SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Escola dos 2º e 3º Ciclos do Caniço
Teste de verificação de leitura – Leandro, rei da Helíria
Versão A
Ficha de verificação de leitura 2013/14
Professor: Toni GomesDisciplina: Português, 7.º ano
Duração: 20 minutos
Nome:
1. Na obra em estudo, qual a
personagem que não
participa?
a) Violeta
b) Constança
c) Hortência
d) Amarílis
2. O rei de Helíria chama-se:
a) Leonardo
b) Leandro
c) Reginaldo
d) Felizardo
3. Onde sepassa a primeira cena entre o rei e o
bobo?
a) No jardimdo palácio real deHelíria.
b) Dentro do palácio.
c) Nas terras do rei.
d) No salão nobredo palácio.
4. Para o rei os sonhos:
a) Não têm qualquer
significado.
b) São delírios do povo.
c) São uma festa.
d) São recados dos deuses.
5. O rei pergunta ao bobo se ele também sonha.O
que revela esta pergunta?
a) Não sabese os pobres sonhamou não.
b) Está curioso sobreos sonhos do bobo.
c) O rei pensa que o bobo e os pobres nem sequer
têm o direito de sonhar.
d) É apenas uma pergunta sem segundo sentido.
6. O rei sonhou que poderia ficar:
a) Mais rico epoderoso.
b) Em guerra com os povos vizinhos.
c) Sem as suas filhas.
d) Pobre, sem coroa e sem poder.
7. Cena II - O que é que Amarílis pede ao bobo para lhe cantar?
a) Trovas sobrea irmã que a fizessemrir à gargalhada
b) Trovas para elogiar a sua irmã,porquegosta dela.
c) Trovas sobreo seu pai.
d) Uma história deamor.
8. Violeta foi pedida em
casamento pelo:
a) PríncipeSimplício
b) PríncipeFelizardo.
c) PríncipeFelisberto
d) PríncipeReginaldo.
9. Hortênsia e Amarílis
achamReginaldo:
a) Prudente
b) Pelintra
c) Corajoso
d) interessante
10. Violeta é o oposto das irmãs:
a) É simples,intriguistae
romântica.
b) É bondosa,sensata e
verdadeira nos seus
sentimentos.
c) É falsa ementirosa.
d) É mentirosa,mas sensata.
11. Segundoo Bobo, o povo acha que a flor hortênsia:
a) representa as mulheres sensatas ebondosas.
b) está em vias deextensão.
c) representa as mulheres caprichosase
inconstantes.
d) representa as mulheres românticas e
dedicadas.
12. Segundo o Bobo, o povo acha que a
flor amarílis:
a) é de rara beleza.
b) representa a mulher artificiosa e
enganadora.
c) representa a mulher solidária e
amiga.
d) deve ser regada todos os dias.
13. O que pensam as duas irmãs do povo?
a) Que deve viver na corte.
b) Nem sequer sabem o que isso é.
c) Têm muito respeito por ele.
d) Ajudam-no a ter melhores condições de
vida.
14. Cena IV
Como se chama o noivo de
Hortênsia?
a) Simplício.
b) Felizardo.
c) Reginaldo.
d) Amaro.
15. Como é caracterizado o PríncipeFelizardo?
a) Sensato, amigo, só pensa na felicidadeda sua
noiva.
b) Dedicado ao trabalho e à sua família.
c) Delicado,culto,só pensa em ser artista.
d) Novo rico,rude, ignorante, só pensa no
dinheiro.
16. E o PríncipeSimplício?
a) É a sombra do PríncipeFelizardo,não
tendo qualquer iniciativa.
b) É um homem cheio de iniciativae
empreendedor.
c) É um guerreiro e defensor do reino.
d) É um homem sem ambições na vida.
17. Cena VII - O que é que os Príncipes
Felizardo e Simplício têm para oferecer às
suas noivas?
a) Dinheiro e riqueza.
b) Amor e proteção.
c) Joias e sabedoria.
d) Respeito e amor.
18. E o PríncipeReginaldo?
a) Dinheiro e riqueza.
b) Muitas terras a perder de vista.
c) Amor e respeito, pois vê o mundo
com os mesmos olhos de Violeta.
d) Joias e vestidos.
19. Cena IX - Para as duas irmãs,Hortênsia e
Amarílis,o mais importante é:
a) Que os seus noivos tenham sempre as bolsas
abertas e as bocas caladas.
b) Que os noivos as amem.
c) Que os noivos tenham as bocas abertas,mas
as bolsas fechadas.
d) Que os noivos sejamfelizes.
20. Cena X - Finalmente, o rei conta o seu sonho
dizendo que dará o seu trono à filha que:
a) Demonstrar ter mais amor por ele.
b) Demonstrar ter capacidadepara construir
um novo reino.
c) Demonstrar ter capacidadepara melhorar
as condições de vida do seu povo.
d) Demonstrar capacidades para governar.
21. Hortênsia responde ao
pai que:
a) o quer mais do que ao
sol.
b) o quer mais do que a si
própria.
c) o quer mais do que ao
seu povo.
22. E Amarílis?
a) Que dá a vida pelo
seu povo.
b) Que dá a vida pelo
pai.
c) Que dá a vida
pelas irmãs.
d) Que dá a vida pelo
reino.
23. Como interpretas a resposta de Violeta –“ Preciso
tanto de vós… como a comida precisa do sal”?
a) Precisa tanto do pai como de comida salgada.
b) A comida sem sal não tem sabor,não presta,
assimcomo a sua vida sem o amor do pai,não
tem sentido.
c) Precisa tanto do pai como o sal precisada
comida.
d) A comida sem sal émais saudável,por isso o pai
deve ter cuidado com a alimentação.
24. Cena XI - O rei mandou chamar o escrivão para
se fazer saber que:
a) A partir dessemomento, Violeta é expulsa do
reino, sem levar tostão nem manto.
b) A partir dessemomento, Hortênsia é expulsa
do reino, sem levar tostão nem manto.
c) A partir dessemomento, Amarílis éexpulsa do
reino, sem levar tostão nem manto.
d) Dividiráo seu reino em três partes.
25. O PríncipeReginaldo intervém dizendo
que o amor que sente por Violeta:
a) é muito frágil.
b) nada tem a ver com oiro,joias ou
terras.
c) está dependente do seu dote.
d) corresponde ao tamanho da sua
herança.
26. Leandro, em troca, pede:
a) Uma cama para dormir e passar
seis meses em cada um dos reinos.
b) Ter sempre criados parao servir.
c) Usufruir de todos os seus
privilégios.
d) Um reino para si.
27. Ato II, Cena I - Muitos anos depois,como
se encontram o rei e o bobo?
a) Escorraçadospelas filhas,
transformaram-seem mendigos
esfarrapados ecom fome.
b) Bem tratados e cheios de saúde.
c) Cheios de saúde,mas maltratados.
d) Bem vestidos e muito preguiçosos.
28. Porque repete o rei váriasvezes “Eu sou
o rei de Helíria”mesmo sendo um
mendigo?
a) Por orgulho,por não querer acreditar e
aceitar a sua condição atual.
b) Porque já não está na posse das suas
faculdades mentais.
c) Porque nãoacredita que deixoude ser rei.
d) Porque é o rei.
29. Cena II - O rei e o bobo encontram um
pastor.O bobo conta-lhea história deles,
dizendo que o rei já morreu. Porquê?
a) Porque o rei já não tem poder, é
apenas um pobre diabo.
b) Porque o rei já morreu mesmo.
c) Porque quer pregar uma partida ao
pastor.
d) Para que o rei não seja assaltado.
30. Cena III - As duas irmãs,passados os
seis meses em que tiveramque suportar
o pai,o que decidiramfazer?
a) Mandaram-no matar.
b) Fecharam-no numa masmorra.
c) Expulsaram-no do reino e trataram-
no como qualquer súbdito,sem
respeito, nem dignidade.
d) Continuarama viver com o pai.
31. Cena IV - O pastor sugere ao bobo
que…
a) se dirijaao seu reino e procure
Violeta.
b) se dirijanovamente ao reino das suas
filhas elhes peça perdão.
c) devem aceitar a sua condição atual.
d) fiquem com ele.
32. Cena V - O reino onde vive o pastor
é da:
a) Princesa Hortênsia edo Príncipe
Felizardo.
b) Princesa Violeta edo Príncipe
Reginaldo.
c) Princesa Amarílisedo Príncipe
Simplício.
d) Das três princesas.
33. Cena VI - O reino onde vive o pastor é
a) Bastante severo e rigoroso.
b) Um reino farto, não há escravos,nem
chibatadas nemmesmo para os animais.
É um reino onde todos são livres e
iguais.
c) Um reino onde reina a escravidãoe a fome.
d) Um reino à deriva,onde cada um
sobrevivecomo pode.
34. O rei não acredita nas palavras do
pastor,pois em todo o lado há:
a) Pessoas mentirosas.
b) Ambição, morte, loucura,fome,
traições,vinganças,injustiças,
ciladas…
c) Pessoas queo querem enganar.
d) Pessoas imprudentes.
35. Cena VII - Violeta,ao saber que o seu pai
se encontra no seu reino, resolve fazer…
a) Uma grande festa para o receber.
b) Expulsá-lo do seu reino.
c) Fechá-lo dentro do castelo,para que
ninguém veja que o seu pai é um
mendigo.
d) Ignorá-lo.
36. Cena VIII - Ao chegar ao reino de
Violeta, o rei sente um cheiro familiar,
porque
a) lhe recorda o cheiro a comida boa.
b) sente que está em sua casa.
c) era assimqueo seu reino cheirava:a
alegria,a música,a felicidade,a
violetas.
d) o bobo apanhou umas violetas.
37. Cena IX - O rei e o bobo
reconhecem Violeta através:
a) Da sua voz e dos seus
olhos.
b) Das suas palavrasrudes.
c) Dos seus olhos irados.
d) Do seu perfume.
38. Durante o banquete, o rei rejeita todos os
pratos que lhe são oferecidos por Violeta,
porque…
a) pensa que é uma conspiração parao matar
e também porque a comida lhe sabemal.
b) não tem fome.
c) não quer ficar em dívida para coma filha.
d) está doente.
39. Violeta perdoa o pai,mas ainda assim
acusa-o de…
a) só pensar no bem estar da suas filhas.
b) só ter dado ouvidos às palavras da lisonja
e da mentira.
c) só pensar em ter mais riquezas e
aumentar o seu reino.
d) só pensar no seu povo.
40. Indica,então, o que, nesta obra, simboliza o sal.
a) O amor, o desinteresse, a solidariedade,a amizade…
b) Joias,riquezas eterras a perder de vista.
c) Um condimento utilizado na confeção da comida.
d) Um elemento que faz mal à saúde.
Lrh ficha verificação leitura lrh

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Leandro rei da heliria caracterização das personagens2
Leandro rei da heliria   caracterização das personagens2Leandro rei da heliria   caracterização das personagens2
Leandro rei da heliria caracterização das personagens2
Belmira Baptista
 
Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"
Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"
Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"
Profmaria
 
Caderno de-apoio-ao-professor-hgp-6
Caderno de-apoio-ao-professor-hgp-6Caderno de-apoio-ao-professor-hgp-6
Caderno de-apoio-ao-professor-hgp-6
Carla Silva
 
Leandro, rei da helíria quest.
Leandro, rei da helíria   quest.Leandro, rei da helíria   quest.
Leandro, rei da helíria quest.
Sheila Dupont
 
Ficha De Verificao De Leitura Leandro
Ficha De Verificao De Leitura LeandroFicha De Verificao De Leitura Leandro
Ficha De Verificao De Leitura Leandro
dinocarvalho8
 
O cavaleiro da dinamarca categorias da narrativa
O cavaleiro da dinamarca  categorias da narrativaO cavaleiro da dinamarca  categorias da narrativa
O cavaleiro da dinamarca categorias da narrativa
fercariagomes
 
Ficha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenaçãoFicha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenação
Margarida Gomes
 

Mais procurados (20)

Teste a aia 2
Teste a aia 2Teste a aia 2
Teste a aia 2
 
Leandro rei da heliria caracterização das personagens2
Leandro rei da heliria   caracterização das personagens2Leandro rei da heliria   caracterização das personagens2
Leandro rei da heliria caracterização das personagens2
 
Ficha de recursos expressivos 6º ano
Ficha de recursos expressivos 6º anoFicha de recursos expressivos 6º ano
Ficha de recursos expressivos 6º ano
 
Resumo a saga
Resumo a sagaResumo a saga
Resumo a saga
 
Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"
Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"
Ficha De Verificação De Leitura, "Leandro, rei da Helíria"
 
Testes 6º ano etapas
Testes 6º ano etapasTestes 6º ano etapas
Testes 6º ano etapas
 
Teste Leandro 7º ano
Teste Leandro 7º anoTeste Leandro 7º ano
Teste Leandro 7º ano
 
Caderno de-apoio-ao-professor-hgp-6
Caderno de-apoio-ao-professor-hgp-6Caderno de-apoio-ao-professor-hgp-6
Caderno de-apoio-ao-professor-hgp-6
 
Teste Português Anne Frank (8ºano)
Teste Português Anne Frank (8ºano)Teste Português Anne Frank (8ºano)
Teste Português Anne Frank (8ºano)
 
Leandro, rei da helíria quest.
Leandro, rei da helíria   quest.Leandro, rei da helíria   quest.
Leandro, rei da helíria quest.
 
Ficha De Verificao De Leitura Leandro
Ficha De Verificao De Leitura LeandroFicha De Verificao De Leitura Leandro
Ficha De Verificao De Leitura Leandro
 
Teste Ed. Lit 6º ULISSES.docx
Teste Ed. Lit 6º ULISSES.docxTeste Ed. Lit 6º ULISSES.docx
Teste Ed. Lit 6º ULISSES.docx
 
Ficha UE
Ficha UEFicha UE
Ficha UE
 
Testagem de leitura gaivota e gato
Testagem de leitura gaivota e gatoTestagem de leitura gaivota e gato
Testagem de leitura gaivota e gato
 
lab7_teste_avaliacao_6a.docx
lab7_teste_avaliacao_6a.docxlab7_teste_avaliacao_6a.docx
lab7_teste_avaliacao_6a.docx
 
Ficha de revisões 6º ano Português - notícia com correção
Ficha de revisões 6º ano Português - notícia com correçãoFicha de revisões 6º ano Português - notícia com correção
Ficha de revisões 6º ano Português - notícia com correção
 
O cavaleiro da dinamarca categorias da narrativa
O cavaleiro da dinamarca  categorias da narrativaO cavaleiro da dinamarca  categorias da narrativa
O cavaleiro da dinamarca categorias da narrativa
 
Ficha formativa_ Passé Composé
Ficha formativa_ Passé Composé Ficha formativa_ Passé Composé
Ficha formativa_ Passé Composé
 
Ficha de trabalho discurso direto- indireto
Ficha de trabalho  discurso direto- indiretoFicha de trabalho  discurso direto- indireto
Ficha de trabalho discurso direto- indireto
 
Ficha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenaçãoFicha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenação
 

Destaque (15)

Guiao leandro rei_da_heliria
Guiao leandro rei_da_heliriaGuiao leandro rei_da_heliria
Guiao leandro rei_da_heliria
 
Teste de verificação de leitura
Teste de verificação de leituraTeste de verificação de leitura
Teste de verificação de leitura
 
Textos em diálogo
Textos em diálogoTextos em diálogo
Textos em diálogo
 
Leandro, o rei da helíria
Leandro, o rei da helíriaLeandro, o rei da helíria
Leandro, o rei da helíria
 
LP: Leandro Rei da Helíria
LP: Leandro Rei da HelíriaLP: Leandro Rei da Helíria
LP: Leandro Rei da Helíria
 
1ª Ficha De AvaliaçãO
1ª Ficha De AvaliaçãO1ª Ficha De AvaliaçãO
1ª Ficha De AvaliaçãO
 
Convite a5
Convite a5Convite a5
Convite a5
 
Alice Viera
Alice VieraAlice Viera
Alice Viera
 
Fichadeverificaodeleituraleandro 100130122929-phpapp02
Fichadeverificaodeleituraleandro 100130122929-phpapp02Fichadeverificaodeleituraleandro 100130122929-phpapp02
Fichadeverificaodeleituraleandro 100130122929-phpapp02
 
Regulamento geral das competições
Regulamento geral das competiçõesRegulamento geral das competições
Regulamento geral das competições
 
Leandro, rei da helíria
Leandro, rei da helíriaLeandro, rei da helíria
Leandro, rei da helíria
 
Vida e obra de Alice Vieira
Vida e obra de Alice Vieira  Vida e obra de Alice Vieira
Vida e obra de Alice Vieira
 
Alice Vieira
Alice VieiraAlice Vieira
Alice Vieira
 
Pt7cdr teste3
Pt7cdr teste3Pt7cdr teste3
Pt7cdr teste3
 
Pt7cdr solucoes testes
Pt7cdr solucoes testesPt7cdr solucoes testes
Pt7cdr solucoes testes
 

Semelhante a Lrh ficha verificação leitura lrh (10)

testePT7Leandro.docx
testePT7Leandro.docxtestePT7Leandro.docx
testePT7Leandro.docx
 
Escolha multipla rei da heliria
Escolha multipla rei da heliriaEscolha multipla rei da heliria
Escolha multipla rei da heliria
 
Questionário a aia
Questionário a aiaQuestionário a aia
Questionário a aia
 
A aia
A aiaA aia
A aia
 
teste adaptado- AAia.doc
teste adaptado-  AAia.docteste adaptado-  AAia.doc
teste adaptado- AAia.doc
 
Aia
AiaAia
Aia
 
Cnl contos aia_tesouro_prova_3ciclo_11jan2017
Cnl contos aia_tesouro_prova_3ciclo_11jan2017Cnl contos aia_tesouro_prova_3ciclo_11jan2017
Cnl contos aia_tesouro_prova_3ciclo_11jan2017
 
Virginia woolf, a viúva e o papagaio
Virginia woolf, a viúva e o papagaioVirginia woolf, a viúva e o papagaio
Virginia woolf, a viúva e o papagaio
 
Questionário "O Tesouro"
Questionário "O Tesouro"Questionário "O Tesouro"
Questionário "O Tesouro"
 
linguagens no enem n. 1
 linguagens no enem n. 1 linguagens no enem n. 1
linguagens no enem n. 1
 

Último

4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
lbgsouza
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
andreaLisboa7
 

Último (20)

4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
 

Lrh ficha verificação leitura lrh

  • 1. Escola dos 2º e 3º Ciclos do Caniço Teste de verificação de leitura – Leandro, rei da Helíria Versão A Ficha de verificação de leitura 2013/14 Professor: Toni GomesDisciplina: Português, 7.º ano Duração: 20 minutos Nome: 1. Na obra em estudo, qual a personagem que não participa? a) Violeta b) Constança c) Hortência d) Amarílis 2. O rei de Helíria chama-se: a) Leonardo b) Leandro c) Reginaldo d) Felizardo 3. Onde sepassa a primeira cena entre o rei e o bobo? a) No jardimdo palácio real deHelíria. b) Dentro do palácio. c) Nas terras do rei. d) No salão nobredo palácio. 4. Para o rei os sonhos: a) Não têm qualquer significado. b) São delírios do povo. c) São uma festa. d) São recados dos deuses. 5. O rei pergunta ao bobo se ele também sonha.O que revela esta pergunta? a) Não sabese os pobres sonhamou não. b) Está curioso sobreos sonhos do bobo. c) O rei pensa que o bobo e os pobres nem sequer têm o direito de sonhar. d) É apenas uma pergunta sem segundo sentido. 6. O rei sonhou que poderia ficar: a) Mais rico epoderoso. b) Em guerra com os povos vizinhos. c) Sem as suas filhas. d) Pobre, sem coroa e sem poder. 7. Cena II - O que é que Amarílis pede ao bobo para lhe cantar? a) Trovas sobrea irmã que a fizessemrir à gargalhada b) Trovas para elogiar a sua irmã,porquegosta dela. c) Trovas sobreo seu pai. d) Uma história deamor. 8. Violeta foi pedida em casamento pelo: a) PríncipeSimplício b) PríncipeFelizardo. c) PríncipeFelisberto d) PríncipeReginaldo. 9. Hortênsia e Amarílis achamReginaldo: a) Prudente b) Pelintra c) Corajoso d) interessante 10. Violeta é o oposto das irmãs: a) É simples,intriguistae romântica. b) É bondosa,sensata e verdadeira nos seus sentimentos. c) É falsa ementirosa. d) É mentirosa,mas sensata. 11. Segundoo Bobo, o povo acha que a flor hortênsia: a) representa as mulheres sensatas ebondosas. b) está em vias deextensão. c) representa as mulheres caprichosase inconstantes. d) representa as mulheres românticas e dedicadas. 12. Segundo o Bobo, o povo acha que a flor amarílis: a) é de rara beleza. b) representa a mulher artificiosa e enganadora. c) representa a mulher solidária e amiga. d) deve ser regada todos os dias. 13. O que pensam as duas irmãs do povo? a) Que deve viver na corte. b) Nem sequer sabem o que isso é. c) Têm muito respeito por ele. d) Ajudam-no a ter melhores condições de vida. 14. Cena IV Como se chama o noivo de Hortênsia? a) Simplício. b) Felizardo. c) Reginaldo. d) Amaro. 15. Como é caracterizado o PríncipeFelizardo? a) Sensato, amigo, só pensa na felicidadeda sua noiva. b) Dedicado ao trabalho e à sua família. c) Delicado,culto,só pensa em ser artista. d) Novo rico,rude, ignorante, só pensa no dinheiro. 16. E o PríncipeSimplício? a) É a sombra do PríncipeFelizardo,não tendo qualquer iniciativa. b) É um homem cheio de iniciativae empreendedor. c) É um guerreiro e defensor do reino. d) É um homem sem ambições na vida. 17. Cena VII - O que é que os Príncipes Felizardo e Simplício têm para oferecer às suas noivas? a) Dinheiro e riqueza. b) Amor e proteção. c) Joias e sabedoria. d) Respeito e amor. 18. E o PríncipeReginaldo? a) Dinheiro e riqueza. b) Muitas terras a perder de vista. c) Amor e respeito, pois vê o mundo com os mesmos olhos de Violeta. d) Joias e vestidos. 19. Cena IX - Para as duas irmãs,Hortênsia e Amarílis,o mais importante é: a) Que os seus noivos tenham sempre as bolsas abertas e as bocas caladas. b) Que os noivos as amem. c) Que os noivos tenham as bocas abertas,mas as bolsas fechadas. d) Que os noivos sejamfelizes. 20. Cena X - Finalmente, o rei conta o seu sonho dizendo que dará o seu trono à filha que: a) Demonstrar ter mais amor por ele. b) Demonstrar ter capacidadepara construir um novo reino. c) Demonstrar ter capacidadepara melhorar as condições de vida do seu povo. d) Demonstrar capacidades para governar. 21. Hortênsia responde ao pai que: a) o quer mais do que ao sol. b) o quer mais do que a si própria. c) o quer mais do que ao seu povo.
  • 2. 22. E Amarílis? a) Que dá a vida pelo seu povo. b) Que dá a vida pelo pai. c) Que dá a vida pelas irmãs. d) Que dá a vida pelo reino. 23. Como interpretas a resposta de Violeta –“ Preciso tanto de vós… como a comida precisa do sal”? a) Precisa tanto do pai como de comida salgada. b) A comida sem sal não tem sabor,não presta, assimcomo a sua vida sem o amor do pai,não tem sentido. c) Precisa tanto do pai como o sal precisada comida. d) A comida sem sal émais saudável,por isso o pai deve ter cuidado com a alimentação. 24. Cena XI - O rei mandou chamar o escrivão para se fazer saber que: a) A partir dessemomento, Violeta é expulsa do reino, sem levar tostão nem manto. b) A partir dessemomento, Hortênsia é expulsa do reino, sem levar tostão nem manto. c) A partir dessemomento, Amarílis éexpulsa do reino, sem levar tostão nem manto. d) Dividiráo seu reino em três partes. 25. O PríncipeReginaldo intervém dizendo que o amor que sente por Violeta: a) é muito frágil. b) nada tem a ver com oiro,joias ou terras. c) está dependente do seu dote. d) corresponde ao tamanho da sua herança. 26. Leandro, em troca, pede: a) Uma cama para dormir e passar seis meses em cada um dos reinos. b) Ter sempre criados parao servir. c) Usufruir de todos os seus privilégios. d) Um reino para si. 27. Ato II, Cena I - Muitos anos depois,como se encontram o rei e o bobo? a) Escorraçadospelas filhas, transformaram-seem mendigos esfarrapados ecom fome. b) Bem tratados e cheios de saúde. c) Cheios de saúde,mas maltratados. d) Bem vestidos e muito preguiçosos. 28. Porque repete o rei váriasvezes “Eu sou o rei de Helíria”mesmo sendo um mendigo? a) Por orgulho,por não querer acreditar e aceitar a sua condição atual. b) Porque já não está na posse das suas faculdades mentais. c) Porque nãoacredita que deixoude ser rei. d) Porque é o rei. 29. Cena II - O rei e o bobo encontram um pastor.O bobo conta-lhea história deles, dizendo que o rei já morreu. Porquê? a) Porque o rei já não tem poder, é apenas um pobre diabo. b) Porque o rei já morreu mesmo. c) Porque quer pregar uma partida ao pastor. d) Para que o rei não seja assaltado. 30. Cena III - As duas irmãs,passados os seis meses em que tiveramque suportar o pai,o que decidiramfazer? a) Mandaram-no matar. b) Fecharam-no numa masmorra. c) Expulsaram-no do reino e trataram- no como qualquer súbdito,sem respeito, nem dignidade. d) Continuarama viver com o pai. 31. Cena IV - O pastor sugere ao bobo que… a) se dirijaao seu reino e procure Violeta. b) se dirijanovamente ao reino das suas filhas elhes peça perdão. c) devem aceitar a sua condição atual. d) fiquem com ele. 32. Cena V - O reino onde vive o pastor é da: a) Princesa Hortênsia edo Príncipe Felizardo. b) Princesa Violeta edo Príncipe Reginaldo. c) Princesa Amarílisedo Príncipe Simplício. d) Das três princesas. 33. Cena VI - O reino onde vive o pastor é a) Bastante severo e rigoroso. b) Um reino farto, não há escravos,nem chibatadas nemmesmo para os animais. É um reino onde todos são livres e iguais. c) Um reino onde reina a escravidãoe a fome. d) Um reino à deriva,onde cada um sobrevivecomo pode. 34. O rei não acredita nas palavras do pastor,pois em todo o lado há: a) Pessoas mentirosas. b) Ambição, morte, loucura,fome, traições,vinganças,injustiças, ciladas… c) Pessoas queo querem enganar. d) Pessoas imprudentes. 35. Cena VII - Violeta,ao saber que o seu pai se encontra no seu reino, resolve fazer… a) Uma grande festa para o receber. b) Expulsá-lo do seu reino. c) Fechá-lo dentro do castelo,para que ninguém veja que o seu pai é um mendigo. d) Ignorá-lo. 36. Cena VIII - Ao chegar ao reino de Violeta, o rei sente um cheiro familiar, porque a) lhe recorda o cheiro a comida boa. b) sente que está em sua casa. c) era assimqueo seu reino cheirava:a alegria,a música,a felicidade,a violetas. d) o bobo apanhou umas violetas. 37. Cena IX - O rei e o bobo reconhecem Violeta através: a) Da sua voz e dos seus olhos. b) Das suas palavrasrudes. c) Dos seus olhos irados. d) Do seu perfume. 38. Durante o banquete, o rei rejeita todos os pratos que lhe são oferecidos por Violeta, porque… a) pensa que é uma conspiração parao matar e também porque a comida lhe sabemal. b) não tem fome. c) não quer ficar em dívida para coma filha. d) está doente. 39. Violeta perdoa o pai,mas ainda assim acusa-o de… a) só pensar no bem estar da suas filhas. b) só ter dado ouvidos às palavras da lisonja e da mentira. c) só pensar em ter mais riquezas e aumentar o seu reino. d) só pensar no seu povo. 40. Indica,então, o que, nesta obra, simboliza o sal. a) O amor, o desinteresse, a solidariedade,a amizade… b) Joias,riquezas eterras a perder de vista. c) Um condimento utilizado na confeção da comida. d) Um elemento que faz mal à saúde.