SlideShare uma empresa Scribd logo
EDITORIALEDITORIALEDITORIAL
Nesta edição:
As Quinzenas Filatélicas
do Algarve
2
A Galinha de àgua vista
através da Maxumafilia
4
Filatelia Temática 5
O que aconteceu de Janei-
ro a Março de 2016
6
O que aconteceu noutros
locais de Janeiro a Março
de 2016
8
O que temos conhecimen-
to do que vai acontecer
nos próximos meses
11
Produtos filatélicos 14
BOLETIM DAS AGREMIAÇÕES FILATÉLICAS E DE COLECCIONISMO DO ALGARVE
TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016
O Mensageiro do Algarve
Aqui temos mais um número de “O Mensageiro do
Algarve”.
Estamos a entrar no terceiro ano. Para trás ficaram
já doze números e, pensamos nós que fizemos um bom
trabalho em prol da filatelia algarvia divulgando todas as
manifestações filatélicas que, nesse período, se realiza-
ram por estas bandas se fizeram. Anunciámos ainda as
outras manifestações que, embora não realizadas no
Algarve, ligava-as de alguma forma a esta província
setentrional. Iremos continuar nos nossos propósitos.
Abrimos as páginas a outras participações e, nesse
sentido, surgiram assim artigos sobre coleccionismo com
interesse e alguns deles para continuar.
Apelamos para que nos enviem notícias, atempada-
mente, sem necessidade de sermos nós a procurá-las
para as podermos divulgar. Os artigos são, extremamen-
te importantes numa publicação como a nossa, tanto os
artigos de carácter didáctico como os artigos de temas
relacionados com a nossa província. O leque de possibi-
lidades é imenso. Sabemos haver coleccionadores com-
petentes e capazes de darem a sua colaboração. O
Mensageiro do Algarve é um meio de informação privile-
giado, chegando a todas as partes do Mundo. Como tal,
há que inserir o mais possível de bons conteúdos que,
quanto melhores eles forem mais interesse despertará
nos nossos leitores.
Lançámos o Serviço de Anúncios Grátis que divul-
gamos e a iniciar no próximo número. Mais um serviço
em prol dos coleccionadores.
A nível nacional e dentro de portas, o ano de 2016,
é um ano rico para a filatelia nacional. Ano de Lubrapex,
que este ano se realiza no nosso país. Também por esse
país fora surgirão certamente outros eventos, já que a
filatelia não pára.
Na Federação houve eleições. Um novo elenco
directivo surgiu, para substituir um outro demissionário.
Nas páginas interiores daremos essa notícia.
Vamos pugnar por um coleccionismo nacional forte.
PUBLICAÇÃO
ONLINE
DO ALGARVE AO
SERVIÇO DOS
COLECCIONADORES
Nos finais dos anos setenta e início dos anos oitenta do século passado, realizaram-se
em Vila Real de Santo António as Quinzenas Filatélicas do Algarve e o seu grande impulsionador
foi José Manuel Pereira que, na qualidade de responsável pela Secção Filatélica da Associação
Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Real de Santo António, que as organizou.
Estes certames filatélicos promoviam a divulgação da filatelia pelas camadas mais jovens.
Dezenas de crianças das escolas primárias e secundárias das escolas da Vila, passaram
pelo primeiro andar da Sede dos Bombeiros, à altura situada na Avenida dos Bombeiros Portu-
gueses, e experimentaram o contacto não só com os selos do correio, como também de todo o
material ligada a esta forma de coleccionismo.
Também as Jornadas Juvenis de Divulgação Filatélica realizadas nas mesmas décadas
das Quinzenas Filatélicas, foram um importantíssimo meio da divulgação da filatelia não só entre
as camadas jovens, o seu principal alvo, como também pelos mais adultos.
Foi pena que tanto as Quinzenas Filatélicas, como as Jornadas Juvenis de Divulgação se
ficassem por apenas duas edições
Rebusquei os meus arquivos e encontrei alguns catálogos.
É destes catálogos, espólio importantíssimo para que os
vindouros conheçam a história filatélica de um local, que transcre-
vo algumas passagens para relembrar, a alguns, ou para tomar
conhecimento, a maioria das pessoas:
“As Quinzenas Filatélicas do Algarve, promovidas pela
Secção Filatélica da Corporação de Bombeiros de Vila Real
de Santo António, são úteis certames de divulgação a que se
procura dar continuidade.
Pode dizer-se que a I Quinzena Filatélica do Algarve, pro-
movida de 3 a 17 de Setembro de 1977, pela Secção da Corpora-
ção de Bombeiros de Vila Real de Santo António, resultou, na
diversidade de manifestações que a caracterizaram, num recru-
descer de interesse, em todo o Sotavento algarvio e não só, pelas
potencialidades recreativas e formativas do extraordinário passa-
tempo que é a Filatelia.
A par da divulgação do que de melhor então se conhecia, a nível
da Província, em selos clássicos e temáticos, sobrescritos e pos-
tais, tudo apresentado com inexcedíveis cuidados e manifesto
bom gosto, houve também a preocupação de trazer a Vila Real de
Santo António algumas categorizadas figuras do mundo filatélico
nacional que, em bem elaboradas palestras, seguidas de esclare-
cedores colóquios, bastante contribuíram para a valorização do
certame e para a consecução dos bons resultados que dele se
esperavam. Dentro destes propósitos se integraram, igualmente,
as projecções, então realizadas, de filmes e slides alusivos à Fila-
telia, como ainda postais máximos.
Assim se explica que a I Quinzena Filatélica do Algarve tenha redundado em autêntico
êxito, traduzindo, ao longo das duas semanas de duração, na presença de centenas de interes-
sados, não só algarvios como de outros pontos do País, além de muitos estrangeiros que,
AS QUINZENAS FILATÉLICAS DO ALGARVE
Página 2 O MENSAGEIRO DO ALGARVE
a férias no Algarve, não se furtaram a visitar um certame que bastante os motivou. E daí, tam-
bém, que os seus organizadores decidissem dar à Quinzena um carácter de continuidade, pro-
movendo-lhe, quatro anos depois, uma segunda edição e pensando diligenciar prossegui-la em
cada novo período de quatro anos.”
Assim resumiram os seus promotores o que foi a Primeira Quinzena Filatélica do Algarve,
para logo apresentarem a Segunda, ainda segundo o mesmo catálogo:
“A II Quinzena Filatélica do Algarve decorre de 5 a 20 de Setembro de 1981.
Deste modo, realiza-se de 5 a 20 de Setembro de 1981, como a anterior no salão princi-
pal da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Real de Santo António, a II
Quinzena Filatélica do Algarve. Para esta II Quinzena conta-se com apreciável número de ade-
sões, que muito valorizam o respectivo programa.
Além da Mostra Filatélica, a II Quinzena tem a acompanhá-la palestras, projecções e a
Mini-Feira de Selo, este Ano com interessantes e chamativas novidades.
Na II Quinzena integram-se, também, estas de 12 a 20 de Setembro, as II Jornadas Juve-
nis de Divulgação Filatélica, visando, como as I Jornadas, efectuadas em Vila Real de Santo
António em 13 e 14 de Maio de 1978, proporcionar à juventude um melhor conhecimento das
práticas e técnicas filatélicas.
Nos dias de ambos os certames, foram editados sobrescritos alusivos, aos quais serão
apostos, por pessoal especializado dos C. T. T. , no local onde aqueles decorrem, carimbos
comemorativos.”.
Relembramos pois, no ano em que passam trinta e cinco anos da última realização da
Quinzena Filatélica do Algarve, ao mesmo tempo que prestamos homenagem àquele que foi,
seguramente, o maior divulgador da filatelia em Vila Real de Santo António – José Manuel Perei-
ra, e que foi simultaneamente, a par de outros filatelistas vila-realenses os iniciadores de certa-
mes filatélicos, nos mais inusitados locais, como estabelecimentos comerciais e cafés
Francisco Matoso Galveias
Página 3TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016
A Galinha de Água (Galiinulachloropus) é uma ave de médio porte que pertence à
ordem dos Gruiformes e à família Rallidae, medindo cerca de 31 a 35 cm de comprimen-
to, e encontra-se espalhada por toda a Europa. Sendo uma ave aquática apresenta algu-
mas adaptações a este meio, tais como os dedos bastantes compridos o que lhe permite
caminhar sobre vegetação flutuante.
Em Portugal esta espécie está amplamente distribuída por todo o território, sendo
mais comum junto a cursos de água principalmente em lagoas e albufeiras. A sua pluma-
gem, na parte superior, é castanha escura com uma linha lateral branca. A parte da bar-
riga e do peito é cinzento-escura e a parte superior do bico é encarnada, tendo as patas
altas e de cor amarelada.
Os ninhos são construídos no solo em forma de taça, revestidos com folhagens,
faz 2 a 3 posturas por ano entre os meses de Março a Agosto, pondo em média 8 a 11
ovosde cada vez, sendo a incubação de 19 a 22 dias feita sempre pelo casal.
São aves omnívoras com uma alimentação muito variada, constituída sendo à
base de plantas aquáticas, insectos, moluscos, sementes e ovos de outras aves.
Filatelicamente têm sido emitidas, em diversos países várias séries de selos e
postais máximos alusivos a esta ave. Os CTT de Portugal lançaram no dia 25.10.1985
uma emissão de selos alusiva às Reservas e Parques Naturais Portugueses onde apare-
ce esta ave, no selo de 80$00, referente á Reserva Natural da Ria Formosa, conforme o
exemplar aqui reproduzido o testemunha.
Emissão: 25.10.1985 – Reservas e Parques
Naturais Portugueses (Selo de 80$00)
Desenho: J. Pedro Martins Barata –
Impressão: Offset na INCM
Circulação: de 25 de Outubro 1985 a 31
Dezembro 1992
Papel: Esmalte «F» Excepto nos selos de 80
$00 e 100$00 - Denteado: 12 x 11 ½
Obliteração: Carimbo 1º dia da emissão –
Reservas e Parques Naturais
CTT De Faro – 25.10.1985
Edição do Postal: Os Maximafilistas Portu-
gueses
Elaborado por Américo Rebelo Janeiro 2016
BIBLIOGRAFIA:
Catálogo de Selos Postais e Marcas Pré-Adesivas – Afinsa 2012 – 29ª Edição
Guia de Aves – Editora Assírio & Alvim - Lisboa – Outubro 2003
Livro Vermelho dos Vertebrados de Portugal - Instituto da Conservação da Natureza - Editora Assírio & Alvim – 2ª Edição - 2006
A GALINHA DE ÁGUA VISTA ATRAVÉS DA MAXIMAFILIA
Página 4 O MENSAGEIRO DO ALGARVE
Iniciamos neste número do Mensageiro uma série de artigos sobre Filatelia Temá-
tica por solicitação de vários coleccionadores e pelas constantes dúvidas com que se
deparam. Esta Classe Filatélica começou a aparecer em meados do século passado foi
evoluindo e, de participações praticamente só com selos e muito texto, passaram, nos
dias de hoje, a participações só com o texto indispensável e uma infinidade de diferente
material filatélico.
Embora cada um possa coleccionar como queira e lhe apeteça, achamos que a
divulgação dos critérios de avaliação, utilizados nas exposições, poderá ser uma óptima
informação para todos os temáticos mesmo que não tenham em vista a competição. As
colecções temáticas devem obedecer a um título inovador, um plano criativo, bem
desenvolvido, a bons conhecimentos temáticos e filatélicos, com ampla diversidade de
produtos relacionados com o tema, com material se possível raro e em bom estado, tudo
apresentado condignamente.
A partir da nossa próxima, edição iremos debruçar-nos, detalhadamente, sobre os
vários aspectos das colecções temáticas. Até lá, para os filatelistas interessados que
tenham acesso à nossa publicação deixamos um quadro que apresenta a evolução das
pontuações aplicadas, oficialmente, à filatelia temática, desde 1958.
António Gonçalves Borralho
Filatelia Temática
Página 5TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016
Actividades filatélicas e de Coleccionismo em Faro
Como vem sendo hábito, os “Amigos da Filatelia” de Faro, têm vindo a expor, nas escolas
do concelho algumas colecções filatélicas, divulgando assim, principalmente na população estu-
dantil, a filatelia. Foi o que aconteceu na Escola Secundária Pinheiro da Rosa e na Escola EB 2/3
Dr. José Neves Júnior. Também o Museu Municipal de Faro serviu de palco a mais uma iniciativa
daquele grupo filatélico sedeado em Faro.
Dia Mundial do Compositor
Segundo informações recolhidas no blog dos Amigos da Filatelia, esteve patente no dia
15 de Janeiro uma colecção dedicada ao Dia Mundial do Compositor, na Biblioteca da na Escola
Secundária Pinheiro da Rosa. Ainda segundo o mesmo blog, diz-nos que esta exposição “surgiu
com o intuito de honrar os compositores existentes no mundo, que contribuem para a sua arte,
para o fluir das emoções humanas, ao eternizar pequenos momentos de sensações da vida da
música.
O acto da criação é, por si só, nobre, mas a produção musical convoca, a seu tempo,
competências múltiplas, temperamento de emoções e coordenação de estruturas, ritmo, harmo-
nias e muita paixão
O compositor cria pedaços de vida, reinventa-a, molda-a e torna-a perene nos seus cons-
tantes movimentos.
Está mais do que provado o efeito benéfico da música nas crianças. Para além do
aumento da sua capacidade de concentração e do raciocínio matemático, ela trabalha várias
memórias: a auditiva, a afetiva e a táctil. Uma criança será sempre mais feliz se estiver rodeada
de música. E numa idade em que o domínio do vocabulário ainda não é total, mais sentido faz a
apropriação musical, que ajudará no (re)conhecimento de emoções e na sua partilha".
O Dia Mundial do Compositor surgiu pela primeira vez no México no dia 15 de Janeiro de 1945,
aliando-o às comemorações da fundação da Sociedade de Autores e Compositores que nesse
dia decorria daquele país, mas foi só no ano de 1983 que a celebração do Dia Internacional do
Compositor se estendeu a todo o mundo.
O que aconteceu de Janeiro a Março de 2016
Página 6 O MENSAGEIRO DO ALGARVE
Escola EB 2/3 Dr. José Neves Júnior
Também na Escola EB 2/3 Dr. José Neves Júnior esteve patente, desde o dia 12 de
Janeiro uma colecção filatélica sobre electricidade pertencente a Francisco Galveias
Exposição de coleccionismo em Faro
No Museu Municipal de Faro, este patente desde o dia 2 a 28 de Fevereiro uma Mostra
de Coleccionismo que englobou várias áreas e, no dizer do blog Amigos da Filatelia, “os visitan-
tes puderam apreciar a criatividade na apresentação de colecções e respectivas relíquias que os
seus organizadores têm juntado ao longo dos anos. Destacamos a apresentação do 1.º selo emi-
tido no mundo (black penny), o 1.º selo emitido em Portugal (D.ª Maria II), selos feitos com mate-
riais exóticos, uma colecção de Inteiros postais dos CTT alusivos aos “Costumes Portugueses”,
uma colecção de Inteiros postais sobre “Chafarizes de Lisboa”, uma colecção denominada “Sim
também estive preso no Aljube”, uma colecção sobre a evolução da moeda de escudo, uma
colecção de carros miniatura (Pilotos Portugueses) entre outras igualmente interessantes”.
Entre outras estiveram patentes as seguintes colecções: “Aviação Comercial Portuguesa”,
“As fábulas de Esopo”, “1941 – Série B – Costumes Portugueses”, “FDC’s de Portugal, uma bre-
ve abordagem” e “Portugal – selos com impressão em relevo”
Ainda sobre esta exposição, foi produzido um filme de sete minutos, sobre os “10 anos de
actividade do Amigos da Filatelia” que foi exibido durante a exposição e que poderá ainda ser
visto no blog.
Página 7TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016
Exposição de coleccionismo em Beja
Decorreu de 1 a 18 de Março, na galeria “Ao Lado” nas instalações do Instituto Politécni-
co de Beja uma Exposição de Coleccionismo a que foi dada o nome de “Mente sã em corpo
sénior”.
Esta exposição, da responsabilidade do Grupo Filatélico da Associação Humanitária dos
Dadores de Sangue de Beja, foi integrada no Plano Exposicional da Federação Portuguesa de
Filatelia e contou, na parte filatélica com um lote de colecções que versaram as disciplinas de
História Postal, Filatelia Tradicional, Filatelia Temática, Selos Fiscais, Inteiros Postais, Marcofilia
e Classe Aberta, além de um vasto lote de outros objectos coleccionáveis, assim apresentados
no catálogo: “Artigos publicitários de Correio Azul (diversos), Auto-colantes políticos, Bonecas de
porcelana, bilhetes de diversos meios de transporte, Carimbos, Caixas e Carteiras de Fósforos,
Calendários, Cinema (folhetos publicitários de meados do séc. XX), Cintas de Charutos, Etique-
tas de Caixas de Fósforos, Etiquetas de caixas de flores e de frutos, Isqueiros, Lotarias, Raspadi-
nhas, Marcadores de páginas, Notas fiduciárias, Pacotes de Açúcar, Postais ilustrados e Presé-
pios em barro”. Todo este material era pertença de quinze coleccionadores, sendo um deles
(Francisco Matoso Galveias) oriundo do Algarve.
Do Catálogo que consultámos, destaca-se um artigo sobre a Janela Manuelina da Rua
dos Mercadores, em Beja, da autoria do saudoso Dr. Manuel Figueira Mestre, um estudioso da
história bejense. Esta Janela já foi filatelizada por diversas vezes.
Este artigo, ainda segundo o mesmo catálogo, data de 1991, altura em que o autor o
escreveu para o Boletim de Divulgação da Exposição Inter-Regional Beja’91 que teve lugar
naquela cidade de 25 a 1 de Maio.
O que aconteceu em outros locais de
Janeiro a Março de 2016
Página 8 O MENSAGEIRO DO ALGARVE
Esta foi uma forma do Grupo Filatélico dos Dadores de Sangue de Beja, homenagear
aquele autor multifacetado, que experimentou várias artes além da escrita, e que foi Director
durante vários anos, da Biblioteca Municipal José Saramago (de Beja).
Além deste artigo, destacamos um outro dedicado ao coleccionismo da autoria de Catari-
na Cerol.
Em duas “notas finais” da autoria de Francisco Reis e de Catarina Cerol, respectivamente
Presidente da Direcção da Associação Humanitária de Dadores dos Sangue de Beja e Coorde-
nadora da Associação Saberes e Aprendizagem Beja Sénior (Universidade Sénior de Beja),
estes responsáveis agradeceram ao Grupo organizador, esta parceria para a apresentação da
Exposição de Coleccionismo, uma parceria, que parece irá ter continuidade no futuro com a reali-
zação de outros eventos.
Congresso Extraordinário da Federação Portuguesa de
Filatelia - APD
Realizou-se na manhã do dia 5 de março um Congresso Extraordinário da Federa-
ção Portuguesa de Filatelia, APD na Sala Tsar do Tzar Lisbon Hotel, tendo como ponto
único a eleição intercalar da Direcção da Federação Portuguesa de Filatelia-PD.
Este Congresso foi convocado em conformidade com os Estatutos, em seguimento
do pedido de demissão, de 6 dos 7 elementos que constituíam a Direcção, pedido este
apresentado a 8 de Fevereiro e aceite pelo Presidente da Mesa.
A Mesa de Congresso ficou constituída pelos seguintes elementos: António Gonçal-
ves Borralho (Presidente) e Eduardo José Oliveira e Sousa (Secretário). Aberta a sessão
o Presidente saudou os presentes e iniciaram-se os trabalhos. Feita a chamada consta-
tou-se a presença de 16 Agremiações Federadas, sendo 4 do Algarve.
Com uma única lista apresentada, após a votação, verificou-se que foram assinala-
dos quinze votos a favor, e de um voto contra.
A nova Direcção da Federação Portuguesa de Filatelia-APD ficou assim constituí-
da: Presidente – Pedro Marçal Vaz Pereira; Primeiro Vice-Presidente – João Maria da
Silva Violante; Segundo Vice-Presidente – João Manuel Lopes Soeiro; Tesoureiro –
Nuno Tarcísio Gaspar de Oliveira Cardoso; Secretário – Raul Manuel Andrade Leitão;
Vogais – Rui Miguel Matos
Alves e José Manuel Martins
da Silva Pereira; Suplentes –
Júlio Manuel Pedroso Maia e
Fernando Alberto Mendes
Calheiros, que tomaram pos-
se a seguir ao encerramento
do Congresso.
Após a divulgação do
escrutínio, o Presidente da
Mesa felicitou a lista eleita, e
formulou votos para que a
Nova Direcção tenha o enge-
nho e a arte, para conduzir
os destinos da Filatelia Portu-
guesa ao mais alto nível.
Página 9TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016
Pedro Vaz Pereira, como Presidente reeleito da Federação Portuguesa de Filate-
lia, pediu a palavra para agradecer a confiança depositada na lista apresentada a sufrá-
gio. Teceu algumas considerações e informou todos os Delegados presentes das acções
a desenvolver até final do mandato.
Antes de encerrar a Sessão o Presidente da Mesa agradeceu a presença dos
representantes das Federadas presentes, e congratulou-se pelo modo digno e altivo
como decorreram os trabalhos para a eleição da Nova Direcção da Federação Portugue-
sa de Filatelia-AP.
Congresso Ordimário da Federação Portuguesa de Filate-
lia - APD
Também, na manhã do dia 5 de março a seguir ao Congresso Extraordinário da
Federação Portuguesa de Filatelia, APD realizado na Sala Tsar do Tzar Lisbon Hotel,
teve lugar, no mesmo local o Congresso Ordinário da Federação Portuguesa de Filatelia-
APD.
A constituição da Mesa da Assembleia manteve-se a do Congresso Extraordinário
e estiveram presentes dezassete Agremiações Federadas.
O Presidente da Mesa Congresso tomou a palavra, para saudar os Congressistas
presentes, e concedeu um período de trinta minutos antes da Ordem de Trabalhos para
serem tratados assuntos de interesse para a filatelia nacional. O Presidente da Direcção
da F.P.F. pediu a palavra para informar detalhadamente o andamento dos trabalhos para
a realização da exposição “Lubrapex’50 Anos”.
Da ordem de trabalhos constavam a Apreciação do Parecer do Conselho Fiscal,
aprovação do Relatório de Actividades, Contas e Balanço de 2015, elaborados pela
Direcção, que aprovados por unanimidade. Seguiu-se a Apreciação do Relatório do Con-
selho Disciplinar e a fixação da quota federativa e o valor do Cartão de Filatelista para o
próximo ano cujos os valores se mantiveram inalterados para o próximo ano.
Não havendo nenhuma proposta para a realização da próxima sessão Ordinária
do Congresso da FPF,APD. a sua realização estará a cargo da Federação Portuguesa
de Filatelia, APD.
Página 10 O MENSAGEIRO DO ALGARVE
Huelva, 2 a 16 de Abril de 2016
Vai decorrer na Casa Colón em Huelva (Espanha) e 6ª Exposición de Filatelia y
Coleccionismo, Huelva Algarve – Onugarve 2016, da responsabilidade do Circulo Filateli-
co y Munismatico de Huelva que conta com a participação de filatelistas dos dois lados
da fronteira.
Esta Exposição é patrocinada pelo Ayuntamiento daquela cidade e decorrerá de 2
a 16 de Abril de 2016.
A exposição poderá ser visitada todos os dias excepto aos domingos e, do seu
programa, consta uma charla/colóquio que será apresentados pelos sócios daquele
agrupamento, Segundo Heredia Machado e José Péres Vásques.
Castro Marim, 23 de Abril de 2016
A realização na vila de Castro Marim da última Algarpex, em Julho de 2015, foi
tema de um livro da autoria de Francisco Matoso Galveias, mais concretamente sobre o
primeiro carimbo comemorativo para aquele concelho. A sua apresentação está progra-
mada para o dia 23 de Abril, precisamente no mesmo local onde funcionou o Posto de
Correio que lançou esse carimbo e que foi olocal da realização da Algarpex – a Casa do
Sal.
O lançamento do livro, está integrado no programa das comemorações naquela
vila do 25 Abril e será apresentado pela jornalista Susana Helena de Sousa que terá a
seu lado além do autor, representantes da Câmara Municipal.
Castro Marim, 23 de Abril de 2016
Tivemos conhecimento que a Câmara Municipal de Castro Marim vai iniciar um
período de produção de Selos Personalizados reportando-os a acontecimentos a aconte-
cer naquela vila fronteiriça. O primeiro está já previsto para o dia 23 de Abril, quando ali
se realizar uma cerimónia de entronização dos Cavaleiros da Comendadoria de Castro
Marim da Ordem de Santiago.
Segundo podemos ainda apurar, um outro Selo Personalizado irá ser produzido
por altura da realização na vila dos Dias Medievais de Castro Marim.
Loulé, 25 de Abril de 2016
Na Biblioteca Sophia de Mello Breyner Andersen, em Loulé vai estar exposta uma
colecção dedicada ao 25 de Abril pertencente ao filatelista de Faro Dr. Francisco Paiva
O que temos conhecimento do que vai
acontecer nos próximos meses
Página 11TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016
Faro, 25 de Abril de 2016
Na Biblioteca escolar da Escola EB2/3 D. Afonso II em Faro, vai estar exposta
uma cloecção do filateista de Faro Luís Brás
Viana do Castelo, 26 de Abril a 1 de Maio de 2016
Vem aí mais uma Lubrapex.
No ano em as Lubrapex fazem 50 anos, cabe a Portugal a sua organização, e o
Centro Cultural de Viana do Castelo vai ser o local escolhido para este importante certa-
me, que esperamos que se encha de 26 a 1 de Maio de 2016..
São esperadas mais duas centenas de colecções, abrangendo todas as classes
filatélicas.
Além dos países que pelo regulamento participam, Portugal, Brasil e todos os paí-
ses lusófonos, participam ainda por convite a Alemanha e a Itália, além de outros filate-
listas convidados.
No próximo número daremos notícia mais pormenorizadas.
Durante esta exposição irá ser lançado um livro, da autoria do filatelista Eduardo
Sousa que retrata o que foram as Lubrapex durante estes cinquenta anos.
Vila Real de Santo António, 9 e 20 de Maio de 2016
A Secção de Coleccionismo da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntá-
rios de Vila Real de Santo António, vai realizar uma Mostra Filatélica comemorativa dos
110 anos da chegada do Comboio a Vila Real de Santo António.
Esta Mostra, integrada no Plano Exposicional da Federação Portuguesa de Filate-
lia terá lugar no átrio principal da Câmara Municipal e fará parte das comemorações do
Dia da Cidade, que tem no dia 13 de Maio o seu principal dia com um Posto de Correio
provido de Carimbo Comemorativo alusivo ao acto
Vila Real de Santo António, 20 de Maio
Depois de Castro Marim, o livro “O Primeiro Carimbo Comemorativos dos CTT do
Concelho de Castro Marim”, da autoria de Francisco Matoso Galveias, irá ser apresenta-
do novamente, mas agora na Sala Polivalente do Biblioteca Municipal Vicente Campinas
em Vila Real de Santo António.
Como na primeira apresentação, também desta vez temos novamente a jornalista
Susana Helena de Sousa que será acompanhada pelo autor e por um representante da
Câmara Municipal de Vila Real de Santo António
Nova Iorque, 28 de Maio a 4 de Junho de 2016
Vai realizar-se nos Estados Unidos, no Javits Center da cidade de Nova Iorque,
de 28 de Maio a 4 de Junho a World Stamps Show NY2015, e na qual participará Fran-
cisco Matoso Galveias, que irá ali apresentar o seu livro “Os Bombeiros na Filatelia Por-
tuguesa”.
Página 12 O MENSAGEIRO DO ALGARVE
Estas exposições realizam-se nos Estados Unidos de 10 em 10 anos e tiveram o
seu início em 1913.
No próximo número contamos apresentar uma notícia detalhada sobre o assunto,
assim como as classificações dos filatelistas portugueses.
Vila Real de Santo António, 11 de Junho de 2016
Ainda numa organização da Secção de Coleccionismo dos Bombeiros, vai realizar
-se no Centro Cultural António Aleixo, em Vila Real de Santo António, o já tradicional
Encontro Internacional de Coleccionismo e que vai já na sua quarta edição.
Prevê-se grande afluência de coleccionadores, não só do nosso país, como tam-
bém da vizinha Espanha, o que abrilhantará ainda mais este evento, a não perder
Vila Real de Santo António, 11 e 12 de Junho de 2016
Na Praça Marquês de Pombal, e em simultâneo com o IV Encontro Internacional
de Coleccionismo e também como vem costume, irá ter lugar a III Feira Internacional de
Floricultura e Artesanato, que traz àquela Praça comerciante e coleccionadores de flores
ornamentais. Dada a coincidência de datas, este ano a Praça estará engalanada de ban-
deiras e balões, para as comemorações dos Santos Populares o que empresta um colo-
rido adicional a esta Feira Internacional
Armação de Pêra, 20 de Junho de 2016
Integrada nas comemorações dos 25 anos da elevação a vila, da então aldeia de
Armação de Pêra, o Núcleo de Filatelia Juvenil”O Bichinho do Selo”, vai organizar uma
Mostra Filatélica, que terá lugar na Sede do Clube de Futebol Os Armacenenses.
Esta Mostra decorrerá no dia 29 de Junho e será provida de um Carimbo Come-
morativo no dia 29 de Junho.
Página 13TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016
Foi publicado na edição de 14 de Janeiro do conhecido site brasileiro de
“Filatelia77” uma referência ao nosso boletim nº 11 de Outubro de 2015 e que pas-
samos a citar: «Vocês conhecem o boletim eletrônico “O Mensageiro do Algarve”?
É um dos melhores, se não o melhor, boletim informativo sobre a Filatelia em
Portugal».
Já tínhamos conhecimento que o nosso Boletim era lido em
todo o mundo e, esta referência é mais uma prova disso
O Mensageiro do Algarve é referência no estrangeiro
Carimbos Comemorativos do 1º Trimestre
Emissões Filatélicas do 1º Trimestre
Museus Centenários, Abade Braçal
Data da Emissão: 2016-02-16
Selos: 0,80€
Bloco; 2,05€
Design: Atelier B2
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal, Ponta Delgada e Bragança
Desportos Radicais (3º Grupo Autoadesivos)
Data da Emissão: 2016-02-25
Selos: N20g; A20g; E20g
Design: João Machado
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
Vultos da História e da Cultura
Data da Emissão: 2016-03-14
Selos: N20g; A20g; E20g
Design: AF Atelier
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
Museus Centenários, Grão Vasco
Data da Emissão: 2016-03-16
Selos: 0,80€
Bloco; 2,05€
Design: Atelier B2
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal, Ponta Delgada e Viseu
Jesuítas, Construtores da Globalização
Data da Emissão: 2016-03-18
Selos: 0,47€; 0,58€; 0,75€; 0,80€
Bloco; 2,00€
Design: Design&etc
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
Produtos Filatélicos
Página 14 O MENSAGEIRO DO ALGARVE
Desportos Radicais (3º Grupo)
Data da Emissão: 2016-03-31
Selos: 0,03; 0,47€; 0,58€; 0,75€; 0,80€
Design: João Machado
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
Inteiros Postais do 1º Trimestre
180 Anos da Academia Nacional de Belas Artes
Data de emissão: 14 de Janeiro de 2016
Taxa Paga / Postage Paid – N20g (1º Escalão Nacional)
Tiragem: 3.000 exemplares
Disign: Atelier B2
Centenário de Vergílio Ferreira, 1916-2016
Data de emissão: 28 de Janeiro de 2016
Taxa Paga / Postage Paid – N20g (1º Escalão Nacional)
Tiragem: 8.000 exemplares
Disign: Ana Rita Matos
Portugal na Grande Guerra
Data de emissão: 8 de Março de 2016
Taxa Paga / Postage Paid – N20g (1º Escalão Nacional)
Tiragem: 4.000 exemplares
Disign: António Magalhães
175 Anos do Casamento de Camilo Castelo Branco e Joaquina Pereira
Data de emissão: 19 de Março de 2016
Taxa Paga / Postage Paid – N20g (1º Escalão Nacional)
Tiragem: 4.000 exemplares
Disign: António Magalhães
30 Anos da Associação de Professores de Matemática
Data de emissão: 30 de Março de 2016
Taxa Paga / Postage Paid – N20g (1º Escalão Nacional)
Tiragem: 3.000 exemplares
Disign: Carla Caraça Ramos
SERVIÇO DE ANUNCIOS GRÁTIS
O Mensageiro do Algarve abre as suas páginas aos colecionadores com a introdução de uma seção dedicada a tro-
cas, com o seguinte regulamento:
Qualquer colecionador, leitor de “O Mensageiro do Algarve”, nacional ou estrangeiro, poderá anunciar gratuita-
mente nesta seção, sendo obrigatória a inscrição prévia para o e-mail para
trocasmensageiroalgarve@gmail.com com as seguintes informações:
Nome
Morada completa
Telefone / telemóvel
E-mail
Com a inscrição será atribuído ao colecionador um número que deverá indicar sempre que anuncie.
O colecionador enviará o seu pedido para trocasmensageiroalgarve@gmail.com , podendo inserir até três anún-
cios por número. A Direcção de O Mensageiro do Algarve, reserve-se na sua publicação ou não, dependendo
esta apenas do espaço disponível.
Os anúncios a publicar poderão ter o máximo de 100 letras ou espaços, iniciando sempre pelas palavras TROCO,
DISPENSO, PROCURO
Os anúncios serão aceites até ao dia 20 dos meses de março, junho, setembro e dezembro.
Os anunciantes informarão para o e-mail trocasmensageiroalgarve@gmail.com sobre a concretização da troca,
unicamente para fins estatísticos e de eficácia dos anúncios.
Página 15TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016
BOLETIM DAS AGREMIAÇÕES FILATÉLICAS E DE COLECCIONISMO DO ALGARVE
Algarpex 2016 - 7ª Exposição Filatélica do Algarve
Preparem já as vossas colecções para as apresentarem na ALGAR-
PEX2016 – 7ª Exposição Filatélica do Algarve que se vai realizar de 21 a 25 de
Setembro no Hotel Júpiter na Praia da Rocha.
Desta vez a organização pertence ao Lions Clube de Portimão e espera-
mos com a tua contribuição e a tua presença.
Aparece e contacta os teus amigos, para eles também, apresentarem as
colecções, já que podem participar desde que tivessem nascido ou residam no
Algarve.
Contacta directamente a organização pelo telefone para o número
935438471 ou pelo e-mail algarpex2016@gmail.com , solicitando o regulamento e a
ficha de inscrição.
Aparece e traz os teus amigos.
Endereços das Agremiações associadas:
AFAL - Associação Filatélica Alentejo-Algarve
Avenida 25 de Abril, Bloco 2 R/C
8500-610 PORTIMÃO
Núcleo Filatélico Juvenil de Armação de Pêra
Sítio da Torre
Armação de Pêra
8365-184 SILVES
Secção Filatélica do Lions Clube de Portimão
Auditório Municipal
Rua Miguel Bombarda
8500-299 PORTIMÃO
Secção de Coleccionismo da Associação
Humanitária dos Bombeiros Voluntários de
Vila Real de Santo António
Rua Combatentes da Grande Guerra, 57
8900-307 VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO
Colabora com O Mensageiro do Algarve, enviando notícias. Nós publicamo-las
Colaboraram neste número:
Américo Rebelo
António Gonçalves Borralho
Francisco Matoso Galveias
Paginação e montagem
Francisco Matoso Galveias
Os artigos publicados são da inteira
responsabilidade dos seus autores
Contacta-nos por e-mail para
omensageirodoalgarve@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Mensageiro do Algarve n.º 10
O Mensageiro do Algarve n.º 10O Mensageiro do Algarve n.º 10
O Mensageiro do Algarve n.º 10
mensageiro2013
 
O mensageiro do Algarve 6
O mensageiro do Algarve 6O mensageiro do Algarve 6
O mensageiro do Algarve 6
mensageiro2013
 
Messageiro 17 18-19-20
Messageiro 17 18-19-20Messageiro 17 18-19-20
Messageiro 17 18-19-20
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Catalogo filapex
Catalogo filapexCatalogo filapex
Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013
Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013
Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Catálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de Faro
Catálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de FaroCatálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de Faro
Catálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de Faro
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Mensageiro 8
Mensageiro 8Mensageiro 8
Mensageiro 8
mensageiro2013
 
Catalogo Mostra filatélica Albufeira
Catalogo Mostra filatélica AlbufeiraCatalogo Mostra filatélica Albufeira
Catalogo Mostra filatélica Albufeira
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Revista de portugal n.15
Revista de portugal n.15Revista de portugal n.15
Revista de portugal n.15
queirosiana
 
Catálogo Mostra Filatélica em Alcains
Catálogo Mostra Filatélica em AlcainsCatálogo Mostra Filatélica em Alcains
Catálogo Mostra Filatélica em Alcains
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Catalogo santo antonio_arenilha
Catalogo santo antonio_arenilhaCatalogo santo antonio_arenilha
Catalogo santo antonio_arenilha
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
NºS 4,10 12 Portugal
NºS 4,10 12 PortugalNºS 4,10 12 Portugal
NºS 4,10 12 Portugal
Ana Carlão
 
Salto, por que me encanta? Histórias imperdíveis sobre a terra de Tavares
Salto, por que me encanta? Histórias imperdíveis sobre a terra de TavaresSalto, por que me encanta? Histórias imperdíveis sobre a terra de Tavares
Salto, por que me encanta? Histórias imperdíveis sobre a terra de Tavares
Elton Zanoni
 
Três Personalidades de Portugal - MPEL8 - Second Life Presentation
 Três Personalidades de Portugal - MPEL8 - Second Life Presentation Três Personalidades de Portugal - MPEL8 - Second Life Presentation
Três Personalidades de Portugal - MPEL8 - Second Life Presentation
Hélder Pereira
 
Jb news informativo nr. 2051
Jb news   informativo nr. 2051Jb news   informativo nr. 2051
Jb news informativo nr. 2051
JB News
 
Leituras da cidade: história e memória de Salto
Leituras da cidade: história e memória de SaltoLeituras da cidade: história e memória de Salto
Leituras da cidade: história e memória de Salto
Elton Zanoni
 
Agenda CAC outubro 2015
Agenda CAC outubro 2015Agenda CAC outubro 2015
Agenda CAC outubro 2015
thoughtjungle
 
Projetos Culturais - Exposições
Projetos Culturais -  ExposiçõesProjetos Culturais -  Exposições
Projetos Culturais - Exposições
Cláudia Magalhães
 
Filacap on line 083
Filacap on line 083Filacap on line 083
Filacap on line 083
mgermina
 
Revista de Portugal n.º 16
Revista de Portugal n.º 16Revista de Portugal n.º 16
Revista de Portugal n.º 16
queirosiana
 

Mais procurados (20)

O Mensageiro do Algarve n.º 10
O Mensageiro do Algarve n.º 10O Mensageiro do Algarve n.º 10
O Mensageiro do Algarve n.º 10
 
O mensageiro do Algarve 6
O mensageiro do Algarve 6O mensageiro do Algarve 6
O mensageiro do Algarve 6
 
Messageiro 17 18-19-20
Messageiro 17 18-19-20Messageiro 17 18-19-20
Messageiro 17 18-19-20
 
Catalogo filapex
Catalogo filapexCatalogo filapex
Catalogo filapex
 
Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013
Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013
Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013
 
Catálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de Faro
Catálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de FaroCatálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de Faro
Catálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de Faro
 
Mensageiro 8
Mensageiro 8Mensageiro 8
Mensageiro 8
 
Catalogo Mostra filatélica Albufeira
Catalogo Mostra filatélica AlbufeiraCatalogo Mostra filatélica Albufeira
Catalogo Mostra filatélica Albufeira
 
Revista de portugal n.15
Revista de portugal n.15Revista de portugal n.15
Revista de portugal n.15
 
Catálogo Mostra Filatélica em Alcains
Catálogo Mostra Filatélica em AlcainsCatálogo Mostra Filatélica em Alcains
Catálogo Mostra Filatélica em Alcains
 
Catalogo santo antonio_arenilha
Catalogo santo antonio_arenilhaCatalogo santo antonio_arenilha
Catalogo santo antonio_arenilha
 
NºS 4,10 12 Portugal
NºS 4,10 12 PortugalNºS 4,10 12 Portugal
NºS 4,10 12 Portugal
 
Salto, por que me encanta? Histórias imperdíveis sobre a terra de Tavares
Salto, por que me encanta? Histórias imperdíveis sobre a terra de TavaresSalto, por que me encanta? Histórias imperdíveis sobre a terra de Tavares
Salto, por que me encanta? Histórias imperdíveis sobre a terra de Tavares
 
Três Personalidades de Portugal - MPEL8 - Second Life Presentation
 Três Personalidades de Portugal - MPEL8 - Second Life Presentation Três Personalidades de Portugal - MPEL8 - Second Life Presentation
Três Personalidades de Portugal - MPEL8 - Second Life Presentation
 
Jb news informativo nr. 2051
Jb news   informativo nr. 2051Jb news   informativo nr. 2051
Jb news informativo nr. 2051
 
Leituras da cidade: história e memória de Salto
Leituras da cidade: história e memória de SaltoLeituras da cidade: história e memória de Salto
Leituras da cidade: história e memória de Salto
 
Agenda CAC outubro 2015
Agenda CAC outubro 2015Agenda CAC outubro 2015
Agenda CAC outubro 2015
 
Projetos Culturais - Exposições
Projetos Culturais -  ExposiçõesProjetos Culturais -  Exposições
Projetos Culturais - Exposições
 
Filacap on line 083
Filacap on line 083Filacap on line 083
Filacap on line 083
 
Revista de Portugal n.º 16
Revista de Portugal n.º 16Revista de Portugal n.º 16
Revista de Portugal n.º 16
 

Destaque

Folheto IV Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo António
Folheto IV Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo AntónioFolheto IV Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo António
Folheto IV Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo António
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Catalogo da Mostra Filatélica 110 anos da chegada do comboio a Vila Real de S...
Catalogo da Mostra Filatélica 110 anos da chegada do comboio a Vila Real de S...Catalogo da Mostra Filatélica 110 anos da chegada do comboio a Vila Real de S...
Catalogo da Mostra Filatélica 110 anos da chegada do comboio a Vila Real de S...
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
O Mensageiro do Algarve n.º 12
O Mensageiro do Algarve n.º 12O Mensageiro do Algarve n.º 12
O Mensageiro do Algarve n.º 12
mensageiro2013
 
Catálogo Mostra Filatélica "Homenagem ao Corpo de Bombeiros
Catálogo Mostra Filatélica "Homenagem ao Corpo de BombeirosCatálogo Mostra Filatélica "Homenagem ao Corpo de Bombeiros
Catálogo Mostra Filatélica "Homenagem ao Corpo de Bombeiros
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Catálogo "A História Através do Colecionismo"
Catálogo "A História Através do Colecionismo"Catálogo "A História Através do Colecionismo"
Catálogo "A História Através do Colecionismo"
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Israel primeiros oito anos de filatelia_2
Israel primeiros oito anos de filatelia_2Israel primeiros oito anos de filatelia_2
Israel primeiros oito anos de filatelia_2
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Pagela ourivesaria arcaica web 22.05.2013
Pagela ourivesaria arcaica web 22.05.2013Pagela ourivesaria arcaica web 22.05.2013
Pagela ourivesaria arcaica web 22.05.2013
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Património Mundial da Humanidade (1)
Património Mundial da Humanidade (1)Património Mundial da Humanidade (1)
Património Mundial da Humanidade (1)
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
2017. gada inovatīvas kolekcijas monētas dizaina konkursa darbi
2017. gada inovatīvas kolekcijas monētas dizaina konkursa darbi  2017. gada inovatīvas kolekcijas monētas dizaina konkursa darbi
2017. gada inovatīvas kolekcijas monētas dizaina konkursa darbi
Latvijas Banka
 

Destaque (9)

Folheto IV Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo António
Folheto IV Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo AntónioFolheto IV Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo António
Folheto IV Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo António
 
Catalogo da Mostra Filatélica 110 anos da chegada do comboio a Vila Real de S...
Catalogo da Mostra Filatélica 110 anos da chegada do comboio a Vila Real de S...Catalogo da Mostra Filatélica 110 anos da chegada do comboio a Vila Real de S...
Catalogo da Mostra Filatélica 110 anos da chegada do comboio a Vila Real de S...
 
O Mensageiro do Algarve n.º 12
O Mensageiro do Algarve n.º 12O Mensageiro do Algarve n.º 12
O Mensageiro do Algarve n.º 12
 
Catálogo Mostra Filatélica "Homenagem ao Corpo de Bombeiros
Catálogo Mostra Filatélica "Homenagem ao Corpo de BombeirosCatálogo Mostra Filatélica "Homenagem ao Corpo de Bombeiros
Catálogo Mostra Filatélica "Homenagem ao Corpo de Bombeiros
 
Catálogo "A História Através do Colecionismo"
Catálogo "A História Através do Colecionismo"Catálogo "A História Através do Colecionismo"
Catálogo "A História Através do Colecionismo"
 
Israel primeiros oito anos de filatelia_2
Israel primeiros oito anos de filatelia_2Israel primeiros oito anos de filatelia_2
Israel primeiros oito anos de filatelia_2
 
Pagela ourivesaria arcaica web 22.05.2013
Pagela ourivesaria arcaica web 22.05.2013Pagela ourivesaria arcaica web 22.05.2013
Pagela ourivesaria arcaica web 22.05.2013
 
Património Mundial da Humanidade (1)
Património Mundial da Humanidade (1)Património Mundial da Humanidade (1)
Património Mundial da Humanidade (1)
 
2017. gada inovatīvas kolekcijas monētas dizaina konkursa darbi
2017. gada inovatīvas kolekcijas monētas dizaina konkursa darbi  2017. gada inovatīvas kolekcijas monētas dizaina konkursa darbi
2017. gada inovatīvas kolekcijas monētas dizaina konkursa darbi
 

Semelhante a O Mensageiro do Algarve n.º 13 - 2016

Marcofilia no Algarve no Séc. XXI (ano de 2018)
Marcofilia no Algarve no Séc. XXI (ano de 2018)Marcofilia no Algarve no Séc. XXI (ano de 2018)
Marcofilia no Algarve no Séc. XXI (ano de 2018)
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Boletim mensageiro do_algarve _3_2013
Boletim mensageiro do_algarve _3_2013Boletim mensageiro do_algarve _3_2013
Boletim mensageiro do_algarve _3_2013
mensageiro2013
 
LISBOA - Turismo
LISBOA - TurismoLISBOA - Turismo
LISBOA - Turismo
Patricia Martins
 
Carnaval rio
Carnaval rioCarnaval rio
Carnaval rio
Fatima Brambilla
 
Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)
Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)
Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)
Isa Cadete
 
origens do Carnaval - o Carnaval do Rio de Janeiro e do Recife
origens do Carnaval - o Carnaval do Rio de Janeiro e do Recifeorigens do Carnaval - o Carnaval do Rio de Janeiro e do Recife
origens do Carnaval - o Carnaval do Rio de Janeiro e do Recife
Artur Filipe dos Santos
 
O passado Celta no património cultural português: os pauliteiros de Miranda e...
O passado Celta no património cultural português: os pauliteiros de Miranda e...O passado Celta no património cultural português: os pauliteiros de Miranda e...
O passado Celta no património cultural português: os pauliteiros de Miranda e...
Universidade Sénior Contemporânea do Porto
 
CALENDARIO EVENTOS CONGRESSOS SAO PAULO 2008
CALENDARIO EVENTOS CONGRESSOS SAO PAULO 2008CALENDARIO EVENTOS CONGRESSOS SAO PAULO 2008
CALENDARIO EVENTOS CONGRESSOS SAO PAULO 2008
premierbrasileventos
 
Revista VISION
Revista VISIONRevista VISION
Revista VISION
Lucas Olliveira
 
Carnaval rio
Carnaval rioCarnaval rio
Carnaval rio
Fatima Brambilla
 
Cartaz 27.º Aniversário AFA
Cartaz 27.º Aniversário AFACartaz 27.º Aniversário AFA
Cartaz 27.º Aniversário AFA
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Catálogo Mostra Filatélica Hotel Baía Grande
Catálogo Mostra Filatélica Hotel Baía GrandeCatálogo Mostra Filatélica Hotel Baía Grande
Catálogo Mostra Filatélica Hotel Baía Grande
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Bfd020 p
Bfd020 pBfd020 p
Agenda Cultural Santa Maria da Feira
Agenda Cultural Santa Maria da FeiraAgenda Cultural Santa Maria da Feira
Agenda Cultural Santa Maria da Feira
Gil Ferreira
 
Relatório 2012
Relatório 2012Relatório 2012
Relatório 2012
gabrielhermida
 
A FEIRA DE SEVILHA.pptx
A FEIRA DE SEVILHA.pptxA FEIRA DE SEVILHA.pptx
A FEIRA DE SEVILHA.pptx
Martin M Flynn
 
História do Núcleo de Filatelia de Faro em Carimbos Comemorativos
História do Núcleo de Filatelia de Faro em Carimbos ComemorativosHistória do Núcleo de Filatelia de Faro em Carimbos Comemorativos
História do Núcleo de Filatelia de Faro em Carimbos Comemorativos
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Arte Lisboa 09
Arte Lisboa 09Arte Lisboa 09
Arte Lisboa 09
Universidad de Sevilla
 
Porto alegre
Porto alegrePorto alegre
Porto Alegre
Porto AlegrePorto Alegre

Semelhante a O Mensageiro do Algarve n.º 13 - 2016 (20)

Marcofilia no Algarve no Séc. XXI (ano de 2018)
Marcofilia no Algarve no Séc. XXI (ano de 2018)Marcofilia no Algarve no Séc. XXI (ano de 2018)
Marcofilia no Algarve no Séc. XXI (ano de 2018)
 
Boletim mensageiro do_algarve _3_2013
Boletim mensageiro do_algarve _3_2013Boletim mensageiro do_algarve _3_2013
Boletim mensageiro do_algarve _3_2013
 
LISBOA - Turismo
LISBOA - TurismoLISBOA - Turismo
LISBOA - Turismo
 
Carnaval rio
Carnaval rioCarnaval rio
Carnaval rio
 
Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)
Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)
Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)
 
origens do Carnaval - o Carnaval do Rio de Janeiro e do Recife
origens do Carnaval - o Carnaval do Rio de Janeiro e do Recifeorigens do Carnaval - o Carnaval do Rio de Janeiro e do Recife
origens do Carnaval - o Carnaval do Rio de Janeiro e do Recife
 
O passado Celta no património cultural português: os pauliteiros de Miranda e...
O passado Celta no património cultural português: os pauliteiros de Miranda e...O passado Celta no património cultural português: os pauliteiros de Miranda e...
O passado Celta no património cultural português: os pauliteiros de Miranda e...
 
CALENDARIO EVENTOS CONGRESSOS SAO PAULO 2008
CALENDARIO EVENTOS CONGRESSOS SAO PAULO 2008CALENDARIO EVENTOS CONGRESSOS SAO PAULO 2008
CALENDARIO EVENTOS CONGRESSOS SAO PAULO 2008
 
Revista VISION
Revista VISIONRevista VISION
Revista VISION
 
Carnaval rio
Carnaval rioCarnaval rio
Carnaval rio
 
Cartaz 27.º Aniversário AFA
Cartaz 27.º Aniversário AFACartaz 27.º Aniversário AFA
Cartaz 27.º Aniversário AFA
 
Catálogo Mostra Filatélica Hotel Baía Grande
Catálogo Mostra Filatélica Hotel Baía GrandeCatálogo Mostra Filatélica Hotel Baía Grande
Catálogo Mostra Filatélica Hotel Baía Grande
 
Bfd020 p
Bfd020 pBfd020 p
Bfd020 p
 
Agenda Cultural Santa Maria da Feira
Agenda Cultural Santa Maria da FeiraAgenda Cultural Santa Maria da Feira
Agenda Cultural Santa Maria da Feira
 
Relatório 2012
Relatório 2012Relatório 2012
Relatório 2012
 
A FEIRA DE SEVILHA.pptx
A FEIRA DE SEVILHA.pptxA FEIRA DE SEVILHA.pptx
A FEIRA DE SEVILHA.pptx
 
História do Núcleo de Filatelia de Faro em Carimbos Comemorativos
História do Núcleo de Filatelia de Faro em Carimbos ComemorativosHistória do Núcleo de Filatelia de Faro em Carimbos Comemorativos
História do Núcleo de Filatelia de Faro em Carimbos Comemorativos
 
Arte Lisboa 09
Arte Lisboa 09Arte Lisboa 09
Arte Lisboa 09
 
Porto alegre
Porto alegrePorto alegre
Porto alegre
 
Porto Alegre
Porto AlegrePorto Alegre
Porto Alegre
 

Último

347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 

O Mensageiro do Algarve n.º 13 - 2016

  • 1. EDITORIALEDITORIALEDITORIAL Nesta edição: As Quinzenas Filatélicas do Algarve 2 A Galinha de àgua vista através da Maxumafilia 4 Filatelia Temática 5 O que aconteceu de Janei- ro a Março de 2016 6 O que aconteceu noutros locais de Janeiro a Março de 2016 8 O que temos conhecimen- to do que vai acontecer nos próximos meses 11 Produtos filatélicos 14 BOLETIM DAS AGREMIAÇÕES FILATÉLICAS E DE COLECCIONISMO DO ALGARVE TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016 O Mensageiro do Algarve Aqui temos mais um número de “O Mensageiro do Algarve”. Estamos a entrar no terceiro ano. Para trás ficaram já doze números e, pensamos nós que fizemos um bom trabalho em prol da filatelia algarvia divulgando todas as manifestações filatélicas que, nesse período, se realiza- ram por estas bandas se fizeram. Anunciámos ainda as outras manifestações que, embora não realizadas no Algarve, ligava-as de alguma forma a esta província setentrional. Iremos continuar nos nossos propósitos. Abrimos as páginas a outras participações e, nesse sentido, surgiram assim artigos sobre coleccionismo com interesse e alguns deles para continuar. Apelamos para que nos enviem notícias, atempada- mente, sem necessidade de sermos nós a procurá-las para as podermos divulgar. Os artigos são, extremamen- te importantes numa publicação como a nossa, tanto os artigos de carácter didáctico como os artigos de temas relacionados com a nossa província. O leque de possibi- lidades é imenso. Sabemos haver coleccionadores com- petentes e capazes de darem a sua colaboração. O Mensageiro do Algarve é um meio de informação privile- giado, chegando a todas as partes do Mundo. Como tal, há que inserir o mais possível de bons conteúdos que, quanto melhores eles forem mais interesse despertará nos nossos leitores. Lançámos o Serviço de Anúncios Grátis que divul- gamos e a iniciar no próximo número. Mais um serviço em prol dos coleccionadores. A nível nacional e dentro de portas, o ano de 2016, é um ano rico para a filatelia nacional. Ano de Lubrapex, que este ano se realiza no nosso país. Também por esse país fora surgirão certamente outros eventos, já que a filatelia não pára. Na Federação houve eleições. Um novo elenco directivo surgiu, para substituir um outro demissionário. Nas páginas interiores daremos essa notícia. Vamos pugnar por um coleccionismo nacional forte. PUBLICAÇÃO ONLINE DO ALGARVE AO SERVIÇO DOS COLECCIONADORES
  • 2. Nos finais dos anos setenta e início dos anos oitenta do século passado, realizaram-se em Vila Real de Santo António as Quinzenas Filatélicas do Algarve e o seu grande impulsionador foi José Manuel Pereira que, na qualidade de responsável pela Secção Filatélica da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Real de Santo António, que as organizou. Estes certames filatélicos promoviam a divulgação da filatelia pelas camadas mais jovens. Dezenas de crianças das escolas primárias e secundárias das escolas da Vila, passaram pelo primeiro andar da Sede dos Bombeiros, à altura situada na Avenida dos Bombeiros Portu- gueses, e experimentaram o contacto não só com os selos do correio, como também de todo o material ligada a esta forma de coleccionismo. Também as Jornadas Juvenis de Divulgação Filatélica realizadas nas mesmas décadas das Quinzenas Filatélicas, foram um importantíssimo meio da divulgação da filatelia não só entre as camadas jovens, o seu principal alvo, como também pelos mais adultos. Foi pena que tanto as Quinzenas Filatélicas, como as Jornadas Juvenis de Divulgação se ficassem por apenas duas edições Rebusquei os meus arquivos e encontrei alguns catálogos. É destes catálogos, espólio importantíssimo para que os vindouros conheçam a história filatélica de um local, que transcre- vo algumas passagens para relembrar, a alguns, ou para tomar conhecimento, a maioria das pessoas: “As Quinzenas Filatélicas do Algarve, promovidas pela Secção Filatélica da Corporação de Bombeiros de Vila Real de Santo António, são úteis certames de divulgação a que se procura dar continuidade. Pode dizer-se que a I Quinzena Filatélica do Algarve, pro- movida de 3 a 17 de Setembro de 1977, pela Secção da Corpora- ção de Bombeiros de Vila Real de Santo António, resultou, na diversidade de manifestações que a caracterizaram, num recru- descer de interesse, em todo o Sotavento algarvio e não só, pelas potencialidades recreativas e formativas do extraordinário passa- tempo que é a Filatelia. A par da divulgação do que de melhor então se conhecia, a nível da Província, em selos clássicos e temáticos, sobrescritos e pos- tais, tudo apresentado com inexcedíveis cuidados e manifesto bom gosto, houve também a preocupação de trazer a Vila Real de Santo António algumas categorizadas figuras do mundo filatélico nacional que, em bem elaboradas palestras, seguidas de esclare- cedores colóquios, bastante contribuíram para a valorização do certame e para a consecução dos bons resultados que dele se esperavam. Dentro destes propósitos se integraram, igualmente, as projecções, então realizadas, de filmes e slides alusivos à Fila- telia, como ainda postais máximos. Assim se explica que a I Quinzena Filatélica do Algarve tenha redundado em autêntico êxito, traduzindo, ao longo das duas semanas de duração, na presença de centenas de interes- sados, não só algarvios como de outros pontos do País, além de muitos estrangeiros que, AS QUINZENAS FILATÉLICAS DO ALGARVE Página 2 O MENSAGEIRO DO ALGARVE
  • 3. a férias no Algarve, não se furtaram a visitar um certame que bastante os motivou. E daí, tam- bém, que os seus organizadores decidissem dar à Quinzena um carácter de continuidade, pro- movendo-lhe, quatro anos depois, uma segunda edição e pensando diligenciar prossegui-la em cada novo período de quatro anos.” Assim resumiram os seus promotores o que foi a Primeira Quinzena Filatélica do Algarve, para logo apresentarem a Segunda, ainda segundo o mesmo catálogo: “A II Quinzena Filatélica do Algarve decorre de 5 a 20 de Setembro de 1981. Deste modo, realiza-se de 5 a 20 de Setembro de 1981, como a anterior no salão princi- pal da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Real de Santo António, a II Quinzena Filatélica do Algarve. Para esta II Quinzena conta-se com apreciável número de ade- sões, que muito valorizam o respectivo programa. Além da Mostra Filatélica, a II Quinzena tem a acompanhá-la palestras, projecções e a Mini-Feira de Selo, este Ano com interessantes e chamativas novidades. Na II Quinzena integram-se, também, estas de 12 a 20 de Setembro, as II Jornadas Juve- nis de Divulgação Filatélica, visando, como as I Jornadas, efectuadas em Vila Real de Santo António em 13 e 14 de Maio de 1978, proporcionar à juventude um melhor conhecimento das práticas e técnicas filatélicas. Nos dias de ambos os certames, foram editados sobrescritos alusivos, aos quais serão apostos, por pessoal especializado dos C. T. T. , no local onde aqueles decorrem, carimbos comemorativos.”. Relembramos pois, no ano em que passam trinta e cinco anos da última realização da Quinzena Filatélica do Algarve, ao mesmo tempo que prestamos homenagem àquele que foi, seguramente, o maior divulgador da filatelia em Vila Real de Santo António – José Manuel Perei- ra, e que foi simultaneamente, a par de outros filatelistas vila-realenses os iniciadores de certa- mes filatélicos, nos mais inusitados locais, como estabelecimentos comerciais e cafés Francisco Matoso Galveias Página 3TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016
  • 4. A Galinha de Água (Galiinulachloropus) é uma ave de médio porte que pertence à ordem dos Gruiformes e à família Rallidae, medindo cerca de 31 a 35 cm de comprimen- to, e encontra-se espalhada por toda a Europa. Sendo uma ave aquática apresenta algu- mas adaptações a este meio, tais como os dedos bastantes compridos o que lhe permite caminhar sobre vegetação flutuante. Em Portugal esta espécie está amplamente distribuída por todo o território, sendo mais comum junto a cursos de água principalmente em lagoas e albufeiras. A sua pluma- gem, na parte superior, é castanha escura com uma linha lateral branca. A parte da bar- riga e do peito é cinzento-escura e a parte superior do bico é encarnada, tendo as patas altas e de cor amarelada. Os ninhos são construídos no solo em forma de taça, revestidos com folhagens, faz 2 a 3 posturas por ano entre os meses de Março a Agosto, pondo em média 8 a 11 ovosde cada vez, sendo a incubação de 19 a 22 dias feita sempre pelo casal. São aves omnívoras com uma alimentação muito variada, constituída sendo à base de plantas aquáticas, insectos, moluscos, sementes e ovos de outras aves. Filatelicamente têm sido emitidas, em diversos países várias séries de selos e postais máximos alusivos a esta ave. Os CTT de Portugal lançaram no dia 25.10.1985 uma emissão de selos alusiva às Reservas e Parques Naturais Portugueses onde apare- ce esta ave, no selo de 80$00, referente á Reserva Natural da Ria Formosa, conforme o exemplar aqui reproduzido o testemunha. Emissão: 25.10.1985 – Reservas e Parques Naturais Portugueses (Selo de 80$00) Desenho: J. Pedro Martins Barata – Impressão: Offset na INCM Circulação: de 25 de Outubro 1985 a 31 Dezembro 1992 Papel: Esmalte «F» Excepto nos selos de 80 $00 e 100$00 - Denteado: 12 x 11 ½ Obliteração: Carimbo 1º dia da emissão – Reservas e Parques Naturais CTT De Faro – 25.10.1985 Edição do Postal: Os Maximafilistas Portu- gueses Elaborado por Américo Rebelo Janeiro 2016 BIBLIOGRAFIA: Catálogo de Selos Postais e Marcas Pré-Adesivas – Afinsa 2012 – 29ª Edição Guia de Aves – Editora Assírio & Alvim - Lisboa – Outubro 2003 Livro Vermelho dos Vertebrados de Portugal - Instituto da Conservação da Natureza - Editora Assírio & Alvim – 2ª Edição - 2006 A GALINHA DE ÁGUA VISTA ATRAVÉS DA MAXIMAFILIA Página 4 O MENSAGEIRO DO ALGARVE
  • 5. Iniciamos neste número do Mensageiro uma série de artigos sobre Filatelia Temá- tica por solicitação de vários coleccionadores e pelas constantes dúvidas com que se deparam. Esta Classe Filatélica começou a aparecer em meados do século passado foi evoluindo e, de participações praticamente só com selos e muito texto, passaram, nos dias de hoje, a participações só com o texto indispensável e uma infinidade de diferente material filatélico. Embora cada um possa coleccionar como queira e lhe apeteça, achamos que a divulgação dos critérios de avaliação, utilizados nas exposições, poderá ser uma óptima informação para todos os temáticos mesmo que não tenham em vista a competição. As colecções temáticas devem obedecer a um título inovador, um plano criativo, bem desenvolvido, a bons conhecimentos temáticos e filatélicos, com ampla diversidade de produtos relacionados com o tema, com material se possível raro e em bom estado, tudo apresentado condignamente. A partir da nossa próxima, edição iremos debruçar-nos, detalhadamente, sobre os vários aspectos das colecções temáticas. Até lá, para os filatelistas interessados que tenham acesso à nossa publicação deixamos um quadro que apresenta a evolução das pontuações aplicadas, oficialmente, à filatelia temática, desde 1958. António Gonçalves Borralho Filatelia Temática Página 5TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016
  • 6. Actividades filatélicas e de Coleccionismo em Faro Como vem sendo hábito, os “Amigos da Filatelia” de Faro, têm vindo a expor, nas escolas do concelho algumas colecções filatélicas, divulgando assim, principalmente na população estu- dantil, a filatelia. Foi o que aconteceu na Escola Secundária Pinheiro da Rosa e na Escola EB 2/3 Dr. José Neves Júnior. Também o Museu Municipal de Faro serviu de palco a mais uma iniciativa daquele grupo filatélico sedeado em Faro. Dia Mundial do Compositor Segundo informações recolhidas no blog dos Amigos da Filatelia, esteve patente no dia 15 de Janeiro uma colecção dedicada ao Dia Mundial do Compositor, na Biblioteca da na Escola Secundária Pinheiro da Rosa. Ainda segundo o mesmo blog, diz-nos que esta exposição “surgiu com o intuito de honrar os compositores existentes no mundo, que contribuem para a sua arte, para o fluir das emoções humanas, ao eternizar pequenos momentos de sensações da vida da música. O acto da criação é, por si só, nobre, mas a produção musical convoca, a seu tempo, competências múltiplas, temperamento de emoções e coordenação de estruturas, ritmo, harmo- nias e muita paixão O compositor cria pedaços de vida, reinventa-a, molda-a e torna-a perene nos seus cons- tantes movimentos. Está mais do que provado o efeito benéfico da música nas crianças. Para além do aumento da sua capacidade de concentração e do raciocínio matemático, ela trabalha várias memórias: a auditiva, a afetiva e a táctil. Uma criança será sempre mais feliz se estiver rodeada de música. E numa idade em que o domínio do vocabulário ainda não é total, mais sentido faz a apropriação musical, que ajudará no (re)conhecimento de emoções e na sua partilha". O Dia Mundial do Compositor surgiu pela primeira vez no México no dia 15 de Janeiro de 1945, aliando-o às comemorações da fundação da Sociedade de Autores e Compositores que nesse dia decorria daquele país, mas foi só no ano de 1983 que a celebração do Dia Internacional do Compositor se estendeu a todo o mundo. O que aconteceu de Janeiro a Março de 2016 Página 6 O MENSAGEIRO DO ALGARVE
  • 7. Escola EB 2/3 Dr. José Neves Júnior Também na Escola EB 2/3 Dr. José Neves Júnior esteve patente, desde o dia 12 de Janeiro uma colecção filatélica sobre electricidade pertencente a Francisco Galveias Exposição de coleccionismo em Faro No Museu Municipal de Faro, este patente desde o dia 2 a 28 de Fevereiro uma Mostra de Coleccionismo que englobou várias áreas e, no dizer do blog Amigos da Filatelia, “os visitan- tes puderam apreciar a criatividade na apresentação de colecções e respectivas relíquias que os seus organizadores têm juntado ao longo dos anos. Destacamos a apresentação do 1.º selo emi- tido no mundo (black penny), o 1.º selo emitido em Portugal (D.ª Maria II), selos feitos com mate- riais exóticos, uma colecção de Inteiros postais dos CTT alusivos aos “Costumes Portugueses”, uma colecção de Inteiros postais sobre “Chafarizes de Lisboa”, uma colecção denominada “Sim também estive preso no Aljube”, uma colecção sobre a evolução da moeda de escudo, uma colecção de carros miniatura (Pilotos Portugueses) entre outras igualmente interessantes”. Entre outras estiveram patentes as seguintes colecções: “Aviação Comercial Portuguesa”, “As fábulas de Esopo”, “1941 – Série B – Costumes Portugueses”, “FDC’s de Portugal, uma bre- ve abordagem” e “Portugal – selos com impressão em relevo” Ainda sobre esta exposição, foi produzido um filme de sete minutos, sobre os “10 anos de actividade do Amigos da Filatelia” que foi exibido durante a exposição e que poderá ainda ser visto no blog. Página 7TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016
  • 8. Exposição de coleccionismo em Beja Decorreu de 1 a 18 de Março, na galeria “Ao Lado” nas instalações do Instituto Politécni- co de Beja uma Exposição de Coleccionismo a que foi dada o nome de “Mente sã em corpo sénior”. Esta exposição, da responsabilidade do Grupo Filatélico da Associação Humanitária dos Dadores de Sangue de Beja, foi integrada no Plano Exposicional da Federação Portuguesa de Filatelia e contou, na parte filatélica com um lote de colecções que versaram as disciplinas de História Postal, Filatelia Tradicional, Filatelia Temática, Selos Fiscais, Inteiros Postais, Marcofilia e Classe Aberta, além de um vasto lote de outros objectos coleccionáveis, assim apresentados no catálogo: “Artigos publicitários de Correio Azul (diversos), Auto-colantes políticos, Bonecas de porcelana, bilhetes de diversos meios de transporte, Carimbos, Caixas e Carteiras de Fósforos, Calendários, Cinema (folhetos publicitários de meados do séc. XX), Cintas de Charutos, Etique- tas de Caixas de Fósforos, Etiquetas de caixas de flores e de frutos, Isqueiros, Lotarias, Raspadi- nhas, Marcadores de páginas, Notas fiduciárias, Pacotes de Açúcar, Postais ilustrados e Presé- pios em barro”. Todo este material era pertença de quinze coleccionadores, sendo um deles (Francisco Matoso Galveias) oriundo do Algarve. Do Catálogo que consultámos, destaca-se um artigo sobre a Janela Manuelina da Rua dos Mercadores, em Beja, da autoria do saudoso Dr. Manuel Figueira Mestre, um estudioso da história bejense. Esta Janela já foi filatelizada por diversas vezes. Este artigo, ainda segundo o mesmo catálogo, data de 1991, altura em que o autor o escreveu para o Boletim de Divulgação da Exposição Inter-Regional Beja’91 que teve lugar naquela cidade de 25 a 1 de Maio. O que aconteceu em outros locais de Janeiro a Março de 2016 Página 8 O MENSAGEIRO DO ALGARVE
  • 9. Esta foi uma forma do Grupo Filatélico dos Dadores de Sangue de Beja, homenagear aquele autor multifacetado, que experimentou várias artes além da escrita, e que foi Director durante vários anos, da Biblioteca Municipal José Saramago (de Beja). Além deste artigo, destacamos um outro dedicado ao coleccionismo da autoria de Catari- na Cerol. Em duas “notas finais” da autoria de Francisco Reis e de Catarina Cerol, respectivamente Presidente da Direcção da Associação Humanitária de Dadores dos Sangue de Beja e Coorde- nadora da Associação Saberes e Aprendizagem Beja Sénior (Universidade Sénior de Beja), estes responsáveis agradeceram ao Grupo organizador, esta parceria para a apresentação da Exposição de Coleccionismo, uma parceria, que parece irá ter continuidade no futuro com a reali- zação de outros eventos. Congresso Extraordinário da Federação Portuguesa de Filatelia - APD Realizou-se na manhã do dia 5 de março um Congresso Extraordinário da Federa- ção Portuguesa de Filatelia, APD na Sala Tsar do Tzar Lisbon Hotel, tendo como ponto único a eleição intercalar da Direcção da Federação Portuguesa de Filatelia-PD. Este Congresso foi convocado em conformidade com os Estatutos, em seguimento do pedido de demissão, de 6 dos 7 elementos que constituíam a Direcção, pedido este apresentado a 8 de Fevereiro e aceite pelo Presidente da Mesa. A Mesa de Congresso ficou constituída pelos seguintes elementos: António Gonçal- ves Borralho (Presidente) e Eduardo José Oliveira e Sousa (Secretário). Aberta a sessão o Presidente saudou os presentes e iniciaram-se os trabalhos. Feita a chamada consta- tou-se a presença de 16 Agremiações Federadas, sendo 4 do Algarve. Com uma única lista apresentada, após a votação, verificou-se que foram assinala- dos quinze votos a favor, e de um voto contra. A nova Direcção da Federação Portuguesa de Filatelia-APD ficou assim constituí- da: Presidente – Pedro Marçal Vaz Pereira; Primeiro Vice-Presidente – João Maria da Silva Violante; Segundo Vice-Presidente – João Manuel Lopes Soeiro; Tesoureiro – Nuno Tarcísio Gaspar de Oliveira Cardoso; Secretário – Raul Manuel Andrade Leitão; Vogais – Rui Miguel Matos Alves e José Manuel Martins da Silva Pereira; Suplentes – Júlio Manuel Pedroso Maia e Fernando Alberto Mendes Calheiros, que tomaram pos- se a seguir ao encerramento do Congresso. Após a divulgação do escrutínio, o Presidente da Mesa felicitou a lista eleita, e formulou votos para que a Nova Direcção tenha o enge- nho e a arte, para conduzir os destinos da Filatelia Portu- guesa ao mais alto nível. Página 9TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016
  • 10. Pedro Vaz Pereira, como Presidente reeleito da Federação Portuguesa de Filate- lia, pediu a palavra para agradecer a confiança depositada na lista apresentada a sufrá- gio. Teceu algumas considerações e informou todos os Delegados presentes das acções a desenvolver até final do mandato. Antes de encerrar a Sessão o Presidente da Mesa agradeceu a presença dos representantes das Federadas presentes, e congratulou-se pelo modo digno e altivo como decorreram os trabalhos para a eleição da Nova Direcção da Federação Portugue- sa de Filatelia-AP. Congresso Ordimário da Federação Portuguesa de Filate- lia - APD Também, na manhã do dia 5 de março a seguir ao Congresso Extraordinário da Federação Portuguesa de Filatelia, APD realizado na Sala Tsar do Tzar Lisbon Hotel, teve lugar, no mesmo local o Congresso Ordinário da Federação Portuguesa de Filatelia- APD. A constituição da Mesa da Assembleia manteve-se a do Congresso Extraordinário e estiveram presentes dezassete Agremiações Federadas. O Presidente da Mesa Congresso tomou a palavra, para saudar os Congressistas presentes, e concedeu um período de trinta minutos antes da Ordem de Trabalhos para serem tratados assuntos de interesse para a filatelia nacional. O Presidente da Direcção da F.P.F. pediu a palavra para informar detalhadamente o andamento dos trabalhos para a realização da exposição “Lubrapex’50 Anos”. Da ordem de trabalhos constavam a Apreciação do Parecer do Conselho Fiscal, aprovação do Relatório de Actividades, Contas e Balanço de 2015, elaborados pela Direcção, que aprovados por unanimidade. Seguiu-se a Apreciação do Relatório do Con- selho Disciplinar e a fixação da quota federativa e o valor do Cartão de Filatelista para o próximo ano cujos os valores se mantiveram inalterados para o próximo ano. Não havendo nenhuma proposta para a realização da próxima sessão Ordinária do Congresso da FPF,APD. a sua realização estará a cargo da Federação Portuguesa de Filatelia, APD. Página 10 O MENSAGEIRO DO ALGARVE
  • 11. Huelva, 2 a 16 de Abril de 2016 Vai decorrer na Casa Colón em Huelva (Espanha) e 6ª Exposición de Filatelia y Coleccionismo, Huelva Algarve – Onugarve 2016, da responsabilidade do Circulo Filateli- co y Munismatico de Huelva que conta com a participação de filatelistas dos dois lados da fronteira. Esta Exposição é patrocinada pelo Ayuntamiento daquela cidade e decorrerá de 2 a 16 de Abril de 2016. A exposição poderá ser visitada todos os dias excepto aos domingos e, do seu programa, consta uma charla/colóquio que será apresentados pelos sócios daquele agrupamento, Segundo Heredia Machado e José Péres Vásques. Castro Marim, 23 de Abril de 2016 A realização na vila de Castro Marim da última Algarpex, em Julho de 2015, foi tema de um livro da autoria de Francisco Matoso Galveias, mais concretamente sobre o primeiro carimbo comemorativo para aquele concelho. A sua apresentação está progra- mada para o dia 23 de Abril, precisamente no mesmo local onde funcionou o Posto de Correio que lançou esse carimbo e que foi olocal da realização da Algarpex – a Casa do Sal. O lançamento do livro, está integrado no programa das comemorações naquela vila do 25 Abril e será apresentado pela jornalista Susana Helena de Sousa que terá a seu lado além do autor, representantes da Câmara Municipal. Castro Marim, 23 de Abril de 2016 Tivemos conhecimento que a Câmara Municipal de Castro Marim vai iniciar um período de produção de Selos Personalizados reportando-os a acontecimentos a aconte- cer naquela vila fronteiriça. O primeiro está já previsto para o dia 23 de Abril, quando ali se realizar uma cerimónia de entronização dos Cavaleiros da Comendadoria de Castro Marim da Ordem de Santiago. Segundo podemos ainda apurar, um outro Selo Personalizado irá ser produzido por altura da realização na vila dos Dias Medievais de Castro Marim. Loulé, 25 de Abril de 2016 Na Biblioteca Sophia de Mello Breyner Andersen, em Loulé vai estar exposta uma colecção dedicada ao 25 de Abril pertencente ao filatelista de Faro Dr. Francisco Paiva O que temos conhecimento do que vai acontecer nos próximos meses Página 11TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016
  • 12. Faro, 25 de Abril de 2016 Na Biblioteca escolar da Escola EB2/3 D. Afonso II em Faro, vai estar exposta uma cloecção do filateista de Faro Luís Brás Viana do Castelo, 26 de Abril a 1 de Maio de 2016 Vem aí mais uma Lubrapex. No ano em as Lubrapex fazem 50 anos, cabe a Portugal a sua organização, e o Centro Cultural de Viana do Castelo vai ser o local escolhido para este importante certa- me, que esperamos que se encha de 26 a 1 de Maio de 2016.. São esperadas mais duas centenas de colecções, abrangendo todas as classes filatélicas. Além dos países que pelo regulamento participam, Portugal, Brasil e todos os paí- ses lusófonos, participam ainda por convite a Alemanha e a Itália, além de outros filate- listas convidados. No próximo número daremos notícia mais pormenorizadas. Durante esta exposição irá ser lançado um livro, da autoria do filatelista Eduardo Sousa que retrata o que foram as Lubrapex durante estes cinquenta anos. Vila Real de Santo António, 9 e 20 de Maio de 2016 A Secção de Coleccionismo da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntá- rios de Vila Real de Santo António, vai realizar uma Mostra Filatélica comemorativa dos 110 anos da chegada do Comboio a Vila Real de Santo António. Esta Mostra, integrada no Plano Exposicional da Federação Portuguesa de Filate- lia terá lugar no átrio principal da Câmara Municipal e fará parte das comemorações do Dia da Cidade, que tem no dia 13 de Maio o seu principal dia com um Posto de Correio provido de Carimbo Comemorativo alusivo ao acto Vila Real de Santo António, 20 de Maio Depois de Castro Marim, o livro “O Primeiro Carimbo Comemorativos dos CTT do Concelho de Castro Marim”, da autoria de Francisco Matoso Galveias, irá ser apresenta- do novamente, mas agora na Sala Polivalente do Biblioteca Municipal Vicente Campinas em Vila Real de Santo António. Como na primeira apresentação, também desta vez temos novamente a jornalista Susana Helena de Sousa que será acompanhada pelo autor e por um representante da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António Nova Iorque, 28 de Maio a 4 de Junho de 2016 Vai realizar-se nos Estados Unidos, no Javits Center da cidade de Nova Iorque, de 28 de Maio a 4 de Junho a World Stamps Show NY2015, e na qual participará Fran- cisco Matoso Galveias, que irá ali apresentar o seu livro “Os Bombeiros na Filatelia Por- tuguesa”. Página 12 O MENSAGEIRO DO ALGARVE
  • 13. Estas exposições realizam-se nos Estados Unidos de 10 em 10 anos e tiveram o seu início em 1913. No próximo número contamos apresentar uma notícia detalhada sobre o assunto, assim como as classificações dos filatelistas portugueses. Vila Real de Santo António, 11 de Junho de 2016 Ainda numa organização da Secção de Coleccionismo dos Bombeiros, vai realizar -se no Centro Cultural António Aleixo, em Vila Real de Santo António, o já tradicional Encontro Internacional de Coleccionismo e que vai já na sua quarta edição. Prevê-se grande afluência de coleccionadores, não só do nosso país, como tam- bém da vizinha Espanha, o que abrilhantará ainda mais este evento, a não perder Vila Real de Santo António, 11 e 12 de Junho de 2016 Na Praça Marquês de Pombal, e em simultâneo com o IV Encontro Internacional de Coleccionismo e também como vem costume, irá ter lugar a III Feira Internacional de Floricultura e Artesanato, que traz àquela Praça comerciante e coleccionadores de flores ornamentais. Dada a coincidência de datas, este ano a Praça estará engalanada de ban- deiras e balões, para as comemorações dos Santos Populares o que empresta um colo- rido adicional a esta Feira Internacional Armação de Pêra, 20 de Junho de 2016 Integrada nas comemorações dos 25 anos da elevação a vila, da então aldeia de Armação de Pêra, o Núcleo de Filatelia Juvenil”O Bichinho do Selo”, vai organizar uma Mostra Filatélica, que terá lugar na Sede do Clube de Futebol Os Armacenenses. Esta Mostra decorrerá no dia 29 de Junho e será provida de um Carimbo Come- morativo no dia 29 de Junho. Página 13TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016 Foi publicado na edição de 14 de Janeiro do conhecido site brasileiro de “Filatelia77” uma referência ao nosso boletim nº 11 de Outubro de 2015 e que pas- samos a citar: «Vocês conhecem o boletim eletrônico “O Mensageiro do Algarve”? É um dos melhores, se não o melhor, boletim informativo sobre a Filatelia em Portugal». Já tínhamos conhecimento que o nosso Boletim era lido em todo o mundo e, esta referência é mais uma prova disso O Mensageiro do Algarve é referência no estrangeiro
  • 14. Carimbos Comemorativos do 1º Trimestre Emissões Filatélicas do 1º Trimestre Museus Centenários, Abade Braçal Data da Emissão: 2016-02-16 Selos: 0,80€ Bloco; 2,05€ Design: Atelier B2 Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal, Ponta Delgada e Bragança Desportos Radicais (3º Grupo Autoadesivos) Data da Emissão: 2016-02-25 Selos: N20g; A20g; E20g Design: João Machado Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada Vultos da História e da Cultura Data da Emissão: 2016-03-14 Selos: N20g; A20g; E20g Design: AF Atelier Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada Museus Centenários, Grão Vasco Data da Emissão: 2016-03-16 Selos: 0,80€ Bloco; 2,05€ Design: Atelier B2 Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal, Ponta Delgada e Viseu Jesuítas, Construtores da Globalização Data da Emissão: 2016-03-18 Selos: 0,47€; 0,58€; 0,75€; 0,80€ Bloco; 2,00€ Design: Design&etc Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada Produtos Filatélicos Página 14 O MENSAGEIRO DO ALGARVE
  • 15. Desportos Radicais (3º Grupo) Data da Emissão: 2016-03-31 Selos: 0,03; 0,47€; 0,58€; 0,75€; 0,80€ Design: João Machado Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada Inteiros Postais do 1º Trimestre 180 Anos da Academia Nacional de Belas Artes Data de emissão: 14 de Janeiro de 2016 Taxa Paga / Postage Paid – N20g (1º Escalão Nacional) Tiragem: 3.000 exemplares Disign: Atelier B2 Centenário de Vergílio Ferreira, 1916-2016 Data de emissão: 28 de Janeiro de 2016 Taxa Paga / Postage Paid – N20g (1º Escalão Nacional) Tiragem: 8.000 exemplares Disign: Ana Rita Matos Portugal na Grande Guerra Data de emissão: 8 de Março de 2016 Taxa Paga / Postage Paid – N20g (1º Escalão Nacional) Tiragem: 4.000 exemplares Disign: António Magalhães 175 Anos do Casamento de Camilo Castelo Branco e Joaquina Pereira Data de emissão: 19 de Março de 2016 Taxa Paga / Postage Paid – N20g (1º Escalão Nacional) Tiragem: 4.000 exemplares Disign: António Magalhães 30 Anos da Associação de Professores de Matemática Data de emissão: 30 de Março de 2016 Taxa Paga / Postage Paid – N20g (1º Escalão Nacional) Tiragem: 3.000 exemplares Disign: Carla Caraça Ramos SERVIÇO DE ANUNCIOS GRÁTIS O Mensageiro do Algarve abre as suas páginas aos colecionadores com a introdução de uma seção dedicada a tro- cas, com o seguinte regulamento: Qualquer colecionador, leitor de “O Mensageiro do Algarve”, nacional ou estrangeiro, poderá anunciar gratuita- mente nesta seção, sendo obrigatória a inscrição prévia para o e-mail para trocasmensageiroalgarve@gmail.com com as seguintes informações: Nome Morada completa Telefone / telemóvel E-mail Com a inscrição será atribuído ao colecionador um número que deverá indicar sempre que anuncie. O colecionador enviará o seu pedido para trocasmensageiroalgarve@gmail.com , podendo inserir até três anún- cios por número. A Direcção de O Mensageiro do Algarve, reserve-se na sua publicação ou não, dependendo esta apenas do espaço disponível. Os anúncios a publicar poderão ter o máximo de 100 letras ou espaços, iniciando sempre pelas palavras TROCO, DISPENSO, PROCURO Os anúncios serão aceites até ao dia 20 dos meses de março, junho, setembro e dezembro. Os anunciantes informarão para o e-mail trocasmensageiroalgarve@gmail.com sobre a concretização da troca, unicamente para fins estatísticos e de eficácia dos anúncios. Página 15TRIMESTRAL - ANO III N.º13 ABRIL DE 2016
  • 16. BOLETIM DAS AGREMIAÇÕES FILATÉLICAS E DE COLECCIONISMO DO ALGARVE Algarpex 2016 - 7ª Exposição Filatélica do Algarve Preparem já as vossas colecções para as apresentarem na ALGAR- PEX2016 – 7ª Exposição Filatélica do Algarve que se vai realizar de 21 a 25 de Setembro no Hotel Júpiter na Praia da Rocha. Desta vez a organização pertence ao Lions Clube de Portimão e espera- mos com a tua contribuição e a tua presença. Aparece e contacta os teus amigos, para eles também, apresentarem as colecções, já que podem participar desde que tivessem nascido ou residam no Algarve. Contacta directamente a organização pelo telefone para o número 935438471 ou pelo e-mail algarpex2016@gmail.com , solicitando o regulamento e a ficha de inscrição. Aparece e traz os teus amigos. Endereços das Agremiações associadas: AFAL - Associação Filatélica Alentejo-Algarve Avenida 25 de Abril, Bloco 2 R/C 8500-610 PORTIMÃO Núcleo Filatélico Juvenil de Armação de Pêra Sítio da Torre Armação de Pêra 8365-184 SILVES Secção Filatélica do Lions Clube de Portimão Auditório Municipal Rua Miguel Bombarda 8500-299 PORTIMÃO Secção de Coleccionismo da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Real de Santo António Rua Combatentes da Grande Guerra, 57 8900-307 VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO Colabora com O Mensageiro do Algarve, enviando notícias. Nós publicamo-las Colaboraram neste número: Américo Rebelo António Gonçalves Borralho Francisco Matoso Galveias Paginação e montagem Francisco Matoso Galveias Os artigos publicados são da inteira responsabilidade dos seus autores Contacta-nos por e-mail para omensageirodoalgarve@gmail.com