Prova 3_ano

1.509 visualizações

Publicada em

PROVA LINGUA PORTUGUESA

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.509
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Prova 3_ano

  1. 1. 1 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 3º ano – 21/10/2012 LÍNGUA PORTUGUESA Questões 01 a 20 Texto I O profissional que o mercado quer Débora Rubin Esqueça tudo o que você aprendeu sobre o mercado de trabalho. Estabilidade, benefícios, vestir a camisa da empresa, jornadas intermináveis, hierarquia, promoção, ser chefe. Ainda que tais conceitos estejam arraigados na cabeça do brasileiro (...) eles fazem parte de um pacote com cheiro de naftalina. O novo profissional, autônomo, colaborativo, versátil, empreendedor, conhecedor de suas próprias vontades e ultraconectado é o que o mercado começa a demandar. O modelo tradicional de trabalho que foi sonho de consumo de todo jovem egresso da faculdade nas últimas duas décadas está ficando para trás. (...) (...) Hoje, poucos recém-formados se veem fiéis a uma única empresa por toda a vida. Em grande parte das universidades de elite do país, os alunos sequer cogitam servir a um empregador. (...) Entre os brasileiros que seguem o modelo tradicional, a média de tempo em um emprego é de cinco anos, uma das menores do mundo, segundo o Departamento Intersindica l de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) (...). O ritmo dinâmico inclui mudanças de função, de empregador, e até de carreira. O cenário atual contribui. “Estamos migrando de um padrão previsível para um modelo no qual impera a instabilidade”, diz Márcio Pochmann, presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Quem apostar na estrutura antiga vai sair perdendo, segundo a professora Tânia Casado, da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo. Isso significa, inclusive, rever o significado de profissão. “O que passa a valer é o conceito de carreira sem fronteiras, ou seja, a sequência de experiências pessoais de trabalho que você vai desenvolver ao longo da sua vida”, define Tânia, uma das maiores especialistas em gestão de pessoas do País. Dentro desse novo ideal, vale somar cada vivência, inclusive serviços não remunerados, como os voluntários, e os feitos por puro prazer, como escrever um blog. (...) O novo profissional também tem que ter jogo de cintura para os novos arranjos trabalhistas. “A tendência é ter mais flexibilidade na remuneração, no tempo de duração da atividade, no conteúdo e no fuso e local de trabalho”, destaca Werner Eichhorst, diretor do Instituto de Estudos sobre o Trabalho de Bonn (IZA, sigla em alemão), na Alemanha. O home-office, prática de trabalhar em casa que começa a ganhar terreno, será a realidade de milhões de brasileiros nos próximos dez anos, sobretudo nas grandes cidades sufocadas pelo trânsito.(...) O desafio de lidar com esse novo perfil é tão grande que é o tema do Congresso Anual de Gestão de Pessoas (Conarh) deste ano, que será realizado em agosto. “Os profissionais, em especial os jovens, guiam suas carreiras por suas causas e valores”, diz Leyla Nascimento, presidente da ABRH, que organiza o evento. “Se percebem que seu empregador não compra a sua causa, ele simplesmente vai embora.” Outra insatisfação grande, segundo ela é não ser reconhecido, cobrado e valorizado, o que exige melhorias na comunicação e na forma como as lideranças atuam. Até mesmo o uso das redes sociais é visto como uma questão estratégica. “É uma realidade e não pode mais ser ignorada.” (...) Nesse cenário de mudanças aceleradas, a legislação trabalhista brasileira é um entrave. Criada em 1943 por Getúlio Vargas e alterada em poucos detalhes ao longo das últimas décadas, a essência da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) corresponde a um Brasil que já não existe. A rigidez da CLT, que impede, por exemplo, a opção de meio período para várias profissões, é o ponto mais criticado pelos especialistas. Um estudo realizado no ano passado pelo IZA, de Werner Eichhorst, em parceria com a USP, faz um comparativo entre os dois países e mostra que a possibilidade de os funcionários alemães negociarem seus salários diretamente com os empregadores, sem sindicatos nem governo no meio, ajudou a salvar 350 mil postos durante a crise de 2008. No Brasil, a pesquisa aponta a cultura de desconfiança entre as partes como fruto de uma lei extremamente paternalista. Resultado: dois milhões de casos julgados na Justiça do Trabalho a cada ano. Apesar do embaraço legal, o mercado trata de pressionar, na prática, por mudanças. www.istoe.com.br/30/03/2012 01. Considerando as ideias presentes no texto, assinale a alternativa CORRETA. a) A média de tempo de um brasileiro em um determinado emprego é a menor do mundo, segundo dados do Dieese. b) O dinamismo que envolve hoje o mercado de trabalho transcende as mudanças relacionadas a funções exercidas e a empresas. c) O fato gerador da prática de se trabalhar em casa é um trânsito caótico e congestionado. d) Com a nova dinâmica de trabalho que corrobora o modelo tradicional, o mercado torna-se instável, situação não contemplada na legislação brasileira que não corresponde às novas realidades trabalhistas.
  2. 2. 2 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 3º ano – 21/10/2012 02. A partir das informações do texto, analise os itens seguintes. I. No atual paradigma de mercado de trabalho, profissão se reveste de um novo conceito que rompe com a ideia de carreira sem fronteiras, no sentido de considerar todas as experiências de trabalho que uma pessoa desenvolve ao longo de sua vida. II. "Carreiras sem fronteiras" significa especificamente experiências pessoais de trabalho desenvolvidas por um indivíduo ao longo da vida de seu empregador, incluindo serviços voluntários ou hobbys. III. A atuação das lideranças no reconhecimento e valorização do trabalho dos profissionais sob a sua alçada é um fator dispensável no novo modelo trabalhista, uma vez que os recém-formados buscam sobretudo uma autorrealização profissional. IV. Autonomia, versatilidade, empreendendorismo, colaboração são algumas das atitudes que se prescindem em um profissional pronto para atender as novas demandas trabalhistas. Estão FALSAS. a) I e II. b) I, II e III. c) I, III e IV. d) Todas. 03. Com base no que está exposto no texto, assinale a alternativa CORRETA. a) Muitos são os novos profissionais que mantêm uma relação empregatícia de infidelidade aos seus empregadores, no sentido de que são capazes de apostar em outras oportunidades que respondam mais eficazmente aos novos conceitos e valores do mundo do trabalho. b) O mercado de trabalho se fechou completamente para os profissionais que não se adéquam aos novos paradigmas, cuja tendência é a flexibilidade na remuneração, no período de duração da atividade trabalhista, no conteúdo e no fuso e local de trabalho, conforme afirma Werner Eichhorst, diretor do IZA. c) Está claro no texto que o reconhecimento financeiro é o último fator a ser considerado pelos novos profissionais que estão mais interessados em guiar suas carreiras por suas causas e valores. d) O novo modelo trabalhista exige que os profissionais sejam ultraconectados, isso significa especificamente se comunicar através das redes sociais. 04. Com relação aos aspectos gramaticais do texto, assinale a alternativa CORRETA. a) O termo ”a” nas duas ocorrências em “Hoje, poucos recém-formados se veem fiéis a uma única empresa por toda a vida” (segundo parágrafo) pertence à mesma classe gramatical. b) “Ainda que tais conceitos estejam arraigados na cabeça do brasileiro (...) eles fazem parte de um pacote com cheiro de naftalina” (primeiro parágrafo). A palavra brasileiro, no contexto, exerce a função de adjetivo. c) “O ritmo dinâmico inclui mudanças de função, de empregador, e até de carreira” (segundo parágrafo). No período há um verbo no presente do indicativo. d) Na frase “Se percebem que seu empregador não compra a sua causa, ele simplesmente vai embora” (quinto parágrafo), o pronome “se” refere-se ao termo anteriormente expresso “profissionais”. Texto II Leia o cartum. Disponível em: <taquaraonline.blogspot.com>. Acesso em 12 jul. 2012. [Adaptado]
  3. 3. 3 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 3º ano – 21/10/2012 05. O cartum traz uma reflexão bem humorada a respeito de qual desafio da saúde brasileira? a) A falta de conhecimento da população em geral acerca de determinadas especialidades médicas. b) A necessidade de valorização financeira dos profissionais da área de saúde. c) A desproporcionalidade na distribuição dos profissionais da área médica em relação à população de determinadas regiões do país. d) A dificuldade de entendimento dos termos específicos da linguagem médica pelos pacientes. Texto para as questões 06 e 07. Texto III O trabalho Tal como a chuva caída Fecunda a terra, no estio, Para fecundar a vida O trabalho se inventou. Feliz quem pode, orgulhoso, Dizer: “Nunca fui vadio: E, se hoje sou venturoso, Devo ao trabalho o que sou!” É preciso, desde a infância, Ir preparando o futuro; Para chegar à abundância, É preciso trabalhar. Não nasce a planta perfeita, Não nasce o fruto maduro; E, para ter a colheita, É preciso semear... Vocabulário: • Fecundar: fertilizar, desenvolver, conceber. • Estio: verão. • Semear: lançar sementes, tornar fértil. • Venturoso: feliz. BILAC, Olavo. Poesias Infantis. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1929. 06. No texto, a partir da comparação entre a chuva e o trabalho, na primeira estrofe, o eu lírico apresenta o trabalho como algo a) natural b) estéril c) desnecessário d) produtivo 07. Observa-se, no texto, o uso recorrente da preposição para. No contexto, ela introduz uma ideia de a) indefinição b) concessão c) finalidade d) inversão Texto IV O que você vai ser quando crescer? Lembra que sempre nos perguntavam isto quando éramos criança? Você ainda lembra da resposta que você costumava dar? Você lembra por que você queria seguir aquela profissão?
  4. 4. 4 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 3º ano – 21/10/2012 Provavelmente a maioria de nós não seguiu exatamente a profissão que imagina quando criança, mas muitos conseguiram realizar seu “sonho” de profissão. Quando digo “sonho” de profissão me refiro à motivação original da profissão que você “escolheu” quando criança: alguns queriam ajudar as pessoas, por isto queriam ser médicos; outros queriam ajudar os animais e por isto diziam querer ser veterinários. Havia ainda os que queria ser ricos e diziam que trabalhariam em um banco. Com o amadurecimento, muitos profissionais descobriram que podiam realizar seus “sonhos” profissionais mesmo sem seguir a profissão idealizada na infância e que outros caminhos levavam à mesma realização. Mas importante é realizar este sonho. Conversa de consultor? Parece texto de auto-ajuda? Pode até ser, mas os profissionais mais realizados são aqueles que geralmente apresentam melhor performance e destacam-se mais em suas áreas de atuação. Se isto já não bastasse, fica uma constatação matemática: passamos a maior parte do tempo no ambiente profissional. Então nada mais lógico do que trabalhar em alguma coisa que nos traga realização. Eu disse realização. E realização não quer dizer que o trabalho é fácil, que necessariamente seja o que melhor remunera ou no qual você tenha a menor jornada de trabalho. É como se cada etapa da sua trajetória profissional fosse um capítulo de uma grande história que você chamará de carreira depois de alguns anos. E realização é quando esta história é bacana e você sente orgulho dela (às vezes até inspira outras pessoas!!). Como os seus capítulos estão sendo escritos? Já parou para pensar nisto? E não vale dizer que não dá mais tempo e que você fez tudo errado no passado. Se você precisa mudar, lembre-se de que é mais importante a direção da mudança do que a velocidade dela (citando Edson Marques). Quando você pensa em uma profissão não se prenda a ideia fixa de necessariamente trabalhar para uma empresa, de segunda à sexta, com carteira assinada com um chefe a quem responder. Não que isto seja ruim, apenas não é o único caminho. Nunca vivenciamos tantas mudanças simultâneas e tantas novas necessidades no atual mercado globalizado. Parece uma frase pronta, mas se pararmos para pensar “o mundo está ao contrário e ninguém reparou”. QUE VOCÊ VAI SER... Disponível em: “http://vocesa.abril.com.br/blog/marcelo-cuellar>. Acesso em: 9 fev. 2011. (Adaptado) 08. O texto tem como propósito a) discutir as diversas profissões no mercado de trabalho. b) apontar as profissões mais rentáveis. c) motivar o leitor a desistir das profissões sonhadas na infância. d) despertar, no leitor, a possibilidade de realização dos sonhos da infância, mesmo na fase adulta. 09. A alternativa em que o destaque constitui uma forma verbal que exprime uma ação hipotética é: a) “Lembra que sempre nos perguntavam isso quando éramos criança?” b) “quando criança: alguns queriam ajudar as pessoas” c) “Com o amadurecimento, muitos profissionais descobriram que podiam realizar seus ‘sonhos’ profissionais” d) “Se isso já não bastasse, fica uma constatação matemática” 10. Assinale a alternativa que apresenta verbo no imperativo: a) “Lembra que sempre nos perguntavam isso quando éramos criança?” b) “Se você precisa mudar, lembre-se de que é mais importante a direção da mudança do que a velocidade dela.” c) “Nunca vivenciamos tantas mudanças simultâneas e tantas novas necessidades no atual mercado globalizado.” d) “Já parou para pensar nisso?” 11. Assinale a alternativa em que NÃO ocorre nenhuma palavra pertencente à classe dos pronomes. a) “Mas importante é realizar esse sonho.” b) “Você ainda se lembra da resposta que você costumava dar?” c) “E realização não quer dizer que o trabalho é fácil.” d) “Como os seus capítulos estão sendo escritos?” Texto V LAVADO, Joaquim Salvador Lavado (QUINO). Toda Mafalda. São Paulo: Martins Fontes, 2000. s/p.
  5. 5. 5 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 3º ano – 21/10/2012 12. A tira tem como finalidade destacar a) a escolha profissional que as crianças fazem bem antes de se tornarem adultos. b) a certeza do sucesso profissional que as crianças imaginam durante a infância. c) as diferentes escolhas profissionais das crianças na atualidade. d) a distância entre o sonho e a sua concretização. 13. Identifique com V ou F, conforme sejam as alternativas verdadeiras ou falsas. ( ) A palavra “decidido” é o particípio passado do verbo decidir exercendo função adjetiva. ( ) Em “Vou ser engenheiro” tem a mesma significação contextual que “serei um grande engenheiro”. ( ) A pessoa gramatical expressa na forma verbal “tens” é a 2ª pessoa do plural. ( ) O termo “grande”, se deslocado para depois da palavra engenheiro, não altera o sentido da frase. A alternativa CORRETA, considerando-se a sequência de cima para baixo é: a) F, V, F, F b) V, V, F, F c) V, V, F, V d) V, F, F, F Texto VI De volta ao mercado de trabalho RIO – A busca do emprego é difícil para todos, mas pode ser ainda mais desafiadora para quem esteve afastado do mercado de trabalho. São muitos os casos de pessoas que, mesmo qualificadas, encontram dificuldade para encontrar um novo trabalho. São aposentados que precisam retornar para complementar a renda familiar, mulheres que voltam a trabalhar após a separação ou depois de os filhos crescerem e chegar à idade escolar ou funcionários que, depois de trabalhar anos na mesma empresa, sem se preocupar com reciclagem profissional, foram demitidos. Celso Georgief, headhunter* da Agnis Recursos Humanos, destaca que o profissional que ficou afastado certamente não perdeu suas habilidades, conhecimentos e, principalmente, a vontade de trabalhar. Mas é claro que ele vai precisar entender novamente o mercado e, principalmente, o momento em que se encontra para poder encarar os desafios. Superintendente de RH da Personal Service, Marcus Gaspar ressalta que, num mercado carente de profissionais qualificados, as empresas definitivamente passam a considerar aqueles que por algum motivo estavam afastados do mercado. Isso não significa um processo em que as organizações estejam reduzindo suas exigências: — Este realmente é um bom momento para voltar a se integrar no mercado de trabalho e disputar as oportunidades crescentes deste novo Brasil. Mas, para isso, é fundamental estar sempre se atualizando e aprimorando competências exigidas. Para os consultores de RH, é importante ser humilde e esquecer um pouco do cargo que tinha antes, principalmente se ocupava uma posição de alto grau hierárquico, para não perder boas oportunidades. Afinal, o profissional está recomeçando: — Um pouco de humildade é importante, pois, no início, o profissional poderá ter que "dar um passo para trás" para poder recomeçar em bases sólidas — ressalta Georgief. Os especialistas afirmam que vontade, disciplina e comprometimento são os pilares dessa nova etapa, em que o profissional terá que percorrer um caminho que tende a não ser tão tranquilo assim: — A concorrência é grande e quem está no mercado via de regra está atualizado. Ou seja, um passo à frente de quem está tentando retomar uma carreira, completa Georgief. Gaspar ressalta que as competências comportamentais referentes à forma como fazemos as coisas são hoje muito avaliadas e valorizadas pelas empresas: — Capacidade de análise, liderança, relacionamento interpessoal e tudo aquilo que interfere em nosso modelo mental é fundamental para se permitir ousar. São essas as competências que fazem a diferença e podem empolgar o futuro empregador. * Headhunter (caça-talentos): é uma pessoa ou um grupo de pessoas ou empresas especializadas na procura de profissionais talentosos. Disponível em: <http://www.oglobo.globo.com/economia/boachance/mat/2011/06/22/de-volta-ao-mercado-de-trabalho- 924744208.asp#ixzz1XGwNPjxZ>. Acesso em: 07set. 2011. Adaptado. 14. Segundo o texto, a busca pelo emprego pode ser a) fácil para quem acabou de se formar. b) mais complicada para quem se afastou do mercado. c) mais complicada para recém-formados. d) igualmente desafiadora para todos.
  6. 6. 6 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 3º ano – 21/10/2012 15. O trecho abaixo foi extraído do 1o parágrafo do texto. “São aposentados que precisam retornar para complementar a renda familiar, mulheres que voltam a trabalhar após a separação ou depois de os filhos crescerem e chegar à idade escolar ou funcionários que, depois de trabalhar anos na mesma empresa, sem se preocupar com reciclagem profissional, foram demitidos.” No contexto em que se encontra, o trecho apresenta a função de a) causalidade b) conclusão c) proporção d) caracterização Texto VII MERCADO exigente. Disponível em: <http://www.charege-o-matic.blogger.com.br/2005_05_01_archive.html> 16. A charge a) critica a atitude excludente das classes mais privilegiadas. b) evidencia a segregação e o desemprego, frutos da desigualdade social. c) denuncia, ironicamente, o desemprego, que atinge até as pessoas qualificadas profissionalmente. d) desdenha o discurso demagogo das classes privilegiadas com relação à falta de inserção social. Texto VIII (Folha de S. Paulo, 24.04.2014) 17. De acordo com o texto, os dois macacos preferiam o antigo funcionário porque ele a) desrespeitava as regras determinadas. b) fizera dois cursos superiores. c) os alimentava, ao contrário do que faz o novo. d) não sabia que as placas eram para o público.
  7. 7. 7 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 3º ano – 21/10/2012 18. Observe as inversões de termos em expressões do texto: I. O novo funcionário / O funcionário novo II. Era melhor o analfabeto / Era o melhor analfabeto III. que não lia as placas / que as placas não lia Houve alteração de sentido com a inversão feita em a) I, apenas. b) I e II, apenas. c) I e III, apenas. d) II e III, apenas. 19. Assinale a alternativa INCORRETA. a) “novo” e “bela” pertencem à mesma classe gramatical, a dos adjetivos. b) “droga” e “analfabeto” pertencem à classe dos substantivos. c) “melhor”, nas duas ocorrências, pertence à mesma classe gramatical. d) na placa, usou-se o verbo no imperativo negativo. Texto IX GALHARDO, Caio. Batente. Disponível em:< http://benettoncomunicacao.blogspot.com/2011/07/charge-do-dia_25.html>. Acesso em: 23 mar. 2012. 20. A tira em destaque aborda a) a dependência tecnológica do profissional contemporâneo. b) uma crise conjugal diante do desequilíbrio emocional de uma das personagens. c) uma comunicação não estabelecida entre os interlocutores por causa da falta do celular. d) a angústia de um profissional devido à opressão de instituições que exigem um comportamento exemplar.
  8. 8. 8 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 3º ano – 21/10/2012 MATEMÁTICA Questões 21 a 40 21. Uma metalúrgica produz parafusos para móveis de madeira em três tipos, denominados soft, escareado e sextavado, que são vendidos em caixas grandes, com 2000 parafusos e pequenas, com 900, cada caixa contendo parafusos dos três tipos. A tabela 1, a seguir, fornece a quantidade de parafusos de cada tipo contida em cada caixa, grande ou pequena. A tabela 2 fornece a quantidade de caixas de cada tipo produzida em cada mês do primeiro trimestre de um ano. TABELA 1 Parafusos/caixa Pequena Grande Soft 200 500 Escareado 400 800 Sextavado 300 700 TABELA 2 Caixas/mês JAN FEV MAR Pequena 1500 2200 1300 Grande 1200 1500 1800 Associando as matrizes 200 500 1500 2200 1300 A 400 800 e B 1200 1500 1800 300 700     = =        às tabelas 1 e 2, respectivamente, o produto AxB fornece a) o número de caixas fabricadas no trimestre. b) a produção do trimestre de um tipo de parafuso, em cada coluna. c) a produção mensal de cada tipo de parafuso. d) a produção total de parafusos por caixa. 22. Se 1 2 kC ,C ,...,C representam k cidades que compõem uma malha aérea, a matriz de adjacência associada à malha é a matriz A definida da seguinte maneira: o elemento na linha i e na coluna j de A é igual ao número 1 se existe exatamente um voo direto da cidade C, para a cidade 1C , caso contrário, esse elemento é igual ao número 0. Uma propriedade importante do produto com n n fatores A AA...A, n IN,= ∈14243 é a seguinte: o elemento na linha i e na coluna j da matriz A dá o número de voos com exatamente n 1− escalas da cidade iC para a cidade jC . Considere a malha aérea composta por quatro cidades, 1 2 3 4C ,C ,C e C , cuja matriz de adjacência é 0 1 1 1 1 0 1 1 A . 1 1 0 0 1 1 0 0      =       Os números de voos com uma única escala de 3C para 1C , de 3C para 2C e de 3C para 4C são, respectivamente, iguais a a) 0, 0 e 1. b) 1, 1 e 0. c) 1, 1 e 2. d) 1, 2 e 2.
  9. 9. 9 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 3º ano – 21/10/2012 23. Dada a matriz 2 3 A 1 2 −  =  −  e definindo-se A0 = I, A1 = A e AK = A⋅ A⋅ A⋅ …⋅ A, com k fatores, onde I é uma matriz identidade de ordem 2, k ∈ IN e k ≥ 2, a matriz A15 será dada por: a) I. b) A. c) A2 . d) A3 . 24. Inovando na forma de atender aos clientes, um restaurante serve alimentos utilizando pratos de três cores diferentes: verde, amarelo e branco. Os pratos da mesma cor custam o mesmo valor. Na mesa A, foram consumidos os alimentos de 3 pratos verdes, de 2 amarelos e de 4 brancos, totalizando um gasto de R$ 88,00. Na mesa B, foram consumidos os alimentos de 2 pratos verdes e de 5 brancos, totalizando um gasto de R$ 64,00. Na mesa C, foram consumidos os alimentos de 4 pratos verdes e de 1 amarelo, totalizando um gasto de R$ 58,00. Comparando o valor do prato branco com o valor dos outros pratos, verifica-se que esse valor é a) 80% do valor do prato amarelo. b) 75% do valor do prato amarelo. c) 50% do valor do prato verde. d) maior que o valor do prato verde. 25. Com a proximidade do final do ano, uma papelaria quis antecipar as promoções de material didático para o ano letivo de 2012. Foram colocados em promoção caneta, caderno e lápis. As três ofertas eram: 1ª) 5 canetas, 4 cadernos e 10 lápis por R$ 62,00; 2ª) 3 canetas, 5 cadernos e 3 lápis por R$ 66,00; 3ª) 2 canetas, 3 cadernos e 7 lápis por R$ 44,00. Para comparar os preços unitários dessa papelaria com outras do comércio, o Sr. Ricardo calculou os preços de uma caneta, um caderno e um lápis. A soma desses preços é: a) R$ 20,00 b) R$ 18,00 c) R$ 16,00 d) R$ 14,00 26. Os seis números naturais positivos marcados nas faces de um dado são tais que: I. Não existem faces com números repetidos; II. A soma dos números em faces opostas é sempre 20; III. Existem 4 faces com números ímpares e 2 faces com números pares. O total de conjuntos distintos com os seis números que podem compor as faces de um dado como o descrito é a) 20. b) 28. c) 38. d) 40. 27. Para evitar que João acesse sites não recomendados na Internet, sua mãe quer colocar uma senha no computador formada apenas por m letras A e também m letras B (sendo m par). Tal senha, quando lida da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda, não deverá se alterar (Ex.: ABBA) Com essas características, o número máximo de senhas distintas que ela poderá criar para depois escolher uma é igual a a) ( )2m ! m! m! b) 2 m! m m ! ! 2 2                 
  10. 10. 10 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 3º ano – 21/10/2012 c) ( )2m ! m 3m ! ! 2 2             d) m! m m ! ! 2 2             28. Numa eleição municipal com três candidatos (A, B e C) a prefeito, uma agência de propaganda contratada pelo candidato A aplicou uma pesquisa sobre as intenções de voto em uma amostra dos moradores daquele município. O resultado da pesquisa apontou que a probabilidade de A vencer é metade da probabilidade de B vencer e que a probabilidade de C vencer é a soma da probabilidade de A vencer com a probabilidade de B vencer. Portanto, qual é, aproximadamente, a probabilidade de A vencer, em porcentagem? a) 16,7. b) 50. c) 33,4. d) 25. 29. Para se ter ideia do perfil dos candidatos ao curso de Odontologia em um vestibular, 600 estudantes candidatos a esse curso foram selecionados ao acaso e entrevistados, sendo que, entre esses, 260 eram homens. Descobriu-se que 140 desses homens e 100 das mulheres entrevistadas já estavam cursando o ensino superior em outra instituição. Se um dos 600 estudantes entrevistados for selecionado ao acaso, a probabilidade de ele ser uma mulher que, no momento da entrevista, não estava cursando o ensino superior é igual a a) 0,12 b) 0,57 c) 0,40 d) 0,70 30. A Gestão Ambiental visa ao uso de práticas que garantem a conservação e a preservação da biodiversidade, a reciclagem das matérias-primas e a redução do impacto ambiental das atividades humanas sobre os recursos naturais. Consciente da importância de reaproveitar sobras de madeira, uma serraria que trabalha apenas com madeira de reflorestamento resolveu calcular a sobra de madeira na confecção de peças cilíndricas. Para confeccionar uma peça cilíndrica, a serraria faz os cortes adequados em um prisma quadrangular de arestas da base 5 cm e altura 0,8 m e obtém um cilindro de 5 cm de diâmetro e 0,8 m de altura. A sobra de madeira na fabricação de mil destas peças é, em cm3 (utilize π = 3,14), a seguinte: a) 4,3 x 10-5 . b) 430. c) 4,3 x 105 . d) 1 570. 31. Observe os discos de raios 2 e 4, tangentes entre si e às semirretas s e t, representados na figura abaixo. A distância entre os pontos P e Q é a) 9. b) 10. c) 11. d) 12.
  11. 11. 11 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 3º ano – 21/10/2012 32. Seja a matriz identidade de ordem três 1 0 0 I 0 1 0 0 0 1    =      A a matriz 0 0 1 0 1 0 . 1 0 0          Considere a equação polinomial na variável real x dada por det(A xI) 0− = em que o símbolo det(A xI)− indica o determinante da matriz A xI .− O produto das raízes da equação polinomial é: a) 3 b) 2 c) 1 d) -1 33. Em certa cidade litorânea, verificou-se que a altura da água do mar em um certo ponto era dada por   = +     x f(x) 4 3cos 6 π em que x representa o número de horas decorridas a partir de zero hora de determinado dia, e a altura f(x) é medida em metros. Em que instantes, entre 0 e 12 horas, a maré atingiu a altura de 2,5 m naquele dia? a) 5 e 9 horas b) 7 e 12 horas c) 4 e 8 horas d) 3 e 7 horas 34. Considerando o sistema 5x 3y 4z 3 15x 9y 8z 6 20x 12y 16z 12 + + =  + + =  + + = analise as afirmativas abaixo e conclua qual opção é a verdadeira. a) O sistema é impossível. b) O sistema é possível e indeterminado. c) O sistema é possível e determinado. d) O sistema admite como solução única x = 4, y = 8, z = -11 35. Dois faraós do antigo Egito mandaram construir seus túmulos, ambos na forma de pirâmides quadrangulares regulares, num mesmo terreno plano, com os centros de suas bases distando 120 m. As duas pirâmides têm o mesmo volume, mas a área da base de uma delas é o dobro da área da base da outra. Se a pirâmide mais alta tem 100 m de altura, então a distância entre os vértices das duas pirâmides, em metros, é igual a a) 100. b) 120. c) 130. d) 150. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Os sólidos de revolução são gerados pela rotação completa de uma figura plana em torno de um eixo. Por exemplo, rotacionando um quadrado em torno de um eixo que passa por um de seus lados obtemos um cilindro circular reto, como mostra a figura.
  12. 12. 12 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 3º ano – 21/10/2012 36. Considere o sólido gerado pela rotação completa do triângulo acutângulo ABC, de área S, em torno de um eixo que passa pelo lado BC, que tem comprimento .l O volume desse sólido é igual a a) 2 4 S . 3 π l b) 2 2 S . 3 π l c) 4 S . 3 π l d) 2 S . 3 π l 37. Um vidro de perfume tem a forma e as medidas indicadas na figura abaixo e sua embalagem tem a forma de um paralelepípedo cujas dimensões internas são as mínimas necessárias para contê-lo. Pode-se afirmar que o volume da embalagem não ocupado pelo vidro de perfume vale aproximadamente: a) 142 cm3 b) 154 cm3 c) 168 cm3 d) 176 cm3 38. O símbolo n k       indica a combinação de n objetos k a k. O valor de 2 2 x y− quando 20 k 20 k 0 20 3x 4 k 4 =    = ⋅ ⋅      ∑ e 20 k 20 k 0 20 2y 5 k 5 =    = ⋅ ⋅       ∑ é igual a:
  13. 13. 13 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 3º ano – 21/10/2012 a) 0. b) - 1. c) - 5. d) - 25. 39. As aranhas são notáveis geômetras, já que suas teias revelam variadas relações geométricas. No desenho, a aranha construiu sua teia de maneira que essa é formada por hexágonos regulares igualmente espaçados. Qual é a menor distância que a aranha deve percorrer ao longo da teia para alcançar o infeliz inseto? a) 8 cm b) 10 cm c) 8 2 cm d) 10 3 cm 40. Um joalheiro resolveu presentear uma amiga com uma jóia exclusiva. Para isto, imaginou um pingente, com o formato de um octaedro regular, contendo uma pérola inscrita, com o formato de uma esfera de raio r, conforme representado na figura a seguir. Se a aresta do octaedro regular tem 2 cm de comprimento, o volume da pérola, em cm3 , é: a) ( 2) 3 π b) 8 3 π c) 8 ( 2) 9 π d) 8 ( 6) 27 π

×