SlideShare uma empresa Scribd logo
1
DIREÇÃO - GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES – DIREÇÃO DE SERVIÇOS REGIÃO ALENTEJO
Agrupamento de Escolas de Vidigueira
Escola Básica Integrada com Jardim-de-infância Frei António das Chagas de Vidigueira
Assinala com um x a resposta correta:
1) O primeiro parágrafo informa-nos acerca de:
a) o reino,a rainha,o príncipee a aia.
b) o reino, o rei, a rainha eo filho.
c) o reino,o tio,o rei e o filho.
2) A lua começou a minguar quando:
a) o rei partiu a batalhar em terras distantes.
b) o rei faleceu, trespassado por sete lanças à
beira do grande lago.
c) o rei morreu à beira do grande rio.
3) A rainha chorou amargamente:
a) A morte do esposo e do cunhado.
b) A morte do rei, esposo e pai.
c) A morte do pai e do rei.
4) O grande inimigo do reino e a sua horda viviam:
a) Na planície,próximo do palácio.
b) Às portas do palácio,na cidadela.
c) Num castelo sobreos montes.
5) O tio, irmão bastardo do rei,
a) ajudou a governar o reino.
b) chorou copiosamente a morte do rei.
c) desejou os tesouros da realeza.
6) As semelhanças entre o príncipe e o escravo são:
a) Nasceram na mesma noite, foram criados pelo mesmo seio,cercados pelo mesmo carinho eem ambos reluziam os
olhos como pedras preciosas.
b) Nasceramno verão, foram criados cada umpor sua mãe e cercados de diferentes carinhos.
c) Nasceramnuma manhã fia, foram criados pelo mesmo seio e em ambos reluziamos olhos.
7) O príncipe
a) com o seu cabelo louro e fino dormia serenamente no seu berço com o seu guizo de ouro fechado na mão.
b) acordou agitado perante o barulho das hordas derebeldes.
c) e o escravozinho eram criados pela rainha.
8) A aia chorou sentidamente a morte do rei por:
a) amar perdidamente o moço e valente rei.
b) perder o pai do seu filhinho.
c) ser leal ao seu amo.
Teste de Avaliação de Português
Nome:_____________________________________Data:_____________________Classificação:_________________
docente:________________________Enc.Educação: ____________________________
2
9) A aia temia o futuro do seu príncipe porque:
a) o tio era cruel e o príncipe frágil.
b) o tio tinha a face mais escura do que a noite.
c) o reino fora invadido por uma horda de assassinos.
10) A aia a ambos tratava de modo igual, no entanto, tinha consciência que:
a) o seu filho nada tinha a temer porque a sua alma era livree simples .
b) as desgraças,os assaltos demá sorte se abateriamsobre os eu filho.
c) o seu príncipenada tinha a recear porque a sua existência era despida de glória.
11) O bastardo, homem de rapina, e a sua horda desceram à planície:
a) deixando um sulco de matança e ruínas.
b) espalhando a alegria ea felicidade.
c) queimando tudo por onde passavam.
12) A aia tirou o príncipe do seu berço de marfim para o berço de verga porque:
a) pensava que o palácio ia ser incendiado.
b) compreendeu que, naquela noite, algo se estava a passar no palácio.
c) achava queo seu filho merecia um berço de marfim.
13) O capitão das guardas trouxe a notícia da:
a) morte do tio bastardo edo “principezinho”.
b) morte do “principezinho”,do tio bastardo e da sua horda.
c) morte do tio bastardo e da sua horda.
14) A aia, muito calada e pálida,
a) ouvia o bater das armas.
b) perante o choro da rainha,destapou o berço de verga onde estava o príncipeadormecido.
c) cobriu o menino no berço de marfim.
15) A multidão interrogava-se acerca:
a) da morte do príncipe.
b) da invasão do palácio.
c) de quem teria salvo o príncipe.
16) Caminharam em direção à câmara dos tesouros para:
a) enclausurar o menino.
b) recompensar a aia.
c) admirara a riqueza.
17) A aia era uma “serva sublimemente leal” por:
a) ter mandado o seu filho para a morte, salvando o príncipe.
b) ter matado o tio cruel.
c) ter nascido naquela casareal.
18) Senhores, aias, homens de armas acompanhavam sentidamente a aia à câmara dos tesouros num:
a) desejo ávido de recompensa.
b) alegre festejo de vitória.
c) comovido “cortejo fúnebre”.
19)De entre os tesouros, a aia escolheu:
a) um enorme diamante.
3
b) um saco de moedas.
c) um punhal cravejado de esmeraldas.
20) A aia pôs termo à sua vida porque:
a) acreditava que ia cuidar do seu filho no céu.
b) queria ir para o reino dos céus, encontrar-secom o seu rei.
c) odiava a rainha.
Bom trabalho!!!
A Professora: Elsa Marcos
COTAÇÕES
5 PONTOS CADA QUESTÃO

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a teste adaptado- AAia.doc

Recensão crítica - a aia
Recensão crítica - a aia Recensão crítica - a aia
Recensão crítica - a aia
AMLDRP
 
Dial9cdr teste lusiadas_3
Dial9cdr teste lusiadas_3Dial9cdr teste lusiadas_3
Dial9cdr teste lusiadas_3
airpereira
 

Semelhante a teste adaptado- AAia.doc (20)

Questionário a aia
Questionário a aiaQuestionário a aia
Questionário a aia
 
A aia
A aiaA aia
A aia
 
A aia
A aiaA aia
A aia
 
Cnl contos aia_tesouro_prova_3ciclo_11jan2017
Cnl contos aia_tesouro_prova_3ciclo_11jan2017Cnl contos aia_tesouro_prova_3ciclo_11jan2017
Cnl contos aia_tesouro_prova_3ciclo_11jan2017
 
Lrh ficha verificação leitura lrh
Lrh ficha verificação leitura lrhLrh ficha verificação leitura lrh
Lrh ficha verificação leitura lrh
 
Teste a aia 2
Teste a aia 2Teste a aia 2
Teste a aia 2
 
1ª Ficha De AvaliaçãO
1ª Ficha De AvaliaçãO1ª Ficha De AvaliaçãO
1ª Ficha De AvaliaçãO
 
Ficha de avaliação diagnóstica Lp - Príncipe com Orelhas de Burro
Ficha de avaliação diagnóstica Lp  - Príncipe com Orelhas de BurroFicha de avaliação diagnóstica Lp  - Príncipe com Orelhas de Burro
Ficha de avaliação diagnóstica Lp - Príncipe com Orelhas de Burro
 
Escolha multipla rei da heliria
Escolha multipla rei da heliriaEscolha multipla rei da heliria
Escolha multipla rei da heliria
 
Ficha de leitura
Ficha de leituraFicha de leitura
Ficha de leitura
 
Ae plv5 teste_avancado2
Ae plv5 teste_avancado2Ae plv5 teste_avancado2
Ae plv5 teste_avancado2
 
Ae plv5 teste_avancado2
Ae plv5 teste_avancado2Ae plv5 teste_avancado2
Ae plv5 teste_avancado2
 
Ficha de verificação de leitura (preparação) - O Cavaleiro da Dinamarca.docx
Ficha de verificação de leitura (preparação) - O Cavaleiro da Dinamarca.docxFicha de verificação de leitura (preparação) - O Cavaleiro da Dinamarca.docx
Ficha de verificação de leitura (preparação) - O Cavaleiro da Dinamarca.docx
 
Lenda da cova da moura
Lenda da cova da mouraLenda da cova da moura
Lenda da cova da moura
 
1ª Ficha Formativa
1ª Ficha Formativa1ª Ficha Formativa
1ª Ficha Formativa
 
Os príncipes gémeos, in Queres Ouvir? Eu Conto!, Irene Lisboa
Os príncipes gémeos, in Queres Ouvir? Eu Conto!, Irene LisboaOs príncipes gémeos, in Queres Ouvir? Eu Conto!, Irene Lisboa
Os príncipes gémeos, in Queres Ouvir? Eu Conto!, Irene Lisboa
 
Ficha de verificaã§ã£o de leitura o cavaleiro da dinamarca
Ficha de verificaã§ã£o de leitura   o cavaleiro da dinamarcaFicha de verificaã§ã£o de leitura   o cavaleiro da dinamarca
Ficha de verificaã§ã£o de leitura o cavaleiro da dinamarca
 
Recensão crítica - a aia
Recensão crítica - a aia Recensão crítica - a aia
Recensão crítica - a aia
 
Dial9cdr teste lusiadas_3
Dial9cdr teste lusiadas_3Dial9cdr teste lusiadas_3
Dial9cdr teste lusiadas_3
 
Isaias 35 pergutas biblicas PPT
Isaias 35 pergutas biblicas PPTIsaias 35 pergutas biblicas PPT
Isaias 35 pergutas biblicas PPT
 

Último

clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
LuanaAlves940822
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
ssuserbb4ac2
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
edjailmax
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
rarakey779
 

Último (20)

Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdfLabor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 

teste adaptado- AAia.doc

  • 1. 1 DIREÇÃO - GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES – DIREÇÃO DE SERVIÇOS REGIÃO ALENTEJO Agrupamento de Escolas de Vidigueira Escola Básica Integrada com Jardim-de-infância Frei António das Chagas de Vidigueira Assinala com um x a resposta correta: 1) O primeiro parágrafo informa-nos acerca de: a) o reino,a rainha,o príncipee a aia. b) o reino, o rei, a rainha eo filho. c) o reino,o tio,o rei e o filho. 2) A lua começou a minguar quando: a) o rei partiu a batalhar em terras distantes. b) o rei faleceu, trespassado por sete lanças à beira do grande lago. c) o rei morreu à beira do grande rio. 3) A rainha chorou amargamente: a) A morte do esposo e do cunhado. b) A morte do rei, esposo e pai. c) A morte do pai e do rei. 4) O grande inimigo do reino e a sua horda viviam: a) Na planície,próximo do palácio. b) Às portas do palácio,na cidadela. c) Num castelo sobreos montes. 5) O tio, irmão bastardo do rei, a) ajudou a governar o reino. b) chorou copiosamente a morte do rei. c) desejou os tesouros da realeza. 6) As semelhanças entre o príncipe e o escravo são: a) Nasceram na mesma noite, foram criados pelo mesmo seio,cercados pelo mesmo carinho eem ambos reluziam os olhos como pedras preciosas. b) Nasceramno verão, foram criados cada umpor sua mãe e cercados de diferentes carinhos. c) Nasceramnuma manhã fia, foram criados pelo mesmo seio e em ambos reluziamos olhos. 7) O príncipe a) com o seu cabelo louro e fino dormia serenamente no seu berço com o seu guizo de ouro fechado na mão. b) acordou agitado perante o barulho das hordas derebeldes. c) e o escravozinho eram criados pela rainha. 8) A aia chorou sentidamente a morte do rei por: a) amar perdidamente o moço e valente rei. b) perder o pai do seu filhinho. c) ser leal ao seu amo. Teste de Avaliação de Português Nome:_____________________________________Data:_____________________Classificação:_________________ docente:________________________Enc.Educação: ____________________________
  • 2. 2 9) A aia temia o futuro do seu príncipe porque: a) o tio era cruel e o príncipe frágil. b) o tio tinha a face mais escura do que a noite. c) o reino fora invadido por uma horda de assassinos. 10) A aia a ambos tratava de modo igual, no entanto, tinha consciência que: a) o seu filho nada tinha a temer porque a sua alma era livree simples . b) as desgraças,os assaltos demá sorte se abateriamsobre os eu filho. c) o seu príncipenada tinha a recear porque a sua existência era despida de glória. 11) O bastardo, homem de rapina, e a sua horda desceram à planície: a) deixando um sulco de matança e ruínas. b) espalhando a alegria ea felicidade. c) queimando tudo por onde passavam. 12) A aia tirou o príncipe do seu berço de marfim para o berço de verga porque: a) pensava que o palácio ia ser incendiado. b) compreendeu que, naquela noite, algo se estava a passar no palácio. c) achava queo seu filho merecia um berço de marfim. 13) O capitão das guardas trouxe a notícia da: a) morte do tio bastardo edo “principezinho”. b) morte do “principezinho”,do tio bastardo e da sua horda. c) morte do tio bastardo e da sua horda. 14) A aia, muito calada e pálida, a) ouvia o bater das armas. b) perante o choro da rainha,destapou o berço de verga onde estava o príncipeadormecido. c) cobriu o menino no berço de marfim. 15) A multidão interrogava-se acerca: a) da morte do príncipe. b) da invasão do palácio. c) de quem teria salvo o príncipe. 16) Caminharam em direção à câmara dos tesouros para: a) enclausurar o menino. b) recompensar a aia. c) admirara a riqueza. 17) A aia era uma “serva sublimemente leal” por: a) ter mandado o seu filho para a morte, salvando o príncipe. b) ter matado o tio cruel. c) ter nascido naquela casareal. 18) Senhores, aias, homens de armas acompanhavam sentidamente a aia à câmara dos tesouros num: a) desejo ávido de recompensa. b) alegre festejo de vitória. c) comovido “cortejo fúnebre”. 19)De entre os tesouros, a aia escolheu: a) um enorme diamante.
  • 3. 3 b) um saco de moedas. c) um punhal cravejado de esmeraldas. 20) A aia pôs termo à sua vida porque: a) acreditava que ia cuidar do seu filho no céu. b) queria ir para o reino dos céus, encontrar-secom o seu rei. c) odiava a rainha. Bom trabalho!!! A Professora: Elsa Marcos COTAÇÕES 5 PONTOS CADA QUESTÃO