SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
1- (ETEC 2005) Observe a tabela ao
lado:
A análise da tabela e os
conhecimentos de geografia
permitem afirmar que:
(A) no Brasil, a maioria da população
jovem sabe ler e escrever, expressar o
pensamento ou ideias de forma objetiva
e clara, oralmente bem como através da
escrita.
(B) o baixo nível de instrução da
população jovem no Brasil não implica
na falta de qualificação profissional.
(C) o nordeste é a região de condições
socioeconômicas mais precárias do
Brasil, o que explica em grande parte
seu baixo nível de instrução.
(D) os Estados que compõem a região
Sudeste vêm superando a defasagem
educacional, através da prioridade da
administração pública pela educação de
boa qualidade.
(E) na região Centro-Oeste, formada
pelos Estados de Mato Grosso e Goiás,
a maioria da população jovem completou
o Ensino Fundamental (1ª a 8ª série).
2. (ETEC-2005)Leia o texto e as afirmações a seguir.
“Ainda que a fase juvenil esteja presente em todas as classes, nota-se que ela não ocorre de forma homogênea a
todos. O modo de ser jovem difere muito, principalmente quando há diferenças significativas entre estratos de renda
no conjunto da população”.
(Fonte: Marcio Pochmann. Juventude em busca de novos caminhos no Brasil. In Juventude e sociedade. Regina
Novais & outros. Ed. Fundação Perseu Abramo, 2004.)
I. No Brasil, os jovens filhos de pobres encontram-se praticamente condenados ao trabalho como uma das poucas
condições de sobrevivência e de ascensão social.
II. O pobre, ao ingressar muito jovem no mercado de trabalho, o faz em geral com baixa escolaridade.
III. Os jovens, filhos de pais de classe média e alta, em geral, possuem condições de financiar a inatividade, de
elevar a escolaridade e retardar o ingresso no mercado de trabalho.
IV. O jovem das classes médias e altas, tem mais chance de acesso às principais vagas disponíveis, com maior
remuneração e em postos de direção.
Estão corretas somente
(A) I, II, III e IV
(B) I, II e III
(C) I e II
(D) II, III e IV
(E) II e III
3. (ETEC-2005) A análise do gráfico
permite afirmar que
(A) a partir de 1980, observa-se um declínio
da quantidade de mortes por causa externa
entre jovens.
(B) dentre os jovens, do conjunto das causas
externas, as mortes por acidentes de trânsito
têm registrado um aumento significativo.
(C) diminuiu a participação das mortes
provocadas por homicídios, por suicídio e
acidentes de trânsito.
(D) no período entre 1980 e 2001, observa-
se entre os jovens um aumento significativo
de mortes por suicídios.
(E) entre os jovens, as mortes por homicídio
são as que mais crescem, deixando de
representar 25,6%, em 1980, para responder
por 56,2, em 2001.
4- (ETEC 2005) A 15ª Conferência Mundial da AIDs, ocorrida em Bancoc, na Tailândia, produziu o seguinte
mapa-múndi sobre a temática “Mulher e o HIV”.
A análise do mapa-múndi permite afirmar que
I. na África Subsaariana, mais da metade da população infectada pelo HIV é feminina.
II. a fração feminina de infectados pelo HIV cresce de acordo com o grau de pobreza e desenvolvimento da região.
III. a Oceania aparece com o menor percentual de população feminina contaminada pelo HIV.
IV. na América Latina, 36% dos portadores do HIV são mulheres.
Estão corretas somente
(A) I, II, III e IV
(B) I, II e III
(C) II e III
(D) I e III
(E) I e II
7. (ETEC- 2006)
9. (ETEC 2006) A Latasa, maior empresa de reciclagem de alumínio do Brasil, prensa mensalmente 60
toneladas de latas. O Carnaval é o período no qual os catadores de latas mais arrecadam. Segundo a
Limpurb, a ação dos catadores é tão efetiva que é raro encontrar latas de alumínio entre os resíduos de
lixo. A ação dos catadores de latas de alumínio é de fundamental importância para diminuir o problema
do lixo que se acumula durante o Carnaval.
Porém, outras ações podem ser implantadas como, por exemplo,
I - estimular a coleta de materiais recicláveis como garrafas plásticas, papéis e vidros.
II - esclarecer a população sobre os materiais recicláveis que podem ser separados e recolhidos pelos
catadores.
III - incentivar o uso de matéria-prima reciclável nos desfiles das escolas, diminuindo a extração de recursos
naturais.
IV - promover a produção do lixo para auxiliar as cooperativas de catadores de lixo.
Aponte a alternativa que contém todas as afirmativas aceitáveis.
(A) Apenas I e II
(B) Apenas II e III
(C) Apenas I, II e III
(D) Apenas I, II e IV
(E) I, II, III e IV
10- (ETEC-2006) O perfil dos componentes das escolas de samba tem se alterado muito nas últimas
décadas. Na década de 1980, realizou-se uma pesquisa com componentes de três escolas de samba do
Rio de Janeiro. Analise os dados da tabela referentes ao nível de salários registrados nessa pesquisa.
(Adaptado de Maria Isaura Pereira de Queiroz. Carnaval brasileiro. São Paulo: Brasiliense, 1999. p. 87)
A partir dos dados apresentados na tabela, pode-se afirmar que
(A) a “União da Ilha” apresentava, em comparação com as outras escolas, maior percentual de componentes
ganhando até 3 salários mínimos.
(B) a “Padre Miguel”, em relação às outras escolas, apresentava maior percentual de componentes ganhando
até 3 salários mínimos.
(C) a “União da Ilha” apresentava menor percentual de componentes ganhando mais de 4 salários,
comparando-a com o dos componentes da “Padre Miguel”.
(D) a “Beija-Flor” era a escola que apresentava maior percentual de componentes com salários médios acima
de 5 salários mínimos.
(E) a “Padre Miguel” apresentava maior percentual de componentes que ganhavam entre 4 e 5 salários
mínimos do que o da “União da Ilha”.
11 (ETEC-2006) Analise a tabela.
A partir das informações da
tabela sobre o Carnaval baiano,
pode-se concluir que
(A) o fluxo de turistas brasileiros em
2003 foi maior do que em 2001 e o
número de empregos manteve-se
igual no mesmo período.
(B) o Carnaval de 2004, do “Viva o
povo brasileiro”, obteve maiores
indicadores econômicos e sociais
em relação aos demais carnavais.
(C) o maior fluxo de turistas locais e
de outros estados ocorreu no
Carnaval em que os baianos
homenagearam os povos africanos.
(D) a cidade de Salvador teve a
maior oferta de emprego no
Carnaval em que os baianos
homenagearam, dentre outros, o
“trio elétrico”.
(E) os temas do Carnaval da Bahia,
de 2000 a 2003, estavam
relacionados exclusivamente a
aspectos políticos e econômicos.
12. (ETEC-2006) Uma comunidade de uma determinada cidade resolveu adotar um rio para que ele continue
sendo vital ao ecossistema de sua região. Para identificar os passos a serem dados visando à elaboração de
um plano de recuperação de um rio, é necessário verificar as seguintes possibilidades:
I. Água Verde: pode significar algas demais na água; isso torna difícil a existência de qualquer outra vida no rio.
II. Água Turva: terra demais na água; isso torna difícil a respiração dos peixes.
III. Cheiro de ovo podre: esgotos podem estar sendo descarregados no rio.
IV. Camada laranja ou vermelha sobre a água: pode indicar que uma fábrica está despejando poluentes no rio.
V. Espumas ou bolhas na água: podem ser o sinal de um vazamento de sabão de residências ou fábricas.
(Adaptado de: 50 pequenas coisas que você pode fazer para salvar a Terra, Rio de Janeiro: Record, s/d. p. 94)
Identifique a alternativa que apresenta uma proposta adequada para melhorar a vida de um rio.
(A) Para combater as algas mencionadas no item I, é preciso derramar grande quantidade de óleo diesel a fim de
eliminá-las.
(B) Para diminuir a quantidade de terra na água, conforme o item II, torna-se importante plantar mais plantas nativas
nas margens a fim de evitar a erosão.
(C) O problema descrito no item III pode ser facilmente resolvido, colocando-se água sanitária nas margens do rio.
(D) O problema presente no item IV somente poderá ser solucionado com uma proposta apresentada à Câmara
Municipal de retirar as indústrias da cidade.
(E) Com o objetivo de resolver a situação presente no item V, deve-se substituir o consumo de sabão por detergente
líquido.
14- (FEDERAL-2010)Desde os anos 1980, costuma-se dizer que o mundo passa por um processo de
“globalização”. Assinale a alternativa que descreve corretamente a essência desse processo.
(A) Fenômeno geopolítico de disputa, redução e eliminação de fronteiras políticas, econômicas, culturais e religiosas
entre os diversos povos do mundo.
(B) Fenômeno social e natural de expansão da população humana por todas as partes do mundo, com o povoamento
intensivo das regiões mais distantes.
(C) Processo de ampliação dos problemas ambientais por todo o mundo, em que os países subdesenvolvidos saem
perdendo em relação aos desenvolvidos.
(D) Processo de expansão das trocas comerciais, sociais e culturais entre os países, cujos principais agentes são o
capital financeiro e as empresas multinacionais.
(E) Impulso de expansão nacional dos países desenvolvidos sobre os países mais pobres, que passam a ser
colônias diretas ou indiretas deste expansionismo geopolítico.
QUESTÕES HISTÓRIA
ATENÇÃO:
O texto sobre a Ditadura Militar, a seguir, contém informações importantes para que você responda às
questões 1 e 2. Leia-o atentamente.
Durante o período da ditadura militar no Brasil (de 1964 a 1984), muitas violências foram cometidas contra os direitos
humanos e a cidadania. Por causa de suas ideias e posturas políticas, mais de 80 pessoas foram expulsas do Brasil;
400 foram mortas ou dadas como desaparecidas; 10 mil foram exiladas, 245 estudantes foram expulsos das
universidades, milhares de trabalhadores foram demitidos de seus empregos; centenas de livros, peças de teatros,
filmes e letras de músicas foram censurados. Esses fatos não eram divulgados pela mídia. Ao contrário, a ditadura
ocultava essas informações; estimulava o sentimento patriótico do brasileiro, direcionando-o para competições
esportivas e obras monumentais, e proporcionava ao povo alguma diversão barata para distraí-lo dos problemas
sociais.
1. (ETEC 2005) Analise esta charge:
Com base nas informações sobre a ditadura
militar, transmitidas por meio do texto e da
charge, é válido argumentar que:
I. muitas pessoas que viveram no período da
ditadura podem ter construído opiniões favoráveis
a ela, manipuladas pelas próprias estratégias de
comunicação do regime.
II. a censura aos meios de comunicação e os
métodos empregados para desviar a atenção dos
problemas sociais estão entre os fatores que
explicam por que alguns brasileiros que viveram no
período da ditadura conheceram pouco as
atrocidades cometidas por ela.
III. a possibilidade de perceber o autoritarismo do
período militar foi maior para aqueles cidadãos que
ou conheciam pessoas que foram perseguidas por
ele, ou sabiam, por experiência anterior e por
leituras, das técnicas utilizadas pelas ditaduras, ou,
então, analisavam e comparavam criticamente os
fatos observados e as informações recebidas.
Contém argumentos válidos
(A) I, II e III
(B) somente II e III
(C) somente III
(D) somente II
(E) somente I
2. Durante a ditadura militar, Chico Buarque compôs esta música destinada a um amigo exilado, com o
intuito de enviar-lhe notícias do Brasil. Analise este trecho da composição:
Meu caro amigo eu bem queria lhe escrever / Mas o correio andou arisco* / Se me permitem vou tentar lhe remeter /
Notícias frescas neste disco / Aqui na terra tão jogando futebol / Tem muito samba, muito choro e rock’n roll / Uns
dias chove noutros dias bate sol / Mas o que eu quero é lhe dizer que a coisa aqui está preta / Muita mutreta pra levar
a situação / Que a gente vai levando de teimoso e de pirraça / Que a gente vai tomando que também sem a cachaça
/ Ninguém segura esse rojão // A Marieta** manda um beijo para os seus / Um beijo na família, na Cecília e nas
crianças / O Francis*** aproveita pra também mandar lembranças / A todo o pessoal, adeus
(* arisco - intratável, que não se pode domesticar; ** Marieta
Severo, que, na época, estava casada com Chico Buarque;
*** Francis Hime, outro compositor brasileiro)
Com base nas informações recebidas a respeito da ditadura militar, assinale a alternativa que representa uma
interpretação válida para os versos de Chico Buarque.
(A) Chico preferiu escrever uma música a enviar uma carta porque os serviços postais, naquela época, ainda
estavam muito atrasados.
(B) O compositor não queria entristecer o seu amigo e, por isso, contou-lhe sobre o tempo, música e futebol para
ocultar-lhe os problemas do país.
(C) Naquela época o autor ainda não tinha tomado consciência das violências cometidas pela ditadura e, por isso,
nada falou sobre elas.
(D) A violência contra a privacidade e o sigilo da correspondência obrigava o autor a utilizar códigos a serem
decifrados pelo amigo.
(E) A falta de assunto demostrada nos versos expressa um certo afastamento afetivo entre os dois, devido à
distância que os separava.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Brasil territorio e fronteiras 7º ano
Brasil territorio e fronteiras   7º anoBrasil territorio e fronteiras   7º ano
Brasil territorio e fronteiras 7º anoProfessor
 
Cap. 5 - A urbanização brasileira
Cap. 5 - A urbanização brasileiraCap. 5 - A urbanização brasileira
Cap. 5 - A urbanização brasileiraprofacacio
 
atividade de geografia
atividade de geografiaatividade de geografia
atividade de geografiaBroma Spazi
 
Cartografia: Elementos do Mapa
Cartografia: Elementos do MapaCartografia: Elementos do Mapa
Cartografia: Elementos do MapaEduardo Mendes
 
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
Unidade 3   7º ano - População do BrasilUnidade 3   7º ano - População do Brasil
Unidade 3 7º ano - População do BrasilChristie Freitas
 
Climas do Brasil
Climas do BrasilClimas do Brasil
Climas do Brasilmoajr2
 
Urbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e BrasileiraUrbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e BrasileiraArtur Lara
 
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)Nefer19
 
Degradação do solo
Degradação do soloDegradação do solo
Degradação do soloIvan Araujo
 
Fluxos materiais e imateriais
Fluxos materiais e imateriaisFluxos materiais e imateriais
Fluxos materiais e imateriaispaulotmo
 

Mais procurados (20)

Brasil territorio e fronteiras 7º ano
Brasil territorio e fronteiras   7º anoBrasil territorio e fronteiras   7º ano
Brasil territorio e fronteiras 7º ano
 
Relevo do Brasil - 5º ano
Relevo do Brasil - 5º anoRelevo do Brasil - 5º ano
Relevo do Brasil - 5º ano
 
GEOGRAFIA: Continentes e oceanos - 5º Ano do Ensino Fundamental 1
GEOGRAFIA: Continentes e oceanos - 5º Ano do Ensino Fundamental 1GEOGRAFIA: Continentes e oceanos - 5º Ano do Ensino Fundamental 1
GEOGRAFIA: Continentes e oceanos - 5º Ano do Ensino Fundamental 1
 
Cap. 5 - A urbanização brasileira
Cap. 5 - A urbanização brasileiraCap. 5 - A urbanização brasileira
Cap. 5 - A urbanização brasileira
 
Migrações no brasil
Migrações no brasilMigrações no brasil
Migrações no brasil
 
atividade de geografia
atividade de geografiaatividade de geografia
atividade de geografia
 
Pirâmide etária
Pirâmide etáriaPirâmide etária
Pirâmide etária
 
Relevo terrestre
Relevo terrestreRelevo terrestre
Relevo terrestre
 
Cartografia: Elementos do Mapa
Cartografia: Elementos do MapaCartografia: Elementos do Mapa
Cartografia: Elementos do Mapa
 
Qual é a diferença limite fronteira 1
Qual é a diferença limite fronteira 1Qual é a diferença limite fronteira 1
Qual é a diferença limite fronteira 1
 
População brasileira
População brasileiraPopulação brasileira
População brasileira
 
Formas do relevo brasileiro.
Formas do relevo brasileiro.Formas do relevo brasileiro.
Formas do relevo brasileiro.
 
Prova diagnostica geografia 2013
Prova diagnostica geografia 2013Prova diagnostica geografia 2013
Prova diagnostica geografia 2013
 
Atividades dde geografia relevo, clima
Atividades dde geografia relevo, climaAtividades dde geografia relevo, clima
Atividades dde geografia relevo, clima
 
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
Unidade 3   7º ano - População do BrasilUnidade 3   7º ano - População do Brasil
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
 
Climas do Brasil
Climas do BrasilClimas do Brasil
Climas do Brasil
 
Urbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e BrasileiraUrbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e Brasileira
 
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)
 
Degradação do solo
Degradação do soloDegradação do solo
Degradação do solo
 
Fluxos materiais e imateriais
Fluxos materiais e imateriaisFluxos materiais e imateriais
Fluxos materiais e imateriais
 

Destaque

2011 gabarito vestibulinho
2011   gabarito vestibulinho2011   gabarito vestibulinho
2011 gabarito vestibulinhoDuda Campos
 
Melhor resumo de geografia do brasil e geografia do amapá do Prof Gesiel Oliv...
Melhor resumo de geografia do brasil e geografia do amapá do Prof Gesiel Oliv...Melhor resumo de geografia do brasil e geografia do amapá do Prof Gesiel Oliv...
Melhor resumo de geografia do brasil e geografia do amapá do Prof Gesiel Oliv...Gesiel Oliveira
 
2012 gabarito vestibulinho
2012   gabarito vestibulinho2012   gabarito vestibulinho
2012 gabarito vestibulinhoDuda Campos
 
2013 gabarito vestibulinho
2013   gabarito vestibulinho2013   gabarito vestibulinho
2013 gabarito vestibulinhoDuda Campos
 
2012 prova vestibulinho
2012   prova vestibulinho2012   prova vestibulinho
2012 prova vestibulinhoDuda Campos
 
2013 prova vestibulinho
2013   prova vestibulinho2013   prova vestibulinho
2013 prova vestibulinhoDuda Campos
 
Vestibulinho 2014-2015
Vestibulinho 2014-2015Vestibulinho 2014-2015
Vestibulinho 2014-2015casdinho
 
Gabarito Vestibulinho 2015-2016
Gabarito Vestibulinho 2015-2016Gabarito Vestibulinho 2015-2016
Gabarito Vestibulinho 2015-2016casdinho
 
2011 prova vestibulinho
2011   prova vestibulinho2011   prova vestibulinho
2011 prova vestibulinhoDuda Campos
 
Vestibulinho 2015-2016
Vestibulinho 2015-2016Vestibulinho 2015-2016
Vestibulinho 2015-2016casdinho
 
Prova vestibulinho 2014
Prova vestibulinho 2014Prova vestibulinho 2014
Prova vestibulinho 2014casdinho
 
Gabarito 2014-2015
Gabarito 2014-2015Gabarito 2014-2015
Gabarito 2014-2015casdinho
 

Destaque (12)

2011 gabarito vestibulinho
2011   gabarito vestibulinho2011   gabarito vestibulinho
2011 gabarito vestibulinho
 
Melhor resumo de geografia do brasil e geografia do amapá do Prof Gesiel Oliv...
Melhor resumo de geografia do brasil e geografia do amapá do Prof Gesiel Oliv...Melhor resumo de geografia do brasil e geografia do amapá do Prof Gesiel Oliv...
Melhor resumo de geografia do brasil e geografia do amapá do Prof Gesiel Oliv...
 
2012 gabarito vestibulinho
2012   gabarito vestibulinho2012   gabarito vestibulinho
2012 gabarito vestibulinho
 
2013 gabarito vestibulinho
2013   gabarito vestibulinho2013   gabarito vestibulinho
2013 gabarito vestibulinho
 
2012 prova vestibulinho
2012   prova vestibulinho2012   prova vestibulinho
2012 prova vestibulinho
 
2013 prova vestibulinho
2013   prova vestibulinho2013   prova vestibulinho
2013 prova vestibulinho
 
Vestibulinho 2014-2015
Vestibulinho 2014-2015Vestibulinho 2014-2015
Vestibulinho 2014-2015
 
Gabarito Vestibulinho 2015-2016
Gabarito Vestibulinho 2015-2016Gabarito Vestibulinho 2015-2016
Gabarito Vestibulinho 2015-2016
 
2011 prova vestibulinho
2011   prova vestibulinho2011   prova vestibulinho
2011 prova vestibulinho
 
Vestibulinho 2015-2016
Vestibulinho 2015-2016Vestibulinho 2015-2016
Vestibulinho 2015-2016
 
Prova vestibulinho 2014
Prova vestibulinho 2014Prova vestibulinho 2014
Prova vestibulinho 2014
 
Gabarito 2014-2015
Gabarito 2014-2015Gabarito 2014-2015
Gabarito 2014-2015
 

Semelhante a Análise do documento sobre a ditadura militar no Brasil

AULÃO ENEM 2012 - PROFESSOR ANDERSON FELICIANO
AULÃO ENEM 2012 - PROFESSOR ANDERSON FELICIANOAULÃO ENEM 2012 - PROFESSOR ANDERSON FELICIANO
AULÃO ENEM 2012 - PROFESSOR ANDERSON FELICIANOAnderson Feliciano
 
Exercícios de Língua Portuguesa
Exercícios de Língua PortuguesaExercícios de Língua Portuguesa
Exercícios de Língua PortuguesaDorinha Matias
 
Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013
Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013
Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013zecas paulino
 
383 geografia 7º 1º sem 11
383 geografia 7º  1º sem 11383 geografia 7º  1º sem 11
383 geografia 7º 1º sem 11Flávia Cordeiro
 
Simulado ENEM - linguagens e matemática (27.04.14)
Simulado ENEM -  linguagens e matemática (27.04.14)Simulado ENEM -  linguagens e matemática (27.04.14)
Simulado ENEM - linguagens e matemática (27.04.14)emanuel
 
LISTÃO ENEM COMENTADO
LISTÃO ENEM COMENTADOLISTÃO ENEM COMENTADO
LISTÃO ENEM COMENTADOCADUCOC1
 
Listao Enem Sartre_Comentada
Listao Enem Sartre_ComentadaListao Enem Sartre_Comentada
Listao Enem Sartre_ComentadaCADUCOC
 
Lista Enem comentada_2017
Lista Enem comentada_2017Lista Enem comentada_2017
Lista Enem comentada_2017caduatualidades
 
Ciˆncias humanas e suas tecnologias parte ii
Ciˆncias humanas e suas tecnologias   parte iiCiˆncias humanas e suas tecnologias   parte ii
Ciˆncias humanas e suas tecnologias parte iijullyvi
 
Prova 1 - Recursos Hídricos
Prova 1 - Recursos HídricosProva 1 - Recursos Hídricos
Prova 1 - Recursos HídricosDanilo Max
 
SIMULADO Português 1º ano
SIMULADO Português 1º anoSIMULADO Português 1º ano
SIMULADO Português 1º anoananiasdoamaral
 

Semelhante a Análise do documento sobre a ditadura militar no Brasil (20)

Prova 9 ano 3 bimestre
Prova 9 ano 3 bimestreProva 9 ano 3 bimestre
Prova 9 ano 3 bimestre
 
Apostila Modelo no Ar
Apostila Modelo no ArApostila Modelo no Ar
Apostila Modelo no Ar
 
AULÃO ENEM 2012 - PROFESSOR ANDERSON FELICIANO
AULÃO ENEM 2012 - PROFESSOR ANDERSON FELICIANOAULÃO ENEM 2012 - PROFESSOR ANDERSON FELICIANO
AULÃO ENEM 2012 - PROFESSOR ANDERSON FELICIANO
 
Exercicios geografia
Exercicios geografiaExercicios geografia
Exercicios geografia
 
Exercícios de Língua Portuguesa
Exercícios de Língua PortuguesaExercícios de Língua Portuguesa
Exercícios de Língua Portuguesa
 
Treinamento - Demografia
Treinamento - DemografiaTreinamento - Demografia
Treinamento - Demografia
 
Treinamento Demografia
Treinamento DemografiaTreinamento Demografia
Treinamento Demografia
 
Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013
Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013
Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013
 
383 geografia 7º 1º sem 11
383 geografia 7º  1º sem 11383 geografia 7º  1º sem 11
383 geografia 7º 1º sem 11
 
OLIMPIADAS 2011 GEOGRAFIA
OLIMPIADAS 2011 GEOGRAFIAOLIMPIADAS 2011 GEOGRAFIA
OLIMPIADAS 2011 GEOGRAFIA
 
Simulado ENEM - linguagens e matemática (27.04.14)
Simulado ENEM -  linguagens e matemática (27.04.14)Simulado ENEM -  linguagens e matemática (27.04.14)
Simulado ENEM - linguagens e matemática (27.04.14)
 
LISTÃO ENEM COMENTADO
LISTÃO ENEM COMENTADOLISTÃO ENEM COMENTADO
LISTÃO ENEM COMENTADO
 
Listao Enem Sartre_Comentada
Listao Enem Sartre_ComentadaListao Enem Sartre_Comentada
Listao Enem Sartre_Comentada
 
Lista Enem comentada_2017
Lista Enem comentada_2017Lista Enem comentada_2017
Lista Enem comentada_2017
 
Ciˆncias humanas e suas tecnologias parte ii
Ciˆncias humanas e suas tecnologias   parte iiCiˆncias humanas e suas tecnologias   parte ii
Ciˆncias humanas e suas tecnologias parte ii
 
Questões do Enem de Sociologia
Questões do Enem de SociologiaQuestões do Enem de Sociologia
Questões do Enem de Sociologia
 
DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.
DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.
DESIGUALDADES SOCIECONÔMICAS.
 
Prova 1 - Recursos Hídricos
Prova 1 - Recursos HídricosProva 1 - Recursos Hídricos
Prova 1 - Recursos Hídricos
 
Radix geo 7ano_m3
Radix geo 7ano_m3Radix geo 7ano_m3
Radix geo 7ano_m3
 
SIMULADO Português 1º ano
SIMULADO Português 1º anoSIMULADO Português 1º ano
SIMULADO Português 1º ano
 

Mais de LUIS ABREU

WEBQUEST Região sul
WEBQUEST Região sulWEBQUEST Região sul
WEBQUEST Região sulLUIS ABREU
 
WEBQUEST Região sudeste
WEBQUEST Região sudesteWEBQUEST Região sudeste
WEBQUEST Região sudesteLUIS ABREU
 
WEBQUEST Região norte
WEBQUEST Região norteWEBQUEST Região norte
WEBQUEST Região norteLUIS ABREU
 
WEBQUEST Região centro oeste
WEBQUEST Região centro oesteWEBQUEST Região centro oeste
WEBQUEST Região centro oesteLUIS ABREU
 
WEBQUEST Região nordeste
WEBQUEST Região nordesteWEBQUEST Região nordeste
WEBQUEST Região nordesteLUIS ABREU
 
Seminário fontes de energia
Seminário   fontes de energiaSeminário   fontes de energia
Seminário fontes de energiaLUIS ABREU
 
Seminário clima
Seminário climaSeminário clima
Seminário climaLUIS ABREU
 
Seminário vegetação
Seminário vegetaçãoSeminário vegetação
Seminário vegetaçãoLUIS ABREU
 
Seminário relevo
Seminário relevoSeminário relevo
Seminário relevoLUIS ABREU
 
Seminario a questão agrária, agrícola e o êxodo rural no brasil
Seminario a questão agrária, agrícola e o êxodo rural no brasilSeminario a questão agrária, agrícola e o êxodo rural no brasil
Seminario a questão agrária, agrícola e o êxodo rural no brasilLUIS ABREU
 
Seminario da agricultura tradicional à biotecnologia
Seminario da agricultura tradicional à biotecnologiaSeminario da agricultura tradicional à biotecnologia
Seminario da agricultura tradicional à biotecnologiaLUIS ABREU
 
Vegetação seminario de geografia
Vegetação   seminario de geografiaVegetação   seminario de geografia
Vegetação seminario de geografiaLUIS ABREU
 
íNdice de desenvolvimento humano
íNdice de desenvolvimento humanoíNdice de desenvolvimento humano
íNdice de desenvolvimento humanoLUIS ABREU
 
Blocos econômicos geografia
Blocos econômicos   geografiaBlocos econômicos   geografia
Blocos econômicos geografiaLUIS ABREU
 
Escala geográfica
Escala geográficaEscala geográfica
Escala geográficaLUIS ABREU
 
TEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIA
TEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIATEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIA
TEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIALUIS ABREU
 
PAÍSES DO NORTE E DO SUL
PAÍSES DO NORTE E DO SULPAÍSES DO NORTE E DO SUL
PAÍSES DO NORTE E DO SULLUIS ABREU
 
Trabalho paisagem 1º ano
Trabalho paisagem 1º anoTrabalho paisagem 1º ano
Trabalho paisagem 1º anoLUIS ABREU
 
Capitalismo socialismo introdução
Capitalismo  socialismo  introduçãoCapitalismo  socialismo  introdução
Capitalismo socialismo introduçãoLUIS ABREU
 

Mais de LUIS ABREU (20)

WEBQUEST Região sul
WEBQUEST Região sulWEBQUEST Região sul
WEBQUEST Região sul
 
WEBQUEST Região sudeste
WEBQUEST Região sudesteWEBQUEST Região sudeste
WEBQUEST Região sudeste
 
WEBQUEST Região norte
WEBQUEST Região norteWEBQUEST Região norte
WEBQUEST Região norte
 
WEBQUEST Região centro oeste
WEBQUEST Região centro oesteWEBQUEST Região centro oeste
WEBQUEST Região centro oeste
 
WEBQUEST Região nordeste
WEBQUEST Região nordesteWEBQUEST Região nordeste
WEBQUEST Região nordeste
 
Seminário fontes de energia
Seminário   fontes de energiaSeminário   fontes de energia
Seminário fontes de energia
 
Seminário clima
Seminário climaSeminário clima
Seminário clima
 
Seminário vegetação
Seminário vegetaçãoSeminário vegetação
Seminário vegetação
 
Seminário relevo
Seminário relevoSeminário relevo
Seminário relevo
 
Seminario a questão agrária, agrícola e o êxodo rural no brasil
Seminario a questão agrária, agrícola e o êxodo rural no brasilSeminario a questão agrária, agrícola e o êxodo rural no brasil
Seminario a questão agrária, agrícola e o êxodo rural no brasil
 
Seminario da agricultura tradicional à biotecnologia
Seminario da agricultura tradicional à biotecnologiaSeminario da agricultura tradicional à biotecnologia
Seminario da agricultura tradicional à biotecnologia
 
Vegetação seminario de geografia
Vegetação   seminario de geografiaVegetação   seminario de geografia
Vegetação seminario de geografia
 
íNdice de desenvolvimento humano
íNdice de desenvolvimento humanoíNdice de desenvolvimento humano
íNdice de desenvolvimento humano
 
Blocos econômicos geografia
Blocos econômicos   geografiaBlocos econômicos   geografia
Blocos econômicos geografia
 
Clima
ClimaClima
Clima
 
Escala geográfica
Escala geográficaEscala geográfica
Escala geográfica
 
TEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIA
TEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIATEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIA
TEORIA DOS MUNDOS - GEOGRAFIA
 
PAÍSES DO NORTE E DO SUL
PAÍSES DO NORTE E DO SULPAÍSES DO NORTE E DO SUL
PAÍSES DO NORTE E DO SUL
 
Trabalho paisagem 1º ano
Trabalho paisagem 1º anoTrabalho paisagem 1º ano
Trabalho paisagem 1º ano
 
Capitalismo socialismo introdução
Capitalismo  socialismo  introduçãoCapitalismo  socialismo  introdução
Capitalismo socialismo introdução
 

Análise do documento sobre a ditadura militar no Brasil

  • 1. 1- (ETEC 2005) Observe a tabela ao lado: A análise da tabela e os conhecimentos de geografia permitem afirmar que: (A) no Brasil, a maioria da população jovem sabe ler e escrever, expressar o pensamento ou ideias de forma objetiva e clara, oralmente bem como através da escrita. (B) o baixo nível de instrução da população jovem no Brasil não implica na falta de qualificação profissional. (C) o nordeste é a região de condições socioeconômicas mais precárias do Brasil, o que explica em grande parte seu baixo nível de instrução. (D) os Estados que compõem a região Sudeste vêm superando a defasagem educacional, através da prioridade da administração pública pela educação de boa qualidade. (E) na região Centro-Oeste, formada pelos Estados de Mato Grosso e Goiás, a maioria da população jovem completou o Ensino Fundamental (1ª a 8ª série). 2. (ETEC-2005)Leia o texto e as afirmações a seguir. “Ainda que a fase juvenil esteja presente em todas as classes, nota-se que ela não ocorre de forma homogênea a todos. O modo de ser jovem difere muito, principalmente quando há diferenças significativas entre estratos de renda no conjunto da população”. (Fonte: Marcio Pochmann. Juventude em busca de novos caminhos no Brasil. In Juventude e sociedade. Regina Novais & outros. Ed. Fundação Perseu Abramo, 2004.) I. No Brasil, os jovens filhos de pobres encontram-se praticamente condenados ao trabalho como uma das poucas condições de sobrevivência e de ascensão social. II. O pobre, ao ingressar muito jovem no mercado de trabalho, o faz em geral com baixa escolaridade. III. Os jovens, filhos de pais de classe média e alta, em geral, possuem condições de financiar a inatividade, de elevar a escolaridade e retardar o ingresso no mercado de trabalho. IV. O jovem das classes médias e altas, tem mais chance de acesso às principais vagas disponíveis, com maior remuneração e em postos de direção. Estão corretas somente (A) I, II, III e IV (B) I, II e III (C) I e II (D) II, III e IV (E) II e III 3. (ETEC-2005) A análise do gráfico permite afirmar que (A) a partir de 1980, observa-se um declínio da quantidade de mortes por causa externa entre jovens. (B) dentre os jovens, do conjunto das causas externas, as mortes por acidentes de trânsito têm registrado um aumento significativo. (C) diminuiu a participação das mortes provocadas por homicídios, por suicídio e acidentes de trânsito. (D) no período entre 1980 e 2001, observa- se entre os jovens um aumento significativo de mortes por suicídios. (E) entre os jovens, as mortes por homicídio são as que mais crescem, deixando de representar 25,6%, em 1980, para responder por 56,2, em 2001.
  • 2. 4- (ETEC 2005) A 15ª Conferência Mundial da AIDs, ocorrida em Bancoc, na Tailândia, produziu o seguinte mapa-múndi sobre a temática “Mulher e o HIV”. A análise do mapa-múndi permite afirmar que I. na África Subsaariana, mais da metade da população infectada pelo HIV é feminina. II. a fração feminina de infectados pelo HIV cresce de acordo com o grau de pobreza e desenvolvimento da região. III. a Oceania aparece com o menor percentual de população feminina contaminada pelo HIV. IV. na América Latina, 36% dos portadores do HIV são mulheres. Estão corretas somente (A) I, II, III e IV (B) I, II e III (C) II e III (D) I e III (E) I e II
  • 3.
  • 5. 9. (ETEC 2006) A Latasa, maior empresa de reciclagem de alumínio do Brasil, prensa mensalmente 60 toneladas de latas. O Carnaval é o período no qual os catadores de latas mais arrecadam. Segundo a Limpurb, a ação dos catadores é tão efetiva que é raro encontrar latas de alumínio entre os resíduos de lixo. A ação dos catadores de latas de alumínio é de fundamental importância para diminuir o problema do lixo que se acumula durante o Carnaval. Porém, outras ações podem ser implantadas como, por exemplo, I - estimular a coleta de materiais recicláveis como garrafas plásticas, papéis e vidros. II - esclarecer a população sobre os materiais recicláveis que podem ser separados e recolhidos pelos catadores. III - incentivar o uso de matéria-prima reciclável nos desfiles das escolas, diminuindo a extração de recursos naturais. IV - promover a produção do lixo para auxiliar as cooperativas de catadores de lixo. Aponte a alternativa que contém todas as afirmativas aceitáveis. (A) Apenas I e II (B) Apenas II e III (C) Apenas I, II e III (D) Apenas I, II e IV (E) I, II, III e IV
  • 6. 10- (ETEC-2006) O perfil dos componentes das escolas de samba tem se alterado muito nas últimas décadas. Na década de 1980, realizou-se uma pesquisa com componentes de três escolas de samba do Rio de Janeiro. Analise os dados da tabela referentes ao nível de salários registrados nessa pesquisa. (Adaptado de Maria Isaura Pereira de Queiroz. Carnaval brasileiro. São Paulo: Brasiliense, 1999. p. 87) A partir dos dados apresentados na tabela, pode-se afirmar que (A) a “União da Ilha” apresentava, em comparação com as outras escolas, maior percentual de componentes ganhando até 3 salários mínimos. (B) a “Padre Miguel”, em relação às outras escolas, apresentava maior percentual de componentes ganhando até 3 salários mínimos. (C) a “União da Ilha” apresentava menor percentual de componentes ganhando mais de 4 salários, comparando-a com o dos componentes da “Padre Miguel”. (D) a “Beija-Flor” era a escola que apresentava maior percentual de componentes com salários médios acima de 5 salários mínimos. (E) a “Padre Miguel” apresentava maior percentual de componentes que ganhavam entre 4 e 5 salários mínimos do que o da “União da Ilha”. 11 (ETEC-2006) Analise a tabela. A partir das informações da tabela sobre o Carnaval baiano, pode-se concluir que (A) o fluxo de turistas brasileiros em 2003 foi maior do que em 2001 e o número de empregos manteve-se igual no mesmo período. (B) o Carnaval de 2004, do “Viva o povo brasileiro”, obteve maiores indicadores econômicos e sociais em relação aos demais carnavais. (C) o maior fluxo de turistas locais e de outros estados ocorreu no Carnaval em que os baianos homenagearam os povos africanos. (D) a cidade de Salvador teve a maior oferta de emprego no Carnaval em que os baianos homenagearam, dentre outros, o “trio elétrico”. (E) os temas do Carnaval da Bahia, de 2000 a 2003, estavam relacionados exclusivamente a aspectos políticos e econômicos.
  • 7. 12. (ETEC-2006) Uma comunidade de uma determinada cidade resolveu adotar um rio para que ele continue sendo vital ao ecossistema de sua região. Para identificar os passos a serem dados visando à elaboração de um plano de recuperação de um rio, é necessário verificar as seguintes possibilidades: I. Água Verde: pode significar algas demais na água; isso torna difícil a existência de qualquer outra vida no rio. II. Água Turva: terra demais na água; isso torna difícil a respiração dos peixes. III. Cheiro de ovo podre: esgotos podem estar sendo descarregados no rio. IV. Camada laranja ou vermelha sobre a água: pode indicar que uma fábrica está despejando poluentes no rio. V. Espumas ou bolhas na água: podem ser o sinal de um vazamento de sabão de residências ou fábricas. (Adaptado de: 50 pequenas coisas que você pode fazer para salvar a Terra, Rio de Janeiro: Record, s/d. p. 94) Identifique a alternativa que apresenta uma proposta adequada para melhorar a vida de um rio. (A) Para combater as algas mencionadas no item I, é preciso derramar grande quantidade de óleo diesel a fim de eliminá-las. (B) Para diminuir a quantidade de terra na água, conforme o item II, torna-se importante plantar mais plantas nativas nas margens a fim de evitar a erosão. (C) O problema descrito no item III pode ser facilmente resolvido, colocando-se água sanitária nas margens do rio. (D) O problema presente no item IV somente poderá ser solucionado com uma proposta apresentada à Câmara Municipal de retirar as indústrias da cidade. (E) Com o objetivo de resolver a situação presente no item V, deve-se substituir o consumo de sabão por detergente líquido. 14- (FEDERAL-2010)Desde os anos 1980, costuma-se dizer que o mundo passa por um processo de “globalização”. Assinale a alternativa que descreve corretamente a essência desse processo. (A) Fenômeno geopolítico de disputa, redução e eliminação de fronteiras políticas, econômicas, culturais e religiosas entre os diversos povos do mundo. (B) Fenômeno social e natural de expansão da população humana por todas as partes do mundo, com o povoamento intensivo das regiões mais distantes. (C) Processo de ampliação dos problemas ambientais por todo o mundo, em que os países subdesenvolvidos saem perdendo em relação aos desenvolvidos. (D) Processo de expansão das trocas comerciais, sociais e culturais entre os países, cujos principais agentes são o capital financeiro e as empresas multinacionais. (E) Impulso de expansão nacional dos países desenvolvidos sobre os países mais pobres, que passam a ser colônias diretas ou indiretas deste expansionismo geopolítico.
  • 8. QUESTÕES HISTÓRIA ATENÇÃO: O texto sobre a Ditadura Militar, a seguir, contém informações importantes para que você responda às questões 1 e 2. Leia-o atentamente. Durante o período da ditadura militar no Brasil (de 1964 a 1984), muitas violências foram cometidas contra os direitos humanos e a cidadania. Por causa de suas ideias e posturas políticas, mais de 80 pessoas foram expulsas do Brasil; 400 foram mortas ou dadas como desaparecidas; 10 mil foram exiladas, 245 estudantes foram expulsos das universidades, milhares de trabalhadores foram demitidos de seus empregos; centenas de livros, peças de teatros, filmes e letras de músicas foram censurados. Esses fatos não eram divulgados pela mídia. Ao contrário, a ditadura ocultava essas informações; estimulava o sentimento patriótico do brasileiro, direcionando-o para competições esportivas e obras monumentais, e proporcionava ao povo alguma diversão barata para distraí-lo dos problemas sociais. 1. (ETEC 2005) Analise esta charge: Com base nas informações sobre a ditadura militar, transmitidas por meio do texto e da charge, é válido argumentar que: I. muitas pessoas que viveram no período da ditadura podem ter construído opiniões favoráveis a ela, manipuladas pelas próprias estratégias de comunicação do regime. II. a censura aos meios de comunicação e os métodos empregados para desviar a atenção dos problemas sociais estão entre os fatores que explicam por que alguns brasileiros que viveram no período da ditadura conheceram pouco as atrocidades cometidas por ela. III. a possibilidade de perceber o autoritarismo do período militar foi maior para aqueles cidadãos que ou conheciam pessoas que foram perseguidas por ele, ou sabiam, por experiência anterior e por leituras, das técnicas utilizadas pelas ditaduras, ou, então, analisavam e comparavam criticamente os fatos observados e as informações recebidas. Contém argumentos válidos (A) I, II e III (B) somente II e III (C) somente III (D) somente II (E) somente I 2. Durante a ditadura militar, Chico Buarque compôs esta música destinada a um amigo exilado, com o intuito de enviar-lhe notícias do Brasil. Analise este trecho da composição: Meu caro amigo eu bem queria lhe escrever / Mas o correio andou arisco* / Se me permitem vou tentar lhe remeter / Notícias frescas neste disco / Aqui na terra tão jogando futebol / Tem muito samba, muito choro e rock’n roll / Uns dias chove noutros dias bate sol / Mas o que eu quero é lhe dizer que a coisa aqui está preta / Muita mutreta pra levar a situação / Que a gente vai levando de teimoso e de pirraça / Que a gente vai tomando que também sem a cachaça / Ninguém segura esse rojão // A Marieta** manda um beijo para os seus / Um beijo na família, na Cecília e nas crianças / O Francis*** aproveita pra também mandar lembranças / A todo o pessoal, adeus (* arisco - intratável, que não se pode domesticar; ** Marieta Severo, que, na época, estava casada com Chico Buarque; *** Francis Hime, outro compositor brasileiro) Com base nas informações recebidas a respeito da ditadura militar, assinale a alternativa que representa uma interpretação válida para os versos de Chico Buarque. (A) Chico preferiu escrever uma música a enviar uma carta porque os serviços postais, naquela época, ainda estavam muito atrasados. (B) O compositor não queria entristecer o seu amigo e, por isso, contou-lhe sobre o tempo, música e futebol para ocultar-lhe os problemas do país. (C) Naquela época o autor ainda não tinha tomado consciência das violências cometidas pela ditadura e, por isso, nada falou sobre elas. (D) A violência contra a privacidade e o sigilo da correspondência obrigava o autor a utilizar códigos a serem decifrados pelo amigo. (E) A falta de assunto demostrada nos versos expressa um certo afastamento afetivo entre os dois, devido à distância que os separava.