SlideShare uma empresa Scribd logo
Mobilidade pdf
Mobilidade pdf
Mobilidade pdf
Padrões migratórios actuais
• Estima-se que cerca de 150 milhões
de pessoas resida fora do seu país de
origem.
• Tem-se assistido ao crescimento das
migrações internacionais a longo prazo
(+ de 1 ano)
Crescimento das Migrações a
        Longo Prazo
Actualmente assiste-se à feminização dos
movimentos migratórios.
Exemplo: mais de 60% dos emigrantes
do Sri-Lanka são mulheres.
Grandes Movimentos
Migratórios na Actualidade
1ª Fase (1950-1960) – Países do Sul da Europa:
Espanha, Portugal, Itália, Grécia fornecem mão-
de-obra aos países da Europa Ocidental
(França, Alemanha, Reino Unido, Bélgica,…).
2ª Fase – Países do Norte de África (Marrocos,
Argélia, Tunísia) e a Turquia para a Europa
Ocidental.
Actualmente - Europa e os EUA são áreas de
chegada, verificando-se deslocações de pessoas da
América Latina, África Negra e Ásia.
Assistiu-se nos últimos anos a movimentos migratórios
 massivos provocados por crises de refugiados




Refugiado: é um indivíduo que é alvo de discriminação devido à
sua etnia, raça, crença religiosa ou política.
Consequências das
    Migrações Internacionais

    - Nas áreas de origem assiste-se a:
• Diminuição da população
• Diminuição da taxa de natalidade devido à
  escassez de população jovem e adultos
• Envelhecimento da população
• Ocorrência de classes ocas em determinados
  níveis etários
• Diminuição da população activa
• Entrada de divisas (moeda estrangeira) enviadas
  pelos emigrantes e de novos hábitos culturais
Consequências das
    Migrações Internacionais

    - Nas áreas de destino assiste-se a:
• Aumento da população devido à entrada de
  imigrantes
• Aumento da taxa de natalidade consequência do
  elevado número de jovens e adultos
• Rejuvenescimento da população
• Aumento da população activa
• Possível aparecimento de bairros degradados
• Dificuldades de aceitação de novas culturas, línguas e
  costumes
O ÊXODO RURAL:
  Causas e Consequências




É o processo segundo o qual uma parte da população migra, de uma maneira
geral com carácter definitivo, do campo para a cidade.
Causas do Êxodo Rural
Consequências do Êxodo Rural

 Para o campo:
 • Perda de mão-de-obra
 • Permanência de mão-de-obra idosa que
   dificulta a modernização da agricultura
 • Envelhecimento da população
 • Diminuição da taxa de natalidade
Consequências do Êxodo Rural
 Para o cidade:
 • Aumento da disponibilidade de mão-de-obra
 • Rejuvenescimento da população, que se
   revela numa maior capacidade produtiva e na
   dinamização da economia
 • Aumento da taxa de natalidade
 • Problemas habitacionais que levam ao
   aparecimento de bairros de lata e bairros
   clandestinos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Movimentos MigratóRios
Movimentos MigratóRiosMovimentos MigratóRios
Movimentos MigratóRios
Paticx
 
Apresentacao mobilidade da_populacao[1]
Apresentacao mobilidade da_populacao[1]Apresentacao mobilidade da_populacao[1]
Apresentacao mobilidade da_populacao[1]
Ana Marcos
 
Migrações e movimentos populacionais
Migrações e movimentos populacionaisMigrações e movimentos populacionais
Migrações e movimentos populacionais
Paulo Dantas
 
Os fluxos migratórios
Os fluxos migratóriosOs fluxos migratórios
Os fluxos migratórios
Jane Mary Lima Castro
 
Movimentos Migratórios
Movimentos MigratóriosMovimentos Migratórios
Movimentos Migratórios
Italo Malta
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
Renata Magalhães
 
Os fluxos populacionais
Os fluxos populacionaisOs fluxos populacionais
Os fluxos populacionais
Luiz Carvalheira Junior
 
Trabalho de História - Deslocamento Populacional
Trabalho de História  - Deslocamento PopulacionalTrabalho de História  - Deslocamento Populacional
Trabalho de História - Deslocamento Populacional
O Blog do Pedagogo
 
Movimentos migratorios
Movimentos migratoriosMovimentos migratorios
Movimentos migratorios
dela28
 
Geografia - Fluxos migratórios
Geografia - Fluxos migratóriosGeografia - Fluxos migratórios
Geografia - Fluxos migratórios
canalestudodebosta
 
Geografia movimentos populacionais
Geografia   movimentos populacionaisGeografia   movimentos populacionais
Geografia movimentos populacionais
Gustavo Soares
 
migrações geografia
migrações geografiamigrações geografia
migrações geografia
lidia76
 
Os fluxos populacionais
Os fluxos populacionaisOs fluxos populacionais
Os fluxos populacionais
Luiz Carvalheira Junior
 
Migraçõesesrp
MigraçõesesrpMigraçõesesrp
Migraçõesesrp
Geografias Geo
 
Migrações: Causas e Consequências
Migrações: Causas e ConsequênciasMigrações: Causas e Consequências
Migrações: Causas e Consequências
lidia76
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
Artur Lara
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
abarros
 
Ficha de trabalho_stc_-_ng6-dr4_-_23-02-2010
Ficha de trabalho_stc_-_ng6-dr4_-_23-02-2010Ficha de trabalho_stc_-_ng6-dr4_-_23-02-2010
Ficha de trabalho_stc_-_ng6-dr4_-_23-02-2010
Maria
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
Geografia .
 
Migracoes1
Migracoes1Migracoes1
Migracoes1
guestce0389
 

Mais procurados (20)

Movimentos MigratóRios
Movimentos MigratóRiosMovimentos MigratóRios
Movimentos MigratóRios
 
Apresentacao mobilidade da_populacao[1]
Apresentacao mobilidade da_populacao[1]Apresentacao mobilidade da_populacao[1]
Apresentacao mobilidade da_populacao[1]
 
Migrações e movimentos populacionais
Migrações e movimentos populacionaisMigrações e movimentos populacionais
Migrações e movimentos populacionais
 
Os fluxos migratórios
Os fluxos migratóriosOs fluxos migratórios
Os fluxos migratórios
 
Movimentos Migratórios
Movimentos MigratóriosMovimentos Migratórios
Movimentos Migratórios
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
Os fluxos populacionais
Os fluxos populacionaisOs fluxos populacionais
Os fluxos populacionais
 
Trabalho de História - Deslocamento Populacional
Trabalho de História  - Deslocamento PopulacionalTrabalho de História  - Deslocamento Populacional
Trabalho de História - Deslocamento Populacional
 
Movimentos migratorios
Movimentos migratoriosMovimentos migratorios
Movimentos migratorios
 
Geografia - Fluxos migratórios
Geografia - Fluxos migratóriosGeografia - Fluxos migratórios
Geografia - Fluxos migratórios
 
Geografia movimentos populacionais
Geografia   movimentos populacionaisGeografia   movimentos populacionais
Geografia movimentos populacionais
 
migrações geografia
migrações geografiamigrações geografia
migrações geografia
 
Os fluxos populacionais
Os fluxos populacionaisOs fluxos populacionais
Os fluxos populacionais
 
Migraçõesesrp
MigraçõesesrpMigraçõesesrp
Migraçõesesrp
 
Migrações: Causas e Consequências
Migrações: Causas e ConsequênciasMigrações: Causas e Consequências
Migrações: Causas e Consequências
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
Ficha de trabalho_stc_-_ng6-dr4_-_23-02-2010
Ficha de trabalho_stc_-_ng6-dr4_-_23-02-2010Ficha de trabalho_stc_-_ng6-dr4_-_23-02-2010
Ficha de trabalho_stc_-_ng6-dr4_-_23-02-2010
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
Migracoes1
Migracoes1Migracoes1
Migracoes1
 

Destaque

Mecanização Agrícola - Entraves e Consequências
Mecanização Agrícola - Entraves e ConsequênciasMecanização Agrícola - Entraves e Consequências
Mecanização Agrícola - Entraves e Consequências
Bruno Anacleto
 
Exodo rural
Exodo ruralExodo rural
Exodo rural
meaval
 
Urbanização - Aula 1 (Conceitos e Problemas)
Urbanização - Aula 1 (Conceitos e Problemas)Urbanização - Aula 1 (Conceitos e Problemas)
Urbanização - Aula 1 (Conceitos e Problemas)
Luciano Pessanha
 
Urbanização brasileira
Urbanização brasileiraUrbanização brasileira
Urbanização brasileira
Abner de Paula
 
O brasil rural
O brasil ruralO brasil rural
Demografia 2 PROF BRUNO JOAQUIM
Demografia 2 PROF BRUNO JOAQUIM Demografia 2 PROF BRUNO JOAQUIM
Demografia 2 PROF BRUNO JOAQUIM
raahsalemi
 
Aula de história; Introdução a revolução industrial
Aula de história; Introdução a revolução industrialAula de história; Introdução a revolução industrial
Aula de história; Introdução a revolução industrial
oms72
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
Marcelus Fonseca
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
Otacilio Ribeiro
 
Urbanizaçãobrasileira i
Urbanizaçãobrasileira iUrbanizaçãobrasileira i
Urbanizaçãobrasileira i
Marcia Labres
 
Pp migrações
Pp migraçõesPp migrações
Avaliação de geografia_1º_ano_urbanização
Avaliação de geografia_1º_ano_urbanizaçãoAvaliação de geografia_1º_ano_urbanização
Avaliação de geografia_1º_ano_urbanização
Atividades Diversas Cláudia
 
PRIVEST - Cap. 06 - Processos de Urbanização - 2º Ano - EM
PRIVEST - Cap. 06 - Processos de Urbanização - 2º Ano - EMPRIVEST - Cap. 06 - Processos de Urbanização - 2º Ano - EM
PRIVEST - Cap. 06 - Processos de Urbanização - 2º Ano - EM
profrodrigoribeiro
 
Cartismo
CartismoCartismo
Urbanizao 1
Urbanizao 1Urbanizao 1
Urbanizao 1
023398
 
Projeto de industrialização de Juscelino Kubitechek
Projeto de industrialização de Juscelino KubitechekProjeto de industrialização de Juscelino Kubitechek
Projeto de industrialização de Juscelino Kubitechek
bvaguinho
 
Can and can't revision
Can and can't   revisionCan and can't   revision
Can and can't revision
Rafael Marques
 
Espaço urbano
Espaço urbanoEspaço urbano
Espaço urbano
Luiz Carvalheira Junior
 
Revolucao industrial editado 2
Revolucao industrial editado 2Revolucao industrial editado 2
Revolucao industrial editado 2
Carla Prestes
 

Destaque (20)

Mecanização Agrícola - Entraves e Consequências
Mecanização Agrícola - Entraves e ConsequênciasMecanização Agrícola - Entraves e Consequências
Mecanização Agrícola - Entraves e Consequências
 
Exodo rural
Exodo ruralExodo rural
Exodo rural
 
Urbanização - Aula 1 (Conceitos e Problemas)
Urbanização - Aula 1 (Conceitos e Problemas)Urbanização - Aula 1 (Conceitos e Problemas)
Urbanização - Aula 1 (Conceitos e Problemas)
 
Migrações no brasil
Migrações no brasilMigrações no brasil
Migrações no brasil
 
Urbanização brasileira
Urbanização brasileiraUrbanização brasileira
Urbanização brasileira
 
O brasil rural
O brasil ruralO brasil rural
O brasil rural
 
Demografia 2 PROF BRUNO JOAQUIM
Demografia 2 PROF BRUNO JOAQUIM Demografia 2 PROF BRUNO JOAQUIM
Demografia 2 PROF BRUNO JOAQUIM
 
Aula de história; Introdução a revolução industrial
Aula de história; Introdução a revolução industrialAula de história; Introdução a revolução industrial
Aula de história; Introdução a revolução industrial
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
 
Urbanizaçãobrasileira i
Urbanizaçãobrasileira iUrbanizaçãobrasileira i
Urbanizaçãobrasileira i
 
Pp migrações
Pp migraçõesPp migrações
Pp migrações
 
Avaliação de geografia_1º_ano_urbanização
Avaliação de geografia_1º_ano_urbanizaçãoAvaliação de geografia_1º_ano_urbanização
Avaliação de geografia_1º_ano_urbanização
 
PRIVEST - Cap. 06 - Processos de Urbanização - 2º Ano - EM
PRIVEST - Cap. 06 - Processos de Urbanização - 2º Ano - EMPRIVEST - Cap. 06 - Processos de Urbanização - 2º Ano - EM
PRIVEST - Cap. 06 - Processos de Urbanização - 2º Ano - EM
 
Cartismo
CartismoCartismo
Cartismo
 
Urbanizao 1
Urbanizao 1Urbanizao 1
Urbanizao 1
 
Projeto de industrialização de Juscelino Kubitechek
Projeto de industrialização de Juscelino KubitechekProjeto de industrialização de Juscelino Kubitechek
Projeto de industrialização de Juscelino Kubitechek
 
Can and can't revision
Can and can't   revisionCan and can't   revision
Can and can't revision
 
Espaço urbano
Espaço urbanoEspaço urbano
Espaço urbano
 
Revolucao industrial editado 2
Revolucao industrial editado 2Revolucao industrial editado 2
Revolucao industrial editado 2
 

Semelhante a Mobilidade pdf

Migrações 2
Migrações 2Migrações 2
Migrações 2
Pocarolas
 
Exodo Rural em Portugal na Década de Anos 60/70
Exodo Rural em Portugal na Década de Anos 60/70Exodo Rural em Portugal na Década de Anos 60/70
Exodo Rural em Portugal na Década de Anos 60/70
linacardoso687
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
Diogo Mateus
 
Apresentação geografia 29 11_2011
Apresentação geografia  29 11_2011Apresentação geografia  29 11_2011
Apresentação geografia 29 11_2011
formacion docente
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
Guilherme Drumond
 
A imigração na Europa
A imigração na EuropaA imigração na Europa
A imigração na Europa
Tiago Araujo Campos
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
Pocarolas
 
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 MigraçõesCLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
Fernando de Sá
 
Trb de cp
Trb de cpTrb de cp
Resumo de geografia c - fluxos migratórios e fluxos de turismo
Resumo de geografia c - fluxos migratórios e fluxos de turismoResumo de geografia c - fluxos migratórios e fluxos de turismo
Resumo de geografia c - fluxos migratórios e fluxos de turismo
Lia Treacy
 
Aula 3 - fluxos migratórios
Aula 3 -  fluxos migratóriosAula 3 -  fluxos migratórios
Aula 3 - fluxos migratórios
Isabela Espíndola
 
Migrações, sociedade multiculturais e dinâmicas POPULACIONAIS.pptx
Migrações, sociedade multiculturais e dinâmicas POPULACIONAIS.pptxMigrações, sociedade multiculturais e dinâmicas POPULACIONAIS.pptx
Migrações, sociedade multiculturais e dinâmicas POPULACIONAIS.pptx
CidaPereiradeSousa
 
Migracoes brasileiras sartre
Migracoes brasileiras sartreMigracoes brasileiras sartre
Migracoes brasileiras sartre
Ademir Aquino
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
Ana Vilardouro
 
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
profacacio
 
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Acácio Netto
 
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
profacacio
 
Imigração e xenofobia
Imigração e xenofobiaImigração e xenofobia
Imigração e xenofobia
fernandesrafael
 
Processos Migratórios e a Crise dos Refugiados
Processos Migratórios e a Crise dos RefugiadosProcessos Migratórios e a Crise dos Refugiados
Processos Migratórios e a Crise dos Refugiados
Patrícia Éderson Dias
 
Cópia de população
Cópia de populaçãoCópia de população
Cópia de população
COSMO ALVES
 

Semelhante a Mobilidade pdf (20)

Migrações 2
Migrações 2Migrações 2
Migrações 2
 
Exodo Rural em Portugal na Década de Anos 60/70
Exodo Rural em Portugal na Década de Anos 60/70Exodo Rural em Portugal na Década de Anos 60/70
Exodo Rural em Portugal na Década de Anos 60/70
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
Apresentação geografia 29 11_2011
Apresentação geografia  29 11_2011Apresentação geografia  29 11_2011
Apresentação geografia 29 11_2011
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
A imigração na Europa
A imigração na EuropaA imigração na Europa
A imigração na Europa
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 MigraçõesCLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
 
Trb de cp
Trb de cpTrb de cp
Trb de cp
 
Resumo de geografia c - fluxos migratórios e fluxos de turismo
Resumo de geografia c - fluxos migratórios e fluxos de turismoResumo de geografia c - fluxos migratórios e fluxos de turismo
Resumo de geografia c - fluxos migratórios e fluxos de turismo
 
Aula 3 - fluxos migratórios
Aula 3 -  fluxos migratóriosAula 3 -  fluxos migratórios
Aula 3 - fluxos migratórios
 
Migrações, sociedade multiculturais e dinâmicas POPULACIONAIS.pptx
Migrações, sociedade multiculturais e dinâmicas POPULACIONAIS.pptxMigrações, sociedade multiculturais e dinâmicas POPULACIONAIS.pptx
Migrações, sociedade multiculturais e dinâmicas POPULACIONAIS.pptx
 
Migracoes brasileiras sartre
Migracoes brasileiras sartreMigracoes brasileiras sartre
Migracoes brasileiras sartre
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
 
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
 
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
 
Imigração e xenofobia
Imigração e xenofobiaImigração e xenofobia
Imigração e xenofobia
 
Processos Migratórios e a Crise dos Refugiados
Processos Migratórios e a Crise dos RefugiadosProcessos Migratórios e a Crise dos Refugiados
Processos Migratórios e a Crise dos Refugiados
 
Cópia de população
Cópia de populaçãoCópia de população
Cópia de população
 

Mais de MARIANA10FERREIRA

Trabalho de f.q pdf
Trabalho de f.q pdfTrabalho de f.q pdf
Trabalho de f.q pdf
MARIANA10FERREIRA
 
Nuno e paulo por uma escola limpa pdf
Nuno e  paulo por uma escola limpa pdfNuno e  paulo por uma escola limpa pdf
Nuno e paulo por uma escola limpa pdf
MARIANA10FERREIRA
 
Nuno e paulo por uma escola limpa pdf
Nuno e  paulo por uma escola limpa pdfNuno e  paulo por uma escola limpa pdf
Nuno e paulo por uma escola limpa pdf
MARIANA10FERREIRA
 
Trabalho de f.q pdf
Trabalho de f.q pdfTrabalho de f.q pdf
Trabalho de f.q pdf
MARIANA10FERREIRA
 
Trabalho de ciencias pdf
Trabalho de ciencias pdfTrabalho de ciencias pdf
Trabalho de ciencias pdf
MARIANA10FERREIRA
 
Trabalho 4 equações pdf
Trabalho 4   equações pdfTrabalho 4   equações pdf
Trabalho 4 equações pdf
MARIANA10FERREIRA
 
Trabalho 4 equações pdf
Trabalho 4   equações pdfTrabalho 4   equações pdf
Trabalho 4 equações pdf
MARIANA10FERREIRA
 

Mais de MARIANA10FERREIRA (10)

Trabalho de f.q pdf
Trabalho de f.q pdfTrabalho de f.q pdf
Trabalho de f.q pdf
 
Nuno e paulo por uma escola limpa pdf
Nuno e  paulo por uma escola limpa pdfNuno e  paulo por uma escola limpa pdf
Nuno e paulo por uma escola limpa pdf
 
Nuno e paulo por uma escola limpa pdf
Nuno e  paulo por uma escola limpa pdfNuno e  paulo por uma escola limpa pdf
Nuno e paulo por uma escola limpa pdf
 
Trabalho de f.q pdf
Trabalho de f.q pdfTrabalho de f.q pdf
Trabalho de f.q pdf
 
Trabalho de ciencias pdf
Trabalho de ciencias pdfTrabalho de ciencias pdf
Trabalho de ciencias pdf
 
Trabalho 1 a minha vida
Trabalho 1   a minha vidaTrabalho 1   a minha vida
Trabalho 1 a minha vida
 
Trabalho 1 a minha vida
Trabalho 1   a minha vidaTrabalho 1   a minha vida
Trabalho 1 a minha vida
 
Trabalho 4 equações pdf
Trabalho 4   equações pdfTrabalho 4   equações pdf
Trabalho 4 equações pdf
 
Trabalho 1 a minha vida
Trabalho 1   a minha vidaTrabalho 1   a minha vida
Trabalho 1 a minha vida
 
Trabalho 4 equações pdf
Trabalho 4   equações pdfTrabalho 4   equações pdf
Trabalho 4 equações pdf
 

Último

A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 

Mobilidade pdf

  • 4. Padrões migratórios actuais • Estima-se que cerca de 150 milhões de pessoas resida fora do seu país de origem. • Tem-se assistido ao crescimento das migrações internacionais a longo prazo (+ de 1 ano)
  • 6. Actualmente assiste-se à feminização dos movimentos migratórios. Exemplo: mais de 60% dos emigrantes do Sri-Lanka são mulheres.
  • 8. 1ª Fase (1950-1960) – Países do Sul da Europa: Espanha, Portugal, Itália, Grécia fornecem mão- de-obra aos países da Europa Ocidental (França, Alemanha, Reino Unido, Bélgica,…). 2ª Fase – Países do Norte de África (Marrocos, Argélia, Tunísia) e a Turquia para a Europa Ocidental. Actualmente - Europa e os EUA são áreas de chegada, verificando-se deslocações de pessoas da América Latina, África Negra e Ásia.
  • 9. Assistiu-se nos últimos anos a movimentos migratórios massivos provocados por crises de refugiados Refugiado: é um indivíduo que é alvo de discriminação devido à sua etnia, raça, crença religiosa ou política.
  • 10. Consequências das Migrações Internacionais - Nas áreas de origem assiste-se a: • Diminuição da população • Diminuição da taxa de natalidade devido à escassez de população jovem e adultos • Envelhecimento da população • Ocorrência de classes ocas em determinados níveis etários • Diminuição da população activa • Entrada de divisas (moeda estrangeira) enviadas pelos emigrantes e de novos hábitos culturais
  • 11. Consequências das Migrações Internacionais - Nas áreas de destino assiste-se a: • Aumento da população devido à entrada de imigrantes • Aumento da taxa de natalidade consequência do elevado número de jovens e adultos • Rejuvenescimento da população • Aumento da população activa • Possível aparecimento de bairros degradados • Dificuldades de aceitação de novas culturas, línguas e costumes
  • 12. O ÊXODO RURAL: Causas e Consequências É o processo segundo o qual uma parte da população migra, de uma maneira geral com carácter definitivo, do campo para a cidade.
  • 14. Consequências do Êxodo Rural Para o campo: • Perda de mão-de-obra • Permanência de mão-de-obra idosa que dificulta a modernização da agricultura • Envelhecimento da população • Diminuição da taxa de natalidade
  • 15. Consequências do Êxodo Rural Para o cidade: • Aumento da disponibilidade de mão-de-obra • Rejuvenescimento da população, que se revela numa maior capacidade produtiva e na dinamização da economia • Aumento da taxa de natalidade • Problemas habitacionais que levam ao aparecimento de bairros de lata e bairros clandestinos