SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
É um hábito comum formularmos no início de cada ano uma série de
promessas. Muitas com o propósito de fazer, de mudar, de iniciar tal e tal
coisa. Outras com o propósito de não fazer, de não mais cultivar algo que
reputamos maléfico ao nosso corpo ou à nossa alma. O calendário e suas
alterações são, todavia, apenas convenções humanas, porque uma existência
neste mundo deve ser considerada globalmente e nisso somente duas datas
são realmente relevantes: o dia em que chegamos para uma nova
experiência reencarnatória e o dia em que voltaremos à verdadeira pátria.
Quando o final de mais um ano se aproxima, surge muita expectativa sobre
o próximo, quando acreditamos que tudo será diferente.
Vamos iniciar mais um ano, em que as esperanças de um futuro melhor para
a Humanidade são renovadas. Começamos a sonhar, idealizando as coisas
boas desejadas e não realizadas no período a se findar, entretanto, segundo o
nosso entendimento, certamente no próximo ano se tornarão realidade.
Enchemo-nos de esperança, afinal, o que passou, passou, agora é olhar para
frente com fé, e nada melhor do que um ano novinho em folha para nos
insuflar a confiança. O Ano Novo que surge, apesar de ser uma simples
alteração de calendário, traz o simbolismo de um novo tempo, de novas
esperanças e de novas metas a serem alcançadas. Um adágio popular afirma
o ano novo como vida nova. Será mesmo? Será que a simples mudança de
calendário define um viver diferenciado para melhor?
Mas se o Ano Novo pode corresponder a “Vida Nova”, então é necessário
que a sociedade se mentalize para tudo fazer, no sentido de cada pessoa dar
o seu contributo, a sua quota-parte, para que a situação se altere. O Ano
Novo chama-nos a uma reflexão, concitando-nos a fazer um balanço das
nossas atitudes, dos nossos pensamentos e dos nossos sentimentos que
praticamos no ano que está se findando; o que ficou faltando fazer e o
quanto poderíamos ter caminhado mais. Não há a menor dúvida sobre a
propriedade do pensamento positivo, faz bem e é salutar, contudo,
reflitamos: como esperar uma vida melhor se não construirmos os caminhos
a nos conduzir para estes momentos de alegria, satisfação e de prazer em
viver?
O mais interessante neste presente que se vive aceleradamente, neste novo
ano que nos traz a Esperança de uma “Vida Nova”, é termos a capacidade, a
vontade, a coragem e o entusiasmo de iniciarmos a construção de um futuro
promissor, de prosperidade, de harmonia, de segurança do direito, das
instituições, das famílias e das pessoas. A natureza não dá saltos, ensina a
Doutrina Espírita, e a nossa evolução também não se dá aos pulos. Tudo
acontece gradativamente, em resposta direta aos nossos esforços em nos
melhorarmos, se não fosse assim, algo estaria errado na providência divina,
pois, por acaso, sem empenho e trabalho, poderíamos acordar melhores do
que somos, ao longo de apenas uma noite, exatamente a noite da virada do
ano. O espírita está muito bem informado sobre a inexistência do acaso.
E quanto às superstições reveladas em simpatias e crendices que definem
cor de roupa, o que comer ou o modo de andar na entrada do ano novo, elas
podem nos garantir uma vida melhor? A superstição é um apego exagerado
ao que a ignorância, má conselheira, define por verdade sem a qual não se
pode ser feliz. A superstição também é fruto de uma inadequada educação
religiosa que não apresentou ao indivíduo uma maneira lúcida de viver o
sagrado, um jeito racional de experimentar a sua espiritualidade. A fé
raciocinada preconizada pelo Espiritismo, quando vivida no livre pensar,
pode proporcionar uma espiritualidade profunda, sobretudo, no momento
em que esses valores subjacentes nos ensinos dos Espíritos não ilustram
somente a inteligência, mas iluminam o sentimento e mobilizam o espiritista
para o bem.
O capítulo V de O Evangelho segundo o Espiritismo, “Bem Aventurados os
Aflitos”, é um magnífico convite à reflexão, principalmente quando
chegamos nessa época de final de ano, em que nos vemos envidados a fazer
um balanço existencial. E neste mesmo capítulo está o tópico
“Esquecimento do passado”, “Deus nos deu para melhorarmos, justamente o
que necessitamos e nos é suficiente: a voz da consciência e as tendências
instintivas; e nos tira o que poderia prejudicar-nos”. A propósito, o findar do
ano é propício para duas coisas: lembrar os acontecimentos felizes e
esquecer as passagens infelizes. Enfim, o findar do ano é tempo de refletir e
recomeçar. Se a mágoa o visitou, perdoe. Feriram seu coração? Perdoe.
Causaram-lhe prejuízos? Perdoe. Perdoe sempre, esqueça o mal e lembre-se:
Viver bem é questão de escolha e recomeçar é um direito de todos.
Deus nos quer felizes, por isso, ano novo, novos projetos e fé na vida!
Sabemos que todo processo transformador traz consigo uma quota de
sacrifício e dificuldade a ser atendida. Havemos, portanto, como ensinou
Jesus, de sermos perseverantes na busca da tão sonhada transformação.
Pensemos nisso!
A vocês, caríssimos associados dos Grupos e seguidores do meu Blog,
meus votos de feliz ano novo, que as boas lembranças estejam sempre
aquecendo seus corações, estimulando-os a prosseguirem com coragem e
esperança, porquanto o tempo não para, jamais!
Muita Paz!
Visite o meu Blog: http://espiritual-espiritual.blogspot.com.br
A serviço da Doutrina Espírita; com estudos comentados, cujo objetivo é
levar as pessoas a uma reflexão sobre a vida,
Leia Kardec! Estude Kardec! Pratique Kardec! Divulgue Kardec!
O amanhã é sempre um dia a ser conquistado! Pense nisso!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relato congresso grupos 2 e 3 2014 site
Relato congresso grupos 2 e 3   2014 siteRelato congresso grupos 2 e 3   2014 site
Relato congresso grupos 2 e 3 2014 site
Dag H
 
Revista bem estar-20130818
Revista bem estar-20130818 Revista bem estar-20130818
Revista bem estar-20130818
Fernanda Caprio
 
O profundo amordedeus
O profundo amordedeusO profundo amordedeus
O profundo amordedeus
Rodrigo Costa
 

Mais procurados (19)

Roteiro de célula Ano novo vida nova
Roteiro de célula   Ano novo vida novaRoteiro de célula   Ano novo vida nova
Roteiro de célula Ano novo vida nova
 
Relato congresso grupos 2 e 3 2014 site
Relato congresso grupos 2 e 3   2014 siteRelato congresso grupos 2 e 3   2014 site
Relato congresso grupos 2 e 3 2014 site
 
Ef 2 palestra ney
Ef 2 palestra neyEf 2 palestra ney
Ef 2 palestra ney
 
Esmola (f.c.xavier emmanuel)
Esmola (f.c.xavier   emmanuel)Esmola (f.c.xavier   emmanuel)
Esmola (f.c.xavier emmanuel)
 
Boletim o pae fevereiro 2020
Boletim o pae   fevereiro 2020Boletim o pae   fevereiro 2020
Boletim o pae fevereiro 2020
 
Revista bem estar-20130818
Revista bem estar-20130818 Revista bem estar-20130818
Revista bem estar-20130818
 
Juventude
JuventudeJuventude
Juventude
 
Hoje e o dia que
Hoje e o dia queHoje e o dia que
Hoje e o dia que
 
Cenário da igreja no mundo segundo francisco
Cenário da igreja no mundo segundo franciscoCenário da igreja no mundo segundo francisco
Cenário da igreja no mundo segundo francisco
 
Projeto Missionário Pr. Celair e Cléris
Projeto Missionário Pr. Celair e ClérisProjeto Missionário Pr. Celair e Cléris
Projeto Missionário Pr. Celair e Cléris
 
Para VocêS Minha Familia
Para VocêS Minha FamiliaPara VocêS Minha Familia
Para VocêS Minha Familia
 
O profundo amordedeus
O profundo amordedeusO profundo amordedeus
O profundo amordedeus
 
O casal cristão_no_mundo_de_hoje_2
O casal cristão_no_mundo_de_hoje_2O casal cristão_no_mundo_de_hoje_2
O casal cristão_no_mundo_de_hoje_2
 
A Velhice
A VelhiceA Velhice
A Velhice
 
Distraido ou concentrado?
Distraido ou concentrado?Distraido ou concentrado?
Distraido ou concentrado?
 
Pág 1
Pág 1Pág 1
Pág 1
 
Teologia 26
Teologia 26Teologia 26
Teologia 26
 
Esmola. Jrcordeiro.
Esmola. Jrcordeiro.Esmola. Jrcordeiro.
Esmola. Jrcordeiro.
 
Cedcc 01 janeiro - 2015
Cedcc   01 janeiro - 2015Cedcc   01 janeiro - 2015
Cedcc 01 janeiro - 2015
 

Semelhante a O ano novo que surge

Adeus ano velho, feliz ano novo
Adeus ano velho, feliz ano novoAdeus ano velho, feliz ano novo
Adeus ano velho, feliz ano novo
feijaosc
 
Hoje e o dia que da inicio a um novo ano
Hoje e o dia que da inicio a um novo anoHoje e o dia que da inicio a um novo ano
Hoje e o dia que da inicio a um novo ano
pietra bravo
 
Feliz aniversário fatima vidal
Feliz aniversário fatima vidalFeliz aniversário fatima vidal
Feliz aniversário fatima vidal
Luzia Gabriele
 
Mensagem das Bibliotecas Setoriais
Mensagem das Bibliotecas SetoriaisMensagem das Bibliotecas Setoriais
Mensagem das Bibliotecas Setoriais
guest1f8b3
 
Mensagem Reunião Pública 29/12/10
Mensagem Reunião Pública 29/12/10Mensagem Reunião Pública 29/12/10
Mensagem Reunião Pública 29/12/10
Joao Paulo Gonsales
 

Semelhante a O ano novo que surge (20)

Realismo no novo ano
Realismo no novo anoRealismo no novo ano
Realismo no novo ano
 
As expectativaanonovo
As expectativaanonovoAs expectativaanonovo
As expectativaanonovo
 
As expectativaanonovo
As expectativaanonovoAs expectativaanonovo
As expectativaanonovo
 
Seja feliz
Seja felizSeja feliz
Seja feliz
 
Adeus ano velho, feliz ano novo
Adeus ano velho, feliz ano novoAdeus ano velho, feliz ano novo
Adeus ano velho, feliz ano novo
 
Novo ano
Novo anoNovo ano
Novo ano
 
Pj 50 anos_projeto
Pj 50 anos_projetoPj 50 anos_projeto
Pj 50 anos_projeto
 
Um novo começo
Um novo começoUm novo começo
Um novo começo
 
Feliz Aniversario 4
Feliz Aniversario 4Feliz Aniversario 4
Feliz Aniversario 4
 
Edição 14 - Dezembro 2013
Edição 14 - Dezembro 2013Edição 14 - Dezembro 2013
Edição 14 - Dezembro 2013
 
Boas festas!!!
Boas festas!!!Boas festas!!!
Boas festas!!!
 
Jornal Aliança 04/2014
Jornal Aliança 04/2014Jornal Aliança 04/2014
Jornal Aliança 04/2014
 
Ano novo, vida nova?
Ano novo, vida nova?Ano novo, vida nova?
Ano novo, vida nova?
 
Hoje e o dia que da inicio a um novo ano
Hoje e o dia que da inicio a um novo anoHoje e o dia que da inicio a um novo ano
Hoje e o dia que da inicio a um novo ano
 
Um novo começo
Um novo começoUm novo começo
Um novo começo
 
Feliz aniversário fatima vidal
Feliz aniversário fatima vidalFeliz aniversário fatima vidal
Feliz aniversário fatima vidal
 
Mensagem das Bibliotecas Setoriais
Mensagem das Bibliotecas SetoriaisMensagem das Bibliotecas Setoriais
Mensagem das Bibliotecas Setoriais
 
Feliz Aniversario 7
Feliz Aniversario 7Feliz Aniversario 7
Feliz Aniversario 7
 
Aleluia Paz Na Terra Juliana Ramires
Aleluia Paz Na Terra   Juliana RamiresAleluia Paz Na Terra   Juliana Ramires
Aleluia Paz Na Terra Juliana Ramires
 
Mensagem Reunião Pública 29/12/10
Mensagem Reunião Pública 29/12/10Mensagem Reunião Pública 29/12/10
Mensagem Reunião Pública 29/12/10
 

Mais de Helio Cruz

Mais de Helio Cruz (20)

O pior inimigo
O pior inimigoO pior inimigo
O pior inimigo
 
Entusiasmo e responsabilidade
Entusiasmo e responsabilidadeEntusiasmo e responsabilidade
Entusiasmo e responsabilidade
 
A candeia debaixo do alqueire
A candeia debaixo do alqueireA candeia debaixo do alqueire
A candeia debaixo do alqueire
 
O credor incompassivo
O credor incompassivoO credor incompassivo
O credor incompassivo
 
O poder das palavras
O poder das palavrasO poder das palavras
O poder das palavras
 
Pedir e obter
Pedir e obterPedir e obter
Pedir e obter
 
A virtude os superiores e os inferiores
A virtude   os superiores e os inferioresA virtude   os superiores e os inferiores
A virtude os superiores e os inferiores
 
O peso da luz
O peso da luzO peso da luz
O peso da luz
 
Universidade de amor
Universidade de amorUniversidade de amor
Universidade de amor
 
A parentela corporal e espiritual
A parentela corporal e espiritualA parentela corporal e espiritual
A parentela corporal e espiritual
 
O homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritualO homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritual
 
O dom esquecido
O dom esquecidoO dom esquecido
O dom esquecido
 
Dia nacional da caridade
Dia nacional da caridadeDia nacional da caridade
Dia nacional da caridade
 
Marta e maria
Marta e mariaMarta e maria
Marta e maria
 
O progresso espiritual
O progresso espiritualO progresso espiritual
O progresso espiritual
 
Viver para deus
Viver para deusViver para deus
Viver para deus
 
O Marco inicial do Espiritismo
O Marco inicial do EspiritismoO Marco inicial do Espiritismo
O Marco inicial do Espiritismo
 
A quaresma e o espiritismo
A quaresma e o espiritismoA quaresma e o espiritismo
A quaresma e o espiritismo
 
Os nossos julgamentos
Os nossos julgamentosOs nossos julgamentos
Os nossos julgamentos
 
Sal da terra e luz do mundo
Sal da terra e luz do mundoSal da terra e luz do mundo
Sal da terra e luz do mundo
 

Último

Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
MilyFonceca
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
StelaWilbert
 

Último (13)

Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 

O ano novo que surge

  • 1.
  • 2. É um hábito comum formularmos no início de cada ano uma série de promessas. Muitas com o propósito de fazer, de mudar, de iniciar tal e tal coisa. Outras com o propósito de não fazer, de não mais cultivar algo que reputamos maléfico ao nosso corpo ou à nossa alma. O calendário e suas alterações são, todavia, apenas convenções humanas, porque uma existência neste mundo deve ser considerada globalmente e nisso somente duas datas são realmente relevantes: o dia em que chegamos para uma nova experiência reencarnatória e o dia em que voltaremos à verdadeira pátria. Quando o final de mais um ano se aproxima, surge muita expectativa sobre o próximo, quando acreditamos que tudo será diferente.
  • 3. Vamos iniciar mais um ano, em que as esperanças de um futuro melhor para a Humanidade são renovadas. Começamos a sonhar, idealizando as coisas boas desejadas e não realizadas no período a se findar, entretanto, segundo o nosso entendimento, certamente no próximo ano se tornarão realidade. Enchemo-nos de esperança, afinal, o que passou, passou, agora é olhar para frente com fé, e nada melhor do que um ano novinho em folha para nos insuflar a confiança. O Ano Novo que surge, apesar de ser uma simples alteração de calendário, traz o simbolismo de um novo tempo, de novas esperanças e de novas metas a serem alcançadas. Um adágio popular afirma o ano novo como vida nova. Será mesmo? Será que a simples mudança de calendário define um viver diferenciado para melhor?
  • 4. Mas se o Ano Novo pode corresponder a “Vida Nova”, então é necessário que a sociedade se mentalize para tudo fazer, no sentido de cada pessoa dar o seu contributo, a sua quota-parte, para que a situação se altere. O Ano Novo chama-nos a uma reflexão, concitando-nos a fazer um balanço das nossas atitudes, dos nossos pensamentos e dos nossos sentimentos que praticamos no ano que está se findando; o que ficou faltando fazer e o quanto poderíamos ter caminhado mais. Não há a menor dúvida sobre a propriedade do pensamento positivo, faz bem e é salutar, contudo, reflitamos: como esperar uma vida melhor se não construirmos os caminhos a nos conduzir para estes momentos de alegria, satisfação e de prazer em viver?
  • 5. O mais interessante neste presente que se vive aceleradamente, neste novo ano que nos traz a Esperança de uma “Vida Nova”, é termos a capacidade, a vontade, a coragem e o entusiasmo de iniciarmos a construção de um futuro promissor, de prosperidade, de harmonia, de segurança do direito, das instituições, das famílias e das pessoas. A natureza não dá saltos, ensina a Doutrina Espírita, e a nossa evolução também não se dá aos pulos. Tudo acontece gradativamente, em resposta direta aos nossos esforços em nos melhorarmos, se não fosse assim, algo estaria errado na providência divina, pois, por acaso, sem empenho e trabalho, poderíamos acordar melhores do que somos, ao longo de apenas uma noite, exatamente a noite da virada do ano. O espírita está muito bem informado sobre a inexistência do acaso.
  • 6. E quanto às superstições reveladas em simpatias e crendices que definem cor de roupa, o que comer ou o modo de andar na entrada do ano novo, elas podem nos garantir uma vida melhor? A superstição é um apego exagerado ao que a ignorância, má conselheira, define por verdade sem a qual não se pode ser feliz. A superstição também é fruto de uma inadequada educação religiosa que não apresentou ao indivíduo uma maneira lúcida de viver o sagrado, um jeito racional de experimentar a sua espiritualidade. A fé raciocinada preconizada pelo Espiritismo, quando vivida no livre pensar, pode proporcionar uma espiritualidade profunda, sobretudo, no momento em que esses valores subjacentes nos ensinos dos Espíritos não ilustram somente a inteligência, mas iluminam o sentimento e mobilizam o espiritista para o bem.
  • 7. O capítulo V de O Evangelho segundo o Espiritismo, “Bem Aventurados os Aflitos”, é um magnífico convite à reflexão, principalmente quando chegamos nessa época de final de ano, em que nos vemos envidados a fazer um balanço existencial. E neste mesmo capítulo está o tópico “Esquecimento do passado”, “Deus nos deu para melhorarmos, justamente o que necessitamos e nos é suficiente: a voz da consciência e as tendências instintivas; e nos tira o que poderia prejudicar-nos”. A propósito, o findar do ano é propício para duas coisas: lembrar os acontecimentos felizes e esquecer as passagens infelizes. Enfim, o findar do ano é tempo de refletir e recomeçar. Se a mágoa o visitou, perdoe. Feriram seu coração? Perdoe. Causaram-lhe prejuízos? Perdoe. Perdoe sempre, esqueça o mal e lembre-se: Viver bem é questão de escolha e recomeçar é um direito de todos.
  • 8. Deus nos quer felizes, por isso, ano novo, novos projetos e fé na vida! Sabemos que todo processo transformador traz consigo uma quota de sacrifício e dificuldade a ser atendida. Havemos, portanto, como ensinou Jesus, de sermos perseverantes na busca da tão sonhada transformação. Pensemos nisso! A vocês, caríssimos associados dos Grupos e seguidores do meu Blog, meus votos de feliz ano novo, que as boas lembranças estejam sempre aquecendo seus corações, estimulando-os a prosseguirem com coragem e esperança, porquanto o tempo não para, jamais!
  • 9. Muita Paz! Visite o meu Blog: http://espiritual-espiritual.blogspot.com.br A serviço da Doutrina Espírita; com estudos comentados, cujo objetivo é levar as pessoas a uma reflexão sobre a vida, Leia Kardec! Estude Kardec! Pratique Kardec! Divulgue Kardec! O amanhã é sempre um dia a ser conquistado! Pense nisso!