Tabela

308 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
308
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tabela

  1. 1. Áreas de intervenção referidas nos textos e implicadas na mudançaFunções do professor bibliotecárioO que a minha biblioteca já fazFactores favoráveis/ 0bstáculos à mudançaO que é preciso mudar. Acções a implementarIntegração na escola e no processo de ensino/aprendizagemTrabalhar próximo e em articulação com os outros professores;Ser conhecedor das competências a adquirir pelos alunos para programar experiências e preparar instrumentos de avaliação;Apoiar o trabalho e o desenvolvimento do currículo com recurso à BE;Proporcionar actividades que consigam provocar impacto e transformar a vida dos alunos, isto é, um compromisso com o bem comum;Promover oportunidades de aprendizagem que permitam aos alunos identificar e distinguir o valor da informação e criar conhecimento;Planifica e articula com os outros docentes actividades no PAA;Acompanha e promove actividades de acordo com as aprendizagens dos alunos, tendo por base os seus recursos ou os do Agrupamento;Apoia o trabalho dos professores titulares de turma e também dos professores do apoio educativo;Organiza formação para alunos e professores;Promove em conjunto com os professores titulares de turma e de apoio educativo actividades de investigação, pesquisa, etc;Boa relação pedagógica entre o professor bibliotecário e a sua equipa, os professores e os alunos;Reconhecimento da importância da biblioteca escolar por parte dos órgãos de gestão;Representação da BE no Conselho Pedagógico;Existência de uma equipa coesa e dinâmica;/Dificuldade de planificação sistemática com os professores devido às muitas solicitações a que estão sujeitos;Integrar o uso da BE, com carácter obrigatório, nos currículos disciplinares, por todos os professores.Sensibilizar as estruturas competentes para a importância da BE;Condições de acesso. Qualidade da colecçãoTem de conhecer o público a que se destina a BE, para ter em conta as suas necessidades;Promover o desenvolvimento das competências essenciais na sociedade de informação;Ter formação na área das novas tecnologias e organizar informação digital;Divulgar conteúdos e informações em ambientes digitais;Inventariar as necessidades em termos de livros e outros recursos;Promove concursos e actividades para promoção da leitura (escrita de textos informaticamente, pesquisas, concurso de poesia, etc);Reúne com os outros docentes para dar a conhecer quais os livros do PNL e realizar em conjunto a escolha dos livros a trabalhar e actividades a desenvolver;Promove encontros com escritores, ilustradores, pessoas relacionadas com o mundo da arte;Faz empréstimo domiciliário;Organiza e difunde materiais no blogue (livros digitais, por exemplo);Partilha e circulação do fundo documental;Há internet nos computadores da BE;Espaço agradável e apelativo; /Escassez de tempo devido à diversidade de tarefas a realizar;Falta de alguma formação especializada para trabalhar certas literacias;A falta de computadores (na escola só 2 funcionam em condições); Nem todos os alunos terem “Magalhães” e muitos dos que têm já não funcionam ou têm as baterias viciadas. A escola é antiga e não há tomadas, nem extensões em quantidade suficiente;Falta de quadro interactivo;Promover as TIC;Cooperar com a gestão da escola, no sentido de encontrar soluções para resolver fraquezas (adquirir mais computadores, por exemplo);Disponibilizar recursos de informação, também online;Criar ambientes virtuais de aprendizagem e curriculares;Formar leitores para um uso correcto dos serviços da Web 2.0;Gestão da biblioteca escolarArticular e promover um trabalho em sintonia com as necessidades educativas e pedagógicas da comunidade escolar;Mapear a colecção e inventariar equipamentos e materiais, com vista a uma gestão partilhada do Agrupamento;Ser prospectivo, estar atento e ter uma postura de investigação e aprendizagem contínua;Ser líder enquanto PB e proactivo como membro de equipa;Ter formação especializada que permita o tratamento, a organização e a divulgação da informação, assim como a rentabilização dos recursos humanos; (para que os outros não entendam como uma perda ou um investimento em retorno);Promover a biblioteca escolar junto de outros professores, pais e alunos, fazendo-os ver qual a sua importância (a oferta de informação e de serviços de informação têm impacto directo na vida dos indivíduos; a intervenção pedagógica da BE e consequente impacto na qualidade das aprendizagens através da interacção dos alunos com a informação; a transformação gerada pela intervenção pedagógica);Reúne periodicamente com a equipa de PB do Agrupamento (transmissão da informação do Conselho Pedagógico, por existir representação por parte da Coordenadora dos PB), professores, auxiliares e alunos;Dentro do orçamento disponível, e após detectar os pontos fracos da colecção existente, é feita uma selecção de material a adquirir –-, sob opinião dos outros professores e até mesmo de alunos;Promove o uso das colecções existentes (requisição domiciliária, requisição para as salas de aula, etc.);Faz empréstimo de materiais (livros ou não livros) a outras escolas do Agrupamento;A BE promove as suas actividades e as da escola no blogue e no jornal escolar;A PB participa em formação contínua e promove sessões de formação a alunos e professores;Aceita doação de fundo documental;Desenvolvimento de actividades de PNL em todas as escolas do Agrupamento;Promove actividades diversas de divulgação e de diferentes saberes;/Verba reduzida que impossibilita a actualização do fundo documental;Promover sistematicamente a imagem da BE;Actualização do catálogo online;Elaborar um documento de política documental de acordo com as necessidades da comunidade escolarAvaliação – MudançaAvaliar a eficácia dos serviços prestados, identificando sucessos e insucessos, para uma redefinição de contextos de trabalho e prestação de novos serviços;Gerir para o sucesso educativo, para a melhoria das aprendizagens e do trabalho escolar, criar mais-valias comportamentais, formativas e de aprendizagem junto dos alunos;Avalia as actividades realizadas;Acede a informação a partir do portal da RBE;Adquire conhecimentos através de elementos da equipa de PB do Agrupamento, com mais experiência;Dificuldade na aplicação do MABE;Formar docentes, alunos, comunidade escolar das mudanças da BE;/A BE é o centro das aprendizagens e o centro do conhecimentoAvaliação contínua e sistemática da BE;Aferir a eficácia dos serviços, para redefinir as suas práticas, caso seja necessário;Melhorar/aperfeiçoar os instrumentos de recolha de informação; Envolver a comunidade escolar na aplicação do modelo;Consciencializar a comunidade educativa de que a BE e o PB são imprescindíveis.<br />

×