SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
FAIXAS DE TRANSIÇÃO
CAPÍTULO 05
INTRODUÇÃO
• Separando os vários domínios
geoecológicos, existem áreas com
características bastante complexas.
• Apresentam elementos de dois ou mais
domínios, pois geralmente estão localizadas
entre domínios de características diferentes.
MATA DOS COCAIS
• Também conhecida como Mata dos
Babaçuais.
• Área de transição entre os domínios
Amazônico, Caatinga e Cerrado.
• Está presente na sub-região Meio-Norte que
abrange os estados de Maranhão e Piauí.
RELEVO E HIDROGRAFIA
• Relevo – formado pelos planaltos e chapadas
da bacia do Parnaíba.
• Hidrografia – destaca-se o rio Parnaíba, que é
perene, com foz em delta, e separa os estados
de Maranhão e Piauí.
VEGETAÇÃO
• O Babaçu é a palmeira predominante, principalmente
no vales fluviais.
Atingem de 10 a 12 metros, suas folhas são de cor verde
brilhante.
Seus frutos são cocos que dão em forma de cachos.
O Babaçu fornece:
Palma – utilizado para a confecção de cestos e esteiras.
Caule – palmito, madeira para construção e casas e fonte
energética – gás e carvão.
Semente – obtém-se o óleo com larga aplicação –
margarina, perfume, creme de barbear, lubrificantes para
aparelhos de alta precisão.
EXTRAÇÃO DO BABAÇU
O EXTRATIVISMO DO BABAÇU É UMA ATIVIDADE
COMPLEMENTAR PARA AS FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA DA
REGIÃO
CARNAÚBA
• É conhecida como árvore da vida, ou árvore da providência, é mais
frequente no Ceará e no Rio Grande do Norte.
• É uma palmeira com folhas em forma de leque, e são diversas as
suas utilizações econômicas:
 Caule – madeira para a construção de casas.
 Raiz – medicamentos
 Folhas – cordas, chapéus, cobertura de casas e cera (para
sapatos, sabonetes, velas, etc)
 Fruto – alimento para o gado
 Polpa – alimento – doce
 Caroço – óleos.
• Estão utilizando a área por pastagens e agriculturas, mas como a
reprodução natural é rápida, garante a sobrevida dessa mata.
AGRESTE
• Abrange 3% da área total do Nordeste
• Paisagem de transição entre a Zona da Mata e o
Sertão.
• Apresenta clima não tão seco quanto ao sertão e
nem tão úmido quanto o da Zona da Mata.
• A vegetação assemelha-se em algumas áreas com
a mata Atlântica, em outros com a Caatinga –
matas palmeiras, cactáceas e gramíneas.
• O Planalto da Borborema é o relevo
predominante.
PANTANAL MATO-GROSSENSE
• Estende-se por uma área de mais de 200 mil
km², sobre dois estados MT e MS e dois países vizinhos
– Bolívia e Paraguai, onde recebe o nome de CHACO.
• É uma planície, a maior parte inundável, localizada na
depressão do rio Paraguai.
• É a mais recente formação geológica do país (Período
Quaternário – Era Cenozóica), e seus terrenos são
sedimentares.
• O clima é tropical, com chuvas entre Novembro e
Fevereiro, o que provoca inundações e lagoas.
• A estação seca é prolongada de Abril a Setembro.
ECONOMIA
• Sede de várias tribos indígenas, mas cederam
espaço para os mestiços e fazendeiros.
• A primeira atividade econômica marcante é o
extrativismo vegetal.
• A principal atividade é a pecuária extensiva.
• Nas áreas mais altas, denominadas
regionalmente de cordilheiras,instalaram-se
redes de fazendas, o que possibilitou o cultivo
moderno de soja, milho e até cana.
• Pratica-se também o turismo – ecoturismo e as
atividades pesqueiras.
PROBLEMAS AMBIENTAIS
• Pesca predatória
• Caça ao Jacaré
• Destruição da flora pela pecuária.
• contaminação dos rios com mercúrio, devido a
garimpagem, despejos de vinhoto das usinas e
agrotóxicos das lavouras.
• Retirada de mata ciliar, causando erosão, e
assoreamento dos rios.
HIDROVIA PARANÁ-PARAGUAI
• Importante obra econômica para o
Mercosul, porém como envolve a dragagem do
Rio Paraguai, para facilitar a passagem de grandes
navios de carga, as cheias do Pantanal poderão
diminuir, colocando o ecossistema em risco.
• Culturalmente, grandes projetos econômicos
implantados na região provocam alterações na
vida dos moradores que, influenciados pela
mentalidade empresarial, deixam de cuidar da
natureza.
Faixas de Transicao

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Clima E Climas Do Brasil Aula
Clima E Climas Do Brasil   AulaClima E Climas Do Brasil   Aula
Clima E Climas Do Brasil Aula
Luciano Pessanha
 
Dominio Amazonico
Dominio AmazonicoDominio Amazonico
Dominio Amazonico
Laguat
 
Brasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticosBrasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticos
Professor
 
Climas do brasil
Climas do brasilClimas do brasil
Climas do brasil
Alexia 14
 
Bioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - CompletoBioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - Completo
Bruno Djvan Ramos Barbosa
 
A regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasilA regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasil
Professor
 
As formaçoes vegetais pelo mundo
As formaçoes vegetais pelo mundoAs formaçoes vegetais pelo mundo
As formaçoes vegetais pelo mundo
Professor
 

Mais procurados (20)

Clima E Climas Do Brasil Aula
Clima E Climas Do Brasil   AulaClima E Climas Do Brasil   Aula
Clima E Climas Do Brasil Aula
 
Dominio Amazonico
Dominio AmazonicoDominio Amazonico
Dominio Amazonico
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
 
Domínios Morfoclimáticos do Brasil
Domínios Morfoclimáticos do BrasilDomínios Morfoclimáticos do Brasil
Domínios Morfoclimáticos do Brasil
 
Floresta amazônica
Floresta amazônicaFloresta amazônica
Floresta amazônica
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
 
Domínios Morfoclimátcos-Araucária
Domínios Morfoclimátcos-AraucáriaDomínios Morfoclimátcos-Araucária
Domínios Morfoclimátcos-Araucária
 
Brasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticosBrasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticos
 
Climas do brasil
Climas do brasilClimas do brasil
Climas do brasil
 
Bioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - CompletoBioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - Completo
 
Os biomas brasileiros
Os biomas brasileirosOs biomas brasileiros
Os biomas brasileiros
 
Relevo Brasileiro
 Relevo Brasileiro Relevo Brasileiro
Relevo Brasileiro
 
Regioes brasil
Regioes brasilRegioes brasil
Regioes brasil
 
Bioma: Cerrado
Bioma: CerradoBioma: Cerrado
Bioma: Cerrado
 
Região nordeste
Região nordesteRegião nordeste
Região nordeste
 
Região nordeste 7º ano
Região nordeste  7º anoRegião nordeste  7º ano
Região nordeste 7º ano
 
A regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasilA regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasil
 
Biomas do mundo
Biomas do mundoBiomas do mundo
Biomas do mundo
 
As formaçoes vegetais pelo mundo
As formaçoes vegetais pelo mundoAs formaçoes vegetais pelo mundo
As formaçoes vegetais pelo mundo
 
Localização, demografia e regionalização da Ásia
Localização, demografia e regionalização da ÁsiaLocalização, demografia e regionalização da Ásia
Localização, demografia e regionalização da Ásia
 

Destaque

Brasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticosBrasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticos
Professor
 
Panpas ou pradarias
Panpas ou pradariasPanpas ou pradarias
Panpas ou pradarias
rogerwdd
 
Brasil – Domínios Morfoclimáticos
Brasil – Domínios MorfoclimáticosBrasil – Domínios Morfoclimáticos
Brasil – Domínios Morfoclimáticos
Rogerio Silveira
 
7ano atividade 18 a 27
7ano atividade 18 a 277ano atividade 18 a 27
7ano atividade 18 a 27
Joao Paulo
 
Trabalho de Ecologia - Bioma Pampa
Trabalho de Ecologia - Bioma PampaTrabalho de Ecologia - Bioma Pampa
Trabalho de Ecologia - Bioma Pampa
Jean Leão
 
Região Nordeste Agreste
Região Nordeste   AgresteRegião Nordeste   Agreste
Região Nordeste Agreste
Márcia Dutra
 

Destaque (20)

Brasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticosBrasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticos
 
Áreas de Transição - Brasil
Áreas de Transição - BrasilÁreas de Transição - Brasil
Áreas de Transição - Brasil
 
Os DomíNios MorfoclimáTicos Do Brasil
Os DomíNios MorfoclimáTicos Do BrasilOs DomíNios MorfoclimáTicos Do Brasil
Os DomíNios MorfoclimáTicos Do Brasil
 
Panpas ou pradarias
Panpas ou pradariasPanpas ou pradarias
Panpas ou pradarias
 
Brasil – Domínios Morfoclimáticos
Brasil – Domínios MorfoclimáticosBrasil – Domínios Morfoclimáticos
Brasil – Domínios Morfoclimáticos
 
7ano atividade 18 a 27
7ano atividade 18 a 277ano atividade 18 a 27
7ano atividade 18 a 27
 
domínios morfoclimáticos Caatinga, araucárias, pampas, faixas de transição, p...
domínios morfoclimáticos Caatinga, araucárias, pampas, faixas de transição, p...domínios morfoclimáticos Caatinga, araucárias, pampas, faixas de transição, p...
domínios morfoclimáticos Caatinga, araucárias, pampas, faixas de transição, p...
 
Dominios Morfoclimaticos
Dominios MorfoclimaticosDominios Morfoclimaticos
Dominios Morfoclimaticos
 
Trabalho de Ecologia - Bioma Pampa
Trabalho de Ecologia - Bioma PampaTrabalho de Ecologia - Bioma Pampa
Trabalho de Ecologia - Bioma Pampa
 
Bioma pampa
Bioma pampaBioma pampa
Bioma pampa
 
Diagnostico da Oferta Turistica de Carnauba dos Dantas - RN
Diagnostico da Oferta Turistica de Carnauba dos Dantas - RNDiagnostico da Oferta Turistica de Carnauba dos Dantas - RN
Diagnostico da Oferta Turistica de Carnauba dos Dantas - RN
 
Domínio morfoclimático [recuperado]
Domínio morfoclimático [recuperado]Domínio morfoclimático [recuperado]
Domínio morfoclimático [recuperado]
 
Hackers
HackersHackers
Hackers
 
Pradaria
PradariaPradaria
Pradaria
 
Dominios Morfoclimaticos
Dominios MorfoclimaticosDominios Morfoclimaticos
Dominios Morfoclimaticos
 
Imagens Mata das Araucárias
Imagens Mata das AraucáriasImagens Mata das Araucárias
Imagens Mata das Araucárias
 
Mata das Araucárias
Mata das AraucáriasMata das Araucárias
Mata das Araucárias
 
Região Nordeste Agreste
Região Nordeste   AgresteRegião Nordeste   Agreste
Região Nordeste Agreste
 
Floresta de araucárias
Floresta de araucárias Floresta de araucárias
Floresta de araucárias
 
Nordeste: Agreste
Nordeste:  AgresteNordeste:  Agreste
Nordeste: Agreste
 

Semelhante a Faixas de Transicao

Dominio Caatinga
Dominio Caatinga Dominio Caatinga
Dominio Caatinga
Laguat
 
Biomas do brasil
Biomas do brasilBiomas do brasil
Biomas do brasil
Italo Alan
 
Nordeste síntese sub-regiões
Nordeste   síntese sub-regiõesNordeste   síntese sub-regiões
Nordeste síntese sub-regiões
Márcia Dutra
 
Biomas do brasil
Biomas do brasilBiomas do brasil
Biomas do brasil
Italo Alan
 
Biomas brasileiros-
Biomas brasileiros-Biomas brasileiros-
Biomas brasileiros-
eunamahcado
 

Semelhante a Faixas de Transicao (20)

Dominio Caatinga
Dominio Caatinga Dominio Caatinga
Dominio Caatinga
 
Biomas do brasil
Biomas do brasilBiomas do brasil
Biomas do brasil
 
UNI. 3 - CAP. 3 BIOMAS BRASILEIROS I.pptx
UNI. 3 - CAP. 3 BIOMAS BRASILEIROS I.pptxUNI. 3 - CAP. 3 BIOMAS BRASILEIROS I.pptx
UNI. 3 - CAP. 3 BIOMAS BRASILEIROS I.pptx
 
UNI. 3 - CAP. 3 BIOMAS BRASILEIROS I.pptx
UNI. 3 - CAP. 3 BIOMAS BRASILEIROS I.pptxUNI. 3 - CAP. 3 BIOMAS BRASILEIROS I.pptx
UNI. 3 - CAP. 3 BIOMAS BRASILEIROS I.pptx
 
Biomas Brasileiros
Biomas BrasileirosBiomas Brasileiros
Biomas Brasileiros
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
 
Biomas brasileiros o melhor
Biomas brasileiros o melhorBiomas brasileiros o melhor
Biomas brasileiros o melhor
 
Mata dos cocais 2
Mata dos cocais 2Mata dos cocais 2
Mata dos cocais 2
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
 
Nordeste síntese sub-regiões
Nordeste   síntese sub-regiõesNordeste   síntese sub-regiões
Nordeste síntese sub-regiões
 
Biomas do brasil
Biomas do brasilBiomas do brasil
Biomas do brasil
 
Mata de araucarias
Mata de araucarias Mata de araucarias
Mata de araucarias
 
Biomas brasileiros-
Biomas brasileiros-Biomas brasileiros-
Biomas brasileiros-
 
Biomas brasileiros-
Biomas brasileiros-Biomas brasileiros-
Biomas brasileiros-
 
Vegeta. brasileira 2010
Vegeta. brasileira 2010Vegeta. brasileira 2010
Vegeta. brasileira 2010
 
Cobertura vegetalbrasil
Cobertura vegetalbrasilCobertura vegetalbrasil
Cobertura vegetalbrasil
 
Biomas.dominiosmorfoclimaticos
Biomas.dominiosmorfoclimaticosBiomas.dominiosmorfoclimaticos
Biomas.dominiosmorfoclimaticos
 
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS. Quql a diferença entre Bioma e Domínio Morfoclimático
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS. Quql a diferença entre Bioma e Domínio MorfoclimáticoDOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS. Quql a diferença entre Bioma e Domínio Morfoclimático
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS. Quql a diferença entre Bioma e Domínio Morfoclimático
 
Caatinga
Caatinga Caatinga
Caatinga
 
biomasbrasileiros-160712140018.pdf
biomasbrasileiros-160712140018.pdfbiomasbrasileiros-160712140018.pdf
biomasbrasileiros-160712140018.pdf
 

Mais de Laguat

Nematelmintos, Anelideos, Artropes, Equinodermo
Nematelmintos, Anelideos, Artropes, EquinodermoNematelmintos, Anelideos, Artropes, Equinodermo
Nematelmintos, Anelideos, Artropes, Equinodermo
Laguat
 
Nucleo E Divisao Celular
Nucleo E Divisao Celular Nucleo E Divisao Celular
Nucleo E Divisao Celular
Laguat
 
A civilização Feudal
A civilização FeudalA civilização Feudal
A civilização Feudal
Laguat
 
Renascimento e grandes navegações
Renascimento e grandes navegações Renascimento e grandes navegações
Renascimento e grandes navegações
Laguat
 
As cruzadas
As cruzadasAs cruzadas
As cruzadas
Laguat
 
A Espanha
A EspanhaA Espanha
A Espanha
Laguat
 
Sobre o PIB
Sobre o PIB Sobre o PIB
Sobre o PIB
Laguat
 
3º ano apresentação nafta,mercosul e apec (1)
3º ano  apresentação nafta,mercosul e apec (1)3º ano  apresentação nafta,mercosul e apec (1)
3º ano apresentação nafta,mercosul e apec (1)
Laguat
 
Novos Delineamentos de Forças Políticas
Novos Delineamentos de Forças PolíticasNovos Delineamentos de Forças Políticas
Novos Delineamentos de Forças Políticas
Laguat
 

Mais de Laguat (20)

Nematelmintos, Anelideos, Artropes, Equinodermo
Nematelmintos, Anelideos, Artropes, EquinodermoNematelmintos, Anelideos, Artropes, Equinodermo
Nematelmintos, Anelideos, Artropes, Equinodermo
 
Respiracao celular
Respiracao celularRespiracao celular
Respiracao celular
 
Nucleo E Divisao Celular
Nucleo E Divisao Celular Nucleo E Divisao Celular
Nucleo E Divisao Celular
 
A civilização Feudal
A civilização FeudalA civilização Feudal
A civilização Feudal
 
Renascimento e grandes navegações
Renascimento e grandes navegações Renascimento e grandes navegações
Renascimento e grandes navegações
 
As cruzadas
As cruzadasAs cruzadas
As cruzadas
 
A Espanha
A EspanhaA Espanha
A Espanha
 
Cisma do Ocidente
Cisma do OcidenteCisma do Ocidente
Cisma do Ocidente
 
A guerra dos Cem Anos (1337-1453)
A guerra dos Cem Anos (1337-1453)A guerra dos Cem Anos (1337-1453)
A guerra dos Cem Anos (1337-1453)
 
Geografia ²
Geografia ²Geografia ²
Geografia ²
 
A Civilização Feudal
A Civilização Feudal A Civilização Feudal
A Civilização Feudal
 
Trabalho de Filosofia
Trabalho de Filosofia Trabalho de Filosofia
Trabalho de Filosofia
 
Sobre o PIB
Sobre o PIB Sobre o PIB
Sobre o PIB
 
3º ano apresentação nafta,mercosul e apec (1)
3º ano  apresentação nafta,mercosul e apec (1)3º ano  apresentação nafta,mercosul e apec (1)
3º ano apresentação nafta,mercosul e apec (1)
 
Novos Delineamentos de Forças Políticas
Novos Delineamentos de Forças PolíticasNovos Delineamentos de Forças Políticas
Novos Delineamentos de Forças Políticas
 
A Civilização Feudal
A Civilização Feudal A Civilização Feudal
A Civilização Feudal
 
Trabalho De Sociologia
Trabalho De Sociologia Trabalho De Sociologia
Trabalho De Sociologia
 
Apresentação Sociologia
Apresentação Sociologia Apresentação Sociologia
Apresentação Sociologia
 
Português Va 2 Respostas
Português Va 2 Respostas Português Va 2 Respostas
Português Va 2 Respostas
 
Poriferos cnidarios 2m
Poriferos cnidarios 2mPoriferos cnidarios 2m
Poriferos cnidarios 2m
 

Faixas de Transicao

  • 2. INTRODUÇÃO • Separando os vários domínios geoecológicos, existem áreas com características bastante complexas. • Apresentam elementos de dois ou mais domínios, pois geralmente estão localizadas entre domínios de características diferentes.
  • 3. MATA DOS COCAIS • Também conhecida como Mata dos Babaçuais. • Área de transição entre os domínios Amazônico, Caatinga e Cerrado. • Está presente na sub-região Meio-Norte que abrange os estados de Maranhão e Piauí.
  • 4. RELEVO E HIDROGRAFIA • Relevo – formado pelos planaltos e chapadas da bacia do Parnaíba. • Hidrografia – destaca-se o rio Parnaíba, que é perene, com foz em delta, e separa os estados de Maranhão e Piauí.
  • 5. VEGETAÇÃO • O Babaçu é a palmeira predominante, principalmente no vales fluviais. Atingem de 10 a 12 metros, suas folhas são de cor verde brilhante. Seus frutos são cocos que dão em forma de cachos. O Babaçu fornece: Palma – utilizado para a confecção de cestos e esteiras. Caule – palmito, madeira para construção e casas e fonte energética – gás e carvão. Semente – obtém-se o óleo com larga aplicação – margarina, perfume, creme de barbear, lubrificantes para aparelhos de alta precisão.
  • 6. EXTRAÇÃO DO BABAÇU O EXTRATIVISMO DO BABAÇU É UMA ATIVIDADE COMPLEMENTAR PARA AS FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA DA REGIÃO
  • 7.
  • 8. CARNAÚBA • É conhecida como árvore da vida, ou árvore da providência, é mais frequente no Ceará e no Rio Grande do Norte. • É uma palmeira com folhas em forma de leque, e são diversas as suas utilizações econômicas:  Caule – madeira para a construção de casas.  Raiz – medicamentos  Folhas – cordas, chapéus, cobertura de casas e cera (para sapatos, sabonetes, velas, etc)  Fruto – alimento para o gado  Polpa – alimento – doce  Caroço – óleos. • Estão utilizando a área por pastagens e agriculturas, mas como a reprodução natural é rápida, garante a sobrevida dessa mata.
  • 9.
  • 10. AGRESTE • Abrange 3% da área total do Nordeste • Paisagem de transição entre a Zona da Mata e o Sertão. • Apresenta clima não tão seco quanto ao sertão e nem tão úmido quanto o da Zona da Mata. • A vegetação assemelha-se em algumas áreas com a mata Atlântica, em outros com a Caatinga – matas palmeiras, cactáceas e gramíneas. • O Planalto da Borborema é o relevo predominante.
  • 11. PANTANAL MATO-GROSSENSE • Estende-se por uma área de mais de 200 mil km², sobre dois estados MT e MS e dois países vizinhos – Bolívia e Paraguai, onde recebe o nome de CHACO. • É uma planície, a maior parte inundável, localizada na depressão do rio Paraguai. • É a mais recente formação geológica do país (Período Quaternário – Era Cenozóica), e seus terrenos são sedimentares. • O clima é tropical, com chuvas entre Novembro e Fevereiro, o que provoca inundações e lagoas. • A estação seca é prolongada de Abril a Setembro.
  • 12.
  • 13.
  • 14. ECONOMIA • Sede de várias tribos indígenas, mas cederam espaço para os mestiços e fazendeiros. • A primeira atividade econômica marcante é o extrativismo vegetal. • A principal atividade é a pecuária extensiva. • Nas áreas mais altas, denominadas regionalmente de cordilheiras,instalaram-se redes de fazendas, o que possibilitou o cultivo moderno de soja, milho e até cana. • Pratica-se também o turismo – ecoturismo e as atividades pesqueiras.
  • 15. PROBLEMAS AMBIENTAIS • Pesca predatória • Caça ao Jacaré • Destruição da flora pela pecuária. • contaminação dos rios com mercúrio, devido a garimpagem, despejos de vinhoto das usinas e agrotóxicos das lavouras. • Retirada de mata ciliar, causando erosão, e assoreamento dos rios.
  • 16.
  • 17. HIDROVIA PARANÁ-PARAGUAI • Importante obra econômica para o Mercosul, porém como envolve a dragagem do Rio Paraguai, para facilitar a passagem de grandes navios de carga, as cheias do Pantanal poderão diminuir, colocando o ecossistema em risco. • Culturalmente, grandes projetos econômicos implantados na região provocam alterações na vida dos moradores que, influenciados pela mentalidade empresarial, deixam de cuidar da natureza.