Introdução Ao Mundo Contemporâneo

2.492 visualizações

Publicada em

Não reparem na capa, só vocês mudarem, então o slide fala de um capitulo do 8º ano.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Introdução Ao Mundo Contemporâneo

  1. 1. EstadoDoRioGrandedoNorte PrefeituradeSãoFernando-RN SecretariadeEducação EscolaMunicipal Pe. FranciscoRafaelFernandes Disciplina:História Professor:JoãodoCarmoDantas. Introdução ao mundo contemporâneo Componentes: Hayrlla Saldanha Nº11 Laryssa Alves Nº 19 Mª Julya Kelly Nº Mª Vitoria Brito Nº Vitoria Caroline Nº32 Wylianne Maia Nº34 São Fernando/RN 2014
  2. 2. Introdução • Foram os historiadores franceses que criaram e utilizaram primeiramente a expressão Idade contemporânea ou Historia contemporânea. Para delimitar esse período, eles adotaram a Revolução Francesa como marco inicial. • Os historiadores ingleses, por sua vez, identificam o surgimento da era contemporânea nas mudanças politicas decorrentes das revoluções.
  3. 3. As Revoluções • Revolução Francesa: Conflito ocorrido na França entre 1789 e 1799. • Revolução Puritana: Movimento ocorrido na Inglaterra entre 1642 e 1651. • Revolução Gloriosa: Conjunto de acontecimentos ocorridos na Inglaterra, entre 1688 e 1689 • Revolução Industrial: Processo de transformação na sociedade. A primeira vez que ocorreu foi na Inglaterra na segunda metade do século XVIII.
  4. 4. Algo a + • O Significado da palavra “Revolução” • Do ponto de vista histórico, a palavra revolução pode apresentar dois significados. Pode significar, por exemplo, uma evolução de um sistema de produção, ou seja, uma transformação. Neste contexto, podemos citar a Revolução Industrial (século XVIII), quando ocorreu um avanço nos sistema de produção de mercadorias com a implantação das máquinas. Esta evolução acabou influenciando nas áreas sociais, econômicas e políticas da sociedade europeia do período. Num outro contexto pode significar uma mudança radical como, por exemplo, na Revolução Francesa. Neste fato histórico ocorreu uma mudança radical no sistema político, econômico e social da França no século XVIII.
  5. 5. A transição para o mundo contemporâneo • As mudanças e permanências que caracterizaram a Idade Moderna já era um prenuncio de como viria a ser o mundo contemporâneo. • Ao mesmo tempo que a burguesia de intensificava, eram preservadas antigas instituições e antigos valores. Isso fez a Idade moderna uma época de conflitos e contradições.
  6. 6. A Idade Moderna Europeia • Na Europa, os séculos XVI e XV transcorreram em meio a uma profunda crise, que conduziu a mudanças significativas nas relações sociais, econômicas e politicas, Marcando o Final da Idade Média. • Desde o século XI, a população crescia mais do que a produção de alimentos, o que gerou crises de fome e muita miséria. • O esgotamento das relações no campo levou boa parcela da população a migrar para as cidades, onde passou a viver do artesanato e comercio. • Conflitos Também marcaram o período. Na disputa por territórios e fronteiras, França e Inglaterra lutaram por mais de um século na guerra dos Cem anos. • Paralelamente a esse processo, a peste negra, (uma doença contagiosa causada pela falta de higiene e saneamento básico) Vitimou milhões de pessoas em toda Europa. • E com Isso Tudo um longo período de crise começou a surgir.
  7. 7. Mudanças Plano Econômico: Novos métodos e ferramentas possibilitaram o aumento da produção de alimentos. Plano Cultural: O surgimento das universidades, durante a Baixa Idade Média, possibilitou a aquisição de conhecimentos. Plano Político: A fragmentação do poder foi substituída pela concentração do poder político. Plano Social: O desenvolvimento comercial proporcionou o surgimento e fortalecimento de uma nova classe social, a chamada Burguesia. Plano Religioso: O movimento conhecido como reforma protestante questionou a hegemonia da Igreja cristã romana.
  8. 8. A sociedade do Antigo Regime Europeu • 1º Estado -> Era Composto Por Membros da Igreja, Que era dividido em Baixo Clero e Alto clero. • 2º Estado -> Dividia-se em: Nobreza cortesã, nobreza provincial e nobreza de toga. • 3º Estado -> As camadas populares, aqueles que não tinham privilégios, também A baixa Burguesia.
  9. 9. O esgotamento do Antigo Regime • Os Interesses da burguesia, da nobreza e do rei absolutista passaram a entrar em conflito, somando-se ao descontentamento da maioria da população. Assim Ganhou força um novo conjunto de ideias expressando a vontade de diversos grupos sociais e seu descontentamento com o Antigo Regime, nascendo assim o Iluminismo. • E assim confrontando o Antigo Regime.
  10. 10. •OBRIGADA

×