SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
METODOS
CONTRACEPTIVOS
  Professor: Carlos Martins
     Ciencias e Biologia
METODOS DE BARREIRA
• Imobilizam os espermatozóides, impedindo-os
  de entrar em contato com o óvulo e de haver
  fecundação.
Espermicidas (sob a forma de
 óvulos, creme ou espuma)
• Utilização: aplicação vaginal antes do
  início da relação sexual.

• Vantagens: não precisam de receita
  médica.

• Desvantagens: têm baixa eficácia
  quando utilizados isoladamente e não
  protegem das
  doenças sexualmente transmissÍveis
  (DST)
PRESERVATIVO MASCULINO E
       FEMININO
• Utilização: um por cada relação.

• Vantagens: é o único método indicado para
  a prevenção das DST; não precisa de
  receita médica.

• Desvantagens: no caso de má colocação
  ou rotura durante o acto sexual, perde a sua
  eficácia; ocasionalmente, pode causar
  alergia.
METODOS HORMONAIS
• Atuam inibindo a estimulação do ovário,
  não permitindo a ovulação
Pilula oral
• Utilização: 3 semanas de
    1 comprimido diário, 1
  semana de descanso sem
         terapêutica.

  • Desvantagens: fácil
  esquecimento; influência
  medicamentosa; vômitos
       ou diarréias.
PILULA DO DIA SEGUINTE
• Age antes que a gravidez ocorra.
  Se a fecundação ainda não
  aconteceu, o medicamento vai
  dificultar o encontro do
  espermatozóide com o óvulo.
  Agora, se a fecundação já tiver
  ocorrido, irá provocar uma
  descamação do útero, impedindo a
  implantação do ovo fecundado.
  Caso o ovo já esteja implantado, ou
  seja, já tenha iniciado a gravidez, a
  pílula não tem efeito algum.

•    Deve ser usada em casos
    excepcionais e não como um
    anticoncepcional de rotina
Adesivo dérmico
Utilização: 1 por semana durante 3 semanas. Deve ser colocado
na face externa e superior do braço ou aplicado acima da linha
dos pêlos púbicos.


Vantagem adicional: não obriga a um cuidado diário.


Desvantagem: é preciso ter cuidado na frequência de saunas e
banhos turcos ou com a aplicação de cremes na pele, para evitar
o descolamento do adesivo.
Anel vaginal
• Utilização: anel flexível contendo uma baixa
  dosagem hormonal que a própria mulher aplica
  na vagina só uma vez por mês e retira ao fim de
  três semanas.

• Vantagem adicional: muito prático; existe um
  serviço gratuito de alertas via sms para lembrar
  o dia de aplicar e retirar o anel, o que diminui o
  risco de esquecer o seu uso.

• Desvantagens: receio da mulher em saber
  aplicá-lo.
Implante subdérmico
Implante subdérmico
• Utilização: bastonete de plástico com 4 cm de
  comprimento por 2 mm de diâmetro que é colocado na
  face interna do braço, por baixo da pele, assegurando
  uma eficácia contraceptiva durante três anos. A sua
  colocação exige o recurso a anestesia local e é
  aplicado, pelo médico, através duma agulha.

• Vantagem adicional: elimina o risco de esquecimento;
  indicado para mulheres com história de anemia e de
  menstruações abundantes e para as que não podem ou
  não querem usar estrogénios.

• Desvantagens: algumas mulheres (cerca de 20%)
  podem manter-se sem menstruação durante algum
  tempo (muitas delas consideram uma vantagem); o
  implante pode ser sentido através duma palpação
  digital.
Injeção trimestral
• Utilização: Injeção hormonais sexuais femininas, com
  duração de eficácia contraceptiva de três meses.

• Vantagem adicional: elimina o risco de
  esquecimento.

• Desvantagens: a sua ação não só pode ser
  interrompida como pode prolongar-se para além dos 3
  meses (até 12 meses), não permitindo retomar de
  imediato a capacidade reprodutiva quando desejada;
  ciclo menstrual irregular e amenorreia (ausência de
  menstruação).
DIU – dispositivo intra-uterino
• Utilização: são colocados, pelo médico, dentro
  da cavidade uterina para impedir que haja
  fecundação e que o óvulo fecundado se
  implante na parede do útero. Podem ser
  medicados com uma espiral de cobre ou com
  uma hormona (progesterona), aumentando a
  sua eficácia. Têm duração entre três a cinco
  anos.

 Vantagens: alternativa para mulheres que não
 possam ou não queiram utilizar contracepção
 hormonal e que desejem uma contracepção
 prolongada.

 Desvantagens: provoca fluxos menstruais mais
 abundantes e ligeiro aumento de
 dores pré-menstruais nas mulheres com essa
 propensão
METODO SINTOTERMICO
• Este método engloba todos os anticoncepcionais
  naturais e utiliza também a palpação do útero
  durante o ciclo, de modo que se consiga detectar com
  mais rigor o período fértil da mulher.


   Vantagem: método mais fisiológico
   Desvantagens: não sendo muito eficaz,
   necessita de grande motivação, rigor nos cálculos
   e colaboração do casal.
METODO SINTOTERMICO
                      Muco cervical




Metodo da tabelinha
                             Metodo da temperatura
ESTERILIZAÇÃO
• Pequena intervenção cirúrgica sobre as
  trompas, interrompendo o canal que dá
  passagem aos óvulos na muIher (Laqueação de
  trompas) e dos espermatozóides no canal
  deferente do homem (Vasectomia).
• Vantagens: liberta a mulher da
  preocupação de uso de
  contraceptivos.

• Desvantagens: é muito difícil de
  recuperar a capacidade reprodutora,
  no caso do casal mudar de ideias em
  relação à sua reproclução.
Metodos contraceptivos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
Isabel Lopes
 
fecundação, gravidez e início da vida
fecundação, gravidez e início da vida fecundação, gravidez e início da vida
fecundação, gravidez e início da vida
Isabel Lopes
 
Métodos contraceptivos de barreira e naturais
Métodos contraceptivos de barreira e naturaisMétodos contraceptivos de barreira e naturais
Métodos contraceptivos de barreira e naturais
António Luís
 
Apresentação metodos anticoncepcionais
Apresentação metodos anticoncepcionaisApresentação metodos anticoncepcionais
Apresentação metodos anticoncepcionais
joao11batista
 
Reprodução Humana
Reprodução HumanaReprodução Humana
Reprodução Humana
Sérgio Luiz
 
Fisiologia do Sistema Reprodutor
Fisiologia do Sistema ReprodutorFisiologia do Sistema Reprodutor
Fisiologia do Sistema Reprodutor
Gabriela Bruno
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
petehunttoons
 
Sistema Reprodutor Masculino e Feminino
Sistema Reprodutor Masculino e Feminino Sistema Reprodutor Masculino e Feminino
Sistema Reprodutor Masculino e Feminino
Bruno Djvan Ramos Barbosa
 

Mais procurados (20)

Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Aula sobre sistema reprodutor feminino e masculino
Aula sobre   sistema reprodutor feminino e masculinoAula sobre   sistema reprodutor feminino e masculino
Aula sobre sistema reprodutor feminino e masculino
 
Contraceptivos
ContraceptivosContraceptivos
Contraceptivos
 
Menstruação
MenstruaçãoMenstruação
Menstruação
 
Ists
IstsIsts
Ists
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
fecundação, gravidez e início da vida
fecundação, gravidez e início da vida fecundação, gravidez e início da vida
fecundação, gravidez e início da vida
 
ContracepçãO Geral
ContracepçãO   GeralContracepçãO   Geral
ContracepçãO Geral
 
8 ano sistema reprodutor masculino e feminino
8 ano sistema reprodutor masculino e feminino8 ano sistema reprodutor masculino e feminino
8 ano sistema reprodutor masculino e feminino
 
DST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
DST / IST - Infecções Sexualmente TransmissívesDST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
DST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
 
Métodos contraceptivos de barreira e naturais
Métodos contraceptivos de barreira e naturaisMétodos contraceptivos de barreira e naturais
Métodos contraceptivos de barreira e naturais
 
Apresentação metodos anticoncepcionais
Apresentação metodos anticoncepcionaisApresentação metodos anticoncepcionais
Apresentação metodos anticoncepcionais
 
Sistema Genital Masculino
Sistema Genital MasculinoSistema Genital Masculino
Sistema Genital Masculino
 
Reprodução Humana
Reprodução HumanaReprodução Humana
Reprodução Humana
 
Fisiologia do Sistema Reprodutor
Fisiologia do Sistema ReprodutorFisiologia do Sistema Reprodutor
Fisiologia do Sistema Reprodutor
 
Sistema reprodutor (masculino e feminino)
Sistema reprodutor (masculino e feminino)Sistema reprodutor (masculino e feminino)
Sistema reprodutor (masculino e feminino)
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
 
Sistema Reprodutor Masculino e Feminino
Sistema Reprodutor Masculino e Feminino Sistema Reprodutor Masculino e Feminino
Sistema Reprodutor Masculino e Feminino
 
Sistema Reprodutor Feminino
Sistema Reprodutor FemininoSistema Reprodutor Feminino
Sistema Reprodutor Feminino
 
Sistema Reprodutor
Sistema ReprodutorSistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
 

Destaque

Mc métodos contraceptivos
Mc   métodos contraceptivosMc   métodos contraceptivos
Mc métodos contraceptivos
Laurinda Lima
 
Métodos Contraceptivos e DST´s
Métodos Contraceptivos e DST´sMétodos Contraceptivos e DST´s
Métodos Contraceptivos e DST´s
Patrícia Santos
 
Daniel Y Samuel Aparato Reproductor
Daniel Y Samuel Aparato ReproductorDaniel Y Samuel Aparato Reproductor
Daniel Y Samuel Aparato Reproductor
guest45232ad
 
Métodos contraceptivos pilula
Métodos contraceptivos pilulaMétodos contraceptivos pilula
Métodos contraceptivos pilula
guesta85e86
 
Métodos Físicos
Métodos FísicosMétodos Físicos
Métodos Físicos
DarkWolf
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
giaaesaof
 
Métodos contraceptivos hormonais
Métodos contraceptivos hormonaisMétodos contraceptivos hormonais
Métodos contraceptivos hormonais
zeopas
 
Pilula anticoncepcional
Pilula anticoncepcionalPilula anticoncepcional
Pilula anticoncepcional
sidilusa
 

Destaque (20)

Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Como Evitar a Gravidez
Como Evitar a GravidezComo Evitar a Gravidez
Como Evitar a Gravidez
 
Mc métodos contraceptivos
Mc   métodos contraceptivosMc   métodos contraceptivos
Mc métodos contraceptivos
 
Metodos Contraceptivos - Diafragma e Espermicida
Metodos Contraceptivos - Diafragma e EspermicidaMetodos Contraceptivos - Diafragma e Espermicida
Metodos Contraceptivos - Diafragma e Espermicida
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivos
 
Métodos Contraceptivos e DST´s
Métodos Contraceptivos e DST´sMétodos Contraceptivos e DST´s
Métodos Contraceptivos e DST´s
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivos
 
Daniel Y Samuel Aparato Reproductor
Daniel Y Samuel Aparato ReproductorDaniel Y Samuel Aparato Reproductor
Daniel Y Samuel Aparato Reproductor
 
Métodos contraceptivos pilula
Métodos contraceptivos pilulaMétodos contraceptivos pilula
Métodos contraceptivos pilula
 
Métodos contraceptivos hormonais
Métodos contraceptivos hormonaisMétodos contraceptivos hormonais
Métodos contraceptivos hormonais
 
Métodos Físicos
Métodos FísicosMétodos Físicos
Métodos Físicos
 
Metodos Contraceptivos
Metodos ContraceptivosMetodos Contraceptivos
Metodos Contraceptivos
 
Métodos contraceptivos, Matéria 9º ano
Métodos contraceptivos, Matéria 9º anoMétodos contraceptivos, Matéria 9º ano
Métodos contraceptivos, Matéria 9º ano
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Métodos contraceptivos hormonais
Métodos contraceptivos hormonaisMétodos contraceptivos hormonais
Métodos contraceptivos hormonais
 
Pilula anticoncepcional
Pilula anticoncepcionalPilula anticoncepcional
Pilula anticoncepcional
 
Anticoncepcionais
AnticoncepcionaisAnticoncepcionais
Anticoncepcionais
 
Metodos contraceptivos 2
Metodos contraceptivos 2Metodos contraceptivos 2
Metodos contraceptivos 2
 

Semelhante a Metodos contraceptivos

Metodoscontraceptivos 120915103103-phpapp02
Metodoscontraceptivos 120915103103-phpapp02Metodoscontraceptivos 120915103103-phpapp02
Metodoscontraceptivos 120915103103-phpapp02
Pelo Siro
 
M+®todos contraceptivos n+úo naturais qu+¡micos
M+®todos contraceptivos n+úo naturais qu+¡micosM+®todos contraceptivos n+úo naturais qu+¡micos
M+®todos contraceptivos n+úo naturais qu+¡micos
Cláudia Bonifácio
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivos
Peses Ourique
 
Métodos contracetivos - Eduardo, José Luís, Filipe, Vitor
Métodos contracetivos - Eduardo, José Luís, Filipe, VitorMétodos contracetivos - Eduardo, José Luís, Filipe, Vitor
Métodos contracetivos - Eduardo, José Luís, Filipe, Vitor
jluis505
 
MéTodos [1]..
MéTodos  [1]..MéTodos  [1]..
MéTodos [1]..
guestfcb1d
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
wagneripo
 
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
Angela Boucinha
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
JoseOliveiraPT
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
Inês Ferreira
 
Métodos contracetivos
Métodos contracetivosMétodos contracetivos
Métodos contracetivos
Tânia Reis
 
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_pointB+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
Angela Boucinha
 

Semelhante a Metodos contraceptivos (20)

Metodoscontraceptivos 120915103103-phpapp02
Metodoscontraceptivos 120915103103-phpapp02Metodoscontraceptivos 120915103103-phpapp02
Metodoscontraceptivos 120915103103-phpapp02
 
M+®todos contraceptivos n+úo naturais qu+¡micos
M+®todos contraceptivos n+úo naturais qu+¡micosM+®todos contraceptivos n+úo naturais qu+¡micos
M+®todos contraceptivos n+úo naturais qu+¡micos
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivos
 
Métodos contracetivos - Eduardo, José Luís, Filipe, Vitor
Métodos contracetivos - Eduardo, José Luís, Filipe, VitorMétodos contracetivos - Eduardo, José Luís, Filipe, Vitor
Métodos contracetivos - Eduardo, José Luís, Filipe, Vitor
 
MéTodos [1]..
MéTodos  [1]..MéTodos  [1]..
MéTodos [1]..
 
Métodos Contracetivos
Métodos ContracetivosMétodos Contracetivos
Métodos Contracetivos
 
Métodos contracetivos
Métodos contracetivosMétodos contracetivos
Métodos contracetivos
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
 
Métodos contraceptivos (1)
Métodos contraceptivos (1)Métodos contraceptivos (1)
Métodos contraceptivos (1)
 
Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)
Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)
Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Métodos Cotraceptivos.PPT
Métodos Cotraceptivos.PPTMétodos Cotraceptivos.PPT
Métodos Cotraceptivos.PPT
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Métodos contracetivos
Métodos contracetivosMétodos contracetivos
Métodos contracetivos
 
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_pointB+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
 

Último

Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
andreaLisboa7
 

Último (20)

Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 

Metodos contraceptivos

  • 1. METODOS CONTRACEPTIVOS Professor: Carlos Martins Ciencias e Biologia
  • 2. METODOS DE BARREIRA • Imobilizam os espermatozóides, impedindo-os de entrar em contato com o óvulo e de haver fecundação.
  • 3. Espermicidas (sob a forma de óvulos, creme ou espuma)
  • 4. • Utilização: aplicação vaginal antes do início da relação sexual. • Vantagens: não precisam de receita médica. • Desvantagens: têm baixa eficácia quando utilizados isoladamente e não protegem das doenças sexualmente transmissÍveis (DST)
  • 6. • Utilização: um por cada relação. • Vantagens: é o único método indicado para a prevenção das DST; não precisa de receita médica. • Desvantagens: no caso de má colocação ou rotura durante o acto sexual, perde a sua eficácia; ocasionalmente, pode causar alergia.
  • 7. METODOS HORMONAIS • Atuam inibindo a estimulação do ovário, não permitindo a ovulação
  • 8. Pilula oral • Utilização: 3 semanas de 1 comprimido diário, 1 semana de descanso sem terapêutica. • Desvantagens: fácil esquecimento; influência medicamentosa; vômitos ou diarréias.
  • 9. PILULA DO DIA SEGUINTE • Age antes que a gravidez ocorra. Se a fecundação ainda não aconteceu, o medicamento vai dificultar o encontro do espermatozóide com o óvulo. Agora, se a fecundação já tiver ocorrido, irá provocar uma descamação do útero, impedindo a implantação do ovo fecundado. Caso o ovo já esteja implantado, ou seja, já tenha iniciado a gravidez, a pílula não tem efeito algum. • Deve ser usada em casos excepcionais e não como um anticoncepcional de rotina
  • 10. Adesivo dérmico Utilização: 1 por semana durante 3 semanas. Deve ser colocado na face externa e superior do braço ou aplicado acima da linha dos pêlos púbicos. Vantagem adicional: não obriga a um cuidado diário. Desvantagem: é preciso ter cuidado na frequência de saunas e banhos turcos ou com a aplicação de cremes na pele, para evitar o descolamento do adesivo.
  • 12. • Utilização: anel flexível contendo uma baixa dosagem hormonal que a própria mulher aplica na vagina só uma vez por mês e retira ao fim de três semanas. • Vantagem adicional: muito prático; existe um serviço gratuito de alertas via sms para lembrar o dia de aplicar e retirar o anel, o que diminui o risco de esquecer o seu uso. • Desvantagens: receio da mulher em saber aplicá-lo.
  • 14. Implante subdérmico • Utilização: bastonete de plástico com 4 cm de comprimento por 2 mm de diâmetro que é colocado na face interna do braço, por baixo da pele, assegurando uma eficácia contraceptiva durante três anos. A sua colocação exige o recurso a anestesia local e é aplicado, pelo médico, através duma agulha. • Vantagem adicional: elimina o risco de esquecimento; indicado para mulheres com história de anemia e de menstruações abundantes e para as que não podem ou não querem usar estrogénios. • Desvantagens: algumas mulheres (cerca de 20%) podem manter-se sem menstruação durante algum tempo (muitas delas consideram uma vantagem); o implante pode ser sentido através duma palpação digital.
  • 16. • Utilização: Injeção hormonais sexuais femininas, com duração de eficácia contraceptiva de três meses. • Vantagem adicional: elimina o risco de esquecimento. • Desvantagens: a sua ação não só pode ser interrompida como pode prolongar-se para além dos 3 meses (até 12 meses), não permitindo retomar de imediato a capacidade reprodutiva quando desejada; ciclo menstrual irregular e amenorreia (ausência de menstruação).
  • 17. DIU – dispositivo intra-uterino
  • 18. • Utilização: são colocados, pelo médico, dentro da cavidade uterina para impedir que haja fecundação e que o óvulo fecundado se implante na parede do útero. Podem ser medicados com uma espiral de cobre ou com uma hormona (progesterona), aumentando a sua eficácia. Têm duração entre três a cinco anos. Vantagens: alternativa para mulheres que não possam ou não queiram utilizar contracepção hormonal e que desejem uma contracepção prolongada. Desvantagens: provoca fluxos menstruais mais abundantes e ligeiro aumento de dores pré-menstruais nas mulheres com essa propensão
  • 19. METODO SINTOTERMICO • Este método engloba todos os anticoncepcionais naturais e utiliza também a palpação do útero durante o ciclo, de modo que se consiga detectar com mais rigor o período fértil da mulher. Vantagem: método mais fisiológico Desvantagens: não sendo muito eficaz, necessita de grande motivação, rigor nos cálculos e colaboração do casal.
  • 20. METODO SINTOTERMICO Muco cervical Metodo da tabelinha Metodo da temperatura
  • 21. ESTERILIZAÇÃO • Pequena intervenção cirúrgica sobre as trompas, interrompendo o canal que dá passagem aos óvulos na muIher (Laqueação de trompas) e dos espermatozóides no canal deferente do homem (Vasectomia).
  • 22. • Vantagens: liberta a mulher da preocupação de uso de contraceptivos. • Desvantagens: é muito difícil de recuperar a capacidade reprodutora, no caso do casal mudar de ideias em relação à sua reproclução.