SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
 Localização
 Relevo
 Clima
 Hidrologia
 Fauna
 Flora
 Habitats naturais e povoações
 Património Cultural e Histórico
 Ponto de interesse Turístico
 Sugestões de atividades e de
alojamento
• O Parque Natural de Montesinho (PNM) foi criado em 1979 e situa-se a
nordeste Transmontano.
• Tem uma dimensão de cerca de 75 mil hectares.
• A serra de Montesinho é a quarta maior elevação de Portugal Continental
com 1486 metros de altitude.
• Situa-se no Alto Trás-os-Montes, nos concelhos de Bragança e Vinhais.
Apresenta um relevo heterogéneo com:
• planaltos ondulados cortados
• por profundos vales encaixados
• Sob o ponto de vista climático, a região situa-
se na chamada Terra Fria Transmontana;
 O regime das chuvas é o mesmo em toda a
área, apresentando características mediter-
rânicas de chuvas na estação fria;
 A pluviosidade é elevada e, de um modo
geral, é maior na parte Oeste do Parque e na
Serra de Montesinho;
• A área também é caracterizada por invernos
frios e longos e verões curtos e quentes( 2
meses secos);
• A temperatura média oscila entre valores de
3 a 5 ºC no mês mais frio
 e entre 20 a 21 ºC no mês mais quente;
• A temperatura média anual é superior na
parte Este do Parque mas diminui com a
altitude.
Os rios mais importantes são:
• na parte ocidental, o Mente e o Rabaçal,
• na central, o Tuela e o Baceiro,
• na oriental, o Sabor e o Maçãs.
Mente
Rabaçal
Tuela
Baceiro Maçãs
• O rio Sabor é um rio que nasce na serra de Gamoneda, na província de Zamora
(Espanha),
 entra em Portugal, atravessando a Serra de Montesinho no distrito de Bragança.
• Afluente da margem direita do rio Douro, passa perto da cidade de Bragança de onde
recebe as águas do Rio Fervença, indo desaguar perto da Torre de Moncorvo.
Comprimento-120km
Nascente- Serra de
Montesinho
Foz- Rio Douro
Países- Espanha e
Portugal
Imagens do
Rio Sabor
Descrição:
• Esta obra insere-se no Plano Nacional de Barragens de Elevado Potencial Hidroelétrico e entrará em
funcionamento em finais de 2013.
• A FCM irá aplicar cerca de 209.500m2 de cofragem e
 860.300m3 de betão na construção da Barragem e das infraestruturas.
• A albufeira estende-se ao longo de 60 km, desde a zona da barragem até cerca de 5,6 km a jusante (baixa-mar)
da junção do rio Maçãs com o rio Sabor,
 ocupando áreas dos concelhos de Torre de Moncorvo, Alfândega da Fé, Mogadouro e Macedo de
Cavaleiros.
• A albufeira ficará compreendida entre as duas barragens, localizando-se no concelho de Torre de Moncorvo.
Benefícios:
• Esta albufeira duplicará a capacidade de armazenamento português de água no Douro.
• O aproveitamento irá possibilitar uma melhor gestão da produção alavancada pela sua localização estratégica e
que permite otimizar a produção de toda a cascata do Douro a jusante.
A população é contra a construção da barragem devido ao
desaparecimento de algumas aldeias e terrenos que muitos deles
servem para a sua sobrevivência
Nele existe uma extensa biodiversidade, habitando espécies
como o:
• Lobo-ibérico
• Veado
• Águia-real
• Cegonha-negra
• Toupeira-de- água Lobo-ibérico
Cegonha-negra
Toupeira-de- água
Águia-real
Veado
Nas altitudes mais elevadas do Parque, encontram-se numerosas espécies de
plantas próprias de regiões como a
• urze (Erica cinerea)
• gramínea (Agrostis curtisii).
Nas áreas de clima mais quente e com uma estação seca mais acentuada surgem
plantas como
• a esteva (Cistus ladanifer),
• a gilbardeira (Ruscus aculeatus).
Urze Erica Cinerea Gramínea Agrostis Curtisii
Esteva (Cistus ladanifer) Gilbardeira (Ruscus
aculeatus)
Pode-se visualizar uma grande variedade de vegetação, em conjuntos de árvores tais
como:
• sardoais,
• soutos,
• carvalhais,
• bosques ripícolas,
• estevais,
• lameiros
• … Souto
•trovisco (Daphne gnidium),
•o sanganho (Cistus salvifolius)
Trovisco (Daphne
gnidium)
Sanganho (Cistus
salvifolius)
Carvalho (carvalhais)
O Parque Natural de Montesinho apresenta uma povoação com cerca de 9 000 habitantes
distribuídos por 92 aldeias.
O povoamento proto – histórico surge nas cerca de três dezenas de povoados fortificados
(castros-pequenas aldeias),
• implantados em castelos graníticos, nos cumes altos,
• no interior de planaltos ou
• nos relevos em esporão ( V fechado)
O território destes povoados abrange uma diversidade de recursos naturais que permite aos
seus habitantes,
• reunir as melhores condições para a prática de uma economia agrosilvo- pastoril.
(Muitas destas casas acabam por ser reconstruidas podendo,
muitas delas serem pontes de interesse turístico nesta região)
O processo de romanização implicou mudanças estruturais.
Alguns dos antigos castros foram abandonados,
• surgindo uma rede diversificada de habitats.
As atividades agrícola e mineira são importantes nestes povoados.
• Tradições
“ A Festa dos Rapazes”
Esta festa realiza-se em 26 de Dezembro ou 06 de Janeiro onde os rapazes percorrem a
povoação mascarados e vestidos com fatos felpudos de cores variadas, simbolizando a
passagem da puberdade.
“ A Fraga dos Mouros”
Lenda que diz que indo pela ponte velha se via uma moura a pentear-se com um pente de ouro
De entre as várias freguesias abrangidas pelo Parque de Montesinho, destacam-se:
• capela de S. Sebastião (localização- Rua S. Sebastião em Bragança) ;
• os moinhos;
• a Atalaia de Candaira (castelo) - (localiza-se na freguesia de Baçal no concelho de Bragança)
• fontes tradicionais;
• Igejas ,como por exemplo a de Montesinho
• Museus etnográficos , como o Dr. Belarmino Afonso ( localiza-se Rua Doutor Herculano da
Conceição em Bragança)
Igreja de
Montesinho
Museu Dr. Belarmino
Afonso
Castelo- Atalaia de Candaira
A lorga de Dine localiza-se Rua da Igreja no concelho de Vinhais .
É uma cavidade funerária, ocupada durante o Calcolítico e a Idade do Bronze, que poderá
revelar-se uma importante chave interpretativa da ocupação deste território durante a
Pré – História.
Domus municipalis ergue-se no largo de S. Tiago, em Cidadela-Bragança
O monumento é constituído por duas peças distintas, dois elementos bem separados no
tempo:
• o pelourinho (coluna de fuste liso e coroamento)
• e uma figura zoomórfica protohistórica, um berrão.
Desta junção resultou um conjunto arquitetónico, original e de grande valor simbólico.
Parque da Quinta da Braguinha
Localiza-se na Avenida das Forças Armadas em Bragança.
Inaugurado em 2002, este espaço foi projetado pelo Arquiteto João
Ribeiro, ocupando uma área de cerca de dois hectares.
Divide-se em cinco zonas de vegetação e espaços de lazer, afirmando-se como um
ótimo espaço para tempos livres.
• Passeio de BTT pelo Parque Natural de Montesinho
• Caminhada “ o Bico do Patelo”
• Escalada- rapel-slide
• Percursos perdestes ”A Caminho da Ciradelha”
• Quinta D´Avozinha (Turismo Rural)
Casa construída em 1930, tendo mais tarde sido alargada.
Está situada na pequena aldeia de Cabeça Boa, numa encosta virada para sul
com vista panorâmica sobre o rio Sabor.
• Casa do Pomar (Casa de Campo)
Casa construída em xisto e madeira, restaurada segundo a traça
tradicional transmontana, localizada na aldeia de Gondesende.
• Hotel IBIS (Hotel **)
Situado no centro da cidade, com acesso direto ao IP4.
• Cepo Verde (Parque de Campismo **)
Localizado junto à aldeia de Gondesende em pleno Parque Natural de Montesinho num
local calmo, com sombra natural de castanheiros e com uma vista fantástica. Com
piscina, Snack-bar, campo de jogos e loja tradicional.
• Gastronomia
Assenta essencialmente nos enchidos regionais (o fumeiro), encontrando-se o presunto e
as alheiras (também designadas de tabafeias), o salpicão e o butelo…
De entre os pratos típicos salientam-se:
• a posta mirandesa ( naco de vitela )
• o cabrito de Montesinho,
• o cozido e a feijoada à transmontana
• as trutas
• os caldos de perdiz
• a sopa de coelho bravo
• o javali à transmontana
• …
Posta mirandesa
Javali á trasmontana
Enchidos
Trabalho elaborado por:
Cátia Vanessa Gonçalves Oliveira Nº03 10ºTAR
Disciplina: ADR
Módulo 08- Áreas Protegidas
Agrupamento de escolas de Oliveira de Frades 2012-2013
Professor: Pedro Peixoto

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Recursos marítimos
Recursos marítimosRecursos marítimos
Recursos marítimosmanjosp
 
Conto da Ilha Desconhecida - Ficha de Leitura
Conto da Ilha Desconhecida - Ficha de LeituraConto da Ilha Desconhecida - Ficha de Leitura
Conto da Ilha Desconhecida - Ficha de Leiturae- Arquivo
 
Variabilidade da radiação solar
Variabilidade da radiação solarVariabilidade da radiação solar
Variabilidade da radiação solarIlda Bicacro
 
Os diferentes tipos de plantas das cidades
Os diferentes tipos de plantas das cidadesOs diferentes tipos de plantas das cidades
Os diferentes tipos de plantas das cidadesrmmpr
 
Geografia A 10 ano - Radiação Solar
Geografia A 10 ano - Radiação SolarGeografia A 10 ano - Radiação Solar
Geografia A 10 ano - Radiação SolarRaffaella Ergün
 
Os recursos marítimos e as potencialidades do litoral.
Os recursos marítimos e as potencialidades do litoral. Os recursos marítimos e as potencialidades do litoral.
Os recursos marítimos e as potencialidades do litoral. Mariana Costa
 
As regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e MinhoAs regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e MinhoSara Guerra
 
Costa portuguesa_características e evolução
Costa portuguesa_características e evoluçãoCosta portuguesa_características e evolução
Costa portuguesa_características e evoluçãoIdalina Leite
 
Áreas Protegidas de Portugal
Áreas Protegidas de PortugalÁreas Protegidas de Portugal
Áreas Protegidas de PortugalTatiana Losinska
 
Geografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas UrbanasGeografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas UrbanasRaffaella Ergün
 
A posição de Portugal na Europa e no Mundo
A posição de Portugal na Europa e no MundoA posição de Portugal na Europa e no Mundo
A posição de Portugal na Europa e no MundoVictor Veiga
 
Geografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - PopulaçãoGeografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - PopulaçãoRaffaella Ergün
 
Disponibilidades Hídricas
Disponibilidades HídricasDisponibilidades Hídricas
Disponibilidades Hídricasacbaptista
 
O Relevo - As Principais Elevações de Portugal
O Relevo - As Principais Elevações de PortugalO Relevo - As Principais Elevações de Portugal
O Relevo - As Principais Elevações de Portugalabarros
 

Mais procurados (20)

Recursos marítimos
Recursos marítimosRecursos marítimos
Recursos marítimos
 
Conto da Ilha Desconhecida - Ficha de Leitura
Conto da Ilha Desconhecida - Ficha de LeituraConto da Ilha Desconhecida - Ficha de Leitura
Conto da Ilha Desconhecida - Ficha de Leitura
 
Variabilidade da radiação solar
Variabilidade da radiação solarVariabilidade da radiação solar
Variabilidade da radiação solar
 
Características da agricultura portuguesa
Características da agricultura portuguesaCaracterísticas da agricultura portuguesa
Características da agricultura portuguesa
 
Os diferentes tipos de plantas das cidades
Os diferentes tipos de plantas das cidadesOs diferentes tipos de plantas das cidades
Os diferentes tipos de plantas das cidades
 
Geografia A 10 ano - Radiação Solar
Geografia A 10 ano - Radiação SolarGeografia A 10 ano - Radiação Solar
Geografia A 10 ano - Radiação Solar
 
Os recursos marítimos e as potencialidades do litoral.
Os recursos marítimos e as potencialidades do litoral. Os recursos marítimos e as potencialidades do litoral.
Os recursos marítimos e as potencialidades do litoral.
 
As regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e MinhoAs regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e Minho
 
Costa portuguesa_características e evolução
Costa portuguesa_características e evoluçãoCosta portuguesa_características e evolução
Costa portuguesa_características e evolução
 
Áreas Protegidas de Portugal
Áreas Protegidas de PortugalÁreas Protegidas de Portugal
Áreas Protegidas de Portugal
 
Geografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas UrbanasGeografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas Urbanas
 
Resumos Globais 10º
Resumos Globais 10ºResumos Globais 10º
Resumos Globais 10º
 
A posição de Portugal na Europa e no Mundo
A posição de Portugal na Europa e no MundoA posição de Portugal na Europa e no Mundo
A posição de Portugal na Europa e no Mundo
 
Formas De Relevo
Formas De RelevoFormas De Relevo
Formas De Relevo
 
Geografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - PopulaçãoGeografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - População
 
Pesca
PescaPesca
Pesca
 
Disponibilidades Hídricas
Disponibilidades HídricasDisponibilidades Hídricas
Disponibilidades Hídricas
 
Açores
Açores  Açores
Açores
 
O Relevo - As Principais Elevações de Portugal
O Relevo - As Principais Elevações de PortugalO Relevo - As Principais Elevações de Portugal
O Relevo - As Principais Elevações de Portugal
 
As serras de portugal
As serras de portugalAs serras de portugal
As serras de portugal
 

Destaque

Parque Natural do Litoral Norte
Parque Natural do Litoral NorteParque Natural do Litoral Norte
Parque Natural do Litoral NortePedro Peixoto
 
Unidades de Conservação do Litoral Norte
Unidades de Conservação do Litoral NorteUnidades de Conservação do Litoral Norte
Unidades de Conservação do Litoral NorteRicardo Anderáos
 
Parque Natural da Ria Formosa
Parque Natural da Ria FormosaParque Natural da Ria Formosa
Parque Natural da Ria FormosaPedro Peixoto
 
áreas protegidas
áreas protegidasáreas protegidas
áreas protegidasgugalx
 
Montesinho natural park in Portugal
Montesinho natural park in PortugalMontesinho natural park in Portugal
Montesinho natural park in PortugalPatoEva
 
Lobo ibérico márcio
Lobo ibérico márcioLobo ibérico márcio
Lobo ibérico márcioCarlos Cravo
 
Ciências naturais
Ciências naturaisCiências naturais
Ciências naturaisCarla Miguel
 
Plantas invasoras em são martinho do porto (1) renovado
Plantas invasoras em são martinho do porto (1) renovadoPlantas invasoras em são martinho do porto (1) renovado
Plantas invasoras em são martinho do porto (1) renovadomichelpimenta
 
Turismo ambiental
Turismo ambientalTurismo ambiental
Turismo ambientalJMCDINIS
 
Espécies vegetais invasoras
Espécies vegetais invasorasEspécies vegetais invasoras
Espécies vegetais invasorasmalex86
 

Destaque (20)

Parque Natural do Litoral Norte
Parque Natural do Litoral NorteParque Natural do Litoral Norte
Parque Natural do Litoral Norte
 
Unidades de Conservação do Litoral Norte
Unidades de Conservação do Litoral NorteUnidades de Conservação do Litoral Norte
Unidades de Conservação do Litoral Norte
 
Parque natural litoral norte
Parque natural litoral norteParque natural litoral norte
Parque natural litoral norte
 
Parque Natural da Ria Formosa
Parque Natural da Ria FormosaParque Natural da Ria Formosa
Parque Natural da Ria Formosa
 
áreas protegidas
áreas protegidasáreas protegidas
áreas protegidas
 
121 anos da costa litoral de Esposende
121 anos da costa litoral de Esposende121 anos da costa litoral de Esposende
121 anos da costa litoral de Esposende
 
Montesinho natural park in Portugal
Montesinho natural park in PortugalMontesinho natural park in Portugal
Montesinho natural park in Portugal
 
Grupo 7 lobo iberico
Grupo 7   lobo ibericoGrupo 7   lobo iberico
Grupo 7 lobo iberico
 
Lobo ibérico márcio
Lobo ibérico márcioLobo ibérico márcio
Lobo ibérico márcio
 
Ciências naturais
Ciências naturaisCiências naturais
Ciências naturais
 
Plantas Invasoras - VIII Jornadas PROSEPE
Plantas Invasoras - VIII Jornadas PROSEPEPlantas Invasoras - VIII Jornadas PROSEPE
Plantas Invasoras - VIII Jornadas PROSEPE
 
Ria Formosa
Ria FormosaRia Formosa
Ria Formosa
 
Plantas invasoras em são martinho do porto (1) renovado
Plantas invasoras em são martinho do porto (1) renovadoPlantas invasoras em são martinho do porto (1) renovado
Plantas invasoras em são martinho do porto (1) renovado
 
Turismo ambiental
Turismo ambientalTurismo ambiental
Turismo ambiental
 
Trabalho da bruna
Trabalho da brunaTrabalho da bruna
Trabalho da bruna
 
O Lobo
O LoboO Lobo
O Lobo
 
Espécies vegetais invasoras
Espécies vegetais invasorasEspécies vegetais invasoras
Espécies vegetais invasoras
 
Trabalho lobo ibérico 1
Trabalho lobo ibérico 1Trabalho lobo ibérico 1
Trabalho lobo ibérico 1
 
Atlas portugal
Atlas portugalAtlas portugal
Atlas portugal
 
Vegetação Litorânea
Vegetação Litorânea Vegetação Litorânea
Vegetação Litorânea
 

Semelhante a Parque Natural do Montesinho

Parque Natural de Sintra-Cascais
Parque Natural de Sintra-CascaisParque Natural de Sintra-Cascais
Parque Natural de Sintra-CascaisPedro Peixoto
 
Guia transalentejo pt
Guia transalentejo ptGuia transalentejo pt
Guia transalentejo ptkh0ndor
 
Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de Portugal
Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de PortugalColeção de selos - temática Monumento e Paisagens de Portugal
Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de PortugalMuseu Filatelia Sérgio Pedro
 
2014 12-11 - o relevo - ana bruno catarina - 10º h
2014 12-11 - o relevo - ana bruno catarina - 10º h2014 12-11 - o relevo - ana bruno catarina - 10º h
2014 12-11 - o relevo - ana bruno catarina - 10º hO Ciclista
 
Parque Nacional Peneda-Gerês, Portugal
Parque Nacional Peneda-Gerês, PortugalParque Nacional Peneda-Gerês, Portugal
Parque Nacional Peneda-Gerês, PortugalIrene Aguiar
 
Maravilhasdeportugal total 3anos
Maravilhasdeportugal total 3anosMaravilhasdeportugal total 3anos
Maravilhasdeportugal total 3anosSocasbecasmio
 
Percurso Pedestre 'Pelas Encostas da Raposeira' (Vila do Bispo) - folheto (Vi...
Percurso Pedestre 'Pelas Encostas da Raposeira' (Vila do Bispo) - folheto (Vi...Percurso Pedestre 'Pelas Encostas da Raposeira' (Vila do Bispo) - folheto (Vi...
Percurso Pedestre 'Pelas Encostas da Raposeira' (Vila do Bispo) - folheto (Vi...arqueomike
 
Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros
Parque Natural das Serras de Aire e CandeeirosParque Natural das Serras de Aire e Candeeiros
Parque Natural das Serras de Aire e CandeeirosPedro Peixoto
 
Trabalho De Pesquisa Monsaraz Miguel Lopes
Trabalho De Pesquisa  Monsaraz    Miguel  LopesTrabalho De Pesquisa  Monsaraz    Miguel  Lopes
Trabalho De Pesquisa Monsaraz Miguel LopesAna Baltazar
 
Pousada a venda em Minas Gerais - São Lourenço, Chalés, Pesqueiro, Trutário
Pousada a venda em Minas Gerais - São Lourenço, Chalés, Pesqueiro, TrutárioPousada a venda em Minas Gerais - São Lourenço, Chalés, Pesqueiro, Trutário
Pousada a venda em Minas Gerais - São Lourenço, Chalés, Pesqueiro, TrutárioEdmo Ferreira
 
Parque Natural do Vale do Guadiana
Parque Natural do Vale do GuadianaParque Natural do Vale do Guadiana
Parque Natural do Vale do GuadianaPedro Peixoto
 
Artur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património Cultural
Artur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património CulturalArtur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património Cultural
Artur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património CulturalArtur Filipe dos Santos
 
Pr6 snt capuchos
Pr6 snt capuchosPr6 snt capuchos
Pr6 snt capuchossilvartes
 
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...Artur Filipe dos Santos
 
Minho portugal final 1
Minho   portugal final 1Minho   portugal final 1
Minho portugal final 1margarida7i
 
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro de um Amigo
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro de um AmigoOs Fantásticos da Natureza - Ao encontro de um Amigo
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro de um AmigoFantásticos da Natureza
 

Semelhante a Parque Natural do Montesinho (20)

Serra do caramulo
Serra do caramuloSerra do caramulo
Serra do caramulo
 
Parque Natural de Sintra-Cascais
Parque Natural de Sintra-CascaisParque Natural de Sintra-Cascais
Parque Natural de Sintra-Cascais
 
Guia transalentejo pt
Guia transalentejo ptGuia transalentejo pt
Guia transalentejo pt
 
Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de Portugal
Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de PortugalColeção de selos - temática Monumento e Paisagens de Portugal
Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de Portugal
 
2014 12-11 - o relevo - ana bruno catarina - 10º h
2014 12-11 - o relevo - ana bruno catarina - 10º h2014 12-11 - o relevo - ana bruno catarina - 10º h
2014 12-11 - o relevo - ana bruno catarina - 10º h
 
Parque Nacional Peneda-Gerês, Portugal
Parque Nacional Peneda-Gerês, PortugalParque Nacional Peneda-Gerês, Portugal
Parque Nacional Peneda-Gerês, Portugal
 
Maravilhasdeportugal total 3anos
Maravilhasdeportugal total 3anosMaravilhasdeportugal total 3anos
Maravilhasdeportugal total 3anos
 
Percurso Pedestre 'Pelas Encostas da Raposeira' (Vila do Bispo) - folheto (Vi...
Percurso Pedestre 'Pelas Encostas da Raposeira' (Vila do Bispo) - folheto (Vi...Percurso Pedestre 'Pelas Encostas da Raposeira' (Vila do Bispo) - folheto (Vi...
Percurso Pedestre 'Pelas Encostas da Raposeira' (Vila do Bispo) - folheto (Vi...
 
Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros
Parque Natural das Serras de Aire e CandeeirosParque Natural das Serras de Aire e Candeeiros
Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros
 
Trabalho De Pesquisa Monsaraz Miguel Lopes
Trabalho De Pesquisa  Monsaraz    Miguel  LopesTrabalho De Pesquisa  Monsaraz    Miguel  Lopes
Trabalho De Pesquisa Monsaraz Miguel Lopes
 
Pousada a venda em Minas Gerais - São Lourenço, Chalés, Pesqueiro, Trutário
Pousada a venda em Minas Gerais - São Lourenço, Chalés, Pesqueiro, TrutárioPousada a venda em Minas Gerais - São Lourenço, Chalés, Pesqueiro, Trutário
Pousada a venda em Minas Gerais - São Lourenço, Chalés, Pesqueiro, Trutário
 
Parque Natural do Vale do Guadiana
Parque Natural do Vale do GuadianaParque Natural do Vale do Guadiana
Parque Natural do Vale do Guadiana
 
A BARROSANA
A BARROSANA A BARROSANA
A BARROSANA
 
Manteigas
ManteigasManteigas
Manteigas
 
Artur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património Cultural
Artur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património CulturalArtur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património Cultural
Artur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património Cultural
 
As principais serras de portugal
As principais serras de portugalAs principais serras de portugal
As principais serras de portugal
 
Pr6 snt capuchos
Pr6 snt capuchosPr6 snt capuchos
Pr6 snt capuchos
 
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...
 
Minho portugal final 1
Minho   portugal final 1Minho   portugal final 1
Minho portugal final 1
 
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro de um Amigo
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro de um AmigoOs Fantásticos da Natureza - Ao encontro de um Amigo
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro de um Amigo
 

Mais de Pedro Peixoto

Transporte marítimo
Transporte marítimoTransporte marítimo
Transporte marítimoPedro Peixoto
 
Transporte tubular - gasodutos e oelodutos
Transporte tubular - gasodutos e oelodutosTransporte tubular - gasodutos e oelodutos
Transporte tubular - gasodutos e oelodutosPedro Peixoto
 
Transporte ferroviário - o comboio
Transporte ferroviário - o comboioTransporte ferroviário - o comboio
Transporte ferroviário - o comboioPedro Peixoto
 
Transporte rodoviário - o autocarro
Transporte rodoviário - o autocarroTransporte rodoviário - o autocarro
Transporte rodoviário - o autocarroPedro Peixoto
 
Transporte rodoviário - o camião
Transporte rodoviário - o camiãoTransporte rodoviário - o camião
Transporte rodoviário - o camiãoPedro Peixoto
 
Paises da europa rafael resende e joao pedro 7 e
Paises da europa rafael resende e joao pedro 7 ePaises da europa rafael resende e joao pedro 7 e
Paises da europa rafael resende e joao pedro 7 ePedro Peixoto
 
Acordos Bilaterais das Pescas na UE
Acordos Bilaterais das Pescas na UEAcordos Bilaterais das Pescas na UE
Acordos Bilaterais das Pescas na UEPedro Peixoto
 
A erosão costeira no Furadouro
A erosão costeira no FuradouroA erosão costeira no Furadouro
A erosão costeira no FuradouroPedro Peixoto
 
Obstáculos ao desenvolvimento - Angola
Obstáculos ao desenvolvimento - AngolaObstáculos ao desenvolvimento - Angola
Obstáculos ao desenvolvimento - AngolaPedro Peixoto
 
Parque Natural do Douro Internacional
Parque Natural do Douro InternacionalParque Natural do Douro Internacional
Parque Natural do Douro InternacionalPedro Peixoto
 
Parque Natural da Arrábida
Parque Natural da ArrábidaParque Natural da Arrábida
Parque Natural da ArrábidaPedro Peixoto
 
Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa VicentinaParque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa VicentinaPedro Peixoto
 
Parque Natural do Tejo Internacional
Parque Natural do Tejo InternacionalParque Natural do Tejo Internacional
Parque Natural do Tejo InternacionalPedro Peixoto
 
Parque Natural da Serra de S. Mamede
Parque Natural da Serra de S. MamedeParque Natural da Serra de S. Mamede
Parque Natural da Serra de S. MamedePedro Peixoto
 

Mais de Pedro Peixoto (20)

Transporte
Transporte Transporte
Transporte
 
Transporte aéreo
Transporte aéreoTransporte aéreo
Transporte aéreo
 
Transporte fluvial
Transporte fluvialTransporte fluvial
Transporte fluvial
 
Transporte marítimo
Transporte marítimoTransporte marítimo
Transporte marítimo
 
Transporte tubular - gasodutos e oelodutos
Transporte tubular - gasodutos e oelodutosTransporte tubular - gasodutos e oelodutos
Transporte tubular - gasodutos e oelodutos
 
Metropolitano
MetropolitanoMetropolitano
Metropolitano
 
Transporte ferroviário - o comboio
Transporte ferroviário - o comboioTransporte ferroviário - o comboio
Transporte ferroviário - o comboio
 
Transporte rodoviário - o autocarro
Transporte rodoviário - o autocarroTransporte rodoviário - o autocarro
Transporte rodoviário - o autocarro
 
Transporte rodoviário - o camião
Transporte rodoviário - o camiãoTransporte rodoviário - o camião
Transporte rodoviário - o camião
 
Paises da europa rafael resende e joao pedro 7 e
Paises da europa rafael resende e joao pedro 7 ePaises da europa rafael resende e joao pedro 7 e
Paises da europa rafael resende e joao pedro 7 e
 
Acordos Bilaterais das Pescas na UE
Acordos Bilaterais das Pescas na UEAcordos Bilaterais das Pescas na UE
Acordos Bilaterais das Pescas na UE
 
O Porto de Lisboa
O Porto de LisboaO Porto de Lisboa
O Porto de Lisboa
 
A erosão costeira no Furadouro
A erosão costeira no FuradouroA erosão costeira no Furadouro
A erosão costeira no Furadouro
 
Obstáculos ao desenvolvimento - Angola
Obstáculos ao desenvolvimento - AngolaObstáculos ao desenvolvimento - Angola
Obstáculos ao desenvolvimento - Angola
 
Angola
AngolaAngola
Angola
 
Parque Natural do Douro Internacional
Parque Natural do Douro InternacionalParque Natural do Douro Internacional
Parque Natural do Douro Internacional
 
Parque Natural da Arrábida
Parque Natural da ArrábidaParque Natural da Arrábida
Parque Natural da Arrábida
 
Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa VicentinaParque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
 
Parque Natural do Tejo Internacional
Parque Natural do Tejo InternacionalParque Natural do Tejo Internacional
Parque Natural do Tejo Internacional
 
Parque Natural da Serra de S. Mamede
Parque Natural da Serra de S. MamedeParque Natural da Serra de S. Mamede
Parque Natural da Serra de S. Mamede
 

Último

Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdflbgsouza
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteIpdaWellington
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarDouglasVasconcelosMa
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfAntonio Barros
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.FLAVIA LEZAN
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 

Último (20)

Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 

Parque Natural do Montesinho

  • 1.
  • 2.  Localização  Relevo  Clima  Hidrologia  Fauna  Flora  Habitats naturais e povoações  Património Cultural e Histórico  Ponto de interesse Turístico  Sugestões de atividades e de alojamento
  • 3. • O Parque Natural de Montesinho (PNM) foi criado em 1979 e situa-se a nordeste Transmontano. • Tem uma dimensão de cerca de 75 mil hectares. • A serra de Montesinho é a quarta maior elevação de Portugal Continental com 1486 metros de altitude. • Situa-se no Alto Trás-os-Montes, nos concelhos de Bragança e Vinhais.
  • 4. Apresenta um relevo heterogéneo com: • planaltos ondulados cortados • por profundos vales encaixados
  • 5. • Sob o ponto de vista climático, a região situa- se na chamada Terra Fria Transmontana;  O regime das chuvas é o mesmo em toda a área, apresentando características mediter- rânicas de chuvas na estação fria;  A pluviosidade é elevada e, de um modo geral, é maior na parte Oeste do Parque e na Serra de Montesinho; • A área também é caracterizada por invernos frios e longos e verões curtos e quentes( 2 meses secos); • A temperatura média oscila entre valores de 3 a 5 ºC no mês mais frio  e entre 20 a 21 ºC no mês mais quente; • A temperatura média anual é superior na parte Este do Parque mas diminui com a altitude.
  • 6. Os rios mais importantes são: • na parte ocidental, o Mente e o Rabaçal, • na central, o Tuela e o Baceiro, • na oriental, o Sabor e o Maçãs. Mente Rabaçal Tuela Baceiro Maçãs
  • 7. • O rio Sabor é um rio que nasce na serra de Gamoneda, na província de Zamora (Espanha),  entra em Portugal, atravessando a Serra de Montesinho no distrito de Bragança. • Afluente da margem direita do rio Douro, passa perto da cidade de Bragança de onde recebe as águas do Rio Fervença, indo desaguar perto da Torre de Moncorvo. Comprimento-120km Nascente- Serra de Montesinho Foz- Rio Douro Países- Espanha e Portugal Imagens do Rio Sabor
  • 8. Descrição: • Esta obra insere-se no Plano Nacional de Barragens de Elevado Potencial Hidroelétrico e entrará em funcionamento em finais de 2013. • A FCM irá aplicar cerca de 209.500m2 de cofragem e  860.300m3 de betão na construção da Barragem e das infraestruturas. • A albufeira estende-se ao longo de 60 km, desde a zona da barragem até cerca de 5,6 km a jusante (baixa-mar) da junção do rio Maçãs com o rio Sabor,  ocupando áreas dos concelhos de Torre de Moncorvo, Alfândega da Fé, Mogadouro e Macedo de Cavaleiros. • A albufeira ficará compreendida entre as duas barragens, localizando-se no concelho de Torre de Moncorvo. Benefícios: • Esta albufeira duplicará a capacidade de armazenamento português de água no Douro. • O aproveitamento irá possibilitar uma melhor gestão da produção alavancada pela sua localização estratégica e que permite otimizar a produção de toda a cascata do Douro a jusante. A população é contra a construção da barragem devido ao desaparecimento de algumas aldeias e terrenos que muitos deles servem para a sua sobrevivência
  • 9. Nele existe uma extensa biodiversidade, habitando espécies como o: • Lobo-ibérico • Veado • Águia-real • Cegonha-negra • Toupeira-de- água Lobo-ibérico Cegonha-negra Toupeira-de- água Águia-real Veado
  • 10. Nas altitudes mais elevadas do Parque, encontram-se numerosas espécies de plantas próprias de regiões como a • urze (Erica cinerea) • gramínea (Agrostis curtisii). Nas áreas de clima mais quente e com uma estação seca mais acentuada surgem plantas como • a esteva (Cistus ladanifer), • a gilbardeira (Ruscus aculeatus). Urze Erica Cinerea Gramínea Agrostis Curtisii Esteva (Cistus ladanifer) Gilbardeira (Ruscus aculeatus)
  • 11. Pode-se visualizar uma grande variedade de vegetação, em conjuntos de árvores tais como: • sardoais, • soutos, • carvalhais, • bosques ripícolas, • estevais, • lameiros • … Souto •trovisco (Daphne gnidium), •o sanganho (Cistus salvifolius) Trovisco (Daphne gnidium) Sanganho (Cistus salvifolius) Carvalho (carvalhais)
  • 12. O Parque Natural de Montesinho apresenta uma povoação com cerca de 9 000 habitantes distribuídos por 92 aldeias. O povoamento proto – histórico surge nas cerca de três dezenas de povoados fortificados (castros-pequenas aldeias), • implantados em castelos graníticos, nos cumes altos, • no interior de planaltos ou • nos relevos em esporão ( V fechado) O território destes povoados abrange uma diversidade de recursos naturais que permite aos seus habitantes, • reunir as melhores condições para a prática de uma economia agrosilvo- pastoril. (Muitas destas casas acabam por ser reconstruidas podendo, muitas delas serem pontes de interesse turístico nesta região)
  • 13. O processo de romanização implicou mudanças estruturais. Alguns dos antigos castros foram abandonados, • surgindo uma rede diversificada de habitats. As atividades agrícola e mineira são importantes nestes povoados.
  • 14. • Tradições “ A Festa dos Rapazes” Esta festa realiza-se em 26 de Dezembro ou 06 de Janeiro onde os rapazes percorrem a povoação mascarados e vestidos com fatos felpudos de cores variadas, simbolizando a passagem da puberdade. “ A Fraga dos Mouros” Lenda que diz que indo pela ponte velha se via uma moura a pentear-se com um pente de ouro
  • 15. De entre as várias freguesias abrangidas pelo Parque de Montesinho, destacam-se: • capela de S. Sebastião (localização- Rua S. Sebastião em Bragança) ; • os moinhos; • a Atalaia de Candaira (castelo) - (localiza-se na freguesia de Baçal no concelho de Bragança) • fontes tradicionais; • Igejas ,como por exemplo a de Montesinho • Museus etnográficos , como o Dr. Belarmino Afonso ( localiza-se Rua Doutor Herculano da Conceição em Bragança) Igreja de Montesinho Museu Dr. Belarmino Afonso Castelo- Atalaia de Candaira
  • 16. A lorga de Dine localiza-se Rua da Igreja no concelho de Vinhais . É uma cavidade funerária, ocupada durante o Calcolítico e a Idade do Bronze, que poderá revelar-se uma importante chave interpretativa da ocupação deste território durante a Pré – História. Domus municipalis ergue-se no largo de S. Tiago, em Cidadela-Bragança O monumento é constituído por duas peças distintas, dois elementos bem separados no tempo: • o pelourinho (coluna de fuste liso e coroamento) • e uma figura zoomórfica protohistórica, um berrão. Desta junção resultou um conjunto arquitetónico, original e de grande valor simbólico.
  • 17. Parque da Quinta da Braguinha Localiza-se na Avenida das Forças Armadas em Bragança. Inaugurado em 2002, este espaço foi projetado pelo Arquiteto João Ribeiro, ocupando uma área de cerca de dois hectares. Divide-se em cinco zonas de vegetação e espaços de lazer, afirmando-se como um ótimo espaço para tempos livres.
  • 18. • Passeio de BTT pelo Parque Natural de Montesinho • Caminhada “ o Bico do Patelo” • Escalada- rapel-slide • Percursos perdestes ”A Caminho da Ciradelha”
  • 19. • Quinta D´Avozinha (Turismo Rural) Casa construída em 1930, tendo mais tarde sido alargada. Está situada na pequena aldeia de Cabeça Boa, numa encosta virada para sul com vista panorâmica sobre o rio Sabor. • Casa do Pomar (Casa de Campo) Casa construída em xisto e madeira, restaurada segundo a traça tradicional transmontana, localizada na aldeia de Gondesende.
  • 20. • Hotel IBIS (Hotel **) Situado no centro da cidade, com acesso direto ao IP4. • Cepo Verde (Parque de Campismo **) Localizado junto à aldeia de Gondesende em pleno Parque Natural de Montesinho num local calmo, com sombra natural de castanheiros e com uma vista fantástica. Com piscina, Snack-bar, campo de jogos e loja tradicional.
  • 21. • Gastronomia Assenta essencialmente nos enchidos regionais (o fumeiro), encontrando-se o presunto e as alheiras (também designadas de tabafeias), o salpicão e o butelo… De entre os pratos típicos salientam-se: • a posta mirandesa ( naco de vitela ) • o cabrito de Montesinho, • o cozido e a feijoada à transmontana • as trutas • os caldos de perdiz • a sopa de coelho bravo • o javali à transmontana • … Posta mirandesa Javali á trasmontana Enchidos
  • 22. Trabalho elaborado por: Cátia Vanessa Gonçalves Oliveira Nº03 10ºTAR Disciplina: ADR Módulo 08- Áreas Protegidas Agrupamento de escolas de Oliveira de Frades 2012-2013 Professor: Pedro Peixoto