SlideShare uma empresa Scribd logo
Indique Apresentação END 2010
INDICADORES DA QUALIDADE NA
EDUCAÇÃO INFANTIL
Coordenação
Fundação Orsa, UNDIME, Unicef, Ação Educativa e
Coedi/SEB/MEC.
Grupo Técnico
Ação Educativa, Avante, Ceale/UFMG, CEERT,
CENPEC, Ufal, Cindedi/FFCLRP/USP, Coedi/SEB/MEC,
UFC, UFPA, Unirio, USP, Unesp/Bauru, Fundação
Abrinq, Fundação Carlos Chagas, Fundação Fé e
Alegria do Brasil, Unicef, Fundação Orsa, Fundação
Victor Civita, Instituto Avisa Lá, Instituto Girassol,
IPEA, Mieib, Omep, Unesco, SEESP/MEC,
Secad/MEC, UFPR, Todos Pela Educação, UNCME,
Undime.
Indique Apresentação END 2010
Grupo Técnico:
Campanha Nacional pelo Direito a Educação – CENPEC – CNTE –
CONSED - Fundação Abrinq – Fundescola – IBGE - Instituto Pólis –
IPEA – Undime – Uncme – Caise, Seif e Seesp/ MEC -Ceale/UFMG
- Cedac - Ceel/UFPE - Cefortec/UEPG - Centro de Cultura Luiz
Freire - Cform/UnB - Fundação Victor Civita - Instituto Avisa Lá
- Instituto Ayrton Senna - Instituto Paulo Freire - Projeto
Chapada
INDICADORES DA QUALIDADE NA
EDUCAÇÃO INFANTIL
Estratégia de elaboração do material
 Constituição do Grupo Técnico e
realização de oficinas.
 Realização de 8 Seminários Regionais.
 Realização de pré-teste em instituições de
educação infantil de 9 unidades federadas
(PA, CE, BA, RJ, MG, MS, DF, SP e PR).
INDICADORES DA QUALIDADE NA
EDUCAÇÃO
Estratégia de elaboração do material
 Constituição de Grupo Técnico e
realização de oficina.
 Construção de proposta preliminar.
 Teste piloto em 14 escolas situadas nas 5
regiões do país.
Oficina para discussão dos resultados e
adequação do instrumental, agregando
escolas e redes que participaram do teste.
Objetivo
Construir e disseminar indicadores
qualitativos de educação que mobilizem a
comunidade escolar em torno de ações
voltadas ao cumprimento do direito da
educação de qualidade para todos.
INDICADORES DA QUALIDADE NA
EDUCAÇÃO INFANTIL
Os Indicadores da Qualidade na
Educação Infantil objetiva, portanto,
traduzir e detalhar os Parâmetros
Nacionais de Qualidade para a
Educação Infantil (MEC/2006) em
indicadores operacionais separados
em diferentes dimensões.
Público alvo
Professores(as), coordenadores(as)
pedagógicos(as), diretores(as),
funcionários(as), familiares, crianças,
conselheiros(as) tutelares, da
educação e dos direitos da criança e
adolescente, representantes de órgão
públicos, de universidades e de
organizações não governamentais
(ONGs).
Dimensões:
 Planejamento institucional
 Multiplicidade de experiências e
linguagens
 Interações
 Promoção da saúde
 Espaços, materiais e mobiliários
 Formação e condições de trabalho das
professoras e demais profissionais
 Cooperação e troca com as famílias e
participação na rede de proteção social
INDICADORES DA QUALIDADE NA
EDUCAÇÃO INFANTIL
 Proposta pedagógica discutida e
elaborada por todos,
periodicamente atualizada de forma
coletiva.
 Registro e reflexão sobre práticas,
experiências para acompanhamento
dos progressos das crianças.
Planejamento Institucional
 Reflexão sobre a rotina e as práticas
adotadas para incentivar e valorizar
a autonomia das crianças.
Multiplicidade de
experiências e linguagens
 Reflexão sobre a instituição de
educação infantil enquanto um
espaço coletivo de convivência no
qual acontecem múltiplas interações
formadoras.
Interações
 Questionamentos sobre práticas e
condutas cotidianas adequadas
sobre prevenção de acidentes,
cuidados com a higiene e
alimentação saudável para cada
grupo de idade.
Promoção da saúde
Espaços, materiais e mobiliários
 Reflexão sobre a disposição e
disponibilidade de materiais,
espaços e mobiliários de maneira a
atender às múltiplas necessidades
de adultos e crianças.
Formação e condições de trabalho das
professoras e demais profissionais
 Considerações sobre formações
inicial e continuada, condições de
trabalho adequadas às múltiplas
tarefas, natureza da relação entre
instituição e comunidade.
Cooperação e troca com as famílias e
participação na rede de proteção social
 Preocupação central com o processo
de “educar e cuidar” das crianças
em relação aos processos de
socialização, as brincadeiras e a
convivência com a diversidade.
INDICADORES DA
QUALIDADE NA EDUCAÇÃO
Dimensões
 Ambiente Educativo
 Prática Pedagógica e Avaliação
 Ensino e Aprendizagem da Leitura e da
Escrita
 Gestão Escolar Democrática
 Formação e Condições de Trabalho dos
Profissionais da Escola
 Ambiente Físico Escolar
 Acesso e Permanência dos Alunos na
Escola
Ambiente Educativo
 Trata de relações construídas nos
ambientes educativos que podem
ser refletidas e transformadas por
meio da atuação conjunta entre
equipes escolares, profissionais do
contraturno e, sobretudo,
comunidade.
Prática Pedagógica e
Avaliação
 Refletir acerca do compromisso da
comunidade escolar com a elaboração e
implementação do projeto político-
pedagógico da escola, sobretudo no que
se refere ao planejamento de ensino, ao
desenvolvimento de práticas pedagógicas
inclusivas, às formas de avaliação de
alunos(as) e ao acompanhamento dos
processos de ensino e aprendizagem,
além de abrir espaço para problematizar
as relações que a escola estabelece com
seu entorno
Ensino e Aprendizagem da
Leitura e da Escrita
 Diagnosticar a situação da escola no
que se refere à implementação e ao
acompanhamento de práticas
educativas que tenham como meta
o aprendizado da leitura e da escrita
por alunos(as).
Gestão Escolar Democrática
 Diagnosticar a existência e o uso de
espaços democráticos nas escolas e
a socialização das informações e
decisões acordadas nesses espaços
para toda comunidade escolar
Formação e Condições de Trabalho
dos Profissionais da Escola
 Diagnosticar a situação da escola no
que se refere à formação inicial e
continuada de seus profissionais,
bem como a estabilidade do corpo
docente, a relação entre o número
de professores e o de alunos e
assiduidade da equipe escolar.
Ambiente Físico Escolar
 Avaliar todo o conjunto de recursos,
equipamentos e materiais
pedagógicos, bem como as
condições arquitetônicas que
compõem o ambiente físico escolar,
para torná-lo funcional, agradável
e, ao mesmo tempo, com
possibilidades efetivas de subsidiar
o trabalho pedagógico
Acesso e Permanência dos
Alunos na Escola
 Diagnosticar e auxiliar a
comunidade escolar a planejar
soluções para a exclusão da escola,
como também a exclusão que
ocorre no âmbito do espaço escolar
Organização do Material
Dimensões
Indicadores
Perguntas
Indique Apresentação END 2010
Indique Apresentação END 2010
Notas
A maioria das questões diz respeito
a todos os grupos de idade, mas há
algumas perguntas específicas em
destaque que se referem apenas a
bebês (até um ano e meio) e/ou
crianças pequenas (um e meio até
três anos), e outras a crianças (de
quatro até seis anos).
 Constituição do grupo responsável
pela preparação da instituição para
avaliação. (Etapa 1)
 Processo de mobilização da
comunidade. (Etapa 2)
 Avaliação participativa. (Etapa 3)
 Elaboração e implementação do
plano de ação (Etapa 4).
Sugestões para utilização do
material
Organizar o processo, planejar a
mobilização, providenciar os materiais
e o tempo necessários, além de
preparar espaços para as reuniões
dos grupos e plenária final.
Grupo responsável pela preparação
da instituição para avaliação
Criatividade para mobilizar pais e
mães, professores/as,
funcionários/as, conselheiros/as
tutelares e da educação e outras
pessoas da comunidade.
Processo de mobilização da
comunidade escolar
Avaliação participativa
As perguntas vinculadas a cada um dos indicadores
se referem a práticas, atitudes ou situações que os
qualificam. O resultado da avaliação é expresso por meio
de cores:
Caso o grupo avalie que essas práticas, atitudes ou
situações estão consolidadas na escola. O instrumental
deixa claro que, neste caso, a escola está num bom
caminho no constante processo de melhoria da qualidade.
Se, na escola, essas atitudes, práticas ou situações
ocorrem, mas não podem ser consideradas recorrentes ou
consolidadas. Elas merecem cuidado e atenção.
Caso o grupo avalie que, na escola, essas atitudes,
situações ou práticas são inexistentes ou quase
inexistentes. Estas exigem intervenção imediata.
 Fornece um painel detalhado da situação
da escola em relação às múltiplas
dimensões do processo educativo.
 Possibilita a construção de novos canais
de comunicação entre a instituição e a
comunidade.
 Responsabiliza os diferentes segmentos
da comunidade escolar pela qualidade da
educação e a direciona para a realização
de ações pela melhoria dessa qualidade.
Destaques dos materiais
Destaques do material
 Favorece a revisão e atualização da
proposta pedagógica.
 Legitima, qualifica e fortalece as
demandas da escola perante o
poder público.
 Secretarias podem e devem apoiar
o uso dos indicadores, mas sempre
a partir da ótica das escolas.
Os materiais são de domínio público e
podem ser baixado nos seguintes
sítios:
www.acaoeducativa.org
www.mec.gov.br
www.fundacaoorsa.org.br
www.unicef.org.br
www.undime.org.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatório de higiene bucal
Relatório de higiene bucalRelatório de higiene bucal
Relatório de higiene bucal
luzitania
 
Tabela numérica e fichas escalonadas
Tabela numérica e fichas escalonadasTabela numérica e fichas escalonadas
Tabela numérica e fichas escalonadas
Fatima Lima
 
Convite Escola Quebra-Cabeça
Convite  Escola Quebra-CabeçaConvite  Escola Quebra-Cabeça
Convite Escola Quebra-Cabeça
Deusirene Aparecida
 
Aula p pré
Aula p préAula p pré
Aula p pré
Edinair Alves
 
Avaliação de português 3º bimestre
Avaliação de português   3º bimestreAvaliação de português   3º bimestre
Avaliação de português 3º bimestre
Raquel Becker
 
Caça palavras - Dia Internacional da Mulher
Caça palavras -  Dia Internacional da MulherCaça palavras -  Dia Internacional da Mulher
Caça palavras - Dia Internacional da Mulher
Mary Alvarenga
 
Alfabeto das boquinhas 1-1
Alfabeto das boquinhas 1-1Alfabeto das boquinhas 1-1
Alfabeto das boquinhas 1-1
Andrezza Sousa
 
Multiplicação - Calcular preços
Multiplicação - Calcular preços Multiplicação - Calcular preços
Multiplicação - Calcular preços
Mary Alvarenga
 
Viajando nas descobertas dos tempos das cavernas - Claudinéia da Silva Barbosa
Viajando nas descobertas dos tempos das cavernas  - Claudinéia da Silva BarbosaViajando nas descobertas dos tempos das cavernas  - Claudinéia da Silva Barbosa
Viajando nas descobertas dos tempos das cavernas - Claudinéia da Silva Barbosa
Claudinéia Barbosa
 
O vestido azul
O vestido azulO vestido azul
O vestido azul
Roseli Aparecida Tavares
 
Brincadeiras do dia das mães
Brincadeiras do dia das mãesBrincadeiras do dia das mães
Brincadeiras do dia das mães
Josemario Marques Silva
 
O projeto caderno viajante 2º ano
O projeto caderno viajante 2º anoO projeto caderno viajante 2º ano
O projeto caderno viajante 2º ano
Gislaine Oliveira
 
Rotinas semanais maternal 2º bim
Rotinas semanais maternal   2º bimRotinas semanais maternal   2º bim
Rotinas semanais maternal 2º bim
josivaldopassos
 
Leitura e interpretação de texto
Leitura e interpretação de textoLeitura e interpretação de texto
Leitura e interpretação de texto
Augusto Bertotto
 
Estatuto da criança eca (1)
Estatuto da criança eca (1)Estatuto da criança eca (1)
Estatuto da criança eca (1)
Atividades Diversas Cláudia
 
Exemplo de plano semanal 3 ano
Exemplo de plano semanal 3 anoExemplo de plano semanal 3 ano
Exemplo de plano semanal 3 ano
Sílvia Helena Romão
 
Projeto meio ambiente
Projeto meio ambienteProjeto meio ambiente
Projeto meio ambiente
Shirley Costa
 
Lista de palavras - ler num minuto
Lista de palavras - ler num minutoLista de palavras - ler num minuto
Lista de palavras - ler num minuto
Graciela Sousa
 
Apostila de-matemática_adaptada
Apostila de-matemática_adaptadaApostila de-matemática_adaptada
Apostila de-matemática_adaptada
Isa ...
 

Mais procurados (20)

Relatório de higiene bucal
Relatório de higiene bucalRelatório de higiene bucal
Relatório de higiene bucal
 
Tabela numérica e fichas escalonadas
Tabela numérica e fichas escalonadasTabela numérica e fichas escalonadas
Tabela numérica e fichas escalonadas
 
Convite Escola Quebra-Cabeça
Convite  Escola Quebra-CabeçaConvite  Escola Quebra-Cabeça
Convite Escola Quebra-Cabeça
 
Aula p pré
Aula p préAula p pré
Aula p pré
 
Avaliação de português 3º bimestre
Avaliação de português   3º bimestreAvaliação de português   3º bimestre
Avaliação de português 3º bimestre
 
Caça palavras - Dia Internacional da Mulher
Caça palavras -  Dia Internacional da MulherCaça palavras -  Dia Internacional da Mulher
Caça palavras - Dia Internacional da Mulher
 
Alfabeto das boquinhas 1-1
Alfabeto das boquinhas 1-1Alfabeto das boquinhas 1-1
Alfabeto das boquinhas 1-1
 
Multiplicação - Calcular preços
Multiplicação - Calcular preços Multiplicação - Calcular preços
Multiplicação - Calcular preços
 
Viajando nas descobertas dos tempos das cavernas - Claudinéia da Silva Barbosa
Viajando nas descobertas dos tempos das cavernas  - Claudinéia da Silva BarbosaViajando nas descobertas dos tempos das cavernas  - Claudinéia da Silva Barbosa
Viajando nas descobertas dos tempos das cavernas - Claudinéia da Silva Barbosa
 
O vestido azul
O vestido azulO vestido azul
O vestido azul
 
Brincadeiras do dia das mães
Brincadeiras do dia das mãesBrincadeiras do dia das mães
Brincadeiras do dia das mães
 
O projeto caderno viajante 2º ano
O projeto caderno viajante 2º anoO projeto caderno viajante 2º ano
O projeto caderno viajante 2º ano
 
Rotinas semanais maternal 2º bim
Rotinas semanais maternal   2º bimRotinas semanais maternal   2º bim
Rotinas semanais maternal 2º bim
 
Leitura e interpretação de texto
Leitura e interpretação de textoLeitura e interpretação de texto
Leitura e interpretação de texto
 
Estatuto da criança eca (1)
Estatuto da criança eca (1)Estatuto da criança eca (1)
Estatuto da criança eca (1)
 
Exemplo de plano semanal 3 ano
Exemplo de plano semanal 3 anoExemplo de plano semanal 3 ano
Exemplo de plano semanal 3 ano
 
Projeto meio ambiente
Projeto meio ambienteProjeto meio ambiente
Projeto meio ambiente
 
Atividades sobre cultura negra
Atividades sobre cultura negraAtividades sobre cultura negra
Atividades sobre cultura negra
 
Lista de palavras - ler num minuto
Lista de palavras - ler num minutoLista de palavras - ler num minuto
Lista de palavras - ler num minuto
 
Apostila de-matemática_adaptada
Apostila de-matemática_adaptadaApostila de-matemática_adaptada
Apostila de-matemática_adaptada
 

Destaque

A arte de representar
A arte de representarA arte de representar
A arte de representar
Ana Stoppa
 
Princípios da arte através dos tempos
Princípios da arte através dos temposPrincípios da arte através dos tempos
Princípios da arte através dos tempos
Ana Castro
 
O brincar na educação infantil
O brincar na educação infantilO brincar na educação infantil
O brincar na educação infantil
damarisca
 
Introducao arte
Introducao arteIntroducao arte
Introducao arte
Over Lane
 
A arte na primeira infancia
A arte na primeira infanciaA arte na primeira infancia
A arte na primeira infancia
Jéssica Pinto
 
ARTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ARTE NA EDUCAÇÃO INFANTILARTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ARTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
Juliana Sant'Ana
 
O uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantilO uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantil
Capacitações Pedagógicas
 
O ensino de arte e educação
O ensino de arte e educaçãoO ensino de arte e educação
O ensino de arte e educação
Fladia
 
Mundo da arte - 5º Ano
Mundo da arte - 5º AnoMundo da arte - 5º Ano
Mundo da arte - 5º Ano
Antonio Pinto Pereira
 
LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTILLUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ritagatti
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
Ana Barreiros
 
DEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTEDEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTE
Aclecio Dantas
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
IF - Baiano
 
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
SimoneHelenDrumond
 

Destaque (14)

A arte de representar
A arte de representarA arte de representar
A arte de representar
 
Princípios da arte através dos tempos
Princípios da arte através dos temposPrincípios da arte através dos tempos
Princípios da arte através dos tempos
 
O brincar na educação infantil
O brincar na educação infantilO brincar na educação infantil
O brincar na educação infantil
 
Introducao arte
Introducao arteIntroducao arte
Introducao arte
 
A arte na primeira infancia
A arte na primeira infanciaA arte na primeira infancia
A arte na primeira infancia
 
ARTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ARTE NA EDUCAÇÃO INFANTILARTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ARTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
 
O uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantilO uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantil
 
O ensino de arte e educação
O ensino de arte e educaçãoO ensino de arte e educação
O ensino de arte e educação
 
Mundo da arte - 5º Ano
Mundo da arte - 5º AnoMundo da arte - 5º Ano
Mundo da arte - 5º Ano
 
LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTILLUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
 
DEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTEDEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTE
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
 
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
 

Semelhante a Indique Apresentação END 2010

Apresentacao proinfancia
Apresentacao proinfanciaApresentacao proinfancia
Apresentacao proinfancia
Cremilda Carmem
 
Apresentacao proinfancia
Apresentacao proinfanciaApresentacao proinfancia
Apresentacao proinfancia
Cremilda Carmem
 
MAPPA-UC1-CNT_MAT (1).pdf
MAPPA-UC1-CNT_MAT (1).pdfMAPPA-UC1-CNT_MAT (1).pdf
MAPPA-UC1-CNT_MAT (1).pdf
SIDNEISOUZA39
 
Pcg blogue
Pcg bloguePcg blogue
Pcg blogue
Ana Barroca
 
Indicadores de qualidade na educação infantil
Indicadores de qualidade na educação infantilIndicadores de qualidade na educação infantil
Indicadores de qualidade na educação infantil
jaqueegervasio
 
Caminhos para inclusão
Caminhos para inclusãoCaminhos para inclusão
Caminhos para inclusão
Adriano Matilha
 
indicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptx
indicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptxindicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptx
indicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptx
ValquiriaFernandesOl2
 
Apresentação da américa
Apresentação da américaApresentação da américa
Apresentação da américa
Edvania Ferreira
 
Rel auto avaliacao-2013_henrique_santos
Rel auto avaliacao-2013_henrique_santosRel auto avaliacao-2013_henrique_santos
Rel auto avaliacao-2013_henrique_santos
SalaAmarela Enxara Do Bispo
 
A construção do projeto poltico pedagogico
A construção do projeto poltico  pedagogico A construção do projeto poltico  pedagogico
A construção do projeto poltico pedagogico
Elena Zarate
 
Livro_slide_para_Ciclo_de_palestras_Marilene.pdf
Livro_slide_para_Ciclo_de_palestras_Marilene.pdfLivro_slide_para_Ciclo_de_palestras_Marilene.pdf
Livro_slide_para_Ciclo_de_palestras_Marilene.pdf
FtimaCortes4
 
EEAA Apresentação CEI 01-2015
EEAA Apresentação CEI 01-2015EEAA Apresentação CEI 01-2015
EEAA Apresentação CEI 01-2015
Anaí Peña
 
Acompanhamento da gestão pedagógica
Acompanhamento da gestão pedagógicaAcompanhamento da gestão pedagógica
Acompanhamento da gestão pedagógica
Escola Estadual Deputado Emílio Justo
 
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
heder oliveira silva
 
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
heder oliveira silva
 
PLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docx
PLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docxPLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docx
PLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docx
ElaineFontoura
 
PEA 2012-13
PEA 2012-13PEA 2012-13
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
ANA GRALHEIRO
 
Plano anual actividades 2011 12
Plano anual actividades 2011 12Plano anual actividades 2011 12
Plano anual actividades 2011 12
ANA GRALHEIRO
 
Projecto educativo objectivos
Projecto educativo objectivosProjecto educativo objectivos
Projecto educativo objectivos
ANA GRALHEIRO
 

Semelhante a Indique Apresentação END 2010 (20)

Apresentacao proinfancia
Apresentacao proinfanciaApresentacao proinfancia
Apresentacao proinfancia
 
Apresentacao proinfancia
Apresentacao proinfanciaApresentacao proinfancia
Apresentacao proinfancia
 
MAPPA-UC1-CNT_MAT (1).pdf
MAPPA-UC1-CNT_MAT (1).pdfMAPPA-UC1-CNT_MAT (1).pdf
MAPPA-UC1-CNT_MAT (1).pdf
 
Pcg blogue
Pcg bloguePcg blogue
Pcg blogue
 
Indicadores de qualidade na educação infantil
Indicadores de qualidade na educação infantilIndicadores de qualidade na educação infantil
Indicadores de qualidade na educação infantil
 
Caminhos para inclusão
Caminhos para inclusãoCaminhos para inclusão
Caminhos para inclusão
 
indicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptx
indicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptxindicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptx
indicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptx
 
Apresentação da américa
Apresentação da américaApresentação da américa
Apresentação da américa
 
Rel auto avaliacao-2013_henrique_santos
Rel auto avaliacao-2013_henrique_santosRel auto avaliacao-2013_henrique_santos
Rel auto avaliacao-2013_henrique_santos
 
A construção do projeto poltico pedagogico
A construção do projeto poltico  pedagogico A construção do projeto poltico  pedagogico
A construção do projeto poltico pedagogico
 
Livro_slide_para_Ciclo_de_palestras_Marilene.pdf
Livro_slide_para_Ciclo_de_palestras_Marilene.pdfLivro_slide_para_Ciclo_de_palestras_Marilene.pdf
Livro_slide_para_Ciclo_de_palestras_Marilene.pdf
 
EEAA Apresentação CEI 01-2015
EEAA Apresentação CEI 01-2015EEAA Apresentação CEI 01-2015
EEAA Apresentação CEI 01-2015
 
Acompanhamento da gestão pedagógica
Acompanhamento da gestão pedagógicaAcompanhamento da gestão pedagógica
Acompanhamento da gestão pedagógica
 
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
 
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01
 
PLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docx
PLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docxPLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docx
PLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docx
 
PEA 2012-13
PEA 2012-13PEA 2012-13
PEA 2012-13
 
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
 
Plano anual actividades 2011 12
Plano anual actividades 2011 12Plano anual actividades 2011 12
Plano anual actividades 2011 12
 
Projecto educativo objectivos
Projecto educativo objectivosProjecto educativo objectivos
Projecto educativo objectivos
 

Mais de Paloma Chaves

100 things to watch in 2011
100 things to watch in 2011100 things to watch in 2011
100 things to watch in 2011
Paloma Chaves
 
Para entender o ECA
Para entender o ECAPara entender o ECA
Para entender o ECA
Paloma Chaves
 
Mapas do Eca
Mapas do EcaMapas do Eca
Mapas do Eca
Paloma Chaves
 
Imagens de Infancias
Imagens de InfanciasImagens de Infancias
Imagens de Infancias
Paloma Chaves
 
AFT GI Oficina
AFT GI OficinaAFT GI Oficina
AFT GI Oficina
Paloma Chaves
 
Roteiro Para Acesso à CVB
Roteiro Para Acesso à CVBRoteiro Para Acesso à CVB
Roteiro Para Acesso à CVB
Paloma Chaves
 
Pauta do 2º Dia de Santos Retificada
Pauta do 2º Dia de Santos RetificadaPauta do 2º Dia de Santos Retificada
Pauta do 2º Dia de Santos Retificada
Paloma Chaves
 
Roteiro para Criação de Blog AFT
Roteiro para Criação de Blog AFTRoteiro para Criação de Blog AFT
Roteiro para Criação de Blog AFT
Paloma Chaves
 
Roteiro para Cadastro de Usuário no Blog AFT
Roteiro para Cadastro de Usuário no Blog AFTRoteiro para Cadastro de Usuário no Blog AFT
Roteiro para Cadastro de Usuário no Blog AFT
Paloma Chaves
 
AFT & Indique em Bauru
AFT & Indique em BauruAFT & Indique em Bauru
AFT & Indique em Bauru
Paloma Chaves
 

Mais de Paloma Chaves (10)

100 things to watch in 2011
100 things to watch in 2011100 things to watch in 2011
100 things to watch in 2011
 
Para entender o ECA
Para entender o ECAPara entender o ECA
Para entender o ECA
 
Mapas do Eca
Mapas do EcaMapas do Eca
Mapas do Eca
 
Imagens de Infancias
Imagens de InfanciasImagens de Infancias
Imagens de Infancias
 
AFT GI Oficina
AFT GI OficinaAFT GI Oficina
AFT GI Oficina
 
Roteiro Para Acesso à CVB
Roteiro Para Acesso à CVBRoteiro Para Acesso à CVB
Roteiro Para Acesso à CVB
 
Pauta do 2º Dia de Santos Retificada
Pauta do 2º Dia de Santos RetificadaPauta do 2º Dia de Santos Retificada
Pauta do 2º Dia de Santos Retificada
 
Roteiro para Criação de Blog AFT
Roteiro para Criação de Blog AFTRoteiro para Criação de Blog AFT
Roteiro para Criação de Blog AFT
 
Roteiro para Cadastro de Usuário no Blog AFT
Roteiro para Cadastro de Usuário no Blog AFTRoteiro para Cadastro de Usuário no Blog AFT
Roteiro para Cadastro de Usuário no Blog AFT
 
AFT & Indique em Bauru
AFT & Indique em BauruAFT & Indique em Bauru
AFT & Indique em Bauru
 

Último

A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 

Último (20)

A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 

Indique Apresentação END 2010

  • 2. INDICADORES DA QUALIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL Coordenação Fundação Orsa, UNDIME, Unicef, Ação Educativa e Coedi/SEB/MEC. Grupo Técnico Ação Educativa, Avante, Ceale/UFMG, CEERT, CENPEC, Ufal, Cindedi/FFCLRP/USP, Coedi/SEB/MEC, UFC, UFPA, Unirio, USP, Unesp/Bauru, Fundação Abrinq, Fundação Carlos Chagas, Fundação Fé e Alegria do Brasil, Unicef, Fundação Orsa, Fundação Victor Civita, Instituto Avisa Lá, Instituto Girassol, IPEA, Mieib, Omep, Unesco, SEESP/MEC, Secad/MEC, UFPR, Todos Pela Educação, UNCME, Undime.
  • 4. Grupo Técnico: Campanha Nacional pelo Direito a Educação – CENPEC – CNTE – CONSED - Fundação Abrinq – Fundescola – IBGE - Instituto Pólis – IPEA – Undime – Uncme – Caise, Seif e Seesp/ MEC -Ceale/UFMG - Cedac - Ceel/UFPE - Cefortec/UEPG - Centro de Cultura Luiz Freire - Cform/UnB - Fundação Victor Civita - Instituto Avisa Lá - Instituto Ayrton Senna - Instituto Paulo Freire - Projeto Chapada
  • 5. INDICADORES DA QUALIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL Estratégia de elaboração do material  Constituição do Grupo Técnico e realização de oficinas.  Realização de 8 Seminários Regionais.  Realização de pré-teste em instituições de educação infantil de 9 unidades federadas (PA, CE, BA, RJ, MG, MS, DF, SP e PR).
  • 6. INDICADORES DA QUALIDADE NA EDUCAÇÃO Estratégia de elaboração do material  Constituição de Grupo Técnico e realização de oficina.  Construção de proposta preliminar.  Teste piloto em 14 escolas situadas nas 5 regiões do país. Oficina para discussão dos resultados e adequação do instrumental, agregando escolas e redes que participaram do teste.
  • 7. Objetivo Construir e disseminar indicadores qualitativos de educação que mobilizem a comunidade escolar em torno de ações voltadas ao cumprimento do direito da educação de qualidade para todos.
  • 8. INDICADORES DA QUALIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL Os Indicadores da Qualidade na Educação Infantil objetiva, portanto, traduzir e detalhar os Parâmetros Nacionais de Qualidade para a Educação Infantil (MEC/2006) em indicadores operacionais separados em diferentes dimensões.
  • 9. Público alvo Professores(as), coordenadores(as) pedagógicos(as), diretores(as), funcionários(as), familiares, crianças, conselheiros(as) tutelares, da educação e dos direitos da criança e adolescente, representantes de órgão públicos, de universidades e de organizações não governamentais (ONGs).
  • 10. Dimensões:  Planejamento institucional  Multiplicidade de experiências e linguagens  Interações  Promoção da saúde  Espaços, materiais e mobiliários  Formação e condições de trabalho das professoras e demais profissionais  Cooperação e troca com as famílias e participação na rede de proteção social INDICADORES DA QUALIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
  • 11.  Proposta pedagógica discutida e elaborada por todos, periodicamente atualizada de forma coletiva.  Registro e reflexão sobre práticas, experiências para acompanhamento dos progressos das crianças. Planejamento Institucional
  • 12.  Reflexão sobre a rotina e as práticas adotadas para incentivar e valorizar a autonomia das crianças. Multiplicidade de experiências e linguagens
  • 13.  Reflexão sobre a instituição de educação infantil enquanto um espaço coletivo de convivência no qual acontecem múltiplas interações formadoras. Interações
  • 14.  Questionamentos sobre práticas e condutas cotidianas adequadas sobre prevenção de acidentes, cuidados com a higiene e alimentação saudável para cada grupo de idade. Promoção da saúde
  • 15. Espaços, materiais e mobiliários  Reflexão sobre a disposição e disponibilidade de materiais, espaços e mobiliários de maneira a atender às múltiplas necessidades de adultos e crianças.
  • 16. Formação e condições de trabalho das professoras e demais profissionais  Considerações sobre formações inicial e continuada, condições de trabalho adequadas às múltiplas tarefas, natureza da relação entre instituição e comunidade.
  • 17. Cooperação e troca com as famílias e participação na rede de proteção social  Preocupação central com o processo de “educar e cuidar” das crianças em relação aos processos de socialização, as brincadeiras e a convivência com a diversidade.
  • 18. INDICADORES DA QUALIDADE NA EDUCAÇÃO Dimensões  Ambiente Educativo  Prática Pedagógica e Avaliação  Ensino e Aprendizagem da Leitura e da Escrita  Gestão Escolar Democrática  Formação e Condições de Trabalho dos Profissionais da Escola  Ambiente Físico Escolar  Acesso e Permanência dos Alunos na Escola
  • 19. Ambiente Educativo  Trata de relações construídas nos ambientes educativos que podem ser refletidas e transformadas por meio da atuação conjunta entre equipes escolares, profissionais do contraturno e, sobretudo, comunidade.
  • 20. Prática Pedagógica e Avaliação  Refletir acerca do compromisso da comunidade escolar com a elaboração e implementação do projeto político- pedagógico da escola, sobretudo no que se refere ao planejamento de ensino, ao desenvolvimento de práticas pedagógicas inclusivas, às formas de avaliação de alunos(as) e ao acompanhamento dos processos de ensino e aprendizagem, além de abrir espaço para problematizar as relações que a escola estabelece com seu entorno
  • 21. Ensino e Aprendizagem da Leitura e da Escrita  Diagnosticar a situação da escola no que se refere à implementação e ao acompanhamento de práticas educativas que tenham como meta o aprendizado da leitura e da escrita por alunos(as).
  • 22. Gestão Escolar Democrática  Diagnosticar a existência e o uso de espaços democráticos nas escolas e a socialização das informações e decisões acordadas nesses espaços para toda comunidade escolar
  • 23. Formação e Condições de Trabalho dos Profissionais da Escola  Diagnosticar a situação da escola no que se refere à formação inicial e continuada de seus profissionais, bem como a estabilidade do corpo docente, a relação entre o número de professores e o de alunos e assiduidade da equipe escolar.
  • 24. Ambiente Físico Escolar  Avaliar todo o conjunto de recursos, equipamentos e materiais pedagógicos, bem como as condições arquitetônicas que compõem o ambiente físico escolar, para torná-lo funcional, agradável e, ao mesmo tempo, com possibilidades efetivas de subsidiar o trabalho pedagógico
  • 25. Acesso e Permanência dos Alunos na Escola  Diagnosticar e auxiliar a comunidade escolar a planejar soluções para a exclusão da escola, como também a exclusão que ocorre no âmbito do espaço escolar
  • 29. Notas A maioria das questões diz respeito a todos os grupos de idade, mas há algumas perguntas específicas em destaque que se referem apenas a bebês (até um ano e meio) e/ou crianças pequenas (um e meio até três anos), e outras a crianças (de quatro até seis anos).
  • 30.  Constituição do grupo responsável pela preparação da instituição para avaliação. (Etapa 1)  Processo de mobilização da comunidade. (Etapa 2)  Avaliação participativa. (Etapa 3)  Elaboração e implementação do plano de ação (Etapa 4). Sugestões para utilização do material
  • 31. Organizar o processo, planejar a mobilização, providenciar os materiais e o tempo necessários, além de preparar espaços para as reuniões dos grupos e plenária final. Grupo responsável pela preparação da instituição para avaliação
  • 32. Criatividade para mobilizar pais e mães, professores/as, funcionários/as, conselheiros/as tutelares e da educação e outras pessoas da comunidade. Processo de mobilização da comunidade escolar
  • 33. Avaliação participativa As perguntas vinculadas a cada um dos indicadores se referem a práticas, atitudes ou situações que os qualificam. O resultado da avaliação é expresso por meio de cores: Caso o grupo avalie que essas práticas, atitudes ou situações estão consolidadas na escola. O instrumental deixa claro que, neste caso, a escola está num bom caminho no constante processo de melhoria da qualidade. Se, na escola, essas atitudes, práticas ou situações ocorrem, mas não podem ser consideradas recorrentes ou consolidadas. Elas merecem cuidado e atenção. Caso o grupo avalie que, na escola, essas atitudes, situações ou práticas são inexistentes ou quase inexistentes. Estas exigem intervenção imediata.
  • 34.  Fornece um painel detalhado da situação da escola em relação às múltiplas dimensões do processo educativo.  Possibilita a construção de novos canais de comunicação entre a instituição e a comunidade.  Responsabiliza os diferentes segmentos da comunidade escolar pela qualidade da educação e a direciona para a realização de ações pela melhoria dessa qualidade. Destaques dos materiais
  • 35. Destaques do material  Favorece a revisão e atualização da proposta pedagógica.  Legitima, qualifica e fortalece as demandas da escola perante o poder público.  Secretarias podem e devem apoiar o uso dos indicadores, mas sempre a partir da ótica das escolas.
  • 36. Os materiais são de domínio público e podem ser baixado nos seguintes sítios: www.acaoeducativa.org www.mec.gov.br www.fundacaoorsa.org.br www.unicef.org.br www.undime.org.br