SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 53
Baixar para ler offline
Web 2.0
   A migração para a Web social




          Aluna: Crystiam Kelle Pereira e Silva
          Orientador: Tarcísio de Souza Lima
Web 2.0                                                Agenda
 Introdução                      A plataforma Web 2.0
       Mudança de paradigma          Serviços   Web 2.0
   

       Web como plataforma
   

                                  Estudo de caso
 Características da Web 2.0
                                  Conclusão
       Definição
   
                                  Críticas à Web 2.0
       Características
   
                                  Trabalhos Futuros
 Elementos da Web 2.0
       Usuário
   

       Conteúdo
   

       Design
   

       Publicidade e Marketing
   
Web 2.0                                            Introdução
 Anos 1980
         Criação da Web
     

         Interesse comercial na rede
     

         Sites textuais, poucas imagens
     



 Anos 1990
         Applets Java, animações, cores, muitas imagens
     



    Atualmente

         Sites dinâmicos
     

         Interatividade
     

         Serviços simples
     

         Participação e colaboração
     
Web 2.0                             Quebra de Paradigmas
 Web 1.0                                Web 2.0
 DoubleClick                            Google AdSense
 Ofoto                                  Flickr
 Akamai                                 BitTorrent
 Mp3.com                                Napster
 Enciclopédia Britânica online          Wikipedia
 websites pessoais                      Blogs
 evite                                  upcoming.org e EVDB
 especulação de domínios                otimização de ferramentas de busca
 Visitas a páginas                      Custo por click
 screen scraping                        web services
 Publicação                             Participação
 sistema de gerenciamento de conteúdo   wikis
 diretórios (taxonomia)                 tags (quot;folksonomyquot;)
 stickiness                             Syndication (disponibilização de conteúdo)
Web 2.0                             Web como plataforma

 Aplicativos que utilizam a rede como plataforma

 Web oferece serviços para o desenvolvimento

 Vantagens
      Serviços sempre disponíveis
  

      Armazenamento de dados online
  

      Acessíveis de qualquer dispositivo
  

      Isentos de instalação
  

      Atualizações automáticas
  

      Independente do SO
  
Web 2.0                           Definição de Web 2.0


quot;Web 2.0 é a mudança para uma internet como plataforma,
                                                  plataforma
e um entendimento das regras para obter sucesso nesta nova
     plataforma. Entre outras, a regra mais importante é
  desenvolver aplicativos que aproveitem os efeitos de rede
para se tornarem melhores quanto mais são usados pelas
      pessoas, aproveitando a inteligência coletiva“
      pessoas                                 coletiva
                      (O’ REILLY, 2005).
Web 2.0                      Características da Web 2.0
 Participação
   Inteligência Coletiva: Wikipedia
   Comunidade: Orkut, Gazzag

 Cooperação
   O controle de dados não é uma prática desejável
   Utilização e a melhoria de serviços já criados: Google Maps

 Usabilidade
   Facilitar o uso, intuitivo
   Testes feitos com grande freqüência e muitos usuários
Web 2.0                    Características da Web 2.0

 Descentralização dos dados
   Aplicativos em diversos dispositivos
   Arquitetura P2P

 Confiança no conteúdo dos usuários
   “Com um número suficiente de olhos, todos os bugs tornam-se
  visíveis“
   Usuários avaliam, corrigem, sugerem...
   Informações erradas são rapidamente denunciadas
Web 2.0                    Características da Web 2.0

 Experiência rica para o usuário
    Páginas mais leves, interativas e agradáveis
    Formato próximo ao Desktop

 Personalização
    Usuário escolhe o conteúdo
    Informações recebidas em diferentes dispositivos

 Atualizações freqüentes
    Lançar logo, lançar sempre
Web 2.0                Ferramentas Web 2.0


 Wikis
 Blogs
 Sites sociais
 Bookmarking social
 Vídeos e fotos
Web 2.0                           Elementos da Web 2.0

 Usuário
  Usuário é o principal objetivo das companhias
  Cria, avalia, edita, organiza, compartilha, escolha como e o
   que deseja ver
  Serviços devem estimular a participação do usuário
  Usuário não adiciona conteúdo sem obter vantagem
  Vantagem econômica
     - Usuário faz a manutenção do sistema
Web 2.0                     Elementos da Web 2.0

 Conteúdo

   A preocupação não está mais em publicar o conteúdo e
    sim em criar alternativas que ajudem a organizá-lo,
                 selecioná-lo e distribuí-lo.
Web 2.0                           Elementos da Web 2.0

 Organização
    Folksonomia – tags

 Avaliação
    Denúncia de abusos e erros
    Estímulo à avaliação – DIGG

 Distribuição
    Bom uso em vários dispositivos
    Disponibilizar o conteúdo – Youtube
    Long Tail
Web 2.0                                 Elementos da Web 2.0
 Design
 A pretensão do designer é estimular o usuário a participar
       da Web e permitir a ele autonomia, facilidade
                               autonomia
e essencialmente simplicidade na sua busca por informação
        e na colaboração no desenvolvimento desta.


 Tendências
    Layout simples

    Projete o conteúdo e não a página

    Uso de espaços em branco

    Textos grandes

    Cores fortes e contrastantes

Web 2.0                            Elementos da Web 2.0
      Publicidade
    “O marketing viral e a publicidade viral referem-se a técnicas
         de marketing que tentam explorar redes sociais pré-
         existentes para produzir aumentos exponenciais em
         conhecimento de marca, com processos similares a
             extensão de uma epidemia” (WIKIPEDIA, 2006)



     “Pode-se ter certeza de que, se um site ou produto depende de

     publicidade para se tornar conhecido, não é Web 2.0” (O’
     REILLY, 2005)
Web 2.0                                 Elementos da Web 2.0
 Publicidade

              Empresa


 Consumidor   Consumidor   Consumidor



              Web 1.0

                                                Web 2.0
Web 2.0   A plataforma Web 2.0
Web 2.0                           Serviços Web 2.0 - RSS
 RSS é um recurso que permite o compartilhamento de conteúdo na
  Web.

 São gerados arquivos (feeds) com extensão .xml ou .rss ou ainda .rdf.

 Busca feita por agregadores RSS

 Reúne em apenas um lugar informações de vários serviços


 RDF
     Representar claramente informações
    de recursos da Web de forma que possa
    ser processado por máquina
Web 2.0                               Serviços Web 2.0 - RSS

            RSS 1.0                               RSS 2.0
       RDF Site Summary                   Really Simple Syndication
  Desenvolvida por um grupo de         Foi originariamente documentada
    desenvolvedores através da         pela Netscape e aperfeiçoada pela
  continuação da versão RSS 0.9                    Userland.
                                         Baseada na versão RSS 0.91.

   Utiliza namespaces XML de          Utiliza namespaces XML de acordo
   acordo com o padrão W3C                     com o padrão W3C
  Detalhamento da especificação                  Simplicidade
 Útil para ser integrado a sistemas     Fácil para codificação manual
        de Web Semântica
Web 2.0                         Serviços Web 2.0 – RSS 1.0
01 <?xml version=quot;1.0quot;?>
02 <rdf:RDF xmlns:rdf=quot;http://www.w3.org/1999/02/22-rdf-syntax-ns#quot;
03 xmlns=quot;http://purl.org/rss/1.0/quot;
04 xmlns:dc=quot;http://purl.org/dc/elements/1.1/quot;>
05 <channel rdf:about=quot;http://exemplo.com/news.rssquot;>
06    <title>EXEMPLO</title>
07    <link>http://exemplo.com/ <link>
08    <description>Exemplo de RSS 1.0</description>
09    <items>
10      <rdf:Seq>
11        <rdf:li resource=quot;http://exemplo.com/2002/09/01/quot;/>
12                     <rdf:li resource=quot;http://exemplo.com/2002/09/02/quot;/>
13      </rdf:Seq>
14    </items>
15 </channel>
16 <item rdf:about=quot;http://exemplo.com/2002/09/01/quot;>
17     <title></title>
18
19     <link></link>
20     <description> </description>
21     <dc:date></dc:date>
22 </item>
23 </rdf:RDF>
Web 2.0                   Serviços Web 2.0 – RSS 2.0

01 <?xml version=quot;1.0quot;?>
02 <rss version=quot;2.0quot;>
03   <channel>
04     <title>Exemplo de RSS 2.0</title>
05     <link>http://exemplo.com/</link>
06     <description> Exemplo de RSS 2.0 - Monografia</description>
07
08   <item>
09        <title>Noticia 01</title>
10        <link>http://noticia.com</link>
11        <description>Descrição da noticia 01 </description>
12    </item>
13 </channel>
14 </rss>
Web 2.0                      Serviços Web 2.0 – Mashups

   Um mashup é um website ou uma aplicação web que
  descontinuamente combina em seu conteúdo mais de um
                código (WIKIPEDIA, 2007).


 Utiliza RSS e APIs
 Google Maps: mostrar imagens
 Google Calendar: marcar datas de festas


 API
    Conjunto de rotinas e padrões estabelecidos por um software para
   utilização de suas funcionalidades por programas aplicativos sem
   envolver com detalhes de implementação. (WIKIPEDIA, 2007a)
Web 2.0                                        Serviços Web 2.0 – API
01   <!DOCTYPE html PUBLIC quot;-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//ENquot;
02   quot;http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtdquot;>
03   <html xmlns=quot;http://www.w3.org/1999/xhtmlquot;>
04    <head>
05      <meta http-equiv=quot;content-typequot; content=quot;text/html; charset=utf-8quot;/>
06      <title>Google Maps JavaScript API Example</title>
07      <script src=quot;http://maps.google.com/maps?file=api&amp;v=2&amp;key=
08         ABQIAAAAkLV-dnEEwgYAx4vzE4TrTBQeaAGtUU6K5zApHkQGXCeE_3kH7RQl7_
09         VO71PNYzHE0LAcwAsjOLpjVgquot; type=quot;text/javascriptquot;></script>
10      <script type=quot;text/javascriptquot;>
11      //<![CDATA[
12      function load() {
13        if (GBrowserIsCompatible()) {
14           var map = new GMap2(document.getElementById(quot;mapquot;));
15           map.setCenter(new GLatLng(37.4419, -122.1419), 13);
16        }
17      }
18      //]]>
19      </script>
20    </head>
21    <body onload=quot;load()quot; onunload=quot;GUnload()quot;>
22         <div id=quot;mapquot; style=quot;width: 500px; height: 300pxquot;></div>
23    </body>
24   </html>
Web 2.0                         Serviços Web 2.0 - AJAX



 Aplicações mais dinâmicas

 Atualiza apenas a informação solicitada

 Comunicação assíncrona

 Menor uso de banda

 Rapidez e eficiência na navegação
Web 2.0                        Serviços Web 2.0 - AJAX

  O AJAX incorpora as seguintes tecnologias:

    Padrões de apresentação utilizando XHTML e CSS;
                                                CSS

    Apresentações dinâmicas e interativas utilizando Document
     Object Model - DOM;
                    DOM

    Manipulação de elementos de uma página utilizando XML e
     XSLT;
     XSLT

    Recuperação de dados assíncrona usando o método
     XMLHttpRequest;
     XMLHttpRequest

    e JavaScript que junta tudo isso. (GARRET, 2005)
Web 2.0   Serviços Web 2.0 - AJAX
Web 2.0                                          Estudo de caso


                Protótipo do portal da UFJF

 Objetivo: Criar um website mais interativo e permitir a distribuição
  Objetivo
  do conteúdo gerado pela UFJF, usando recursos da Web 2.0.
  Além disso, o protótipo foi idealizado de acordo com os padrões
  Web, preocupando-se com acessibilidade e usabilidade.
                                               usabilidade

 Foram usados PHP e MySQL.
Web 2.0                                   Estudo de caso

 Distribuição do conteúdo através de RSS 2.0
Web 2.0                                                    Estudo de caso

 Distribuição do conteúdo através de RSS 2.0
 01 foreach($arnots as $linha){
 02   $date = $linha->getdt_publicacao();
 03   $date = date('D, d M Y H:m:s');
 04   fwrite($ponteiro,quot;
 05     <item>
 06        <title>quot;.htmlspecialchars($linha->gettitulo()).quot;</title>
 07 <link>http://www.portal.ufjf.br/teste/ver_not.php?
 08      idnoticia=quot;.$linha->getidnoticia().quot;</link>
 09             <pubDate>quot;.$date.quot; -0200</pubDate>
 10             <description>
 11      <![CDATA[ <P>quot;.htmlspecialchars($linha->getchamada()).
 12              quot;</P> ]]>
 13            </description>
 14     <guid>http://www.portal.ufjf.br/teste/ver_not.php?
 15            idnoticia=quot;.$linha->getidnoticia().quot;</guid>
 16       </item>quot;);
 17 }
01 <?xml version=quot;1.0quot; encoding='iso-8859-1' ?>
02 <rss version='2.0'>
03   <channel>
04        <title>Portal UFJF - Notícias</title>
05                <link>http://www.portal.ufjf.br</link>
06        <description>UFJF - A sua universidade Pública!</description>
07        <language>pt-br</language>
08        <copyright>Portal UFJF - Todos os direitos reservados.</copyright>
09        <image>
10             <title>Portal UFJF</title>
11       <url>http://www.portal.ufjf.br/teste/imagens/icones/logo_ufjf.gif
12       </url>
13       <link>http://www.portal.ufjf.br</link>
14        </image>
15        <lastBuildDate>Fri, 29 Jun 2007 18:55:54 -0300</lastBuildDate>
16        <ttl>20</ttl>
17       <item>
18           <title>Relações Internacionais cadastra famílias para receber
19                 intercambistas - alterado</title>
20           <link>http://www.portal.ufjf.br/teste/ver_not.php?idnoticia=25
21          </link>
22             <pubDate>Fri, 29 Jun 2007 18:06:54 -0200</pubDate>
23             <description><![CDATA[ <P>A Coordenação de Relações Internacionais 24
                   (CRI) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) inscreve
25                  famílias que se interessam em hospedar alunos...</P> ]]> 26
             </description>
27         <guid>http://www.portal.ufjf.br/teste/ver_not.php?idnoticia=25
28           </guid>
29         </item>
30     </channel>
31    </rss>
Web 2.0                               Estudo de caso


 Agregação do conteúdo RSS do website Tempo Agora
01 function geraRSS($tabs,$endereco,$origem,$tipo='dl',$maxitens){
02
     if($tipo!='ul' && $tipo!='ol' && $tipo != 'dl'){
     0echo quot;<p class='error'>No momento são válidos apenas 'ul', 'ol' 'dl' para
                                               005 tipo</p>quot;;}
06    $metas = array();
07    $xml2a = new XMLToArray();
08    $root_node = $xml2a->parse(file_get_contents($endereco));
09    $drive = array_shift($root_node[quot;_ELEMENTSquot;]);
10    $ret = $tabs.quot;<$tipo>nquot;;
11    $i = 0;
12
13 foreach($drive[quot;_ELEMENTSquot;][0][quot;_ELEMENTSquot;] as $elem){
14        if($elem[quot;_NAMEquot;]==quot;itemquot; && $i<$maxitens){
15             $i++;
16             foreach($elem[quot;_ELEMENTSquot;] as $not){
17                 $$not[quot;_NAMEquot;] = $not[quot;_DATAquot;];
18             }
19             if($tipo=='dl'){
20                $ret .= $tabs.quot;    <dt><a href='quot;.$link.quot;' target='_blank'>quot;
21                     .htmlentities(utf8_decode($title)).quot;</a></dt>nquot;;
22                 $ret .= $tabs.quot;<dd>quot;.htmlentities(utf8_decode($description)).quot;</dd>nquot;;
23             }else{
24                 $ret .= $tabs.quot;<li>
25                     <a href='quot;.$link.quot;'target='_blank'>quot;.
26                       htmlentities(utf8_decode($title)).quot; nquot;;
27                          $ret .= $tabs.quot;
28                       <span class='desc'>
29                         quot;.htmlentities(utf8_decode($description)).quot;
30                       </span>
31                     </a></li>nquot;;
32          }
33      }else{     //pegando os outros meta dados
34             $metas[$elem[quot;_NAMEquot;]] = $elem[quot;_DATAquot;];
35        }
36    }
37    $ret .= $tabs.quot;</$tipo>nquot;;
38    $ret .= $tabs.quot;<p>Fonte: <a href='quot;.$metas[quot;linkquot;].quot;' target='_blank' quot;;
39    $ret .= quot;title='quot;.htmlentities
40         (utf8_decode($metas[quot;copyrightquot;])).quot;'>quot;.$origem.quot;</a></p>nquot;;
41    //return $ret;
42
Web 2.0                                    Estudo de caso

 Participação

 Formulário: estimular a participação e interação entre os
  avaliadores, que deixavam opiniões, sugestões e podiam
  visualizar os comentários dos demais.

 Foi utilizada a biblioteca greybox.
                             greybox
Web 2.0                                         Estudo de caso

 Avaliação
 Enquete: permitir uma avaliação rápida, com opções definidas

 Usada biblioteca Ajax Poller
01   // Insere novo voto na base de dados
02
03 if($optionId)mysql_query(quot;insert into poller_vote(optionID,ipAddress)
04      values('quot;.$optionId.quot;','quot;.getenv(quot;REMOTE_ADDRquot;).quot;')quot;);
05
06   //Retorna resultado como um XML
07      echo '<?xml version=quot;1.0quot; ?>';
08
09       $res = mysql_query(quot;select ID,pollerTitle from
10                       poller where ID='quot;.$pollId.quot;'quot;);
11    if($inf = mysql_fetch_array($res)){
12       echo quot;<pollerTitle>quot;.$inf[quot;pollerTitlequot;].quot;</pollerTitle>nquot;;
13
14         $resOptions = mysql_query(quot;select ID,optionText from
15                            poller_option where pollerID='quot;.$inf[quot;IDquot;].quot;'
16                       order by pollerOrderquot;) or die(mysql_error());
17       while($infOptions = mysql_fetch_array($resOptions)){
18       echo quot;<option>nquot;;
19       echo quot;t<optionText>quot;.$infOptions[quot;optionTextquot;].quot;</optionText>nquot;;
20       echo quot;t<optionId>quot;.$infOptions[quot;IDquot;].quot;</optionId>nquot;;
21
22       $resVotes = mysql_query(quot;select count(ID) from
23                 poller_vote where optionID='quot;.$infOptions[quot;IDquot;].quot;'quot;);
24       if($infVotes = mysql_fetch_array($resVotes)){
25           echo quot;t<votes>quot;.$infVotes[quot;count(ID)quot;].quot;</votes>nquot;;
26       }
27       echo quot;</option>quot;;
28      }
29    }
30   exit;
01 this.createAJAX = function() {
02    try {
03      this.xmlhttp = new ActiveXObject(quot;Msxml2.XMLHTTPquot;);
04    } catch (e1) {
05
06      try {
07         this.xmlhttp = new 08ActiveXObject(quot;Microsoft.XMLHTTPquot;);
09           } catch (e2) {
10            this.xmlhttp = null;
11      }
12       }
13     if (! this.xmlhttp) {
14      if (typeof XMLHttpRequest != quot;undefinedquot;) {
15            this.xmlhttp = new XMLHttpRequest();
16      } else {
17            this.failed = true;
18      }
19     }
20 };
Web 2.0                                            Estudo de caso

 Avaliação dos resultados
    Protótipo não se tornou um serviço Web 2.0;

    Objetivo era usar recursos Web 2.0;

    Favoreceu a avaliação e sugestões;

    Navegação mais simples e rápida;

    Maior velocidade no carregamento das páginas;

    Distribuição de conteúdo através de RSS (validada)
Web 2.0                                             Estudo de caso

Próximos passos
 Disponibilizar projetos de alunos e departamentos, trabalhos de
  conclusão de curso;
 Desenvolver maior interação entre os sites setoriais e o portal da UFJF;
 Comunidade para incentivar discussões entre os alunos e professores;
 Incentivar a avaliação e sugestão de eventos e atividades culturais;
 Passar o conteúdo do portal todo para uma base de dados;
 Desenvolver uma busca eficiente que atingisse, além do conteúdo do
  portal, outras instituições de ensino;
 Permitir que o usuário fizesse pequenas modificações na visualização
  do portal - cor e disposição de elementos na página.
Web 2.0                                         Conclusão

O ponto principal da Web 2.0 é o envolvimento de pessoas
 no processo de desenvolvimento. Ocorreu uma migração
para a Web social, voltada para a colaboração, participação
  e descentralização. Desta forma, a Web passou de uma
    ferramenta para uma plataforma, que dá suporte ao
  desenvolvimento de inúmeros serviços e integração dos
                         mesmos.
Web 2.0                                             Críticas à Web 2.0

Críticas
 Como você pode notar, as coisas que realmente dão valor a tal Web 2.0 já são
  valiosas há algum tempo. Já há algum tempo que isso tudo vem dando certo
                        também. (FERREIRA, 2006)


O comportamento do usuário é o mesmo???
A forma de gerar conteúdo não mudou??


A Web 2.0 não aconteceu de uma hora para a outra, logo após uma conferência,
 ou assim que foi escrito o artigo do O’REILLY (2005) sobre o assunto. Ela vem
   acontecendo, se transformando, num processo que acabou culminando na
  eliminação de alguns conceitos antigos e na adoção de outros conceitos que
 mostraram dar mais resultado quando se faz um projeto de internet. Ou seja, é
 óbvio que muito se não tudo que se tem dito que é Web 2.0 remete a projetos
            antigos de internet que deram certo. (ALVES JR, 2006)
Web 2.0                                  Trabalhos Futuros


 Web 3.0 ou Web semântica

 Tecnologias para suportar densidade de dados

 Formas de organizar e armazenar informações

 Comunicação na Web

 Formas de obter lucros

 A posse dos dados
Web 2.0                                 Referências Bibliográficas

FERREIRA, E. Web 2.0 pé no chão. 2006. Disponível em:
<http://www.imasters.com.br/artigo/4387/webstandards/web_20_pe_no_chao/>.
Último acesso em: 28 jun. 2007.

GARRET, J.J. Ajax: A New Approach to Web Applications. 2005. Disponível em:
<http://www.adaptivepath.com/publications/essays/archives/000385.php>. Último
acesso em: 15 jun. 2007.

O’REILLY, T. What Is Web 2.0. 2005. Disponível em:
<http://www.oreillynet.com/pub/a/oreilly/tim/news/2005/09/30/what-is-web-
20.html>. Último acesso em: 05 jul. 2007.

WIKIPEDIA. API. 2007a. Disponível em: < http://pt.wikipedia.org/wiki/API>. Último
acesso em: 26 jun. 2007.

WIKIPEDIA. Web 2.0. 2007g. Disponível em:
<http://pt.wikipedia.org/wiki/Web_2.0>. Acesso em: 26 mar. 2006.
Web 2.0

    Perguntas? 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (15)

Ana Sofia (Web 2.0)
Ana Sofia (Web 2.0)Ana Sofia (Web 2.0)
Ana Sofia (Web 2.0)
 
Web2
Web2Web2
Web2
 
web 2.0 - A Internet VIVA!
web 2.0 - A Internet VIVA!web 2.0 - A Internet VIVA!
web 2.0 - A Internet VIVA!
 
Web2.0
Web2.0Web2.0
Web2.0
 
Web 2 0
Web 2 0Web 2 0
Web 2 0
 
Palestra Web 2.0
Palestra Web 2.0Palestra Web 2.0
Palestra Web 2.0
 
Artigo Jornalistico Web D
Artigo Jornalistico   Web DArtigo Jornalistico   Web D
Artigo Jornalistico Web D
 
Web 2.0 - Uma revisão da Internet
Web 2.0 - Uma revisão da InternetWeb 2.0 - Uma revisão da Internet
Web 2.0 - Uma revisão da Internet
 
Web 2.0 - Colaboração acima de tudo!
Web 2.0 - Colaboração acima de tudo!Web 2.0 - Colaboração acima de tudo!
Web 2.0 - Colaboração acima de tudo!
 
Producao De Sites Na Web 2.0
Producao De Sites Na Web 2.0Producao De Sites Na Web 2.0
Producao De Sites Na Web 2.0
 
Web 2.0
Web 2.0Web 2.0
Web 2.0
 
Web 2.0
Web 2.0Web 2.0
Web 2.0
 
Web 2.0 x Web 1.0
Web 2.0 x Web 1.0Web 2.0 x Web 1.0
Web 2.0 x Web 1.0
 
Web 2.0 Flatschart­Upcom
Web 2.0 Flatschart­UpcomWeb 2.0 Flatschart­Upcom
Web 2.0 Flatschart­Upcom
 
Web2 0
Web2 0Web2 0
Web2 0
 

Destaque

ProInfo Integrado
ProInfo IntegradoProInfo Integrado
ProInfo Integradodonicleo
 
Novas tecnologias, novos modos de viver
Novas tecnologias, novos modos de viverNovas tecnologias, novos modos de viver
Novas tecnologias, novos modos de viverpricaevaristo
 
Desafios aos educadores do século XXI
Desafios aos educadores do século XXI Desafios aos educadores do século XXI
Desafios aos educadores do século XXI SONIA BERTOCCHI
 
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o ProfessorA ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o ProfessorLuis Borges Gouveia
 
Novas tecnologias: novos modos de ensinar, novos modos de aprender!
Novas tecnologias: novos modos de ensinar, novos modos de aprender!Novas tecnologias: novos modos de ensinar, novos modos de aprender!
Novas tecnologias: novos modos de ensinar, novos modos de aprender!SONIA BERTOCCHI
 
Introdução a Informatica na educação
Introdução a Informatica na educaçãoIntrodução a Informatica na educação
Introdução a Informatica na educaçãoLisiane Oliveira
 
Construção do PME - Assunção PB
Construção do PME - Assunção PBConstrução do PME - Assunção PB
Construção do PME - Assunção PBAndréia Medeiros
 
Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação
Tecnologias da Informação e Comunicação na EducaçãoTecnologias da Informação e Comunicação na Educação
Tecnologias da Informação e Comunicação na Educaçãonunesdeia
 

Destaque (11)

ProInfo Integrado
ProInfo IntegradoProInfo Integrado
ProInfo Integrado
 
Novas tecnologias, novos modos de viver
Novas tecnologias, novos modos de viverNovas tecnologias, novos modos de viver
Novas tecnologias, novos modos de viver
 
Desafios aos educadores do século XXI
Desafios aos educadores do século XXI Desafios aos educadores do século XXI
Desafios aos educadores do século XXI
 
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o ProfessorA ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
 
Novas tecnologias: novos modos de ensinar, novos modos de aprender!
Novas tecnologias: novos modos de ensinar, novos modos de aprender!Novas tecnologias: novos modos de ensinar, novos modos de aprender!
Novas tecnologias: novos modos de ensinar, novos modos de aprender!
 
Introdução a Informatica na educação
Introdução a Informatica na educaçãoIntrodução a Informatica na educação
Introdução a Informatica na educação
 
Construção do PME - Assunção PB
Construção do PME - Assunção PBConstrução do PME - Assunção PB
Construção do PME - Assunção PB
 
Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação
Tecnologias da Informação e Comunicação na EducaçãoTecnologias da Informação e Comunicação na Educação
Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação
 
Apostila Educação Digital
Apostila Educação DigitalApostila Educação Digital
Apostila Educação Digital
 
Tecnologias e Educação
Tecnologias e EducaçãoTecnologias e Educação
Tecnologias e Educação
 
As Novas Tecnologias E Educação
As Novas Tecnologias E EducaçãoAs Novas Tecnologias E Educação
As Novas Tecnologias E Educação
 

Semelhante a Monografia Web 2.0

Entendendo O Que é Web 2
Entendendo O Que é Web 2Entendendo O Que é Web 2
Entendendo O Que é Web 2AurelioPaixao
 
Colaborando por meio da web 2.0
Colaborando por meio da web 2.0Colaborando por meio da web 2.0
Colaborando por meio da web 2.0Gustavo Concon
 
A Semântica do HTML5: a web 3.0
A Semântica do HTML5: a web 3.0A Semântica do HTML5: a web 3.0
A Semântica do HTML5: a web 3.0Campus Party Brasil
 
Apresentação Mario Costa
Apresentação Mario CostaApresentação Mario Costa
Apresentação Mario Costalossio
 
Web 2.0 - Uma Visão Corporativa e Tecnológica
Web 2.0 - Uma Visão Corporativa e TecnológicaWeb 2.0 - Uma Visão Corporativa e Tecnológica
Web 2.0 - Uma Visão Corporativa e TecnológicaElvis Fusco
 
Apresentação sobre web 2.0
Apresentação sobre web 2.0Apresentação sobre web 2.0
Apresentação sobre web 2.0Carlos Serrao
 
Web 2.0 e negócios: Ferramentas e Aplicações inovadoras
Web 2.0 e negócios: Ferramentas e Aplicações inovadorasWeb 2.0 e negócios: Ferramentas e Aplicações inovadoras
Web 2.0 e negócios: Ferramentas e Aplicações inovadorasAdrianogalesso
 
AAB301 - Rich Internet Application - wcamb
AAB301 - Rich Internet Application - wcambAAB301 - Rich Internet Application - wcamb
AAB301 - Rich Internet Application - wcambMicrosoft Brasil
 
Introdução ao desenvolvimento da web.pptx
Introdução ao desenvolvimento da web.pptxIntrodução ao desenvolvimento da web.pptx
Introdução ao desenvolvimento da web.pptxMarceloRosenbrock1
 
Road Show TI SENAC - Web Semântica - Pessoas e Máquinas Pensando Juntas - SEN...
Road Show TI SENAC - Web Semântica - Pessoas e Máquinas Pensando Juntas - SEN...Road Show TI SENAC - Web Semântica - Pessoas e Máquinas Pensando Juntas - SEN...
Road Show TI SENAC - Web Semântica - Pessoas e Máquinas Pensando Juntas - SEN...Renato Bongiorno Bonfanti
 
Introdução sobre desenvolvimento web
Introdução sobre desenvolvimento webIntrodução sobre desenvolvimento web
Introdução sobre desenvolvimento webRodrigo Rodrigues
 

Semelhante a Monografia Web 2.0 (20)

Entendendo O Que é Web 2
Entendendo O Que é Web 2Entendendo O Que é Web 2
Entendendo O Que é Web 2
 
Palestra Web 2.0 & RIA
Palestra Web 2.0 & RIAPalestra Web 2.0 & RIA
Palestra Web 2.0 & RIA
 
Colaborando por meio da web 2.0
Colaborando por meio da web 2.0Colaborando por meio da web 2.0
Colaborando por meio da web 2.0
 
A Semântica do HTML5: a web 3.0
A Semântica do HTML5: a web 3.0A Semântica do HTML5: a web 3.0
A Semântica do HTML5: a web 3.0
 
Web 1.0 x 2.0
Web 1.0 x 2.0Web 1.0 x 2.0
Web 1.0 x 2.0
 
Web Dev Camp
Web Dev CampWeb Dev Camp
Web Dev Camp
 
Apresentação Mario Costa
Apresentação Mario CostaApresentação Mario Costa
Apresentação Mario Costa
 
Web2.0 e Ajax
Web2.0 e AjaxWeb2.0 e Ajax
Web2.0 e Ajax
 
Web 2.0 - Uma Visão Corporativa e Tecnológica
Web 2.0 - Uma Visão Corporativa e TecnológicaWeb 2.0 - Uma Visão Corporativa e Tecnológica
Web 2.0 - Uma Visão Corporativa e Tecnológica
 
Netbeans Slides
Netbeans SlidesNetbeans Slides
Netbeans Slides
 
Webinar Portal Colaborativo
Webinar Portal ColaborativoWebinar Portal Colaborativo
Webinar Portal Colaborativo
 
Web 2
Web 2Web 2
Web 2
 
Web 2.0
Web 2.0Web 2.0
Web 2.0
 
Apresentação sobre web 2.0
Apresentação sobre web 2.0Apresentação sobre web 2.0
Apresentação sobre web 2.0
 
Web 2.0 e negócios: Ferramentas e Aplicações inovadoras
Web 2.0 e negócios: Ferramentas e Aplicações inovadorasWeb 2.0 e negócios: Ferramentas e Aplicações inovadoras
Web 2.0 e negócios: Ferramentas e Aplicações inovadoras
 
AAB301 - Rich Internet Application - wcamb
AAB301 - Rich Internet Application - wcambAAB301 - Rich Internet Application - wcamb
AAB301 - Rich Internet Application - wcamb
 
Introdução ao desenvolvimento da web.pptx
Introdução ao desenvolvimento da web.pptxIntrodução ao desenvolvimento da web.pptx
Introdução ao desenvolvimento da web.pptx
 
ApresentacaoMM2
ApresentacaoMM2ApresentacaoMM2
ApresentacaoMM2
 
Road Show TI SENAC - Web Semântica - Pessoas e Máquinas Pensando Juntas - SEN...
Road Show TI SENAC - Web Semântica - Pessoas e Máquinas Pensando Juntas - SEN...Road Show TI SENAC - Web Semântica - Pessoas e Máquinas Pensando Juntas - SEN...
Road Show TI SENAC - Web Semântica - Pessoas e Máquinas Pensando Juntas - SEN...
 
Introdução sobre desenvolvimento web
Introdução sobre desenvolvimento webIntrodução sobre desenvolvimento web
Introdução sobre desenvolvimento web
 

Monografia Web 2.0

  • 1. Web 2.0 A migração para a Web social Aluna: Crystiam Kelle Pereira e Silva Orientador: Tarcísio de Souza Lima
  • 2. Web 2.0 Agenda  Introdução  A plataforma Web 2.0 Mudança de paradigma  Serviços Web 2.0  Web como plataforma   Estudo de caso  Características da Web 2.0  Conclusão Definição   Críticas à Web 2.0 Características   Trabalhos Futuros  Elementos da Web 2.0 Usuário  Conteúdo  Design  Publicidade e Marketing 
  • 3. Web 2.0 Introdução  Anos 1980 Criação da Web  Interesse comercial na rede  Sites textuais, poucas imagens   Anos 1990 Applets Java, animações, cores, muitas imagens  Atualmente  Sites dinâmicos  Interatividade  Serviços simples  Participação e colaboração 
  • 4. Web 2.0 Quebra de Paradigmas Web 1.0 Web 2.0 DoubleClick Google AdSense Ofoto Flickr Akamai BitTorrent Mp3.com Napster Enciclopédia Britânica online Wikipedia websites pessoais Blogs evite upcoming.org e EVDB especulação de domínios otimização de ferramentas de busca Visitas a páginas Custo por click screen scraping web services Publicação Participação sistema de gerenciamento de conteúdo wikis diretórios (taxonomia) tags (quot;folksonomyquot;) stickiness Syndication (disponibilização de conteúdo)
  • 5. Web 2.0 Web como plataforma  Aplicativos que utilizam a rede como plataforma  Web oferece serviços para o desenvolvimento  Vantagens Serviços sempre disponíveis  Armazenamento de dados online  Acessíveis de qualquer dispositivo  Isentos de instalação  Atualizações automáticas  Independente do SO 
  • 6.
  • 7. Web 2.0 Definição de Web 2.0 quot;Web 2.0 é a mudança para uma internet como plataforma, plataforma e um entendimento das regras para obter sucesso nesta nova plataforma. Entre outras, a regra mais importante é desenvolver aplicativos que aproveitem os efeitos de rede para se tornarem melhores quanto mais são usados pelas pessoas, aproveitando a inteligência coletiva“ pessoas coletiva (O’ REILLY, 2005).
  • 8. Web 2.0 Características da Web 2.0  Participação  Inteligência Coletiva: Wikipedia  Comunidade: Orkut, Gazzag  Cooperação  O controle de dados não é uma prática desejável  Utilização e a melhoria de serviços já criados: Google Maps  Usabilidade  Facilitar o uso, intuitivo  Testes feitos com grande freqüência e muitos usuários
  • 9. Web 2.0 Características da Web 2.0  Descentralização dos dados  Aplicativos em diversos dispositivos  Arquitetura P2P  Confiança no conteúdo dos usuários  “Com um número suficiente de olhos, todos os bugs tornam-se visíveis“  Usuários avaliam, corrigem, sugerem...  Informações erradas são rapidamente denunciadas
  • 10.
  • 11. Web 2.0 Características da Web 2.0  Experiência rica para o usuário  Páginas mais leves, interativas e agradáveis  Formato próximo ao Desktop  Personalização  Usuário escolhe o conteúdo  Informações recebidas em diferentes dispositivos  Atualizações freqüentes  Lançar logo, lançar sempre
  • 12.
  • 13. Web 2.0 Ferramentas Web 2.0 Wikis Blogs Sites sociais Bookmarking social Vídeos e fotos
  • 14. Web 2.0 Elementos da Web 2.0  Usuário  Usuário é o principal objetivo das companhias  Cria, avalia, edita, organiza, compartilha, escolha como e o que deseja ver  Serviços devem estimular a participação do usuário  Usuário não adiciona conteúdo sem obter vantagem  Vantagem econômica - Usuário faz a manutenção do sistema
  • 15.
  • 16. Web 2.0 Elementos da Web 2.0  Conteúdo A preocupação não está mais em publicar o conteúdo e sim em criar alternativas que ajudem a organizá-lo, selecioná-lo e distribuí-lo.
  • 17. Web 2.0 Elementos da Web 2.0  Organização  Folksonomia – tags  Avaliação  Denúncia de abusos e erros  Estímulo à avaliação – DIGG  Distribuição  Bom uso em vários dispositivos  Disponibilizar o conteúdo – Youtube  Long Tail
  • 18.
  • 19.
  • 20. Web 2.0 Elementos da Web 2.0  Design A pretensão do designer é estimular o usuário a participar da Web e permitir a ele autonomia, facilidade autonomia e essencialmente simplicidade na sua busca por informação e na colaboração no desenvolvimento desta.  Tendências Layout simples  Projete o conteúdo e não a página  Uso de espaços em branco  Textos grandes  Cores fortes e contrastantes 
  • 21. Web 2.0 Elementos da Web 2.0  Publicidade “O marketing viral e a publicidade viral referem-se a técnicas de marketing que tentam explorar redes sociais pré- existentes para produzir aumentos exponenciais em conhecimento de marca, com processos similares a extensão de uma epidemia” (WIKIPEDIA, 2006) “Pode-se ter certeza de que, se um site ou produto depende de  publicidade para se tornar conhecido, não é Web 2.0” (O’ REILLY, 2005)
  • 22. Web 2.0 Elementos da Web 2.0  Publicidade Empresa Consumidor Consumidor Consumidor Web 1.0 Web 2.0
  • 23.
  • 24. Web 2.0 A plataforma Web 2.0
  • 25. Web 2.0 Serviços Web 2.0 - RSS  RSS é um recurso que permite o compartilhamento de conteúdo na Web.  São gerados arquivos (feeds) com extensão .xml ou .rss ou ainda .rdf.  Busca feita por agregadores RSS  Reúne em apenas um lugar informações de vários serviços  RDF  Representar claramente informações de recursos da Web de forma que possa ser processado por máquina
  • 26. Web 2.0 Serviços Web 2.0 - RSS RSS 1.0 RSS 2.0 RDF Site Summary Really Simple Syndication Desenvolvida por um grupo de Foi originariamente documentada desenvolvedores através da pela Netscape e aperfeiçoada pela continuação da versão RSS 0.9 Userland. Baseada na versão RSS 0.91. Utiliza namespaces XML de Utiliza namespaces XML de acordo acordo com o padrão W3C com o padrão W3C Detalhamento da especificação Simplicidade Útil para ser integrado a sistemas Fácil para codificação manual de Web Semântica
  • 27. Web 2.0 Serviços Web 2.0 – RSS 1.0 01 <?xml version=quot;1.0quot;?> 02 <rdf:RDF xmlns:rdf=quot;http://www.w3.org/1999/02/22-rdf-syntax-ns#quot; 03 xmlns=quot;http://purl.org/rss/1.0/quot; 04 xmlns:dc=quot;http://purl.org/dc/elements/1.1/quot;> 05 <channel rdf:about=quot;http://exemplo.com/news.rssquot;> 06 <title>EXEMPLO</title> 07 <link>http://exemplo.com/ <link> 08 <description>Exemplo de RSS 1.0</description> 09 <items> 10 <rdf:Seq> 11 <rdf:li resource=quot;http://exemplo.com/2002/09/01/quot;/> 12 <rdf:li resource=quot;http://exemplo.com/2002/09/02/quot;/> 13 </rdf:Seq> 14 </items> 15 </channel> 16 <item rdf:about=quot;http://exemplo.com/2002/09/01/quot;> 17 <title></title> 18 19 <link></link> 20 <description> </description> 21 <dc:date></dc:date> 22 </item> 23 </rdf:RDF>
  • 28. Web 2.0 Serviços Web 2.0 – RSS 2.0 01 <?xml version=quot;1.0quot;?> 02 <rss version=quot;2.0quot;> 03 <channel> 04 <title>Exemplo de RSS 2.0</title> 05 <link>http://exemplo.com/</link> 06 <description> Exemplo de RSS 2.0 - Monografia</description> 07 08 <item> 09 <title>Noticia 01</title> 10 <link>http://noticia.com</link> 11 <description>Descrição da noticia 01 </description> 12 </item> 13 </channel> 14 </rss>
  • 29. Web 2.0 Serviços Web 2.0 – Mashups Um mashup é um website ou uma aplicação web que descontinuamente combina em seu conteúdo mais de um código (WIKIPEDIA, 2007).  Utiliza RSS e APIs  Google Maps: mostrar imagens  Google Calendar: marcar datas de festas  API  Conjunto de rotinas e padrões estabelecidos por um software para utilização de suas funcionalidades por programas aplicativos sem envolver com detalhes de implementação. (WIKIPEDIA, 2007a)
  • 30. Web 2.0 Serviços Web 2.0 – API 01 <!DOCTYPE html PUBLIC quot;-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//ENquot; 02 quot;http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtdquot;> 03 <html xmlns=quot;http://www.w3.org/1999/xhtmlquot;> 04 <head> 05 <meta http-equiv=quot;content-typequot; content=quot;text/html; charset=utf-8quot;/> 06 <title>Google Maps JavaScript API Example</title> 07 <script src=quot;http://maps.google.com/maps?file=api&amp;v=2&amp;key= 08 ABQIAAAAkLV-dnEEwgYAx4vzE4TrTBQeaAGtUU6K5zApHkQGXCeE_3kH7RQl7_ 09 VO71PNYzHE0LAcwAsjOLpjVgquot; type=quot;text/javascriptquot;></script> 10 <script type=quot;text/javascriptquot;> 11 //<![CDATA[ 12 function load() { 13 if (GBrowserIsCompatible()) { 14 var map = new GMap2(document.getElementById(quot;mapquot;)); 15 map.setCenter(new GLatLng(37.4419, -122.1419), 13); 16 } 17 } 18 //]]> 19 </script> 20 </head> 21 <body onload=quot;load()quot; onunload=quot;GUnload()quot;> 22 <div id=quot;mapquot; style=quot;width: 500px; height: 300pxquot;></div> 23 </body> 24 </html>
  • 31. Web 2.0 Serviços Web 2.0 - AJAX  Aplicações mais dinâmicas  Atualiza apenas a informação solicitada  Comunicação assíncrona  Menor uso de banda  Rapidez e eficiência na navegação
  • 32. Web 2.0 Serviços Web 2.0 - AJAX  O AJAX incorpora as seguintes tecnologias:  Padrões de apresentação utilizando XHTML e CSS; CSS  Apresentações dinâmicas e interativas utilizando Document Object Model - DOM; DOM  Manipulação de elementos de uma página utilizando XML e XSLT; XSLT  Recuperação de dados assíncrona usando o método XMLHttpRequest; XMLHttpRequest  e JavaScript que junta tudo isso. (GARRET, 2005)
  • 33. Web 2.0 Serviços Web 2.0 - AJAX
  • 34. Web 2.0 Estudo de caso Protótipo do portal da UFJF  Objetivo: Criar um website mais interativo e permitir a distribuição Objetivo do conteúdo gerado pela UFJF, usando recursos da Web 2.0. Além disso, o protótipo foi idealizado de acordo com os padrões Web, preocupando-se com acessibilidade e usabilidade. usabilidade  Foram usados PHP e MySQL.
  • 35.
  • 36. Web 2.0 Estudo de caso  Distribuição do conteúdo através de RSS 2.0
  • 37. Web 2.0 Estudo de caso  Distribuição do conteúdo através de RSS 2.0 01 foreach($arnots as $linha){ 02 $date = $linha->getdt_publicacao(); 03 $date = date('D, d M Y H:m:s'); 04 fwrite($ponteiro,quot; 05 <item> 06 <title>quot;.htmlspecialchars($linha->gettitulo()).quot;</title> 07 <link>http://www.portal.ufjf.br/teste/ver_not.php? 08 idnoticia=quot;.$linha->getidnoticia().quot;</link> 09 <pubDate>quot;.$date.quot; -0200</pubDate> 10 <description> 11 <![CDATA[ <P>quot;.htmlspecialchars($linha->getchamada()). 12 quot;</P> ]]> 13 </description> 14 <guid>http://www.portal.ufjf.br/teste/ver_not.php? 15 idnoticia=quot;.$linha->getidnoticia().quot;</guid> 16 </item>quot;); 17 }
  • 38. 01 <?xml version=quot;1.0quot; encoding='iso-8859-1' ?> 02 <rss version='2.0'> 03 <channel> 04 <title>Portal UFJF - Notícias</title> 05 <link>http://www.portal.ufjf.br</link> 06 <description>UFJF - A sua universidade Pública!</description> 07 <language>pt-br</language> 08 <copyright>Portal UFJF - Todos os direitos reservados.</copyright> 09 <image> 10 <title>Portal UFJF</title> 11 <url>http://www.portal.ufjf.br/teste/imagens/icones/logo_ufjf.gif 12 </url> 13 <link>http://www.portal.ufjf.br</link> 14 </image> 15 <lastBuildDate>Fri, 29 Jun 2007 18:55:54 -0300</lastBuildDate> 16 <ttl>20</ttl> 17 <item> 18 <title>Relações Internacionais cadastra famílias para receber 19 intercambistas - alterado</title> 20 <link>http://www.portal.ufjf.br/teste/ver_not.php?idnoticia=25 21 </link> 22 <pubDate>Fri, 29 Jun 2007 18:06:54 -0200</pubDate> 23 <description><![CDATA[ <P>A Coordenação de Relações Internacionais 24 (CRI) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) inscreve 25 famílias que se interessam em hospedar alunos...</P> ]]> 26 </description> 27 <guid>http://www.portal.ufjf.br/teste/ver_not.php?idnoticia=25 28 </guid> 29 </item> 30 </channel> 31 </rss>
  • 39.
  • 40. Web 2.0 Estudo de caso  Agregação do conteúdo RSS do website Tempo Agora
  • 41. 01 function geraRSS($tabs,$endereco,$origem,$tipo='dl',$maxitens){ 02 if($tipo!='ul' && $tipo!='ol' && $tipo != 'dl'){ 0echo quot;<p class='error'>No momento são válidos apenas 'ul', 'ol' 'dl' para 005 tipo</p>quot;;} 06 $metas = array(); 07 $xml2a = new XMLToArray(); 08 $root_node = $xml2a->parse(file_get_contents($endereco)); 09 $drive = array_shift($root_node[quot;_ELEMENTSquot;]); 10 $ret = $tabs.quot;<$tipo>nquot;; 11 $i = 0; 12 13 foreach($drive[quot;_ELEMENTSquot;][0][quot;_ELEMENTSquot;] as $elem){ 14 if($elem[quot;_NAMEquot;]==quot;itemquot; && $i<$maxitens){ 15 $i++; 16 foreach($elem[quot;_ELEMENTSquot;] as $not){ 17 $$not[quot;_NAMEquot;] = $not[quot;_DATAquot;]; 18 } 19 if($tipo=='dl'){ 20 $ret .= $tabs.quot; <dt><a href='quot;.$link.quot;' target='_blank'>quot; 21 .htmlentities(utf8_decode($title)).quot;</a></dt>nquot;; 22 $ret .= $tabs.quot;<dd>quot;.htmlentities(utf8_decode($description)).quot;</dd>nquot;; 23 }else{ 24 $ret .= $tabs.quot;<li> 25 <a href='quot;.$link.quot;'target='_blank'>quot;. 26 htmlentities(utf8_decode($title)).quot; nquot;; 27 $ret .= $tabs.quot; 28 <span class='desc'> 29 quot;.htmlentities(utf8_decode($description)).quot; 30 </span> 31 </a></li>nquot;; 32 } 33 }else{ //pegando os outros meta dados 34 $metas[$elem[quot;_NAMEquot;]] = $elem[quot;_DATAquot;]; 35 } 36 } 37 $ret .= $tabs.quot;</$tipo>nquot;; 38 $ret .= $tabs.quot;<p>Fonte: <a href='quot;.$metas[quot;linkquot;].quot;' target='_blank' quot;; 39 $ret .= quot;title='quot;.htmlentities 40 (utf8_decode($metas[quot;copyrightquot;])).quot;'>quot;.$origem.quot;</a></p>nquot;; 41 //return $ret; 42
  • 42. Web 2.0 Estudo de caso  Participação  Formulário: estimular a participação e interação entre os avaliadores, que deixavam opiniões, sugestões e podiam visualizar os comentários dos demais.  Foi utilizada a biblioteca greybox. greybox
  • 43.
  • 44. Web 2.0 Estudo de caso  Avaliação  Enquete: permitir uma avaliação rápida, com opções definidas  Usada biblioteca Ajax Poller
  • 45. 01 // Insere novo voto na base de dados 02 03 if($optionId)mysql_query(quot;insert into poller_vote(optionID,ipAddress) 04 values('quot;.$optionId.quot;','quot;.getenv(quot;REMOTE_ADDRquot;).quot;')quot;); 05 06 //Retorna resultado como um XML 07 echo '<?xml version=quot;1.0quot; ?>'; 08 09 $res = mysql_query(quot;select ID,pollerTitle from 10 poller where ID='quot;.$pollId.quot;'quot;); 11 if($inf = mysql_fetch_array($res)){ 12 echo quot;<pollerTitle>quot;.$inf[quot;pollerTitlequot;].quot;</pollerTitle>nquot;; 13 14 $resOptions = mysql_query(quot;select ID,optionText from 15 poller_option where pollerID='quot;.$inf[quot;IDquot;].quot;' 16 order by pollerOrderquot;) or die(mysql_error()); 17 while($infOptions = mysql_fetch_array($resOptions)){ 18 echo quot;<option>nquot;; 19 echo quot;t<optionText>quot;.$infOptions[quot;optionTextquot;].quot;</optionText>nquot;; 20 echo quot;t<optionId>quot;.$infOptions[quot;IDquot;].quot;</optionId>nquot;; 21 22 $resVotes = mysql_query(quot;select count(ID) from 23 poller_vote where optionID='quot;.$infOptions[quot;IDquot;].quot;'quot;); 24 if($infVotes = mysql_fetch_array($resVotes)){ 25 echo quot;t<votes>quot;.$infVotes[quot;count(ID)quot;].quot;</votes>nquot;; 26 } 27 echo quot;</option>quot;; 28 } 29 } 30 exit;
  • 46. 01 this.createAJAX = function() { 02 try { 03 this.xmlhttp = new ActiveXObject(quot;Msxml2.XMLHTTPquot;); 04 } catch (e1) { 05 06 try { 07 this.xmlhttp = new 08ActiveXObject(quot;Microsoft.XMLHTTPquot;); 09 } catch (e2) { 10 this.xmlhttp = null; 11 } 12 } 13 if (! this.xmlhttp) { 14 if (typeof XMLHttpRequest != quot;undefinedquot;) { 15 this.xmlhttp = new XMLHttpRequest(); 16 } else { 17 this.failed = true; 18 } 19 } 20 };
  • 47. Web 2.0 Estudo de caso  Avaliação dos resultados  Protótipo não se tornou um serviço Web 2.0;  Objetivo era usar recursos Web 2.0;  Favoreceu a avaliação e sugestões;  Navegação mais simples e rápida;  Maior velocidade no carregamento das páginas;  Distribuição de conteúdo através de RSS (validada)
  • 48. Web 2.0 Estudo de caso Próximos passos  Disponibilizar projetos de alunos e departamentos, trabalhos de conclusão de curso;  Desenvolver maior interação entre os sites setoriais e o portal da UFJF;  Comunidade para incentivar discussões entre os alunos e professores;  Incentivar a avaliação e sugestão de eventos e atividades culturais;  Passar o conteúdo do portal todo para uma base de dados;  Desenvolver uma busca eficiente que atingisse, além do conteúdo do portal, outras instituições de ensino;  Permitir que o usuário fizesse pequenas modificações na visualização do portal - cor e disposição de elementos na página.
  • 49. Web 2.0 Conclusão O ponto principal da Web 2.0 é o envolvimento de pessoas no processo de desenvolvimento. Ocorreu uma migração para a Web social, voltada para a colaboração, participação e descentralização. Desta forma, a Web passou de uma ferramenta para uma plataforma, que dá suporte ao desenvolvimento de inúmeros serviços e integração dos mesmos.
  • 50. Web 2.0 Críticas à Web 2.0 Críticas Como você pode notar, as coisas que realmente dão valor a tal Web 2.0 já são valiosas há algum tempo. Já há algum tempo que isso tudo vem dando certo também. (FERREIRA, 2006) O comportamento do usuário é o mesmo??? A forma de gerar conteúdo não mudou?? A Web 2.0 não aconteceu de uma hora para a outra, logo após uma conferência, ou assim que foi escrito o artigo do O’REILLY (2005) sobre o assunto. Ela vem acontecendo, se transformando, num processo que acabou culminando na eliminação de alguns conceitos antigos e na adoção de outros conceitos que mostraram dar mais resultado quando se faz um projeto de internet. Ou seja, é óbvio que muito se não tudo que se tem dito que é Web 2.0 remete a projetos antigos de internet que deram certo. (ALVES JR, 2006)
  • 51. Web 2.0 Trabalhos Futuros  Web 3.0 ou Web semântica  Tecnologias para suportar densidade de dados  Formas de organizar e armazenar informações  Comunicação na Web  Formas de obter lucros  A posse dos dados
  • 52. Web 2.0 Referências Bibliográficas FERREIRA, E. Web 2.0 pé no chão. 2006. Disponível em: <http://www.imasters.com.br/artigo/4387/webstandards/web_20_pe_no_chao/>. Último acesso em: 28 jun. 2007. GARRET, J.J. Ajax: A New Approach to Web Applications. 2005. Disponível em: <http://www.adaptivepath.com/publications/essays/archives/000385.php>. Último acesso em: 15 jun. 2007. O’REILLY, T. What Is Web 2.0. 2005. Disponível em: <http://www.oreillynet.com/pub/a/oreilly/tim/news/2005/09/30/what-is-web- 20.html>. Último acesso em: 05 jul. 2007. WIKIPEDIA. API. 2007a. Disponível em: < http://pt.wikipedia.org/wiki/API>. Último acesso em: 26 jun. 2007. WIKIPEDIA. Web 2.0. 2007g. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Web_2.0>. Acesso em: 26 mar. 2006.
  • 53. Web 2.0 Perguntas? 