SlideShare uma empresa Scribd logo
Unidadesde ConservaçãoChapada dos Veadeiros –  Cavalcante-GOGrupo:Dalyssa;Gabriela P.;Marisa;Viviane;Yago; Yasmim.Colégio Santa RosaBrasília- Setembro/ 2010Série: 9º ano BCLICK PARA PASSAR
Pode ser config.  --chapada dos veadeiros –  cavalcante-go
APA- Área de Proteção Ambiental		No Brasil, uma área de proteção ambiental (APA) é uma área em geral extensa, com um certo grau de ocupação humana, dotada de atributos abióticos, bióticos, estéticos ou culturais especialmente importantes para a qualidade de vida e o bem-estar das populações humanas, e tem como objetivos básicos proteger a diversidade biológica, disciplinar o processo de ocupação e assegurar a sustentabilidade do uso dos recursos naturais.
Pode ter em seu interior outras unidades de conservação, bem como ecossistemas urbanos, permitindo a experimentação de técnicas e atitudes que conciliem o uso da terra e o desenvolvimento regional com a manutenção dos processos ecológicos essenciais. Toda APA deve ter zona de conservação de vida silvestre.
Parques NacionaisO que são? São áreas de conservação que protegem recursos naturais e a cultura de uma área, preservando fauna, flora, e outros, permite visitação, pesquisas, aprendizagem e é um lazer também. São administrados pelo IBAMA, ligado ao ministério do meio ambiente. Podem ser estadual, municipal ou federal e são protegidos por lei.
Para que servem:		Os parques nacionais são ótimos lugares para passear, são lindos, tem uma beleza estonteante, são bons para aprender e conhecer mais sobre o nosso ecossistema.		Ajudam a inibir a extinção de espécies ameaçadas pelo homem que não sabe aproveitar a riqueza do meio-ambiente.
Exemplos:- Parque Nacional Chapada dos Veadeiros		Localiza-se na Chapada dos Veadeiros, no nordeste do Estado de Goiás, está em uma superfície de 65.514 hectares, está dentro de uma área de cerrado, abrangendo vários municípios, como por exemplo São João d'Aliança, Alto Paraíso, Colinas do Sul e Cavalcante. Foi criado, em 1961, por Juscelino Kubitschek, com o nome de Parque Nacional do Chapada dos Veadeiros. Ficou reconhecido como Patrimônio Natural Mundial pela UNESCO em Dezembro de 2001. E é administrado pelo ICMBio.- Parque Nacional de BrasíliaO Parque Nacional de Brasília, mais conhecido como Água Mineral, é um parque com área de 30.000 hectares, localizado a noroeste do DF e administrado pelo ICMBio. A criação do parque foi em 29 de novembro de 1961, e está diretamente relacionada com a construção de Brasília. Acordo com o Ministério da Agricultura permitiu à NOVACAP manter um viveiro destinado à arborização da nova capital, em parte da área do futuro parque.
Reservada BiosferaA cidade de Cavalcante no estado de Goiás foi erguida entre morros e serras e tendo esse como um dos principais motivos, ela tem uma rica biodiversidade. Desde o começo, ela vêm sendo explorada tanto pelos habitantes para sua sobrevivência, quanto pelos grandes latifundiários para a retirada matéria prima entre outras coisas, e por causa da falta de algumas riquezas que existiam no começo, uma preocupação foi crescendo entre os ambientalistas e alguns habitantes que necessitam da reserva natural para sobrevivência.
Então, como o Brasil é dos países que são membros da UNESCO, Cavalcante se tornou uma das cidades que fazem parte de uma proposta da organização de “Reservas da Biosfera”. A ideia se consiste na tentativa de criar meios para preservar ecossistemas; conservar a natureza de um modo sustentável. A criação das reservas tem os objetivos básicos de conservar espécies, de promover um suporte para estudos mais detalhados e, sem esquecer a população da cidade, de fazer com que o lugar tenha um desenvolvimento econômico sem prejudicar o ecossistema.
			Hoje em dia, o projeto é posto em prática por meio do eco-turismo sem adegradação do ambiente, por meioda preservação dos parques naturais e também por meio de medidas que proíbem aexploração em certos lugares e afins. E há também um investimento na conscientização da preservação  para os turistas, o que faz com a pessoas comecem a pensar em não só ajudar a natureza quando estiverem lá, como também quando voltarem para suas casas. 
Floresta NacionalNo Brasil, Floresta Nacional (FLONA) é uma área de posse e domínio públicos, provida de cobertura vegetal nativa ou mesmo plantada, estabelecida com objetivos de promover o uso múltiplo sustentável dos recursos naturais, garantir a proteção dos recursos hídricos, das belezas cênicas e dos sítios históricos e arqueológicos, assim como fomentar o desenvolvimento da pesquisa científica básica e aplicada, da educação ambiental e das atividades de recreação, lazer e turismo, sendo considerada uma unidade de conservação (UC) e protegida pela Lei de Crimes Ambientais.
A FLONA é uma área com cobertura florestal de espécies predominantemente nativas e tem como objetivo básico o uso múltiplo sustentável dos recursos florestais e a pesquisa científica, com ênfase em método para exploração sustentável de florestas nativas (Lei Federal nº 9.985, de 18/07/2000).A FLONA é de posse e domínio públicos, sendo que as áreas particulares incluídas em seus limites devem ser desapropriadas de acordo com o que dispõe a lei. Nas FLONAS é admitida a permanência de populações tradicionais que a habitam, quando de sua criação, em conformidade com o disposto em regulamento e no Plano de Manejo da unidade.
Reserva Particular do Patrimonio NaturalÉ uma unidade de conservação criada pelo proprietário rural, ou seja, sem desapropriação de terra. No momento que decide criar uma RPPN, o proprietário recebe o dever de conservar a natureza.
		Preserva belezas cênicas e ambientes históricos e assumem objetivos de proteção de recursos hídricos, manejo de recursos naturais, desenvolvimento de pesquisascientificas, manutenção de equilíbrios climáticos ecológicos entre vários outros serviços ambientais. Atividades recreativas, turísticas, de educação e pesquisa são permitidas na reserva, se forem autorizadas pelo órgão ambiental responsável pela reserva.
EcoturismoO que é?Ecoturismo é um turismo consciente, ou seja, é um turismo feito para a apreciação do ecossistema em seu estado natural, sem nenhum tipo de interferência humana. É totalmente voltado para a conscientização dos “ecoturistas” para a preservação da fauna e flora local, daquele certo tipo de bioma.
Exemplo:A chapada dos veadeiros, que se localiza na cidade de Cavalcante- Goiás, tem sido bastante “requisitada” pelos ecoturistas. Pois nesta temos uma elevada taxa de preservação do bioma- Cerrado- que vem despertando a curiosidade de muitas pessoas, não só daquelas que se interessam pelo assunto, mas também daquelas que o desconhecem. 
Principalmente, porque no território de Cavalcante temos muitas cachoeiras, lagos, rios e uma rica fauna e flora. Mas nem todo mundo conhece esse tesouro, a cidade da Cavalcante foi esquecida com o tempo, de uns tempos pra cá que estão sendo tomadas iniciativas para a divulgação desta pérola.
AmeaçasMuitas vezes o ecoturismo é prejudicado. As ameaças aos biomas são muitas. Entre elas existem as humanas e as naturais. 		Ao viajarmos para Cavalcante para pratica do ecoturismo, pudemos ver uma das ameaças mais comuns quando fomos ao Vale da Lua, onde metade do caminho estava queimado. A temperatura do local ainda estava muito elevada e pudemos perceber que a queimada havia ocorrido à pouco tempo.Pelas características do local notamos também que ela não havia ocorrido por causas naturais, mas sim humanas e ela pode ter começado por negligencia de alguém que talvez estivesse jogado alguma coisa que desse para iniciar um incêndio ali. 
Fotos
Sites:www.socioambiental.orghttp://www.eco.tur.br/ecoguias/veadeiros/areas/parna.htmhttp://pt.wikipedia.org/wiki/Ecoturismohttp://www.namastenatureza.com.br/po/parques/oque.htmhttp://pt.wikipedia.org/wiki/Parque_Nacional_da_Chapada_dos_Veadeiroshttp://pt.wikipedia.org/wiki/Parque_Nacional_de_Brasiliahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Reserva_da_biosferaBlibliografia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sistema nacional de unidades de conservação
Sistema nacional de unidades de conservaçãoSistema nacional de unidades de conservação
Sistema nacional de unidades de conservação
guest0a95ab
 
SNUC - Sistema Nacional de Unidades de Conservação
SNUC - Sistema Nacional de Unidades de Conservação SNUC - Sistema Nacional de Unidades de Conservação
SNUC - Sistema Nacional de Unidades de Conservação
Leandro A. Machado de Moura
 
Unidades de conservação
Unidades de conservaçãoUnidades de conservação
Unidades de conservação
Maira Egito Barros
 
Trabalho de geografia9
Trabalho de geografia9Trabalho de geografia9
Trabalho de geografia9
olecramsepol
 
Preservação da Biodiversidade
Preservação da BiodiversidadePreservação da Biodiversidade
Preservação da Biodiversidade
Gabriela Bruno
 
Roteiro para Criação de Unidades de Conservação Municipais
Roteiro para Criação de Unidades de Conservação MunicipaisRoteiro para Criação de Unidades de Conservação Municipais
Roteiro para Criação de Unidades de Conservação Municipais
Paranapiacaba
 
Guia Parques estaduais de Minas Gerais
Guia  Parques estaduais de Minas GeraisGuia  Parques estaduais de Minas Gerais
Guia Parques estaduais de Minas Gerais
Gabriela Leal
 
Snuc
SnucSnuc
Unidades de Conservação - Conceituação e Classificação
Unidades de Conservação - Conceituação e Classificação Unidades de Conservação - Conceituação e Classificação
Unidades de Conservação - Conceituação e Classificação
Leandro A. Machado de Moura
 
Corredores ecológicos Serra do Cabral
Corredores ecológicos Serra do CabralCorredores ecológicos Serra do Cabral
Corredores ecológicos Serra do Cabral
CBH Rio das Velhas
 
Unidades de conservação
Unidades de conservaçãoUnidades de conservação
Unidades de conservação
Fatima de Luzie Cavalcante
 
Aula Unidades de Conservação
Aula Unidades de ConservaçãoAula Unidades de Conservação
Aula Unidades de Conservação
Diego Igawa
 
Lei 9985 2000 - snuc
Lei 9985   2000 - snucLei 9985   2000 - snuc
Lei 9985 2000 - snuc
João Alfredo Telles Melo
 
Lei 9985 2000 - snuc
Lei 9985   2000 - snucLei 9985   2000 - snuc
Lei 9985 2000 - snuc
João Alfredo Telles Melo
 
Manejo de Áreas Silvestres
Manejo de Áreas SilvestresManejo de Áreas Silvestres
Manejo de Áreas Silvestres
Brenno Silva
 
Parque nacional itatiaia_azambuja
Parque nacional itatiaia_azambujaParque nacional itatiaia_azambuja
Parque nacional itatiaia_azambuja
Antonio Azambuja
 
Ppt 1 PreservaçãO Da Biodiversidade
Ppt 1   PreservaçãO Da BiodiversidadePpt 1   PreservaçãO Da Biodiversidade
Ppt 1 PreservaçãO Da Biodiversidade
Nuno Correia
 
áReas protegidas
áReas protegidasáReas protegidas
áReas protegidas
Pelo Siro
 
A Serra do Cabral no contexto da reserva da biosfera
A Serra do Cabral no contexto da reserva da biosferaA Serra do Cabral no contexto da reserva da biosfera
A Serra do Cabral no contexto da reserva da biosfera
CBH Rio das Velhas
 
ProtecçãO E ConservaçãO Da Natureza
ProtecçãO E ConservaçãO Da NaturezaProtecçãO E ConservaçãO Da Natureza
ProtecçãO E ConservaçãO Da Natureza
Sérgio Luiz
 

Mais procurados (20)

Sistema nacional de unidades de conservação
Sistema nacional de unidades de conservaçãoSistema nacional de unidades de conservação
Sistema nacional de unidades de conservação
 
SNUC - Sistema Nacional de Unidades de Conservação
SNUC - Sistema Nacional de Unidades de Conservação SNUC - Sistema Nacional de Unidades de Conservação
SNUC - Sistema Nacional de Unidades de Conservação
 
Unidades de conservação
Unidades de conservaçãoUnidades de conservação
Unidades de conservação
 
Trabalho de geografia9
Trabalho de geografia9Trabalho de geografia9
Trabalho de geografia9
 
Preservação da Biodiversidade
Preservação da BiodiversidadePreservação da Biodiversidade
Preservação da Biodiversidade
 
Roteiro para Criação de Unidades de Conservação Municipais
Roteiro para Criação de Unidades de Conservação MunicipaisRoteiro para Criação de Unidades de Conservação Municipais
Roteiro para Criação de Unidades de Conservação Municipais
 
Guia Parques estaduais de Minas Gerais
Guia  Parques estaduais de Minas GeraisGuia  Parques estaduais de Minas Gerais
Guia Parques estaduais de Minas Gerais
 
Snuc
SnucSnuc
Snuc
 
Unidades de Conservação - Conceituação e Classificação
Unidades de Conservação - Conceituação e Classificação Unidades de Conservação - Conceituação e Classificação
Unidades de Conservação - Conceituação e Classificação
 
Corredores ecológicos Serra do Cabral
Corredores ecológicos Serra do CabralCorredores ecológicos Serra do Cabral
Corredores ecológicos Serra do Cabral
 
Unidades de conservação
Unidades de conservaçãoUnidades de conservação
Unidades de conservação
 
Aula Unidades de Conservação
Aula Unidades de ConservaçãoAula Unidades de Conservação
Aula Unidades de Conservação
 
Lei 9985 2000 - snuc
Lei 9985   2000 - snucLei 9985   2000 - snuc
Lei 9985 2000 - snuc
 
Lei 9985 2000 - snuc
Lei 9985   2000 - snucLei 9985   2000 - snuc
Lei 9985 2000 - snuc
 
Manejo de Áreas Silvestres
Manejo de Áreas SilvestresManejo de Áreas Silvestres
Manejo de Áreas Silvestres
 
Parque nacional itatiaia_azambuja
Parque nacional itatiaia_azambujaParque nacional itatiaia_azambuja
Parque nacional itatiaia_azambuja
 
Ppt 1 PreservaçãO Da Biodiversidade
Ppt 1   PreservaçãO Da BiodiversidadePpt 1   PreservaçãO Da Biodiversidade
Ppt 1 PreservaçãO Da Biodiversidade
 
áReas protegidas
áReas protegidasáReas protegidas
áReas protegidas
 
A Serra do Cabral no contexto da reserva da biosfera
A Serra do Cabral no contexto da reserva da biosferaA Serra do Cabral no contexto da reserva da biosfera
A Serra do Cabral no contexto da reserva da biosfera
 
ProtecçãO E ConservaçãO Da Natureza
ProtecçãO E ConservaçãO Da NaturezaProtecçãO E ConservaçãO Da Natureza
ProtecçãO E ConservaçãO Da Natureza
 

Semelhante a Pode ser config. --chapada dos veadeiros – cavalcante-go

Unidades de Conservação Ambiental.pptx
Unidades de Conservação Ambiental.pptxUnidades de Conservação Ambiental.pptx
Unidades de Conservação Ambiental.pptx
rickriordan
 
AULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdf
AULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdfAULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdf
AULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdf
PaulaMariaMagalhesTe
 
Icmbio em foco 496
Icmbio em foco 496Icmbio em foco 496
Icmbio em foco 496
CBH Rio das Velhas
 
Apresenta[1]uc
Apresenta[1]ucApresenta[1]uc
Apres. carvalhais turismo
Apres. carvalhais turismoApres. carvalhais turismo
Apres. carvalhais turismo
esev6882
 
Turismo ecológico
Turismo ecológicoTurismo ecológico
Turismo ecológico
Denis Fernandes
 
ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_
ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_
ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_
ReservadaBiosferadaM
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
AnaClara3
 
Caatinga
CaatingaCaatinga
Caatinga
Marina Godoy
 
Preservação da Biodiversidade
Preservação da BiodiversidadePreservação da Biodiversidade
Preservação da Biodiversidade
Gabriela Bruno
 
Mata atlântica
Mata atlânticaMata atlântica
Mata atlântica
Sandra Barros
 
Ac
AcAc
Mensagem movimento paranapiacaba ii
Mensagem movimento paranapiacaba iiMensagem movimento paranapiacaba ii
Mensagem movimento paranapiacaba ii
Paranapiacaba
 
Mensagem movimento paranapiacaba ii
Mensagem movimento paranapiacaba iiMensagem movimento paranapiacaba ii
Mensagem movimento paranapiacaba ii
Paranapiacaba
 
NT- DIRUC/INEMA Nº 61 uc busca vida abrantes
NT- DIRUC/INEMA Nº 61 uc busca vida abrantesNT- DIRUC/INEMA Nº 61 uc busca vida abrantes
NT- DIRUC/INEMA Nº 61 uc busca vida abrantes
Paranapiacaba
 
16_protecao_conservacao_natureza1.pptx
16_protecao_conservacao_natureza1.pptx16_protecao_conservacao_natureza1.pptx
16_protecao_conservacao_natureza1.pptx
DinaPinto12
 
UNIDADES DE CONSERVAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA NATUREZA.pptx
UNIDADES DE CONSERVAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA NATUREZA.pptxUNIDADES DE CONSERVAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA NATUREZA.pptx
UNIDADES DE CONSERVAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA NATUREZA.pptx
WelligtonGabriel1
 
Sistema nacional de unidades de conservação
Sistema nacional de unidades de conservaçãoSistema nacional de unidades de conservação
Sistema nacional de unidades de conservação
guest0a95ab
 
Quem cuida de nosso ambiente
Quem cuida de nosso ambienteQuem cuida de nosso ambiente
Quem cuida de nosso ambiente
AlanWillianLeonioSil
 
Angola National Parks
Angola National ParksAngola National Parks
Angola National Parks
Gonçalo Osório Rodrigues
 

Semelhante a Pode ser config. --chapada dos veadeiros – cavalcante-go (20)

Unidades de Conservação Ambiental.pptx
Unidades de Conservação Ambiental.pptxUnidades de Conservação Ambiental.pptx
Unidades de Conservação Ambiental.pptx
 
AULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdf
AULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdfAULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdf
AULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdf
 
Icmbio em foco 496
Icmbio em foco 496Icmbio em foco 496
Icmbio em foco 496
 
Apresenta[1]uc
Apresenta[1]ucApresenta[1]uc
Apresenta[1]uc
 
Apres. carvalhais turismo
Apres. carvalhais turismoApres. carvalhais turismo
Apres. carvalhais turismo
 
Turismo ecológico
Turismo ecológicoTurismo ecológico
Turismo ecológico
 
ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_
ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_
ARIE SITIO CURIÓ 32º Encontro Nacional RBMA_
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Caatinga
CaatingaCaatinga
Caatinga
 
Preservação da Biodiversidade
Preservação da BiodiversidadePreservação da Biodiversidade
Preservação da Biodiversidade
 
Mata atlântica
Mata atlânticaMata atlântica
Mata atlântica
 
Ac
AcAc
Ac
 
Mensagem movimento paranapiacaba ii
Mensagem movimento paranapiacaba iiMensagem movimento paranapiacaba ii
Mensagem movimento paranapiacaba ii
 
Mensagem movimento paranapiacaba ii
Mensagem movimento paranapiacaba iiMensagem movimento paranapiacaba ii
Mensagem movimento paranapiacaba ii
 
NT- DIRUC/INEMA Nº 61 uc busca vida abrantes
NT- DIRUC/INEMA Nº 61 uc busca vida abrantesNT- DIRUC/INEMA Nº 61 uc busca vida abrantes
NT- DIRUC/INEMA Nº 61 uc busca vida abrantes
 
16_protecao_conservacao_natureza1.pptx
16_protecao_conservacao_natureza1.pptx16_protecao_conservacao_natureza1.pptx
16_protecao_conservacao_natureza1.pptx
 
UNIDADES DE CONSERVAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA NATUREZA.pptx
UNIDADES DE CONSERVAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA NATUREZA.pptxUNIDADES DE CONSERVAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA NATUREZA.pptx
UNIDADES DE CONSERVAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA NATUREZA.pptx
 
Sistema nacional de unidades de conservação
Sistema nacional de unidades de conservaçãoSistema nacional de unidades de conservação
Sistema nacional de unidades de conservação
 
Quem cuida de nosso ambiente
Quem cuida de nosso ambienteQuem cuida de nosso ambiente
Quem cuida de nosso ambiente
 
Angola National Parks
Angola National ParksAngola National Parks
Angola National Parks
 

Mais de olecramsepol

Cavalcante - Chapada dos Veadeiros - Goiás
Cavalcante - Chapada dos Veadeiros - GoiásCavalcante - Chapada dos Veadeiros - Goiás
Cavalcante - Chapada dos Veadeiros - Goiás
olecramsepol
 
Mata atlântica e campos sulinos 2
Mata atlântica e campos sulinos 2Mata atlântica e campos sulinos 2
Mata atlântica e campos sulinos 2
olecramsepol
 
Mata atlântica e campos sulinos 2
Mata atlântica e campos sulinos 2Mata atlântica e campos sulinos 2
Mata atlântica e campos sulinos 2
olecramsepol
 
Cidade de cavalcante powerpoint 1
Cidade de cavalcante powerpoint 1Cidade de cavalcante powerpoint 1
Cidade de cavalcante powerpoint 1
olecramsepol
 
Cidade de cavalcante trabalho
Cidade de cavalcante trabalhoCidade de cavalcante trabalho
Cidade de cavalcante trabalho
olecramsepol
 
Nelson mandela
Nelson mandelaNelson mandela
Nelson mandela
olecramsepol
 
Nelson rolihlahla mandela
Nelson rolihlahla mandelaNelson rolihlahla mandela
Nelson rolihlahla mandela
olecramsepol
 
Nelson mandela maecelãoo
Nelson mandela maecelãooNelson mandela maecelãoo
Nelson mandela maecelãoo
olecramsepol
 
Trab. geografia 2 8
Trab. geografia 2 8Trab. geografia 2 8
Trab. geografia 2 8
olecramsepol
 
Trabalho de geografia1
Trabalho de geografia1Trabalho de geografia1
Trabalho de geografia1
olecramsepol
 
Trabalho de geografia1 8
Trabalho de geografia1 8Trabalho de geografia1 8
Trabalho de geografia1 8
olecramsepol
 
Trabalho roooodolfo -_geo[1]
Trabalho roooodolfo -_geo[1]Trabalho roooodolfo -_geo[1]
Trabalho roooodolfo -_geo[1]
olecramsepol
 
Trabalho de geografia. desmatamento 7 ano
Trabalho de geografia. desmatamento 7 anoTrabalho de geografia. desmatamento 7 ano
Trabalho de geografia. desmatamento 7 ano
olecramsepol
 
Trabalho de geografia(caramujo gigante-africano)
Trabalho de geografia(caramujo gigante-africano)Trabalho de geografia(caramujo gigante-africano)
Trabalho de geografia(caramujo gigante-africano)
olecramsepol
 
Trabalho cavalcante 2
Trabalho cavalcante 2Trabalho cavalcante 2
Trabalho cavalcante 2
olecramsepol
 
Trab. de geografia -completo 7 ano
Trab. de geografia -completo 7 anoTrab. de geografia -completo 7 ano
Trab. de geografia -completo 7 ano
olecramsepol
 
Nelson mandela luta pelo fim do racismo
Nelson mandela luta pelo fim do racismoNelson mandela luta pelo fim do racismo
Nelson mandela luta pelo fim do racismo
olecramsepol
 
Nelson mandela 8 ano
Nelson mandela 8 anoNelson mandela 8 ano
Nelson mandela 8 ano
olecramsepol
 
Geologia geografia 9 ano
Geologia geografia 9 anoGeologia geografia 9 ano
Geologia geografia 9 ano
olecramsepol
 

Mais de olecramsepol (20)

Cavalcante - Chapada dos Veadeiros - Goiás
Cavalcante - Chapada dos Veadeiros - GoiásCavalcante - Chapada dos Veadeiros - Goiás
Cavalcante - Chapada dos Veadeiros - Goiás
 
Cavalcante
CavalcanteCavalcante
Cavalcante
 
Mata atlântica e campos sulinos 2
Mata atlântica e campos sulinos 2Mata atlântica e campos sulinos 2
Mata atlântica e campos sulinos 2
 
Mata atlântica e campos sulinos 2
Mata atlântica e campos sulinos 2Mata atlântica e campos sulinos 2
Mata atlântica e campos sulinos 2
 
Cidade de cavalcante powerpoint 1
Cidade de cavalcante powerpoint 1Cidade de cavalcante powerpoint 1
Cidade de cavalcante powerpoint 1
 
Cidade de cavalcante trabalho
Cidade de cavalcante trabalhoCidade de cavalcante trabalho
Cidade de cavalcante trabalho
 
Nelson mandela
Nelson mandelaNelson mandela
Nelson mandela
 
Nelson rolihlahla mandela
Nelson rolihlahla mandelaNelson rolihlahla mandela
Nelson rolihlahla mandela
 
Nelson mandela maecelãoo
Nelson mandela maecelãooNelson mandela maecelãoo
Nelson mandela maecelãoo
 
Trab. geografia 2 8
Trab. geografia 2 8Trab. geografia 2 8
Trab. geografia 2 8
 
Trabalho de geografia1
Trabalho de geografia1Trabalho de geografia1
Trabalho de geografia1
 
Trabalho de geografia1 8
Trabalho de geografia1 8Trabalho de geografia1 8
Trabalho de geografia1 8
 
Trabalho roooodolfo -_geo[1]
Trabalho roooodolfo -_geo[1]Trabalho roooodolfo -_geo[1]
Trabalho roooodolfo -_geo[1]
 
Trabalho de geografia. desmatamento 7 ano
Trabalho de geografia. desmatamento 7 anoTrabalho de geografia. desmatamento 7 ano
Trabalho de geografia. desmatamento 7 ano
 
Trabalho de geografia(caramujo gigante-africano)
Trabalho de geografia(caramujo gigante-africano)Trabalho de geografia(caramujo gigante-africano)
Trabalho de geografia(caramujo gigante-africano)
 
Trabalho cavalcante 2
Trabalho cavalcante 2Trabalho cavalcante 2
Trabalho cavalcante 2
 
Trab. de geografia -completo 7 ano
Trab. de geografia -completo 7 anoTrab. de geografia -completo 7 ano
Trab. de geografia -completo 7 ano
 
Nelson mandela luta pelo fim do racismo
Nelson mandela luta pelo fim do racismoNelson mandela luta pelo fim do racismo
Nelson mandela luta pelo fim do racismo
 
Nelson mandela 8 ano
Nelson mandela 8 anoNelson mandela 8 ano
Nelson mandela 8 ano
 
Geologia geografia 9 ano
Geologia geografia 9 anoGeologia geografia 9 ano
Geologia geografia 9 ano
 

Pode ser config. --chapada dos veadeiros – cavalcante-go

  • 1. Unidadesde ConservaçãoChapada dos Veadeiros – Cavalcante-GOGrupo:Dalyssa;Gabriela P.;Marisa;Viviane;Yago; Yasmim.Colégio Santa RosaBrasília- Setembro/ 2010Série: 9º ano BCLICK PARA PASSAR
  • 3. APA- Área de Proteção Ambiental No Brasil, uma área de proteção ambiental (APA) é uma área em geral extensa, com um certo grau de ocupação humana, dotada de atributos abióticos, bióticos, estéticos ou culturais especialmente importantes para a qualidade de vida e o bem-estar das populações humanas, e tem como objetivos básicos proteger a diversidade biológica, disciplinar o processo de ocupação e assegurar a sustentabilidade do uso dos recursos naturais.
  • 4. Pode ter em seu interior outras unidades de conservação, bem como ecossistemas urbanos, permitindo a experimentação de técnicas e atitudes que conciliem o uso da terra e o desenvolvimento regional com a manutenção dos processos ecológicos essenciais. Toda APA deve ter zona de conservação de vida silvestre.
  • 5. Parques NacionaisO que são? São áreas de conservação que protegem recursos naturais e a cultura de uma área, preservando fauna, flora, e outros, permite visitação, pesquisas, aprendizagem e é um lazer também. São administrados pelo IBAMA, ligado ao ministério do meio ambiente. Podem ser estadual, municipal ou federal e são protegidos por lei.
  • 6. Para que servem: Os parques nacionais são ótimos lugares para passear, são lindos, tem uma beleza estonteante, são bons para aprender e conhecer mais sobre o nosso ecossistema. Ajudam a inibir a extinção de espécies ameaçadas pelo homem que não sabe aproveitar a riqueza do meio-ambiente.
  • 7. Exemplos:- Parque Nacional Chapada dos Veadeiros Localiza-se na Chapada dos Veadeiros, no nordeste do Estado de Goiás, está em uma superfície de 65.514 hectares, está dentro de uma área de cerrado, abrangendo vários municípios, como por exemplo São João d'Aliança, Alto Paraíso, Colinas do Sul e Cavalcante. Foi criado, em 1961, por Juscelino Kubitschek, com o nome de Parque Nacional do Chapada dos Veadeiros. Ficou reconhecido como Patrimônio Natural Mundial pela UNESCO em Dezembro de 2001. E é administrado pelo ICMBio.- Parque Nacional de BrasíliaO Parque Nacional de Brasília, mais conhecido como Água Mineral, é um parque com área de 30.000 hectares, localizado a noroeste do DF e administrado pelo ICMBio. A criação do parque foi em 29 de novembro de 1961, e está diretamente relacionada com a construção de Brasília. Acordo com o Ministério da Agricultura permitiu à NOVACAP manter um viveiro destinado à arborização da nova capital, em parte da área do futuro parque.
  • 8. Reservada BiosferaA cidade de Cavalcante no estado de Goiás foi erguida entre morros e serras e tendo esse como um dos principais motivos, ela tem uma rica biodiversidade. Desde o começo, ela vêm sendo explorada tanto pelos habitantes para sua sobrevivência, quanto pelos grandes latifundiários para a retirada matéria prima entre outras coisas, e por causa da falta de algumas riquezas que existiam no começo, uma preocupação foi crescendo entre os ambientalistas e alguns habitantes que necessitam da reserva natural para sobrevivência.
  • 9. Então, como o Brasil é dos países que são membros da UNESCO, Cavalcante se tornou uma das cidades que fazem parte de uma proposta da organização de “Reservas da Biosfera”. A ideia se consiste na tentativa de criar meios para preservar ecossistemas; conservar a natureza de um modo sustentável. A criação das reservas tem os objetivos básicos de conservar espécies, de promover um suporte para estudos mais detalhados e, sem esquecer a população da cidade, de fazer com que o lugar tenha um desenvolvimento econômico sem prejudicar o ecossistema.
  • 10. Hoje em dia, o projeto é posto em prática por meio do eco-turismo sem adegradação do ambiente, por meioda preservação dos parques naturais e também por meio de medidas que proíbem aexploração em certos lugares e afins. E há também um investimento na conscientização da preservação para os turistas, o que faz com a pessoas comecem a pensar em não só ajudar a natureza quando estiverem lá, como também quando voltarem para suas casas. 
  • 11. Floresta NacionalNo Brasil, Floresta Nacional (FLONA) é uma área de posse e domínio públicos, provida de cobertura vegetal nativa ou mesmo plantada, estabelecida com objetivos de promover o uso múltiplo sustentável dos recursos naturais, garantir a proteção dos recursos hídricos, das belezas cênicas e dos sítios históricos e arqueológicos, assim como fomentar o desenvolvimento da pesquisa científica básica e aplicada, da educação ambiental e das atividades de recreação, lazer e turismo, sendo considerada uma unidade de conservação (UC) e protegida pela Lei de Crimes Ambientais.
  • 12. A FLONA é uma área com cobertura florestal de espécies predominantemente nativas e tem como objetivo básico o uso múltiplo sustentável dos recursos florestais e a pesquisa científica, com ênfase em método para exploração sustentável de florestas nativas (Lei Federal nº 9.985, de 18/07/2000).A FLONA é de posse e domínio públicos, sendo que as áreas particulares incluídas em seus limites devem ser desapropriadas de acordo com o que dispõe a lei. Nas FLONAS é admitida a permanência de populações tradicionais que a habitam, quando de sua criação, em conformidade com o disposto em regulamento e no Plano de Manejo da unidade.
  • 13. Reserva Particular do Patrimonio NaturalÉ uma unidade de conservação criada pelo proprietário rural, ou seja, sem desapropriação de terra. No momento que decide criar uma RPPN, o proprietário recebe o dever de conservar a natureza.
  • 14. Preserva belezas cênicas e ambientes históricos e assumem objetivos de proteção de recursos hídricos, manejo de recursos naturais, desenvolvimento de pesquisascientificas, manutenção de equilíbrios climáticos ecológicos entre vários outros serviços ambientais. Atividades recreativas, turísticas, de educação e pesquisa são permitidas na reserva, se forem autorizadas pelo órgão ambiental responsável pela reserva.
  • 15. EcoturismoO que é?Ecoturismo é um turismo consciente, ou seja, é um turismo feito para a apreciação do ecossistema em seu estado natural, sem nenhum tipo de interferência humana. É totalmente voltado para a conscientização dos “ecoturistas” para a preservação da fauna e flora local, daquele certo tipo de bioma.
  • 16. Exemplo:A chapada dos veadeiros, que se localiza na cidade de Cavalcante- Goiás, tem sido bastante “requisitada” pelos ecoturistas. Pois nesta temos uma elevada taxa de preservação do bioma- Cerrado- que vem despertando a curiosidade de muitas pessoas, não só daquelas que se interessam pelo assunto, mas também daquelas que o desconhecem. 
  • 17. Principalmente, porque no território de Cavalcante temos muitas cachoeiras, lagos, rios e uma rica fauna e flora. Mas nem todo mundo conhece esse tesouro, a cidade da Cavalcante foi esquecida com o tempo, de uns tempos pra cá que estão sendo tomadas iniciativas para a divulgação desta pérola.
  • 18. AmeaçasMuitas vezes o ecoturismo é prejudicado. As ameaças aos biomas são muitas. Entre elas existem as humanas e as naturais. Ao viajarmos para Cavalcante para pratica do ecoturismo, pudemos ver uma das ameaças mais comuns quando fomos ao Vale da Lua, onde metade do caminho estava queimado. A temperatura do local ainda estava muito elevada e pudemos perceber que a queimada havia ocorrido à pouco tempo.Pelas características do local notamos também que ela não havia ocorrido por causas naturais, mas sim humanas e ela pode ter começado por negligencia de alguém que talvez estivesse jogado alguma coisa que desse para iniciar um incêndio ali. 
  • 19. Fotos