SlideShare uma empresa Scribd logo
Design de Interação
                                                 marcos nähr




F5 - Design de Interação | 14 de julho de 2009
Design de Interação
• Desmistificar o design de interação

• Entender os paradigmas do computador

• Analisar o processo do design de interação

• Definir os elementos por trás deste processo
mistificar
Jesse James Garret
mistificar
  Dan Saffer
mistificar
  Challis Hodge
mistificar
  Challis Hodge
mistificar
Nathan Shedroff
Desmistificar
    por Bill Verplank
Desmistificar
                    fazer Design de Interação
                         é contar uma história

•   Foque em pessoas...
•   Que estão fazendo alguma coisa...
•   Em um lugar específico...
•   Por razões específicas...
•   Para atingir um objetivo específico.
A interface é menos importante que as
tarefas, o contexto e os objetivos!
Entender
os Paradigmas do Computador
Analisar
         o Processo do Design de Interação




motivação significado   modo mapeamento
Definir
  os Elementos por trás deste Processo
               barreiras

 avaliação                    síntese

prototipagem                 estrutura

visualização                  ideação

 seleção                    tangibilização

               incertezas
Definir
os Elementos por trás deste Processo

Barreiras

•Necessidades e desejos
•Percepções
•Modelos mentais e expectativas
•Conhecimento da marca
•Barreiras funcionais
•Tecnologia
•Ambiente
•Barreiras financeiras...
Definir
os Elementos por trás deste Processo

Síntese

•Absorção de todos elementos chave
•Idéias e características de design
•Normalmente é subconsciente
•E aparece melhor em ambientes calmos
Definir
os Elementos por trás deste Processo

Estrutura

•Articula a síntese
•Faz as idéias acontecerem
•É também uma forma de síntese
•Momento de ordem após o caos das barreiras
Definir
os Elementos por trás deste Processo

Ideação

•Serve para “coar” as idéias
•Uma boa estrutura = melhores idéias
•Brainstorming ajuda no processo
•Idéias aparecem a todo momento

•Uma boa idéia pode reiniciar todo o processo!!
Definir
os Elementos por trás deste Processo

Tangibilização

•Descrever as idéias
•Sair das nuvens e por os pés no chão
Definir
os Elementos por trás deste Processo

Incertezas

•Tendem a aparecer após a tangibilização
•Fator precursor da seleção
•Trabalha questões sem resposta até agora
•“é simples o suficiente para ser entendido?”
Definir
os Elementos por trás deste Processo

Seleção

•Hora de escolher
•Lista “gerenciável” de alternativas
•Idéias boas ficarão para trás
Definir
os Elementos por trás deste Processo

Visualização

•Primo da tangibilização e da prototipagem
•Leva a tangibilização mais adiante
•Representação mais completa
•Realista, mas ainda não funcional
Definir
os Elementos por trás deste Processo

Prototipagem

•Testar como o design deve funcionar
•Protótipos complexos x simples
•Protótipo inicial: rápido e bruto
•Protótipo final: interações realistas
Definir
os Elementos por trás deste Processo

Avaliação

•Deve aparecer + vezes durante o processo
•Pelos designers ou usuários/clientes
•Resultados devem alimentar as barreiras

Dica:
comece a avaliar cedo, com frequência e o
mais tarde possível.
Design de Interação



Marcos Nähr
marcos@nahr.com.br
www.marcosnahr.com
@marcosnahr

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Desing de interação 002
Desing de interação 002Desing de interação 002
Desing de interação 002
Rafael Naruto
 
Distance learning savchenko
Distance learning savchenkoDistance learning savchenko
Distance learning savchenko
Ruslana Shamanska
 
Aula12
Aula12Aula12
Lista de precios_primer_nivel
Lista de precios_primer_nivelLista de precios_primer_nivel
Lista de precios_primer_nivel
Moises
 
Logistica.2011
Logistica.2011Logistica.2011
Logistica.2011
Douglas Resende
 
Βιογραφικό σημείωμα 1
Βιογραφικό σημείωμα 1Βιογραφικό σημείωμα 1
Βιογραφικό σημείωμα 1
Dimitris Fekas
 
Libro2
Libro2Libro2
Libro2
Aligi12
 
El blog
El blogEl blog
El blog
Daniel Cadena
 
Oculos de sol
Oculos de solOculos de sol
Oculos de sol
Sandryx
 
Espiritualidad en épocas de violencia
Espiritualidad en épocas de violenciaEspiritualidad en épocas de violencia
Espiritualidad en épocas de violencia
Lilian Gonzalez
 
Relatorio natura
Relatorio naturaRelatorio natura
Relatorio natura
Claudio Parra
 
TV Cultura - Produção
TV Cultura - ProduçãoTV Cultura - Produção
TV Cultura - Produção
[ fr ] Digital Business Consulting
 
Peng 02 panrek-viii_2014.1
Peng 02 panrek-viii_2014.1Peng 02 panrek-viii_2014.1
Peng 02 panrek-viii_2014.1Zulva Kharlina
 
Que es la farmacovigilancia
Que es la farmacovigilanciaQue es la farmacovigilancia
Que es la farmacovigilancia
Deyanira Piedra
 
DIAS ATUAIS - Canção & Louvor - slide - 2015
DIAS ATUAIS - Canção & Louvor - slide - 2015DIAS ATUAIS - Canção & Louvor - slide - 2015
DIAS ATUAIS - Canção & Louvor - slide - 2015
Israel Evangelista Dias
 
Ladou Corporate Presentation
Ladou Corporate PresentationLadou Corporate Presentation
Ladou Corporate Presentation
Luciead
 

Destaque (16)

Desing de interação 002
Desing de interação 002Desing de interação 002
Desing de interação 002
 
Distance learning savchenko
Distance learning savchenkoDistance learning savchenko
Distance learning savchenko
 
Aula12
Aula12Aula12
Aula12
 
Lista de precios_primer_nivel
Lista de precios_primer_nivelLista de precios_primer_nivel
Lista de precios_primer_nivel
 
Logistica.2011
Logistica.2011Logistica.2011
Logistica.2011
 
Βιογραφικό σημείωμα 1
Βιογραφικό σημείωμα 1Βιογραφικό σημείωμα 1
Βιογραφικό σημείωμα 1
 
Libro2
Libro2Libro2
Libro2
 
El blog
El blogEl blog
El blog
 
Oculos de sol
Oculos de solOculos de sol
Oculos de sol
 
Espiritualidad en épocas de violencia
Espiritualidad en épocas de violenciaEspiritualidad en épocas de violencia
Espiritualidad en épocas de violencia
 
Relatorio natura
Relatorio naturaRelatorio natura
Relatorio natura
 
TV Cultura - Produção
TV Cultura - ProduçãoTV Cultura - Produção
TV Cultura - Produção
 
Peng 02 panrek-viii_2014.1
Peng 02 panrek-viii_2014.1Peng 02 panrek-viii_2014.1
Peng 02 panrek-viii_2014.1
 
Que es la farmacovigilancia
Que es la farmacovigilanciaQue es la farmacovigilancia
Que es la farmacovigilancia
 
DIAS ATUAIS - Canção & Louvor - slide - 2015
DIAS ATUAIS - Canção & Louvor - slide - 2015DIAS ATUAIS - Canção & Louvor - slide - 2015
DIAS ATUAIS - Canção & Louvor - slide - 2015
 
Ladou Corporate Presentation
Ladou Corporate PresentationLadou Corporate Presentation
Ladou Corporate Presentation
 

Semelhante a F5 - Design de Interação

Introdução ao Metadesign
Introdução ao MetadesignIntrodução ao Metadesign
Introdução ao Metadesign
UTFPR
 
Oficina protótipos dia 1
Oficina protótipos   dia 1Oficina protótipos   dia 1
Oficina protótipos dia 1
Franco Gomes dos Santos
 
Como transformar pesquisa em ideias
Como transformar pesquisa em ideiasComo transformar pesquisa em ideias
Como transformar pesquisa em ideias
Amyris Fernandez
 
Interação Humano Computador Plataforma Mobile - Wellington Pinto de Oliveira
Interação Humano Computador Plataforma Mobile - Wellington Pinto de OliveiraInteração Humano Computador Plataforma Mobile - Wellington Pinto de Oliveira
Interação Humano Computador Plataforma Mobile - Wellington Pinto de Oliveira
Wellington Oliveira
 
Teoria do Processamento da Informação no Design
Teoria do Processamento da Informação no DesignTeoria do Processamento da Informação no Design
Teoria do Processamento da Informação no Design
UTFPR
 
Aula 07 metodologia munari
Aula 07   metodologia munariAula 07   metodologia munari
Aula 07 metodologia munari
Marcio Duarte
 
III CAFÉ e CODE - PROVOCAÇÕES DO MESTRE
III CAFÉ e CODE - PROVOCAÇÕES DO MESTRE III CAFÉ e CODE - PROVOCAÇÕES DO MESTRE
III CAFÉ e CODE - PROVOCAÇÕES DO MESTRE
Cloves da Rocha
 
Conceber Um Projeto escolar
Conceber Um Projeto escolarConceber Um Projeto escolar
Conceber Um Projeto escolar
Pedro Ramalho
 
Design thinking E-info
Design thinking E-infoDesign thinking E-info
Design thinking E-info
Débora Brauhardt
 
UI Design para Desenvolvimento Mobile & Games
UI Design para Desenvolvimento Mobile & GamesUI Design para Desenvolvimento Mobile & Games
UI Design para Desenvolvimento Mobile & Games
Sérgio Bezerra da Silva
 
Workshop de Requisitos
Workshop de RequisitosWorkshop de Requisitos
Workshop de Requisitos
Camilo Almendra
 
Oficina de Teste de Usabilidade
Oficina de Teste de UsabilidadeOficina de Teste de Usabilidade
Oficina de Teste de Usabilidade
UTFPR
 
Palestra scrum
Palestra scrumPalestra scrum
Palestra scrum
Paulo Igor Alves Godinho
 
Métodos de Design: Uma abordagem para estudos de viabilidade em projetos de s...
Métodos de Design: Uma abordagem para estudos de viabilidade em projetos de s...Métodos de Design: Uma abordagem para estudos de viabilidade em projetos de s...
Métodos de Design: Uma abordagem para estudos de viabilidade em projetos de s...
Alessandro Lima
 
Dicas para um TCC de sucesso
Dicas para um TCC de sucessoDicas para um TCC de sucesso
Dicas para um TCC de sucesso
Jaime Albunio
 
Interação Humano Computador Capítulo 8 - Antecipação
Interação Humano Computador Capítulo 8 - AntecipaçãoInteração Humano Computador Capítulo 8 - Antecipação
Interação Humano Computador Capítulo 8 - Antecipação
Wellington Oliveira
 
Desenvolvimento ágil com Scrum e TFS 11 - Microsoft TechDay Sorocaba 2012
Desenvolvimento ágil com Scrum e TFS 11 - Microsoft TechDay Sorocaba 2012Desenvolvimento ágil com Scrum e TFS 11 - Microsoft TechDay Sorocaba 2012
Desenvolvimento ágil com Scrum e TFS 11 - Microsoft TechDay Sorocaba 2012
Igor Abade
 
Ihc2016.2 aula 2 design centrado no usuário e processos de design
Ihc2016.2 aula 2 design centrado no usuário e processos de designIhc2016.2 aula 2 design centrado no usuário e processos de design
Ihc2016.2 aula 2 design centrado no usuário e processos de design
Ticianne Darin
 
Minicurso: Uma Introdução ao Desenvolvimento de Software Lean
Minicurso: Uma Introdução ao Desenvolvimento de Software LeanMinicurso: Uma Introdução ao Desenvolvimento de Software Lean
Minicurso: Uma Introdução ao Desenvolvimento de Software Lean
Claudia Melo
 
Design thinking - Oficina COALTI 2015
Design thinking   - Oficina COALTI 2015Design thinking   - Oficina COALTI 2015
Design thinking - Oficina COALTI 2015
Débora Brauhardt
 

Semelhante a F5 - Design de Interação (20)

Introdução ao Metadesign
Introdução ao MetadesignIntrodução ao Metadesign
Introdução ao Metadesign
 
Oficina protótipos dia 1
Oficina protótipos   dia 1Oficina protótipos   dia 1
Oficina protótipos dia 1
 
Como transformar pesquisa em ideias
Como transformar pesquisa em ideiasComo transformar pesquisa em ideias
Como transformar pesquisa em ideias
 
Interação Humano Computador Plataforma Mobile - Wellington Pinto de Oliveira
Interação Humano Computador Plataforma Mobile - Wellington Pinto de OliveiraInteração Humano Computador Plataforma Mobile - Wellington Pinto de Oliveira
Interação Humano Computador Plataforma Mobile - Wellington Pinto de Oliveira
 
Teoria do Processamento da Informação no Design
Teoria do Processamento da Informação no DesignTeoria do Processamento da Informação no Design
Teoria do Processamento da Informação no Design
 
Aula 07 metodologia munari
Aula 07   metodologia munariAula 07   metodologia munari
Aula 07 metodologia munari
 
III CAFÉ e CODE - PROVOCAÇÕES DO MESTRE
III CAFÉ e CODE - PROVOCAÇÕES DO MESTRE III CAFÉ e CODE - PROVOCAÇÕES DO MESTRE
III CAFÉ e CODE - PROVOCAÇÕES DO MESTRE
 
Conceber Um Projeto escolar
Conceber Um Projeto escolarConceber Um Projeto escolar
Conceber Um Projeto escolar
 
Design thinking E-info
Design thinking E-infoDesign thinking E-info
Design thinking E-info
 
UI Design para Desenvolvimento Mobile & Games
UI Design para Desenvolvimento Mobile & GamesUI Design para Desenvolvimento Mobile & Games
UI Design para Desenvolvimento Mobile & Games
 
Workshop de Requisitos
Workshop de RequisitosWorkshop de Requisitos
Workshop de Requisitos
 
Oficina de Teste de Usabilidade
Oficina de Teste de UsabilidadeOficina de Teste de Usabilidade
Oficina de Teste de Usabilidade
 
Palestra scrum
Palestra scrumPalestra scrum
Palestra scrum
 
Métodos de Design: Uma abordagem para estudos de viabilidade em projetos de s...
Métodos de Design: Uma abordagem para estudos de viabilidade em projetos de s...Métodos de Design: Uma abordagem para estudos de viabilidade em projetos de s...
Métodos de Design: Uma abordagem para estudos de viabilidade em projetos de s...
 
Dicas para um TCC de sucesso
Dicas para um TCC de sucessoDicas para um TCC de sucesso
Dicas para um TCC de sucesso
 
Interação Humano Computador Capítulo 8 - Antecipação
Interação Humano Computador Capítulo 8 - AntecipaçãoInteração Humano Computador Capítulo 8 - Antecipação
Interação Humano Computador Capítulo 8 - Antecipação
 
Desenvolvimento ágil com Scrum e TFS 11 - Microsoft TechDay Sorocaba 2012
Desenvolvimento ágil com Scrum e TFS 11 - Microsoft TechDay Sorocaba 2012Desenvolvimento ágil com Scrum e TFS 11 - Microsoft TechDay Sorocaba 2012
Desenvolvimento ágil com Scrum e TFS 11 - Microsoft TechDay Sorocaba 2012
 
Ihc2016.2 aula 2 design centrado no usuário e processos de design
Ihc2016.2 aula 2 design centrado no usuário e processos de designIhc2016.2 aula 2 design centrado no usuário e processos de design
Ihc2016.2 aula 2 design centrado no usuário e processos de design
 
Minicurso: Uma Introdução ao Desenvolvimento de Software Lean
Minicurso: Uma Introdução ao Desenvolvimento de Software LeanMinicurso: Uma Introdução ao Desenvolvimento de Software Lean
Minicurso: Uma Introdução ao Desenvolvimento de Software Lean
 
Design thinking - Oficina COALTI 2015
Design thinking   - Oficina COALTI 2015Design thinking   - Oficina COALTI 2015
Design thinking - Oficina COALTI 2015
 

Mais de Marcos Nähr

Web design: ouse e crie
Web design: ouse e crieWeb design: ouse e crie
Web design: ouse e crie
Marcos Nähr
 
Tecnologia e Futuro
Tecnologia e FuturoTecnologia e Futuro
Tecnologia e Futuro
Marcos Nähr
 
O que é design?
O que é design?O que é design?
O que é design?
Marcos Nähr
 
Design Thinking
Design ThinkingDesign Thinking
Design Thinking
Marcos Nähr
 
Gerenciar Conhecimento em Usabilidade
Gerenciar Conhecimento em UsabilidadeGerenciar Conhecimento em Usabilidade
Gerenciar Conhecimento em Usabilidade
Marcos Nähr
 
Usabilidade E Estilos De Aprendizado 1195048893677797 1
Usabilidade E Estilos De Aprendizado 1195048893677797 1Usabilidade E Estilos De Aprendizado 1195048893677797 1
Usabilidade E Estilos De Aprendizado 1195048893677797 1
Marcos Nähr
 

Mais de Marcos Nähr (6)

Web design: ouse e crie
Web design: ouse e crieWeb design: ouse e crie
Web design: ouse e crie
 
Tecnologia e Futuro
Tecnologia e FuturoTecnologia e Futuro
Tecnologia e Futuro
 
O que é design?
O que é design?O que é design?
O que é design?
 
Design Thinking
Design ThinkingDesign Thinking
Design Thinking
 
Gerenciar Conhecimento em Usabilidade
Gerenciar Conhecimento em UsabilidadeGerenciar Conhecimento em Usabilidade
Gerenciar Conhecimento em Usabilidade
 
Usabilidade E Estilos De Aprendizado 1195048893677797 1
Usabilidade E Estilos De Aprendizado 1195048893677797 1Usabilidade E Estilos De Aprendizado 1195048893677797 1
Usabilidade E Estilos De Aprendizado 1195048893677797 1
 

F5 - Design de Interação

  • 1. Design de Interação marcos nähr F5 - Design de Interação | 14 de julho de 2009
  • 2. Design de Interação • Desmistificar o design de interação • Entender os paradigmas do computador • Analisar o processo do design de interação • Definir os elementos por trás deste processo
  • 4. mistificar Dan Saffer
  • 8. Desmistificar por Bill Verplank
  • 9. Desmistificar fazer Design de Interação é contar uma história • Foque em pessoas... • Que estão fazendo alguma coisa... • Em um lugar específico... • Por razões específicas... • Para atingir um objetivo específico. A interface é menos importante que as tarefas, o contexto e os objetivos!
  • 11. Analisar o Processo do Design de Interação motivação significado modo mapeamento
  • 12. Definir os Elementos por trás deste Processo barreiras avaliação síntese prototipagem estrutura visualização ideação seleção tangibilização incertezas
  • 13. Definir os Elementos por trás deste Processo Barreiras •Necessidades e desejos •Percepções •Modelos mentais e expectativas •Conhecimento da marca •Barreiras funcionais •Tecnologia •Ambiente •Barreiras financeiras...
  • 14. Definir os Elementos por trás deste Processo Síntese •Absorção de todos elementos chave •Idéias e características de design •Normalmente é subconsciente •E aparece melhor em ambientes calmos
  • 15. Definir os Elementos por trás deste Processo Estrutura •Articula a síntese •Faz as idéias acontecerem •É também uma forma de síntese •Momento de ordem após o caos das barreiras
  • 16. Definir os Elementos por trás deste Processo Ideação •Serve para “coar” as idéias •Uma boa estrutura = melhores idéias •Brainstorming ajuda no processo •Idéias aparecem a todo momento •Uma boa idéia pode reiniciar todo o processo!!
  • 17. Definir os Elementos por trás deste Processo Tangibilização •Descrever as idéias •Sair das nuvens e por os pés no chão
  • 18. Definir os Elementos por trás deste Processo Incertezas •Tendem a aparecer após a tangibilização •Fator precursor da seleção •Trabalha questões sem resposta até agora •“é simples o suficiente para ser entendido?”
  • 19. Definir os Elementos por trás deste Processo Seleção •Hora de escolher •Lista “gerenciável” de alternativas •Idéias boas ficarão para trás
  • 20. Definir os Elementos por trás deste Processo Visualização •Primo da tangibilização e da prototipagem •Leva a tangibilização mais adiante •Representação mais completa •Realista, mas ainda não funcional
  • 21. Definir os Elementos por trás deste Processo Prototipagem •Testar como o design deve funcionar •Protótipos complexos x simples •Protótipo inicial: rápido e bruto •Protótipo final: interações realistas
  • 22. Definir os Elementos por trás deste Processo Avaliação •Deve aparecer + vezes durante o processo •Pelos designers ou usuários/clientes •Resultados devem alimentar as barreiras Dica: comece a avaliar cedo, com frequência e o mais tarde possível.
  • 23. Design de Interação Marcos Nähr marcos@nahr.com.br www.marcosnahr.com @marcosnahr

Notas do Editor

  1. Jesse James Garret’s Elements of User Experience
  2. Dan Saffer’s UX Ven Diagram
  3. Challis Hodge’s – Make up of Experience Design
  4. Challis Hodge’s – Relationship Model of Experience Design
  5. Nathan Shedroff’s – Roles of Experience Design