SlideShare uma empresa Scribd logo
Mãezinha do Céu
Padre Marcelo Rossi
Mãezinha do céu, eu não sei rezar
Eu só sei dizer quero te amar
Azul é seu manto, branco é seu véu
Mãezinha eu quero te ver lá no céu
Mãezinha do céu, mãe do puro amor
Jesus é seu filho
Eu também sou
Mãezinha do céu, vou te consagrar
A minha inocência, guarda-a sem
cessar
Azul é teu manto, branco é seu véu
Mãezinha eu quero te ver lá no céu
Maria era uma jovem com outras jovens da
época.
Pertencia a uma família simples da cidade de
Nazaré, na Palestina. Seus pais eram Joaquim
e Ana.
Era uma jovem muito bondosa, humilde,
trabalhadora, estudava as escrituras e estava
sempre pronta a ajudar os outros.
Procurava viver a ALIANÇA; por isso, observava os
MANDAMENTOS DE DEUS.
E como todos os judeus esperava pela vinda do
Messias.Sant’ana com Maria
Com o ‘SIM’ de Maria, o Filho de Deus se fez como nós.
Maria era profetizada no Antigo Testamento
"Por isso, o próprio Senhor vos dará um
sinal: uma virgem conceberá e dará à luz um
filho, e o chamará Deus Conosco". (Is 7,14)
A Anunciação do anjo à Maria marca o início da Redenção
humana. Com seu “sim”, Maria divide a história da humanidade em
antes e depois, em velho e novo. Através dela o Filho de Deus se fará
homem e se fará presente e atuante em seu tempo e por toda a
eternidade.
Seis meses depois do início da gravidez de
Isabel (prima de Maria e Mãe de João
Batista), Gabriel (o anjo) vai até Nazaré e
sauda Maria, mulher prometida a José: “Salve
cheia de graça; o Senhor é contigo.” Foi
anunciada a virgem que daria à luz um filho e
que deveria ser chamado de Jesus. E disse
mais: que seria chamado filho do Altíssimo,
Filho de Deus. O anjo disse que Jesus seria
“grande”.
Este é o momento da Anunciação a Nossa
Senhora, é o momento em que Cristo começa
a ser gerado no ventre de Maria. A jovem,
que questiona o anjo por não entender como,
tal coisa poderia acontecer já que não
conhecia homem, consegue perceber nas
palavras do mensageiro a certeza de Deus e
Sua verdade.Lc 1, 26-56
Maria visita Isabel
A Virgem Maria, após ter
recebido do Arcanjo Gabriel a
notícia que a sua parente
Isabel, mulher de Zacarias,
estava de seis meses e daria á
luz um filho, apressou-se a ir
visitá-la e a ajuda-lá, pois
Isabel já era de idade
avançada. Entrou em casa de
Zacarias e saudou Isabel.
Lc 1, 46-56
Maria exemplo de humildade
*Mesmo sabendo que ir ser Mãe de Deus, não ficou orgulhosa. Não se considerava
melhor do que as outras mulheres.
Maria sabia quando se diz sim a DEUS, deve
dizer sim também ao irmãos necessitado
Maria era prometida em casamento a
José , logo foi contar a seu noivo o que
tinha acontecido. Naquele tempo, a
mulher que engravidasse, sem se casar
era apedrejada até morrer.
Mas o mesmo anjo lhe aparece em sonho
e fala para José aceitar Maria como sua
esposa, porque o filho que ela espera é o
filho de Deus e confirma tudo o que Maria
lhe contara.
E assim que José e Maria se casam.
Lc 1, 18-25
José homem justo e bondoso, foi colocado por Deus nesta terra para proteger o menino
Jesus e Nossa Senhora.
José e Maria foram as únicas pessoas que atingiram o maior graus de santidade que uma
criatura humana pode alcançar.
A palavra Dogma
uma verdade divina, revelada e acatada
pelos fiéis da Igreja.
São quatro os dogmas de Nossa Senhora;
•Perpétua virgindade - Maria concebeu
Jesus pelo poder do Espirito Santo. Maria foi
virgem antes e depois do parto continuou
virgem.
•Mãe de Deus - Maria é verdadeiramente a
mãe de Deus encarnado em Jesus Cristo.
•Imaculada Conceição - Maria foi concebida
sem a mancha do pecado original (é o pecado
de Eva - a desobediencia - orgulho)
•Assunção de Maria - Maria foi elevada ao
céu, pelo poder de Deus, porque não tinha
pecado, e não falamos de morte e sim da
dormição de Maria.
Nossa Senhora, é uma só, mas é
honrada com diversos titulos, que
podem fazer referencia a suas virtudes,
ou aos locais em que apareceu, tais
como;
Nossa Senhoras de Nazaré,
Nossa Senhora da Conceição Aparecida,
Nossa Senhora do Rosario,
Nossa Senhora de Guadalupe,
Nossa Senhora de Lourdes,
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro,
Nossa Senhora do Carmo,
Nossa Senhora de Fatima,
dentre outros titulos
Tudo isso é parte do cumprimento da profecia que
encontramos no Evangelho de Lucas 1, 48: “E todas as
gerações me proclamarão bem-aventurada”.
O que é INDERCEDER?
é pedir por alguém à Jesus por uma
graça, por salvação ou uma dificuldade.
Devemos AMAR Nossa Senhora de todo
o coração, mas não “adorá-la” pois
privilegio este que é de nosso Senhor.
Devemos sim venerar (saudar, prestar
culto, respeitar profundamente,
devotar de grande consideração).
A Imagem de Nossa Senhora é para nos
lembrarmos de sua presença e
olharmos e sentirmos seu amor
maternal, mas não para adorá-la.
modelo de esperança, obediência, aquela que
intercede por nós junto a Jesus ...
1° - Anunciação do
Arcanjo Gabriel a
Nossa Senhora.
2 ° - A visita de Nossa
Senhora à sua prima
Santa Isabel
Mistérios GOZOSOS (2ª feira e sábado)
3 ° - O Nascimento do
Menino Jesus na gruta
de Belém.
4° - A apresentação do
Menino Jesus no
templo.
5 ° - O encontro do
Menino Jesus no
templo.
Ao iniciarmos, fazemos o sinal da cruz e
apresentamos nossas intenções do terço
(Oferecimento).
Em seguida segurando a cruz do terço, reza-se o
Credo, após rezemos em honra a Santíssima
Trindade – 1 Pai Nosso e 3 Aves Maria.
Iniciamos o Terço contemplando o mistério.
Santuário são Judas Tadeu

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Encontros de catequese
Encontros de catequeseEncontros de catequese
Encontros de catequese
sheilajo
 
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completoLivro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Bernadetecebs .
 
Curso de liturgia
Curso de liturgiaCurso de liturgia
Curso de liturgia
mbsilva1971
 
A santa missa parte por parte
A santa missa parte por parteA santa missa parte por parte
A santa missa parte por parte
Francisco Rodrigues
 
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Rodrigo F Menegatti
 
Novena ao Padroeiro Santo André 2010
Novena ao Padroeiro Santo André 2010Novena ao Padroeiro Santo André 2010
Novena ao Padroeiro Santo André 2010
José Vieira Dos Santos
 
Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.
Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.
Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.
Márcio Martins
 
Querigma das cores - Pregação infantil - Rogério Souza
Querigma das cores - Pregação infantil - Rogério SouzaQuerigma das cores - Pregação infantil - Rogério Souza
Querigma das cores - Pregação infantil - Rogério Souza
Rogerio Souza
 
Comunidade - Querigma das cores
Comunidade - Querigma das coresComunidade - Querigma das cores
Comunidade - Querigma das cores
Rogerio Souza
 
A missa– parte por parte
A missa– parte por parteA missa– parte por parte
A missa– parte por parte
Jean
 
Missa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra - Mesa da Eucarístia
Missa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra -  Mesa da EucarístiaMissa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra -  Mesa da Eucarístia
Missa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra - Mesa da Eucarístia
Cris-Keka Mania
 
Planejamento Semanal da Catequese
Planejamento Semanal da CatequesePlanejamento Semanal da Catequese
Planejamento Semanal da Catequese
Catequista Josivaldo
 
Espírito santo querigma das cores
Espírito santo   querigma das coresEspírito santo   querigma das cores
Espírito santo querigma das cores
Rogerio Souza
 
Kids em missão
Kids em missãoKids em missão
Kids em missão
comunicacaopjcl
 
Primeira etapa
Primeira etapaPrimeira etapa
Primeira etapa
KellyJanurio
 
Slide semana santa
Slide semana santaSlide semana santa
Slide semana santa
jucrismm
 
A CRISMA Catequese para pais e padrinhos
A CRISMA Catequese para pais e padrinhosA CRISMA Catequese para pais e padrinhos
A CRISMA Catequese para pais e padrinhos
Catequista Josivaldo
 
Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016
Catequese Anjos dos Céus
 
Rica
RicaRica
Curso de-ministros
Curso de-ministrosCurso de-ministros
Curso de-ministros
Wesley Mallbross
 

Mais procurados (20)

Encontros de catequese
Encontros de catequeseEncontros de catequese
Encontros de catequese
 
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completoLivro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
 
Curso de liturgia
Curso de liturgiaCurso de liturgia
Curso de liturgia
 
A santa missa parte por parte
A santa missa parte por parteA santa missa parte por parte
A santa missa parte por parte
 
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos Formação batismo pais e padrinhos Católicos
Formação batismo pais e padrinhos Católicos
 
Novena ao Padroeiro Santo André 2010
Novena ao Padroeiro Santo André 2010Novena ao Padroeiro Santo André 2010
Novena ao Padroeiro Santo André 2010
 
Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.
Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.
Maria, Mãe de Jesus uma Serva Humilde.
 
Querigma das cores - Pregação infantil - Rogério Souza
Querigma das cores - Pregação infantil - Rogério SouzaQuerigma das cores - Pregação infantil - Rogério Souza
Querigma das cores - Pregação infantil - Rogério Souza
 
Comunidade - Querigma das cores
Comunidade - Querigma das coresComunidade - Querigma das cores
Comunidade - Querigma das cores
 
A missa– parte por parte
A missa– parte por parteA missa– parte por parte
A missa– parte por parte
 
Missa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra - Mesa da Eucarístia
Missa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra -  Mesa da EucarístiaMissa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra -  Mesa da Eucarístia
Missa-Origem, gestos e símbolos - Mesa da Palavra - Mesa da Eucarístia
 
Planejamento Semanal da Catequese
Planejamento Semanal da CatequesePlanejamento Semanal da Catequese
Planejamento Semanal da Catequese
 
Espírito santo querigma das cores
Espírito santo   querigma das coresEspírito santo   querigma das cores
Espírito santo querigma das cores
 
Kids em missão
Kids em missãoKids em missão
Kids em missão
 
Primeira etapa
Primeira etapaPrimeira etapa
Primeira etapa
 
Slide semana santa
Slide semana santaSlide semana santa
Slide semana santa
 
A CRISMA Catequese para pais e padrinhos
A CRISMA Catequese para pais e padrinhosA CRISMA Catequese para pais e padrinhos
A CRISMA Catequese para pais e padrinhos
 
Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016
 
Rica
RicaRica
Rica
 
Curso de-ministros
Curso de-ministrosCurso de-ministros
Curso de-ministros
 

Destaque

Salvação dos Ricos
Salvação dos RicosSalvação dos Ricos
Salvação dos Ricos
igmateus
 
A Modestia
A ModestiaA Modestia
Lição 1 - Introdução à História da Salvação
Lição 1 - Introdução à História da SalvaçãoLição 1 - Introdução à História da Salvação
Lição 1 - Introdução à História da Salvação
Cleonilson Freitas
 
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
Catequese Anjos dos Céus
 
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
Catequese Anjos dos Céus
 
22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços
22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços
22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços
Catequese Anjos dos Céus
 
11 encontro nascimento de jesus-215
11 encontro nascimento de jesus-21511 encontro nascimento de jesus-215
11 encontro nascimento de jesus-215
Catequese Anjos dos Céus
 
17º. Jesus nos fala por meio de histórias
17º. Jesus nos fala por meio de histórias17º. Jesus nos fala por meio de histórias
17º. Jesus nos fala por meio de histórias
Catequese Anjos dos Céus
 
A história da salvação
A história da salvaçãoA história da salvação
A história da salvação
Vinicio Pacifico
 
A Historia Da Salvacao
A Historia Da SalvacaoA Historia Da Salvacao
A Historia Da Salvacao
JNR
 
17 encontro A Santa Ceia
17 encontro  A Santa Ceia17 encontro  A Santa Ceia
17 encontro A Santa Ceia
Catequese Anjos dos Céus
 
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
Catequese Anjos dos Céus
 
15º Encontro os Milagres de Jesus
15º Encontro os Milagres de Jesus15º Encontro os Milagres de Jesus
15º Encontro os Milagres de Jesus
Catequese Anjos dos Céus
 
20º Encontro Santíssima Trindade
20º Encontro   Santíssima Trindade20º Encontro   Santíssima Trindade
20º Encontro Santíssima Trindade
Catequese Anjos dos Céus
 
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
Catequese Anjos dos Céus
 
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Ser cristão   objetivo primeiro da catequeseSer cristão   objetivo primeiro da catequese
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Catequese Anjos dos Céus
 
8 encontro mandamento 7 8 9 10
8 encontro mandamento 7 8 9 108 encontro mandamento 7 8 9 10
8 encontro mandamento 7 8 9 10
Catequese Anjos dos Céus
 
12º encontro joao batista
12º encontro   joao batista12º encontro   joao batista
12º encontro joao batista
Catequese Anjos dos Céus
 
Querigma e catequese
Querigma e catequeseQuerigma e catequese
Querigma e catequese
Francisco Rodrigues
 
A promessa de Deus a Abraão
A promessa de Deus a AbraãoA promessa de Deus a Abraão
A promessa de Deus a Abraão
Cabralrocha
 

Destaque (20)

Salvação dos Ricos
Salvação dos RicosSalvação dos Ricos
Salvação dos Ricos
 
A Modestia
A ModestiaA Modestia
A Modestia
 
Lição 1 - Introdução à História da Salvação
Lição 1 - Introdução à História da SalvaçãoLição 1 - Introdução à História da Salvação
Lição 1 - Introdução à História da Salvação
 
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
 
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
14ºEncontro - Jesus chama os Apostolos
 
22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços
22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços
22º Encontro - Sacramentos de Cura e Serviços
 
11 encontro nascimento de jesus-215
11 encontro nascimento de jesus-21511 encontro nascimento de jesus-215
11 encontro nascimento de jesus-215
 
17º. Jesus nos fala por meio de histórias
17º. Jesus nos fala por meio de histórias17º. Jesus nos fala por meio de histórias
17º. Jesus nos fala por meio de histórias
 
A história da salvação
A história da salvaçãoA história da salvação
A história da salvação
 
A Historia Da Salvacao
A Historia Da SalvacaoA Historia Da Salvacao
A Historia Da Salvacao
 
17 encontro A Santa Ceia
17 encontro  A Santa Ceia17 encontro  A Santa Ceia
17 encontro A Santa Ceia
 
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
 
15º Encontro os Milagres de Jesus
15º Encontro os Milagres de Jesus15º Encontro os Milagres de Jesus
15º Encontro os Milagres de Jesus
 
20º Encontro Santíssima Trindade
20º Encontro   Santíssima Trindade20º Encontro   Santíssima Trindade
20º Encontro Santíssima Trindade
 
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
 
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Ser cristão   objetivo primeiro da catequeseSer cristão   objetivo primeiro da catequese
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
 
8 encontro mandamento 7 8 9 10
8 encontro mandamento 7 8 9 108 encontro mandamento 7 8 9 10
8 encontro mandamento 7 8 9 10
 
12º encontro joao batista
12º encontro   joao batista12º encontro   joao batista
12º encontro joao batista
 
Querigma e catequese
Querigma e catequeseQuerigma e catequese
Querigma e catequese
 
A promessa de Deus a Abraão
A promessa de Deus a AbraãoA promessa de Deus a Abraão
A promessa de Deus a Abraão
 

Semelhante a 10 encontro maria-2015

Atividades Novo Testamento para crianças
Atividades Novo Testamento para criançasAtividades Novo Testamento para crianças
Atividades Novo Testamento para crianças
MariGiopato
 
Infância de Jesus
Infância de JesusInfância de Jesus
Infância de Jesus
aprofundar
 
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus — Uma Serva Humilde
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus — Uma Serva HumildeLição 11 - Maria, Mãe de Jesus — Uma Serva Humilde
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus — Uma Serva Humilde
I.A.D.F.J - SAMAMABAIA SUL
 
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11  maria mãe de jesus - uma serva humildeLição 11  maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humilde
Pr. Andre Luiz
 
Advent e natal 1 na biblia (portugues)
Advent e natal   1 na biblia (portugues)Advent e natal   1 na biblia (portugues)
Advent e natal 1 na biblia (portugues)
Martin M Flynn
 
16917462 Espiritismo Infantil Historia 31
16917462 Espiritismo Infantil Historia 3116917462 Espiritismo Infantil Historia 31
16917462 Espiritismo Infantil Historia 31
Ana Cristina Freitas
 
MVEB: estudo3 Maria de Nazaré
MVEB: estudo3 Maria de NazaréMVEB: estudo3 Maria de Nazaré
MVEB: estudo3 Maria de Nazaré
barducostefane
 
Isabel e Zacarias viveram Milagres.docx
Isabel e Zacarias viveram Milagres.docxIsabel e Zacarias viveram Milagres.docx
Isabel e Zacarias viveram Milagres.docx
sergio dos santos
 
Maria na biblia
Maria na bibliaMaria na biblia
Maria na biblia
Martin M Flynn
 
Revisão
Revisão Revisão
Monografia Ciência da Religião
Monografia Ciência da ReligiãoMonografia Ciência da Religião
Monografia Ciência da Religião
Alessandro Emiliano de Araujo
 
Mistérios gozosos
Mistérios gozososMistérios gozosos
Mistérios gozosos
conceicaoborges
 
Revisão
RevisãoRevisão
01-dizer-sim-a-deus.ppt
01-dizer-sim-a-deus.ppt01-dizer-sim-a-deus.ppt
01-dizer-sim-a-deus.ppt
WendelFialho
 
Cat09
Cat09Cat09
GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015
GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015
GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015
Gerson G. Ramos
 
Cards Rosário
Cards RosárioCards Rosário
Cards Rosário
Maria Antonieta Silva
 
Aula o sentido do natal . lição 2.
Aula o sentido do natal . lição 2.Aula o sentido do natal . lição 2.
Aula o sentido do natal . lição 2.
חגי חאמד
 
Lição 11 - Maria mãe de jesus — uma serva humilde
Lição 11 - Maria mãe de jesus — uma serva humildeLição 11 - Maria mãe de jesus — uma serva humilde
Lição 11 - Maria mãe de jesus — uma serva humilde
Erberson Pinheiro
 
Deus supera
Deus superaDeus supera
Deus supera
G. Gomes
 

Semelhante a 10 encontro maria-2015 (20)

Atividades Novo Testamento para crianças
Atividades Novo Testamento para criançasAtividades Novo Testamento para crianças
Atividades Novo Testamento para crianças
 
Infância de Jesus
Infância de JesusInfância de Jesus
Infância de Jesus
 
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus — Uma Serva Humilde
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus — Uma Serva HumildeLição 11 - Maria, Mãe de Jesus — Uma Serva Humilde
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus — Uma Serva Humilde
 
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11  maria mãe de jesus - uma serva humildeLição 11  maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humilde
 
Advent e natal 1 na biblia (portugues)
Advent e natal   1 na biblia (portugues)Advent e natal   1 na biblia (portugues)
Advent e natal 1 na biblia (portugues)
 
16917462 Espiritismo Infantil Historia 31
16917462 Espiritismo Infantil Historia 3116917462 Espiritismo Infantil Historia 31
16917462 Espiritismo Infantil Historia 31
 
MVEB: estudo3 Maria de Nazaré
MVEB: estudo3 Maria de NazaréMVEB: estudo3 Maria de Nazaré
MVEB: estudo3 Maria de Nazaré
 
Isabel e Zacarias viveram Milagres.docx
Isabel e Zacarias viveram Milagres.docxIsabel e Zacarias viveram Milagres.docx
Isabel e Zacarias viveram Milagres.docx
 
Maria na biblia
Maria na bibliaMaria na biblia
Maria na biblia
 
Revisão
Revisão Revisão
Revisão
 
Monografia Ciência da Religião
Monografia Ciência da ReligiãoMonografia Ciência da Religião
Monografia Ciência da Religião
 
Mistérios gozosos
Mistérios gozososMistérios gozosos
Mistérios gozosos
 
Revisão
RevisãoRevisão
Revisão
 
01-dizer-sim-a-deus.ppt
01-dizer-sim-a-deus.ppt01-dizer-sim-a-deus.ppt
01-dizer-sim-a-deus.ppt
 
Cat09
Cat09Cat09
Cat09
 
GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015
GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015
GGR_As mulheres no ministério de Jesus_622015
 
Cards Rosário
Cards RosárioCards Rosário
Cards Rosário
 
Aula o sentido do natal . lição 2.
Aula o sentido do natal . lição 2.Aula o sentido do natal . lição 2.
Aula o sentido do natal . lição 2.
 
Lição 11 - Maria mãe de jesus — uma serva humilde
Lição 11 - Maria mãe de jesus — uma serva humildeLição 11 - Maria mãe de jesus — uma serva humilde
Lição 11 - Maria mãe de jesus — uma serva humilde
 
Deus supera
Deus superaDeus supera
Deus supera
 

Mais de Catequese Anjos dos Céus

Programação da Semana Santa de 2016
Programação da Semana Santa de 2016Programação da Semana Santa de 2016
Programação da Semana Santa de 2016
Catequese Anjos dos Céus
 
23º Encontro - Sacramento da Confissão
23º Encontro - Sacramento da Confissão23º Encontro - Sacramento da Confissão
23º Encontro - Sacramento da Confissão
Catequese Anjos dos Céus
 
19º Encontro - A ressurreição de Jesus
19º Encontro - A ressurreição de Jesus19º Encontro - A ressurreição de Jesus
19º Encontro - A ressurreição de Jesus
Catequese Anjos dos Céus
 
18º Encontro Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus
18º Encontro  Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus18º Encontro  Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus
18º Encontro Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus
Catequese Anjos dos Céus
 
15º Encontro de Crisma - Nascimento e Batismo de Jesus
15º Encontro de Crisma -  Nascimento e Batismo de Jesus15º Encontro de Crisma -  Nascimento e Batismo de Jesus
15º Encontro de Crisma - Nascimento e Batismo de Jesus
Catequese Anjos dos Céus
 
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
Catequese Anjos dos Céus
 
Apostila crisma-2015
Apostila crisma-2015Apostila crisma-2015
Apostila crisma-2015
Catequese Anjos dos Céus
 
09 enc juizes reis profetas
09 enc juizes reis profetas09 enc juizes reis profetas
09 enc juizes reis profetas
Catequese Anjos dos Céus
 
7° encontro mandamento 4, 5 e 6
7° encontro   mandamento 4, 5 e 67° encontro   mandamento 4, 5 e 6
7° encontro mandamento 4, 5 e 6
Catequese Anjos dos Céus
 
6º encontro Moises e os Mandamentos-pdf
6º encontro Moises e os Mandamentos-pdf6º encontro Moises e os Mandamentos-pdf
6º encontro Moises e os Mandamentos-pdf
Catequese Anjos dos Céus
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
Catequese Anjos dos Céus
 
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Ser cristão   objetivo primeiro da catequeseSer cristão   objetivo primeiro da catequese
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Catequese Anjos dos Céus
 
Projeto de evangelização igreja viva, sempre em missão
Projeto de evangelização   igreja viva, sempre em missãoProjeto de evangelização   igreja viva, sempre em missão
Projeto de evangelização igreja viva, sempre em missão
Catequese Anjos dos Céus
 

Mais de Catequese Anjos dos Céus (13)

Programação da Semana Santa de 2016
Programação da Semana Santa de 2016Programação da Semana Santa de 2016
Programação da Semana Santa de 2016
 
23º Encontro - Sacramento da Confissão
23º Encontro - Sacramento da Confissão23º Encontro - Sacramento da Confissão
23º Encontro - Sacramento da Confissão
 
19º Encontro - A ressurreição de Jesus
19º Encontro - A ressurreição de Jesus19º Encontro - A ressurreição de Jesus
19º Encontro - A ressurreição de Jesus
 
18º Encontro Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus
18º Encontro  Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus18º Encontro  Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus
18º Encontro Paixao-morte-ressurreição e ascensão de Jesus
 
15º Encontro de Crisma - Nascimento e Batismo de Jesus
15º Encontro de Crisma -  Nascimento e Batismo de Jesus15º Encontro de Crisma -  Nascimento e Batismo de Jesus
15º Encontro de Crisma - Nascimento e Batismo de Jesus
 
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
 
Apostila crisma-2015
Apostila crisma-2015Apostila crisma-2015
Apostila crisma-2015
 
09 enc juizes reis profetas
09 enc juizes reis profetas09 enc juizes reis profetas
09 enc juizes reis profetas
 
7° encontro mandamento 4, 5 e 6
7° encontro   mandamento 4, 5 e 67° encontro   mandamento 4, 5 e 6
7° encontro mandamento 4, 5 e 6
 
6º encontro Moises e os Mandamentos-pdf
6º encontro Moises e os Mandamentos-pdf6º encontro Moises e os Mandamentos-pdf
6º encontro Moises e os Mandamentos-pdf
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Ser cristão   objetivo primeiro da catequeseSer cristão   objetivo primeiro da catequese
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
 
Projeto de evangelização igreja viva, sempre em missão
Projeto de evangelização   igreja viva, sempre em missãoProjeto de evangelização   igreja viva, sempre em missão
Projeto de evangelização igreja viva, sempre em missão
 

Último

Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 

Último (20)

Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 

10 encontro maria-2015

  • 1.
  • 2. Mãezinha do Céu Padre Marcelo Rossi Mãezinha do céu, eu não sei rezar Eu só sei dizer quero te amar Azul é seu manto, branco é seu véu Mãezinha eu quero te ver lá no céu Mãezinha do céu, mãe do puro amor Jesus é seu filho Eu também sou Mãezinha do céu, vou te consagrar A minha inocência, guarda-a sem cessar Azul é teu manto, branco é seu véu Mãezinha eu quero te ver lá no céu
  • 3. Maria era uma jovem com outras jovens da época. Pertencia a uma família simples da cidade de Nazaré, na Palestina. Seus pais eram Joaquim e Ana. Era uma jovem muito bondosa, humilde, trabalhadora, estudava as escrituras e estava sempre pronta a ajudar os outros. Procurava viver a ALIANÇA; por isso, observava os MANDAMENTOS DE DEUS. E como todos os judeus esperava pela vinda do Messias.Sant’ana com Maria Com o ‘SIM’ de Maria, o Filho de Deus se fez como nós.
  • 4. Maria era profetizada no Antigo Testamento "Por isso, o próprio Senhor vos dará um sinal: uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e o chamará Deus Conosco". (Is 7,14) A Anunciação do anjo à Maria marca o início da Redenção humana. Com seu “sim”, Maria divide a história da humanidade em antes e depois, em velho e novo. Através dela o Filho de Deus se fará homem e se fará presente e atuante em seu tempo e por toda a eternidade.
  • 5. Seis meses depois do início da gravidez de Isabel (prima de Maria e Mãe de João Batista), Gabriel (o anjo) vai até Nazaré e sauda Maria, mulher prometida a José: “Salve cheia de graça; o Senhor é contigo.” Foi anunciada a virgem que daria à luz um filho e que deveria ser chamado de Jesus. E disse mais: que seria chamado filho do Altíssimo, Filho de Deus. O anjo disse que Jesus seria “grande”. Este é o momento da Anunciação a Nossa Senhora, é o momento em que Cristo começa a ser gerado no ventre de Maria. A jovem, que questiona o anjo por não entender como, tal coisa poderia acontecer já que não conhecia homem, consegue perceber nas palavras do mensageiro a certeza de Deus e Sua verdade.Lc 1, 26-56
  • 6. Maria visita Isabel A Virgem Maria, após ter recebido do Arcanjo Gabriel a notícia que a sua parente Isabel, mulher de Zacarias, estava de seis meses e daria á luz um filho, apressou-se a ir visitá-la e a ajuda-lá, pois Isabel já era de idade avançada. Entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel. Lc 1, 46-56 Maria exemplo de humildade *Mesmo sabendo que ir ser Mãe de Deus, não ficou orgulhosa. Não se considerava melhor do que as outras mulheres. Maria sabia quando se diz sim a DEUS, deve dizer sim também ao irmãos necessitado
  • 7. Maria era prometida em casamento a José , logo foi contar a seu noivo o que tinha acontecido. Naquele tempo, a mulher que engravidasse, sem se casar era apedrejada até morrer. Mas o mesmo anjo lhe aparece em sonho e fala para José aceitar Maria como sua esposa, porque o filho que ela espera é o filho de Deus e confirma tudo o que Maria lhe contara. E assim que José e Maria se casam. Lc 1, 18-25 José homem justo e bondoso, foi colocado por Deus nesta terra para proteger o menino Jesus e Nossa Senhora. José e Maria foram as únicas pessoas que atingiram o maior graus de santidade que uma criatura humana pode alcançar.
  • 8. A palavra Dogma uma verdade divina, revelada e acatada pelos fiéis da Igreja. São quatro os dogmas de Nossa Senhora; •Perpétua virgindade - Maria concebeu Jesus pelo poder do Espirito Santo. Maria foi virgem antes e depois do parto continuou virgem. •Mãe de Deus - Maria é verdadeiramente a mãe de Deus encarnado em Jesus Cristo. •Imaculada Conceição - Maria foi concebida sem a mancha do pecado original (é o pecado de Eva - a desobediencia - orgulho) •Assunção de Maria - Maria foi elevada ao céu, pelo poder de Deus, porque não tinha pecado, e não falamos de morte e sim da dormição de Maria.
  • 9. Nossa Senhora, é uma só, mas é honrada com diversos titulos, que podem fazer referencia a suas virtudes, ou aos locais em que apareceu, tais como; Nossa Senhoras de Nazaré, Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Nossa Senhora do Rosario, Nossa Senhora de Guadalupe, Nossa Senhora de Lourdes, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Nossa Senhora do Carmo, Nossa Senhora de Fatima, dentre outros titulos Tudo isso é parte do cumprimento da profecia que encontramos no Evangelho de Lucas 1, 48: “E todas as gerações me proclamarão bem-aventurada”.
  • 10. O que é INDERCEDER? é pedir por alguém à Jesus por uma graça, por salvação ou uma dificuldade. Devemos AMAR Nossa Senhora de todo o coração, mas não “adorá-la” pois privilegio este que é de nosso Senhor. Devemos sim venerar (saudar, prestar culto, respeitar profundamente, devotar de grande consideração). A Imagem de Nossa Senhora é para nos lembrarmos de sua presença e olharmos e sentirmos seu amor maternal, mas não para adorá-la. modelo de esperança, obediência, aquela que intercede por nós junto a Jesus ...
  • 11. 1° - Anunciação do Arcanjo Gabriel a Nossa Senhora. 2 ° - A visita de Nossa Senhora à sua prima Santa Isabel Mistérios GOZOSOS (2ª feira e sábado) 3 ° - O Nascimento do Menino Jesus na gruta de Belém. 4° - A apresentação do Menino Jesus no templo. 5 ° - O encontro do Menino Jesus no templo. Ao iniciarmos, fazemos o sinal da cruz e apresentamos nossas intenções do terço (Oferecimento). Em seguida segurando a cruz do terço, reza-se o Credo, após rezemos em honra a Santíssima Trindade – 1 Pai Nosso e 3 Aves Maria. Iniciamos o Terço contemplando o mistério.