SlideShare uma empresa Scribd logo
“ Não procuro dirigir nem criar a opinião pública no meu Estado.  Ao contrário, procuro apenas sondar com cautela as opiniões em que o Estado se divide e deixo-me ir, confiado e tranquilo, na corrente daquela que me parece seguir o rumo mais certo.” Julio Mesquita
Caracterização do Ambiente de Negócios 1.  Convergência entre Pesquisa e desenvolvimento. 2.  Convergência entre Redes de comunicação e mercados, cada vez mais difíceis de se distinguir. 3.  Convergência entre Precificação e mecanismos de relação comercial com o mercado. 4.  Convergência entre Design e engenharia. 5.  Convergência entre Produto e serviço. 6.  Convergência entre Conteúdos e transações. 7.  Convergência entre Front e back office. Media Lab
“ Há duas  revoluções  fermentando.  A primeira é uma revolução de  comunicação interpessoal .  A segunda revolução não é de tecnologia, mas de  epistemologia e aprendizado .  Construcionismo, aprender fazendo, é a revolução de Dewey, Piaget e Papert.  O aprendizado acontece melhor não no espaço formal da sala de aula.  Ele acontece em aplicações concretas, eis porque devemos buscar construir ambientes para fazer.” Walter Bender Diretor do Media Lab
“ Organizações jornalísticas devem continuar a fornecer notícias para indivíduos e conhecimento enciclopédico sobre suas comunidades.  Mas também devem reconhecer o papel dos consumidores como produtores .  O futuro do setor é tanto de construção quanto de consumo .   O impacto de ‘ser digital’ é a emergência  de uma nova relação entre editores e seu público: tornar as notícias mais relevantes ao construir conexões entre fornecedores de notícias e consumidores.” Walter Bender Diretor do Media Lab
“ Hoje, é óbvia a tendência da Internet a modificar o papel que as pessoas exercem, mesclando a separação entre vendedor e consumidor, entre editor e leitor. Todas as coisas digitais são grandes e pequenas ao mesmo tempo - um paradoxo, não uma contradição.  Redes descentralizadas irão substituir hierarquias , e os controles centrais serão substituídos por sistemas auto-organizáveis que se parecerão muito mais com a relação entre o homem e a natureza do que com relações institucionais.” Nicholas Negroponte MIT Media Lab
Princípios Fundamentais 1.  Compromisso com a verdade. 2.  Servir o interesse público em primeiro lugar. 3.  Monitorar os poderosos e oferecer voz aos sem voz. 4.  Fornecer um fórum para comentário, crítica e  compromisso. 5.  Empregar um método ético de verificação. 6.  Manter independência da facção. 7.  Fazer notícias engajadoras e relevantes. 8.  Manter as notícias abrangentes e proporcionais. 9.  Ser leal à consciência  pessoal. Nieman Foundation

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Informação, comunicação e articulação no século 21

Publicidade Como Serviço
Publicidade Como ServiçoPublicidade Como Serviço
Publicidade Como Serviço
Ibrahim Cesar
 
A Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em Massa
A Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em MassaA Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em Massa
A Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em Massa
minasinvest
 
Projeto de Monografia - Marketing Digital e Direito Online: Breves Considerações
Projeto de Monografia - Marketing Digital e Direito Online: Breves ConsideraçõesProjeto de Monografia - Marketing Digital e Direito Online: Breves Considerações
Projeto de Monografia - Marketing Digital e Direito Online: Breves Considerações
Vívian Freitas
 
A engrenagem e aforça da colaboração em massa
A engrenagem e aforça da colaboração em massaA engrenagem e aforça da colaboração em massa
A engrenagem e aforça da colaboração em massa
minasinvest
 
A Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em Massa
A Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em MassaA Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em Massa
A Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em Massa
guestfbbe779f
 
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)
Independent researcher on social media
 
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midiaRedes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
Independent researcher on social media
 
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midiaRedes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
Independent researcher on social media
 
Projeto advogados em rede
Projeto advogados em redeProjeto advogados em rede
Projeto advogados em rede
Projeto Criança em Rede
 
fazendo juntos
fazendo juntosfazendo juntos
fazendo juntos
vida simples
 
Redes Sociais O Impacto Da Colaboracao Em Massa
Redes Sociais O Impacto Da Colaboracao Em MassaRedes Sociais O Impacto Da Colaboracao Em Massa
Redes Sociais O Impacto Da Colaboracao Em Massa
gilbertociro
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
Rafael Dorigom
 
A voz dos likes: influenciadores digitais como instrumentos de marketing - Pa...
A voz dos likes: influenciadores digitais como instrumentos de marketing - Pa...A voz dos likes: influenciadores digitais como instrumentos de marketing - Pa...
A voz dos likes: influenciadores digitais como instrumentos de marketing - Pa...
Paulinha Paz
 
Mídias digitais - Apresentação da Aula 01 (04/08/12)
Mídias digitais - Apresentação da Aula 01 (04/08/12)Mídias digitais - Apresentação da Aula 01 (04/08/12)
Mídias digitais - Apresentação da Aula 01 (04/08/12)
Talita Moretto
 
Aula 1 introdução ao tema
Aula 1 introdução ao temaAula 1 introdução ao tema
Aula 1 introdução ao tema
Carolina Terra
 
Marcas e Engajamento Digital: algumas considerações
Marcas e Engajamento Digital: algumas consideraçõesMarcas e Engajamento Digital: algumas considerações
Marcas e Engajamento Digital: algumas considerações
Tarcízio Silva
 
O impacto da coilaboração em massa
O impacto da coilaboração em massaO impacto da coilaboração em massa
O impacto da coilaboração em massa
minasdecide
 
O Impacto Da CoilaboraçãO Em Massa
O Impacto Da CoilaboraçãO Em MassaO Impacto Da CoilaboraçãO Em Massa
O Impacto Da CoilaboraçãO Em Massa
minasdecide
 
Apresentacao teias atualizada
Apresentacao teias atualizadaApresentacao teias atualizada
Apresentacao teias atualizada
minasinvest
 
A Democratização da Informação na Internet
A Democratização da Informação na InternetA Democratização da Informação na Internet
A Democratização da Informação na Internet
Fernando Bombassaro
 

Semelhante a Informação, comunicação e articulação no século 21 (20)

Publicidade Como Serviço
Publicidade Como ServiçoPublicidade Como Serviço
Publicidade Como Serviço
 
A Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em Massa
A Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em MassaA Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em Massa
A Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em Massa
 
Projeto de Monografia - Marketing Digital e Direito Online: Breves Considerações
Projeto de Monografia - Marketing Digital e Direito Online: Breves ConsideraçõesProjeto de Monografia - Marketing Digital e Direito Online: Breves Considerações
Projeto de Monografia - Marketing Digital e Direito Online: Breves Considerações
 
A engrenagem e aforça da colaboração em massa
A engrenagem e aforça da colaboração em massaA engrenagem e aforça da colaboração em massa
A engrenagem e aforça da colaboração em massa
 
A Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em Massa
A Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em MassaA Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em Massa
A Engrenagem E AforçA Da ColaboraçãO Em Massa
 
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)
 
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midiaRedes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
 
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midiaRedes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas @midia
 
Projeto advogados em rede
Projeto advogados em redeProjeto advogados em rede
Projeto advogados em rede
 
fazendo juntos
fazendo juntosfazendo juntos
fazendo juntos
 
Redes Sociais O Impacto Da Colaboracao Em Massa
Redes Sociais O Impacto Da Colaboracao Em MassaRedes Sociais O Impacto Da Colaboracao Em Massa
Redes Sociais O Impacto Da Colaboracao Em Massa
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
A voz dos likes: influenciadores digitais como instrumentos de marketing - Pa...
A voz dos likes: influenciadores digitais como instrumentos de marketing - Pa...A voz dos likes: influenciadores digitais como instrumentos de marketing - Pa...
A voz dos likes: influenciadores digitais como instrumentos de marketing - Pa...
 
Mídias digitais - Apresentação da Aula 01 (04/08/12)
Mídias digitais - Apresentação da Aula 01 (04/08/12)Mídias digitais - Apresentação da Aula 01 (04/08/12)
Mídias digitais - Apresentação da Aula 01 (04/08/12)
 
Aula 1 introdução ao tema
Aula 1 introdução ao temaAula 1 introdução ao tema
Aula 1 introdução ao tema
 
Marcas e Engajamento Digital: algumas considerações
Marcas e Engajamento Digital: algumas consideraçõesMarcas e Engajamento Digital: algumas considerações
Marcas e Engajamento Digital: algumas considerações
 
O impacto da coilaboração em massa
O impacto da coilaboração em massaO impacto da coilaboração em massa
O impacto da coilaboração em massa
 
O Impacto Da CoilaboraçãO Em Massa
O Impacto Da CoilaboraçãO Em MassaO Impacto Da CoilaboraçãO Em Massa
O Impacto Da CoilaboraçãO Em Massa
 
Apresentacao teias atualizada
Apresentacao teias atualizadaApresentacao teias atualizada
Apresentacao teias atualizada
 
A Democratização da Informação na Internet
A Democratização da Informação na InternetA Democratização da Informação na Internet
A Democratização da Informação na Internet
 

Mais de Rodrigo Mesquita

Ouvir, Pensar e Agir. O Agronegócio nas Mídias Sociais.
Ouvir, Pensar e Agir. O Agronegócio nas Mídias Sociais.Ouvir, Pensar e Agir. O Agronegócio nas Mídias Sociais.
Ouvir, Pensar e Agir. O Agronegócio nas Mídias Sociais.
Rodrigo Mesquita
 
Os turbulentos próximos 10 anos da nossa história
Os turbulentos próximos 10 anos da nossa históriaOs turbulentos próximos 10 anos da nossa história
Os turbulentos próximos 10 anos da nossa história
Rodrigo Mesquita
 
Aliança para Inovação Agropecuária no Brasil
Aliança para Inovação Agropecuária no Brasil   Aliança para Inovação Agropecuária no Brasil
Aliança para Inovação Agropecuária no Brasil
Rodrigo Mesquita
 
NetNexus Eventos
NetNexus EventosNetNexus Eventos
NetNexus Eventos
Rodrigo Mesquita
 
SERVIÇO DE MONITORAMENTO, INFORMAÇÃO E AÇÃO NAS MÍDIAS SOCIAIS EXCLUSIVO PARA...
SERVIÇO DE MONITORAMENTO, INFORMAÇÃO E AÇÃO NAS MÍDIAS SOCIAIS EXCLUSIVO PARA...SERVIÇO DE MONITORAMENTO, INFORMAÇÃO E AÇÃO NAS MÍDIAS SOCIAIS EXCLUSIVO PARA...
SERVIÇO DE MONITORAMENTO, INFORMAÇÃO E AÇÃO NAS MÍDIAS SOCIAIS EXCLUSIVO PARA...
Rodrigo Mesquita
 
Redes versus Hierarquias, no tempo da História
Redes versus Hierarquias, no tempo da HistóriaRedes versus Hierarquias, no tempo da História
Redes versus Hierarquias, no tempo da História
Rodrigo Mesquita
 
O diálogo do agronegócio com a sociedade em rede
O diálogo do agronegócio com a sociedade em redeO diálogo do agronegócio com a sociedade em rede
O diálogo do agronegócio com a sociedade em rede
Rodrigo Mesquita
 
O Novo Ecossistema da Informação, Comunicação e Articulação da Sociedade
O Novo Ecossistema da Informação, Comunicação e Articulação da SociedadeO Novo Ecossistema da Informação, Comunicação e Articulação da Sociedade
O Novo Ecossistema da Informação, Comunicação e Articulação da Sociedade
Rodrigo Mesquita
 
Giro rápido no meu Flipboard num início de tarde
Giro rápido no meu Flipboard num início de tardeGiro rápido no meu Flipboard num início de tarde
Giro rápido no meu Flipboard num início de tarde
Rodrigo Mesquita
 
SOCIAL GAME e NEGÓCIOS EM REDE: jogo é coisa séria.
SOCIAL GAME e NEGÓCIOS EM REDE: jogo é coisa séria.SOCIAL GAME e NEGÓCIOS EM REDE: jogo é coisa séria.
SOCIAL GAME e NEGÓCIOS EM REDE: jogo é coisa séria.
Rodrigo Mesquita
 
#ojogo do Brasil Inclusivo
#ojogo do Brasil Inclusivo#ojogo do Brasil Inclusivo
#ojogo do Brasil Inclusivo
Rodrigo Mesquita
 
No Caminho do Plano Ceibal, uma revolução na educação.
No Caminho do Plano Ceibal, uma revolução na educação.No Caminho do Plano Ceibal, uma revolução na educação.
No Caminho do Plano Ceibal, uma revolução na educação.
Rodrigo Mesquita
 
Da Mata Atlântica à Era do Conhecimento
Da Mata Atlântica à Era do ConhecimentoDa Mata Atlântica à Era do Conhecimento
Da Mata Atlântica à Era do Conhecimento
Rodrigo Mesquita
 
Resultson
ResultsonResultson
Resultson
Rodrigo Mesquita
 
A Saga Do Viajante
A Saga Do ViajanteA Saga Do Viajante
A Saga Do Viajante
Rodrigo Mesquita
 
Menino Da Porteira
Menino Da PorteiraMenino Da Porteira
Menino Da Porteira
Rodrigo Mesquita
 
A Explosão das Lan Houses
A Explosão das Lan HousesA Explosão das Lan Houses
A Explosão das Lan Houses
Rodrigo Mesquita
 
Tempos de aprender, desaprender, reaprender.
Tempos de aprender, desaprender, reaprender.Tempos de aprender, desaprender, reaprender.
Tempos de aprender, desaprender, reaprender.
Rodrigo Mesquita
 
Ecossistema, uma transposição para a rede.
Ecossistema, uma transposição para a rede.Ecossistema, uma transposição para a rede.
Ecossistema, uma transposição para a rede.
Rodrigo Mesquita
 
Apresentaçao Usando A Web 2.0
Apresentaçao Usando A Web 2.0Apresentaçao Usando A Web 2.0
Apresentaçao Usando A Web 2.0
Rodrigo Mesquita
 

Mais de Rodrigo Mesquita (20)

Ouvir, Pensar e Agir. O Agronegócio nas Mídias Sociais.
Ouvir, Pensar e Agir. O Agronegócio nas Mídias Sociais.Ouvir, Pensar e Agir. O Agronegócio nas Mídias Sociais.
Ouvir, Pensar e Agir. O Agronegócio nas Mídias Sociais.
 
Os turbulentos próximos 10 anos da nossa história
Os turbulentos próximos 10 anos da nossa históriaOs turbulentos próximos 10 anos da nossa história
Os turbulentos próximos 10 anos da nossa história
 
Aliança para Inovação Agropecuária no Brasil
Aliança para Inovação Agropecuária no Brasil   Aliança para Inovação Agropecuária no Brasil
Aliança para Inovação Agropecuária no Brasil
 
NetNexus Eventos
NetNexus EventosNetNexus Eventos
NetNexus Eventos
 
SERVIÇO DE MONITORAMENTO, INFORMAÇÃO E AÇÃO NAS MÍDIAS SOCIAIS EXCLUSIVO PARA...
SERVIÇO DE MONITORAMENTO, INFORMAÇÃO E AÇÃO NAS MÍDIAS SOCIAIS EXCLUSIVO PARA...SERVIÇO DE MONITORAMENTO, INFORMAÇÃO E AÇÃO NAS MÍDIAS SOCIAIS EXCLUSIVO PARA...
SERVIÇO DE MONITORAMENTO, INFORMAÇÃO E AÇÃO NAS MÍDIAS SOCIAIS EXCLUSIVO PARA...
 
Redes versus Hierarquias, no tempo da História
Redes versus Hierarquias, no tempo da HistóriaRedes versus Hierarquias, no tempo da História
Redes versus Hierarquias, no tempo da História
 
O diálogo do agronegócio com a sociedade em rede
O diálogo do agronegócio com a sociedade em redeO diálogo do agronegócio com a sociedade em rede
O diálogo do agronegócio com a sociedade em rede
 
O Novo Ecossistema da Informação, Comunicação e Articulação da Sociedade
O Novo Ecossistema da Informação, Comunicação e Articulação da SociedadeO Novo Ecossistema da Informação, Comunicação e Articulação da Sociedade
O Novo Ecossistema da Informação, Comunicação e Articulação da Sociedade
 
Giro rápido no meu Flipboard num início de tarde
Giro rápido no meu Flipboard num início de tardeGiro rápido no meu Flipboard num início de tarde
Giro rápido no meu Flipboard num início de tarde
 
SOCIAL GAME e NEGÓCIOS EM REDE: jogo é coisa séria.
SOCIAL GAME e NEGÓCIOS EM REDE: jogo é coisa séria.SOCIAL GAME e NEGÓCIOS EM REDE: jogo é coisa séria.
SOCIAL GAME e NEGÓCIOS EM REDE: jogo é coisa séria.
 
#ojogo do Brasil Inclusivo
#ojogo do Brasil Inclusivo#ojogo do Brasil Inclusivo
#ojogo do Brasil Inclusivo
 
No Caminho do Plano Ceibal, uma revolução na educação.
No Caminho do Plano Ceibal, uma revolução na educação.No Caminho do Plano Ceibal, uma revolução na educação.
No Caminho do Plano Ceibal, uma revolução na educação.
 
Da Mata Atlântica à Era do Conhecimento
Da Mata Atlântica à Era do ConhecimentoDa Mata Atlântica à Era do Conhecimento
Da Mata Atlântica à Era do Conhecimento
 
Resultson
ResultsonResultson
Resultson
 
A Saga Do Viajante
A Saga Do ViajanteA Saga Do Viajante
A Saga Do Viajante
 
Menino Da Porteira
Menino Da PorteiraMenino Da Porteira
Menino Da Porteira
 
A Explosão das Lan Houses
A Explosão das Lan HousesA Explosão das Lan Houses
A Explosão das Lan Houses
 
Tempos de aprender, desaprender, reaprender.
Tempos de aprender, desaprender, reaprender.Tempos de aprender, desaprender, reaprender.
Tempos de aprender, desaprender, reaprender.
 
Ecossistema, uma transposição para a rede.
Ecossistema, uma transposição para a rede.Ecossistema, uma transposição para a rede.
Ecossistema, uma transposição para a rede.
 
Apresentaçao Usando A Web 2.0
Apresentaçao Usando A Web 2.0Apresentaçao Usando A Web 2.0
Apresentaçao Usando A Web 2.0
 

Último

Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Momento da Informática
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Danilo Pinotti
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
Faga1939
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
joaovmp3
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
Momento da Informática
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
TomasSousa7
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
Momento da Informática
 

Último (8)

Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
 

Informação, comunicação e articulação no século 21

  • 1. “ Não procuro dirigir nem criar a opinião pública no meu Estado. Ao contrário, procuro apenas sondar com cautela as opiniões em que o Estado se divide e deixo-me ir, confiado e tranquilo, na corrente daquela que me parece seguir o rumo mais certo.” Julio Mesquita
  • 2. Caracterização do Ambiente de Negócios 1. Convergência entre Pesquisa e desenvolvimento. 2. Convergência entre Redes de comunicação e mercados, cada vez mais difíceis de se distinguir. 3. Convergência entre Precificação e mecanismos de relação comercial com o mercado. 4. Convergência entre Design e engenharia. 5. Convergência entre Produto e serviço. 6. Convergência entre Conteúdos e transações. 7. Convergência entre Front e back office. Media Lab
  • 3. “ Há duas revoluções fermentando. A primeira é uma revolução de comunicação interpessoal . A segunda revolução não é de tecnologia, mas de epistemologia e aprendizado . Construcionismo, aprender fazendo, é a revolução de Dewey, Piaget e Papert. O aprendizado acontece melhor não no espaço formal da sala de aula. Ele acontece em aplicações concretas, eis porque devemos buscar construir ambientes para fazer.” Walter Bender Diretor do Media Lab
  • 4. “ Organizações jornalísticas devem continuar a fornecer notícias para indivíduos e conhecimento enciclopédico sobre suas comunidades. Mas também devem reconhecer o papel dos consumidores como produtores . O futuro do setor é tanto de construção quanto de consumo . O impacto de ‘ser digital’ é a emergência de uma nova relação entre editores e seu público: tornar as notícias mais relevantes ao construir conexões entre fornecedores de notícias e consumidores.” Walter Bender Diretor do Media Lab
  • 5. “ Hoje, é óbvia a tendência da Internet a modificar o papel que as pessoas exercem, mesclando a separação entre vendedor e consumidor, entre editor e leitor. Todas as coisas digitais são grandes e pequenas ao mesmo tempo - um paradoxo, não uma contradição. Redes descentralizadas irão substituir hierarquias , e os controles centrais serão substituídos por sistemas auto-organizáveis que se parecerão muito mais com a relação entre o homem e a natureza do que com relações institucionais.” Nicholas Negroponte MIT Media Lab
  • 6. Princípios Fundamentais 1. Compromisso com a verdade. 2. Servir o interesse público em primeiro lugar. 3. Monitorar os poderosos e oferecer voz aos sem voz. 4. Fornecer um fórum para comentário, crítica e compromisso. 5. Empregar um método ético de verificação. 6. Manter independência da facção. 7. Fazer notícias engajadoras e relevantes. 8. Manter as notícias abrangentes e proporcionais. 9. Ser leal à consciência pessoal. Nieman Foundation