SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
A guerra colonial
A guerra colonial
• Designa-se por Guerra
Colonial, ou Guerra do
Ultramar, o período de
confrontos entre as
Forças Armada
Portuguesas e as forças
organizadas pelos
movimentos de libertação
das antigas províncias
ultramarinas de Angola,
Guiné e Moçambique,
entre 1961 e 1974.
Colónias portuguesas em África no período da Guerra
Colonial.
• Logo após a sua criação em 1945, a ONU consagrou o
direito dos povos à autodeterminação e independência.
Gradualmente, várias potências coloniais europeias,
como a Inglaterra, a Bélgica, a Holanda ou a França,
concederam a independência às suas colónias. Portugal,
contudo, tomou uma atitude diferente.
• Salazar entendia que as possessões portuguesas faziam
parte integrante do país: as colónias eram consideradas
províncias ultramarinas, sendo Portugal um país
pluricontinental e multirracial, que se estendia “do Minho
a Timor”.
• Perante a política intransigente de Salazar, formaram-se
nas colónias portuguesas movimentos independentistas.
Assim, em Angola, surgiram o MPLA, a FNLA e a UNITA,
na Guiné, o PAIGC e, em Moçambique, a FRELIMO. Em
1961 deram-se as primeiras revoltas em Angola e, nos
anos seguintes, na Guiné (1963) e em Moçambique
(1964).
• Portugal enviou então tropas para África. Entre 1961 e
1974 foram mobilizados mais de 900 000 portugueses
que se juntaram às tropas recrutadas localmente.
• A guerra colonial, que durou 13 anos (1961-1974),
provocou despesas elevadas e o isolamento do país a
nível internacional.
• Mas, acima de tudo, a guerra colonial provocou mais de
10 000 mortos, para além de feridos e incapacitados.
• Foi apenas com o 25
de Abril de 1974 que
a guerra colonial
terminou e as
colónias portuguesas
se tornaram
independentes.
Aquele Inverno
Letra e música: Miguel Ângelo, Fernando Cunha
Intérprete: Delfins/Resistência
Há sempre um piano
um piano selvagem
que nos gela o coração
e nos traz a imagem
daquele Inverno
naquele Inferno
Há sempre a lembrança
de um olhar a sangrar
de um soldado perdido
em terras do Ultramar
por obrigação
aquela missão
Combater a selva sem saber porquê
e sentir o inferno de matar alguém
e quem regressou
guarda a sensação
que lutou numa guerra sem razão...
sem razão... sem razão...
Há sempre a palavra
a palavra 'nação'
os chefes trazem e usam
p’ra esconder a razão
da sua vontade
aquela verdade
E para eles aquele Inverno
será sempre o mesmo inferno
que ninguém poderá esquecer
ter que matar ou morrer
ao sabor do vento
naquele tormento
Perguntei ao céu: será sempre assim?
poderá o Inverno nunca ter um fim?
não sei responder
só talvez lembrar
o que alguém que voltou veio contar...
recordar...
recordar...
Aquele Inverno

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a guerra-colonial-175.pdf

5 de outubro
5 de outubro5 de outubro
5 de outubrocresac
 
Revolução dos cravos
Revolução dos cravosRevolução dos cravos
Revolução dos cravosDg Guimarães
 
Imperialismo e Primeira Grande Guerra Mundial
Imperialismo e Primeira Grande Guerra MundialImperialismo e Primeira Grande Guerra Mundial
Imperialismo e Primeira Grande Guerra Mundialjose brandaos
 
Conflitos Geopolíticos no Mundo
Conflitos Geopolíticos no MundoConflitos Geopolíticos no Mundo
Conflitos Geopolíticos no MundoVirna Salgado Barra
 
5 de Outubro (André Godinho)
5 de Outubro (André Godinho)5 de Outubro (André Godinho)
5 de Outubro (André Godinho)André Godinho
 
Aula 5de outubro[1]
Aula 5de outubro[1]Aula 5de outubro[1]
Aula 5de outubro[1]manuelaruge
 
A Partilha da África, colonização, independência e seus efeitos.
A Partilha da África, colonização, independência e seus efeitos.A Partilha da África, colonização, independência e seus efeitos.
A Partilha da África, colonização, independência e seus efeitos.baltazar
 
Aula 5de Outubro[1]
Aula 5de Outubro[1]Aula 5de Outubro[1]
Aula 5de Outubro[1]gigilu
 
Fim dos_imperios_coloniais_na_africa_e_na_asia- nelma
 Fim dos_imperios_coloniais_na_africa_e_na_asia- nelma Fim dos_imperios_coloniais_na_africa_e_na_asia- nelma
Fim dos_imperios_coloniais_na_africa_e_na_asia- nelmaJOSYNEL
 
1327 24 10_2012_arquivo
1327 24 10_2012_arquivo1327 24 10_2012_arquivo
1327 24 10_2012_arquivoAndrey Castro
 
Introdução à história da áfrica
Introdução à história da áfricaIntrodução à história da áfrica
Introdução à história da áfricagindri
 

Semelhante a guerra-colonial-175.pdf (20)

A guerra colonial
A guerra colonialA guerra colonial
A guerra colonial
 
5 de outubro
 5 de outubro 5 de outubro
5 de outubro
 
5 de outubro
5 de outubro5 de outubro
5 de outubro
 
Aula 5de outubro
Aula 5de outubroAula 5de outubro
Aula 5de outubro
 
Guerra colonial
Guerra colonialGuerra colonial
Guerra colonial
 
Revolução dos cravos
Revolução dos cravosRevolução dos cravos
Revolução dos cravos
 
Imperialismo e Primeira Grande Guerra Mundial
Imperialismo e Primeira Grande Guerra MundialImperialismo e Primeira Grande Guerra Mundial
Imperialismo e Primeira Grande Guerra Mundial
 
Conflitos Geopolíticos no Mundo
Conflitos Geopolíticos no MundoConflitos Geopolíticos no Mundo
Conflitos Geopolíticos no Mundo
 
Aula 5de outubro
Aula 5de outubroAula 5de outubro
Aula 5de outubro
 
5 de Outubro (André Godinho)
5 de Outubro (André Godinho)5 de Outubro (André Godinho)
5 de Outubro (André Godinho)
 
Aula 5de outubro[1]
Aula 5de outubro[1]Aula 5de outubro[1]
Aula 5de outubro[1]
 
A Partilha da África, colonização, independência e seus efeitos.
A Partilha da África, colonização, independência e seus efeitos.A Partilha da África, colonização, independência e seus efeitos.
A Partilha da África, colonização, independência e seus efeitos.
 
Aula 5de outubro
Aula 5de outubroAula 5de outubro
Aula 5de outubro
 
Aula 5de outubro[1]
Aula 5de outubro[1]Aula 5de outubro[1]
Aula 5de outubro[1]
 
Aula 5de Outubro[1]
Aula 5de Outubro[1]Aula 5de Outubro[1]
Aula 5de Outubro[1]
 
Aula 5de outubro
Aula 5de outubroAula 5de outubro
Aula 5de outubro
 
Fim dos_imperios_coloniais_na_africa_e_na_asia- nelma
 Fim dos_imperios_coloniais_na_africa_e_na_asia- nelma Fim dos_imperios_coloniais_na_africa_e_na_asia- nelma
Fim dos_imperios_coloniais_na_africa_e_na_asia- nelma
 
1327 24 10_2012_arquivo
1327 24 10_2012_arquivo1327 24 10_2012_arquivo
1327 24 10_2012_arquivo
 
Introdução à história da áfrica
Introdução à história da áfricaIntrodução à história da áfrica
Introdução à história da áfrica
 
5deoutubro.ppt
5deoutubro.ppt5deoutubro.ppt
5deoutubro.ppt
 

Mais de riodurval

Redes de Comunicação ensino profissional m4
Redes de Comunicação ensino profissional m4Redes de Comunicação ensino profissional m4
Redes de Comunicação ensino profissional m4riodurval
 
Redes de Comunicação ensino profissional AC1
Redes de Comunicação ensino profissional AC1Redes de Comunicação ensino profissional AC1
Redes de Comunicação ensino profissional AC1riodurval
 
Redes de Comunicação ensino profissional AC
Redes de Comunicação ensino profissional ACRedes de Comunicação ensino profissional AC
Redes de Comunicação ensino profissional ACriodurval
 
Redes de Comunicação ensino profissional
Redes de Comunicação ensino profissionalRedes de Comunicação ensino profissional
Redes de Comunicação ensino profissionalriodurval
 
Álgebra de Boole - Portas And Or Not.pptx
Álgebra de Boole - Portas And Or Not.pptxÁlgebra de Boole - Portas And Or Not.pptx
Álgebra de Boole - Portas And Or Not.pptxriodurval
 
Arquitectura de Computadores3.pptx
Arquitectura de Computadores3.pptxArquitectura de Computadores3.pptx
Arquitectura de Computadores3.pptxriodurval
 
TrabalhoFQ1.pptx
TrabalhoFQ1.pptxTrabalhoFQ1.pptx
TrabalhoFQ1.pptxriodurval
 
Aula 9 - Operações Digitais.pptx
Aula 9 - Operações Digitais.pptxAula 9 - Operações Digitais.pptx
Aula 9 - Operações Digitais.pptxriodurval
 
Aula 10 - Códigos BCD.pptx
Aula 10 - Códigos BCD.pptxAula 10 - Códigos BCD.pptx
Aula 10 - Códigos BCD.pptxriodurval
 
Recurso Educativo e de Avaliação.pptx
Recurso Educativo e de Avaliação.pptxRecurso Educativo e de Avaliação.pptx
Recurso Educativo e de Avaliação.pptxriodurval
 
gctic7_ppt_a2.pptx
gctic7_ppt_a2.pptxgctic7_ppt_a2.pptx
gctic7_ppt_a2.pptxriodurval
 
Módulo 1 - Comunicação de Dados.pptx
Módulo 1 - Comunicação de Dados.pptxMódulo 1 - Comunicação de Dados.pptx
Módulo 1 - Comunicação de Dados.pptxriodurval
 
Códigos de Detecção.pptx
Códigos de Detecção.pptxCódigos de Detecção.pptx
Códigos de Detecção.pptxriodurval
 
relações bioticas.pptx
relações bioticas.pptxrelações bioticas.pptx
relações bioticas.pptxriodurval
 
Guião - Sessão 5 - Programacao com Arduinos.pdf
Guião - Sessão 5 - Programacao com Arduinos.pdfGuião - Sessão 5 - Programacao com Arduinos.pdf
Guião - Sessão 5 - Programacao com Arduinos.pdfriodurval
 
Auxiliares de comunicação
Auxiliares de comunicaçãoAuxiliares de comunicação
Auxiliares de comunicaçãoriodurval
 
Spc mestrado
Spc mestradoSpc mestrado
Spc mestradoriodurval
 

Mais de riodurval (18)

Redes de Comunicação ensino profissional m4
Redes de Comunicação ensino profissional m4Redes de Comunicação ensino profissional m4
Redes de Comunicação ensino profissional m4
 
Redes de Comunicação ensino profissional AC1
Redes de Comunicação ensino profissional AC1Redes de Comunicação ensino profissional AC1
Redes de Comunicação ensino profissional AC1
 
Redes de Comunicação ensino profissional AC
Redes de Comunicação ensino profissional ACRedes de Comunicação ensino profissional AC
Redes de Comunicação ensino profissional AC
 
Redes de Comunicação ensino profissional
Redes de Comunicação ensino profissionalRedes de Comunicação ensino profissional
Redes de Comunicação ensino profissional
 
Álgebra de Boole - Portas And Or Not.pptx
Álgebra de Boole - Portas And Or Not.pptxÁlgebra de Boole - Portas And Or Not.pptx
Álgebra de Boole - Portas And Or Not.pptx
 
Arquitectura de Computadores3.pptx
Arquitectura de Computadores3.pptxArquitectura de Computadores3.pptx
Arquitectura de Computadores3.pptx
 
TrabalhoFQ1.pptx
TrabalhoFQ1.pptxTrabalhoFQ1.pptx
TrabalhoFQ1.pptx
 
Coop.pptx
Coop.pptxCoop.pptx
Coop.pptx
 
Aula 9 - Operações Digitais.pptx
Aula 9 - Operações Digitais.pptxAula 9 - Operações Digitais.pptx
Aula 9 - Operações Digitais.pptx
 
Aula 10 - Códigos BCD.pptx
Aula 10 - Códigos BCD.pptxAula 10 - Códigos BCD.pptx
Aula 10 - Códigos BCD.pptx
 
Recurso Educativo e de Avaliação.pptx
Recurso Educativo e de Avaliação.pptxRecurso Educativo e de Avaliação.pptx
Recurso Educativo e de Avaliação.pptx
 
gctic7_ppt_a2.pptx
gctic7_ppt_a2.pptxgctic7_ppt_a2.pptx
gctic7_ppt_a2.pptx
 
Módulo 1 - Comunicação de Dados.pptx
Módulo 1 - Comunicação de Dados.pptxMódulo 1 - Comunicação de Dados.pptx
Módulo 1 - Comunicação de Dados.pptx
 
Códigos de Detecção.pptx
Códigos de Detecção.pptxCódigos de Detecção.pptx
Códigos de Detecção.pptx
 
relações bioticas.pptx
relações bioticas.pptxrelações bioticas.pptx
relações bioticas.pptx
 
Guião - Sessão 5 - Programacao com Arduinos.pdf
Guião - Sessão 5 - Programacao com Arduinos.pdfGuião - Sessão 5 - Programacao com Arduinos.pdf
Guião - Sessão 5 - Programacao com Arduinos.pdf
 
Auxiliares de comunicação
Auxiliares de comunicaçãoAuxiliares de comunicação
Auxiliares de comunicação
 
Spc mestrado
Spc mestradoSpc mestrado
Spc mestrado
 

Último

PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - FalamansaMary Alvarenga
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaLuanaAlves940822
 
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasSlide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasnarayaskara215
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 

Último (20)

PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasSlide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 

guerra-colonial-175.pdf

  • 1. A guerra colonial A guerra colonial
  • 2. • Designa-se por Guerra Colonial, ou Guerra do Ultramar, o período de confrontos entre as Forças Armada Portuguesas e as forças organizadas pelos movimentos de libertação das antigas províncias ultramarinas de Angola, Guiné e Moçambique, entre 1961 e 1974. Colónias portuguesas em África no período da Guerra Colonial.
  • 3. • Logo após a sua criação em 1945, a ONU consagrou o direito dos povos à autodeterminação e independência. Gradualmente, várias potências coloniais europeias, como a Inglaterra, a Bélgica, a Holanda ou a França, concederam a independência às suas colónias. Portugal, contudo, tomou uma atitude diferente. • Salazar entendia que as possessões portuguesas faziam parte integrante do país: as colónias eram consideradas províncias ultramarinas, sendo Portugal um país pluricontinental e multirracial, que se estendia “do Minho a Timor”. • Perante a política intransigente de Salazar, formaram-se nas colónias portuguesas movimentos independentistas. Assim, em Angola, surgiram o MPLA, a FNLA e a UNITA, na Guiné, o PAIGC e, em Moçambique, a FRELIMO. Em 1961 deram-se as primeiras revoltas em Angola e, nos anos seguintes, na Guiné (1963) e em Moçambique (1964).
  • 4. • Portugal enviou então tropas para África. Entre 1961 e 1974 foram mobilizados mais de 900 000 portugueses que se juntaram às tropas recrutadas localmente.
  • 5. • A guerra colonial, que durou 13 anos (1961-1974), provocou despesas elevadas e o isolamento do país a nível internacional. • Mas, acima de tudo, a guerra colonial provocou mais de 10 000 mortos, para além de feridos e incapacitados.
  • 6. • Foi apenas com o 25 de Abril de 1974 que a guerra colonial terminou e as colónias portuguesas se tornaram independentes.
  • 7. Aquele Inverno Letra e música: Miguel Ângelo, Fernando Cunha Intérprete: Delfins/Resistência Há sempre um piano um piano selvagem que nos gela o coração e nos traz a imagem daquele Inverno naquele Inferno Há sempre a lembrança de um olhar a sangrar de um soldado perdido em terras do Ultramar por obrigação aquela missão Combater a selva sem saber porquê e sentir o inferno de matar alguém e quem regressou guarda a sensação que lutou numa guerra sem razão... sem razão... sem razão... Há sempre a palavra a palavra 'nação' os chefes trazem e usam p’ra esconder a razão da sua vontade aquela verdade E para eles aquele Inverno será sempre o mesmo inferno que ninguém poderá esquecer ter que matar ou morrer ao sabor do vento naquele tormento Perguntei ao céu: será sempre assim? poderá o Inverno nunca ter um fim? não sei responder só talvez lembrar o que alguém que voltou veio contar... recordar... recordar... Aquele Inverno