SIMULADO UNIFICADO ESCOLA CORNÉLIA. 8º ANO. DOCUMENTO PÚBLICO.

1.131 visualizações

Publicada em

ESCOLA CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA
SIMULADO UNIFICADO.
DIVULGAÇÃO DE AVALIAÇÕES PARA CONHECIMENTO PÚBLICO E PARA OS INTERESSADOS EM FAZER E TESTAR OS CONHECIMENTOS.
TAKE THE PEACE WHERE IT WILL BE.
LEVE A PAZ ONDE FOR
Antônio Fernandes Neto.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.131
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SIMULADO UNIFICADO ESCOLA CORNÉLIA. 8º ANO. DOCUMENTO PÚBLICO.

  1. 1. ESCOLA CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA SIMULADO UNIFICADO NOME:_____________________________nº____SÉRIE 8º EF TURMA:____NOTA:______ Orientações para fazer o Simulado. 1. Preencha o cabeçalho com seu nome, série, turma e número da chamada. 2. Leia a questões mais de uma vez, não será permitida rasura. 3. Marque apenas um alternativa, caso marque duas ou mais a questão será anulada. 4. Só marque mais de uma alternativa quando a questão assim pedir que faça. 5. Faça o simulado com calma, pois ele é avaliação deste bimestre. 6. Marque o gabarito sem cometer rasuras. MATEMÁTICA. PROFESSORA JANE FORTES. QUESTÃO 1) Para o jogo entre Goiás e Atlético Goianiense, a torcida encomendou a uma loja de esportes 1200 camisas. As camisas vieram distribuídas igualmente em 40 caixas. Com isso, podemos afirmar que cada caixa tinha? (A) 30 camisas. (B) 116 camisas. (C) 120 camisas. (D) 124 camisas. QUESTÃO 2) Para fazer um bolo, Alessandra gastou R$ 26,50. Ela vendeu o bolo por R$ 37,50. Ela teve um lucro de: A) R$ 64,00. B) R$ 11,95. C) R$ 11,00. D) R$ 10,95. QUESTÃO 3) Resolver problema envolvendo relações entre diferentes unidades de medida. Uma pista de cooper tem a forma retangular mostrada na figura a seguir. Sabendo que o perímetro é a soma das medidas dos lados de uma figura, após 01 volta, a distância percorrida será de: A) 700 000 mm. B) 7 000 000 mm. C) 70 000 000 mm. D) 700 000 000 mm. QUESTÃO 4) Resolver problema envolvendo relações entre diferentes unidades de medida. Ao converter 3,2 metros em decímetros a resposta obtida será A) 0,32 dm. B) 3,2 dm. C) 32 dm. D) 320 dm. QUESTÃO 5) Identificar relação entre quadriláteros, por meio de suas propriedades. Observe as afirmações a seguir. I –A soma de dois ângulos consecutivos é de 180°. II –As diagonais cortam-se no ponto médio. III –Os lados opostos são congruentes. IV –Os ângulos opostos são congruentes. As afirmações acima se referem a um : A) paralelogramo. B) triângulo. C) trapézio. D) pentágono.
  2. 2. LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSORAS: FABIANA e CARLA Leia o texto e responda a questão: 6 O HOMEM QUE ENTROU PELO CANO Abriu a torneira e entrou pelo cano. A princípio incomodava-o a estreiteza do tubo. Depois se acostumou. E, com a água, foi seguindo. Andou quilômetros. Aqui e ali ouvia barulhos familiares. Vez ou outra, um desvio, era uma secção que terminava em torneira. Vários dias foi rodando, até que tudo se tornou monótono. O cano por dentro não era interessante. No primeiro desvio, entrou. Vozes de mulher. Uma criança brincava. Ficou na torneira, à espera que abrissem. Então, percebeu que as engrenagens giravam e caiu numa pia. À sua volta era um branco imenso, uma água límpida. E a cara da menina aparecia redonda e grande, a olhá-lo interessada. Ela gritou: “Mamãe, tem um homem dentro da pia”. Não obteve resposta. Esperou, tudo quieto. A menina se cansou, abriu o tampão e ele desceu pelo esgoto. (Brandão, Ignácio de Loyola. Cadeiras Proibidas. SP: 1988.) QUESTÃO 6) O homem desviou-se de sua trajetória porque: a- Ouviu muitos barulhos familiares. b- Já estava “viajando” há dias. c- Ficou desinteressado pela viagem d- Percebeu que havia uma torneira. Leia o texto e responda a questão: 7 APOSTA NA PREVENÇÃO A prevenção da obesidade deve ser feita desde o nascimento e uma das ferramentas mais eficazes é a amamentação. “Bebês amamentados no peito têm menos chances de se tornarem adultos gordos porque, no esforço de sugar o seio, desenvolvem a percepção da saciedade, ou seja, sentem que a fome acaba e param de mamar”, afirma o médico pediatra Fábio Ancona Lopez. Já o leite oferecido na mamadeira, além de chegar à boca com mais facilidade, o que faz o bebê receber mais alimento do que necessita, costuma ser muito calórico, principalmente se for engrossado com farinhas e adoçado. Para saber se o bebê caminha para ser um adulto com peso normal ou um obeso, basta ficar de olho na balança. De acordo com o padrão internacional de pediatria, no primeiro ano de vida é normal que ele triplique o peso que tinha ao nascer. A partir do segundo aniversário e até a adolescência, a criança pode ganhar em média de 2 a 3 quilos, por ano. Revista Crescer, ago. 2001. QUESTÃO 7) A tese defendida neste texto é a de que: a- A amamentação no peito previne a obesidade. b- Os bebês percebem que estão saciados. c- As mamadeiras fazem os bebês comerem mais. d- Os alimentos muito calóricos engordam os bebês. Leia o texto e responda a questão: 8 FEIAS, SUJAS E IMBATÍVEIS As baratas estão na Terra há mais de 200 milhões de anos, sobrevivem tanto no deserto como nos pólos e podem ficar até 30 dias sem comer. Vai encarar? Férias, sol e praia são alguns dos bons motivos para comemorar a chegada do verão e achar que essa é a melhor estação do ano. E realmente seria, se não fosse por um único detalhe: as baratas. Assim como nós, elas também ficam bem animadas com o calor. Aproveitam a aceleração de seus processos bioquímicos para se reproduzirem mais rápido e, claro, para passearem livremente por todos os cômodos de nossas casas. Nessa época do ano, as chances de dar de cara com a visitante indesejada, ao acordar durante a noite para beber água ou ir ao banheiro, são três vezes maiores. Revista Galileu. Rio de Janeiro. N. 151 QUESTÃO 8) A expressão “vai encarar” é marca de linguagem: a- Científica b- Formal c- Informal d- Regional Leia o texto e responda a questão: 9 A CIÊNCIA É MASCULINA? Attico Chassot O autor procura mostrar que a ciência não é feminina. Um dos maiores exemplos que se pode dar dessa situação é o prêmio Nobel, em que apenas 11 mulheres de ciências foram laureadas em 202 anos de premiação. O livro apresenta duas hipóteses, uma histórica e outra biológica, para a possível superação do machismo em frase como a de Hipócrates (460-400 a.C), considerado o pai da medicina, que escreveu: “A língua é a última coisa que morre em uma mulher”. Revista Galileu, Fev, 2004. QUESTÃO 9) A expressão “dessa situação” refere-se ao fato de: a- A língua ser a última coisa que morre em uma mulher. b- A premiação possuir 202 anos. c- A ciência não ser feminina. d- O pai da medicina ser Hipócrates. Leia o texto e responda a questão: 10 Todos os dias um pescador, passeando pela beira do mar, encontrava estrelas-do-mar encalhadas na areia e as devolvia ao mar, salvando-lhes a vida. Um dia um outro pescador perguntou-lhe: - Companheiro, de que adianta fazer isso, se há muitas outras estrelas-do-mar encalhadas, muito mais do que você pode salvar? E o bondoso pescador, apontando para uma estrela-do-mar que estava prestes a devolver ao oceano, disse: - Pelo menos para esta, amigo, adianta... QUESTÃO 10) Quem narra esta história é: a- A estrela-domar b- O companheiro do pescador c- O bondoso pescador d- Alguém que não participa da história
  3. 3. Leia o texto e responda a questão: 11 1- Leia o texto abaixo. Belo Horizonte, junho de 2011 Caros alunos, pais e/ou responsáveis No nosso país, o Folclore é uma cultura viva, passada de geração em geração de várias formas. A Festa Junina é um exemplo disso, pois, com a prática de acender a fogueira, montar barraquinhas, fazer comidas típicas, dançar quadrilha, cultiva-se nos mais jovens o interesse pelo conhecimento dessa manifestação cultural brasileira e se resgata, nos mais velhos, momentos de recordação e satisfação vividos. Por esses motivos, convidamos vocês e seus familiares para a nossa animada festa junina. O ingresso? Um verdadeiro ato de cidadania. Vamos arrecadar material escolar para ser doado a instituições carentes. Venham também experimentar caldos deliciosos, salgados, doces, churrasquinhos, canjica, pipoca, algodão doce e participar da gincana, quadrilha, forró, um grande show e muito mais! Vocês não podem perder! Contamos com sua presença e de toda a sua família. Data: 25 de junho de 2011, sábado. Horários: Das 9h às 14h (Ed. Infantil e Ens. Fund. I) Das 16h às 20h (Ens. Fund. II e Ens. Médio) Local: Colégio Cidade Jardim (Entrada pela Educação Infantil) Atenciosamente, Diretora QUESTÃO 11) Com relação ao gênero, o texto deve ser caracterizado como a) uma carta. b) um convite. c) uma carta-convite. d) um comunicado. e) um ofício. Leia o texto abaixo e responda às questões 12, 13 e 14 A melhor amiga do homem Devemos muito à vaca. Mas há quem a veja como inimiga. A vaca, aqui referida como a parte pelo todo bovino, é acusada de contribuir para a degradação do ambiente e para o aquecimento global. Cientistas atribuem ao 1,4 bilhão de cabeças de gado existentes no mundo quase metade das emissões de metano, um dos gases causadores do efeito estufa. Acusam-se as chifrudas de beber água demais e ocupar um espaço precioso para a agricultura. O truísmo inconveniente é que homem e vaca são unha e carne. [...] Imaginar o mundo sem vacas é como desejar um planeta livre dos homens – uma ideia, aliás, vista com simpatia por ambientalistas menos esperançosos quanto à nossa espécie. “Alterar radicalmente o papel dos bovinos no nosso cotidiano, subtraindo-lhes a importância econômica, pode levá-los à extinção e colocar em jogo um recurso que está na base da construção da humanidade e, por que não, de seu futuro”, diz o veterinário José Fernando Garcia, da Universidade Estadual Paulista em Araçatuba. [...] A vaca tem um papel econômico crucial até onde é considerada animal sagrado. Na Índia, metade da energia doméstica vem da queima de esterco. O líder indiano Mahatma Gandhi (1869-1948), que, como todo hindu, não comia carne bovina, escreveu: “A mãe vaca, depois de morta, é tão útil quanto viva”. Nos Estados Unidos, as bases da superpotência foram estabelecidas quando a conquista do Oeste foi dada por encerrada, em 1890, fazendo surgir nas Grandes Planícies americanas o maior rebanho bovino do mundo de então. “Esse estoque permitiu que a carne se tornasse, no século seguinte, uma fonte de proteína para as massas, principalmente na forma de hambúrguer”, escreveu Florian Werner. [...] Comer um bom bife é uma aspiração natural e cultural. Ou seja, nem que a vaca tussa a humanidade deixará de ser onívora. SCHELP, Diogo. Revista Veja. p. 90-91, 17 jun. 2009. Fragmento. QUESTÃO 12) De acordo com o autor desse texto, a) a agricultura é mais preciosa do que a pecuária. b) a dependência entre o homem e a vaca é real. c) a importância econômica da vaca é unanimidade. d) o ser humano gosta de comer um bom bife. e) os EUA hoje possuem o maior rebanho bovino. QUESTÃO 13) O autor usa a parte pelo todo para se referir à vaca em: a) “Acusam-se as chifrudas...”. b) “...homem e vaca são unha e carne”. c) “...o papel dos bovinos...”. d) “...animal sagrado.”. e) “...nem que a vaca tussa...”. QUESTÃO 14) No trecho, “Ou seja, nem que a vaca tussa a humanidade deixará de ser onívora.” a expressão destacada tem o sentido de um fato a) absurdo. b) admissível. c) estimado. d) impossível. e) possível.
  4. 4. ARTES PROFESSORA ALICE Sobre o universo das histórias em quadrinhos, responda as questões abaixo. Marque um X na alternativa CORRETA. QUESTÃO 15) A Charge e o Cartoon fazem parte do mundo dos quadrinhos. Qual a principal diferença entre eles: a) Não existe diferença, os dois são a mesma coisa b) A charge é engraçada, mas o cartoon não é c) Os dois geralmente são engraçados, mas a charge faz parte de um contexto que o leitor precisa conhecer pra entender. Já o cartoon é universal d) O Cartoon faz parte de um contexto que o leitor precisa conhecer pra entender. Já a Charge é universal QUESTÃO 16) Um gibi precisa de uma equipe de profissionais para ser montado. São eles: a) Autor, desenhista e ilustrador b) Desenhista, ilustrador e montador c) autor, roteirista, desenhista e diagramador d) Diagramador, autor e montador QUESTÃO 17) No roteiro, é importante conter: a) cena, desenho e cor b) cena, fala e efeito c) fala, cor e efeito d) cor, cena e fala QUESTÃO 18) Um quadrinho no jornal, contendo uma sátira aos canditatos à presidência da república nessas eleições, é considerado charge ou cartoon? porque? a) Charge, pois para entender precisamos saber quem são os candidatos. b) Cartoon, pois deve ser engraçado c) Cartoon, pois só no Brasil os candidatos são conhecidos d) Charge, pois está no jornal HISTÓRIA PROFESSORA CRISTIANE Leia a charge abaixo para responder à questão 19 (CBC-MG) Levando em consideração a charge abaixo: QUESTÃO 19) Podemos entender que a Revolução Industrial, no fim do século XVIII: a) trouxe novas formas de produção que existem até hoje da mesma forma. b) trouxe poucas mudanças nas estruturas de trabalho, principalmente, para a produção atual. c) trouxe poucas mudanças nas formas de produção que estiveram em constantes transformações. d) trouxe novas formas de produção, da qual somente algumas características mudaram até a atualidade. Leia um trecho da “Declaração dos direitos do homem e do cidadão”, para responder às questões 20 e 21 “Artigo l. Os homens nascem e permanecem livres e iguais em direitos. As distinções sociais não podem ser fundamentadas senão sobre a utilidade comum.[...] Artigo 4. A liberdade consiste em poder fazer tudo aquilo que não prejudique a outrem; assim sendo, o exercício dos direitos naturais de cada homem não tem outros limites senão os que assegurem aos demais membros da sociedade o gozo desses direitos. Tais limites não podem ser determinados senão pela lei.[...] Artigo 12. A garantia dos direitos do homem e do cidadão necessita de uma força pública; por conseguinte, esta força fica instituída para o benefício de todos, e não para a utilidade particular daqueles a quem ela for confiada.”Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão - 26 de agosto de 1789 QUESTÃO 20) Os três artigos acima foram feitos a partir dos acontecimentos que culminaram na: a) Revolução Industrial. b) Revolução Inglesa. c) Revolução Americana. d) Revolução Francesa. QUESTÃO 21) A construção da “Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão” foi pautada sobre o pensamento Iluminista, que tem como base: a) o pensamento racional como base da estruturação e das ações do homem no mundo. b) o pensamento monárquico como regime político essencial para a ação política. c) o pensamento renascentista, tido como o renascimento do pensamento da Antiguidade. d) o pensamento absolutista, que tinha por objetivo a separação por estados na sociedade.
  5. 5. Leia o trecho abaixo, para responder às questões 22 e 23 “(...) Estimativas autorizadas indicam que a população colonial de procedência européia chegou a decuplicar durante o século em que foi mais intenso o trabalho das lavras. Essa imigração, quase toda espontânea, serviu para povoar uma vastíssima região arredada do litoral, e que de outra maneira ficaria sem dúvida abandonada e talvez perdida para os portugueses, afeitos tradicionalmente à colonização costeira. O descobrimento das jazidas do extremo oeste e a fundação ali de núcleos urbanos e fortalezas, em resultado desses achados, dará como fruto a silhueta geográfica do Brasil atual. "HOLANDA, Sérgio Buarque de (org.). A época colonial, tomo I, vol. II: administração, economia, sociedade. In História geral da civilização brasileira. RJ: Bertrand Brasil, 2001, p. 310. QUESTÃO 22) Levando em consideração o período do Ciclo do Ouro, a “região arredada do litoral”, da qual se refere o texto, é a região: a) ao norte do Brasil. b) a oeste da colônia. c) a sul do país. d) costeira do Brasil. QUESTÃO 23) O descobrimento de minas de ouro fez com que: a) um número grande de colonos se voltassem ao litoral brasileiro. b) o território se tornasse abandonada e perdida para os portugueses. c) aparecesse a silhueta geográfica do Brasil atual. d) acontecesse a fundação de núcleos urbanos e fortalezas. CIÊNCIAS PROFESSORA ELISÂNGELA QUESTÃO 24) Existem animais que podem ser transmissores de doenças como a Dengue, Febre Amarela e Malária. Assinale a alternativa que traz o nome do grupo ao qual pertencem os organismos citados: a) mamíferos. b) equinodermos. c) anelídeos. d) insetos. e) vertebrados. QUESTÃO 25) ) A cada ano é observado o aumento do número de casos de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) na população brasileira. Assinale a alternativa que apresenta nomes de DSTs: a) Aids e Herpes. b) Gonorréia e paralisia infantil c) Herpes e varíola. d) Caxumba e Catapora. e) Catapora e sarampo. QUESTÃO 26) Para evitar e diminuir o número de casos de DSTs podemos adotar medidas de proteção entre as quais podemos citar: a) o compartilhamento de agulhas e seringas. b) o uso de camisinha durante as relações sexuais. c) a realização de transfusão de sangue com material contaminado. d) o aumento do número de parceiros sexuais. e) a prática de relação sexual sem o uso de preservativo. QUESTÃO 27) Os métodos contraceptivos são usados por pessoas das mais variadas idades. O objetivo do método contraceptivo é: a) evitar a gravidez não planejada. b) dar força ao organismo. c) impedir a relação sexual. d) regular a temperatura corporal. e) provocar sono. QUESTÃO 28) Atualmente existem várias formas de contracepção. São exemplos de métodos anticoncepcionais: a) as ultrassonografias. b) o DIU e a vasectomia. c) os hemogramas. d) as radiografias. e) os exames de urina. ENSINO RELIGIOSO PROFESSOR AUGUSTO Leia o texto abaixo para responder às questões 29, 30, 31 e 32 Liberdade Deve existir nos homens um sentimento profundo que corresponde a essa palavra LIBERDADE, pois sobre ela se têm escrito poemas e hinos, a ela se têm levantado estátuas e monumentos, por ela se tem até morrido com alegria e felicidade.
  6. 6. Diz-se que o homem nasceu livre, que a liberdade de cada um acaba onde começa a liberdade de outrem; que onde não há liberdade não há pátria; que a morte é preferível à falta de liberdade; que renunciar à liberdade é renunciar à própria condição humana; que a liberdade é o maior bem do mundo; que a liberdade é o oposto à fatalidade e à escravidão; nossos bisavós gritavam "Liberdade, Igualdade e Fraternidade! "; nossos avós cantaram: "Ou ficar a Pátria livre/ ou morrer pelo Brasil!"; nossos pais pediam: "Liberdade! Liberdade!/ abre as asas sobre nós", e nós recordamos todos os dias que "o sol da liberdade em raios fúlgidos/ brilhou no céu da Pátria..." em certo instante. Somos, pois, criaturas nutridas de liberdade há muito tempo, com disposições de cantá-la, amá-la, combater e certamente morrer por ela. Ser livre como diria o famoso conselheiro... é não ser escravo; é agir segundo a nossa cabeça e o nosso coração, mesmo tendo de partir esse coração e essa cabeça para encontrar um caminho... Enfim, ser livre é ser responsável, é repudiar a condição de autômato e de teleguiado é proclamar o triunfo luminoso do espírito. (Suponho que seja isso.) Ser livre é ir mais além: é buscar outro espaço, outras dimensões, é ampliar a órbita da vida. É não estar acorrentado. É não viver obrigatoriamente entre quatro paredes. Por isso, os meninos atiram pedras e soltam papagaios. A pedra inocentemente vai até onde o sonho das crianças deseja ir. (As vezes, é certo, quebra alguma coisa, no seu percurso...) Os papagaios vão pelos ares até onde os meninos de outrora (muito de outrora!...) não acreditavam que se pudesse chegar tão simplesmente, com um fio de linha e um pouco de vento! Acontece, porém, que um menino, para empinar um papagaio, esqueceu-se da fatalidade dos fios elétricos e perdeu a vida. E os loucos que sonharam sair de seus pavilhões, usando a fórmula do incêndio para chegarem à liberdade, morreram queimados, com o mapa da Liberdade nas mãos! São essas coisas tristes que contornam sombriamente aquele sentimento luminoso da LIBERDADE. Para alcançá-la estamos todos os dias expostos à morte. E os tímidos preferem ficar onde estão, preferem mesmo prender melhor suas correntes e não pensar em assunto tão ingrato. Mas os sonhadores vão para a frente, soltando seus papagaios, morrendo nos seus incêndios, como as crianças e os loucos. E cantando aqueles hinos, que falam de asas, de raios fúlgidos linguagem de seus antepassados, estranha linguagem humana, nestes andaimes dos construtores de Babel... (MEIRELES, Cecília. Escolha o seu sonho:crônicas Editora Record Rio de Janeiro, 2002, pág. 07.) QUESTÃO 29) O texto afirma que: (A) a escravidão depende das escolhas das pessoas. (B) a liberdade de um acaba onde começa a liberdade de outrem. (C) as criaturas combatem a liberdade com entusiasmo juvenil. (D) os sentimentos sombrios deslumbram a liberdade. QUESTÃO 30) O resultado de ser livre é: (A) ampliar a órbita da vida. (B) cantar a liberdade como nossos avós. (C) viver sem sonhar. (D) viver sem qualquer obrigação. QUESTÃO 31) A liberdade é tão fundamental ao homem que: (A) certamente se prefere a morte à liberdade. (B) com liberdade tudo se consegue na vida. (C) onde não há liberdade não há pátria. (D) sem liberdade não se constrói coisa alguma. QUESTÃO 32) Em “Ser livre é ser responsável, é repudiar a condição de autômato e de teleguiado (...) "os termos destacados se referem a pessoas que: (A) comportam-se de forma imprevisível. (B) desobedecem às regras e às convenções. (C) fazem só o que os outros lhes determinam. (D) sabem muito bem o que devem realizar. LÍNGUA INGLESA PROFESSOR RICARDO Leia o texto e responda às questões de 32 a 36 QUESTÃO 33) Where was the passenger going? a) Dallas b) Houston c) American d )Traveler
  7. 7. QUESTÃO 34) Que meio de transporte o passageiro usou? a) trem b) ônibus c) avião d) metrô QUESTÃO 35) What was the passenger’s name? a) John Q. Traveler b) Dallas/ Fort W. DFW c) Houston HOU d) American Airlines QUESTÃO 36) Em que data a viagem foi feita? a) 22 de setembro b) 13 de agosto c) 15 de setembro d ) 22 de agosto GEOGRAFIA PROFESSORA ELIANA Leia o trecho abaixo e responda à questão 36 Em diversas partes do planeta existem nações reivindicando a formação de um território (Estado próprio), pois elas habitam países onde a nação predominante é outra. Esses grupos, compostos por indivíduos que apresentam características históricas, religiosas, culturais, valores sociais, entre outros elementos em comum, solicitam a criação de um Estado-Nação que será definido e delimitado por e a partir de relações de poder, sendo estabelecida uma unidade administrativa autônoma e reconhecida pela comunidade internacional. Alguns exemplos de nações nessa situação: Palestinos: Essa grande nação é composta por mais de sete milhões de pessoas que estão situadas no Oriente Médio. A Organização para Libertação da Palestina (OLP) é o principal grupo na busca pela criação de um Estado próprio. Tibetanos: Os tibetanos ocupam o centro-leste do continente asiático, um território dominado pelo governo chinês, que oprime de forma violenta o movimento de autonomia dessa nação. Bascos: A nação basca, formada por mais de 2,3 milhões de indivíduos, ocupa uma área na porção norte da Espanha e no sul da França. Esse grupo apresenta cultura própria, com destaque para a língua (euskara) e a religião: católicos romanos. QUESTÃO 37) De acordo com o trecho, é correto afirmar que: (a) Nação corresponde a um conjunto de leis e regras que são responsáveis pela organização política de um território. (b) Nação se refere a um conjunto de pessoas que possuem características físicas e biológicas em comum. (c) Nação é um conceito que se refere a um povo que possui memória histórica e cultural em comum. (d) Nação diz respeito a um conjunto de pessoas que vivem em um mesmo território, independente de ter ou não história em comum. . QUESTÃO 38) Observe o fragmento da notícia: “O Distrito Federal é a única unidade federativa do Brasil onde a população tem um nível médio de riqueza comparável a um país rico. Seu PIB per capita foi de US$ 34.500 em 2011, muito próximo ao da França, de US$ 34.900. Em todas as demais 26, o indicador é próximo ao de nações emergentes ou pobres. O Piauí, Estado com o PIB per capita mais baixo (US$ 4.300), nesse quesito é comparável à República Popular do Congo (US$ 4.500) (...)”. Fonte: www.uol.com.br, acesso em 28/03/2014. De acordo com o que estudamos PIB per capita (a) é o produto interno bruto (PIB), dividido pela quantidade de habitantes de um país. (b) é o que cada habitante de um país gasta durante um ano. (c) corresponde a expectativa de vida da população de um país. (d) é a capacidade de um povo de consumo durante um mês, levando em conta seu poder de compra. QUESTÃO 39) Há cada vez mais gente centenária, mas poucos vivem além disso– assim, a expectativa de vida, mesmo nos países mais ricos, permanece na casa dos dois dígitos. Havia 53.364 pessoas centenárias nos Estados Unidos em abril de 2010.Estima-se que em 2050 haverá 601.000 pessoas nesta faixa etária naquele país. No Brasil, registrou-se em 2010 a presença de 23.760 pessoas na casa dos 100 anos de idade. Fontes: Agência de Referência Populacional (EUA); IBGE. national geographic brasil,edição no 140, pág. 33/11/2011. De acordo com os dados, é correto afirmar, quanto à expectativa de vida no mundo, que (a) Há um progressivo aumento nas taxas de mortalidade de idosos no mundo, incluindo os que vivem nos países desenvolvidos. (b) Países como os Estados Unidos apresentam elevada expectativa de vida e projeções futuras de aumento do percentual de centenários . (c) No mundo contemporâneo, os altos índices de expectativa de vida são uma característica sócio demográfica restrita a um grupo de países ricos. (d) Há um declínio da expectativa de vida nos países ricos e em desenvolvimento em função dos efeitos perversos da atual crise econômica mundial. QUESTÃO 40) Usamos o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) para identificar a situação socioeconômica de diferentes lugares. Para o cálculo do IDH utilizamos três indicadores diferentes; um que mede a saúde, um que mede a educação e outro que mede a renda. Faça a conexão entre eles e depois marque a alternativa correta. (1) Saúde ( ) número de anos que permanece na escola (2) Educação ( ) PIB – Produto Interno Bruto. (3) Renda ( ) Expectativa de Vida. (a) 1, 2 e 3 (b) 3, 2 e 1 (c) 2, 3 e 1 (d) 2, 2 e 1

×