SlideShare uma empresa Scribd logo
PARÁBOLA
 Parábola é uma pequena narrativa que usa
alegorias para transmitir uma lição moral.
 Parábolas de Jesus eram histórias com elementos comuns da
cultura daquele tempo que tinham como objetivo ensinar coisas
sobre o Reino de Deus. Entre as parábolas de Jesus, algumas
das mais conhecidas são a parábola do filho pródigo, parábola
dos talentos, parábola do semeador, parábola do trigo e do joio,
etc.
PARÁBOLAS DE UM CRISTO
 Usou de parábolas porque
não foi dado a seus
ouvintes conhecer os
mistérios do Reino dos
Céus, desde que vendo
eles não viam e ouvindo
eles não entendiam
(Mt 13.10-16).
 As parábolas serão
sempre atuais e trarão
ensinamentos profundos
porque emanam de um
espírito crístico. Suas
verdades são eternas
porque refletem a vontade
do Pai Celestial.
PARÁBOLA DO BOM SAMARITANO
 Texto Bíblico:
 Então, levantando-se, disse-lhe um
doutor da lei, para o tentar: Mestre, que
preciso fazer para possuir a vida eterna?
– Respondeu-lhe Jesus: Que é o que está
escrito na lei? Que é o que lês nela? –
Ele respondeu: Amarás o Senhor teu
Deus de todo o coração, de toda a tua
alma, com todas as tuas forças e de todo
o teu espírito, e a teu próximo como a ti
mesmo. – Disse-lhe Jesus: Respondeste
muito bem; faze isso e viverás.
 Mas, o homem, querendo parecer que era
um justo, diz a Jesus: Quem é o meu
próximo? – Jesus, tomando a palavra, lhe
diz:
PARÁBOLA DO BOM SAMARITANO
 Um homem, que descia de Jerusalém para
Jericó, caiu em poder de ladrões, que o
despojaram, cobriram de ferimentos e se foram,
deixando-o semimorto. – Aconteceu em seguida
que um sacerdote, descendo pelo mesmo
caminho, o viu e passou adiante. – Um levita, que
também veio àquele lugar, tendo-o observado,
passou igualmente adiante. – Mas, um
samaritano que viajava, chegando ao lugar onde
jazia aquele homem e tendo-o visto, foi tocado de
compaixão. – Aproximou-se dele, deitou-lhe óleo
e vinho nas feridas e as pensou; depois, pondo-o
no seu cavalo, levou-o a uma hospedaria e
cuidou dele. – No dia seguinte tirou dois denários
e os deu ao hospedeiro, dizendo: Trata muito bem
deste homem e tudo o que despenderes a mais,
eu te pagarei quando regressar.
 Qual desses três te parece ter sido o próximo
daquele que caíra em poder dos ladrões? – O
doutor respondeu: Aquele que usou de
misericórdia para com ele. – Então, vai, diz
Jesus, e faze o mesmo. (S. LUCAS, 10:25 a 37.)
CONTEXTO
 Samaritanos
 Samaritanos e
Jesus
MISERICÓRDIA
 A escolha do Samaritano como o homem que “usou de
misericórdia”
 “A misericórdia será sempre compreensão e amor em todas as
circunstâncias da vida. Deixa que a misericórdia te ilumine o
coração e segue em teu próprio caminho auxiliando sempre.
Compadece-te dos maus. Eles ignoram as consequências dos
próprios atos nos sofrimentos que os esperam.” Emmanuel
 “mal não precisa ser resgatado pelo mal, onde o bem chega
antes...”Humberto de Campos
“QUE FAÇO PARA HERDAR...”
 Herança de Israel: terra
prometida – vida eterna.
 Rabi Hillel: “aquele que
ganhou para si as palavras
da Torá, ganhou para si a
vida do mundo vindouro.”
 Condição – cumprir as leis
divinas
MISERICÓRDIA
 Compreender a herança divina e parar de “testar”
 Todos somos filhos de Deus e para entrar em seu reino de amor
e paz, Ele pede que observemos suas leis.
 “Para Deus, todos somos filhos abençoados e eternos, mas
enquanto a misericórdia não se nos fixar nos domínios do
coração, em verdade, não teremos atingido o caminho da paz e o
reino do amor.” Jesus (citação de Emmanuel no livro Coragem)
JESUS PERGUNTA
 “Que é o que está escrito na lei? Que é o
que lês nela? (...) Qual desses três te parece
ter sido o próximo daquele que caíra em
poder dos ladrões?”
MISERICÓRDIA
 Jesus não impõe o seu conhecimento, mas auxilia o Doutor da Lei a
compreender, levando-o a reflexão.
 “Ninguém nega o mérito da crítica construtiva, nascida nos mananciais
da Justiça, contudo, quanto puderes, deixa que a compreensão nascida
do Amor te presida as manifestações. Conquanto estejamos todos
submetidos aos princípios de causa e efeito, não olvidemos que Deus é
Amor, concedendo-nos os recursos de que careçamos para a
integração com as Leis Universais que nos farão felizes para sempre.”
(Emmanuel – Livro Calma)
CONHECER A LEI MAIOR
 “... não se pode verdadeiramente amar a Deus sem amar o
próximo, nem amar o próximo sem amar a Deus. Logo, tudo o
que se faça contra o próximo o mesmo é que fazê-lo contra
Deus. Não podendo amar a Deus sem praticar a caridade para
com o próximo, todos os deveres do homem se resumem nesta
máxima: FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO. (Evangelho
Segundo o Espiritismo)
FAZE ISSO E VIVERÁS...
 “...somente através do amor realizado e
vivido conseguiremos, de alguma sorte,
sentir a grandeza do Autor de Nossos Dias.”
Emmanuel
 Conhecemos a verdade, agora precisamos
aprender a vivê-la.
A PARÁBOLA – 7 CENAS
A PARÁBOLA – 7 CENAS
Parábolas de Lucas – Kenneth Bailey
CARIDADE E MISERICÓRDIA
 “Determina a caridade nos situemos no
lugar daqueles que necessitam de
amparo, doando-lhes o melhor de nós,
com a certeza de que provavelmente
amanhã serão eles, os socorridos de
agora, nossos próprios benfeitores.”
Emmanuel
 “A vida é amor e a lei é justiça, no
entanto, por marco de interação, a
Divina Providência colocou entre ambas
a fonte da misericórdia, assegurando o
equilíbrio.” (Encontro Marcado
Emmanuel)
OS SALTEADORES
 Agimos corretamente? Somos honestos? Nossa conduta em
casa, no trabalho, no ambiente social, como é?
 “...a parábola do bom samaritano produzirá também efeitos
admiráveis, toda vez que nos decidirmos a usá-la, na vida íntima,
compreendendo e auxiliando aos vizinhos e companheiros,
parentes e amigos, sem nada exigir e sem nada perguntar.”
(Livro da Esperança –Emmanuel)
O SACERDOTE
 Excesso de regras – faça/não faça;
 Bondade apenas aos pares e não ao desconhecido;
 Preocupação consigo, com seus compromissos em detrimento da
necessidade do outro
O LEVITA
 Se o sacerdote não fez, porque ele o faria?
 Indiferença, esquivar-se do incomodo, pensar apenas no próprio
bem estar.
 Ajudar era correr o risco de também ser assaltado – fraquezas
humanas.
SAMARITANO
 Ele refaz passo a passo o que os outros fizerem,
restaurando o equilíbrio.
 Salteadores roubaram – ele deu 2 denários;
 Sacerdote passou de lado – ele colocou-o sobre o seu
cavalo;
 Levita o viu e também passou de lado – ele teve
compaixão.
 A misericórdia é o equílibrio entre o amor e a justiça
– o samaritano, ao agir com misericórdia,
restabeleceu o equilíbrio.
QUEM SOMOS?
“Cada lição conquistada resulta de esforço.
Esforço, muitas vezes, encontra dificuldade.
Toda dificuldade é um desafio.
E, diante de qualquer desafio, antes de tudo,
compaixão é a resposta.” Emmanuel

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Viveras para sempre
Viveras para sempreViveras para sempre
Viveras para sempre
Ailton Guimaraes
 
Vida afetiva à luz do Espiritismo
Vida afetiva à luz do EspiritismoVida afetiva à luz do Espiritismo
Vida afetiva à luz do Espiritismo
Jorge Elarrat
 
Lição 8 - Encontrando o Nosso Próximo
Lição 8 - Encontrando o Nosso PróximoLição 8 - Encontrando o Nosso Próximo
Lição 8 - Encontrando o Nosso Próximo
Hamilton Souza
 
090128 caridade e amor ao próximo – livro iii, cap.11
090128 caridade e amor ao próximo – livro iii, cap.11090128 caridade e amor ao próximo – livro iii, cap.11
090128 caridade e amor ao próximo – livro iii, cap.11
Carlos Alberto Freire De Souza
 
A vida em família
A vida em famíliaA vida em família
A vida em família
Helio Cruz
 
Caridade para com os criminosos
Caridade para com os criminososCaridade para com os criminosos
Caridade para com os criminosos
Izabel Cristina Fonseca
 
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
RobertoAilton
 
Lição 11 relacionamento e perdão
Lição 11 relacionamento e perdãoLição 11 relacionamento e perdão
Lição 11 relacionamento e perdão
boasnovassena
 
,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...
,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...
,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...
ANTONIO INACIO FERRAZ
 
090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xi
090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xi090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xi
090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xi
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Amar o proximo_como_a_si_mesmo02
Amar o proximo_como_a_si_mesmo02Amar o proximo_como_a_si_mesmo02
Amar o proximo_como_a_si_mesmo02
Ana Xavier
 
ESDE - Módulo XVI - Roteiro 1.
ESDE - Módulo XVI - Roteiro 1.ESDE - Módulo XVI - Roteiro 1.
ESDE - Módulo XVI - Roteiro 1.
Núcleo de Promoção Humana Vinha de Luz
 
Estudos do evangelho "O maior mandamento"
Estudos do evangelho "O maior mandamento"Estudos do evangelho "O maior mandamento"
Estudos do evangelho "O maior mandamento"
Leonardo Pereira
 
Casamento na ótica espirita
Casamento na ótica espiritaCasamento na ótica espirita
Casamento na ótica espirita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Evangelho cap10 item11
Evangelho cap10 item11Evangelho cap10 item11
Evangelho cap10 item11
Patricia Farias
 
Casamento na Visão e a família
Casamento na Visão e a  famíliaCasamento na Visão e a  família
Casamento na Visão e a família
Claudio Macedo
 
Carta aos cônjugues
Carta aos cônjuguesCarta aos cônjugues
Carta aos cônjugues
Fatoze
 
Evangelho cap11 item8
Evangelho cap11 item8Evangelho cap11 item8
Evangelho cap11 item8
Patricia Farias
 
Casamento & Divórcio na Visão Espírita
Casamento & Divórcio na Visão EspíritaCasamento & Divórcio na Visão Espírita
Casamento & Divórcio na Visão Espírita
Ana Cláudia Leal Felgueiras
 
( Espiritismo) # - astolfo o o filho - estudo sobre casamento e divorcio
( Espiritismo)   # - astolfo o o filho - estudo sobre casamento e divorcio( Espiritismo)   # - astolfo o o filho - estudo sobre casamento e divorcio
( Espiritismo) # - astolfo o o filho - estudo sobre casamento e divorcio
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 

Mais procurados (20)

Viveras para sempre
Viveras para sempreViveras para sempre
Viveras para sempre
 
Vida afetiva à luz do Espiritismo
Vida afetiva à luz do EspiritismoVida afetiva à luz do Espiritismo
Vida afetiva à luz do Espiritismo
 
Lição 8 - Encontrando o Nosso Próximo
Lição 8 - Encontrando o Nosso PróximoLição 8 - Encontrando o Nosso Próximo
Lição 8 - Encontrando o Nosso Próximo
 
090128 caridade e amor ao próximo – livro iii, cap.11
090128 caridade e amor ao próximo – livro iii, cap.11090128 caridade e amor ao próximo – livro iii, cap.11
090128 caridade e amor ao próximo – livro iii, cap.11
 
A vida em família
A vida em famíliaA vida em família
A vida em família
 
Caridade para com os criminosos
Caridade para com os criminososCaridade para com os criminosos
Caridade para com os criminosos
 
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
 
Lição 11 relacionamento e perdão
Lição 11 relacionamento e perdãoLição 11 relacionamento e perdão
Lição 11 relacionamento e perdão
 
,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...
,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...
,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...
 
090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xi
090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xi090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xi
090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xi
 
Amar o proximo_como_a_si_mesmo02
Amar o proximo_como_a_si_mesmo02Amar o proximo_como_a_si_mesmo02
Amar o proximo_como_a_si_mesmo02
 
ESDE - Módulo XVI - Roteiro 1.
ESDE - Módulo XVI - Roteiro 1.ESDE - Módulo XVI - Roteiro 1.
ESDE - Módulo XVI - Roteiro 1.
 
Estudos do evangelho "O maior mandamento"
Estudos do evangelho "O maior mandamento"Estudos do evangelho "O maior mandamento"
Estudos do evangelho "O maior mandamento"
 
Casamento na ótica espirita
Casamento na ótica espiritaCasamento na ótica espirita
Casamento na ótica espirita
 
Evangelho cap10 item11
Evangelho cap10 item11Evangelho cap10 item11
Evangelho cap10 item11
 
Casamento na Visão e a família
Casamento na Visão e a  famíliaCasamento na Visão e a  família
Casamento na Visão e a família
 
Carta aos cônjugues
Carta aos cônjuguesCarta aos cônjugues
Carta aos cônjugues
 
Evangelho cap11 item8
Evangelho cap11 item8Evangelho cap11 item8
Evangelho cap11 item8
 
Casamento & Divórcio na Visão Espírita
Casamento & Divórcio na Visão EspíritaCasamento & Divórcio na Visão Espírita
Casamento & Divórcio na Visão Espírita
 
( Espiritismo) # - astolfo o o filho - estudo sobre casamento e divorcio
( Espiritismo)   # - astolfo o o filho - estudo sobre casamento e divorcio( Espiritismo)   # - astolfo o o filho - estudo sobre casamento e divorcio
( Espiritismo) # - astolfo o o filho - estudo sobre casamento e divorcio
 

Semelhante a Viver com misericórdia

evangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptxevangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptx
Patricia Farias
 
O Bom Samaritano
O Bom SamaritanoO Bom Samaritano
O Bom Samaritano
Eduardo Henrique Marçal
 
Mod. 2 - Aula 23 - ENSINO POR PARÁBOLAS, O Bom Samaritano [2022-10-08].pptx
Mod. 2 - Aula 23 - ENSINO POR PARÁBOLAS, O Bom Samaritano [2022-10-08].pptxMod. 2 - Aula 23 - ENSINO POR PARÁBOLAS, O Bom Samaritano [2022-10-08].pptx
Mod. 2 - Aula 23 - ENSINO POR PARÁBOLAS, O Bom Samaritano [2022-10-08].pptx
LuizHenriqueTDias
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo(1)
( Espiritismo)   # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo(1)( Espiritismo)   # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo(1)
( Espiritismo) # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo(1)
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo
( Espiritismo)   # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo( Espiritismo)   # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo
( Espiritismo) # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Ceifa de luz emmanuel - chico xavier
Ceifa de luz   emmanuel - chico xavierCeifa de luz   emmanuel - chico xavier
Ceifa de luz emmanuel - chico xavier
Henrique Garcia Cardoso
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 9 - O Próximo e Nós
Série Evangelho no Lar - Cap. 9 - O Próximo e NósSérie Evangelho no Lar - Cap. 9 - O Próximo e Nós
Série Evangelho no Lar - Cap. 9 - O Próximo e Nós
Ricardo Azevedo
 
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmo
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmoCap xi Amar ao proximo como a si mesmo
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmo
gmo1973
 
Aula maior mandamento
Aula maior mandamentoAula maior mandamento
Aula maior mandamento
Mocidade Bezzerra de Menezes
 
Meditação com relaxamento e cromoterapia
Meditação com relaxamento e cromoterapiaMeditação com relaxamento e cromoterapia
Meditação com relaxamento e cromoterapia
Profissional Liberal
 
leis_morais_vida
leis_morais_vidaleis_morais_vida
leis_morais_vida
Ari Carrasco
 
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e leiCapítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Lei de causa e efeito
Lei de causa e efeitoLei de causa e efeito
Lei de causa e efeito
Helio Cruz
 
A parabola do bom samaritano nova
A parabola do bom samaritano novaA parabola do bom samaritano nova
A parabola do bom samaritano nova
Alber Rosa
 
Desencarnes coletivos e a justiça divina!
Desencarnes coletivos e a justiça divina!Desencarnes coletivos e a justiça divina!
Desencarnes coletivos e a justiça divina!
Leonardo Pereira
 
Desencarnes coletivos e a justiça divina ( Leonardo Pereira).
Desencarnes coletivos e a justiça divina ( Leonardo Pereira). Desencarnes coletivos e a justiça divina ( Leonardo Pereira).
Desencarnes coletivos e a justiça divina ( Leonardo Pereira).
Leonardo Pereira
 
Romanos 1
Romanos 1Romanos 1
Romanos 1
Dagmar Wendt
 
1vivendo apaixonadamente
1vivendo apaixonadamente1vivendo apaixonadamente
1vivendo apaixonadamente
marcosleal2011
 
vivendo apaixonadamente
vivendo apaixonadamentevivendo apaixonadamente
vivendo apaixonadamente
marcosleal2011
 
1vivendo apaixonadamente
1vivendo apaixonadamente1vivendo apaixonadamente
1vivendo apaixonadamente
marcosleal2011
 

Semelhante a Viver com misericórdia (20)

evangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptxevangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptx
 
O Bom Samaritano
O Bom SamaritanoO Bom Samaritano
O Bom Samaritano
 
Mod. 2 - Aula 23 - ENSINO POR PARÁBOLAS, O Bom Samaritano [2022-10-08].pptx
Mod. 2 - Aula 23 - ENSINO POR PARÁBOLAS, O Bom Samaritano [2022-10-08].pptxMod. 2 - Aula 23 - ENSINO POR PARÁBOLAS, O Bom Samaritano [2022-10-08].pptx
Mod. 2 - Aula 23 - ENSINO POR PARÁBOLAS, O Bom Samaritano [2022-10-08].pptx
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo(1)
( Espiritismo)   # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo(1)( Espiritismo)   # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo(1)
( Espiritismo) # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo(1)
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo
( Espiritismo)   # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo( Espiritismo)   # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo
( Espiritismo) # - amag ramgis - amar o proximo como a si mesmo
 
Ceifa de luz emmanuel - chico xavier
Ceifa de luz   emmanuel - chico xavierCeifa de luz   emmanuel - chico xavier
Ceifa de luz emmanuel - chico xavier
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 9 - O Próximo e Nós
Série Evangelho no Lar - Cap. 9 - O Próximo e NósSérie Evangelho no Lar - Cap. 9 - O Próximo e Nós
Série Evangelho no Lar - Cap. 9 - O Próximo e Nós
 
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmo
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmoCap xi Amar ao proximo como a si mesmo
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmo
 
Aula maior mandamento
Aula maior mandamentoAula maior mandamento
Aula maior mandamento
 
Meditação com relaxamento e cromoterapia
Meditação com relaxamento e cromoterapiaMeditação com relaxamento e cromoterapia
Meditação com relaxamento e cromoterapia
 
leis_morais_vida
leis_morais_vidaleis_morais_vida
leis_morais_vida
 
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e leiCapítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
 
Lei de causa e efeito
Lei de causa e efeitoLei de causa e efeito
Lei de causa e efeito
 
A parabola do bom samaritano nova
A parabola do bom samaritano novaA parabola do bom samaritano nova
A parabola do bom samaritano nova
 
Desencarnes coletivos e a justiça divina!
Desencarnes coletivos e a justiça divina!Desencarnes coletivos e a justiça divina!
Desencarnes coletivos e a justiça divina!
 
Desencarnes coletivos e a justiça divina ( Leonardo Pereira).
Desencarnes coletivos e a justiça divina ( Leonardo Pereira). Desencarnes coletivos e a justiça divina ( Leonardo Pereira).
Desencarnes coletivos e a justiça divina ( Leonardo Pereira).
 
Romanos 1
Romanos 1Romanos 1
Romanos 1
 
1vivendo apaixonadamente
1vivendo apaixonadamente1vivendo apaixonadamente
1vivendo apaixonadamente
 
vivendo apaixonadamente
vivendo apaixonadamentevivendo apaixonadamente
vivendo apaixonadamente
 
1vivendo apaixonadamente
1vivendo apaixonadamente1vivendo apaixonadamente
1vivendo apaixonadamente
 

Mais de Candice Gunther

Poesias Maria Dolores - Serie Max Rive
Poesias Maria Dolores - Serie Max RivePoesias Maria Dolores - Serie Max Rive
Poesias Maria Dolores - Serie Max Rive
Candice Gunther
 
A obra de Chico Xavier
A obra de Chico XavierA obra de Chico Xavier
A obra de Chico Xavier
Candice Gunther
 
Carta aos Corintios com Emmanuel - Sabedoria
Carta aos Corintios com Emmanuel - SabedoriaCarta aos Corintios com Emmanuel - Sabedoria
Carta aos Corintios com Emmanuel - Sabedoria
Candice Gunther
 
Dissensões
Dissensões Dissensões
Dissensões
Candice Gunther
 
Carta aos Coríntios com Emmanuel - A Cidade de Corinto
Carta aos Coríntios com Emmanuel - A Cidade de CorintoCarta aos Coríntios com Emmanuel - A Cidade de Corinto
Carta aos Coríntios com Emmanuel - A Cidade de Corinto
Candice Gunther
 
Estudo do livro Roteiro lição 40
Estudo do livro Roteiro lição 40Estudo do livro Roteiro lição 40
Estudo do livro Roteiro lição 40
Candice Gunther
 
Estudo do livro Roteiro lição 39
Estudo do livro Roteiro lição 39Estudo do livro Roteiro lição 39
Estudo do livro Roteiro lição 39
Candice Gunther
 
Estudo do livro Roteiro lição 38
Estudo do livro Roteiro lição 38Estudo do livro Roteiro lição 38
Estudo do livro Roteiro lição 38
Candice Gunther
 
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Candice Gunther
 
Poesias de Maria Dolores - Serie Turner
Poesias de Maria Dolores - Serie TurnerPoesias de Maria Dolores - Serie Turner
Poesias de Maria Dolores - Serie Turner
Candice Gunther
 
Estudo do livro Roteiro lição 35
Estudo do livro Roteiro lição 35Estudo do livro Roteiro lição 35
Estudo do livro Roteiro lição 35
Candice Gunther
 
Estudo do livro Roteiro lição 34
Estudo do livro Roteiro lição 34Estudo do livro Roteiro lição 34
Estudo do livro Roteiro lição 34
Candice Gunther
 
Estudo do livro Roteiro lição 33
Estudo do livro Roteiro lição 33Estudo do livro Roteiro lição 33
Estudo do livro Roteiro lição 33
Candice Gunther
 
Estudo do livro Roteiro lição 32
Estudo do livro Roteiro lição 32Estudo do livro Roteiro lição 32
Estudo do livro Roteiro lição 32
Candice Gunther
 
Roteiro lição 31
Roteiro lição 31Roteiro lição 31
Roteiro lição 31
Candice Gunther
 
Estudo do livro Roteiro lição 30
Estudo do livro Roteiro lição 30Estudo do livro Roteiro lição 30
Estudo do livro Roteiro lição 30
Candice Gunther
 
Estudo do livro Roteiro lição 29
Estudo do livro Roteiro lição 29Estudo do livro Roteiro lição 29
Estudo do livro Roteiro lição 29
Candice Gunther
 
Estudo do livro Roteiro, lição 28
Estudo do livro Roteiro, lição 28Estudo do livro Roteiro, lição 28
Estudo do livro Roteiro, lição 28
Candice Gunther
 
Estudo do livro Roteiro lição 27
Estudo do livro Roteiro lição 27Estudo do livro Roteiro lição 27
Estudo do livro Roteiro lição 27
Candice Gunther
 
Estudo do livro Roteiro lição 26
Estudo do livro Roteiro lição 26Estudo do livro Roteiro lição 26
Estudo do livro Roteiro lição 26
Candice Gunther
 

Mais de Candice Gunther (20)

Poesias Maria Dolores - Serie Max Rive
Poesias Maria Dolores - Serie Max RivePoesias Maria Dolores - Serie Max Rive
Poesias Maria Dolores - Serie Max Rive
 
A obra de Chico Xavier
A obra de Chico XavierA obra de Chico Xavier
A obra de Chico Xavier
 
Carta aos Corintios com Emmanuel - Sabedoria
Carta aos Corintios com Emmanuel - SabedoriaCarta aos Corintios com Emmanuel - Sabedoria
Carta aos Corintios com Emmanuel - Sabedoria
 
Dissensões
Dissensões Dissensões
Dissensões
 
Carta aos Coríntios com Emmanuel - A Cidade de Corinto
Carta aos Coríntios com Emmanuel - A Cidade de CorintoCarta aos Coríntios com Emmanuel - A Cidade de Corinto
Carta aos Coríntios com Emmanuel - A Cidade de Corinto
 
Estudo do livro Roteiro lição 40
Estudo do livro Roteiro lição 40Estudo do livro Roteiro lição 40
Estudo do livro Roteiro lição 40
 
Estudo do livro Roteiro lição 39
Estudo do livro Roteiro lição 39Estudo do livro Roteiro lição 39
Estudo do livro Roteiro lição 39
 
Estudo do livro Roteiro lição 38
Estudo do livro Roteiro lição 38Estudo do livro Roteiro lição 38
Estudo do livro Roteiro lição 38
 
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
 
Poesias de Maria Dolores - Serie Turner
Poesias de Maria Dolores - Serie TurnerPoesias de Maria Dolores - Serie Turner
Poesias de Maria Dolores - Serie Turner
 
Estudo do livro Roteiro lição 35
Estudo do livro Roteiro lição 35Estudo do livro Roteiro lição 35
Estudo do livro Roteiro lição 35
 
Estudo do livro Roteiro lição 34
Estudo do livro Roteiro lição 34Estudo do livro Roteiro lição 34
Estudo do livro Roteiro lição 34
 
Estudo do livro Roteiro lição 33
Estudo do livro Roteiro lição 33Estudo do livro Roteiro lição 33
Estudo do livro Roteiro lição 33
 
Estudo do livro Roteiro lição 32
Estudo do livro Roteiro lição 32Estudo do livro Roteiro lição 32
Estudo do livro Roteiro lição 32
 
Roteiro lição 31
Roteiro lição 31Roteiro lição 31
Roteiro lição 31
 
Estudo do livro Roteiro lição 30
Estudo do livro Roteiro lição 30Estudo do livro Roteiro lição 30
Estudo do livro Roteiro lição 30
 
Estudo do livro Roteiro lição 29
Estudo do livro Roteiro lição 29Estudo do livro Roteiro lição 29
Estudo do livro Roteiro lição 29
 
Estudo do livro Roteiro, lição 28
Estudo do livro Roteiro, lição 28Estudo do livro Roteiro, lição 28
Estudo do livro Roteiro, lição 28
 
Estudo do livro Roteiro lição 27
Estudo do livro Roteiro lição 27Estudo do livro Roteiro lição 27
Estudo do livro Roteiro lição 27
 
Estudo do livro Roteiro lição 26
Estudo do livro Roteiro lição 26Estudo do livro Roteiro lição 26
Estudo do livro Roteiro lição 26
 

Último

Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
ElijainaVelozoGonalv
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 

Último (18)

Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 

Viver com misericórdia

  • 1.
  • 2. PARÁBOLA  Parábola é uma pequena narrativa que usa alegorias para transmitir uma lição moral.  Parábolas de Jesus eram histórias com elementos comuns da cultura daquele tempo que tinham como objetivo ensinar coisas sobre o Reino de Deus. Entre as parábolas de Jesus, algumas das mais conhecidas são a parábola do filho pródigo, parábola dos talentos, parábola do semeador, parábola do trigo e do joio, etc.
  • 3. PARÁBOLAS DE UM CRISTO  Usou de parábolas porque não foi dado a seus ouvintes conhecer os mistérios do Reino dos Céus, desde que vendo eles não viam e ouvindo eles não entendiam (Mt 13.10-16).  As parábolas serão sempre atuais e trarão ensinamentos profundos porque emanam de um espírito crístico. Suas verdades são eternas porque refletem a vontade do Pai Celestial.
  • 4. PARÁBOLA DO BOM SAMARITANO  Texto Bíblico:  Então, levantando-se, disse-lhe um doutor da lei, para o tentar: Mestre, que preciso fazer para possuir a vida eterna? – Respondeu-lhe Jesus: Que é o que está escrito na lei? Que é o que lês nela? – Ele respondeu: Amarás o Senhor teu Deus de todo o coração, de toda a tua alma, com todas as tuas forças e de todo o teu espírito, e a teu próximo como a ti mesmo. – Disse-lhe Jesus: Respondeste muito bem; faze isso e viverás.  Mas, o homem, querendo parecer que era um justo, diz a Jesus: Quem é o meu próximo? – Jesus, tomando a palavra, lhe diz:
  • 5. PARÁBOLA DO BOM SAMARITANO  Um homem, que descia de Jerusalém para Jericó, caiu em poder de ladrões, que o despojaram, cobriram de ferimentos e se foram, deixando-o semimorto. – Aconteceu em seguida que um sacerdote, descendo pelo mesmo caminho, o viu e passou adiante. – Um levita, que também veio àquele lugar, tendo-o observado, passou igualmente adiante. – Mas, um samaritano que viajava, chegando ao lugar onde jazia aquele homem e tendo-o visto, foi tocado de compaixão. – Aproximou-se dele, deitou-lhe óleo e vinho nas feridas e as pensou; depois, pondo-o no seu cavalo, levou-o a uma hospedaria e cuidou dele. – No dia seguinte tirou dois denários e os deu ao hospedeiro, dizendo: Trata muito bem deste homem e tudo o que despenderes a mais, eu te pagarei quando regressar.  Qual desses três te parece ter sido o próximo daquele que caíra em poder dos ladrões? – O doutor respondeu: Aquele que usou de misericórdia para com ele. – Então, vai, diz Jesus, e faze o mesmo. (S. LUCAS, 10:25 a 37.)
  • 7. MISERICÓRDIA  A escolha do Samaritano como o homem que “usou de misericórdia”  “A misericórdia será sempre compreensão e amor em todas as circunstâncias da vida. Deixa que a misericórdia te ilumine o coração e segue em teu próprio caminho auxiliando sempre. Compadece-te dos maus. Eles ignoram as consequências dos próprios atos nos sofrimentos que os esperam.” Emmanuel  “mal não precisa ser resgatado pelo mal, onde o bem chega antes...”Humberto de Campos
  • 8. “QUE FAÇO PARA HERDAR...”  Herança de Israel: terra prometida – vida eterna.  Rabi Hillel: “aquele que ganhou para si as palavras da Torá, ganhou para si a vida do mundo vindouro.”  Condição – cumprir as leis divinas
  • 9. MISERICÓRDIA  Compreender a herança divina e parar de “testar”  Todos somos filhos de Deus e para entrar em seu reino de amor e paz, Ele pede que observemos suas leis.  “Para Deus, todos somos filhos abençoados e eternos, mas enquanto a misericórdia não se nos fixar nos domínios do coração, em verdade, não teremos atingido o caminho da paz e o reino do amor.” Jesus (citação de Emmanuel no livro Coragem)
  • 10. JESUS PERGUNTA  “Que é o que está escrito na lei? Que é o que lês nela? (...) Qual desses três te parece ter sido o próximo daquele que caíra em poder dos ladrões?”
  • 11. MISERICÓRDIA  Jesus não impõe o seu conhecimento, mas auxilia o Doutor da Lei a compreender, levando-o a reflexão.  “Ninguém nega o mérito da crítica construtiva, nascida nos mananciais da Justiça, contudo, quanto puderes, deixa que a compreensão nascida do Amor te presida as manifestações. Conquanto estejamos todos submetidos aos princípios de causa e efeito, não olvidemos que Deus é Amor, concedendo-nos os recursos de que careçamos para a integração com as Leis Universais que nos farão felizes para sempre.” (Emmanuel – Livro Calma)
  • 12. CONHECER A LEI MAIOR  “... não se pode verdadeiramente amar a Deus sem amar o próximo, nem amar o próximo sem amar a Deus. Logo, tudo o que se faça contra o próximo o mesmo é que fazê-lo contra Deus. Não podendo amar a Deus sem praticar a caridade para com o próximo, todos os deveres do homem se resumem nesta máxima: FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO. (Evangelho Segundo o Espiritismo)
  • 13. FAZE ISSO E VIVERÁS...  “...somente através do amor realizado e vivido conseguiremos, de alguma sorte, sentir a grandeza do Autor de Nossos Dias.” Emmanuel  Conhecemos a verdade, agora precisamos aprender a vivê-la.
  • 14. A PARÁBOLA – 7 CENAS
  • 15. A PARÁBOLA – 7 CENAS Parábolas de Lucas – Kenneth Bailey
  • 16. CARIDADE E MISERICÓRDIA  “Determina a caridade nos situemos no lugar daqueles que necessitam de amparo, doando-lhes o melhor de nós, com a certeza de que provavelmente amanhã serão eles, os socorridos de agora, nossos próprios benfeitores.” Emmanuel  “A vida é amor e a lei é justiça, no entanto, por marco de interação, a Divina Providência colocou entre ambas a fonte da misericórdia, assegurando o equilíbrio.” (Encontro Marcado Emmanuel)
  • 17. OS SALTEADORES  Agimos corretamente? Somos honestos? Nossa conduta em casa, no trabalho, no ambiente social, como é?  “...a parábola do bom samaritano produzirá também efeitos admiráveis, toda vez que nos decidirmos a usá-la, na vida íntima, compreendendo e auxiliando aos vizinhos e companheiros, parentes e amigos, sem nada exigir e sem nada perguntar.” (Livro da Esperança –Emmanuel)
  • 18. O SACERDOTE  Excesso de regras – faça/não faça;  Bondade apenas aos pares e não ao desconhecido;  Preocupação consigo, com seus compromissos em detrimento da necessidade do outro
  • 19. O LEVITA  Se o sacerdote não fez, porque ele o faria?  Indiferença, esquivar-se do incomodo, pensar apenas no próprio bem estar.  Ajudar era correr o risco de também ser assaltado – fraquezas humanas.
  • 20. SAMARITANO  Ele refaz passo a passo o que os outros fizerem, restaurando o equilíbrio.  Salteadores roubaram – ele deu 2 denários;  Sacerdote passou de lado – ele colocou-o sobre o seu cavalo;  Levita o viu e também passou de lado – ele teve compaixão.  A misericórdia é o equílibrio entre o amor e a justiça – o samaritano, ao agir com misericórdia, restabeleceu o equilíbrio.
  • 21. QUEM SOMOS? “Cada lição conquistada resulta de esforço. Esforço, muitas vezes, encontra dificuldade. Toda dificuldade é um desafio. E, diante de qualquer desafio, antes de tudo, compaixão é a resposta.” Emmanuel