SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Como pedir isenção de taxa de
inscrição em concursos públicos?
Você sabia que a isenção em concurso público é prevista em lei? Saiba
mais sobre as possibilidades e regras para conseguir sua isenção e fique
de olho nos editais!
Um dos itens mais questionados na hora de realizar um concurso é o valor da taxa
de inscrição. Para tanto, muitas pessoas recorrem à chamada isenção. As condições
exigidas para a isenção total ou parcial da taxa de inscrição nos concursos públicos
podem variar bastante. Cada entidade –União, estados, municípios e Distrito Federal-
deve estabelecer as regras em seus concursos, por meio de lei. Salvo exceções, todas
costumam levar em conta a situação financeira do candidato.
A isenção em concurso público é prevista em lei de acordo com o artigo 37, inciso I da
Constituição, que determina o amplo acesso aos cargos públicos. Ela ocorre porque o
concurso público precisa ser democrático. Sendo assim, é preciso garantir o acesso de
todas as pessoas, sem privilégios e/ou restrições.
Concursos federais
O governo federal oferece isenção total do pagamento da taxa de inscrição em todos os
concursos que promove. A iniciativa saiu do papel em 2008 quando o presidente Luís
Inácio Lula da Silva assinou o decreto 6.593/2007 que regulamentou a lei 8.112, de 11 de
novembro de 1990, que determina a isenção do pagamento da taxa à população carente.
Por população carente, entenda-se quem possui renda familiar per capita (por pessoa) de
até meio salário mínimo, ou renda familiar mensal de até três salários mínimos. A isenção
passou a valer para os concursos e processos seletivos simplificados para órgãos,
autarquias e fundações do poder executivo federal.
É preciso estar inscrito no Cadastro Único (Cad-Único) para programas sociais do
governo federal para obter a isenção. O cadastro é uma base de dados do Ministério do
Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), cujo objetivo é gerenciar os
programas sociais do governo federal, como o Bolsa-Família e o Brasil Alfabetizado,
realizado em parceria com o MEC (Ministério da Educação).
Com o número do NIS (Número de Inclusão Social) nas mãos, o candidato deverá seguir
as regras definidas pela organizadora do concurso. O candidato deve ficar atento porque
o período para pedidos de isenção costuma ser de poucos dias no início da fase de
inscrições, ou ainda, antes mesmo de seu início. Cabe à organizadora informar no edital
os prazos para divulgação do resultado, período para recursos, e para aqueles que
tiveram seus pedidos indeferidos optarem pelo pagamento da taxa.
Concursos estaduais e municipais
Nos estados, os critérios variam. A isenção acontece, desde de comprovação de renda
até doação regular de sangue, como é o caso do estado de São Paulo. Também lei
estadual 12.782/2007 de São Paulo, é determinada a redução da taxa em todos os
concursos públicos e processos seletivos realizados no âmbito de qualquer dos poderes
do estado, para candidatos que sejam estudantes do ensino fundamental, médio,
superior, pós-graduação ou de curso pré-vestibular e que tenham renda mensal inferior a
dois salários mínimos ou estejam desempregados. A redução pode variar entre 50% e
100%. Caso o valor não seja fixado no edital, a redução será de 75%.
No Rio de Janeiro, a isenção do pagamento da taxa de inscrição está definida no artigo
72, dos Atos das Disposições Transitórias da Constituição do Estado, e do artigo 3º,
parágrafo único, da Lei 2.913, de 30.03.98: o candidato deverá comprovar renda familiar
de até 300 UFIR-RJ (R$ 640,56 em fevereiro de 2011).
A lei estadual 13.392/99, de Minas Gerais, concede isenção aos candidatos
comprovadamente desempregados.
No âmbito dos concursos municipais, cada município pode criar também as regras para
concessão de isenção em seus concursos, que deverão estar amparadas em lei e
informadas expressamente nos editais.
Existe isenção para desempregados?
Quem já ficou desempregado sabe que a busca pela recolocação no mercado de
trabalho pode exigir um alto investimento financeiro: da contratação de uma agência de
empregos, passando pelo jornal até a condução para as entrevistas. Isso para não falar
do aluguel, do supermercado, da água e da luz. Diante desse quadro, o senador Paulo
Paim (PT-RS) apresentou o Projeto de Emenda Constitucional (PEC) 19/2008, que
pretende oferecer a isenção a candidatos desempregados em todos os concursos
federais.
O projeto já foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado no
mês de junho e agora segue para votação no plenário após o recesso das férias de julho.
Por se tratar de uma PEC, há necessidade de votação em dois turnos na casa, com
quórum mínimo de três quintos dos senadores, ou seja, 49 votos para ser aprovada. A
segunda fase acontece na Câmara dos Deputados, onde o processo será semelhante: a
PEC terá que ser aprovada na CCJ.
Afinal, como pedir isenção?
Caberá ao edital de cada concurso detalhar a forma de comprovação dos requisitos
necessários à obtenção da isenção/redução do pagamento da taxa.
Em todos os casos, é importante estar atento aos prazos para solicitar a isenção, porque
os mesmos costumam ser bastante reduzidos e vencem logo no início do período
regulamentar para inscrição no concurso.
A leitura completa e minuciosa do Edital é o primeiro passo para que o candidato se
familiarize com as regras do concurso.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

0571 13 folha redao enem critrios-2014
0571 13 folha redao enem  critrios-20140571 13 folha redao enem  critrios-2014
0571 13 folha redao enem critrios-2014
Mirceya Lima
 
modelos - folhas de redação
modelos - folhas de redaçãomodelos - folhas de redação
modelos - folhas de redação
Ligia Amaral
 

Destaque (17)

MORADORES DA RUA MAQUINISTA JOÃO MENDES SOFREM PELO DESCASO E DESRESPEITO DA ...
MORADORES DA RUA MAQUINISTA JOÃO MENDES SOFREM PELO DESCASO E DESRESPEITO DA ...MORADORES DA RUA MAQUINISTA JOÃO MENDES SOFREM PELO DESCASO E DESRESPEITO DA ...
MORADORES DA RUA MAQUINISTA JOÃO MENDES SOFREM PELO DESCASO E DESRESPEITO DA ...
 
cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.
cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.
cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.
 
Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)
Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)
Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)
 
MENSAGEM AOS CURSISTA DO PACTO NACIONAL ENSINO MÉDIO. COORDENADORA PROF. ELIS...
MENSAGEM AOS CURSISTA DO PACTO NACIONAL ENSINO MÉDIO. COORDENADORA PROF. ELIS...MENSAGEM AOS CURSISTA DO PACTO NACIONAL ENSINO MÉDIO. COORDENADORA PROF. ELIS...
MENSAGEM AOS CURSISTA DO PACTO NACIONAL ENSINO MÉDIO. COORDENADORA PROF. ELIS...
 
ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...
ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...
ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...
 
CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...
CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...
CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...
 
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
 
LISTA FINAL DO CONCURSO DA EDUCAÇÃO. HABILITADOS E ELIMINADOS POR ÁREA DE CON...
LISTA FINAL DO CONCURSO DA EDUCAÇÃO. HABILITADOS E ELIMINADOS POR ÁREA DE CON...LISTA FINAL DO CONCURSO DA EDUCAÇÃO. HABILITADOS E ELIMINADOS POR ÁREA DE CON...
LISTA FINAL DO CONCURSO DA EDUCAÇÃO. HABILITADOS E ELIMINADOS POR ÁREA DE CON...
 
PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016
PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016
PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016
 
PARA EX-EFETIVADOS DA LEI 100, UMA QUESTÃO DE DIREITOS DE CADA UM.
PARA EX-EFETIVADOS DA LEI 100, UMA QUESTÃO DE DIREITOS DE CADA UM.PARA EX-EFETIVADOS DA LEI 100, UMA QUESTÃO DE DIREITOS DE CADA UM.
PARA EX-EFETIVADOS DA LEI 100, UMA QUESTÃO DE DIREITOS DE CADA UM.
 
LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014
LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014
LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014
 
CURSO TÉCNICO PARA SECRETÁRIO ESCOLAR.
CURSO TÉCNICO PARA SECRETÁRIO ESCOLAR. CURSO TÉCNICO PARA SECRETÁRIO ESCOLAR.
CURSO TÉCNICO PARA SECRETÁRIO ESCOLAR.
 
Documentos que devem ser apresentados no ato da designação
Documentos que devem ser apresentados no ato da designaçãoDocumentos que devem ser apresentados no ato da designação
Documentos que devem ser apresentados no ato da designação
 
Resolução SEE-MG 3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...
Resolução SEE-MG  3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...Resolução SEE-MG  3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...
Resolução SEE-MG 3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...
 
0571 13 folha redao enem critrios-2014
0571 13 folha redao enem  critrios-20140571 13 folha redao enem  critrios-2014
0571 13 folha redao enem critrios-2014
 
modelos - folhas de redação
modelos - folhas de redaçãomodelos - folhas de redação
modelos - folhas de redação
 
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
 

Semelhante a Como pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicos

Publicacao câmara municipal sg
Publicacao câmara municipal sgPublicacao câmara municipal sg
Publicacao câmara municipal sg
Sandro Oliveira
 
Edital copasa0152014
Edital copasa0152014Edital copasa0152014
Edital copasa0152014
Mário Campos
 
Boletim sintunifesp[1]
Boletim  sintunifesp[1]Boletim  sintunifesp[1]
Boletim sintunifesp[1]
COTAG
 
Edital de abertura (n 15.2013 propep ufal) retificado em 02.07.2013
Edital de abertura (n 15.2013 propep ufal) retificado em 02.07.2013Edital de abertura (n 15.2013 propep ufal) retificado em 02.07.2013
Edital de abertura (n 15.2013 propep ufal) retificado em 02.07.2013
Francilania Fontes
 
Ebserh 03-2013-edital
Ebserh 03-2013-editalEbserh 03-2013-edital
Ebserh 03-2013-edital
Bia zinha
 
Sindaspmg promocao-por-escolaridade-adicional
Sindaspmg promocao-por-escolaridade-adicionalSindaspmg promocao-por-escolaridade-adicional
Sindaspmg promocao-por-escolaridade-adicional
torquato13
 

Semelhante a Como pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicos (20)

Publicacao câmara municipal sg
Publicacao câmara municipal sgPublicacao câmara municipal sg
Publicacao câmara municipal sg
 
Concurso público p r e f e i t u r am u n i c i p a l d e l u t é c i a
Concurso público p r e f e i t u r am u n i c i p a l d e l u t é c i aConcurso público p r e f e i t u r am u n i c i p a l d e l u t é c i a
Concurso público p r e f e i t u r am u n i c i p a l d e l u t é c i a
 
Processo seletivo p r e f e i t u r a m u n i c i p a l d e l u t é c i a
Processo seletivo p r e f e i t u r a m u n i c i p a l d e l u t é c i aProcesso seletivo p r e f e i t u r a m u n i c i p a l d e l u t é c i a
Processo seletivo p r e f e i t u r a m u n i c i p a l d e l u t é c i a
 
Boletim cntv 27 11 19
Boletim cntv 27 11 19Boletim cntv 27 11 19
Boletim cntv 27 11 19
 
Edital ebserh ufpel área-médica 2015
Edital ebserh ufpel área-médica 2015Edital ebserh ufpel área-médica 2015
Edital ebserh ufpel área-médica 2015
 
Edital copasa0152014
Edital copasa0152014Edital copasa0152014
Edital copasa0152014
 
Edital ebserh
Edital ebserhEdital ebserh
Edital ebserh
 
EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO nº. 02/2017
EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO nº. 02/2017 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO nº. 02/2017
EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO nº. 02/2017
 
Trentin 2013
Trentin 2013Trentin 2013
Trentin 2013
 
Prefeitura Municipal de Itapira abre 15 vagas no concurso público
Prefeitura Municipal de Itapira abre 15 vagas no concurso públicoPrefeitura Municipal de Itapira abre 15 vagas no concurso público
Prefeitura Municipal de Itapira abre 15 vagas no concurso público
 
Boletim sintunifesp[1]
Boletim  sintunifesp[1]Boletim  sintunifesp[1]
Boletim sintunifesp[1]
 
Edital de abertura (n 15.2013 propep ufal) retificado em 02.07.2013
Edital de abertura (n 15.2013 propep ufal) retificado em 02.07.2013Edital de abertura (n 15.2013 propep ufal) retificado em 02.07.2013
Edital de abertura (n 15.2013 propep ufal) retificado em 02.07.2013
 
Edital2016 r1
Edital2016 r1Edital2016 r1
Edital2016 r1
 
Ebserh 03-2013-edital
Ebserh 03-2013-editalEbserh 03-2013-edital
Ebserh 03-2013-edital
 
Nacional2015 edital04
Nacional2015 edital04Nacional2015 edital04
Nacional2015 edital04
 
Edital ufpel área administrativa ebserh 2015
Edital ufpel área administrativa ebserh 2015 Edital ufpel área administrativa ebserh 2015
Edital ufpel área administrativa ebserh 2015
 
Edital saude familia
Edital saude familiaEdital saude familia
Edital saude familia
 
Jornal do sintuperj nº 24
Jornal do sintuperj nº 24Jornal do sintuperj nº 24
Jornal do sintuperj nº 24
 
Cálculos trabalhistas e Lei de Estágio
Cálculos trabalhistas e Lei de EstágioCálculos trabalhistas e Lei de Estágio
Cálculos trabalhistas e Lei de Estágio
 
Sindaspmg promocao-por-escolaridade-adicional
Sindaspmg promocao-por-escolaridade-adicionalSindaspmg promocao-por-escolaridade-adicional
Sindaspmg promocao-por-escolaridade-adicional
 

Mais de Antônio Fernandes

Mais de Antônio Fernandes (15)

A CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATO
A CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATOA CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATO
A CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATO
 
JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...
JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...
JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...
 
EXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNERO
EXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNEROEXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNERO
EXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNERO
 
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETOAULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
 
Resolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-r
Resolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-rResolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-r
Resolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-r
 
PGE EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017
PGE EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017PGE EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017
PGE EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017
 
PASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR DIGITAL
PASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR  DIGITALPASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR  DIGITAL
PASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR DIGITAL
 
PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016
PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016
PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016
 
LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS 2011
LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS  2011LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS  2011
LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS 2011
 
MORADORES DA RUA MAQUINISTA JOÃO MENDES SOFREM PELO DESCASO E DESRESPEITO DA ...
MORADORES DA RUA MAQUINISTA JOÃO MENDES SOFREM PELO DESCASO E DESRESPEITO DA ...MORADORES DA RUA MAQUINISTA JOÃO MENDES SOFREM PELO DESCASO E DESRESPEITO DA ...
MORADORES DA RUA MAQUINISTA JOÃO MENDES SOFREM PELO DESCASO E DESRESPEITO DA ...
 
PROJETO DESAFIOS PARA UM MUNDO MELHOR.
PROJETO DESAFIOS PARA UM MUNDO MELHOR.PROJETO DESAFIOS PARA UM MUNDO MELHOR.
PROJETO DESAFIOS PARA UM MUNDO MELHOR.
 
Justificativa para adequação projeto da obra de reforma e ampliação escola C...
Justificativa para adequação projeto  da obra de reforma e ampliação escola C...Justificativa para adequação projeto  da obra de reforma e ampliação escola C...
Justificativa para adequação projeto da obra de reforma e ampliação escola C...
 
RESOLUÇÃO Nº 2741 SOBRE A ORGANIZAÇÃODO QUADRO DE PESSOAL DAS ESCOLAS ESTADUA...
RESOLUÇÃO Nº 2741 SOBRE A ORGANIZAÇÃODO QUADRO DE PESSOAL DAS ESCOLAS ESTADUA...RESOLUÇÃO Nº 2741 SOBRE A ORGANIZAÇÃODO QUADRO DE PESSOAL DAS ESCOLAS ESTADUA...
RESOLUÇÃO Nº 2741 SOBRE A ORGANIZAÇÃODO QUADRO DE PESSOAL DAS ESCOLAS ESTADUA...
 
RESOLUÇÃO Nº 2741 SOBRE A ORGANIZAÇÃODO QUADRO DE PESSOAL DAS ESCOLAS ESTADUA...
RESOLUÇÃO Nº 2741 SOBRE A ORGANIZAÇÃODO QUADRO DE PESSOAL DAS ESCOLAS ESTADUA...RESOLUÇÃO Nº 2741 SOBRE A ORGANIZAÇÃODO QUADRO DE PESSOAL DAS ESCOLAS ESTADUA...
RESOLUÇÃO Nº 2741 SOBRE A ORGANIZAÇÃODO QUADRO DE PESSOAL DAS ESCOLAS ESTADUA...
 
Cbc anos iniciais
Cbc   anos iniciaisCbc   anos iniciais
Cbc anos iniciais
 

Último

4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 

Último (20)

Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 

Como pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicos

  • 1. Como pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicos? Você sabia que a isenção em concurso público é prevista em lei? Saiba mais sobre as possibilidades e regras para conseguir sua isenção e fique de olho nos editais! Um dos itens mais questionados na hora de realizar um concurso é o valor da taxa de inscrição. Para tanto, muitas pessoas recorrem à chamada isenção. As condições exigidas para a isenção total ou parcial da taxa de inscrição nos concursos públicos podem variar bastante. Cada entidade –União, estados, municípios e Distrito Federal- deve estabelecer as regras em seus concursos, por meio de lei. Salvo exceções, todas costumam levar em conta a situação financeira do candidato. A isenção em concurso público é prevista em lei de acordo com o artigo 37, inciso I da Constituição, que determina o amplo acesso aos cargos públicos. Ela ocorre porque o concurso público precisa ser democrático. Sendo assim, é preciso garantir o acesso de todas as pessoas, sem privilégios e/ou restrições. Concursos federais O governo federal oferece isenção total do pagamento da taxa de inscrição em todos os concursos que promove. A iniciativa saiu do papel em 2008 quando o presidente Luís Inácio Lula da Silva assinou o decreto 6.593/2007 que regulamentou a lei 8.112, de 11 de novembro de 1990, que determina a isenção do pagamento da taxa à população carente. Por população carente, entenda-se quem possui renda familiar per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo, ou renda familiar mensal de até três salários mínimos. A isenção passou a valer para os concursos e processos seletivos simplificados para órgãos, autarquias e fundações do poder executivo federal. É preciso estar inscrito no Cadastro Único (Cad-Único) para programas sociais do governo federal para obter a isenção. O cadastro é uma base de dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), cujo objetivo é gerenciar os programas sociais do governo federal, como o Bolsa-Família e o Brasil Alfabetizado, realizado em parceria com o MEC (Ministério da Educação). Com o número do NIS (Número de Inclusão Social) nas mãos, o candidato deverá seguir as regras definidas pela organizadora do concurso. O candidato deve ficar atento porque o período para pedidos de isenção costuma ser de poucos dias no início da fase de inscrições, ou ainda, antes mesmo de seu início. Cabe à organizadora informar no edital os prazos para divulgação do resultado, período para recursos, e para aqueles que tiveram seus pedidos indeferidos optarem pelo pagamento da taxa. Concursos estaduais e municipais Nos estados, os critérios variam. A isenção acontece, desde de comprovação de renda até doação regular de sangue, como é o caso do estado de São Paulo. Também lei estadual 12.782/2007 de São Paulo, é determinada a redução da taxa em todos os concursos públicos e processos seletivos realizados no âmbito de qualquer dos poderes do estado, para candidatos que sejam estudantes do ensino fundamental, médio,
  • 2. superior, pós-graduação ou de curso pré-vestibular e que tenham renda mensal inferior a dois salários mínimos ou estejam desempregados. A redução pode variar entre 50% e 100%. Caso o valor não seja fixado no edital, a redução será de 75%. No Rio de Janeiro, a isenção do pagamento da taxa de inscrição está definida no artigo 72, dos Atos das Disposições Transitórias da Constituição do Estado, e do artigo 3º, parágrafo único, da Lei 2.913, de 30.03.98: o candidato deverá comprovar renda familiar de até 300 UFIR-RJ (R$ 640,56 em fevereiro de 2011). A lei estadual 13.392/99, de Minas Gerais, concede isenção aos candidatos comprovadamente desempregados. No âmbito dos concursos municipais, cada município pode criar também as regras para concessão de isenção em seus concursos, que deverão estar amparadas em lei e informadas expressamente nos editais. Existe isenção para desempregados? Quem já ficou desempregado sabe que a busca pela recolocação no mercado de trabalho pode exigir um alto investimento financeiro: da contratação de uma agência de empregos, passando pelo jornal até a condução para as entrevistas. Isso para não falar do aluguel, do supermercado, da água e da luz. Diante desse quadro, o senador Paulo Paim (PT-RS) apresentou o Projeto de Emenda Constitucional (PEC) 19/2008, que pretende oferecer a isenção a candidatos desempregados em todos os concursos federais. O projeto já foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado no mês de junho e agora segue para votação no plenário após o recesso das férias de julho. Por se tratar de uma PEC, há necessidade de votação em dois turnos na casa, com quórum mínimo de três quintos dos senadores, ou seja, 49 votos para ser aprovada. A segunda fase acontece na Câmara dos Deputados, onde o processo será semelhante: a PEC terá que ser aprovada na CCJ. Afinal, como pedir isenção? Caberá ao edital de cada concurso detalhar a forma de comprovação dos requisitos necessários à obtenção da isenção/redução do pagamento da taxa. Em todos os casos, é importante estar atento aos prazos para solicitar a isenção, porque os mesmos costumam ser bastante reduzidos e vencem logo no início do período regulamentar para inscrição no concurso. A leitura completa e minuciosa do Edital é o primeiro passo para que o candidato se familiarize com as regras do concurso.