SlideShare uma empresa Scribd logo
O CATECISMO
DA IGREJA
CATÓLICA
INTRODUÇÃO
Guardar o depósito da fé é
uma missão de Cristo para a
sua Igreja.
A finalidade do Catecismo da Igreja
Católica é expor a completa e
integral doutrina católica, de tal
maneira que cada pessoa possa
conhecer o que a Igreja professa e
celebra, vive e reza em seu
cotidiano.
• Um Catecismo deve apresentar com fidelidade e de
modo orgânico o ensinamento da Sagrada Escritura,
da Tradição e do Magistério, bem como dos santos
padres, dos santos e santas da Igreja, para reavivar a
fé do povo de Deus.
• O catecismo não se sobrepõe à Sagrada Escritura,
mas nos ajuda a lê-la no chão da história e à luz da
fé.
• Deve ajudar a iluminar, com a luz da fé, as
novas situações e os problemas que não
haviam no passado.
O CATECISMO É:
• válido e legítimo instrumento
para a comunhão eclesial.
• Norma segura para o
ensino da fé
• Texto de referência seguro e autêntico para os
catecismos locais e para a própria catequese.
PARA A CATEQUESE:
• A atividade catequética poderá experimentar
um impulso novo e amplo junto ao povo de
Deus, se souber utilizar e avaliar
adequadamente este catecismo.
• Isto porque o catecismo quer ser uma exposição da fé de uma maneira litúrgica e
bíblica, adaptada à vida atual dos cristãos. Ele vem iluminar a vida, visto que o
Evangelho é seguimento radical de Cristo.
• Pelo Catecismo, vemos toda a Revelação de
Deus que enviou o seu Filho para a nossa
salvação, por obra do Espírito Santo.
• O Catecismo é oferecido a todos os que se
perguntam a razão da esperança cristã e queiram
conhecer aquilo que a Igreja Católica crê.
• Ele quer expor a centralidade de Deus, uno e
trino, revelado por Cristo no Espírito Santo.
• A luz da verdadeira fé liberta a humanidade da
ignorância e da escravidão do pecado, para a
conduzir à única liberdade digna deste nome.
• Para que isto aconteça, é preciso um
ensinamento profundo, porém gradual,
tendo como exemplo a pedagogia divina
manifestada na Bíblia.
O COMPÊNDIO DO CATECISMO
DA IGREJA CATÓLICA
• É uma síntese, segura e
fiel do catecismo.
• Tem como finalidade ser uma
ajuda e estímulo para ser mais
conhecido e aprofundado.
Tem 3 características:
• dependência do catecismo;
• gênero dialógico (perguntas e respostas);
• utilização de imagens.
Não substitui o catecismo, mas a ele remete.
CATECISMO EM PARTES
• O Catecismo da Igreja Católica é
dividido em 4 partes.
• Os conteúdos destas partes, se referem à fé
crida, celebrada, vivida e rezada e
constituem um chamado à educação cristã
integral
• Quatro colunas da exposição
da fé provenientes da tradição
dos catecismos
1ª parte:
A PROFISSÃO DE FÉ
• síntese da “lex credendi”, ou seja, da fé
professada pela Igreja Católica, retirada
do Símbolo Apostólico ilustrado com o
Niceno-Constantinopolitano.
• Ilustra o encontro entre Deus e o homem e a
resposta de fé que a Igreja, em nome de todos os
homens, dá ao dom da Encarnação redentora do
Filho de Deus e da sua divina revelação.
2ª parte:
A CELEBRAÇÃO DO
MISTÉRIO CRISTÃO
• elementos essenciais da “lex
celebrandi”. O anúncio do
Evangelho encontra a sua resposta
privilegiada na vida sacramental.
• O sacrifício da cruz é a fonte da economia sacramental
da Igreja. Na imagem, Maria, símbolo da Igreja, com a
mão esquerda recolhe do lado aberto de Cristo sangue e
água, símbolos dos sacramentos da Igreja.
• A economia sacramental consiste em comunicar
os frutos da redenção de Cristo mediante a
celebração dos sacramentos da Igreja,
principalmente da Eucaristia, “até que ele venha”
3ª parte:
A VIDA EM CRISTO
• evoca a “lex vivendi”: esforço que
os batizados fazem para manifestar
nos seus comportamentos e nas
suas escolhas éticas a fidelidade à
fé professada e celebrada.
“Cristão, reconhece a tua dignidade. Por participares agora da natureza
divina, não te degeneres retornando à decadência de tua vida passada.
Lembra-te da Cabeça a que pertences e do Corpo de que és membro.
Lembra-te de que foste arrancado do poder das trevas e transferido para
a luz e o Reino de Deus” S. Leão Magno
4ª parte:
A ORAÇÃO CRISTÃ
• síntese da “lex orandi”, isto é, da vida de oração.
A exemplo de Jesus, o modelo perfeito de orante,
o cristão é chamado ao diálogo com Deus na
oração, cuja expressão privilegiada é o Pai-Nosso
• Todos os momentos são indicados para a oração. A Igreja, contudo, propõe aos
fiéis tempos, destinados a cadenciar e alimentar a oração contínua: oração da
manhã e da tarde, antes e depois das refeições; liturgia das Horas; Eucaristia
dominical; Santo Rosário; Festas do Ano Litúrgico.
• “Para mim, a oração é um impulso do coração, é
um simples olhar lançado ao céu, um grito de
reconhecimento e amor no meio da provação ou
no meio da alegria”
S. Teresinha do Menino Jesus

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Liturgia e Catequese 16x9.ppt
Liturgia e Catequese 16x9.pptLiturgia e Catequese 16x9.ppt
Liturgia e Catequese 16x9.ppt
Nuno Melo
 
SANTAS MISSÕES POPULARES - ESPIRITUALIDADE MISSIONÁRIA
SANTAS MISSÕES POPULARES - ESPIRITUALIDADE MISSIONÁRIASANTAS MISSÕES POPULARES - ESPIRITUALIDADE MISSIONÁRIA
SANTAS MISSÕES POPULARES - ESPIRITUALIDADE MISSIONÁRIA
Paulo David
 
Mas, quem é maria
Mas, quem é mariaMas, quem é maria
Mas, quem é maria
Eliane E. de oliveira
 
Sacramento da eucaristia
Sacramento da eucaristiaSacramento da eucaristia
Sacramento da eucaristia
Jorge Pereira
 
Concílio Vaticano II - 50 Anos
Concílio Vaticano II - 50 AnosConcílio Vaticano II - 50 Anos
Concílio Vaticano II - 50 Anos
Rubens Júnior
 
Introdução aos sacramentos 09.04.13
Introdução aos sacramentos   09.04.13Introdução aos sacramentos   09.04.13
Introdução aos sacramentos 09.04.13
Daiane Costa
 
Formação para Ministros Extraordinário da Palavra 17° encontro pps
Formação para Ministros Extraordinário da Palavra 17° encontro ppsFormação para Ministros Extraordinário da Palavra 17° encontro pps
Formação para Ministros Extraordinário da Palavra 17° encontro pps
José Luiz Silva Pinto
 
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianosOs sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
Presentepravoce SOS
 
Ano liturgico
Ano liturgicoAno liturgico
Ano liturgico
Jean
 
Crisma - Slide formativo
Crisma - Slide formativoCrisma - Slide formativo
Crisma - Slide formativo
Rafael Maciel
 
HIERARQUIA DA IGREJA CATÓLICA
HIERARQUIA DA IGREJA CATÓLICAHIERARQUIA DA IGREJA CATÓLICA
HIERARQUIA DA IGREJA CATÓLICA
Virna Salgado Barra
 
Material de apoio à iniciação cristã
Material de apoio à iniciação cristãMaterial de apoio à iniciação cristã
Material de apoio à iniciação cristã
Catequese Anjos dos Céus
 
Os sacramento do batismo
Os sacramento do batismoOs sacramento do batismo
Os sacramento do batismo
torrasko
 
Os sacramentos da igreja - Aula 01
Os sacramentos da igreja - Aula 01Os sacramentos da igreja - Aula 01
Os sacramentos da igreja - Aula 01
Rubens Júnior
 
Missa
MissaMissa
Missa
nyllolucas
 
Curso de liturgia
Curso de liturgiaCurso de liturgia
Curso de liturgia
mbsilva1971
 
missal passo a passo
missal passo a passomissal passo a passo
missal passo a passo
naejanamor
 
Itinerários do processo da iniciação a vida cristã
Itinerários do processo da iniciação a vida cristãItinerários do processo da iniciação a vida cristã
Itinerários do processo da iniciação a vida cristã
lomes
 
A espiritualidade do catequista
A espiritualidade do catequistaA espiritualidade do catequista
A espiritualidade do catequista
Francisco Rodrigues
 
Sacramento do Batismo
Sacramento do BatismoSacramento do Batismo
Sacramento do Batismo
Paulo Triches
 

Mais procurados (20)

Liturgia e Catequese 16x9.ppt
Liturgia e Catequese 16x9.pptLiturgia e Catequese 16x9.ppt
Liturgia e Catequese 16x9.ppt
 
SANTAS MISSÕES POPULARES - ESPIRITUALIDADE MISSIONÁRIA
SANTAS MISSÕES POPULARES - ESPIRITUALIDADE MISSIONÁRIASANTAS MISSÕES POPULARES - ESPIRITUALIDADE MISSIONÁRIA
SANTAS MISSÕES POPULARES - ESPIRITUALIDADE MISSIONÁRIA
 
Mas, quem é maria
Mas, quem é mariaMas, quem é maria
Mas, quem é maria
 
Sacramento da eucaristia
Sacramento da eucaristiaSacramento da eucaristia
Sacramento da eucaristia
 
Concílio Vaticano II - 50 Anos
Concílio Vaticano II - 50 AnosConcílio Vaticano II - 50 Anos
Concílio Vaticano II - 50 Anos
 
Introdução aos sacramentos 09.04.13
Introdução aos sacramentos   09.04.13Introdução aos sacramentos   09.04.13
Introdução aos sacramentos 09.04.13
 
Formação para Ministros Extraordinário da Palavra 17° encontro pps
Formação para Ministros Extraordinário da Palavra 17° encontro ppsFormação para Ministros Extraordinário da Palavra 17° encontro pps
Formação para Ministros Extraordinário da Palavra 17° encontro pps
 
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianosOs sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
 
Ano liturgico
Ano liturgicoAno liturgico
Ano liturgico
 
Crisma - Slide formativo
Crisma - Slide formativoCrisma - Slide formativo
Crisma - Slide formativo
 
HIERARQUIA DA IGREJA CATÓLICA
HIERARQUIA DA IGREJA CATÓLICAHIERARQUIA DA IGREJA CATÓLICA
HIERARQUIA DA IGREJA CATÓLICA
 
Material de apoio à iniciação cristã
Material de apoio à iniciação cristãMaterial de apoio à iniciação cristã
Material de apoio à iniciação cristã
 
Os sacramento do batismo
Os sacramento do batismoOs sacramento do batismo
Os sacramento do batismo
 
Os sacramentos da igreja - Aula 01
Os sacramentos da igreja - Aula 01Os sacramentos da igreja - Aula 01
Os sacramentos da igreja - Aula 01
 
Missa
MissaMissa
Missa
 
Curso de liturgia
Curso de liturgiaCurso de liturgia
Curso de liturgia
 
missal passo a passo
missal passo a passomissal passo a passo
missal passo a passo
 
Itinerários do processo da iniciação a vida cristã
Itinerários do processo da iniciação a vida cristãItinerários do processo da iniciação a vida cristã
Itinerários do processo da iniciação a vida cristã
 
A espiritualidade do catequista
A espiritualidade do catequistaA espiritualidade do catequista
A espiritualidade do catequista
 
Sacramento do Batismo
Sacramento do BatismoSacramento do Batismo
Sacramento do Batismo
 

Destaque

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA
CATECISMO DA IGREJA CATÓLICACATECISMO DA IGREJA CATÓLICA
CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA
José Vieira Dos Santos
 
Catecismo em214slides
Catecismo em214slidesCatecismo em214slides
Catecismo em214slides
César Henrique
 
Igreja católica apostólica romana
Igreja católica apostólica romanaIgreja católica apostólica romana
Igreja católica apostólica romana
Mateus Lima
 
COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA - Primeira Parte | Primeira Seção
COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA - Primeira Parte | Primeira SeçãoCOMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA - Primeira Parte | Primeira Seção
COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA - Primeira Parte | Primeira Seção
Guardião Católico
 
Amare0871a80
Amare0871a80Amare0871a80
O sinal da cruz
O sinal da cruzO sinal da cruz
O sinal da cruz
Catequese Anjos dos Céus
 
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Ser cristão   objetivo primeiro da catequeseSer cristão   objetivo primeiro da catequese
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Catequese Anjos dos Céus
 
Projeto de evangelização igreja viva, sempre em missão
Projeto de evangelização   igreja viva, sempre em missãoProjeto de evangelização   igreja viva, sempre em missão
Projeto de evangelização igreja viva, sempre em missão
Catequese Anjos dos Céus
 
Natureza,finalidade e tarefas da catequese
Natureza,finalidade e tarefas da catequeseNatureza,finalidade e tarefas da catequese
Natureza,finalidade e tarefas da catequese
Catequese Anjos dos Céus
 
8 encontro mandamento 7 8 9 10
8 encontro mandamento 7 8 9 108 encontro mandamento 7 8 9 10
8 encontro mandamento 7 8 9 10
Catequese Anjos dos Céus
 
Apresentação Crescer na leitura da Biblia
Apresentação Crescer na leitura da BibliaApresentação Crescer na leitura da Biblia
Apresentação Crescer na leitura da Biblia
Catequese Anjos dos Céus
 
A Modestia
A ModestiaA Modestia
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Ser cristão   objetivo primeiro da catequeseSer cristão   objetivo primeiro da catequese
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Catequese Anjos dos Céus
 
Organização da catequese
Organização da catequeseOrganização da catequese
Organização da catequese
Catequese Anjos dos Céus
 
23º Encontro - Sacramento da Confissão
23º Encontro - Sacramento da Confissão23º Encontro - Sacramento da Confissão
23º Encontro - Sacramento da Confissão
Catequese Anjos dos Céus
 
14º Encontro da Crisma - MARIA
14º Encontro da Crisma - MARIA14º Encontro da Crisma - MARIA
14º Encontro da Crisma - MARIA
Catequese Anjos dos Céus
 
Orações para catquese infantil
Orações para catquese infantilOrações para catquese infantil
Orações para catquese infantil
Catequese Anjos dos Céus
 
2º encontro catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º encontro  catequese -  Igreja-Missa-Biblia2º encontro  catequese -  Igreja-Missa-Biblia
2º encontro catequese - Igreja-Missa-Biblia
Catequese Anjos dos Céus
 
Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016
Catequese Anjos dos Céus
 
3º encontro catequese - As maravilhas de Deus
3º encontro catequese - As maravilhas de Deus3º encontro catequese - As maravilhas de Deus
3º encontro catequese - As maravilhas de Deus
Catequese Anjos dos Céus
 

Destaque (20)

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA
CATECISMO DA IGREJA CATÓLICACATECISMO DA IGREJA CATÓLICA
CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA
 
Catecismo em214slides
Catecismo em214slidesCatecismo em214slides
Catecismo em214slides
 
Igreja católica apostólica romana
Igreja católica apostólica romanaIgreja católica apostólica romana
Igreja católica apostólica romana
 
COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA - Primeira Parte | Primeira Seção
COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA - Primeira Parte | Primeira SeçãoCOMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA - Primeira Parte | Primeira Seção
COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA - Primeira Parte | Primeira Seção
 
Amare0871a80
Amare0871a80Amare0871a80
Amare0871a80
 
O sinal da cruz
O sinal da cruzO sinal da cruz
O sinal da cruz
 
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Ser cristão   objetivo primeiro da catequeseSer cristão   objetivo primeiro da catequese
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
 
Projeto de evangelização igreja viva, sempre em missão
Projeto de evangelização   igreja viva, sempre em missãoProjeto de evangelização   igreja viva, sempre em missão
Projeto de evangelização igreja viva, sempre em missão
 
Natureza,finalidade e tarefas da catequese
Natureza,finalidade e tarefas da catequeseNatureza,finalidade e tarefas da catequese
Natureza,finalidade e tarefas da catequese
 
8 encontro mandamento 7 8 9 10
8 encontro mandamento 7 8 9 108 encontro mandamento 7 8 9 10
8 encontro mandamento 7 8 9 10
 
Apresentação Crescer na leitura da Biblia
Apresentação Crescer na leitura da BibliaApresentação Crescer na leitura da Biblia
Apresentação Crescer na leitura da Biblia
 
A Modestia
A ModestiaA Modestia
A Modestia
 
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Ser cristão   objetivo primeiro da catequeseSer cristão   objetivo primeiro da catequese
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
 
Organização da catequese
Organização da catequeseOrganização da catequese
Organização da catequese
 
23º Encontro - Sacramento da Confissão
23º Encontro - Sacramento da Confissão23º Encontro - Sacramento da Confissão
23º Encontro - Sacramento da Confissão
 
14º Encontro da Crisma - MARIA
14º Encontro da Crisma - MARIA14º Encontro da Crisma - MARIA
14º Encontro da Crisma - MARIA
 
Orações para catquese infantil
Orações para catquese infantilOrações para catquese infantil
Orações para catquese infantil
 
2º encontro catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º encontro  catequese -  Igreja-Missa-Biblia2º encontro  catequese -  Igreja-Missa-Biblia
2º encontro catequese - Igreja-Missa-Biblia
 
Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016
 
3º encontro catequese - As maravilhas de Deus
3º encontro catequese - As maravilhas de Deus3º encontro catequese - As maravilhas de Deus
3º encontro catequese - As maravilhas de Deus
 

Semelhante a O catecismo da igreja católica

Para Que Acreditem E Tenham Vida
Para Que Acreditem E Tenham VidaPara Que Acreditem E Tenham Vida
Para Que Acreditem E Tenham Vida
Luís Miguel Rodrigues
 
PARÓQUIA SÃO GERALDO - INICIAÇÃO CRISTÃ
PARÓQUIA SÃO GERALDO - INICIAÇÃO CRISTÃPARÓQUIA SÃO GERALDO - INICIAÇÃO CRISTÃ
PARÓQUIA SÃO GERALDO - INICIAÇÃO CRISTÃ
Ramon Gimenez
 
Catecismo da igreja católica melhor versão
Catecismo da igreja católica   melhor versãoCatecismo da igreja católica   melhor versão
Catecismo da igreja católica melhor versão
Jose Carlos S
 
Catecismo da Igreja Católica
Catecismo da Igreja Católica  Catecismo da Igreja Católica
Catecismo da Igreja Católica
GRUPO DE ORAÇÃO ANJO RAFAEL
 
Catecismo da Igreja Católica
Catecismo da Igreja CatólicaCatecismo da Igreja Católica
Catecismo da Igreja Católica
Carlinhos Pregador
 
Catecismo da igreja católica melhor versão
Catecismo da igreja católica   melhor versãoCatecismo da igreja católica   melhor versão
Catecismo da igreja católica melhor versão
rey3512
 
Doc 53 da cnbb
Doc 53 da cnbbDoc 53 da cnbb
Doc 53 da cnbb
Cassio Felipe
 
Querigma parte por parte
Querigma parte por parteQuerigma parte por parte
Querigma parte por parte
Cassio Felipe
 
Querigma parte por parte
Querigma parte por parteQuerigma parte por parte
Querigma parte por parte
Cassio Felipe
 
O catolicismo por laurence a. justice
O catolicismo por laurence a. justiceO catolicismo por laurence a. justice
O catolicismo por laurence a. justice
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Discipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igrejaDiscipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igreja
Josue Lima
 
Formação de Liturgia - 03/11/2013
Formação de Liturgia - 03/11/2013Formação de Liturgia - 03/11/2013
Formação de Liturgia - 03/11/2013
eusouaimaculada
 
Catequese Renovada
Catequese RenovadaCatequese Renovada
Catequese Renovada
Rodrigo Oliveira
 
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Robson Rocha
 
Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?
Noimix
 
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
Helio Diniz
 
Formação de catequistas
Formação de catequistasFormação de catequistas
Formação de catequistas
Catequese Anjos dos Céus
 
Como formar Discípulos Missionários para jesus.pptx
Como formar Discípulos Missionários para jesus.pptxComo formar Discípulos Missionários para jesus.pptx
Como formar Discípulos Missionários para jesus.pptx
Nuno Melo
 
Catecumenato
CatecumenatoCatecumenato
Catecumenato
paroquiasaojose
 
Capítulo 3 espiritualidade da rcc
Capítulo 3   espiritualidade da rccCapítulo 3   espiritualidade da rcc
Capítulo 3 espiritualidade da rcc
Klaus Newman
 

Semelhante a O catecismo da igreja católica (20)

Para Que Acreditem E Tenham Vida
Para Que Acreditem E Tenham VidaPara Que Acreditem E Tenham Vida
Para Que Acreditem E Tenham Vida
 
PARÓQUIA SÃO GERALDO - INICIAÇÃO CRISTÃ
PARÓQUIA SÃO GERALDO - INICIAÇÃO CRISTÃPARÓQUIA SÃO GERALDO - INICIAÇÃO CRISTÃ
PARÓQUIA SÃO GERALDO - INICIAÇÃO CRISTÃ
 
Catecismo da igreja católica melhor versão
Catecismo da igreja católica   melhor versãoCatecismo da igreja católica   melhor versão
Catecismo da igreja católica melhor versão
 
Catecismo da Igreja Católica
Catecismo da Igreja Católica  Catecismo da Igreja Católica
Catecismo da Igreja Católica
 
Catecismo da Igreja Católica
Catecismo da Igreja CatólicaCatecismo da Igreja Católica
Catecismo da Igreja Católica
 
Catecismo da igreja católica melhor versão
Catecismo da igreja católica   melhor versãoCatecismo da igreja católica   melhor versão
Catecismo da igreja católica melhor versão
 
Doc 53 da cnbb
Doc 53 da cnbbDoc 53 da cnbb
Doc 53 da cnbb
 
Querigma parte por parte
Querigma parte por parteQuerigma parte por parte
Querigma parte por parte
 
Querigma parte por parte
Querigma parte por parteQuerigma parte por parte
Querigma parte por parte
 
O catolicismo por laurence a. justice
O catolicismo por laurence a. justiceO catolicismo por laurence a. justice
O catolicismo por laurence a. justice
 
Discipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igrejaDiscipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igreja
 
Formação de Liturgia - 03/11/2013
Formação de Liturgia - 03/11/2013Formação de Liturgia - 03/11/2013
Formação de Liturgia - 03/11/2013
 
Catequese Renovada
Catequese RenovadaCatequese Renovada
Catequese Renovada
 
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
 
Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?
 
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
 
Formação de catequistas
Formação de catequistasFormação de catequistas
Formação de catequistas
 
Como formar Discípulos Missionários para jesus.pptx
Como formar Discípulos Missionários para jesus.pptxComo formar Discípulos Missionários para jesus.pptx
Como formar Discípulos Missionários para jesus.pptx
 
Catecumenato
CatecumenatoCatecumenato
Catecumenato
 
Capítulo 3 espiritualidade da rcc
Capítulo 3   espiritualidade da rccCapítulo 3   espiritualidade da rcc
Capítulo 3 espiritualidade da rcc
 

Mais de Catequese Anjos dos Céus

2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
Catequese Anjos dos Céus
 
Programação da Semana Santa de 2016
Programação da Semana Santa de 2016Programação da Semana Santa de 2016
Programação da Semana Santa de 2016
Catequese Anjos dos Céus
 
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 20161º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
Catequese Anjos dos Céus
 
22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços
22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços
22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços
Catequese Anjos dos Céus
 
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
Catequese Anjos dos Céus
 
20º Encontro Santíssima Trindade
20º Encontro   Santíssima Trindade20º Encontro   Santíssima Trindade
20º Encontro Santíssima Trindade
Catequese Anjos dos Céus
 
19º Encontro - A ressurreição de Jesus
19º Encontro - A ressurreição de Jesus19º Encontro - A ressurreição de Jesus
19º Encontro - A ressurreição de Jesus
Catequese Anjos dos Céus
 
18º Encontro Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus
18º Encontro  Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus18º Encontro  Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus
18º Encontro Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus
Catequese Anjos dos Céus
 
17º. Jesus nos fala por meio de histórias
17º. Jesus nos fala por meio de histórias17º. Jesus nos fala por meio de histórias
17º. Jesus nos fala por meio de histórias
Catequese Anjos dos Céus
 
17 encontro A Santa Ceia
17 encontro  A Santa Ceia17 encontro  A Santa Ceia
17 encontro A Santa Ceia
Catequese Anjos dos Céus
 
15º Encontro os Milagres de Jesus
15º Encontro os Milagres de Jesus15º Encontro os Milagres de Jesus
15º Encontro os Milagres de Jesus
Catequese Anjos dos Céus
 
15º Encontro de Crisma - Nascimento e Batismo de Jesus
15º Encontro de Crisma -  Nascimento e Batismo de Jesus15º Encontro de Crisma -  Nascimento e Batismo de Jesus
15º Encontro de Crisma - Nascimento e Batismo de Jesus
Catequese Anjos dos Céus
 
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
Catequese Anjos dos Céus
 
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
Catequese Anjos dos Céus
 
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
Catequese Anjos dos Céus
 
Apostila crisma-2015
Apostila crisma-2015Apostila crisma-2015
Apostila crisma-2015
Catequese Anjos dos Céus
 
12º encontro joao batista
12º encontro   joao batista12º encontro   joao batista
12º encontro joao batista
Catequese Anjos dos Céus
 
11 encontro nascimento de jesus-215
11 encontro nascimento de jesus-21511 encontro nascimento de jesus-215
11 encontro nascimento de jesus-215
Catequese Anjos dos Céus
 
10 encontro maria-2015
10 encontro   maria-201510 encontro   maria-2015
10 encontro maria-2015
Catequese Anjos dos Céus
 
09 enc juizes reis profetas
09 enc juizes reis profetas09 enc juizes reis profetas
09 enc juizes reis profetas
Catequese Anjos dos Céus
 

Mais de Catequese Anjos dos Céus (20)

2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
 
Programação da Semana Santa de 2016
Programação da Semana Santa de 2016Programação da Semana Santa de 2016
Programação da Semana Santa de 2016
 
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 20161º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
 
22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços
22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços
22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços
 
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
 
20º Encontro Santíssima Trindade
20º Encontro   Santíssima Trindade20º Encontro   Santíssima Trindade
20º Encontro Santíssima Trindade
 
19º Encontro - A ressurreição de Jesus
19º Encontro - A ressurreição de Jesus19º Encontro - A ressurreição de Jesus
19º Encontro - A ressurreição de Jesus
 
18º Encontro Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus
18º Encontro  Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus18º Encontro  Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus
18º Encontro Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus
 
17º. Jesus nos fala por meio de histórias
17º. Jesus nos fala por meio de histórias17º. Jesus nos fala por meio de histórias
17º. Jesus nos fala por meio de histórias
 
17 encontro A Santa Ceia
17 encontro  A Santa Ceia17 encontro  A Santa Ceia
17 encontro A Santa Ceia
 
15º Encontro os Milagres de Jesus
15º Encontro os Milagres de Jesus15º Encontro os Milagres de Jesus
15º Encontro os Milagres de Jesus
 
15º Encontro de Crisma - Nascimento e Batismo de Jesus
15º Encontro de Crisma -  Nascimento e Batismo de Jesus15º Encontro de Crisma -  Nascimento e Batismo de Jesus
15º Encontro de Crisma - Nascimento e Batismo de Jesus
 
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
 
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
 
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
 
Apostila crisma-2015
Apostila crisma-2015Apostila crisma-2015
Apostila crisma-2015
 
12º encontro joao batista
12º encontro   joao batista12º encontro   joao batista
12º encontro joao batista
 
11 encontro nascimento de jesus-215
11 encontro nascimento de jesus-21511 encontro nascimento de jesus-215
11 encontro nascimento de jesus-215
 
10 encontro maria-2015
10 encontro   maria-201510 encontro   maria-2015
10 encontro maria-2015
 
09 enc juizes reis profetas
09 enc juizes reis profetas09 enc juizes reis profetas
09 enc juizes reis profetas
 

Último

Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
helenawaya9
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
Festa dos Finalistas .
Festa dos Finalistas                    .Festa dos Finalistas                    .
Festa dos Finalistas .
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 

O catecismo da igreja católica

  • 2. INTRODUÇÃO Guardar o depósito da fé é uma missão de Cristo para a sua Igreja. A finalidade do Catecismo da Igreja Católica é expor a completa e integral doutrina católica, de tal maneira que cada pessoa possa conhecer o que a Igreja professa e celebra, vive e reza em seu cotidiano.
  • 3. • Um Catecismo deve apresentar com fidelidade e de modo orgânico o ensinamento da Sagrada Escritura, da Tradição e do Magistério, bem como dos santos padres, dos santos e santas da Igreja, para reavivar a fé do povo de Deus. • O catecismo não se sobrepõe à Sagrada Escritura, mas nos ajuda a lê-la no chão da história e à luz da fé. • Deve ajudar a iluminar, com a luz da fé, as novas situações e os problemas que não haviam no passado.
  • 4. O CATECISMO É: • válido e legítimo instrumento para a comunhão eclesial. • Norma segura para o ensino da fé • Texto de referência seguro e autêntico para os catecismos locais e para a própria catequese.
  • 5. PARA A CATEQUESE: • A atividade catequética poderá experimentar um impulso novo e amplo junto ao povo de Deus, se souber utilizar e avaliar adequadamente este catecismo. • Isto porque o catecismo quer ser uma exposição da fé de uma maneira litúrgica e bíblica, adaptada à vida atual dos cristãos. Ele vem iluminar a vida, visto que o Evangelho é seguimento radical de Cristo.
  • 6. • Pelo Catecismo, vemos toda a Revelação de Deus que enviou o seu Filho para a nossa salvação, por obra do Espírito Santo. • O Catecismo é oferecido a todos os que se perguntam a razão da esperança cristã e queiram conhecer aquilo que a Igreja Católica crê. • Ele quer expor a centralidade de Deus, uno e trino, revelado por Cristo no Espírito Santo. • A luz da verdadeira fé liberta a humanidade da ignorância e da escravidão do pecado, para a conduzir à única liberdade digna deste nome.
  • 7. • Para que isto aconteça, é preciso um ensinamento profundo, porém gradual, tendo como exemplo a pedagogia divina manifestada na Bíblia.
  • 8. O COMPÊNDIO DO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA • É uma síntese, segura e fiel do catecismo. • Tem como finalidade ser uma ajuda e estímulo para ser mais conhecido e aprofundado.
  • 9. Tem 3 características: • dependência do catecismo; • gênero dialógico (perguntas e respostas); • utilização de imagens. Não substitui o catecismo, mas a ele remete.
  • 10. CATECISMO EM PARTES • O Catecismo da Igreja Católica é dividido em 4 partes. • Os conteúdos destas partes, se referem à fé crida, celebrada, vivida e rezada e constituem um chamado à educação cristã integral • Quatro colunas da exposição da fé provenientes da tradição dos catecismos
  • 11. 1ª parte: A PROFISSÃO DE FÉ • síntese da “lex credendi”, ou seja, da fé professada pela Igreja Católica, retirada do Símbolo Apostólico ilustrado com o Niceno-Constantinopolitano. • Ilustra o encontro entre Deus e o homem e a resposta de fé que a Igreja, em nome de todos os homens, dá ao dom da Encarnação redentora do Filho de Deus e da sua divina revelação.
  • 12. 2ª parte: A CELEBRAÇÃO DO MISTÉRIO CRISTÃO • elementos essenciais da “lex celebrandi”. O anúncio do Evangelho encontra a sua resposta privilegiada na vida sacramental. • O sacrifício da cruz é a fonte da economia sacramental da Igreja. Na imagem, Maria, símbolo da Igreja, com a mão esquerda recolhe do lado aberto de Cristo sangue e água, símbolos dos sacramentos da Igreja.
  • 13. • A economia sacramental consiste em comunicar os frutos da redenção de Cristo mediante a celebração dos sacramentos da Igreja, principalmente da Eucaristia, “até que ele venha”
  • 14. 3ª parte: A VIDA EM CRISTO • evoca a “lex vivendi”: esforço que os batizados fazem para manifestar nos seus comportamentos e nas suas escolhas éticas a fidelidade à fé professada e celebrada. “Cristão, reconhece a tua dignidade. Por participares agora da natureza divina, não te degeneres retornando à decadência de tua vida passada. Lembra-te da Cabeça a que pertences e do Corpo de que és membro. Lembra-te de que foste arrancado do poder das trevas e transferido para a luz e o Reino de Deus” S. Leão Magno
  • 15. 4ª parte: A ORAÇÃO CRISTÃ • síntese da “lex orandi”, isto é, da vida de oração. A exemplo de Jesus, o modelo perfeito de orante, o cristão é chamado ao diálogo com Deus na oração, cuja expressão privilegiada é o Pai-Nosso • Todos os momentos são indicados para a oração. A Igreja, contudo, propõe aos fiéis tempos, destinados a cadenciar e alimentar a oração contínua: oração da manhã e da tarde, antes e depois das refeições; liturgia das Horas; Eucaristia dominical; Santo Rosário; Festas do Ano Litúrgico.
  • 16. • “Para mim, a oração é um impulso do coração, é um simples olhar lançado ao céu, um grito de reconhecimento e amor no meio da provação ou no meio da alegria” S. Teresinha do Menino Jesus