SlideShare uma empresa Scribd logo
Ano Lectivo 2010/2011
 Ano VI Número 11                    BOLETIM INFORMATIVO N.º 2 / NOVEMBRO - DEZEMBRO
       INSTITUTO DIOCESANO DE FORMAÇÃO JOÃO PAULO II—SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

                                                                                 MOMENTOS MARCANTES NO FINAL
                             EDITORIAL                                                 DO 1º PERÍODO

      No dia 17 de Dezembro o Instituto Diocesano de Forma-
ção João Paulo II comemorou o final do primeiro período, num
dia marcado por uma cerimónia religiosa cheia de simbolismo,
potenciando-se na mensagem transmitida pelo Padre João Naza-
ré o desenvolvimento e valorização das capacidades e potencia-
lidades intelectuais, cívicas, morais e espirituais de toda a comu-
nidade educativa, em particular dos alunos.
      Após a cerimónia religiosa, os alunos dos 5º e 6º anos
                      mostraram a todos os presentes o que de
                      melhor aprenderam nas aulas de Educação Musi-
                      cal, dinamizadas pelo professor Cosme Mota,               Cerimónia de encerramento do 1º período presidida pelo Padre João Nazaré.

                      em quatro actuações que foram amplamente
                      aplaudidas. O dia continuou com actividades,
                      que nos integraram em cada momento, no Pro-
                      jecto Educativo do IDF, “Desporto e Cidada-
                      nia”: encenação de uma peça de teatro, activida-

 A Árvore de
                      des desportivas, trocas de prendas entre os
 Natal do IDF
 re v e l a mu it a   alunos, mostrando que os estes são cada vez
 criatividade
 (Eckesem Bragan-     mais cidadãos activos.
 ça - Educação
 Tecnológica).        A interrupção lectiva da quadra natalícia permite
a todos uma reflexão sobre o trabalho desenvolvido e com base
                                                                                Actuação musical dos alunos do 6º ano, dirigidos pelo Professor Cosme Mota.
do balanço efectuado, partir para novas ideias, criar planos ino-
vadores e desenvolver projectos promotores do desenvolvi-
mento holístico dos alunos.
      O ano de 2011 trará muitos
desafios para todos os intervenien-
tes do processo ensino - aprendi-
zagem, tal como nos diz Paulo Frei-
re (Pedagogia           da   Autonomia):
“ninguém é autónomo primeiro
                                           ECOÁRVORE construída pelos alunos
para depois decidir” / “é decidindo        do 5º e 6º anos (Raphaela Nazaré -
                                           Área Projecto)
que se aprende a decidir”.                                                               Jogo de futebol entre os professores e os alunos do 11º CT.
IV CORTA - MATO

     No dia 11 de Dezembro decorreu a quarta prova de Corta-Mato
Escola do Instituto Diocesano de Formação João Paulo II, animando a
escola e os alunos dos ensinos básico e secundário durante toda a manhã.
     A prova decorreu no recinto do IDF e no espaço exterior ao Insti-
tuto, envolvendo alunos do 5º ao 12º anos, de ambos os sexos, distribuí-
dos por diversos escalões etários. Os alunos mais novos, escalão Benja-
mim, percorreram uma distância de 1500 metros, enquanto os alunos
Sub-23 tiveram um desafiante percurso de 3500 metros.                                                                                            I

     As actividades desportivas continuaram com um concurso de salto
                                                                                   O Professor David Monteiro a orientar a partida para uma das provas
                                                                                   do do IV Corta Mato - Escalão Iniciado (1) e Escalão Juvenil (II).
em comprimento.
     Estas actividades desportivas, promovidas sob o lema, Participa e
vem mostrar que és saudável…, são desenvolvidas pelo Grupo Disciplinar
de Educação Física e enquadram-se no Projecto Educativo do Instituto
Diocesano de Formação João Paulo II, válido para o biénio 2009/2011 e
intitulado Desporto e Cidadania, o qual visa favorecer a comunicação
interpessoal, criar laços de amizade e companheirismo, promover o
desenvolvimento da autonomia e auto-controlo e fomentar o desenvolvi-
mento da formação harmoniosa e multilateral dos jovens.                                II




   “Atletas” em competição.                Partida do Escalão Benjamim.                         Registo da ordem de chegada (Professor Nuno Santos).




                                                   Concurso de salto em comprimento.
CIÊNCIA A PARTIR DOS 4...

          No dia 24 de Novembro os professores de
   Ciências do IDF convidaram os alunos do 1º ao 4º
   ano da Escola Portuguesa para a comemoração do
   Dia Mundial da Ciência.
          Os alunos do 10º CT em colaboração com os
   professores de Biologia e Geologia e Física e Quími-
   ca A, prepararam um conjunto de experiências que
                                                                                                    O prazer da descoberta não tem idade.
   convidavam os mais novos a descobrir o encanto da
   Ciência, o valor da experimentação, a colocar a sua
   curiosidade e imaginação em funcionamento e a
   aprender através do desenvolvimento das activida-
   des laboratoriais.
          Os alunos do primeiro ciclo visitaram os labo-
   ratórios de Física, Química e Biologia / Geologia,
   onde realizaram diversos desafios experimen-
                                                                                   A Magia da Ciência conta-
   tais, com o intuito de despertar a curiosidade cien-                            giou todos com boa disposi-
                                                                                   ção e sorrisos.
   tífica e estimular o interesse dos alunos pelas áreas
   da Física e Química, num contexto de aprendizagem
   lúdico, guiados pelos alunos do 10º CT, muito
   empenhados no seu papel de monitores.
          O Dia Mundial da Ciência é assinalado a 24 de
   Novembro com o objectivo de promover a discus-
   são do desenvolvimento científico e tecnológico e a
   sua influência no quotidiano das pessoas.
          Todos os participantes descobriram uma lição
   muito importante: o conhecimento é um elo de
   ligação e de partilha entre todos nós!                                           O empenho, a simpatia e a dedicação dos alunos do 10º CT foram uma
                                                                                                  constante ao longo de toda a actividade.




As professoras com os seus alunos da Escola Portuguesa e os alunos / monitores (10º CT) do Instituto Diocesano de Formação João Paulo II.
A IMPORTÂNCIA DA ESTATÍSTICA PARA O
  DESENVOLVIMENTO DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE
                                                                                                   DIA MUNDIAL DA TELEVISÃO

      Pela primeira vez no dia 20 de Outubro de 2010 come-                                    Em 1996, a Assembleia Geral das Nações Unidas
morou-se a nível global o Dia Mundial da Estatística e em                               proclamou o dia 21 de Novembro Dia Mundial da Televi-
2011 irá decorrer em São Tomé e Príncipe o IV Recensea-                                 são, nas Nações Unidas. Os Estados Membros foram con-
mento Geral da População e Habitação (Censo 2011), o que                                vidados a comemorar o Dia, incentivando a nível mundial,
motivou o Instituto Nacional de Estatística de São Tomé e
                                                                                        as trocas de programas de televisão sobre questões como
Príncipe (INE) a promover uma série de actividades com o
                                                                                        a Paz, a Segurança, o Desenvolvimento social e económi-
objectivo de assinalar o papel das Estatísticas Oficiais e os
                                                                                        co, e reforçando o intercâmbio cultural.
inúmeros contributos do sistema estatístico nacional.
                                                                                              Os alunos do 11º ano de Ciências e Tecnologias,
      O INE convidou os alunos do Instituto Diocesano de
                                                                                        Línguas e Humanidades do IDF, no âmbito da disciplina de
Formação João Paulo II a assistir a uma palestra sobre a
                                                                                        Português e do conteúdo «Textos do Domínio Transac-
“Importância da Estatística no Desenvolvimento de São Tomé
                                                                                        cional e Educativo» assinalaram esta data associando-a ao
e Príncipe”, onde se exploraram e deram a conhecer os múl-
tiplos contributos que as estatísticas oficiais têm vindo a pro-                        conteúdo em estudo nas aulas.

porcionar, ao longo dos tempos, para o conhecimento e o                                       Ao longo das aulas de Português os alunos têm vindo
desenvolvimento da sociedade santomense. Alguns dos con-                                a estudar o Anúncio Publicitário, e marcaram este dia
teúdos abordados estão perfeitamente integrados nos progra-                             apresentando aos profissionais da Televisão Santomense
mas da disciplina de Matemática leccionada no IDF.                                      anúncios “100% Nacionais”, repletos de criatividade e de
                                                                                        inovação.




        Equipa do Instituto Nacional de Estatística que se deslocou ao IDF.



      Os técnicos que se deslocaram ao IDF, Dr. Hélder Sal-
 vaterra, Dra. Henge dos Santos, Dra. Ketty Borges, Dr. Ade-
                                                                                        Durante a apresentação dos trabalhos ocorreu uma troca de
 lino de Freitas, e os técnicos informáticos, Idálio Luís e Edval-                      papéis, tendo a apresentação dos anúncios estado a cargo do Fábio
 do Lavres, realçaram e deram a conhecer as estatísticas ofi-                           Neves (11º CT) e da Paula Vera Cruz (11º LH) e a plateia constituí-
                                                                                        da pelos profissionais santomenses de comunicação e televisão.
 ciais santomenses, o contributo do INE para o melhor
 conhecimento da Sociedade Santomense, a compreensão da
                                                                                            O Instituto Diocesano de Formação João Paulo II gostaria
 sua realidade económica e social e explicaram aos alunos os
                                                                                        de agradecer toda a disponibilidade demonstrada pelo Insti-
 métodos de recolha, organização, descrição, análise e inter-
                                                                                        tuto Nacional de Estatística (INE) de São Tomé e Príncipe e
 pretação de dados e a utilização dos mesmos na tomada de
                                                                                        pela Televisão Nacional Santomense (TVS).
 decisões.


                                                                              O IDF é co-financiado por:
CONTACTOS:

IDF - Instituto Diocesano de Formação João Paulo II

Campo de Milho - Caixa Postal 636
Telefone: 222 11 94                                                                Ministério da Educação, Cultura e
E-mail: idf.stp@gmail.com                                                                    formação STP

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Soletrar - 2010/2011 - N.º 2

Jornal blog
Jornal blogJornal blog
Jornal blog
etianalucia
 
Educação de Jovens e Adultos
Educação de Jovens e AdultosEducação de Jovens e Adultos
Educação de Jovens e Adultos
André Santos Luigi
 
A criança descobrindo interpretando e agindo sobre o mundo
A criança descobrindo interpretando e agindo sobre o mundoA criança descobrindo interpretando e agindo sobre o mundo
A criança descobrindo interpretando e agindo sobre o mundo
Mauro Sousa
 
Cinciasexperimentaisno1ciclo20122013 121028114507-phpapp01
Cinciasexperimentaisno1ciclo20122013 121028114507-phpapp01Cinciasexperimentaisno1ciclo20122013 121028114507-phpapp01
Cinciasexperimentaisno1ciclo20122013 121028114507-phpapp01
mariacarmcorreia
 
Coleção explorando o ensino médio
Coleção explorando o ensino médioColeção explorando o ensino médio
Coleção explorando o ensino médio
Julianna Azevedo
 
Boletim informativo novembro/dezembro 2015
Boletim informativo novembro/dezembro 2015Boletim informativo novembro/dezembro 2015
Boletim informativo novembro/dezembro 2015
bibliotecasjuliomartins
 
Plano anual de atividades
Plano anual de atividadesPlano anual de atividades
Plano anual de atividades
Sampas
 
Relato de experiência pdf
Relato de experiência pdfRelato de experiência pdf
Relato de experiência pdf
Francineteproinfo
 
Soletrar N.º 5 - Maio/Junho
Soletrar N.º 5 - Maio/JunhoSoletrar N.º 5 - Maio/Junho
Soletrar N.º 5 - Maio/Junho
André Ferreira Freitas
 
Espaco não formal e sua contrib na educ form e contin uma exp bem suc no brasil
Espaco não formal e sua contrib na educ form e contin  uma exp bem suc no brasilEspaco não formal e sua contrib na educ form e contin  uma exp bem suc no brasil
Espaco não formal e sua contrib na educ form e contin uma exp bem suc no brasil
Jonas Dias de Britto Filho
 
Coleção Explorando o ensino Vol.15 - Sociologia - MEC
Coleção Explorando o ensino Vol.15 - Sociologia - MECColeção Explorando o ensino Vol.15 - Sociologia - MEC
Coleção Explorando o ensino Vol.15 - Sociologia - MEC
pascoalnaib
 
6ªnewsletter abr15
6ªnewsletter abr156ªnewsletter abr15
6ªnewsletter abr15
BE123AEN
 
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012. Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
DafianaCarlos
 
Ações 2014 Christiane - CEFAPRO-SINOP-MT
Ações 2014 Christiane - CEFAPRO-SINOP-MTAções 2014 Christiane - CEFAPRO-SINOP-MT
Ações 2014 Christiane - CEFAPRO-SINOP-MT
Sara Cristina
 
Correio da paz out nov 2013
Correio da paz out nov 2013Correio da paz out nov 2013
Correio da paz out nov 2013
Amorim Albert
 
Bi janeiro 2015_blogue
Bi janeiro 2015_blogueBi janeiro 2015_blogue
Bi janeiro 2015_blogue
bibliotecasjuliomartins
 
Dora landolfi programa mais educação
Dora landolfi programa mais educaçãoDora landolfi programa mais educação
Dora landolfi programa mais educação
eder ratier alves de oliveira
 
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014
semecti
 
Projeto jogo & ensino de história
Projeto jogo & ensino de históriaProjeto jogo & ensino de história
Projeto jogo & ensino de história
Acrópole - História & Educação
 
Boletim Junho
Boletim JunhoBoletim Junho
Boletim Junho
adelinafonseca
 

Semelhante a Soletrar - 2010/2011 - N.º 2 (20)

Jornal blog
Jornal blogJornal blog
Jornal blog
 
Educação de Jovens e Adultos
Educação de Jovens e AdultosEducação de Jovens e Adultos
Educação de Jovens e Adultos
 
A criança descobrindo interpretando e agindo sobre o mundo
A criança descobrindo interpretando e agindo sobre o mundoA criança descobrindo interpretando e agindo sobre o mundo
A criança descobrindo interpretando e agindo sobre o mundo
 
Cinciasexperimentaisno1ciclo20122013 121028114507-phpapp01
Cinciasexperimentaisno1ciclo20122013 121028114507-phpapp01Cinciasexperimentaisno1ciclo20122013 121028114507-phpapp01
Cinciasexperimentaisno1ciclo20122013 121028114507-phpapp01
 
Coleção explorando o ensino médio
Coleção explorando o ensino médioColeção explorando o ensino médio
Coleção explorando o ensino médio
 
Boletim informativo novembro/dezembro 2015
Boletim informativo novembro/dezembro 2015Boletim informativo novembro/dezembro 2015
Boletim informativo novembro/dezembro 2015
 
Plano anual de atividades
Plano anual de atividadesPlano anual de atividades
Plano anual de atividades
 
Relato de experiência pdf
Relato de experiência pdfRelato de experiência pdf
Relato de experiência pdf
 
Soletrar N.º 5 - Maio/Junho
Soletrar N.º 5 - Maio/JunhoSoletrar N.º 5 - Maio/Junho
Soletrar N.º 5 - Maio/Junho
 
Espaco não formal e sua contrib na educ form e contin uma exp bem suc no brasil
Espaco não formal e sua contrib na educ form e contin  uma exp bem suc no brasilEspaco não formal e sua contrib na educ form e contin  uma exp bem suc no brasil
Espaco não formal e sua contrib na educ form e contin uma exp bem suc no brasil
 
Coleção Explorando o ensino Vol.15 - Sociologia - MEC
Coleção Explorando o ensino Vol.15 - Sociologia - MECColeção Explorando o ensino Vol.15 - Sociologia - MEC
Coleção Explorando o ensino Vol.15 - Sociologia - MEC
 
6ªnewsletter abr15
6ªnewsletter abr156ªnewsletter abr15
6ªnewsletter abr15
 
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012. Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
 
Ações 2014 Christiane - CEFAPRO-SINOP-MT
Ações 2014 Christiane - CEFAPRO-SINOP-MTAções 2014 Christiane - CEFAPRO-SINOP-MT
Ações 2014 Christiane - CEFAPRO-SINOP-MT
 
Correio da paz out nov 2013
Correio da paz out nov 2013Correio da paz out nov 2013
Correio da paz out nov 2013
 
Bi janeiro 2015_blogue
Bi janeiro 2015_blogueBi janeiro 2015_blogue
Bi janeiro 2015_blogue
 
Dora landolfi programa mais educação
Dora landolfi programa mais educaçãoDora landolfi programa mais educação
Dora landolfi programa mais educação
 
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014
 
Projeto jogo & ensino de história
Projeto jogo & ensino de históriaProjeto jogo & ensino de história
Projeto jogo & ensino de história
 
Boletim Junho
Boletim JunhoBoletim Junho
Boletim Junho
 

Mais de André Ferreira Freitas

IDF - Plano Anual de Atividades - 2013/2014
IDF - Plano Anual de Atividades - 2013/2014IDF - Plano Anual de Atividades - 2013/2014
IDF - Plano Anual de Atividades - 2013/2014
André Ferreira Freitas
 
IDF - Critérios de Avaliação - 2013/2014
IDF - Critérios de Avaliação - 2013/2014IDF - Critérios de Avaliação - 2013/2014
IDF - Critérios de Avaliação - 2013/2014
André Ferreira Freitas
 
IDF - Regulamento Interno - 2013/2014
IDF - Regulamento Interno - 2013/2014IDF - Regulamento Interno - 2013/2014
IDF - Regulamento Interno - 2013/2014
André Ferreira Freitas
 
IDF - Projeto Educativo - 2013/2014
IDF - Projeto Educativo - 2013/2014IDF - Projeto Educativo - 2013/2014
IDF - Projeto Educativo - 2013/2014
André Ferreira Freitas
 
Informações avaliação sumativa externa - básico
Informações   avaliação sumativa externa - básicoInformações   avaliação sumativa externa - básico
Informações avaliação sumativa externa - básico
André Ferreira Freitas
 
Soletrar n.º 1 2012 2013
Soletrar n.º 1   2012 2013Soletrar n.º 1   2012 2013
Soletrar n.º 1 2012 2013
André Ferreira Freitas
 
Regras idf - stp
Regras   idf - stpRegras   idf - stp
Regras idf - stp
André Ferreira Freitas
 
Projeto educativo idf - 2012 2013
Projeto educativo   idf - 2012 2013Projeto educativo   idf - 2012 2013
Projeto educativo idf - 2012 2013
André Ferreira Freitas
 
Regulamento interno idf - stp
Regulamento interno   idf - stpRegulamento interno   idf - stp
Regulamento interno idf - stp
André Ferreira Freitas
 
Plano anual de atividades 2012 2013
Plano anual de atividades 2012 2013Plano anual de atividades 2012 2013
Plano anual de atividades 2012 2013
André Ferreira Freitas
 
Ideário IDF
Ideário IDFIdeário IDF
Critérios de avaliação idf - 2012 2013
Critérios de avaliação   idf - 2012 2013Critérios de avaliação   idf - 2012 2013
Critérios de avaliação idf - 2012 2013
André Ferreira Freitas
 
Automóvel Elétrico
Automóvel ElétricoAutomóvel Elétrico
Automóvel Elétrico
André Ferreira Freitas
 
Livro de resumos - Colóquio Internacional São Tomé e Príncipe numa perspectiv...
Livro de resumos - Colóquio Internacional São Tomé e Príncipe numa perspectiv...Livro de resumos - Colóquio Internacional São Tomé e Príncipe numa perspectiv...
Livro de resumos - Colóquio Internacional São Tomé e Príncipe numa perspectiv...
André Ferreira Freitas
 
Mapas
MapasMapas
Diário da República - Unidades do Sistema Internacional
Diário da República - Unidades do Sistema InternacionalDiário da República - Unidades do Sistema Internacional
Diário da República - Unidades do Sistema Internacional
André Ferreira Freitas
 
Aula 7 - CFQ 7º ano
Aula 7 - CFQ 7º anoAula 7 - CFQ 7º ano
Aula 7 - CFQ 7º ano
André Ferreira Freitas
 
Aula 4 - CFQ - 7º ano
Aula 4 - CFQ - 7º anoAula 4 - CFQ - 7º ano
Aula 4 - CFQ - 7º ano
André Ferreira Freitas
 
Aula 3 - CFQ - 7º ANO
Aula 3 - CFQ - 7º ANOAula 3 - CFQ - 7º ANO
Aula 3 - CFQ - 7º ANO
André Ferreira Freitas
 
Aula 1 - CFQ - 7º ano
Aula 1 - CFQ - 7º anoAula 1 - CFQ - 7º ano
Aula 1 - CFQ - 7º ano
André Ferreira Freitas
 

Mais de André Ferreira Freitas (20)

IDF - Plano Anual de Atividades - 2013/2014
IDF - Plano Anual de Atividades - 2013/2014IDF - Plano Anual de Atividades - 2013/2014
IDF - Plano Anual de Atividades - 2013/2014
 
IDF - Critérios de Avaliação - 2013/2014
IDF - Critérios de Avaliação - 2013/2014IDF - Critérios de Avaliação - 2013/2014
IDF - Critérios de Avaliação - 2013/2014
 
IDF - Regulamento Interno - 2013/2014
IDF - Regulamento Interno - 2013/2014IDF - Regulamento Interno - 2013/2014
IDF - Regulamento Interno - 2013/2014
 
IDF - Projeto Educativo - 2013/2014
IDF - Projeto Educativo - 2013/2014IDF - Projeto Educativo - 2013/2014
IDF - Projeto Educativo - 2013/2014
 
Informações avaliação sumativa externa - básico
Informações   avaliação sumativa externa - básicoInformações   avaliação sumativa externa - básico
Informações avaliação sumativa externa - básico
 
Soletrar n.º 1 2012 2013
Soletrar n.º 1   2012 2013Soletrar n.º 1   2012 2013
Soletrar n.º 1 2012 2013
 
Regras idf - stp
Regras   idf - stpRegras   idf - stp
Regras idf - stp
 
Projeto educativo idf - 2012 2013
Projeto educativo   idf - 2012 2013Projeto educativo   idf - 2012 2013
Projeto educativo idf - 2012 2013
 
Regulamento interno idf - stp
Regulamento interno   idf - stpRegulamento interno   idf - stp
Regulamento interno idf - stp
 
Plano anual de atividades 2012 2013
Plano anual de atividades 2012 2013Plano anual de atividades 2012 2013
Plano anual de atividades 2012 2013
 
Ideário IDF
Ideário IDFIdeário IDF
Ideário IDF
 
Critérios de avaliação idf - 2012 2013
Critérios de avaliação   idf - 2012 2013Critérios de avaliação   idf - 2012 2013
Critérios de avaliação idf - 2012 2013
 
Automóvel Elétrico
Automóvel ElétricoAutomóvel Elétrico
Automóvel Elétrico
 
Livro de resumos - Colóquio Internacional São Tomé e Príncipe numa perspectiv...
Livro de resumos - Colóquio Internacional São Tomé e Príncipe numa perspectiv...Livro de resumos - Colóquio Internacional São Tomé e Príncipe numa perspectiv...
Livro de resumos - Colóquio Internacional São Tomé e Príncipe numa perspectiv...
 
Mapas
MapasMapas
Mapas
 
Diário da República - Unidades do Sistema Internacional
Diário da República - Unidades do Sistema InternacionalDiário da República - Unidades do Sistema Internacional
Diário da República - Unidades do Sistema Internacional
 
Aula 7 - CFQ 7º ano
Aula 7 - CFQ 7º anoAula 7 - CFQ 7º ano
Aula 7 - CFQ 7º ano
 
Aula 4 - CFQ - 7º ano
Aula 4 - CFQ - 7º anoAula 4 - CFQ - 7º ano
Aula 4 - CFQ - 7º ano
 
Aula 3 - CFQ - 7º ANO
Aula 3 - CFQ - 7º ANOAula 3 - CFQ - 7º ANO
Aula 3 - CFQ - 7º ANO
 
Aula 1 - CFQ - 7º ano
Aula 1 - CFQ - 7º anoAula 1 - CFQ - 7º ano
Aula 1 - CFQ - 7º ano
 

Último

6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
ALEXANDRODECASTRODOS
 
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdfA justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
MarcoAurlioResende
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
eltinhorg
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptxSlides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptxagosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptxBem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
MarcoAurlioResende
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdfSequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
marcos oliveira
 

Último (20)

6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
 
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdfA justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptxSlides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptxagosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
 
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptxBem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdfSequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
 

Soletrar - 2010/2011 - N.º 2

  • 1. Ano Lectivo 2010/2011 Ano VI Número 11 BOLETIM INFORMATIVO N.º 2 / NOVEMBRO - DEZEMBRO INSTITUTO DIOCESANO DE FORMAÇÃO JOÃO PAULO II—SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE MOMENTOS MARCANTES NO FINAL EDITORIAL DO 1º PERÍODO No dia 17 de Dezembro o Instituto Diocesano de Forma- ção João Paulo II comemorou o final do primeiro período, num dia marcado por uma cerimónia religiosa cheia de simbolismo, potenciando-se na mensagem transmitida pelo Padre João Naza- ré o desenvolvimento e valorização das capacidades e potencia- lidades intelectuais, cívicas, morais e espirituais de toda a comu- nidade educativa, em particular dos alunos. Após a cerimónia religiosa, os alunos dos 5º e 6º anos mostraram a todos os presentes o que de melhor aprenderam nas aulas de Educação Musi- cal, dinamizadas pelo professor Cosme Mota, Cerimónia de encerramento do 1º período presidida pelo Padre João Nazaré. em quatro actuações que foram amplamente aplaudidas. O dia continuou com actividades, que nos integraram em cada momento, no Pro- jecto Educativo do IDF, “Desporto e Cidada- nia”: encenação de uma peça de teatro, activida- A Árvore de des desportivas, trocas de prendas entre os Natal do IDF re v e l a mu it a alunos, mostrando que os estes são cada vez criatividade (Eckesem Bragan- mais cidadãos activos. ça - Educação Tecnológica). A interrupção lectiva da quadra natalícia permite a todos uma reflexão sobre o trabalho desenvolvido e com base Actuação musical dos alunos do 6º ano, dirigidos pelo Professor Cosme Mota. do balanço efectuado, partir para novas ideias, criar planos ino- vadores e desenvolver projectos promotores do desenvolvi- mento holístico dos alunos. O ano de 2011 trará muitos desafios para todos os intervenien- tes do processo ensino - aprendi- zagem, tal como nos diz Paulo Frei- re (Pedagogia da Autonomia): “ninguém é autónomo primeiro ECOÁRVORE construída pelos alunos para depois decidir” / “é decidindo do 5º e 6º anos (Raphaela Nazaré - Área Projecto) que se aprende a decidir”. Jogo de futebol entre os professores e os alunos do 11º CT.
  • 2. IV CORTA - MATO No dia 11 de Dezembro decorreu a quarta prova de Corta-Mato Escola do Instituto Diocesano de Formação João Paulo II, animando a escola e os alunos dos ensinos básico e secundário durante toda a manhã. A prova decorreu no recinto do IDF e no espaço exterior ao Insti- tuto, envolvendo alunos do 5º ao 12º anos, de ambos os sexos, distribuí- dos por diversos escalões etários. Os alunos mais novos, escalão Benja- mim, percorreram uma distância de 1500 metros, enquanto os alunos Sub-23 tiveram um desafiante percurso de 3500 metros. I As actividades desportivas continuaram com um concurso de salto O Professor David Monteiro a orientar a partida para uma das provas do do IV Corta Mato - Escalão Iniciado (1) e Escalão Juvenil (II). em comprimento. Estas actividades desportivas, promovidas sob o lema, Participa e vem mostrar que és saudável…, são desenvolvidas pelo Grupo Disciplinar de Educação Física e enquadram-se no Projecto Educativo do Instituto Diocesano de Formação João Paulo II, válido para o biénio 2009/2011 e intitulado Desporto e Cidadania, o qual visa favorecer a comunicação interpessoal, criar laços de amizade e companheirismo, promover o desenvolvimento da autonomia e auto-controlo e fomentar o desenvolvi- mento da formação harmoniosa e multilateral dos jovens. II “Atletas” em competição. Partida do Escalão Benjamim. Registo da ordem de chegada (Professor Nuno Santos). Concurso de salto em comprimento.
  • 3. CIÊNCIA A PARTIR DOS 4... No dia 24 de Novembro os professores de Ciências do IDF convidaram os alunos do 1º ao 4º ano da Escola Portuguesa para a comemoração do Dia Mundial da Ciência. Os alunos do 10º CT em colaboração com os professores de Biologia e Geologia e Física e Quími- ca A, prepararam um conjunto de experiências que O prazer da descoberta não tem idade. convidavam os mais novos a descobrir o encanto da Ciência, o valor da experimentação, a colocar a sua curiosidade e imaginação em funcionamento e a aprender através do desenvolvimento das activida- des laboratoriais. Os alunos do primeiro ciclo visitaram os labo- ratórios de Física, Química e Biologia / Geologia, onde realizaram diversos desafios experimen- A Magia da Ciência conta- tais, com o intuito de despertar a curiosidade cien- giou todos com boa disposi- ção e sorrisos. tífica e estimular o interesse dos alunos pelas áreas da Física e Química, num contexto de aprendizagem lúdico, guiados pelos alunos do 10º CT, muito empenhados no seu papel de monitores. O Dia Mundial da Ciência é assinalado a 24 de Novembro com o objectivo de promover a discus- são do desenvolvimento científico e tecnológico e a sua influência no quotidiano das pessoas. Todos os participantes descobriram uma lição muito importante: o conhecimento é um elo de ligação e de partilha entre todos nós! O empenho, a simpatia e a dedicação dos alunos do 10º CT foram uma constante ao longo de toda a actividade. As professoras com os seus alunos da Escola Portuguesa e os alunos / monitores (10º CT) do Instituto Diocesano de Formação João Paulo II.
  • 4. A IMPORTÂNCIA DA ESTATÍSTICA PARA O DESENVOLVIMENTO DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE DIA MUNDIAL DA TELEVISÃO Pela primeira vez no dia 20 de Outubro de 2010 come- Em 1996, a Assembleia Geral das Nações Unidas morou-se a nível global o Dia Mundial da Estatística e em proclamou o dia 21 de Novembro Dia Mundial da Televi- 2011 irá decorrer em São Tomé e Príncipe o IV Recensea- são, nas Nações Unidas. Os Estados Membros foram con- mento Geral da População e Habitação (Censo 2011), o que vidados a comemorar o Dia, incentivando a nível mundial, motivou o Instituto Nacional de Estatística de São Tomé e as trocas de programas de televisão sobre questões como Príncipe (INE) a promover uma série de actividades com o a Paz, a Segurança, o Desenvolvimento social e económi- objectivo de assinalar o papel das Estatísticas Oficiais e os co, e reforçando o intercâmbio cultural. inúmeros contributos do sistema estatístico nacional. Os alunos do 11º ano de Ciências e Tecnologias, O INE convidou os alunos do Instituto Diocesano de Línguas e Humanidades do IDF, no âmbito da disciplina de Formação João Paulo II a assistir a uma palestra sobre a Português e do conteúdo «Textos do Domínio Transac- “Importância da Estatística no Desenvolvimento de São Tomé cional e Educativo» assinalaram esta data associando-a ao e Príncipe”, onde se exploraram e deram a conhecer os múl- tiplos contributos que as estatísticas oficiais têm vindo a pro- conteúdo em estudo nas aulas. porcionar, ao longo dos tempos, para o conhecimento e o Ao longo das aulas de Português os alunos têm vindo desenvolvimento da sociedade santomense. Alguns dos con- a estudar o Anúncio Publicitário, e marcaram este dia teúdos abordados estão perfeitamente integrados nos progra- apresentando aos profissionais da Televisão Santomense mas da disciplina de Matemática leccionada no IDF. anúncios “100% Nacionais”, repletos de criatividade e de inovação. Equipa do Instituto Nacional de Estatística que se deslocou ao IDF. Os técnicos que se deslocaram ao IDF, Dr. Hélder Sal- vaterra, Dra. Henge dos Santos, Dra. Ketty Borges, Dr. Ade- Durante a apresentação dos trabalhos ocorreu uma troca de lino de Freitas, e os técnicos informáticos, Idálio Luís e Edval- papéis, tendo a apresentação dos anúncios estado a cargo do Fábio do Lavres, realçaram e deram a conhecer as estatísticas ofi- Neves (11º CT) e da Paula Vera Cruz (11º LH) e a plateia constituí- da pelos profissionais santomenses de comunicação e televisão. ciais santomenses, o contributo do INE para o melhor conhecimento da Sociedade Santomense, a compreensão da O Instituto Diocesano de Formação João Paulo II gostaria sua realidade económica e social e explicaram aos alunos os de agradecer toda a disponibilidade demonstrada pelo Insti- métodos de recolha, organização, descrição, análise e inter- tuto Nacional de Estatística (INE) de São Tomé e Príncipe e pretação de dados e a utilização dos mesmos na tomada de pela Televisão Nacional Santomense (TVS). decisões. O IDF é co-financiado por: CONTACTOS: IDF - Instituto Diocesano de Formação João Paulo II Campo de Milho - Caixa Postal 636 Telefone: 222 11 94 Ministério da Educação, Cultura e E-mail: idf.stp@gmail.com formação STP