SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA
2017.
Apresentação
Deixaremos registrados os anexos referentes aos passos dados pela equipe da escola no que diz
respeito a busca de melhoria nos índices alcançados nas avaliações externas, bem como criarmos estratégias
para diminuição de reprovação, abandono e infrequência com projetos diversificados e interdisciplinares que
possamauxiliar a escola emsua evolução como um todo e não apenas nas notas alcançadas por ela.
Para que possamos transitar por um terreno sólido procuramos estabelecer projetos que sejam de
cunho interdisciplinar e que sejam abordados em cada aula. Criamos o projeto 5 MINUTOS, no mesmo cada
professor fala sobre assuntos pertinentes durante sua aula. Neste sentido temos conseguido vencer alguns
obstáculos que vão desde a convivência, o respeito ao patrimônio público, a questão da exposição na
internet, a questão da importância dos estudos.
A outra vertente nasce a partir dos índices alcançados nas avaliações externas, ou seja, a equipe
tem ciência de como estão as notas da escola e em quais habilidades nossos alunos precisam de maior
atenção. Desta forma implementamos projetos como o PROALFINHA E O PROEB que são projetos que são
desenvolvidos com alunos das turmas de anos iniciais e turmas dos anos finais. Desta forma temos
conseguido melhorar as notas atribuídas à escola em avaliações externas como Simave/Proeb, Proalfa, Prova
Brasil e OBMEP.
No quesito gestão participativa procuramos inserir registros de como foi a idealização e realização
dos projetos Grêmio Estudantil e Líderes de Turmas. Não deixamos de transparecer as boas relações
estabelecidas entre escola e comunidade, bem como as relações institucionais da escola com PMMG, CREAS,
CRAS.
Entendemos que muito há ainda que ser feito, bem como ainda precisamos melhorar as notas da
escola nas avaliações externas, entretanto tudo o que a escola pode fazer tem sido feito e mesmo sem termos
atingido 100% estamos felizes, porque hoje quando nos auto comparamos com anos anteriores percebemos
claramente que melhorias estão acontecendo e isto pode ser percebido nas notas do IDEB da escola, que tem
sofrido poucas variações depois de 2011.
ANEXOS
Dimensão 1
Gestão pedagógica: análise de resultados educacionais
FOTO 1 ESTUDANDO OS RESULTADOS DA AVALIAÇÕES EXTERNAS
Reunião equipe gestora, equipe de supervisão, equipe docente sobre notas alcançadas pela
escola e que possam basear os projetos a serem desenvolvidos pela escola na busca de melhorias nos índices
em que não obtivemos o sucesso esperado. Em tal reunião planejamos como serão trabalhadas as avaliações
externas, bem como serão desenvolvidos o PROALFINHA e o PROEB.
Dimensão 2
Gestão pedagógica: planejamento de ações pedagógicas
FOTO 1
Reunião de Módulo II com equipe da UNIDADE PRISIONAL DE SANTOS DUMONT, para que ações e projetos
sejam realizados em consonância com Projeto Político Pedagógico, tanto na escola como na Unidade
Prisional.
As reuniões gerenciais entre equipe escolar e equipe da Unidade Prisional servem para estabelecermos os
parâmetros de trabalho a serem seguidos pelas equipes. Aqui orientamos como cada segmento deve pautar
seus trabalhos e projetos, bem como damos características gerais sobre a comunidade e alunos atendidos. No
que se refere à Unidade Prisional as orientações ao sobre perfil do professor e dos alunos atendidos, para que
os interrelacionamentos entre professores e alunos possam ser tranquilos no decorrer do ano.
FOTO 2. REUNIÃO GERAL DE SERVIDORES DA EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA
Reunião equipe gestora, equipe de supervisão, equipe docente e equipe de serviços gerais.
buscando a melhoria nos índices da escola nas avaliações externas. Bem como preparação de projetos a
serem realizados durante o ano letivo, outro ponto abordado em tal reunião refere-se a forma como a direção
espera que seja o interrelacionamento entre servidores da instituição e comunidade de forma geral.
FOTO 3. REUNIÃO MÓDULO II. ACONTECEM MENSALMENTE
Reunião de Módulo II. A direção da E.E Cornélia Ferreira Ladeira procura estabelecer e seguir o
planejamento feito e colocado no calendário anual da de REUNIÃO DE MÓDULO II, pois em tais reuniões
conseguimos avaliar todas propostas feitas em reuniões anteriores e assim entender porque alguns objetivos
não foram atendidos e seu porquê. Percebemos o que deu certo e como deve ser a continuidade, bem como
procuramos estreitar os laços de convivência entre os servidores.
FOTOS 4 e 5. REUNIÃO MÓDULO II. PALESTRA COM DIRETOR DO SENAC-JF O SENHOR EVANDER
MONTESSI.
Reunião de Módulo II maio. Em tal reunião houve a dinâmica dos balões e palestra com diretor do
SENAC-JF o senhor Evander Montessi. Falamos sobre o direito da aprendizagem que todo aluno tem, bem
como sobre a postura do professor perante sua turma.
FOTO 6 REUNIÃO DE MÓDULO II GERENCIAL. PREPARANDO EQUIPE DOCENTE PARA PROJETOS E
TRABALHOS A SEREM DESENVOLVIDOS NO 1º BIMESTRE
Reunião de Módulo II gerencial
Reunião de Módulo II gerencial preparando para implementação de projetos interdisciplinares,
que acontecerão durante o ano como: simulados, inscrições ENEM, IFET-SD, PISM-UFJF, PRIMEIRO EMPREGO,
SEMANA DE ARTE NA ESCOLA, SEMANA DE EDUCAÇÃO PARA A VIDA.
FOTO 7 REUNIÃO DE MÓDULO II SEPARADA ENTRE EQUIPES
AQUI EQUIPE DE REGENTES DE TURMA PREPARANDO PROALFINHA E COMO SERÃO
SIMULADOS, MONTAGEM DE APOSTILAS.
Reunião de Módulo II para professoras regente de turmas com supervisora e vice-diretora.
FOTOS 8 e 9 PROJETO PROALFINHA E PROEB/SIMAVE EM APLICAÇÃO
Aluno premiado no projeto PROALFA. Professora Fernanda Sá.
Alunas do 5º ano PROEB. Professora Elenice Vicentina.
Aplicação PROALFA. Antes da aplicação da avaliação externa do PROALFA ocorre o projeto de
preparação, no qual as professoras das turmas avaliadas trabalham e preparam os alunos e alunas para a
busca do sucesso em tais avaliações.
FOTOS 10 e 11 PROFESSOR DE MATEMÁTICA, AUGUSTO DA PENHA APLICANDO SIMULADO
PREPARATÓRIO PARA OBMEP.
Simulado preparatório para OBMEP com professor Augusto da Penha, tal simulado é aplicado
desde 2015.
FOTO 12 APLICAÇÃO DE SIMULADO PREPARATÓRIO DE MATEMÁTICA
Simulado preparatório de matemática PROEB/SIMAVE. Professora Hélia Campos.
DIMENSÃO 3
Gestão participativa: processos coletivos de decisões e ações
FOTO 1 Eleição Grêmio Estudantil
FOTO 2 Reunião entre Grêmio Estudantil e Líderes de Turmas.
Reunião entre membros Grêmio Estudantil e Líderes de Turmas. O Grêmio Estudantil e os Líderes
de Turmas passaram por capacitação com diretor sobre como as verbas chegam à escola. Dentro de tal
capacitação eles aprenderam sobre o que são bens de consumo e bens de capital. O que é uma compra por meio
de cotação ou dispensa de licitação e sobre o que é uma licitação e como acontece. Foram, também, orientados
de como as verbas oriundas de fontes federais e estaduais chegam à escola. Diante disso solicitaram algumas
mudanças como mudança de uniforme e eleição dos líderes de turmas, a qual foi organizada pelos membros do
Grêmio Estudantil.
FOTO 3. REUNIÃO GRÊMIO ESTUDANTIL E LÍDERES DE TURMAS.
Reunião Grêmio Estudantil e Líderes de Turmas, para organizarem como seriam realizados projetos
como: Semana de Arte na Escola, Jogos Internos, Semana de Educação para a Vida, dentre outros.
FOTO 4 ELEIÇÃO LÍDERES DE TURMAS
Eleição Líderes de Turmas realizada e organizada pelos membros do Grêmio Estudantil. Aqui
Lorena, Caroline e Camila colhendo os votos em cada sala, bem como realizando contagem dos mesmos. Todos
eventos são registrados em livro de atas próprios.
FOTO 5. SABATINA DO DIRETOR COM ALUNOS DO 3º ANO E.M. SOBRE COMO AS
VERBAS CHEGAM À ESCOLA E COMO SÃO GASTAS.
SABATINA FEITA COM DIRETOR POR ALUNOS(as) DO 3º ANO E.M. SOBRE COMO
AS VERBAS CHEGAM À ESCOLA E COMO SÃO GASTAS.
Em tal sabatina falamos sobre as verbas chegam às escolas públicas estaduais, federais ou
municipais, bem como falamos sobre como as comunidades podem participar dos processos de tomada de
decisão que aplacam o que é público. Falamos sobre como a corrupção acontece e como as pessoas são
prejudicadas quando não se preocupam em fiscalizar os agentes públicos que são responsáveis pelo trabalho
com o erário público. Tal trabalho foi realizado na aula de Filosofia do professor Claudiomar Quirino e
acontece a cada ano desde 2015.
FOTO 6 PARCERIA E.E CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA COM A PMMG
A direção da EE Cornélia Ferreira Ladeira buscando uma gestão participativa tem procurado inserir
no micromundo da escola a comunidade escolar em geral, pois problemas como abuso de drogas, apatia nos
estudos, falta de motivação não podem ser simplesmente resolvidos pela escola e seus agentes, mas são
assuntos que devem ser tratados não só com famílias, mas também com outras instituições que possam nos
auxiliar como a PMMG, O CREAS, O CRAS.
FOTO 7 MURAIS DA ESCOLA
Murais da escola. A cada data comemorativa são confeccionados murais com temas pertinentes.
Tais murais são idealizados e confeccionados pelas professoras regente de turma.
FOTO 8 PARCERIA COM CREAS PASSEATA CONTRA ÀS DROGAS.
Parceria entre direção escola Cornélia e CREAS-SD desde 2012 a escola tem forte parceria com
CREAS e CRAS em várias vertentes diferentes como: atendimentos individuais a partir de encaminhamentos
da escola, assistência social, Bolsa Família, bem como questões que envolvem a orientação sobre abuso de
menores, violência contra idosos, abusos de drogas.
DIMENSÃO 4
Dimensão - Gestão de Infraestrutura: administração de serviços e recursos
FOTO: 1 PARCERIA ENTRE ESCOLA E ARCELOR-MITTAL
Desde 2012 a direção da EE Cornélia Ferreira Ladeira vinha tentando entrar no rol de atendimento da empresa
Arcelor Mittal no PROJETO ACUIODADE visual em 2016 fomos contemplado em poder participar e 44 alunos ganharam
consulta com oftalmologista e óculos conforme as necessidades diagnósticas em cada um dos alunos e alunas.
FOTO 2. HORA DO CULTO A PÁTRIA
Realizamos quinzenalmente o Culto a Pátria e em cada apresentação são trabalhados temas
pertinentes à valorização do país, de nossas macro e micro cultura. Todos cantam os hinos: nacional e
municipal.
FOTO 3 DIRETOR APLICANDO VENENO DE MATO PARA DEIXAR A FRENTE DA
ESCOLA MAIS BONITA E LIMPA.
Geralmente o diretor costuma abraçar outras causas da escola como limpeza geral, pintura,
pequenos reparos, bem como substituir professores quando se faz necessário.
FOTOS 4 E 5 FAMÍLIAS AJUDANDO A ESCOLA.
A direção da EE Cornélia Ferreira Ladeira tem procurado estabelecer estreito laço de
relacionamento com seus servidores, alunos(as) e seus familiares e toda comunidade em geral. Recentemente
passamos por uma grande obra de reforma e ampliação, porém a mesma ainda não foi terminada e ficamos com
algumas paredes sem pintar. Aqui o pai da Sophia e do Fladyson se ofereceu para nos ajudar pintando algumas
paredes e outros cômodos em suas folgas.
FOTO 6 FAMÍLIAS AJUDANDO A ESCOLA
Aqui mais uma AM ostra de como a comunidade tem procurado estar ao lado da escola. A obra de
reforma e ampliação, como já dissemos não foi terminada e ficaram alguns serviços a serem feitos. Aqui a
parede vai ser pintada, mas estava com reboco podre, então o Sérgio, que é nosso responsável por pequenos
reparos começou tirando o reboco podre. O Clevenir que é pai de aluno e estava visitando a escola resolveu dar
uma força terminando o reboco e sarrafiando o mesmo.
FOTO 7 PALESTRA MINISTRADA PELO DIRETOR ANTÔNIO FERNANDES NETO
SOBRE O JOGO BALEIA AZUL
A direção da EE Cornélia Ferreira Ladeira diante do mal que mídia divulgava sobre o jogo baleia
azul, bem como sobre vários relatos de adolescentes que estavam se automutilando criou duas palestras sobre
os males que a internet pode causar e como os jovens se distanciam de seus pais e acabam por cair em
armadilhas macabras como estas, que assolam nosso mundo e ceifam vidas de jovens inocentes e muitas vezes
doentes.
FOTO 8 BIBLIOTECÁRIA DIVULGANDO NOVA BIBLIOTECA
Como nossa biblioteca teve seu acervo reorganizado a bibliotecária Denise Hauck além de realizar
o projeto de intervenção pedagógica, divulga amplamente o acervo da escola e com isso atingimos 1000
empréstimos de livros em 90 dias.
FOTO 10 FORMATURA E FESTA FIM DE ANO.
Diretor sendo abençoado pela comunidade na formatura das turmas de 5º, 9º e 3º ano. Este é sempre
um momento especial desde 2012, pois famílias e escola celebram a alegria da conclusão de uma etapa na vida
dos jovens estudantes.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

74376105 dicas-para-coordenacao-pedagogica-julia-rocha-enviar-para-os-grupos-...
74376105 dicas-para-coordenacao-pedagogica-julia-rocha-enviar-para-os-grupos-...74376105 dicas-para-coordenacao-pedagogica-julia-rocha-enviar-para-os-grupos-...
74376105 dicas-para-coordenacao-pedagogica-julia-rocha-enviar-para-os-grupos-...
Eduardo Lopes
 
Palestra estágio sem imagens
Palestra estágio sem imagensPalestra estágio sem imagens
Palestra estágio sem imagens
Elton da Costa
 
Plano de Ação participativo_vol1
Plano de Ação participativo_vol1Plano de Ação participativo_vol1
Plano de Ação participativo_vol1
sitedcoeste
 
Avaliação sala do educador 2012 2
Avaliação sala do educador 2012  2Avaliação sala do educador 2012  2
Avaliação sala do educador 2012 2
ryldonjohnson
 

Mais procurados (20)

Modulo 04
Modulo 04Modulo 04
Modulo 04
 
Doc5 pea 09 13
Doc5 pea 09 13Doc5 pea 09 13
Doc5 pea 09 13
 
Modulo tutor conteudo
Modulo tutor conteudoModulo tutor conteudo
Modulo tutor conteudo
 
Relatorio de Estagio Supervisionado em Química
Relatorio de Estagio Supervisionado em QuímicaRelatorio de Estagio Supervisionado em Química
Relatorio de Estagio Supervisionado em Química
 
74376105 dicas-para-coordenacao-pedagogica-julia-rocha-enviar-para-os-grupos-...
74376105 dicas-para-coordenacao-pedagogica-julia-rocha-enviar-para-os-grupos-...74376105 dicas-para-coordenacao-pedagogica-julia-rocha-enviar-para-os-grupos-...
74376105 dicas-para-coordenacao-pedagogica-julia-rocha-enviar-para-os-grupos-...
 
Estagio supervisionado
Estagio supervisionadoEstagio supervisionado
Estagio supervisionado
 
Palestra estágio sem imagens
Palestra estágio sem imagensPalestra estágio sem imagens
Palestra estágio sem imagens
 
Modulo 06
Modulo 06Modulo 06
Modulo 06
 
E book atividades-de-aprendizagem-pedro-demo
E book atividades-de-aprendizagem-pedro-demoE book atividades-de-aprendizagem-pedro-demo
E book atividades-de-aprendizagem-pedro-demo
 
Plano de Ação participativo_vol1
Plano de Ação participativo_vol1Plano de Ação participativo_vol1
Plano de Ação participativo_vol1
 
Avaliação sala do educador 2012 2
Avaliação sala do educador 2012  2Avaliação sala do educador 2012  2
Avaliação sala do educador 2012 2
 
Diario oficial 2016-04-14 (PEIP)
Diario oficial 2016-04-14 (PEIP)Diario oficial 2016-04-14 (PEIP)
Diario oficial 2016-04-14 (PEIP)
 
Trabalho de Educação Física
Trabalho de Educação FísicaTrabalho de Educação Física
Trabalho de Educação Física
 
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
 
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
Plano de ação pedagógica 2009   anandreiaPlano de ação pedagógica 2009   anandreia
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
 
Relatorio de estagio supervisionado administrativo
Relatorio de estagio supervisionado administrativoRelatorio de estagio supervisionado administrativo
Relatorio de estagio supervisionado administrativo
 
TRABALHO EV127 MD1 SA2 ID1863 21092019101308.pdf
TRABALHO EV127 MD1 SA2 ID1863 21092019101308.pdfTRABALHO EV127 MD1 SA2 ID1863 21092019101308.pdf
TRABALHO EV127 MD1 SA2 ID1863 21092019101308.pdf
 
Modulo05 ce
Modulo05 ceModulo05 ce
Modulo05 ce
 
RAv_Instrucoes
RAv_InstrucoesRAv_Instrucoes
RAv_Instrucoes
 
Cg v1 2010_site_050310
Cg v1 2010_site_050310Cg v1 2010_site_050310
Cg v1 2010_site_050310
 

Semelhante a PGE EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017

{E1 cd6af7 e5ff-43ae-a5a3-ca40a6c67f29}-cartilha final
{E1 cd6af7 e5ff-43ae-a5a3-ca40a6c67f29}-cartilha final{E1 cd6af7 e5ff-43ae-a5a3-ca40a6c67f29}-cartilha final
{E1 cd6af7 e5ff-43ae-a5a3-ca40a6c67f29}-cartilha final
Celia Leite
 
Gestão escolar mestrado em educação
Gestão escolar   mestrado em educaçãoGestão escolar   mestrado em educação
Gestão escolar mestrado em educação
unieubra
 
Os desafios do coordenador pedagógico
Os desafios do coordenador pedagógicoOs desafios do coordenador pedagógico
Os desafios do coordenador pedagógico
Luciene Chagas
 
Os desafios do coordenador pedagógico
Os desafios do coordenador pedagógicoOs desafios do coordenador pedagógico
Os desafios do coordenador pedagógico
Luciene Chagas
 
Aee 10 ag_cego_maio_r
Aee 10 ag_cego_maio_rAee 10 ag_cego_maio_r
Aee 10 ag_cego_maio_r
ddfdelfim
 
Reunião de núcleo dezembro
Reunião de núcleo   dezembroReunião de núcleo   dezembro
Reunião de núcleo dezembro
Mariangela Santos
 
Guia metodologia formaç¦o 19 e 20.03
Guia metodologia formaç¦o 19 e 20.03Guia metodologia formaç¦o 19 e 20.03
Guia metodologia formaç¦o 19 e 20.03
Kelly Christine
 

Semelhante a PGE EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017 (20)

Desafio profissional ped3
Desafio profissional ped3Desafio profissional ped3
Desafio profissional ped3
 
MMR - MÉTODO DE MELHORIA DE RESULTADOS
MMR - MÉTODO DE MELHORIA DE RESULTADOSMMR - MÉTODO DE MELHORIA DE RESULTADOS
MMR - MÉTODO DE MELHORIA DE RESULTADOS
 
{E1 cd6af7 e5ff-43ae-a5a3-ca40a6c67f29}-cartilha final
{E1 cd6af7 e5ff-43ae-a5a3-ca40a6c67f29}-cartilha final{E1 cd6af7 e5ff-43ae-a5a3-ca40a6c67f29}-cartilha final
{E1 cd6af7 e5ff-43ae-a5a3-ca40a6c67f29}-cartilha final
 
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas geraisExpandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
 
Dossie2 celjs 2013
 Dossie2 celjs 2013 Dossie2 celjs 2013
Dossie2 celjs 2013
 
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
Planejamento Pedagógico - EE República do Suriname 2015
 
A Formação Continuada a distância como suporte para a prática do docente da m...
A Formação Continuada a distância como suporte para a prática do docente da m...A Formação Continuada a distância como suporte para a prática do docente da m...
A Formação Continuada a distância como suporte para a prática do docente da m...
 
TREINANDO PARA O FUTURO
TREINANDO PARA O FUTUROTREINANDO PARA O FUTURO
TREINANDO PARA O FUTURO
 
Gestão escolar
Gestão escolarGestão escolar
Gestão escolar
 
Gestão escolar mestrado em educação
Gestão escolar   mestrado em educaçãoGestão escolar   mestrado em educação
Gestão escolar mestrado em educação
 
Apresentação interdisciplinar em grupo
Apresentação interdisciplinar em grupoApresentação interdisciplinar em grupo
Apresentação interdisciplinar em grupo
 
Os desafios do coordenador pedagógico
Os desafios do coordenador pedagógicoOs desafios do coordenador pedagógico
Os desafios do coordenador pedagógico
 
Os desafios do coordenador pedagógico
Os desafios do coordenador pedagógicoOs desafios do coordenador pedagógico
Os desafios do coordenador pedagógico
 
PROGRAMA DE AÇÃO 2024 - MARIANA DA SILVA MORAES.pdf
PROGRAMA DE AÇÃO 2024 - MARIANA DA SILVA MORAES.pdfPROGRAMA DE AÇÃO 2024 - MARIANA DA SILVA MORAES.pdf
PROGRAMA DE AÇÃO 2024 - MARIANA DA SILVA MORAES.pdf
 
Aee 10 ag_cego_maio_r
Aee 10 ag_cego_maio_rAee 10 ag_cego_maio_r
Aee 10 ag_cego_maio_r
 
Reunião de núcleo dezembro
Reunião de núcleo   dezembroReunião de núcleo   dezembro
Reunião de núcleo dezembro
 
PPP
PPPPPP
PPP
 
Guia metodologia formaç¦o 19 e 20.03
Guia metodologia formaç¦o 19 e 20.03Guia metodologia formaç¦o 19 e 20.03
Guia metodologia formaç¦o 19 e 20.03
 
Projeto Matemática Fácil
Projeto Matemática FácilProjeto Matemática Fácil
Projeto Matemática Fácil
 
Aula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptx
Aula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptxAula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptx
Aula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptx
 

Mais de Antônio Fernandes

Mais de Antônio Fernandes (20)

A CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATO
A CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATOA CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATO
A CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATO
 
JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...
JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...
JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...
 
EXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNERO
EXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNEROEXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNERO
EXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNERO
 
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETOAULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
 
Resolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-r
Resolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-rResolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-r
Resolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-r
 
PASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR DIGITAL
PASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR  DIGITALPASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR  DIGITAL
PASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR DIGITAL
 
PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016
PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016
PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016
 
Documentos que devem ser apresentados no ato da designação
Documentos que devem ser apresentados no ato da designaçãoDocumentos que devem ser apresentados no ato da designação
Documentos que devem ser apresentados no ato da designação
 
cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.
cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.
cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.
 
CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...
CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...
CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...
 
Resolução SEE-MG 3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...
Resolução SEE-MG  3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...Resolução SEE-MG  3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...
Resolução SEE-MG 3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...
 
PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016
PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016
PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016
 
Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)
Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)
Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)
 
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
 
ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...
ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...
ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...
 
Como pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicos
Como pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicosComo pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicos
Como pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicos
 
LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014
LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014
LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014
 
LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS 2011
LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS  2011LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS  2011
LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS 2011
 
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
 
MORADORES DA RUA MAQUINISTA JOÃO MENDES SOFREM PELO DESCASO E DESRESPEITO DA ...
MORADORES DA RUA MAQUINISTA JOÃO MENDES SOFREM PELO DESCASO E DESRESPEITO DA ...MORADORES DA RUA MAQUINISTA JOÃO MENDES SOFREM PELO DESCASO E DESRESPEITO DA ...
MORADORES DA RUA MAQUINISTA JOÃO MENDES SOFREM PELO DESCASO E DESRESPEITO DA ...
 

Último

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 

PGE EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017

  • 1. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017. Apresentação Deixaremos registrados os anexos referentes aos passos dados pela equipe da escola no que diz respeito a busca de melhoria nos índices alcançados nas avaliações externas, bem como criarmos estratégias para diminuição de reprovação, abandono e infrequência com projetos diversificados e interdisciplinares que possamauxiliar a escola emsua evolução como um todo e não apenas nas notas alcançadas por ela. Para que possamos transitar por um terreno sólido procuramos estabelecer projetos que sejam de cunho interdisciplinar e que sejam abordados em cada aula. Criamos o projeto 5 MINUTOS, no mesmo cada professor fala sobre assuntos pertinentes durante sua aula. Neste sentido temos conseguido vencer alguns obstáculos que vão desde a convivência, o respeito ao patrimônio público, a questão da exposição na internet, a questão da importância dos estudos. A outra vertente nasce a partir dos índices alcançados nas avaliações externas, ou seja, a equipe tem ciência de como estão as notas da escola e em quais habilidades nossos alunos precisam de maior atenção. Desta forma implementamos projetos como o PROALFINHA E O PROEB que são projetos que são desenvolvidos com alunos das turmas de anos iniciais e turmas dos anos finais. Desta forma temos conseguido melhorar as notas atribuídas à escola em avaliações externas como Simave/Proeb, Proalfa, Prova Brasil e OBMEP. No quesito gestão participativa procuramos inserir registros de como foi a idealização e realização dos projetos Grêmio Estudantil e Líderes de Turmas. Não deixamos de transparecer as boas relações estabelecidas entre escola e comunidade, bem como as relações institucionais da escola com PMMG, CREAS, CRAS. Entendemos que muito há ainda que ser feito, bem como ainda precisamos melhorar as notas da escola nas avaliações externas, entretanto tudo o que a escola pode fazer tem sido feito e mesmo sem termos atingido 100% estamos felizes, porque hoje quando nos auto comparamos com anos anteriores percebemos claramente que melhorias estão acontecendo e isto pode ser percebido nas notas do IDEB da escola, que tem sofrido poucas variações depois de 2011.
  • 2. ANEXOS Dimensão 1 Gestão pedagógica: análise de resultados educacionais FOTO 1 ESTUDANDO OS RESULTADOS DA AVALIAÇÕES EXTERNAS Reunião equipe gestora, equipe de supervisão, equipe docente sobre notas alcançadas pela escola e que possam basear os projetos a serem desenvolvidos pela escola na busca de melhorias nos índices em que não obtivemos o sucesso esperado. Em tal reunião planejamos como serão trabalhadas as avaliações externas, bem como serão desenvolvidos o PROALFINHA e o PROEB.
  • 3. Dimensão 2 Gestão pedagógica: planejamento de ações pedagógicas FOTO 1 Reunião de Módulo II com equipe da UNIDADE PRISIONAL DE SANTOS DUMONT, para que ações e projetos sejam realizados em consonância com Projeto Político Pedagógico, tanto na escola como na Unidade Prisional. As reuniões gerenciais entre equipe escolar e equipe da Unidade Prisional servem para estabelecermos os parâmetros de trabalho a serem seguidos pelas equipes. Aqui orientamos como cada segmento deve pautar seus trabalhos e projetos, bem como damos características gerais sobre a comunidade e alunos atendidos. No que se refere à Unidade Prisional as orientações ao sobre perfil do professor e dos alunos atendidos, para que os interrelacionamentos entre professores e alunos possam ser tranquilos no decorrer do ano.
  • 4. FOTO 2. REUNIÃO GERAL DE SERVIDORES DA EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA Reunião equipe gestora, equipe de supervisão, equipe docente e equipe de serviços gerais. buscando a melhoria nos índices da escola nas avaliações externas. Bem como preparação de projetos a serem realizados durante o ano letivo, outro ponto abordado em tal reunião refere-se a forma como a direção espera que seja o interrelacionamento entre servidores da instituição e comunidade de forma geral.
  • 5. FOTO 3. REUNIÃO MÓDULO II. ACONTECEM MENSALMENTE Reunião de Módulo II. A direção da E.E Cornélia Ferreira Ladeira procura estabelecer e seguir o planejamento feito e colocado no calendário anual da de REUNIÃO DE MÓDULO II, pois em tais reuniões conseguimos avaliar todas propostas feitas em reuniões anteriores e assim entender porque alguns objetivos não foram atendidos e seu porquê. Percebemos o que deu certo e como deve ser a continuidade, bem como procuramos estreitar os laços de convivência entre os servidores.
  • 6. FOTOS 4 e 5. REUNIÃO MÓDULO II. PALESTRA COM DIRETOR DO SENAC-JF O SENHOR EVANDER MONTESSI. Reunião de Módulo II maio. Em tal reunião houve a dinâmica dos balões e palestra com diretor do SENAC-JF o senhor Evander Montessi. Falamos sobre o direito da aprendizagem que todo aluno tem, bem como sobre a postura do professor perante sua turma.
  • 7. FOTO 6 REUNIÃO DE MÓDULO II GERENCIAL. PREPARANDO EQUIPE DOCENTE PARA PROJETOS E TRABALHOS A SEREM DESENVOLVIDOS NO 1º BIMESTRE Reunião de Módulo II gerencial Reunião de Módulo II gerencial preparando para implementação de projetos interdisciplinares, que acontecerão durante o ano como: simulados, inscrições ENEM, IFET-SD, PISM-UFJF, PRIMEIRO EMPREGO, SEMANA DE ARTE NA ESCOLA, SEMANA DE EDUCAÇÃO PARA A VIDA.
  • 8. FOTO 7 REUNIÃO DE MÓDULO II SEPARADA ENTRE EQUIPES AQUI EQUIPE DE REGENTES DE TURMA PREPARANDO PROALFINHA E COMO SERÃO SIMULADOS, MONTAGEM DE APOSTILAS. Reunião de Módulo II para professoras regente de turmas com supervisora e vice-diretora.
  • 9. FOTOS 8 e 9 PROJETO PROALFINHA E PROEB/SIMAVE EM APLICAÇÃO Aluno premiado no projeto PROALFA. Professora Fernanda Sá. Alunas do 5º ano PROEB. Professora Elenice Vicentina. Aplicação PROALFA. Antes da aplicação da avaliação externa do PROALFA ocorre o projeto de preparação, no qual as professoras das turmas avaliadas trabalham e preparam os alunos e alunas para a busca do sucesso em tais avaliações.
  • 10. FOTOS 10 e 11 PROFESSOR DE MATEMÁTICA, AUGUSTO DA PENHA APLICANDO SIMULADO PREPARATÓRIO PARA OBMEP. Simulado preparatório para OBMEP com professor Augusto da Penha, tal simulado é aplicado desde 2015.
  • 11. FOTO 12 APLICAÇÃO DE SIMULADO PREPARATÓRIO DE MATEMÁTICA Simulado preparatório de matemática PROEB/SIMAVE. Professora Hélia Campos.
  • 12. DIMENSÃO 3 Gestão participativa: processos coletivos de decisões e ações FOTO 1 Eleição Grêmio Estudantil FOTO 2 Reunião entre Grêmio Estudantil e Líderes de Turmas. Reunião entre membros Grêmio Estudantil e Líderes de Turmas. O Grêmio Estudantil e os Líderes de Turmas passaram por capacitação com diretor sobre como as verbas chegam à escola. Dentro de tal capacitação eles aprenderam sobre o que são bens de consumo e bens de capital. O que é uma compra por meio de cotação ou dispensa de licitação e sobre o que é uma licitação e como acontece. Foram, também, orientados de como as verbas oriundas de fontes federais e estaduais chegam à escola. Diante disso solicitaram algumas mudanças como mudança de uniforme e eleição dos líderes de turmas, a qual foi organizada pelos membros do Grêmio Estudantil.
  • 13. FOTO 3. REUNIÃO GRÊMIO ESTUDANTIL E LÍDERES DE TURMAS. Reunião Grêmio Estudantil e Líderes de Turmas, para organizarem como seriam realizados projetos como: Semana de Arte na Escola, Jogos Internos, Semana de Educação para a Vida, dentre outros. FOTO 4 ELEIÇÃO LÍDERES DE TURMAS Eleição Líderes de Turmas realizada e organizada pelos membros do Grêmio Estudantil. Aqui Lorena, Caroline e Camila colhendo os votos em cada sala, bem como realizando contagem dos mesmos. Todos eventos são registrados em livro de atas próprios.
  • 14. FOTO 5. SABATINA DO DIRETOR COM ALUNOS DO 3º ANO E.M. SOBRE COMO AS VERBAS CHEGAM À ESCOLA E COMO SÃO GASTAS. SABATINA FEITA COM DIRETOR POR ALUNOS(as) DO 3º ANO E.M. SOBRE COMO AS VERBAS CHEGAM À ESCOLA E COMO SÃO GASTAS. Em tal sabatina falamos sobre as verbas chegam às escolas públicas estaduais, federais ou municipais, bem como falamos sobre como as comunidades podem participar dos processos de tomada de decisão que aplacam o que é público. Falamos sobre como a corrupção acontece e como as pessoas são prejudicadas quando não se preocupam em fiscalizar os agentes públicos que são responsáveis pelo trabalho com o erário público. Tal trabalho foi realizado na aula de Filosofia do professor Claudiomar Quirino e acontece a cada ano desde 2015.
  • 15. FOTO 6 PARCERIA E.E CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA COM A PMMG A direção da EE Cornélia Ferreira Ladeira buscando uma gestão participativa tem procurado inserir no micromundo da escola a comunidade escolar em geral, pois problemas como abuso de drogas, apatia nos estudos, falta de motivação não podem ser simplesmente resolvidos pela escola e seus agentes, mas são assuntos que devem ser tratados não só com famílias, mas também com outras instituições que possam nos auxiliar como a PMMG, O CREAS, O CRAS.
  • 16. FOTO 7 MURAIS DA ESCOLA Murais da escola. A cada data comemorativa são confeccionados murais com temas pertinentes. Tais murais são idealizados e confeccionados pelas professoras regente de turma.
  • 17. FOTO 8 PARCERIA COM CREAS PASSEATA CONTRA ÀS DROGAS. Parceria entre direção escola Cornélia e CREAS-SD desde 2012 a escola tem forte parceria com CREAS e CRAS em várias vertentes diferentes como: atendimentos individuais a partir de encaminhamentos da escola, assistência social, Bolsa Família, bem como questões que envolvem a orientação sobre abuso de menores, violência contra idosos, abusos de drogas.
  • 18. DIMENSÃO 4 Dimensão - Gestão de Infraestrutura: administração de serviços e recursos FOTO: 1 PARCERIA ENTRE ESCOLA E ARCELOR-MITTAL Desde 2012 a direção da EE Cornélia Ferreira Ladeira vinha tentando entrar no rol de atendimento da empresa Arcelor Mittal no PROJETO ACUIODADE visual em 2016 fomos contemplado em poder participar e 44 alunos ganharam consulta com oftalmologista e óculos conforme as necessidades diagnósticas em cada um dos alunos e alunas.
  • 19. FOTO 2. HORA DO CULTO A PÁTRIA Realizamos quinzenalmente o Culto a Pátria e em cada apresentação são trabalhados temas pertinentes à valorização do país, de nossas macro e micro cultura. Todos cantam os hinos: nacional e municipal.
  • 20. FOTO 3 DIRETOR APLICANDO VENENO DE MATO PARA DEIXAR A FRENTE DA ESCOLA MAIS BONITA E LIMPA. Geralmente o diretor costuma abraçar outras causas da escola como limpeza geral, pintura, pequenos reparos, bem como substituir professores quando se faz necessário.
  • 21. FOTOS 4 E 5 FAMÍLIAS AJUDANDO A ESCOLA. A direção da EE Cornélia Ferreira Ladeira tem procurado estabelecer estreito laço de relacionamento com seus servidores, alunos(as) e seus familiares e toda comunidade em geral. Recentemente passamos por uma grande obra de reforma e ampliação, porém a mesma ainda não foi terminada e ficamos com algumas paredes sem pintar. Aqui o pai da Sophia e do Fladyson se ofereceu para nos ajudar pintando algumas paredes e outros cômodos em suas folgas.
  • 22. FOTO 6 FAMÍLIAS AJUDANDO A ESCOLA Aqui mais uma AM ostra de como a comunidade tem procurado estar ao lado da escola. A obra de reforma e ampliação, como já dissemos não foi terminada e ficaram alguns serviços a serem feitos. Aqui a parede vai ser pintada, mas estava com reboco podre, então o Sérgio, que é nosso responsável por pequenos reparos começou tirando o reboco podre. O Clevenir que é pai de aluno e estava visitando a escola resolveu dar uma força terminando o reboco e sarrafiando o mesmo.
  • 23. FOTO 7 PALESTRA MINISTRADA PELO DIRETOR ANTÔNIO FERNANDES NETO SOBRE O JOGO BALEIA AZUL A direção da EE Cornélia Ferreira Ladeira diante do mal que mídia divulgava sobre o jogo baleia azul, bem como sobre vários relatos de adolescentes que estavam se automutilando criou duas palestras sobre os males que a internet pode causar e como os jovens se distanciam de seus pais e acabam por cair em armadilhas macabras como estas, que assolam nosso mundo e ceifam vidas de jovens inocentes e muitas vezes doentes. FOTO 8 BIBLIOTECÁRIA DIVULGANDO NOVA BIBLIOTECA Como nossa biblioteca teve seu acervo reorganizado a bibliotecária Denise Hauck além de realizar o projeto de intervenção pedagógica, divulga amplamente o acervo da escola e com isso atingimos 1000 empréstimos de livros em 90 dias. FOTO 10 FORMATURA E FESTA FIM DE ANO.
  • 24. Diretor sendo abençoado pela comunidade na formatura das turmas de 5º, 9º e 3º ano. Este é sempre um momento especial desde 2012, pois famílias e escola celebram a alegria da conclusão de uma etapa na vida dos jovens estudantes.