iii
Apostila   modulo iiiApostila   modulo iii
Apostila modulo iii
 
João cabral de melo neto
João cabral de melo netoJoão cabral de melo neto
João cabral de melo neto
 
Segunda aplicação do enem 2011, literatura
Segunda aplicação do enem 2011, literaturaSegunda aplicação do enem 2011, literatura
Segunda aplicação do enem 2011, literatura
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 

Semelhante a Prova de arte

Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...
Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...
Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...jupaulino
 
Linguagem literária não literária
Linguagem literária não literáriaLinguagem literária não literária
Linguagem literária não literáriaCristina Medina
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Aula 1gsbq
 
Prova: funções da linguagem
Prova: funções da linguagemProva: funções da linguagem
Prova: funções da linguagemMarilza Fuentes
 
Prova: funçoes da linguagem
Prova: funçoes da linguagemProva: funçoes da linguagem
Prova: funçoes da linguagemMarilza Fuentes
 
linguagens para o enem n 3
   linguagens para o  enem n  3   linguagens para o  enem n  3
linguagens para o enem n 3PATRICIA VIANA
 
Oficina ensino fundamental II 12 de maio 2015
Oficina ensino fundamental II 12 de maio 2015Oficina ensino fundamental II 12 de maio 2015
Oficina ensino fundamental II 12 de maio 2015Fabiana Esteves
 
Avaliaçãoii unidade
Avaliaçãoii unidadeAvaliaçãoii unidade
Avaliaçãoii unidadeManu Dias
 
Avaliação 1 - formatada para o aluno.docx
Avaliação 1 - formatada para o aluno.docxAvaliação 1 - formatada para o aluno.docx
Avaliação 1 - formatada para o aluno.docxSAMARASILVANOGUEIRAP
 
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptxintertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptxkeilaoliveira69
 
Lista de exercícios 2º ano em literatura
Lista de exercícios 2º ano em literaturaLista de exercícios 2º ano em literatura
Lista de exercícios 2º ano em literaturaDaniela Gimael
 
Banco de questões e soluções de língua portuguesa
Banco de questões e soluções de língua portuguesaBanco de questões e soluções de língua portuguesa
Banco de questões e soluções de língua portuguesaotsciepalexandrecarvalho
 
Gabarito 1o. bim português i
Gabarito 1o. bim   português iGabarito 1o. bim   português i
Gabarito 1o. bim português iLigia Amaral
 
Ficha de avaliação março
Ficha de avaliação   marçoFicha de avaliação   março
Ficha de avaliação marçoLuis Martins
 
Revisão literatura - realismo - naturalismo
Revisão   literatura - realismo - naturalismoRevisão   literatura - realismo - naturalismo
Revisão literatura - realismo - naturalismojasonrplima
 
Funcoes da linguagem enem
Funcoes da linguagem   enemFuncoes da linguagem   enem
Funcoes da linguagem enemEstude Mais
 

Semelhante a Prova de arte (20)

Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...
Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...
Um estudo breve sobre as questões avaliadas no Enem na área de Linguagens e c...
 
Linguagem literária não literária
Linguagem literária não literáriaLinguagem literária não literária
Linguagem literária não literária
 
01_SAS_ENEM_2021.pdf
01_SAS_ENEM_2021.pdf01_SAS_ENEM_2021.pdf
01_SAS_ENEM_2021.pdf
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Aula 1
 
Prova: funções da linguagem
Prova: funções da linguagemProva: funções da linguagem
Prova: funções da linguagem
 
Prova: funçoes da linguagem
Prova: funçoes da linguagemProva: funçoes da linguagem
Prova: funçoes da linguagem
 
linguagens para o enem n 3
   linguagens para o  enem n  3   linguagens para o  enem n  3
linguagens para o enem n 3
 
Simulado lit-prise 3 ok
Simulado lit-prise 3 okSimulado lit-prise 3 ok
Simulado lit-prise 3 ok
 
Oficina ensino fundamental II 12 de maio 2015
Oficina ensino fundamental II 12 de maio 2015Oficina ensino fundamental II 12 de maio 2015
Oficina ensino fundamental II 12 de maio 2015
 
Avaliaçãoii unidade
Avaliaçãoii unidadeAvaliaçãoii unidade
Avaliaçãoii unidade
 
Avaliação 1 - formatada para o aluno.docx
Avaliação 1 - formatada para o aluno.docxAvaliação 1 - formatada para o aluno.docx
Avaliação 1 - formatada para o aluno.docx
 
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptxintertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
 
Lista de exercícios 2º ano em literatura
Lista de exercícios 2º ano em literaturaLista de exercícios 2º ano em literatura
Lista de exercícios 2º ano em literatura
 
Banco de questões e soluções de língua portuguesa
Banco de questões e soluções de língua portuguesaBanco de questões e soluções de língua portuguesa
Banco de questões e soluções de língua portuguesa
 
Lingua Portuguesa
Lingua PortuguesaLingua Portuguesa
Lingua Portuguesa
 
Gabarito 1o. bim português i
Gabarito 1o. bim   português iGabarito 1o. bim   português i
Gabarito 1o. bim português i
 
Intertextualidade
IntertextualidadeIntertextualidade
Intertextualidade
 
Ficha de avaliação março
Ficha de avaliação   marçoFicha de avaliação   março
Ficha de avaliação março
 
Revisão literatura - realismo - naturalismo
Revisão   literatura - realismo - naturalismoRevisão   literatura - realismo - naturalismo
Revisão literatura - realismo - naturalismo
 
Funcoes da linguagem enem
Funcoes da linguagem   enemFuncoes da linguagem   enem
Funcoes da linguagem enem
 

Último

ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...manoelaarmani
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...manoelaarmani
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIAHisrelBlog
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 

Prova de arte

  • 1. SELEÇÃO PÚBLICA – PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FELIZ - SP CARGO: PEB III – EDUCAÇÃO ARTÍSTICA TEXTO: AS PALAVRAS Eu ainda não sabia ler, mas já era bastante esnobe para exigir meus livros. Meu avô foi ao patife de seu editor e conseguiu de presente Os contos do poeta Maurice Bouchor, narrativas extraídas do folclore e adaptadas ao gosto da infância por um homem que conservava, dizia ele, olhos de criança. Eu quis começar na mesma hora as cerimônias de apropriação. Peguei os dois volumezinhos, cheirei-os, apalpei-os, abri-os negligentemente na “página certa”, fazendo-os estalar. Debalde: eu não tinha a sensação de possuí-los. Tentei sem maior êxito tratá-los como bonecas, acalentá-los, beijá-los, surrá-los. Quase em lágrimas, acabei por depô-los sobre os joelhos de minha mãe. Ela levantou os olhos de seu trabalho: “O que queres que eu te leia, querido? As Fadas?” Perguntei , incrédulo: “As Fadas estão aí dentro?” A história me era familiar: minha mãe contava-a com freqüência, quando me lavava, interrompendo-se para me friccionar com água-de-colônia, para apanhar debaixo da banheira o sabão que lhe escorregara das mãos, e eu ouvia distraidamente o relato bem conhecido; eu só tinha olhos para Anne-Marie, a moça de todas as minhas manhãs; eu só tinha ouvidos para a sua voz perturbada pela servidão; eu me comprazia com suas frases inacabadas, com suas palavras sempre atrasadas, com sua brusca segurança, vivamente desfeita, e que descambava em derrota, para desaparecer em melodioso desfiamento e se recompor após um silêncio. A história era coisa que vinha por acréscimo: era o elo de seus solilóquios. Durante o tempo todo em que falava, ficávamos sós e clandestinos, longe dos homens, dos deuses e dos sacerdotes, duas corças no bosque, com outras corças, as Fadas; eu não conseguia acreditar que se houvesse composto um livro a fim de incluir nele este episódio de nossa vida profana, que recendia a sabão e a água-de-colônia. Anne-Marie fez-me sentar à sua frente, em minha cadeirinha; inclinou-se, baixou as pálpebras e adormeceu. Daquele rosto de estátua saiu uma voz de gesso. Perdi a cabeça: quem estava contando? o quê? e a quem? Minha mãe ausentara-se: nenhum sorriso, nenhum sinal de conivência, eu estava no exílio. Além disso, eu não reconhecia sua linguagem. Onde é que arranjava aquela segurança? Ao cabo de um instante, compreendi: era o livro que falava. Dele saíam frases que me causavam medo: eram verdadeiras centopéias, formigavam de sílabas e letras, estiravam seus ditongos, faziam vibrar as consoantes duplas: cantantes, nasais, entrecortadas de pausas e suspiros, ricas em palavras desconhecidas, encantavam-se por si próprias e com seus meandros, sem se preocupar comigo: às vezes desapareciam antes que eu pudesse compreendê-las, outras vezes eu compreendia de antemão e elas continuavam a rolar nobremente para o seu fim sem me conceder a graça de uma vírgula. Seguramente, o discurso não me era destinado. Quanto à história, endomingara-se: o lenhador, a lenhadora e suas filhas, a fada, todas essas criaturinhas, nossos semelhantes, tinham adquirido majestade, falava-se de seus farrapos com magnificência; as palavras largavam a sua cor sobre as coisas, transformando as ações em ritos e os acontecimentos em cerimônias. Alguém se pôs a fazer perguntas: o editor de meu avô, especializado na publicação de obras escolares, não perdia a ocasião de exercitar a jovem inteligência de seus leitores.Pareceu-me que uma criança era interrogada: no lugar do lenhador, o que faria? Qual das duas irmãs preferiria? Por quê? Aprovava o castigo de Babette? Mas essa criança não era absolutamente eu, e fiquei com medo de responder. Respondi no entanto: minha débil voz perdeu-se e senti tornar-me outro. Anne-Marie, também, era outra, com seu ar de cega superlúcida: parecia-me que eu era filho de todas as mães, que ela era mãe de todos os filhos. Quando parou de ler, retomei-lhe vivamente os livros e saí com eles debaixo do braço sem dizer-lhe obrigado. (Jean- Paul Sartre) 01) A primeira leitura que o narrador faz dos livros que ganhou do avô é uma leitura: A) Sensorial. B) Auditiva. C) Didática. D) Pueril. E) Enigmática. 02) “... eu me comprazia com suas frases inacabadas...” A palavra que pode substituir o termo comprazia é, EXCETO: A) Deleitava. B) Regozijava. C) Sucumbia. D) Alegrava. E) Satisfazia. 03) O narrador diz que a mãe “adormeceu”. De acordo com o texto podemos dizer que este adormecer significa: A) Que a mãe ficou entorpecida pelo encanto da história. B) Que o narrador ficou entorpecido pelo encanto da história. C) Que a mãe passa a ser um mero reprodutor da história contada pelo livro. D) Que a mãe se entregou à história lida e vive a vida das fadas. E) Que o narrador se entregou à história dando asas a sua imaginação. 04) Personificação é uma figura de linguagem que consiste em se atribuir a um ser inanimado ou a um animal ações próprias dos seres humanos. Assinale a alternativa que contém um exemplo de personificação: A) “Ela levantou os olhos de seu trabalho.” D) “... quem estava contando? o quê? e a quem?” B) “... as palavras largavam a sua cor sobre as coisas...” E) “Alguém se pôs a fazer perguntas...” C) “A história era coisa que vinha por acréscimo...” 05) “Voz de gesso” de que fala o texto é: A) Uma voz sem brilho nem cor. D) A voz de quem lê o que fala. B) Uma voz indiferente ao conteúdo da história. E) A voz sombria do narrador. C) A voz dos personagens da história narrada. 06) O texto em questão: A) É uma narrativa histórica. D) É um relato da vida simples do narrador. B) É a descoberta da palavra escrita. E) É a história da relação entre mãe e filho. C) É uma narrativa em 3ª pessoa. 07) “ ... dizia ele, olhos de criança.” (1º§) A palavra sublinhada na frase anterior se refere a: A) Maurice Bouchor. B) Um homem. C) O editor. D) Meu avô. E) O poeta. CONSULPLAN CONSULTORIA LTDA 2 www.consulplan.net atendimento@consulplan.com www.pciconcursos.com.br
  • 2. SELEÇÃO PÚBLICA – PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FELIZ - SP 08) O narrador se mostra: A) Indiferente ao universo literário. D) Consternado pela figura imponente de seu avô. B) Melancólico por ainda não saber ler. E) Ávido em conhecer o universo literário. C) Disperso em meio a tantas obras literárias. 09) As histórias contidas no livro do poeta Maurice Bouchor: A) Amedrontaram o narrador. D) Atemorizaram o narrador. B) Revoltaram o narrador. E) Intimidaram o narrador. C) Seduziram o narrador. 10) “Além disso, eu não reconhecia sua linguagem” (2º§) Na frase anterior a expressão além disso tem valor de: A) Adição. B) Oposição. C) Comparação. D) Explicação. E) Retificação. CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 11) De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN’s), o produto criado pelo artista propicia um tipo de comunicação no qual inúmeras formas de significações se condensam pela combinação de determinados elementos, diferentes para cada modalidade artística. Associe a forma artística aos elementos correspondentes: 1. Forma plástica. ( ) Movimento, desenho no espaço, ritmo e composição. 2. Forma musical. ( ) Linhas, formas, cores e textura. 3. Forma teatral. ( ) Altura, timbre, intensidade e ritmo. 4. Forma da dança. ( ) Personagens, espaço, texto e cenário. A sequência está correta em: A) 1, 3, 4, 2 B) 4, 1, 2, 3 C) 3, 1, 2, 4 D) 4, 2, 3, 1 E) 4, 3, 2, 1 12) O homem pré-histórico do Período Neolítico começou a abandonar as cavernas e a construir suas próprias moradias. Dessas construções são conhecidas edificações em pedra, sem nenhuma argamassa e em forma de cone truncado que são chamadas: A) Pilares. B) Menhires. C) Nuragues. D) Dolmens. E) Oca. 13) A pintura surrealista desenvolveu duas tendências: a figurativa e a abstrata. Entre os pintores surrealistas de tendência abstrata estão: A) Joan Miró e Max Ernest. D) Joan Miró e Andy Warhol. B) Salvador Dali e Marc Chagall. E) Van Gogh e Toulouse-Lautrec . C) Salvador Dali e Vitor Vasarely. 14) Na Europa a obra de Adolf Loos é representante de uma nova tendência arquitetônica surgida no século XX, onde se concretiza perfeitamente a intenção de negar toda ornamentação e de tornar evidente a praticidade e a destinação social do edifício. Esta tendência arquitetônica denomina-se: A) Bauhaus. D) Arquitetura racionalista. B) Arquitetura orgânica. E) Planta livre. C) Arquitetura modernista. 15) Os povos indígenas que habitaram a região próxima à junção do Rio Tapajós com o Amazonas, produziram uma cerâmica que apresenta uma decoração bastante complexa, pois além da pintura e dos desenhos, as peças apresentam ornamentos em relevo com figura de seres humanos ou animais. Todos os vestígios culturais encontrados ali foram considerados como realização de um complexo cultural denominado: A) Cultura Marajoara. D) Cultura Kamaiurá. B) Cultura Santarém. E) Cultura Bororó. C) Cultura Baniwa. 16) O Barroco Paulista apresenta um aspecto sábio e modesto. As imagens são muito simples, rústicas e primitivas, geralmente feitas em barro cozido. Este fato deve-se a: A) Falta de artistas especializados no país. D) Falta de material. B) Abandono da região sudeste pelos governantes. E) Dificuldade de acesso à cidade. C) Pobreza da cidade. 17) A arquitetura brasileira encontra-se bem definida e se impõe com uma das mais criativas da atualidade. É comum observamos edifícios com soluções originais para concreto armado, em que podemos sentir a influência do arquiteto conhecido internacionalmente e que se projetou nos anos 40 e 50. Este arquiteto, autor do projeto do Congresso Nacional em Brasília chama-se: A) Oscar Niemeyer. D) Carlos Leão. B) Lúcio Costa. E) Afonso Eduardo Reidy. C) Jorge Moreira. 18) Gustave Coubert (1819-1877), procurou retratar em suas telas, temas da vida cotidiana. Foi considerado o criador do estilo: A) Renascentista. D) Cubista. B) Impressionista. E) Surrealista. C) Realista. 19) Sobre os deveres do Servidor Público, analise as afirmativas abaixo: I. Ser leal às instituições a que servir. II. Exercer com zelo e dedicação as atribuições do cargo. CONSULPLAN CONSULTORIA LTDA 3 www.consulplan.net atendimento@consulplan.com www.pciconcursos.com.br
  • 3. SELEÇÃO PÚBLICA – PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FELIZ - SP III. Cumprir as ordens superiores, quando manifestamente ilegais. Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s): A) I, II e III B) II e III C) I e II D) II E) III 20) São proibições ao Servidor Público Municipal, EXCETO: A) Proceder de forma desidiosa. B) Opor resistência injustificada ao andamento de documento e processo ou execução de serviço. C) Assiduidade, disciplina e responsabilidade. D) Promover manifestação de apreço ou desapreço no recinto da repartição. E) Exercer quaisquer atividades que sejam incompatíveis com exercício do cargo ou função e com o horário de trabalho. CONHECIMENTOS DIDÁTICOS PEDAGÓGICOS 21) (Re) significar a aula expositiva é tarefa do professor que trabalha na perspectiva da produção do conhecimento. E quando utilizada numa dimensão crítica, ela estimula a atividade, a iniciativa e o raciocínio do aluno, sem prescindir da iniciativa do professor. Sobre esta afirmativa, é correto afirmar que: A) Favorece a participação do aluno numa relação dialógica, dinâmica entre os sujeitos do processo de ensino-aprendizagem. B) Considera os interesses, as experiências e a realidade do aluno, levando-a compartilhar o trabalho com seus colegas, através de questões provocadoras, comentários, exemplos. C) É importante que esta aula seja ilustrada com recursos diversificados – slides, fichas, esquemas no quadro, etc. D) Todas afirmativas anteriores estão corretas. E) Apenas a alternativa “A” está correta. 22) De acordo com o Título V, da Lei de Diretrizes e Bases de 1996, Capítulo I da composição dos Níveis Escolares em seu Art. 21, a Educação Escolar compõe-se de: A) Educação Básica. D) Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. B) Educação Básica e Ensino Médio. E) Educação Superior. C) Educação Básica e Educação Superior. 23) Sobre a Lei nº. 11 114/2005 de 16/05/2005, NÃO é correto afirmar que: A) Altera a LDB/96 em seu Art. 6º. B) Torna obrigatória a matrícula das crianças de seis anos de idade no Ensino Fundamental. C) Torna obrigatória efetuar a matrícula dos menores de sete anos de idade no Ensino Fundamental. D) O Ensino Fundamental é obrigatório, com duração de nove anos, gratuito na escola pública. E) Todas estão corretas, exceto a alternativa “C”. 24) Os tempos e os campos da educação devem ser repensados, compultados e interpretados, de modo que, cada indivíduo, ao longo de sua vida, possa tirar proveito de um ambiente educativo em constante transformação. Os PCN’s são uma referência para tais transformações de objetivos, conteúdos e didática do ensino. Essa educação ao longo da vida está fundada em quatro pilares. São eles, EXCETO: A) Aprender a conhecer. D) Aprender a viver com os outros. B) Aprender a ter. E) Aprender a ser. C) Aprender a fazer. 25) Nas tendências pedagógicas a partir da LDB 9394/96, houve uma revalorização das idéias de Piaget, Vygostsky e Wallon. Sobre esta afirmativa é INCORRETO afirmar que: A) O ponto em comum entre esses psicólogos é análise de uma realidade fundamental. B) Para esses psicólogos o processo de interação verbal é uma realidade fundamental. O conhecimento não está no sujeito, nem no objeto, mas resulta da interação entre ambos. C) Um dos pontos em comum entre esses psicólogos é o fato de serem interacionistas. D) Concebem o conhecimento como resultado da ação que se passa entre o sujeito um objeto. E) As idéias desses psicólogos vêm de encontro da concepção que se considera a linguagem como forma de atuação sobre o homem e o mundo e das modernas teorias. 26) A estrutura organizacional dos PCN’s apresenta objetivos gerais do Ensino Fundamental e constituem a referência principal para definição de áreas e temas. Sobre estes objetivos NÃO é correto afirmar que: A) Indicam capacidades relativas aos aspectos cognitivos, afetivos, físicos, estético, de atuação e de inserção social. B) Os documentos das áreas têm estruturas comuns. C) Os objetivos e conteúdos estão organizados em nove ciclos. D) Os objetivos estão formulados de modo a respeitar a diversidade social e cultural. E) Os objetivos são amplos e abrangentes, para que possam permitir a inclusão das características locais. 27) Para preparar e ministrar aulas eficientes, que permitam a construção do conhecimento pelo aluno, o professor precisa ter: A) Conhecimento do aluno concreto. D) Conhecimento do processo avaliativo. B) Conhecimento do conteúdo que ensina. E) Todas alternativas anteriores são verdadeiras. C) Conhecimento do valor de interação professor x aluno. CONSULPLAN CONSULTORIA LTDA 4 www.consulplan.net atendimento@consulplan.com www.pciconcursos.com.br
  • 4. SELEÇÃO PÚBLICA – PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FELIZ - SP 28) A criação na escola do Projeto Político Pedagógico, altera a dinâmica e seu “fazer cotidiano”. Sobre o PPP, podemos afirmar que se bem elaborado: A) Cria na escola um ambiente democrático. B) Apresenta propostas onde a equipe da escola promove encontros, manifestações culturais ou artísticas. C) Pode promover a resolução de problemas do bairro, projeto de coleta lixo. D) Incentiva e realiza cursos na escola. E) Todas as alternativas anteriores são verdadeiras. 29) Na perspectiva da construção do conhecimento ligada aos interesses e realidade do aluno, com uma interação efetiva entre professor-aluno-conhecimento, a avaliação deve ser: I. Dinâmica, reflexiva e problematizadora. II. Tem como objetivo o acompanhamento do aluno, tendo em vista os seus desenvolvimentos cognitivos, sociais e afetivos. III. A ênfase é centrada no produto final, o que o aluno aprendeu. Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s): A) I, II B) II, III C) III D) I E) II 30) A relação pedagógica não se limita ao espaço da sala de aula. Nesse sentido, é preciso considerar alguns aspectos. São eles: A) Cultura do aluno. D) Cultura escolar. B) Cultura do professor. E) Todos os itens anteriores permeiam o processo pedagógico. C) Cultura da escola. CONHECIMENTOS GERAIS 31) O Grande Prêmio de Fórmula 1, realizado em 2006 no Brasil teve um grande vencedor, o piloto brasileiro: A) Rubens Barrichelo. D) Cristian Fitipalldi. B) Felipe Massa. E) Cacá Bueno. C) Hélio Castro Neves. 32) Dia 11 de setembro de 2006 completaram-se cinco anos que aconteceu o mais ousado atentado terrorista, que feriu os Estados Unidos pela primeira vez, no coração de seu próprio território. Este atentado atingiu as cidades de: A) Nova York e Washington. D) Virgínia e Novo México. B) Nova York e Chicago. E) N.R.A. C) Washington e Bogotá. 33) Estudantes, donas-de-casa, sindicalistas, padres... foram às ruas protestar contra o aumento de 91% e conseguiram barrar o disparate; de quem? A) Supremo Tribunal Federal. D) Governadores de Estado. B) Presidente da República. E) Senadores. C) Congresso Nacional. 34) “O aquecimento global ameaça arruinar a temporada de inverno nos Alpes”. Sobre este assunto, marque abaixo V para alternativas verdadeiras e F para alternativas falsas: ( ) Nas últimas três décadas, o aumento da temperatura no Alpes foi o triplo da média mundial. ( ) Os Alpes são uma barreira geográfica que recebe ventos frios do norte da Europa e correntes quentes vindas do Mediterrâneo. ( ) Com o aquecimento global a influência dos ventos quentes está se sobrepondo à das massas de ar frio. A seqüência está correta em: A) V, V, V B) V, F, V C) F, F, V D) F, V, F E) F, F, F 35) Hoje se discute as causas de criminalidade e da crescente violência no Brasil. As origens desses problemas estão centradas: A) No crime organizado. D) No êxodo rural. B) No tráfico de drogas. E) As alternativas A e B estão corretas. C) Na redução do salário do trabalhador. 36) A economia do município Porto Feliz é bastante diversificada, indique abaixo o que NÃO compõe esta economia: A) Cana-de-açúcar. B) Milho. C) Feijão. D) Soja. E) Laranja. 37) Existe um parque que está localizado às margens do Rio Tietê, em Porto Feliz e é um dos principais pontos turísticos da cidade denominando-se: A) Parque do Ipiranga. D) Parque do Tietê. B) Parque das Monções. E) N.R.A. C) Parque Formoso. 38) O nome “monção” - de origem árabe – significa: A) Época ou vento favorável à navegação. D) Batelões de peroba bem resistentes. B) Expedição em busca de ouro. E) Rancho coberto de folha de sapé. C) Embarcações ou canoas fabricadas de um tronco só. CONSULPLAN CONSULTORIA LTDA 5 www.consulplan.net atendimento@consulplan.com www.pciconcursos.com.br
  • 5. SELEÇÃO PÚBLICA – PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FELIZ - SP 39) Acerca do município de Porto Feliz, analise as assertivas abaixo: I. Porto Feliz é um município paulista localizado aproximadamente a 110 quilômetros da capital. II. Região habitada inicialmente por índios guaianazes, tornou-se ponto de partida de muitas expedições, principalmente rumo a Cuiabá. III. Os principais acessos ao município de Porto Feliz são pela Rodovia Presidente Castelo Branco e pela Rodovia Marechal Rondon. Está(ão) correta(s) apenas a(s) assertiva(s): A) I B) II e III C) III D) I, II e III E) I e II 40) São municípios limítrofes ao município de Porto Feliz, EXCETO: A) Capivari. B) Sorocaba. C) Elias Fausto. D) Boituva. E) Taubaté. CONSULPLAN CONSULTORIA LTDA 6 www.consulplan.net atendimento@consulplan.com www.pciconcursos.com.br