SlideShare uma empresa Scribd logo
EMOÇÃO Profa. VILCIELE DAMASCENO
O QUE SÃO EMOÇÕES?
+ “Estados interiores, caracterizados por pensamentos, sensações,
reações fisiológicas e comportamento expressivo específico.
Aparecem subitamente eparecem difíceis de controlar.”
( DAVIDOFF, 2001, P. 369)
O QUE SÃO EMOÇÕES?
+ “Resposta breve e com múltiplos componentes a alguma alteração no
modo como as pessoas interpretam – ouavaliam – suas circunstâncias
atuais.”
( ATKINSON E HILGARD, 2018, p. 315)
EMOÇÕES UNIVERSAIS
+ Alegria
+ Raiva
+ Desagrado
+ Medo
+ Surpresa
+ Tristeza
+ Nojo
+ Culpa
+ Vergonha
+ EVIDÊNCIAS:
+ Pesquisas que observam como as pessoas rotulam as
emoções expressas no rosto humano;
+ Padrão de movimentação de músculos faciais para
expressar essas emoções;
+ Estudos com pessoas cegas e surdas de
nascença;
+ Surgimento precoce (antes da idade escolar).
COMPONENTES DA EMOÇÃO
COMPONENTES DA EMOÇÃO
+ A interação pessoa – ambiente dispara o surgimentos de emoções.
+ A mesma situação pode gerar emoções diferentes.
COMPONENTES DA EMOÇÃO
+ Avaliação cognitiva: avaliação de uma pessoa sobre o significado
pessoal de suas circunstâncias atuais. São responsáveis pela
diferenciação das emoções e afetam tanto a intensidade quanto
a qualidade da emoção.
Aciona os demais componentes da emoção.
COMPONENTES DA EMOÇÃO
+ Experiência subjetiva: o estado afetivo ou o tom do sentimento
que ilustra a experiência particular. Guiam o comportamento, a
tomada de decisões e o julgamento, assim como comandam a
memória, a aprendizagem e a avaliação de risco.
A forma como cada um sente.
COMPONENTES DA EMOÇÃO
+ Tendências de pensamento e de ação: incita a pensar ou agir de
modos particulares.
Raiva – reações agressivas.
Medo – pensamentos.
COMPONENTES DA EMOÇÃO
+ Tendências de pensamento e de ação:
(Fredrickson e Branigan,
2005)
COMPONENTES DA EMOÇÃO
+ Mudanças corporais internas: reações fisiológicas,
particularmente aquelas que envolvem o sistema nervoso
autônomo.
Taquicardia, sudorese, diarreia e etc.
COMPONENTES DA EMOÇÃO
+ Mudanças corporais internas:
COMPONENTES DA EMOÇÃO
+ Expressão facial: contrações musculares que movimentam as características
Faciais.
- Têm significado universal;
- Poder comunicativo das
expressões faciais na
interação pais-bebês;
- Função comunicativa pode
contribuir para a experiência
subjetiva.
.
COMPONENTES DA
EMOÇÃO
+ Respostas às emoções : como
cada um regula, reage e lida
com as próprias emoções ou
com a situação que as
acionou .
COMPONENTES DA EMOÇÃO
+ Respostas às emoções:
- As pessoas tendem a reagir ou regular suas
emoções e isso afeta o sucesso
social;
- As respostas à emoção podem influenciar outros
componentes do processo emocional;
- As estratégias utilizadas pelas pessoas para regular
suas emoções podem ter uma repercussão
inesperada.
COMPONENTES DA EMOÇÃO
+ Os componentes:
+ Isoladamente não são A EMOÇÃO;
+ São complexos e multidimensionais;
+ Influenciam-se mutuamente.
EMOÇÕES, GÊNERO E CULTURA
+ As emoções variam de acordo com o gênero e a cultura;
+ Muitas diferenças de gênero podem ser ligadas aos seus estereótipos
sobre as emoções;
+ Diferenças culturais no individualismo e coletivismo resultam em
diferenças nas emoções.
TEORIA DA EMOÇÃO
+ Avaliação cognitiva:
- Teoria dos dois fatores: Estudo realizado por Schachter e Singer
(1962).
- Emoção como resultado da combinação de dois fatores: um estado
inicial de excitação não explicada + uma avaliação cognitiva para essa
excitação.
- Atribuição incorreta da excitação: excitação fisiológica
prolongada pode ser erroneamente atribuída a circunstâncias
subsequentes e intensificar reações emocionais para tais
circunstâncias.
ABORDAGEM
PSICOLÓGICA
CONSTRUCIONISTA
DAS EMOÇÕES
TEORIA DA EMOÇÃO
A teoria dos dois fatores de Schachter (1964):
 As emoções possuem 02 ingredientes: a excitação física e um rótulo
(avaliação/interpretação) cognitivo.
 A experiência emocional exige uma interpretação consciente da
excitação.
 “Se sinto algo, e você é detestável, acho que estou bravo”
TEORIA DA EMOÇÃO
A teoria de James - Lange (1884,1885)
“Sentimos pena porque choramos,
sentimos raiva porque trememos”
(William James, 1890)
A experiência consciente de emoção
resulta da percepção que se tem da
estimulação autônoma numa inversão
do senso comum)
Padrões diferentes de ativação autônoma conduzem à experiência de
emoções distintas - as pessoas distinguem as emoções baseando-se na
configuração das reações que vivenciam.
TEORIA DA EMOÇÃO
A teoria de Cannon-Bard (1927; 1934)
 Para Cannon, as reações do corpo
não são suficientemente distintas
para evocar emoções tão diferentes.
 Para ele, a excitação fisiológica e a
experiência emocional ocorrem
simultaneamente, não há
causalidade.
 O tálamo envia sinais ao córtex (experiência consciente da emoção)
e ao SNA (estimulação visceral).
SUGESTÃO DE FILME SOBRE EMOÇÕES

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a PROCESSOS PSICOLOGICOS BASICOSEMOÇÕES.pdf

_Emoção- Apresentação.pdf
_Emoção- Apresentação.pdf_Emoção- Apresentação.pdf
_Emoção- Apresentação.pdf
CarlaFreire34
 
Aula psico. organizacional
Aula psico. organizacionalAula psico. organizacional
Aula psico. organizacional
Moicano Jason
 
Psicologia cognitiva- Estresse e Coping.pptx
Psicologia cognitiva- Estresse e Coping.pptxPsicologia cognitiva- Estresse e Coping.pptx
Psicologia cognitiva- Estresse e Coping.pptx
Fernanda Nocam
 
APznzaYNrkShPDQYgOWw5E39Rxq6aH-hMZqzW8rfnUnvFNIF9dELVm-tG1d1Hwbb7LcZuV--udIai...
APznzaYNrkShPDQYgOWw5E39Rxq6aH-hMZqzW8rfnUnvFNIF9dELVm-tG1d1Hwbb7LcZuV--udIai...APznzaYNrkShPDQYgOWw5E39Rxq6aH-hMZqzW8rfnUnvFNIF9dELVm-tG1d1Hwbb7LcZuV--udIai...
APznzaYNrkShPDQYgOWw5E39Rxq6aH-hMZqzW8rfnUnvFNIF9dELVm-tG1d1Hwbb7LcZuV--udIai...
DinhoOlliver
 
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03
Jordano Santos Cerqueira
 
As emoções
As emoçõesAs emoções
As emoções
Luis De Sousa Rodrigues
 
Metafísica da saúde
Metafísica da saúdeMetafísica da saúde
Metafísica da saúde
Alfweb Sistemas
 
Aspectos psicologicos em doencas ocupacionais
Aspectos psicologicos em doencas ocupacionaisAspectos psicologicos em doencas ocupacionais
Aspectos psicologicos em doencas ocupacionais
Colégio Elisa Andreoli
 
EMOÇÕES.pdf
EMOÇÕES.pdfEMOÇÕES.pdf
EMOÇÕES.pdf
BeatrizSousa577457
 
Emoção
Emoção  Emoção
Emoção
Marlene Gomes
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
coordenacaogeal
 
UFCD - 6581- Stress em Profissionais de Saúde
UFCD - 6581-   Stress em Profissionais de SaúdeUFCD - 6581-   Stress em Profissionais de Saúde
UFCD - 6581- Stress em Profissionais de Saúde
Nome Sobrenome
 
UFCD - 6581 - Stress em Profissionais de Saúde
UFCD - 6581 - Stress em Profissionais de SaúdeUFCD - 6581 - Stress em Profissionais de Saúde
UFCD - 6581 - Stress em Profissionais de Saúde
Nome Sobrenome
 
Funções psíquicas
Funções psíquicas Funções psíquicas
Funções psíquicas
thaissamaia
 
Teorias da psicologia
Teorias da  psicologiaTeorias da  psicologia
Teorias da psicologia
guest277152fb
 
Mente asemcoes
Mente asemcoesMente asemcoes
Mente asemcoes
António Moreira
 
12 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)
12 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)12 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)
12 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)
Ricardo Akerman
 
Processos Emocionais E Processos Conativos
Processos Emocionais E Processos ConativosProcessos Emocionais E Processos Conativos
Processos Emocionais E Processos Conativos
Rolando Almeida
 
Emoção
EmoçãoEmoção
Emoção e cognição
Emoção e cogniçãoEmoção e cognição
Emoção e cognição
Mirela Ramacciotti
 

Semelhante a PROCESSOS PSICOLOGICOS BASICOSEMOÇÕES.pdf (20)

_Emoção- Apresentação.pdf
_Emoção- Apresentação.pdf_Emoção- Apresentação.pdf
_Emoção- Apresentação.pdf
 
Aula psico. organizacional
Aula psico. organizacionalAula psico. organizacional
Aula psico. organizacional
 
Psicologia cognitiva- Estresse e Coping.pptx
Psicologia cognitiva- Estresse e Coping.pptxPsicologia cognitiva- Estresse e Coping.pptx
Psicologia cognitiva- Estresse e Coping.pptx
 
APznzaYNrkShPDQYgOWw5E39Rxq6aH-hMZqzW8rfnUnvFNIF9dELVm-tG1d1Hwbb7LcZuV--udIai...
APznzaYNrkShPDQYgOWw5E39Rxq6aH-hMZqzW8rfnUnvFNIF9dELVm-tG1d1Hwbb7LcZuV--udIai...APznzaYNrkShPDQYgOWw5E39Rxq6aH-hMZqzW8rfnUnvFNIF9dELVm-tG1d1Hwbb7LcZuV--udIai...
APznzaYNrkShPDQYgOWw5E39Rxq6aH-hMZqzW8rfnUnvFNIF9dELVm-tG1d1Hwbb7LcZuV--udIai...
 
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03
 
As emoções
As emoçõesAs emoções
As emoções
 
Metafísica da saúde
Metafísica da saúdeMetafísica da saúde
Metafísica da saúde
 
Aspectos psicologicos em doencas ocupacionais
Aspectos psicologicos em doencas ocupacionaisAspectos psicologicos em doencas ocupacionais
Aspectos psicologicos em doencas ocupacionais
 
EMOÇÕES.pdf
EMOÇÕES.pdfEMOÇÕES.pdf
EMOÇÕES.pdf
 
Emoção
Emoção  Emoção
Emoção
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
 
UFCD - 6581- Stress em Profissionais de Saúde
UFCD - 6581-   Stress em Profissionais de SaúdeUFCD - 6581-   Stress em Profissionais de Saúde
UFCD - 6581- Stress em Profissionais de Saúde
 
UFCD - 6581 - Stress em Profissionais de Saúde
UFCD - 6581 - Stress em Profissionais de SaúdeUFCD - 6581 - Stress em Profissionais de Saúde
UFCD - 6581 - Stress em Profissionais de Saúde
 
Funções psíquicas
Funções psíquicas Funções psíquicas
Funções psíquicas
 
Teorias da psicologia
Teorias da  psicologiaTeorias da  psicologia
Teorias da psicologia
 
Mente asemcoes
Mente asemcoesMente asemcoes
Mente asemcoes
 
12 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)
12 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)12 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)
12 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)
 
Processos Emocionais E Processos Conativos
Processos Emocionais E Processos ConativosProcessos Emocionais E Processos Conativos
Processos Emocionais E Processos Conativos
 
Emoção
EmoçãoEmoção
Emoção
 
Emoção e cognição
Emoção e cogniçãoEmoção e cognição
Emoção e cognição
 

Mais de vilcielepazebem

PSICOLOGIA SOCIAL-1 projeto de intervenção
PSICOLOGIA SOCIAL-1 projeto de intervençãoPSICOLOGIA SOCIAL-1 projeto de intervenção
PSICOLOGIA SOCIAL-1 projeto de intervenção
vilcielepazebem
 
Psicologia e comunidade capitulo 3XXXX.pptx
Psicologia e comunidade capitulo 3XXXX.pptxPsicologia e comunidade capitulo 3XXXX.pptx
Psicologia e comunidade capitulo 3XXXX.pptx
vilcielepazebem
 
PROCESSOS PSICOLOGICOS BASICOSMEMÓRIA PPB.pdf
PROCESSOS PSICOLOGICOS BASICOSMEMÓRIA PPB.pdfPROCESSOS PSICOLOGICOS BASICOSMEMÓRIA PPB.pdf
PROCESSOS PSICOLOGICOS BASICOSMEMÓRIA PPB.pdf
vilcielepazebem
 
processos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdf
processos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdfprocessos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdf
processos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdf
vilcielepazebem
 
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTOPROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
vilcielepazebem
 
Aula 03 - O campo grupal aula de psicologia
Aula 03 - O campo grupal aula de psicologiaAula 03 - O campo grupal aula de psicologia
Aula 03 - O campo grupal aula de psicologia
vilcielepazebem
 
TDAH em ADULTOS Módulo 6 Q
TDAH em ADULTOS Módulo 6                        QTDAH em ADULTOS Módulo 6                        Q
TDAH em ADULTOS Módulo 6 Q
vilcielepazebem
 
Questionário+de+Avaliação+Tipológica+-++QUATI++aula+03+++de+setembro++lab+2.ppt
Questionário+de+Avaliação+Tipológica+-++QUATI++aula+03+++de+setembro++lab+2.pptQuestionário+de+Avaliação+Tipológica+-++QUATI++aula+03+++de+setembro++lab+2.ppt
Questionário+de+Avaliação+Tipológica+-++QUATI++aula+03+++de+setembro++lab+2.ppt
vilcielepazebem
 
1562007792Ebook_-_Novas_Abordagens_em_Sade_Mental_1 (1).pdf
1562007792Ebook_-_Novas_Abordagens_em_Sade_Mental_1 (1).pdf1562007792Ebook_-_Novas_Abordagens_em_Sade_Mental_1 (1).pdf
1562007792Ebook_-_Novas_Abordagens_em_Sade_Mental_1 (1).pdf
vilcielepazebem
 
1550516313Ebook_-_A_sade_mental_na_ateno_bsica.pdf
1550516313Ebook_-_A_sade_mental_na_ateno_bsica.pdf1550516313Ebook_-_A_sade_mental_na_ateno_bsica.pdf
1550516313Ebook_-_A_sade_mental_na_ateno_bsica.pdf
vilcielepazebem
 

Mais de vilcielepazebem (10)

PSICOLOGIA SOCIAL-1 projeto de intervenção
PSICOLOGIA SOCIAL-1 projeto de intervençãoPSICOLOGIA SOCIAL-1 projeto de intervenção
PSICOLOGIA SOCIAL-1 projeto de intervenção
 
Psicologia e comunidade capitulo 3XXXX.pptx
Psicologia e comunidade capitulo 3XXXX.pptxPsicologia e comunidade capitulo 3XXXX.pptx
Psicologia e comunidade capitulo 3XXXX.pptx
 
PROCESSOS PSICOLOGICOS BASICOSMEMÓRIA PPB.pdf
PROCESSOS PSICOLOGICOS BASICOSMEMÓRIA PPB.pdfPROCESSOS PSICOLOGICOS BASICOSMEMÓRIA PPB.pdf
PROCESSOS PSICOLOGICOS BASICOSMEMÓRIA PPB.pdf
 
processos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdf
processos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdfprocessos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdf
processos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdf
 
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTOPROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
 
Aula 03 - O campo grupal aula de psicologia
Aula 03 - O campo grupal aula de psicologiaAula 03 - O campo grupal aula de psicologia
Aula 03 - O campo grupal aula de psicologia
 
TDAH em ADULTOS Módulo 6 Q
TDAH em ADULTOS Módulo 6                        QTDAH em ADULTOS Módulo 6                        Q
TDAH em ADULTOS Módulo 6 Q
 
Questionário+de+Avaliação+Tipológica+-++QUATI++aula+03+++de+setembro++lab+2.ppt
Questionário+de+Avaliação+Tipológica+-++QUATI++aula+03+++de+setembro++lab+2.pptQuestionário+de+Avaliação+Tipológica+-++QUATI++aula+03+++de+setembro++lab+2.ppt
Questionário+de+Avaliação+Tipológica+-++QUATI++aula+03+++de+setembro++lab+2.ppt
 
1562007792Ebook_-_Novas_Abordagens_em_Sade_Mental_1 (1).pdf
1562007792Ebook_-_Novas_Abordagens_em_Sade_Mental_1 (1).pdf1562007792Ebook_-_Novas_Abordagens_em_Sade_Mental_1 (1).pdf
1562007792Ebook_-_Novas_Abordagens_em_Sade_Mental_1 (1).pdf
 
1550516313Ebook_-_A_sade_mental_na_ateno_bsica.pdf
1550516313Ebook_-_A_sade_mental_na_ateno_bsica.pdf1550516313Ebook_-_A_sade_mental_na_ateno_bsica.pdf
1550516313Ebook_-_A_sade_mental_na_ateno_bsica.pdf
 

PROCESSOS PSICOLOGICOS BASICOSEMOÇÕES.pdf

  • 2. O QUE SÃO EMOÇÕES? + “Estados interiores, caracterizados por pensamentos, sensações, reações fisiológicas e comportamento expressivo específico. Aparecem subitamente eparecem difíceis de controlar.” ( DAVIDOFF, 2001, P. 369)
  • 3. O QUE SÃO EMOÇÕES? + “Resposta breve e com múltiplos componentes a alguma alteração no modo como as pessoas interpretam – ouavaliam – suas circunstâncias atuais.” ( ATKINSON E HILGARD, 2018, p. 315)
  • 4. EMOÇÕES UNIVERSAIS + Alegria + Raiva + Desagrado + Medo + Surpresa + Tristeza + Nojo + Culpa + Vergonha + EVIDÊNCIAS: + Pesquisas que observam como as pessoas rotulam as emoções expressas no rosto humano; + Padrão de movimentação de músculos faciais para expressar essas emoções; + Estudos com pessoas cegas e surdas de nascença; + Surgimento precoce (antes da idade escolar).
  • 6. COMPONENTES DA EMOÇÃO + A interação pessoa – ambiente dispara o surgimentos de emoções. + A mesma situação pode gerar emoções diferentes.
  • 7. COMPONENTES DA EMOÇÃO + Avaliação cognitiva: avaliação de uma pessoa sobre o significado pessoal de suas circunstâncias atuais. São responsáveis pela diferenciação das emoções e afetam tanto a intensidade quanto a qualidade da emoção. Aciona os demais componentes da emoção.
  • 8. COMPONENTES DA EMOÇÃO + Experiência subjetiva: o estado afetivo ou o tom do sentimento que ilustra a experiência particular. Guiam o comportamento, a tomada de decisões e o julgamento, assim como comandam a memória, a aprendizagem e a avaliação de risco. A forma como cada um sente.
  • 9. COMPONENTES DA EMOÇÃO + Tendências de pensamento e de ação: incita a pensar ou agir de modos particulares. Raiva – reações agressivas. Medo – pensamentos.
  • 10. COMPONENTES DA EMOÇÃO + Tendências de pensamento e de ação: (Fredrickson e Branigan, 2005)
  • 11. COMPONENTES DA EMOÇÃO + Mudanças corporais internas: reações fisiológicas, particularmente aquelas que envolvem o sistema nervoso autônomo. Taquicardia, sudorese, diarreia e etc.
  • 12. COMPONENTES DA EMOÇÃO + Mudanças corporais internas:
  • 13. COMPONENTES DA EMOÇÃO + Expressão facial: contrações musculares que movimentam as características Faciais. - Têm significado universal; - Poder comunicativo das expressões faciais na interação pais-bebês; - Função comunicativa pode contribuir para a experiência subjetiva. .
  • 14. COMPONENTES DA EMOÇÃO + Respostas às emoções : como cada um regula, reage e lida com as próprias emoções ou com a situação que as acionou .
  • 15. COMPONENTES DA EMOÇÃO + Respostas às emoções: - As pessoas tendem a reagir ou regular suas emoções e isso afeta o sucesso social; - As respostas à emoção podem influenciar outros componentes do processo emocional; - As estratégias utilizadas pelas pessoas para regular suas emoções podem ter uma repercussão inesperada.
  • 16. COMPONENTES DA EMOÇÃO + Os componentes: + Isoladamente não são A EMOÇÃO; + São complexos e multidimensionais; + Influenciam-se mutuamente.
  • 17. EMOÇÕES, GÊNERO E CULTURA + As emoções variam de acordo com o gênero e a cultura; + Muitas diferenças de gênero podem ser ligadas aos seus estereótipos sobre as emoções; + Diferenças culturais no individualismo e coletivismo resultam em diferenças nas emoções.
  • 18. TEORIA DA EMOÇÃO + Avaliação cognitiva: - Teoria dos dois fatores: Estudo realizado por Schachter e Singer (1962). - Emoção como resultado da combinação de dois fatores: um estado inicial de excitação não explicada + uma avaliação cognitiva para essa excitação. - Atribuição incorreta da excitação: excitação fisiológica prolongada pode ser erroneamente atribuída a circunstâncias subsequentes e intensificar reações emocionais para tais circunstâncias. ABORDAGEM PSICOLÓGICA CONSTRUCIONISTA DAS EMOÇÕES
  • 19. TEORIA DA EMOÇÃO A teoria dos dois fatores de Schachter (1964):  As emoções possuem 02 ingredientes: a excitação física e um rótulo (avaliação/interpretação) cognitivo.  A experiência emocional exige uma interpretação consciente da excitação.  “Se sinto algo, e você é detestável, acho que estou bravo”
  • 20. TEORIA DA EMOÇÃO A teoria de James - Lange (1884,1885) “Sentimos pena porque choramos, sentimos raiva porque trememos” (William James, 1890) A experiência consciente de emoção resulta da percepção que se tem da estimulação autônoma numa inversão do senso comum) Padrões diferentes de ativação autônoma conduzem à experiência de emoções distintas - as pessoas distinguem as emoções baseando-se na configuração das reações que vivenciam.
  • 21. TEORIA DA EMOÇÃO A teoria de Cannon-Bard (1927; 1934)  Para Cannon, as reações do corpo não são suficientemente distintas para evocar emoções tão diferentes.  Para ele, a excitação fisiológica e a experiência emocional ocorrem simultaneamente, não há causalidade.  O tálamo envia sinais ao córtex (experiência consciente da emoção) e ao SNA (estimulação visceral).
  • 22. SUGESTÃO DE FILME SOBRE EMOÇÕES