SlideShare uma empresa Scribd logo
MISSÃO DA IGREJA É GLOBAL “ IDE POR TODO O MUNDO E PREGAI O EVANGELHO A TODA CRIATURA.”  Mar. 16:15 GEISLER
“ MAS RECEBEREIS PODER, AO DESCER SOBRE VÓS O ESPÍRITO SANTO, E SEREIS MINHAS TESTEMUNHAS TANTO EM JERUSALÉM, COMO EM TODA A JUDÉIA E SAMARIA, E ATÉ OS CONFINS DA TERRA.”   Atos 1:8
COMO TER RECURSOS PARA CUMPRIR A MISSÃO?
“ Ao Senhor pertence a terra e tudo o que nela se contém, o mundo e os que nele habitam.”   Salmos 24:1
“ Minha é a prata, meu é o ouro, diz o Senhor dos Exércitos.”   Ageu 2:8
“ Honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda.”   Prov. 3: 9
“ Não digas, pois, no teu coração: A minha força e o poder do meu braço me adquiriram estas riquezas.
Antes, te lembrarás do Senhor, teu Deus, porque é ele o que te dá força para adquirires riquezas...”   Deuteronômio 8: 17, 18
“ E a pedra, que erigi por coluna, será a Casa de Deus; e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo”   Gênesis 28: 22 JACÓ
“ ...tornais-vos para mim, e eu me tornarei para vós outros, diz o Senhor dos Exércitos; mas vós dizeis: Em que havemos de tornar?”   Malaquias 3: 7
“ Roubará o homem a Deus? Todavia, vós me roubais e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas. Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais...”   Malaquias 3: 8,9
“ Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida.”   Malaquias 3: 10
“ Trazei todos os dízimos à Casa do Tesouro...”  Mal. 3:10 “ ... Seja a parte de Deus separada em primeiro lugar.”  C.M., pg. 81
“ A benção do Senhor é que enriquece, e ele não a faz seguir de dor alguma.”   Provérbios 10: 22
“ Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas cousas vos serão acrescentadas.”   Mateus 6: 33
“ Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que habitem comigo; o que anda em reto caminho, esse me servirá.”   Salmos 101:6
“  Os filhos dos leões  necessitam e sofrem  fome, mas aqueles que  buscam o Senhor bem nenhum lhes faltará.”   Salmos 34:10
“  Fui moço e já agora, sou velho, porém jamais vi o justo desamparado, nem a sua descendência a mendigar o pão.”   Salmos 37: 25
“ Assim ordenou também o Senhor aos que pregam o evangelho que vivam do evangelho.”   I   Cor. 9: 14
PROPÓSITOS PARA OS QUAIS O DÍZIMO PODE SER USADO : 1. Manutenção de pastores e evangelismo 2.Missões Mundiais. 3. Pessoal envolvido no trabalho evangelístico.
4. Despesas operativas do Campo. 5. Fundo de promoção da Colportagem. 6. Professores de Bíblia e seus auxiliares. 7. Obreiros jubilados 8. Material do escritório do Campo.
“ ... Alguns se têm sentido mal satisfeitos, e dito: ‘Não pagarei mais o dízimo; pois não confio na maneira por que as coisas são dirigidas na sede da obra.’ Roubareis, porém, a Deus, por pensardes que a direção da obra não está direita? Apresentai vossa queixa franca  e abertamente, no devido espírito, e às pessoas   “ NÃO CONFIO NA ASSOCIAÇÃO”
Competentes... Mas não vos retireis da obra de Deus, nem vos demonstreis infiéis porque outros não estejam fazendo o que é direito.”   C.S.M. 93,94
“ A porção que Deus reservou para si, não deve ser desviada para nenhum outro desígnio que não aquele por ele especificado. Ninguém se sinta na liberdade de reter o dízimo, para empregá-lo segundo seu próprio juízo. POSSO DECIDIR SOBRE O  EMPREGO DO “MEU” DÍZIMO?
Não devem servir-se dele numa emergência, nem usá-lo segundo lhes pareça justo, mesmo  no que possam   considerar como obra do Senhor.”   C.S.M. 101
“ O dízimo é separado para uso especial. Não deve ser considerado fundo para os pobres. Deve ser dedicado especialmente ao sustento dos que estão levando a mensagem de Deus ao mundo; e não deve ser desviado desse propósito.”   C.S.M., 103 DÍZIMO PARA OS CARENTES
DÍZIMO NA MANUTENÇÃO E  CONSTRUÇÃO DA IGREJA Estais roubando a Deus cada vez que pondes a mão no tesouro a fim de tirar “ Foi-me mostrado que é um erro usar o dízimo para atender a despesas ocasionais da igreja...
fundos para atender às despesas correntes da igreja.”   C.S.M., 103
“ ... Seu povo de hoje precisa lembrar que a casa de culto é   Propriedade do Senhor, e que deve ser escrupulosamente cuidada. Mas o fundo para esta obra não deve provir do dízimo.”  C.S.M.,102
“  O ministro... Não deve pensar que o pode reter e aplicar conforme o seu próprio juízo, por ser ministro. Não lhe pertence. O PASTOR PODE AUTORIZAR  OUTRO USO?
...Não deve apoiar qualquer plano para desviar de seu legítimo emprego os dízimos e ofertas dedicados a Deus...”   C.S.M., 101
DISTRIBUIÇÃO DOS DÍZIMOS
DSA USB IAJA IAE 2ºG COLP VP Dízimos Igrejas 100% ASSOCIAÇÃO OU MISSÃO Pastores Evang. Prom. Dptos Desp. Admin.
OFERTAS VOLUNTÁRIAS PROPORCIONAIS “ Cada um oferecerá na proporção em que possa dar...” Deut. 16:17 . “  No sistema bíblico de dízimos e ofertas, as quantias pagas por várias pessoas ... variarão muito, visto serem proporcionais às rendas.”  CM, pg. 73 PLANEJADA “ ...Julguei conveniente recomendar aos irmãos ... que ... preparassem de antemão a vossa dádiva ...”  II Cor.9:5. “ Essa questão de dar não é deixada ao impulso. Deus ... deseja que demos regular e sistematicamente.  C.M.pp. 80 e 81.
COM ALEGRIA “ Cada um contribua segundo tiver proposto no coração ... porque Deus ama o que dá com alegria.” II Cor.9:7. ...”Devemos levar nossas ofertas com alegria e gratidão, dizendo ao apresentá-las: das Tuas mãos voluntariamente Te damos...” C.M.pg 198.  POR AMOR “ E ainda que eu distribuísse todos os meus bens entre os pobres ... se não tiver amor, nada disso me aproveitará.”  I Cor. 13:3 “ Se amarmos a Jesus , gostaremos de para Ele viver, de apresentar-Lhe nossa oferta de gratidão...” C.M. pg.197
SEGUNDO A BÊNÇÃO “ E celebrareis a festa ... ao Senhor teu Deus, com ofertas voluntárias ... segundo o Senhor teu Deus te houver abençoado.” Deut.16:10 “ Deus tem ideado um plano mediante o qual todos podem dar de acordo com a forma com que Ele os tem feito prosperar...”  3T, pg.411.  PRIMEIRO “ Honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda.” Prov.3:9 “ Devemos fazer ao Senhor a primeira doação de todas as nossas receitas...”  C.M., pg.68. 1º
O  MELHOR “  Quando alguém oferecer sacrifício pacífico ao Senhor, quer em cumprimento de voto, ou como oferta voluntária ... deve ser sem defeito ...” Deut.16:10 “ Assim aceitará Deus a nossa dádiva ... se for o melhor que temos e for oferecida por amor a Ele.” C.M. pg.176  POR AMOR “ ... Porque tudo vem de Ti e das tuas mãos Te damos.”  I Cr. 29:14.  “ Ide ao Senhor ...e manifestai vossa apreciação da liberalidade de Deus levando-Lhe vossas ofertas de gratidão, ofertas voluntárias...”  C.M., pg.198.
“ A quem dá liberalmente, ainda se lhe acrescenta mais e mais; ao que retém mais do que é justo, ser-lhe-á em pura perda.”   Provérbios 11:   24
OFERTAS SOLTAS 1º SÁB 2º SÁB 3º SÁB 4º SÁB 5º SÁB = Caixa Local = Caixa Local = Proj. Mission. Campos Mission. = Caixa Local = Educação Adventista
FUNDO  DAS  MISSÕES E. SABATINA NATALÍCIA 13º SÁBADO F. INVERSÃO PROJETOS  ESPECIAIS INFORMATIVO PROJETO  EVANGELISMO ALÉM MAR
ORÇAMENTO DE IGREJA SUGESTIVO
CAIXA DA IGREJA Departamentos Doações específicas Projetos  especiais Despesas Administrativas água, luz mat. limpeza 1º 2º 3º pacto 10% - Adra  04% - Desbravadores  08% - M. pessoal  01% - Comunicação  02% - E. Sabatina  02% - Mordomia Cristã  08% - Evangelismo Inf.  01% - Temperança  03% - JÁ  01% - Música 40% 40% 20% 20%- Reserva 20%- Despesas 20% - Constr. e reforma
 
“ Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.”   Apoc. 2: 10 GEISLER

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estudo Dízimos e Ofertas
Estudo Dízimos e OfertasEstudo Dízimos e Ofertas
Estudo Dízimos e Ofertas
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Louvor e adoração
Louvor e adoraçãoLouvor e adoração
Louvor e adoração
igmrecabitas
 
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristãoLição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
Erberson Pinheiro
 
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Quenia Damata
 
Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
IBMemorialJC
 
Estudo para adolescentes
Estudo para adolescentesEstudo para adolescentes
Estudo para adolescentes
Edson_2012.A-F
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
valmarques
 
Dons espirituais
Dons espirituaisDons espirituais
Dons espirituais
Dagmar Wendt
 
Fortalezas espirituais
Fortalezas espirituaisFortalezas espirituais
Fortalezas espirituais
Anderson Damasceno
 
Intercessão e batalha espiritual
Intercessão e batalha espiritualIntercessão e batalha espiritual
Intercessão e batalha espiritual
Marcos Fernando Moreira
 
Ellen White e fechamento da porta da graça
Ellen White e fechamento da porta da graçaEllen White e fechamento da porta da graça
Ellen White e fechamento da porta da graça
Ezequiel Gomes
 
A Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter CristãoA Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter Cristão
Márcio Martins
 
Sinais que antecedem a volta de cristo
Sinais que antecedem a volta de cristoSinais que antecedem a volta de cristo
Sinais que antecedem a volta de cristo
Paulo Roberto
 
O pecado de Davi
O pecado de DaviO pecado de Davi
O pecado de Davi
Paulo Roberto
 
sLição 5 jesus e a implantação do reino de deus
sLição 5   jesus e a implantação do reino de deussLição 5   jesus e a implantação do reino de deus
sLição 5 jesus e a implantação do reino de deus
Nayara Mayla Brito Damasceno
 
A armadura de_deus_completa
A armadura de_deus_completaA armadura de_deus_completa
A armadura de_deus_completa
Anderson Silvério
 
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
Felicio Araujo
 
4º módulo 2ª aula
4º módulo   2ª aula4º módulo   2ª aula
4º módulo 2ª aula
Joel Silva
 
O arrebatamento
O arrebatamentoO arrebatamento
As obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do EspíritoAs obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do Espírito
Joselito Machado
 

Mais procurados (20)

Estudo Dízimos e Ofertas
Estudo Dízimos e OfertasEstudo Dízimos e Ofertas
Estudo Dízimos e Ofertas
 
Louvor e adoração
Louvor e adoraçãoLouvor e adoração
Louvor e adoração
 
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristãoLição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
 
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
 
Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
 
Estudo para adolescentes
Estudo para adolescentesEstudo para adolescentes
Estudo para adolescentes
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
 
Dons espirituais
Dons espirituaisDons espirituais
Dons espirituais
 
Fortalezas espirituais
Fortalezas espirituaisFortalezas espirituais
Fortalezas espirituais
 
Intercessão e batalha espiritual
Intercessão e batalha espiritualIntercessão e batalha espiritual
Intercessão e batalha espiritual
 
Ellen White e fechamento da porta da graça
Ellen White e fechamento da porta da graçaEllen White e fechamento da porta da graça
Ellen White e fechamento da porta da graça
 
A Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter CristãoA Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter Cristão
 
Sinais que antecedem a volta de cristo
Sinais que antecedem a volta de cristoSinais que antecedem a volta de cristo
Sinais que antecedem a volta de cristo
 
O pecado de Davi
O pecado de DaviO pecado de Davi
O pecado de Davi
 
sLição 5 jesus e a implantação do reino de deus
sLição 5   jesus e a implantação do reino de deussLição 5   jesus e a implantação do reino de deus
sLição 5 jesus e a implantação do reino de deus
 
A armadura de_deus_completa
A armadura de_deus_completaA armadura de_deus_completa
A armadura de_deus_completa
 
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
 
4º módulo 2ª aula
4º módulo   2ª aula4º módulo   2ª aula
4º módulo 2ª aula
 
O arrebatamento
O arrebatamentoO arrebatamento
O arrebatamento
 
As obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do EspíritoAs obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do Espírito
 

Destaque

Dez razões porque sou dizimista
Dez razões porque sou dizimistaDez razões porque sou dizimista
Dez razões porque sou dizimista
edivan silva pereira silva
 
Formação sobre Dízimo
Formação sobre DízimoFormação sobre Dízimo
Formação sobre Dízimo
mbsilva1971
 
Dimensões do Dízimo
Dimensões do DízimoDimensões do Dízimo
Dimensões do Dízimo
Antonio Castro
 
Dízimo
DízimoDízimo
Dízimo
Eid Marques
 
O que voce precisa compreender para entregar o seu dízimo com alegria 2
O que voce precisa compreender para entregar o seu dízimo com alegria 2O que voce precisa compreender para entregar o seu dízimo com alegria 2
O que voce precisa compreender para entregar o seu dízimo com alegria 2
miguelrmn
 
10 qualidades da oferta perfeita jeff
10 qualidades da oferta perfeita  jeff10 qualidades da oferta perfeita  jeff
10 qualidades da oferta perfeita jeff
Ronaldo Loureiro
 
Honrando ao senhor com as primícias
Honrando ao senhor com as primíciasHonrando ao senhor com as primícias
Honrando ao senhor com as primícias
Luciano Pedroza
 
Dízimos e ofertas
Dízimos e ofertasDízimos e ofertas
Dízimos e ofertas
Joselito Machado
 
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
jonasfreitasdejesus
 
O poder das primicias
O poder das primiciasO poder das primicias
O poder das primicias
Sobre Uma Nova Direção
 
Estudo sobre dizimos
Estudo sobre dizimos Estudo sobre dizimos
Estudo sobre dizimos
josecidade
 
2 Dízimos e Ofertas
2 Dízimos e Ofertas 2 Dízimos e Ofertas
2 Dízimos e Ofertas
Márcio Pereira
 
Dízimos e Ofertas
Dízimos e OfertasDízimos e Ofertas
Dízimos e Ofertas
Igreja Bíblica da Confissão
 
Estudo da Semana - A benção de ser um dizimista fiel
Estudo da Semana - A benção de ser um dizimista fielEstudo da Semana - A benção de ser um dizimista fiel
Estudo da Semana - A benção de ser um dizimista fiel
Unção Do Crescimento
 
2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes
2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes
2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes
Natalino das Neves Neves
 
22 dízimos e ofertas
22   dízimos e ofertas22   dízimos e ofertas
22 dízimos e ofertas
Carlos Roberto de Lima
 
O discípulo e o dízimo
O discípulo e o dízimoO discípulo e o dízimo
O discípulo e o dízimo
pralucianaevangelista
 
Todos os versículos da bíblia sobre dízimos e ofertas 6.5
Todos os versículos da bíblia sobre dízimos e ofertas 6.5Todos os versículos da bíblia sobre dízimos e ofertas 6.5
Todos os versículos da bíblia sobre dízimos e ofertas 6.5
Albérico Henrique
 
Mordomia Cristã na IASD - Apelo à unidade
Mordomia Cristã na IASD - Apelo à unidadeMordomia Cristã na IASD - Apelo à unidade
Mordomia Cristã na IASD - Apelo à unidade
C. Soares
 
Pode o cristão reter o dízimo.EBD Palavra e Vida.2T2015.Aula 12
Pode o cristão reter o dízimo.EBD Palavra e Vida.2T2015.Aula 12Pode o cristão reter o dízimo.EBD Palavra e Vida.2T2015.Aula 12
Pode o cristão reter o dízimo.EBD Palavra e Vida.2T2015.Aula 12
Andre Nascimento
 

Destaque (20)

Dez razões porque sou dizimista
Dez razões porque sou dizimistaDez razões porque sou dizimista
Dez razões porque sou dizimista
 
Formação sobre Dízimo
Formação sobre DízimoFormação sobre Dízimo
Formação sobre Dízimo
 
Dimensões do Dízimo
Dimensões do DízimoDimensões do Dízimo
Dimensões do Dízimo
 
Dízimo
DízimoDízimo
Dízimo
 
O que voce precisa compreender para entregar o seu dízimo com alegria 2
O que voce precisa compreender para entregar o seu dízimo com alegria 2O que voce precisa compreender para entregar o seu dízimo com alegria 2
O que voce precisa compreender para entregar o seu dízimo com alegria 2
 
10 qualidades da oferta perfeita jeff
10 qualidades da oferta perfeita  jeff10 qualidades da oferta perfeita  jeff
10 qualidades da oferta perfeita jeff
 
Honrando ao senhor com as primícias
Honrando ao senhor com as primíciasHonrando ao senhor com as primícias
Honrando ao senhor com as primícias
 
Dízimos e ofertas
Dízimos e ofertasDízimos e ofertas
Dízimos e ofertas
 
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
 
O poder das primicias
O poder das primiciasO poder das primicias
O poder das primicias
 
Estudo sobre dizimos
Estudo sobre dizimos Estudo sobre dizimos
Estudo sobre dizimos
 
2 Dízimos e Ofertas
2 Dízimos e Ofertas 2 Dízimos e Ofertas
2 Dízimos e Ofertas
 
Dízimos e Ofertas
Dízimos e OfertasDízimos e Ofertas
Dízimos e Ofertas
 
Estudo da Semana - A benção de ser um dizimista fiel
Estudo da Semana - A benção de ser um dizimista fielEstudo da Semana - A benção de ser um dizimista fiel
Estudo da Semana - A benção de ser um dizimista fiel
 
2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes
2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes
2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes
 
22 dízimos e ofertas
22   dízimos e ofertas22   dízimos e ofertas
22 dízimos e ofertas
 
O discípulo e o dízimo
O discípulo e o dízimoO discípulo e o dízimo
O discípulo e o dízimo
 
Todos os versículos da bíblia sobre dízimos e ofertas 6.5
Todos os versículos da bíblia sobre dízimos e ofertas 6.5Todos os versículos da bíblia sobre dízimos e ofertas 6.5
Todos os versículos da bíblia sobre dízimos e ofertas 6.5
 
Mordomia Cristã na IASD - Apelo à unidade
Mordomia Cristã na IASD - Apelo à unidadeMordomia Cristã na IASD - Apelo à unidade
Mordomia Cristã na IASD - Apelo à unidade
 
Pode o cristão reter o dízimo.EBD Palavra e Vida.2T2015.Aula 12
Pode o cristão reter o dízimo.EBD Palavra e Vida.2T2015.Aula 12Pode o cristão reter o dízimo.EBD Palavra e Vida.2T2015.Aula 12
Pode o cristão reter o dízimo.EBD Palavra e Vida.2T2015.Aula 12
 

Semelhante a Dízimos e Ofertas.pps

22 - DÍZIMOS E OFERTAS.pptx
22 - DÍZIMOS E OFERTAS.pptx22 - DÍZIMOS E OFERTAS.pptx
22 - DÍZIMOS E OFERTAS.pptx
flaviellen
 
20 dizimose ofertas
20 dizimose ofertas20 dizimose ofertas
20 dizimose ofertas
Hezir Henrique
 
Quinta semana
Quinta semanaQuinta semana
Quinta semana
Félix Júnior
 
Dadivar
DadivarDadivar
Conselhos sobre mordomia
Conselhos sobre mordomiaConselhos sobre mordomia
Conselhos sobre mordomia
iasdvilaveronica
 
Aula dominical dízimos
Aula dominical dízimosAula dominical dízimos
Aula dominical dízimos
Jorge Aymar Costa
 
Aula dominical dízimos
Aula dominical dízimosAula dominical dízimos
Aula dominical dízimos
Jorge Aymar Costa
 
4º Trimestre 2013 Lição 3 Trabalho e Prosperidade
4º Trimestre 2013 Lição 3   Trabalho e Prosperidade4º Trimestre 2013 Lição 3   Trabalho e Prosperidade
4º Trimestre 2013 Lição 3 Trabalho e Prosperidade
Anderson Silva
 
4º Trimestre de 2013 - Lição 3 Trabalho e Prosperidade
4º Trimestre de 2013 - Lição 3   Trabalho e Prosperidade4º Trimestre de 2013 - Lição 3   Trabalho e Prosperidade
4º Trimestre de 2013 - Lição 3 Trabalho e Prosperidade
Anderson Silva
 
45. a luz do mundo
45. a luz do mundo45. a luz do mundo
45. a luz do mundo
pohlos
 
3 os atributos de deus e a adoração
3 os atributos de deus e a adoração3 os atributos de deus e a adoração
3 os atributos de deus e a adoração
Rogério Moreira
 
3-osatributosdedeuseaadorao-150311060807-conversion-gate01 (1).pptx
3-osatributosdedeuseaadorao-150311060807-conversion-gate01 (1).pptx3-osatributosdedeuseaadorao-150311060807-conversion-gate01 (1).pptx
3-osatributosdedeuseaadorao-150311060807-conversion-gate01 (1).pptx
Tiago Silva
 
Lbj lição 6 O sustento da igreja
Lbj lição 6   O sustento da igrejaLbj lição 6   O sustento da igreja
Lbj lição 6 O sustento da igreja
boasnovassena
 
“Deus ama ao que dá com alegria”
“Deus ama ao que dá com alegria”“Deus ama ao que dá com alegria”
“Deus ama ao que dá com alegria”
JUERP
 
Licao 7 3 t - 2019 - a mordomia dos dizimos e das ofertas
Licao 7   3 t - 2019 - a mordomia dos dizimos e das ofertasLicao 7   3 t - 2019 - a mordomia dos dizimos e das ofertas
Licao 7 3 t - 2019 - a mordomia dos dizimos e das ofertas
Vilma Longuini
 
Preparando-se para a colheita_1142014_GGR
Preparando-se para a colheita_1142014_GGRPreparando-se para a colheita_1142014_GGR
Preparando-se para a colheita_1142014_GGR
Gerson G. Ramos
 
25 marcas da PIB de Palmas
25 marcas da PIB de Palmas25 marcas da PIB de Palmas
25 marcas da PIB de Palmas
Primeira Igreja Batista de Palmas
 
Aplaudidos ou aprovados?
Aplaudidos ou aprovados?Aplaudidos ou aprovados?
Aplaudidos ou aprovados?
Paulo Dias Nogueira
 
4º módulo 1ª aula
4º módulo   1ª aula4º módulo   1ª aula
4º módulo 1ª aula
Monergista Post
 
4º módulo 1ª aula
4º módulo   1ª aula4º módulo   1ª aula
4º módulo 1ª aula
Joel Silva
 

Semelhante a Dízimos e Ofertas.pps (20)

22 - DÍZIMOS E OFERTAS.pptx
22 - DÍZIMOS E OFERTAS.pptx22 - DÍZIMOS E OFERTAS.pptx
22 - DÍZIMOS E OFERTAS.pptx
 
20 dizimose ofertas
20 dizimose ofertas20 dizimose ofertas
20 dizimose ofertas
 
Quinta semana
Quinta semanaQuinta semana
Quinta semana
 
Dadivar
DadivarDadivar
Dadivar
 
Conselhos sobre mordomia
Conselhos sobre mordomiaConselhos sobre mordomia
Conselhos sobre mordomia
 
Aula dominical dízimos
Aula dominical dízimosAula dominical dízimos
Aula dominical dízimos
 
Aula dominical dízimos
Aula dominical dízimosAula dominical dízimos
Aula dominical dízimos
 
4º Trimestre 2013 Lição 3 Trabalho e Prosperidade
4º Trimestre 2013 Lição 3   Trabalho e Prosperidade4º Trimestre 2013 Lição 3   Trabalho e Prosperidade
4º Trimestre 2013 Lição 3 Trabalho e Prosperidade
 
4º Trimestre de 2013 - Lição 3 Trabalho e Prosperidade
4º Trimestre de 2013 - Lição 3   Trabalho e Prosperidade4º Trimestre de 2013 - Lição 3   Trabalho e Prosperidade
4º Trimestre de 2013 - Lição 3 Trabalho e Prosperidade
 
45. a luz do mundo
45. a luz do mundo45. a luz do mundo
45. a luz do mundo
 
3 os atributos de deus e a adoração
3 os atributos de deus e a adoração3 os atributos de deus e a adoração
3 os atributos de deus e a adoração
 
3-osatributosdedeuseaadorao-150311060807-conversion-gate01 (1).pptx
3-osatributosdedeuseaadorao-150311060807-conversion-gate01 (1).pptx3-osatributosdedeuseaadorao-150311060807-conversion-gate01 (1).pptx
3-osatributosdedeuseaadorao-150311060807-conversion-gate01 (1).pptx
 
Lbj lição 6 O sustento da igreja
Lbj lição 6   O sustento da igrejaLbj lição 6   O sustento da igreja
Lbj lição 6 O sustento da igreja
 
“Deus ama ao que dá com alegria”
“Deus ama ao que dá com alegria”“Deus ama ao que dá com alegria”
“Deus ama ao que dá com alegria”
 
Licao 7 3 t - 2019 - a mordomia dos dizimos e das ofertas
Licao 7   3 t - 2019 - a mordomia dos dizimos e das ofertasLicao 7   3 t - 2019 - a mordomia dos dizimos e das ofertas
Licao 7 3 t - 2019 - a mordomia dos dizimos e das ofertas
 
Preparando-se para a colheita_1142014_GGR
Preparando-se para a colheita_1142014_GGRPreparando-se para a colheita_1142014_GGR
Preparando-se para a colheita_1142014_GGR
 
25 marcas da PIB de Palmas
25 marcas da PIB de Palmas25 marcas da PIB de Palmas
25 marcas da PIB de Palmas
 
Aplaudidos ou aprovados?
Aplaudidos ou aprovados?Aplaudidos ou aprovados?
Aplaudidos ou aprovados?
 
4º módulo 1ª aula
4º módulo   1ª aula4º módulo   1ª aula
4º módulo 1ª aula
 
4º módulo 1ª aula
4º módulo   1ª aula4º módulo   1ª aula
4º módulo 1ª aula
 

Mais de Herbert de Carvalho

Apresentação TagPoint Empresas
Apresentação TagPoint EmpresasApresentação TagPoint Empresas
Apresentação TagPoint Empresas
Herbert de Carvalho
 
Compendio de fichas de resgate veicular
Compendio de fichas de resgate veicularCompendio de fichas de resgate veicular
Compendio de fichas de resgate veicular
Herbert de Carvalho
 
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
Herbert de Carvalho
 
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMESOperação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
Herbert de Carvalho
 
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBMEstatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
Herbert de Carvalho
 
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRFBalanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
Herbert de Carvalho
 
O grande conflito e a Saúde
O grande conflito e a SaúdeO grande conflito e a Saúde
O grande conflito e a Saúde
Herbert de Carvalho
 
Preparação para a crise final
Preparação para a crise finalPreparação para a crise final
Preparação para a crise final
Herbert de Carvalho
 
Nocoes-Basicas-Agricultura
Nocoes-Basicas-AgriculturaNocoes-Basicas-Agricultura
Nocoes-Basicas-Agricultura
Herbert de Carvalho
 
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - EmaterManual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
Herbert de Carvalho
 
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICA
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICAIntroducao-AGRICULTURA-ORGANICA
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICA
Herbert de Carvalho
 
Fertilidade-do-solo-adubacao
Fertilidade-do-solo-adubacaoFertilidade-do-solo-adubacao
Fertilidade-do-solo-adubacao
Herbert de Carvalho
 
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de PlantasDiagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
Herbert de Carvalho
 
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santo
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santoDiagnóstico das comdec do estado do espírito santo
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santo
Herbert de Carvalho
 
Relatório CIODES CBMES 2011
Relatório CIODES CBMES 2011Relatório CIODES CBMES 2011
Relatório CIODES CBMES 2011
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
Herbert de Carvalho
 

Mais de Herbert de Carvalho (20)

Apresentação TagPoint Empresas
Apresentação TagPoint EmpresasApresentação TagPoint Empresas
Apresentação TagPoint Empresas
 
Compendio de fichas de resgate veicular
Compendio de fichas de resgate veicularCompendio de fichas de resgate veicular
Compendio de fichas de resgate veicular
 
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
 
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMESOperação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
 
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBMEstatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
 
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRFBalanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
 
O grande conflito e a Saúde
O grande conflito e a SaúdeO grande conflito e a Saúde
O grande conflito e a Saúde
 
Preparação para a crise final
Preparação para a crise finalPreparação para a crise final
Preparação para a crise final
 
Nocoes-Basicas-Agricultura
Nocoes-Basicas-AgriculturaNocoes-Basicas-Agricultura
Nocoes-Basicas-Agricultura
 
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - EmaterManual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
 
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICA
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICAIntroducao-AGRICULTURA-ORGANICA
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICA
 
Fertilidade-do-solo-adubacao
Fertilidade-do-solo-adubacaoFertilidade-do-solo-adubacao
Fertilidade-do-solo-adubacao
 
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de PlantasDiagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
 
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santo
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santoDiagnóstico das comdec do estado do espírito santo
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santo
 
Relatório CIODES CBMES 2011
Relatório CIODES CBMES 2011Relatório CIODES CBMES 2011
Relatório CIODES CBMES 2011
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
 

Último

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 

Último (11)

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 

Dízimos e Ofertas.pps

  • 1. MISSÃO DA IGREJA É GLOBAL “ IDE POR TODO O MUNDO E PREGAI O EVANGELHO A TODA CRIATURA.” Mar. 16:15 GEISLER
  • 2. “ MAS RECEBEREIS PODER, AO DESCER SOBRE VÓS O ESPÍRITO SANTO, E SEREIS MINHAS TESTEMUNHAS TANTO EM JERUSALÉM, COMO EM TODA A JUDÉIA E SAMARIA, E ATÉ OS CONFINS DA TERRA.” Atos 1:8
  • 3. COMO TER RECURSOS PARA CUMPRIR A MISSÃO?
  • 4. “ Ao Senhor pertence a terra e tudo o que nela se contém, o mundo e os que nele habitam.” Salmos 24:1
  • 5. “ Minha é a prata, meu é o ouro, diz o Senhor dos Exércitos.” Ageu 2:8
  • 6. “ Honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda.” Prov. 3: 9
  • 7. “ Não digas, pois, no teu coração: A minha força e o poder do meu braço me adquiriram estas riquezas.
  • 8. Antes, te lembrarás do Senhor, teu Deus, porque é ele o que te dá força para adquirires riquezas...” Deuteronômio 8: 17, 18
  • 9. “ E a pedra, que erigi por coluna, será a Casa de Deus; e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo” Gênesis 28: 22 JACÓ
  • 10. “ ...tornais-vos para mim, e eu me tornarei para vós outros, diz o Senhor dos Exércitos; mas vós dizeis: Em que havemos de tornar?” Malaquias 3: 7
  • 11. “ Roubará o homem a Deus? Todavia, vós me roubais e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas. Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais...” Malaquias 3: 8,9
  • 12. “ Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida.” Malaquias 3: 10
  • 13. “ Trazei todos os dízimos à Casa do Tesouro...” Mal. 3:10 “ ... Seja a parte de Deus separada em primeiro lugar.” C.M., pg. 81
  • 14. “ A benção do Senhor é que enriquece, e ele não a faz seguir de dor alguma.” Provérbios 10: 22
  • 15. “ Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas cousas vos serão acrescentadas.” Mateus 6: 33
  • 16. “ Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que habitem comigo; o que anda em reto caminho, esse me servirá.” Salmos 101:6
  • 17. “ Os filhos dos leões necessitam e sofrem fome, mas aqueles que buscam o Senhor bem nenhum lhes faltará.” Salmos 34:10
  • 18. “ Fui moço e já agora, sou velho, porém jamais vi o justo desamparado, nem a sua descendência a mendigar o pão.” Salmos 37: 25
  • 19. “ Assim ordenou também o Senhor aos que pregam o evangelho que vivam do evangelho.” I Cor. 9: 14
  • 20. PROPÓSITOS PARA OS QUAIS O DÍZIMO PODE SER USADO : 1. Manutenção de pastores e evangelismo 2.Missões Mundiais. 3. Pessoal envolvido no trabalho evangelístico.
  • 21. 4. Despesas operativas do Campo. 5. Fundo de promoção da Colportagem. 6. Professores de Bíblia e seus auxiliares. 7. Obreiros jubilados 8. Material do escritório do Campo.
  • 22. “ ... Alguns se têm sentido mal satisfeitos, e dito: ‘Não pagarei mais o dízimo; pois não confio na maneira por que as coisas são dirigidas na sede da obra.’ Roubareis, porém, a Deus, por pensardes que a direção da obra não está direita? Apresentai vossa queixa franca e abertamente, no devido espírito, e às pessoas “ NÃO CONFIO NA ASSOCIAÇÃO”
  • 23. Competentes... Mas não vos retireis da obra de Deus, nem vos demonstreis infiéis porque outros não estejam fazendo o que é direito.” C.S.M. 93,94
  • 24. “ A porção que Deus reservou para si, não deve ser desviada para nenhum outro desígnio que não aquele por ele especificado. Ninguém se sinta na liberdade de reter o dízimo, para empregá-lo segundo seu próprio juízo. POSSO DECIDIR SOBRE O EMPREGO DO “MEU” DÍZIMO?
  • 25. Não devem servir-se dele numa emergência, nem usá-lo segundo lhes pareça justo, mesmo no que possam considerar como obra do Senhor.” C.S.M. 101
  • 26. “ O dízimo é separado para uso especial. Não deve ser considerado fundo para os pobres. Deve ser dedicado especialmente ao sustento dos que estão levando a mensagem de Deus ao mundo; e não deve ser desviado desse propósito.” C.S.M., 103 DÍZIMO PARA OS CARENTES
  • 27. DÍZIMO NA MANUTENÇÃO E CONSTRUÇÃO DA IGREJA Estais roubando a Deus cada vez que pondes a mão no tesouro a fim de tirar “ Foi-me mostrado que é um erro usar o dízimo para atender a despesas ocasionais da igreja...
  • 28. fundos para atender às despesas correntes da igreja.” C.S.M., 103
  • 29. “ ... Seu povo de hoje precisa lembrar que a casa de culto é Propriedade do Senhor, e que deve ser escrupulosamente cuidada. Mas o fundo para esta obra não deve provir do dízimo.” C.S.M.,102
  • 30. “ O ministro... Não deve pensar que o pode reter e aplicar conforme o seu próprio juízo, por ser ministro. Não lhe pertence. O PASTOR PODE AUTORIZAR OUTRO USO?
  • 31. ...Não deve apoiar qualquer plano para desviar de seu legítimo emprego os dízimos e ofertas dedicados a Deus...” C.S.M., 101
  • 33. DSA USB IAJA IAE 2ºG COLP VP Dízimos Igrejas 100% ASSOCIAÇÃO OU MISSÃO Pastores Evang. Prom. Dptos Desp. Admin.
  • 34. OFERTAS VOLUNTÁRIAS PROPORCIONAIS “ Cada um oferecerá na proporção em que possa dar...” Deut. 16:17 . “ No sistema bíblico de dízimos e ofertas, as quantias pagas por várias pessoas ... variarão muito, visto serem proporcionais às rendas.” CM, pg. 73 PLANEJADA “ ...Julguei conveniente recomendar aos irmãos ... que ... preparassem de antemão a vossa dádiva ...” II Cor.9:5. “ Essa questão de dar não é deixada ao impulso. Deus ... deseja que demos regular e sistematicamente. C.M.pp. 80 e 81.
  • 35. COM ALEGRIA “ Cada um contribua segundo tiver proposto no coração ... porque Deus ama o que dá com alegria.” II Cor.9:7. ...”Devemos levar nossas ofertas com alegria e gratidão, dizendo ao apresentá-las: das Tuas mãos voluntariamente Te damos...” C.M.pg 198. POR AMOR “ E ainda que eu distribuísse todos os meus bens entre os pobres ... se não tiver amor, nada disso me aproveitará.” I Cor. 13:3 “ Se amarmos a Jesus , gostaremos de para Ele viver, de apresentar-Lhe nossa oferta de gratidão...” C.M. pg.197
  • 36. SEGUNDO A BÊNÇÃO “ E celebrareis a festa ... ao Senhor teu Deus, com ofertas voluntárias ... segundo o Senhor teu Deus te houver abençoado.” Deut.16:10 “ Deus tem ideado um plano mediante o qual todos podem dar de acordo com a forma com que Ele os tem feito prosperar...” 3T, pg.411. PRIMEIRO “ Honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda.” Prov.3:9 “ Devemos fazer ao Senhor a primeira doação de todas as nossas receitas...” C.M., pg.68. 1º
  • 37. O MELHOR “ Quando alguém oferecer sacrifício pacífico ao Senhor, quer em cumprimento de voto, ou como oferta voluntária ... deve ser sem defeito ...” Deut.16:10 “ Assim aceitará Deus a nossa dádiva ... se for o melhor que temos e for oferecida por amor a Ele.” C.M. pg.176 POR AMOR “ ... Porque tudo vem de Ti e das tuas mãos Te damos.” I Cr. 29:14. “ Ide ao Senhor ...e manifestai vossa apreciação da liberalidade de Deus levando-Lhe vossas ofertas de gratidão, ofertas voluntárias...” C.M., pg.198.
  • 38. “ A quem dá liberalmente, ainda se lhe acrescenta mais e mais; ao que retém mais do que é justo, ser-lhe-á em pura perda.” Provérbios 11: 24
  • 39. OFERTAS SOLTAS 1º SÁB 2º SÁB 3º SÁB 4º SÁB 5º SÁB = Caixa Local = Caixa Local = Proj. Mission. Campos Mission. = Caixa Local = Educação Adventista
  • 40. FUNDO DAS MISSÕES E. SABATINA NATALÍCIA 13º SÁBADO F. INVERSÃO PROJETOS ESPECIAIS INFORMATIVO PROJETO EVANGELISMO ALÉM MAR
  • 41. ORÇAMENTO DE IGREJA SUGESTIVO
  • 42. CAIXA DA IGREJA Departamentos Doações específicas Projetos especiais Despesas Administrativas água, luz mat. limpeza 1º 2º 3º pacto 10% - Adra 04% - Desbravadores 08% - M. pessoal 01% - Comunicação 02% - E. Sabatina 02% - Mordomia Cristã 08% - Evangelismo Inf. 01% - Temperança 03% - JÁ 01% - Música 40% 40% 20% 20%- Reserva 20%- Despesas 20% - Constr. e reforma
  • 43.  
  • 44. “ Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.” Apoc. 2: 10 GEISLER