SlideShare uma empresa Scribd logo
Domínio Morfoclimático: 
Mares de Morros 
Es tudantes: Andr ia Mar t ins, Hai fa f ranco, I sabel Vi tór ia e Thal ia Novaes.
O que são domínios morfoclimáticos? 
Os domínios morfoclimáticos representam a 
combinação de um conjunto de elementos da 
natureza – relevo, clima, vegetação – que se inter-relacionam 
e interagem, formando uma unidade 
paisagística.
O que são mares de morros? 
 Situa-se na zona costeira atlântica brasileira, 
onde predomina o relevo de mares de morros e 
alguns chapadões florestados, como também a 
quase extinta Mata Atlântica.
Mares de morros
Localização 
Esse domínio compreende a região da floresta tropical, Mata Atlântica ou mata de encosta, 
caracterizada pela presença de uma grande variedade de espécies, a planície litorânea, 
largamente devastada, onde ainda se destacam as dunas, os mangues e as praias, e serras 
elevadas, como a Serra do Mar, a Serra do Espinhaço e a Serra da Mantiqueira. 
Serra do Espinhaço Serra da Mantiqueira Serra do Mar
Vegetação 
Na vegetação do Domínio de Mares de Morros encontramos espécies de folhas largas 
(latifoliada), espécies de mata original como: pau-brasil, jacarandá, jequitibá, cedro.
Clima 
Corresponde às áreas de clima tropical típico e tropical 
litorâneo devido à proximidade com o litoral. O clima 
quente e úmido que os mares de morros possuem fazem 
com que esse domínio seja o mais problemático para as 
construções humanas
Relevo 
Relevo acidentado. Predominam os Planaltos e Serras do Atlântico Leste e Sudeste. O aspecto 
característico da paisagem são as formas de relevo conhecidas como ‘meias- laranja’ ou ‘mares 
de morro, que são serras fortemente erodidas pelas chuvas.
Hidrografia 
Apesar de seu imenso potencial hidráulico, a maior parte dos rios que aparecem no domínio 
dos mares de morros apresentam graves problemas, como a contaminação por resíduos 
industriais devido a concentração dos complexos energéticos.
Problemas ambientais: poluição industrial, desmatamento, deslizamento de massa nas 
encostas dos morros, afetando casas e rodovias. Representa a área brasileira mais transformada 
por conta de ser a área de ocorr6encia deste domínio, a mais industrializada e urbanizada.
Referências 
Domínios morfoclimaticos. http://www.brasilescola.com/brasil/dominios-morfoclimaticos.htm. 
Acesso em 17 de Setembro de 2014. 
Mar de morros. http://pt.wikipedia.org/wiki/Mar_de_morros. Acesso em 17 de Setembro de 
2014. 
Mares de morros. http://pt.wikipedia.org/wiki/Mar_de_morros. Acesso em 17 de Setembro de 
2014. 
Mar de morros. 
https://www.google.com.br/search?q=mar+de+morros&biw=1366&bih=667&tbm=isch&tbo=u 
&source=univ&sa=X&ei=BBMaVLvbMrOBsQTqjID4DA&ved=0CBwQsAQ. Acesso em 17 de 
Setembro de 2014.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Domínios Morfoclimáticos do Brasil
Domínios Morfoclimáticos do BrasilDomínios Morfoclimáticos do Brasil
Domínios Morfoclimáticos do Brasil
 
Apresentação Restinga
Apresentação RestingaApresentação Restinga
Apresentação Restinga
 
Caatinga
CaatingaCaatinga
Caatinga
 
BIOMAS E OS FATORES QUE INFLUENCIAM NA SUA FORMAÇÃO
BIOMAS E OS FATORES QUE INFLUENCIAM NA SUA FORMAÇÃOBIOMAS E OS FATORES QUE INFLUENCIAM NA SUA FORMAÇÃO
BIOMAS E OS FATORES QUE INFLUENCIAM NA SUA FORMAÇÃO
 
Nordeste
NordesteNordeste
Nordeste
 
Mata Atlântica
Mata AtlânticaMata Atlântica
Mata Atlântica
 
Climas do brasil
Climas do brasilClimas do brasil
Climas do brasil
 
Biomas brasileiros-
Biomas brasileiros-Biomas brasileiros-
Biomas brasileiros-
 
FLORESTAS TROPICAIS
FLORESTAS TROPICAISFLORESTAS TROPICAIS
FLORESTAS TROPICAIS
 
Bioma Mata atlântica
Bioma Mata atlânticaBioma Mata atlântica
Bioma Mata atlântica
 
Região nordeste
Região nordesteRegião nordeste
Região nordeste
 
Dominios morfoclimáticos
Dominios morfoclimáticosDominios morfoclimáticos
Dominios morfoclimáticos
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
 
Biomas do mundo
Biomas do mundoBiomas do mundo
Biomas do mundo
 
Região Nordeste
Região NordesteRegião Nordeste
Região Nordeste
 
Biomas
BiomasBiomas
Biomas
 
Grandes biomas terrestres
Grandes biomas terrestresGrandes biomas terrestres
Grandes biomas terrestres
 
África – clima e vegetação
África – clima e vegetaçãoÁfrica – clima e vegetação
África – clima e vegetação
 
Biomas.
Biomas.Biomas.
Biomas.
 
Relevo Brasileiro
 Relevo Brasileiro Relevo Brasileiro
Relevo Brasileiro
 

Destaque

7ano atividade 18 a 27
7ano atividade 18 a 277ano atividade 18 a 27
7ano atividade 18 a 27Joao Paulo
 
Imagens Mata das Araucárias
Imagens Mata das AraucáriasImagens Mata das Araucárias
Imagens Mata das Araucáriaspoxalivs
 
Região Nordeste Agreste
Região Nordeste   AgresteRegião Nordeste   Agreste
Região Nordeste AgresteMárcia Dutra
 
Faixas de Transicao
Faixas de Transicao Faixas de Transicao
Faixas de Transicao Laguat
 
As subregiões do nordeste brasileiro
As subregiões do nordeste brasileiroAs subregiões do nordeste brasileiro
As subregiões do nordeste brasileiroCASSIA FERNANDES
 
Dominio Araucarias
Dominio Araucarias Dominio Araucarias
Dominio Araucarias Laguat
 
Domínios morfoclimáticos
Domínios morfoclimáticosDomínios morfoclimáticos
Domínios morfoclimáticosprofleofonseca
 
Os domínios morfoclimáticos brasileiros
Os domínios morfoclimáticos brasileirosOs domínios morfoclimáticos brasileiros
Os domínios morfoclimáticos brasileirosUilson Pereira da Silva
 
Domínios Morfoclimátcos-Araucária
Domínios Morfoclimátcos-AraucáriaDomínios Morfoclimátcos-Araucária
Domínios Morfoclimátcos-AraucáriaIcaro Oliveira
 
Panpas ou pradarias
Panpas ou pradariasPanpas ou pradarias
Panpas ou pradariasrogerwdd
 
Os DomíNios MorfoclimáTicos Do Brasil
Os DomíNios MorfoclimáTicos Do BrasilOs DomíNios MorfoclimáTicos Do Brasil
Os DomíNios MorfoclimáTicos Do Brasilceama
 

Destaque (20)

Dominios Morfoclimaticos
Dominios MorfoclimaticosDominios Morfoclimaticos
Dominios Morfoclimaticos
 
7ano atividade 18 a 27
7ano atividade 18 a 277ano atividade 18 a 27
7ano atividade 18 a 27
 
Imagens Mata das Araucárias
Imagens Mata das AraucáriasImagens Mata das Araucárias
Imagens Mata das Araucárias
 
Mata das Araucárias
Mata das AraucáriasMata das Araucárias
Mata das Araucárias
 
Região Nordeste Agreste
Região Nordeste   AgresteRegião Nordeste   Agreste
Região Nordeste Agreste
 
Floresta de araucárias
Floresta de araucárias Floresta de araucárias
Floresta de araucárias
 
Nordeste: Agreste
Nordeste:  AgresteNordeste:  Agreste
Nordeste: Agreste
 
Faixas de Transicao
Faixas de Transicao Faixas de Transicao
Faixas de Transicao
 
As subregiões do nordeste brasileiro
As subregiões do nordeste brasileiroAs subregiões do nordeste brasileiro
As subregiões do nordeste brasileiro
 
Dominio Araucarias
Dominio Araucarias Dominio Araucarias
Dominio Araucarias
 
Domínios morfoclimáticos
Domínios morfoclimáticosDomínios morfoclimáticos
Domínios morfoclimáticos
 
Os domínios morfoclimáticos brasileiros
Os domínios morfoclimáticos brasileirosOs domínios morfoclimáticos brasileiros
Os domínios morfoclimáticos brasileiros
 
Domínios Morfoclimátcos-Araucária
Domínios Morfoclimátcos-AraucáriaDomínios Morfoclimátcos-Araucária
Domínios Morfoclimátcos-Araucária
 
Pantanal
Pantanal Pantanal
Pantanal
 
Mata Dos Cocais
Mata Dos CocaisMata Dos Cocais
Mata Dos Cocais
 
Mata dos Cocais
Mata dos CocaisMata dos Cocais
Mata dos Cocais
 
Dominios Morfoclimaticos
Dominios MorfoclimaticosDominios Morfoclimaticos
Dominios Morfoclimaticos
 
Panpas ou pradarias
Panpas ou pradariasPanpas ou pradarias
Panpas ou pradarias
 
Os DomíNios MorfoclimáTicos Do Brasil
Os DomíNios MorfoclimáTicos Do BrasilOs DomíNios MorfoclimáTicos Do Brasil
Os DomíNios MorfoclimáTicos Do Brasil
 
Pantanal
PantanalPantanal
Pantanal
 

Semelhante a Domínio morfoclimático [recuperado]

Dominios morfoclimaticos superhumanas
Dominios morfoclimaticos superhumanasDominios morfoclimaticos superhumanas
Dominios morfoclimaticos superhumanasAdemir Aquino
 
Prof Demétrio Melo - Brasil: Domínios Morfoclimáticos
Prof Demétrio Melo - Brasil: Domínios MorfoclimáticosProf Demétrio Melo - Brasil: Domínios Morfoclimáticos
Prof Demétrio Melo - Brasil: Domínios MorfoclimáticosDeto - Geografia
 
Trab. de geografia
Trab. de geografiaTrab. de geografia
Trab. de geografiaAnaTajes
 
Domínios morfloclimáticos brasileiros
Domínios morfloclimáticos brasileirosDomínios morfloclimáticos brasileiros
Domínios morfloclimáticos brasileirosYsla Mayara Tavares
 
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS. Quql a diferença entre Bioma e Domínio Morfoclimático
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS. Quql a diferença entre Bioma e Domínio MorfoclimáticoDOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS. Quql a diferença entre Bioma e Domínio Morfoclimático
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS. Quql a diferença entre Bioma e Domínio MorfoclimáticoSlviaVieira13
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografiaceama
 
Dominios Climatobotanicos-Brasileiros
Dominios Climatobotanicos-BrasileirosDominios Climatobotanicos-Brasileiros
Dominios Climatobotanicos-BrasileirosStéfano Silveira
 
Domínios Morfoclimáticos.pptx
Domínios Morfoclimáticos.pptxDomínios Morfoclimáticos.pptx
Domínios Morfoclimáticos.pptxRenanLima201649
 
Restinga - Rio Grande do Norte
Restinga - Rio Grande do NorteRestinga - Rio Grande do Norte
Restinga - Rio Grande do NorteÉlica Dias
 
Domínios morfoclimático e bioma do Brasil
Domínios morfoclimático e bioma do BrasilDomínios morfoclimático e bioma do Brasil
Domínios morfoclimático e bioma do BrasilJosé Walisson Pinto
 
TCD Geografia do Brasil II by Ana, Janua e Wilson
TCD Geografia do Brasil II by Ana, Janua e WilsonTCD Geografia do Brasil II by Ana, Janua e Wilson
TCD Geografia do Brasil II by Ana, Janua e Wilsonjcoeli
 
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS DO BRASIL - MATERIAL COMPLETO
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS DO BRASIL - MATERIAL COMPLETODOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS DO BRASIL - MATERIAL COMPLETO
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS DO BRASIL - MATERIAL COMPLETOMarcosHenriquePierob
 
VEGETAÇÃO BRASILEIRA-TRABALHO REALIZADO PELO 3ºANO ENS.MÉDIO
VEGETAÇÃO BRASILEIRA-TRABALHO REALIZADO PELO 3ºANO ENS.MÉDIOVEGETAÇÃO BRASILEIRA-TRABALHO REALIZADO PELO 3ºANO ENS.MÉDIO
VEGETAÇÃO BRASILEIRA-TRABALHO REALIZADO PELO 3ºANO ENS.MÉDIOMaria Lima
 
Domínios Morfoclimáticos Brasileiro
Domínios Morfoclimáticos BrasileiroDomínios Morfoclimáticos Brasileiro
Domínios Morfoclimáticos Brasileirovitor moraes ribeiro
 

Semelhante a Domínio morfoclimático [recuperado] (20)

Dominios morfoclimaticos superhumanas
Dominios morfoclimaticos superhumanasDominios morfoclimaticos superhumanas
Dominios morfoclimaticos superhumanas
 
Prof Demétrio Melo - Brasil: Domínios Morfoclimáticos
Prof Demétrio Melo - Brasil: Domínios MorfoclimáticosProf Demétrio Melo - Brasil: Domínios Morfoclimáticos
Prof Demétrio Melo - Brasil: Domínios Morfoclimáticos
 
Biogeografia 6
Biogeografia 6Biogeografia 6
Biogeografia 6
 
Trab. de geografia
Trab. de geografiaTrab. de geografia
Trab. de geografia
 
Domínios morfloclimáticos brasileiros
Domínios morfloclimáticos brasileirosDomínios morfloclimáticos brasileiros
Domínios morfloclimáticos brasileiros
 
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS. Quql a diferença entre Bioma e Domínio Morfoclimático
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS. Quql a diferença entre Bioma e Domínio MorfoclimáticoDOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS. Quql a diferença entre Bioma e Domínio Morfoclimático
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS. Quql a diferença entre Bioma e Domínio Morfoclimático
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
Dominios Climatobotanicos-Brasileiros
Dominios Climatobotanicos-BrasileirosDominios Climatobotanicos-Brasileiros
Dominios Climatobotanicos-Brasileiros
 
Domínios Morfoclimáticos.pptx
Domínios Morfoclimáticos.pptxDomínios Morfoclimáticos.pptx
Domínios Morfoclimáticos.pptx
 
Restinga - Rio Grande do Norte
Restinga - Rio Grande do NorteRestinga - Rio Grande do Norte
Restinga - Rio Grande do Norte
 
Mata AtlâNtica
Mata AtlâNticaMata AtlâNtica
Mata AtlâNtica
 
Aula biomas.ppt
Aula biomas.pptAula biomas.ppt
Aula biomas.ppt
 
Domínios morfoclimático e bioma do Brasil
Domínios morfoclimático e bioma do BrasilDomínios morfoclimático e bioma do Brasil
Domínios morfoclimático e bioma do Brasil
 
TCD Geografia do Brasil II by Ana, Janua e Wilson
TCD Geografia do Brasil II by Ana, Janua e WilsonTCD Geografia do Brasil II by Ana, Janua e Wilson
TCD Geografia do Brasil II by Ana, Janua e Wilson
 
Regiao Sudeste
Regiao SudesteRegiao Sudeste
Regiao Sudeste
 
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS DO BRASIL - MATERIAL COMPLETO
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS DO BRASIL - MATERIAL COMPLETODOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS DO BRASIL - MATERIAL COMPLETO
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS DO BRASIL - MATERIAL COMPLETO
 
Dominios%20 morfoclim%c1ticos
Dominios%20 morfoclim%c1ticosDominios%20 morfoclim%c1ticos
Dominios%20 morfoclim%c1ticos
 
VEGETAÇÃO BRASILEIRA-TRABALHO REALIZADO PELO 3ºANO ENS.MÉDIO
VEGETAÇÃO BRASILEIRA-TRABALHO REALIZADO PELO 3ºANO ENS.MÉDIOVEGETAÇÃO BRASILEIRA-TRABALHO REALIZADO PELO 3ºANO ENS.MÉDIO
VEGETAÇÃO BRASILEIRA-TRABALHO REALIZADO PELO 3ºANO ENS.MÉDIO
 
Domínios Morfoclimáticos Brasileiro
Domínios Morfoclimáticos BrasileiroDomínios Morfoclimáticos Brasileiro
Domínios Morfoclimáticos Brasileiro
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
 

Mais de Isabel Vitória

O capitalismo e a sociedade do consumo
O capitalismo e a sociedade do consumoO capitalismo e a sociedade do consumo
O capitalismo e a sociedade do consumoIsabel Vitória
 
Artigo papel da mulher na sociedade
Artigo papel da mulher na sociedadeArtigo papel da mulher na sociedade
Artigo papel da mulher na sociedadeIsabel Vitória
 
A mulher e o mercado de trabalho
A mulher e o mercado de trabalhoA mulher e o mercado de trabalho
A mulher e o mercado de trabalhoIsabel Vitória
 
Psicanálise e a interpretação dos sonhos
Psicanálise e a interpretação dos sonhosPsicanálise e a interpretação dos sonhos
Psicanálise e a interpretação dos sonhosIsabel Vitória
 
Autora Contemporânea : Carolina Maria de Jesus
Autora Contemporânea : Carolina Maria de Jesus Autora Contemporânea : Carolina Maria de Jesus
Autora Contemporânea : Carolina Maria de Jesus Isabel Vitória
 
Interferencia, interferencia com a luz
Interferencia, interferencia com a luzInterferencia, interferencia com a luz
Interferencia, interferencia com a luzIsabel Vitória
 
Conceito de Lugar na Geografia
Conceito de Lugar na GeografiaConceito de Lugar na Geografia
Conceito de Lugar na GeografiaIsabel Vitória
 
Introdução aos Processos
Introdução aos ProcessosIntrodução aos Processos
Introdução aos ProcessosIsabel Vitória
 
Vamos dar uma espiadinha
Vamos dar uma espiadinhaVamos dar uma espiadinha
Vamos dar uma espiadinhaIsabel Vitória
 

Mais de Isabel Vitória (19)

O capitalismo e a sociedade do consumo
O capitalismo e a sociedade do consumoO capitalismo e a sociedade do consumo
O capitalismo e a sociedade do consumo
 
Cinética Química
Cinética QuímicaCinética Química
Cinética Química
 
Revolta da vacina
Revolta da vacinaRevolta da vacina
Revolta da vacina
 
Artigo papel da mulher na sociedade
Artigo papel da mulher na sociedadeArtigo papel da mulher na sociedade
Artigo papel da mulher na sociedade
 
A mulher e o mercado de trabalho
A mulher e o mercado de trabalhoA mulher e o mercado de trabalho
A mulher e o mercado de trabalho
 
Psicanálise e a interpretação dos sonhos
Psicanálise e a interpretação dos sonhosPsicanálise e a interpretação dos sonhos
Psicanálise e a interpretação dos sonhos
 
Triggers
TriggersTriggers
Triggers
 
Autora Contemporânea : Carolina Maria de Jesus
Autora Contemporânea : Carolina Maria de Jesus Autora Contemporânea : Carolina Maria de Jesus
Autora Contemporânea : Carolina Maria de Jesus
 
O petróleo
O petróleoO petróleo
O petróleo
 
Topologia de redes
Topologia de redesTopologia de redes
Topologia de redes
 
Interferencia, interferencia com a luz
Interferencia, interferencia com a luzInterferencia, interferencia com a luz
Interferencia, interferencia com a luz
 
Industria cultural
Industria culturalIndustria cultural
Industria cultural
 
Sexo e poder
Sexo e poderSexo e poder
Sexo e poder
 
Conceito de Lugar na Geografia
Conceito de Lugar na GeografiaConceito de Lugar na Geografia
Conceito de Lugar na Geografia
 
Taoismo
TaoismoTaoismo
Taoismo
 
Difusão do futebol
Difusão do futebolDifusão do futebol
Difusão do futebol
 
Introdução aos Processos
Introdução aos ProcessosIntrodução aos Processos
Introdução aos Processos
 
Aditivos Quimicos
Aditivos QuimicosAditivos Quimicos
Aditivos Quimicos
 
Vamos dar uma espiadinha
Vamos dar uma espiadinhaVamos dar uma espiadinha
Vamos dar uma espiadinha
 

Último

Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxSolangeWaltre
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfrarakey779
 
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdfmanual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdfLeandroTelesRocha2
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkLisaneWerlang
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaaCarolineFrancielle
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdfARIANAMENDES11
 
hereditariedade é variabilidade genetic
hereditariedade é variabilidade  genetichereditariedade é variabilidade  genetic
hereditariedade é variabilidade geneticMrMartnoficial
 
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessDesastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessRodrigoGonzlez461291
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40vitoriaalyce2011
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfrarakey779
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfLeandroTelesRocha2
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoPedroFerreira53928
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdfedjailmax
 
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaJunho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaComando Resgatai
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 

Último (20)

Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdfmanual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
hereditariedade é variabilidade genetic
hereditariedade é variabilidade  genetichereditariedade é variabilidade  genetic
hereditariedade é variabilidade genetic
 
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessDesastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaJunho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 

Domínio morfoclimático [recuperado]

  • 1. Domínio Morfoclimático: Mares de Morros Es tudantes: Andr ia Mar t ins, Hai fa f ranco, I sabel Vi tór ia e Thal ia Novaes.
  • 2. O que são domínios morfoclimáticos? Os domínios morfoclimáticos representam a combinação de um conjunto de elementos da natureza – relevo, clima, vegetação – que se inter-relacionam e interagem, formando uma unidade paisagística.
  • 3. O que são mares de morros?  Situa-se na zona costeira atlântica brasileira, onde predomina o relevo de mares de morros e alguns chapadões florestados, como também a quase extinta Mata Atlântica.
  • 4.
  • 6.
  • 7.
  • 8. Localização Esse domínio compreende a região da floresta tropical, Mata Atlântica ou mata de encosta, caracterizada pela presença de uma grande variedade de espécies, a planície litorânea, largamente devastada, onde ainda se destacam as dunas, os mangues e as praias, e serras elevadas, como a Serra do Mar, a Serra do Espinhaço e a Serra da Mantiqueira. Serra do Espinhaço Serra da Mantiqueira Serra do Mar
  • 9. Vegetação Na vegetação do Domínio de Mares de Morros encontramos espécies de folhas largas (latifoliada), espécies de mata original como: pau-brasil, jacarandá, jequitibá, cedro.
  • 10. Clima Corresponde às áreas de clima tropical típico e tropical litorâneo devido à proximidade com o litoral. O clima quente e úmido que os mares de morros possuem fazem com que esse domínio seja o mais problemático para as construções humanas
  • 11. Relevo Relevo acidentado. Predominam os Planaltos e Serras do Atlântico Leste e Sudeste. O aspecto característico da paisagem são as formas de relevo conhecidas como ‘meias- laranja’ ou ‘mares de morro, que são serras fortemente erodidas pelas chuvas.
  • 12. Hidrografia Apesar de seu imenso potencial hidráulico, a maior parte dos rios que aparecem no domínio dos mares de morros apresentam graves problemas, como a contaminação por resíduos industriais devido a concentração dos complexos energéticos.
  • 13. Problemas ambientais: poluição industrial, desmatamento, deslizamento de massa nas encostas dos morros, afetando casas e rodovias. Representa a área brasileira mais transformada por conta de ser a área de ocorr6encia deste domínio, a mais industrializada e urbanizada.
  • 14.
  • 15. Referências Domínios morfoclimaticos. http://www.brasilescola.com/brasil/dominios-morfoclimaticos.htm. Acesso em 17 de Setembro de 2014. Mar de morros. http://pt.wikipedia.org/wiki/Mar_de_morros. Acesso em 17 de Setembro de 2014. Mares de morros. http://pt.wikipedia.org/wiki/Mar_de_morros. Acesso em 17 de Setembro de 2014. Mar de morros. https://www.google.com.br/search?q=mar+de+morros&biw=1366&bih=667&tbm=isch&tbo=u &source=univ&sa=X&ei=BBMaVLvbMrOBsQTqjID4DA&ved=0CBwQsAQ. Acesso em 17 de Setembro de 2014.