Produção de Sites
                      na Web 2.0

                   10 e 11 de Dezembro de 2009




                   ...
Evolução da Comunicação




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0   2
O conceito Web 2.0
       • Surge numa sessão de brainstorming entre
         O’Reilly e a MediaLive International
       ...
Princípios chave da Web 2.0
                                  Tim O'Reilly e John Battelle

       • the Web as a platform...
O que é a Web 2.0


     Desenvolver aplicações que aproveitem
     os efeitos da rede para se tornarem
     melhores quan...
Web 2.0 é Atitude e não Tecnologia
  • Estimular e encorajar a
    participação por meio de
    aplicações abertas e
    s...
Web 1.0, 2.0 e 3.0

                                                     Web 3.0
                                         ...
Mudança de paradigma - 2.0

       de como as pessoas pensam e
           de como desenvolver aplicações para a internet

...
PRÁTICAS DA
      WEB 2.0
    •     partilhar
    •     participar
    •     comentar
    •     colaborar
    •     criar
...
Eco-sistema da Web 2.0




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0   10
Smart mobs – Inteligência Colectiva
      • Certas estruturas sociais autogeridas podem
        mostrar comportamentos int...
Web 2.0
               Criar                          Publicar   Distribuir




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
Web 1.0                  Web 2.0


      Convergência dos media                  Convergência das pessoas


      Um para ...
Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0   14
O Twitter no Irão
                                            Eleições




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0    ...
http://librarycrunch.com/
                   O termo Biblioteca 2.0 (Library 2.0) foi concebido
                    por Mi...
Manifesto do Bibliotecário 2.0
                                              Laura Cohen (2006)
  • Reconhecer as mudanças...
Características da Web 2.0

       • Participação colectiva
       • Qualquer um pode publicar conteúdos
       • Muitos s...
O que mudou?

       Web 1.0                                  Web 2.0
       OFoto                                    Flic...
Características da Web 2.0
                                              Ênfase nos            O comportamento
           ...
Velocidade           Precisão
                                                 Resultado        Encontrar sempre
         ...
Wikipedia
                    Número de contributos

                                Língua        Março 2007       Março ...
Segurança e Confiança na Web 2.0
      •          Mudanças constantes e mecanismos de controle
                 de vulnera...
Tecnologias para a Web 2.0
 • Social Network Analysis (Análise de Rede Social)
   A criação de conteúdos a partir da análi...
Qual o futuro da Web?

      •          Web 1.0
              Implantação e popularização da rede.
      •          Web 2....
Perspectivas

       • Quem souber organizar e relacionar-se bem com as
         comunidades em rede fará a diferença!
   ...
Rede Social
    As redes sociais criaram formas novas de comunicar e
    partilhar a informação. São usadas regularmente p...
Atitude Cooperativa
   Esta é uma história sobre quatro pessoas:   Havia um importante trabalho a ser feito e Toda a
   1....
Aspectos centrais da gestão
                         no trabalho em rede
  • Estruturação e definição: papéis centralizado...
Redes Sociais Pessoais


                           http://www.facebook.com




                                          ...
Redes Sociais Profissionais



                     http://www.linkedin.com

                                             ...
http://www.facebook.com
                                              Quem são os meus amigos?
                           ...
Alargar a rede de amigos…

          Sugestões
          de amigos

          Pedidos
          de Amizade

          Conf...
http://friendfeed.com




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0       34
Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0   35
http://twitter.com
                                                        Criar uma conta




     A minha vista



     ...
Twitter
       • Fundado em 2006 pela Obvious.Corp
       • Serviço de micro-blogging
         (Máximo 140 caracteres)
   ...
Web 2.0 em mobilidade




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
Woofer – O Anti Twitter
                                   mais de 1400 caracteres




Luis Vidigal – Produção de Sites na...
http://www.linkedin.com




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0   40
Conectar pessoas no Linkedin




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0   41
Grupos de discussão no Linkedin




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0   42
http://www.plaxo.com




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0   43
Publicação de Vídeos
                                              http://www.youtube.com/
       http://video.google.com ...
Construir Sites em torno de
                              Objectos Sociais
       • Definir o Objecto
       • Definir os ...
Fases de construção
       • A Ideia – Conceber uma marca (nome,
         identidade, e objectivo)
       • Planeamento – ...
O que é um Blogue
   Blog / Weblog - Blogue
   Na Web, página pessoal, ou sítio sem fins lucrativos, cujo objectivo é
   c...
Blogues – Criação e Alojamento


                                              http://www.blogger.comt


                 ...
Directórios de Blogues em português



                        http://blog.com.pt/

                                      ...
Criar um Blogue
                         http://www.blogger.com




                                              3




Lu...
http://inavidigal.blogspot.com




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0   51
Adicionar Autores ao Blogue




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0   52
Editar um Post no Blogue




                                     Link     Imagem




Luis Vidigal – Produção de Sites na ...
Inserir um vídeo no Blogue




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0   54
Organizar o Blogue / Mashup




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0   55
Sucesso de um Blog
        • Escolher um tema
        • Apresentação e linguagem
        • Actualização
        • Marketin...
Fases do desenvolvimento
                                   de um sítio Web

       •Planear
       •Analisar
       •Desi...
Objectivo e a visão para o sítio

       •Qual é a
        finalidade do sítio?
       •Quais são os objectivos
        do...
Concepção e design de sistemas
            As Quatro Dimensões
• Navegação efectiva
       – Os utilizadores encontram fac...
A boa navegação começa em casa

   • A página principal deve:
          – Estabelecer desde logo um modelo
            con...
O estabelecimento das
                               expectativas dos utilizadores
• A página principal, sobretudo se for ...
O tipo de páginas mais adequado
                                         As Três Regras de Ouro
• Regra nº1 - Inventar o m...
A estruturação de conteúdos
       • Estrutura Hierárquica (através de menus de acesso):
               – Um único nível
 ...
Criar um site no Google
                                              http://sites.google.com




Luis Vidigal – Produção ...
Criar um site no Google
                                   http://sites.google.com




Luis Vidigal – Produção de Sites na...
Alterar o Logo do site


                                                 2




       1                                  ...
Criar uma página nova
                                              1




                    2


                   3

  ...
Editar Página




                                                Cor de   Cor de    Remover
                             ...
Inserir   Ferramentas de Edição

                                               Formatar

                                ...
Opções de Layout da página
                                              Simples




                                     ...
Inserir Mapa




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
Inserir outros “Gadgets”




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
Eliminar Página




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
Gerir o site




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
Partilhar a edição do site
                               1



                                                  4


     ...
Ser notificado das alterações
                                              da página ou do site




Luis Vidigal – Produç...
Inserir Feeds




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
As 7 maiores categorias
                     tecnológicas da Web 2.0
                                    •     Blogs
     ...
Tipos de Mushups




                                              http://www.programmableweb.com


Luis Vidigal – Produçã...
Inserir um mapa




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
Podcasting
   Preparação e distribuição de ficheiros multimédia através da
   utilização de fornecimentos Web (Feed), para...
Feed - fornecimento (Web)


      Conteúdo Web (normalmente baseado na linguagem XML)
      ou resumo de vários conteúdos ...
RSS Really Simple Syndication
• Tecnologia baseada na linguagem XML para
  descrever notícias ou outros conteúdos Web que
...
Leitores e serviços RSS


                                              http://www.google.com/reader
         http://www.b...
Feeds




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
http://www.google.com/reader/
                             Feeds




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0   86
Feeds
                                     http://www.pageflakes.com




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
Partilhar Fotografias
                                              http://picasaweb.google.pt



      http://www.flickr....
Hubs de Partilha de Conhecimento
                                 http://hubpages.com




                http://www.squid...
Motores de busca e Directórios da Web 2.0

                                                                               ...
O que é um Wiki

      O termo “wiki” (pronunciado "uíqui") é utilizado para
      identificar um tipo de sítio Web, fácil...
Wikis




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
Wikis
                                              http://wikimedia.org




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
Aplicações online
        Correio electrónico
                                                             Monitorar preço...
Partilhar grandes ficheiros



                                              http://www.transferbigfiles.com




         ...
Processador de Texto
                               sempre disponível e partilhado
                                       ...
Homepages personalizáveis

                                                      http://windows.live.com




             ...
Widget
• É um componente de uma interface gráfica
  do utilizador (GUI), que inclui janelas,
  botões, menus, ícones, barr...
Mashups
      • É um website ou uma aplicação web que usa conteúdo de mais
        de uma fonte para criar um novo serviço...
Mapas

          http://maps.google.com

                                                      http://tagzania.com/




  ...
Marcadores sociais e tagging


                        http://11870.com
                                                  ...
Que futuro?


                                                    Web.n




Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0   ...
Web 2.0 e 3.0 no Youtube
   •       Web 2.0 - A máquina somos nós 2009 - 5´05 min
           http://www.youtube.com/watch?...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Producao De Sites Na Web 2.0

1.050 visualizações

Publicada em

Slides de apoio ao curso "Produção de Sites na Web 2.0"

Publicada em: Educação, Tecnologia, Design
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.050
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
44
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Producao De Sites Na Web 2.0

  1. 1. Produção de Sites na Web 2.0 10 e 11 de Dezembro de 2009 Luís Vidigal http://www.slideshare.net/vidigal/producao-de-sites-na-web-20 1
  2. 2. Evolução da Comunicação Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 2
  3. 3. O conceito Web 2.0 • Surge numa sessão de brainstorming entre O’Reilly e a MediaLive International • 2004 - Conferência Web 2.0 É um termo criado em 2004 pela empresa dos EUA O'Reilly Media[1] para designar uma segunda geração de comunidades e serviços, tendo como conceito a "Web como plataforma", envolvendo wikis, aplicações baseadas em folksonomia, redes sociais e Tecnologia da Informação. Embora o termo tenha uma conotação de uma nova versão para a Web, ele não se refere à actualização nas suas especificações técnicas, mas a uma mudança na forma como ela é encarada por utilizadores e implementadores, ou seja, o ambiente de interacção que hoje engloba inúmeras linguagens e motivações. Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 3
  4. 4. Princípios chave da Web 2.0 Tim O'Reilly e John Battelle • the Web as a platform • data as the driving force • network effects created by an architecture of participation • innovation in assembly of systems and sites composed by pulling together features from distributed, independent developers (a kind of "open source" development) • lightweight business models enabled by content and service syndication • the end of the software adoption cycle ("the perpetual beta") • software above the level of a single device, leveraging the power of The Long Tail. (conference Web 2.0, 2004) Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 4
  5. 5. O que é a Web 2.0 Desenvolver aplicações que aproveitem os efeitos da rede para se tornarem melhores quanto mais são usadas pelas pessoas, aproveitando a inteligência colectiva. Tim O'Reilly Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 5
  6. 6. Web 2.0 é Atitude e não Tecnologia • Estimular e encorajar a participação por meio de aplicações abertas e serviços. • Percepção de que a web não é apenas software, mas sim serviços a serem entregues pela web. Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 6
  7. 7. Web 1.0, 2.0 e 3.0 Web 3.0 Semântica Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  8. 8. Mudança de paradigma - 2.0 de como as pessoas pensam e de como desenvolver aplicações para a internet • Participação colectiva • Personalização Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 8
  9. 9. PRÁTICAS DA WEB 2.0 • partilhar • participar • comentar • colaborar • criar • difundir • classificar • inserir • reelaborar • agregar • distribuir • feito para criar Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 9
  10. 10. Eco-sistema da Web 2.0 Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 10
  11. 11. Smart mobs – Inteligência Colectiva • Certas estruturas sociais autogeridas podem mostrar comportamentos inteligentes em si mesmas, sendo mais eficientes que os seus membros individualmente Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 11
  12. 12. Web 2.0 Criar Publicar Distribuir Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  13. 13. Web 1.0 Web 2.0 Convergência dos media Convergência das pessoas Um para muitos Muitos para muitos Meio de comunicação Meio de Interacção do ser humano Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 13
  14. 14. Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 14
  15. 15. O Twitter no Irão Eleições Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 15
  16. 16. http://librarycrunch.com/ O termo Biblioteca 2.0 (Library 2.0) foi concebido por Michael Casey em seu blog LibrayCrunch Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 16
  17. 17. Manifesto do Bibliotecário 2.0 Laura Cohen (2006) • Reconhecer as mudanças no mundo da informação e responder positivamente às mudanças, em benefício do serviço e dos utilizadores; • Conhecer os utilizadores e coordenar os serviços em prol destes; • Trabalhar activamente em prol da mudança; • Não esperar por algo perfeito antes de o partilhar; • Trabalhar com os utilizadores na informação. Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  18. 18. Características da Web 2.0 • Participação colectiva • Qualquer um pode publicar conteúdos • Muitos sites permitem comentários, participação, personalização, etc • As pessoas têm mais opções na escolha de fornecedores de informação Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 18
  19. 19. O que mudou? Web 1.0 Web 2.0 OFoto Flickr MP3.com Napster Britannica online Wikipedia Sites pessoais Blogs Publicar Participar Sistemas fechados Wikis Taxonomia (directório) Folksonomia (tagging) Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 19
  20. 20. Características da Web 2.0 Ênfase nos O comportamento utilizadores do utilizador e não na não está tecnologia pré-determinado Posicionamento Estratégico (A Web como plataforma) O software melhora Confiança à medida que nos utilizadores Competências chave mais pessoas Arquitectura de Participação utilizam Aproveitamento da Inteligência Colectiva Experiência e conhecimento Software Modelos leves pessoal Aberto de programação dos utilizadores Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 20
  21. 21. Velocidade Precisão Resultado Encontrar sempre Âmbito imediato documentos Procurar todos os relevantes documentos da Web Um Motor de Localização Pesquisa perfeito Conhecer o local do utilizador na Web 2.0 e 3.0 Actualidade Toda a informação Prioridade Personalização Os documentos é actualizada Conhecer as mais relevantes necessidades do em primeiro utilizador lugar Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 21
  22. 22. Wikipedia Número de contributos Língua Março 2007 Março 2009 Inglês 1.706.376 2.779.000 Alemão 562.456 875.000 Francês 466.931 774.000 Japonês 346.828 568.000 Holandês 284.930 523.000 Italiano 278.879 547.000 Português 247.248 463.000 Espanhol 216.474 451.000 Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 22
  23. 23. Segurança e Confiança na Web 2.0 • Mudanças constantes e mecanismos de controle de vulnerabilidade na autenticação. • Cuidados no ambiente: o que é público, por que tornar público, qual as garantias da segurança individual dos dados, desinformação? • Invasão de ambientes: phishing saber diferenciar o que é real ou falso, codificação maliciosa. • Troca da informação • Acessos e senhas • Qualidade da informação: integridade, legitimidade, rigor. Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 23
  24. 24. Tecnologias para a Web 2.0 • Social Network Analysis (Análise de Rede Social) A criação de conteúdos a partir da análise e filtragem de dados enviados por diferentes fontes • Ajax A técnica de programação mais famosa da Web 2.0 • Collective Intelligence (Inteligência Coletiva) Avaliada como transformadora pelo Gartner, deve atingir maturidade em cinco ou 10 anos. Trata-se das tecnologias que permitirão aos utilizadores trabalharem juntos ao mesmo tempo num mesmo arquivo, sem a necessidade de alguém que centralize as informações (Google Docs) • Mashup Tecnologia que permite aos sites ou aplicações web usarem o conteúdo de mais de uma fonte • Location-aware Technologies Tecnologia que usa GPS para a localização através do telemóvel • Location-aware Applications Dispositivos com GPS embutido, para melhorar a automação de força de vendas e a logística • SOA – Service Oriented Architecture Arquitectura orientada a serviços Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 24
  25. 25. Qual o futuro da Web? • Web 1.0 Implantação e popularização da rede. • Web 2.0 Centrada nos mecanismos de busca, como o Google, nos sites de colaboração, como Wikipédia, YouTube, Flickr, e nos sites de relacionamento social, como o Orkut. • Web 3.0 Pretende ser a organização e o uso de maneira mais inteligente de todo o conhecimento já disponível na Internet. (Wikipédia) Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 25
  26. 26. Perspectivas • Quem souber organizar e relacionar-se bem com as comunidades em rede fará a diferença! • O utilizador será quem irá colocar a maior parte dos conteúdos na rede! • As interfaces serão baseadas em Aplicattion Architecture (modularidade e agilidade oferecida pelo Service Oriented Architecture) • Os blogs e as comunidades serão ambientes para troca de conhecimento. Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 26
  27. 27. Rede Social As redes sociais criaram formas novas de comunicar e partilhar a informação. São usadas regularmente por milhões de pessoas, ocupando uma parte das suas vidas quotidianas. Os principais tipos de redes sociais são aquelas que contém directórios de algumas categorias, por exemplo antigos colegas, permitindo contactá-los (geralmente com páginas de auto-descrição). As redes mais populares são MySpace, Facebook, Twitter e YouTube, entre outras. Social networking is the use of self-generated user profiles to help facilitate and mediate social interactions. Typically, social network users share details about themselves, search for others with similar interest, exchange messages and work together. FORRESTER Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 27
  28. 28. Atitude Cooperativa Esta é uma história sobre quatro pessoas: Havia um importante trabalho a ser feito e Toda a 1. Toda a Gente Gente tinha a certeza que Alguém o faria. 2. Alguém Qualquer Um poderia tê-lo feito, mas Ninguém o 3. Qualquer Um fez. 4. Ninguém Alguém se zangou porque era um trabalho de Toda a Gente. Toda a Gente pensou que Qualquer Um poderia fazê-lo, mas Ninguém imaginou que Toda a Gente o deixasse de executar. No final, Toda a Gente culpou Alguém, quando Ninguém fez o que Qualquer Um poderia ter feito. Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  29. 29. Aspectos centrais da gestão no trabalho em rede • Estruturação e definição: papéis centralizados e descentralizados • Conexão com os gestores dos processos do negócio • Desenvolvimento activo da rede social • Normas de participação e reconhecimento • Indicadores e métricas • Netiqueta: “Gestão de Conversas” e resolução de conflitos • Organização dos conteúdos para destaque de relevância: taxionomia, indexação participativa, comentários, ranking, etc. Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  30. 30. Redes Sociais Pessoais http://www.facebook.com http://pt.myspace.com http://orkut.com http://www.friendster.com/ Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  31. 31. Redes Sociais Profissionais http://www.linkedin.com http://www.plaxo.com http://www.xing.com Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  32. 32. http://www.facebook.com Quem são os meus amigos? Quais são os meus interesses? Quais são as minhas ideias? Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 32
  33. 33. Alargar a rede de amigos… Sugestões de amigos Pedidos de Amizade Confirmações de Amizade Convite para Causas Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 33
  34. 34. http://friendfeed.com Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 34
  35. 35. Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 35
  36. 36. http://twitter.com Criar uma conta A minha vista http://twitter.com/DNpt 140 caracteres Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 36
  37. 37. Twitter • Fundado em 2006 pela Obvious.Corp • Serviço de micro-blogging (Máximo 140 caracteres) • O que está a fazer agora? Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  38. 38. Web 2.0 em mobilidade Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  39. 39. Woofer – O Anti Twitter mais de 1400 caracteres Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 39
  40. 40. http://www.linkedin.com Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 40
  41. 41. Conectar pessoas no Linkedin Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 41
  42. 42. Grupos de discussão no Linkedin Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 42
  43. 43. http://www.plaxo.com Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 43
  44. 44. Publicação de Vídeos http://www.youtube.com/ http://video.google.com http://www.blip.tv http://www.archive.org http://www.ourmedia.org http://www.clipshack.com/ http://www.vsocial.com http://www.vimeo.com/ http://stage6.divx.com http://video.yahoo.com/ http://www.jumpcut.com/ http://viddler.com http://www.veoh.com/ Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 44
  45. 45. Construir Sites em torno de Objectos Sociais • Definir o Objecto • Definir os Verbos • Tornar os objectos partilháveis • Converter convites em prendas • Facturar aos produtores e não aos expectadores Jyri Engeström Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  46. 46. Fases de construção • A Ideia – Conceber uma marca (nome, identidade, e objectivo) • Planeamento – Especificações funcionais, carta de estilo, e arquitectura da informação • Design – Maquetes, estética, tipografia, posicionamento e cor • Desenvolvimento – Escrever o código • Teste • Lançamento Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  47. 47. O que é um Blogue Blog / Weblog - Blogue Na Web, página pessoal, ou sítio sem fins lucrativos, cujo objectivo é compartilhar informações e pontos de vista sobre um determinado tema. O conteúdo, actualizado frequentemente, pode ser escrito directamente pelo autor, ou trazer ligações para matérias publicadas em outras páginas. Nota: O termo inglês “blog” resulta de uma contracção de “Web” e “log” (relatório). Post - artigo de blogue Unidade de conteúdo tradicional de um blogue, que é constituída no mínimo por um título e por um texto. Um artigo de blogue pode também incluir, ou ser composto apenas por, imagem, vídeo ou som. Nota: Um blogue é composto por uma colecção de artigos, publicados (ou postados) através de sistema próprio. Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 47
  48. 48. Blogues – Criação e Alojamento http://www.blogger.comt http://os.wordpress.com/ http://spaces.live.com http://blogs.sapo.pt/ Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  49. 49. Directórios de Blogues em português http://blog.com.pt/ http://directorio.dicasparablogs.com http://weblog.com.pt http://blogsemportugues.blogs.sapo.pt Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  50. 50. Criar um Blogue http://www.blogger.com 3 Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 50
  51. 51. http://inavidigal.blogspot.com Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 51
  52. 52. Adicionar Autores ao Blogue Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 52
  53. 53. Editar um Post no Blogue Link Imagem Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 53
  54. 54. Inserir um vídeo no Blogue Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 54
  55. 55. Organizar o Blogue / Mashup Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 55
  56. 56. Sucesso de um Blog • Escolher um tema • Apresentação e linguagem • Actualização • Marketing • Interactividade: sondagens, ligações a outros blogs e comunidades • Encorajar o público a participar (com artigos ou comentários) • Não desistir por falta de comentários Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  57. 57. Fases do desenvolvimento de um sítio Web •Planear •Analisar •Design •Teste e refinamento Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  58. 58. Objectivo e a visão para o sítio •Qual é a finalidade do sítio? •Quais são os objectivos do sítio? Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  59. 59. Concepção e design de sistemas As Quatro Dimensões • Navegação efectiva – Os utilizadores encontram facilmente os serviços propostos? • Concepção dos conteúdos – O que está disponível é o que os utilizadores querem? • Design Gráfico atractivo – A apresentação visual pode reforçar o valor da experiência de utilização e facilitar a compreensão dos conteúdos? • Interacção eficiente – Os utilizadores podem agir sobre os conteúdos e funcionalidades com facilidade? Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  60. 60. A boa navegação começa em casa • A página principal deve: – Estabelecer desde logo um modelo consistente de navegação para todo o sítio; – Informar o utilizador, quer com palavras quer com imagens, do tipo de conteúdo que pode esperar do sítio. Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  61. 61. O estabelecimento das expectativas dos utilizadores • A página principal, sobretudo se for a “front page”, estabelece desde logo o “look & feel” do sítio web: • Define o branding (marca), os temas e o tom que caracterizam a interface; • Apresenta a estruturação de conteúdos que o sítio web deverá seguir de forma consistente: – Os utilizadores devem poder determinar a localização relativa de conteúdos concretos em função da respectiva localização na página principal; – Os utilizadores têm a expectativa legítima de que o sítio será graficamente e estruturalmente consistente (se isto não ocorrer, pensarão com naturalidade que saíram do sítio web onde estavam na página anterior e estão a consultar agora outros conteúdos) Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  62. 62. O tipo de páginas mais adequado As Três Regras de Ouro • Regra nº1 - Inventar o mínimo – Os utilizadores não aprendem a navegar na Web com o seu sítio web, aprendem com os sítios dos outros. Reinventar a roda pode ser uma grande satisfação pessoal, mas é caro e a probabilidade é de não resultar. Portanto, a regra de ouro é fazer um esforço para não inventar! • Regra nº2 - Antes de começar o desenvolvimento, dissecar o projecto e definir todos os templates a usar – No caso de se tratar de um sítio para um cliente externo, obter a aprovação explícita para os templates, por escrito. Depois, começar o trabalho. • Regra nº3 - COPIAR (a regra mais importante e realmente, um corolário forçoso da regra nº1) – Dos bons exemplos, escolhidos a dedo (aquilo a que se chama benchmarking), não ter pejo de copiar. O mais possível Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  63. 63. A estruturação de conteúdos • Estrutura Hierárquica (através de menus de acesso): – Um único nível – Vários níveis • Menus Persistentes (acesso aleatório ao conjunto de conteúdos): – Menu com botões – Menu estilo bloco de notas – Lista(s) • Acesso Sequencial (passo-a-passo): – Formulários sequenciais – Wizards / tutores / formação • Motores de Pesquisa (acesso directo): – Formulação da Pesquisa – Obtenção de Resultados Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  64. 64. Criar um site no Google http://sites.google.com Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  65. 65. Criar um site no Google http://sites.google.com Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 65
  66. 66. Alterar o Logo do site 2 1 3 Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  67. 67. Criar uma página nova 1 2 3 4 5 Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  68. 68. Editar Página Cor de Cor de Remover Texto Fundo Formatação Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  69. 69. Inserir Ferramentas de Edição Formatar Tabelas Disposição “Layout” Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  70. 70. Opções de Layout da página Simples Com sub-título Barras laterais Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  71. 71. Inserir Mapa Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  72. 72. Inserir outros “Gadgets” Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  73. 73. Eliminar Página Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  74. 74. Gerir o site Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  75. 75. Partilhar a edição do site 1 4 5 2 3 Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  76. 76. Ser notificado das alterações da página ou do site Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  77. 77. Inserir Feeds Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  78. 78. As 7 maiores categorias tecnológicas da Web 2.0 • Blogs • Mashups • Podcasting • RSS • Social networking • Widgets • Wikis Global Enterprise Web 2.0 Market Forecast: 2007 to 2013 Forrester Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 78
  79. 79. Tipos de Mushups http://www.programmableweb.com Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  80. 80. Inserir um mapa Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  81. 81. Podcasting Preparação e distribuição de ficheiros multimédia através da utilização de fornecimentos Web (Feed), para audição ou visualização em computadores pessoais ou dispositivos móveis. Os utilizadores têm a possibilidade de subscrever fornecimentos Web de canais de podcasting específicos, que serão descarregados automaticamente para os computadores pessoais da próxima vez que se ligarem. O termo “podcasting”, como o termo “rádio”, pode significar quer o conteúdo quer o método de distribuição. O termo “podcasting” teve a sua origem na junção de “iPod” (leitor de música digital da Apple) e “broadcasting” (radiodifusão). Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 http://geo.creativecow.net/pt/tut/244 81
  82. 82. Feed - fornecimento (Web) Conteúdo Web (normalmente baseado na linguagem XML) ou resumo de vários conteúdos com ligações para os conteúdos completos, habitualmente variáveis com o tempo, como é o caso das notícias em permanente actualização. Dependendo do agregador usado para a sua leitura, os utilizadores subscrevem um fornecimento clicando numa ligação no navegador Web ou digitando o endereço URL desse fornecimento. Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 82
  83. 83. RSS Really Simple Syndication • Tecnologia baseada na linguagem XML para descrever notícias ou outros conteúdos Web que estejam disponíveis para serem distribuídos (fornecimento ou sindicação) de sítios Web para os utilizadores da World Wide Web. Qualquer conteúdo acessível através de um endereço URL pode ser distribuído usando a tecnologia RSS, mas o método é particularmente prático para o envio e posterior consulta de notícias em permanente actualização. • Os conteúdos são referenciados em fornecimentos (feeds) e são disponibilizados ao utilizador através de um agregador RSS. Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 83
  84. 84. Leitores e serviços RSS http://www.google.com/reader http://www.bloglines.com http://feedburner.google.com http://www.feedmil.com http://www.pageflakes.com http://www.netvibes.com Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 84
  85. 85. Feeds Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  86. 86. http://www.google.com/reader/ Feeds Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 86
  87. 87. Feeds http://www.pageflakes.com Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  88. 88. Partilhar Fotografias http://picasaweb.google.pt http://www.flickr.com http://pikeo.com Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 88
  89. 89. Hubs de Partilha de Conhecimento http://hubpages.com http://www.squidoo.com/ http://knol.google.com Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 89
  90. 90. Motores de busca e Directórios da Web 2.0 http://digg.com http://technorati.com http://www.wikio.com http://www.pricenoia.com/ http://www.allthingsweb2.com 90 Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  91. 91. O que é um Wiki O termo “wiki” (pronunciado "uíqui") é utilizado para identificar um tipo de sítio Web, fácil e rapidamente editável pelos visitantes com uma linguagem de marcação muito simples, ou então o software colaborativo usado para criá-lo e mantê-lo. Nota: Wiki wiki significa "super-rápido" no idioma havaiano. Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 91
  92. 92. Wikis Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  93. 93. Wikis http://wikimedia.org Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  94. 94. Aplicações online Correio electrónico Monitorar preços https://gmail.google.com Ferramentas de Office http://moneytracking.com https://docs.google.com Marcar reuniões Fazer contratos https://www.tractis.com http://www.acuityscheduling.com Apresentações de Slides Preço de Viagens Aéreas http://www.slideshare.net http://www.edreams.pt/ Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  95. 95. Partilhar grandes ficheiros http://www.transferbigfiles.com http://www.yousendit.com http://www.slideshare.net Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  96. 96. Processador de Texto sempre disponível e partilhado http://docs.google.com Também Apresentações, Folhas de Cálculo, Formulários, etc. Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 96
  97. 97. Homepages personalizáveis http://windows.live.com http://www.google.com/ig http://www.netvibes.com Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  98. 98. Widget • É um componente de uma interface gráfica do utilizador (GUI), que inclui janelas, botões, menus, ícones, barras, etc.. WIKIPEDIA • Widgets are stripped-down Web applications that are highly portable. They make it easy for nontechnical users to add dynamic content or functionality, such as search tools or maps, to different locations, such as Web pages, portals, desktops and mobile services. FORRESTER Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 98
  99. 99. Mashups • É um website ou uma aplicação web que usa conteúdo de mais de uma fonte para criar um novo serviço completo. O conteúdo usado em mashups é tipicamente código de terceiros através de uma interface pública ou de uma API. Outros métodos de codificação de conteúdo para mashups incluem Web feeds (exemplo: RSS ou Atom), Javascript e widgets que podem ser entendidas como mini aplicações web, disponíveis para serem incorporadas noutros sites. WIKIPEDIA • Mashups are custom Web applications that combine multiple, disparate data sources into something new and unique. Mashup platforms, specifically, allow nontechnical users to create and consume their own mashups with visual tools. FORRESTER Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 99
  100. 100. Mapas http://maps.google.com http://tagzania.com/ http://www.panoramio.com/ Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  101. 101. Marcadores sociais e tagging http://11870.com http://delicious.com http://webgenio.com Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0
  102. 102. Que futuro? Web.n Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 102
  103. 103. Web 2.0 e 3.0 no Youtube • Web 2.0 - A máquina somos nós 2009 - 5´05 min http://www.youtube.com/watch?v=NJsacDCsiPg • Definição de Web 2.0 por Tim O´Reilly 2007 - 0´51 min http://www.youtube.com/watch?v=87LG-MQrEu0 • Eric Schmidt, Web 2.0 vs. Web 3.0 2008 - 2´02 min http://www.youtube.com/watch?v=mXb5CgEGHlA • Web 3.0 - A Web dos dados semânticos 2007 - 1´15 min http://www.youtube.com/watch?v=Ic3DZF3VuHo&feature=related • web 3.0 2008 - 2´03 min http://www.youtube.com/watch?v=V5kabPVohGY&feature=related • PROMETEUS - A Revolução dos Media 2007.- 5´15 min http://www.youtube.com/watch?v=5SJup6CGiO4 • Rafinha 2.0 2007 – 9’35 min http://www.youtube.com/watch?v=UI2m5knVrvg Luis Vidigal – Produção de Sites na Web 2.0 103

×