SlideShare uma empresa Scribd logo
O Grande
 Conflito




            1
O Céu...




           2
O Céu – Sempre foi
Um Lugar de Paz?




                     3
4
5
Apocalipse 12: 7-8 “E houve batalha no Céu;
 Miguel e os Seus anjos batalhavam contra o
  dragão, e batalhavam o dragão e os seus
anjos; Mas não prevaleceram, nem mais o seu
                                          6
         lugar se achou nos Céus.”
Houve uma batalha no Céu.
           Nós temos 2 campos:
Miguel e Seus anjos de um lado
          o dragão e seus anjos do outro lado




                                          7
Quem é o dragão?




              8
Quais são os outros nomes
 usados na Bíblia para o
         Dragão?




                            9
Apoc 12: 9 “E foi precipitado o grande dragão,
   a antiga serpente, chamada o diabo, e
    satanás, que engana todo o mundo;




...ele foi precipitado na Terra, e os seus anjos
                                             10
            foram lançados com ele.”
O dragão é satanás

                     11
Apocalipse 12: 10



“...já o acusador de
nossos irmãos é
derrubado, o qual
diante do nosso Deus
os acusava de dia e
de noite.”



                     12
Isaías 14: 12

”Como caíste
desde o Céu, ó
estrela da
manhã, filha da
alva!”




                        13
Mateus 13: 39


       “O inimigo, que
       o semeou, é o
       diabo.”




                   14
1 João 3: 12


       “Não como
       Caim, que era
       do maligno.”




                   15
1 Pedro 5: 8




“O diabo,
vosso
adversário,
anda em
derredor,
bramando
como leão,
buscando a
quem possa     16
tragar.”
João 8: 44

“Vós tendes por pai o
diabo, e quereis
satisfazer os desejos
de vosso pai. Ele foi
homicida desde o
princípio...Quando ele
profere mentira, fala
do que lhe é próprio,
porque é mentiroso,
e pai da mentira.”
                         17
“E chegando-se
a ele o
tentador…”
Mateus 4: 3




                 18
E Quem é o Arcanjo Miguel?




                             19
Daniel 12: 1



“E naquele tempo se
levantará Miguel, o
grande Príncipe, que
Se levanta a favor
dos filhos do teu
povo.”



                       20
Daniel 9: 25

“Sabe e entende:
desde a saída da
ordem para
restaurar, e para
edificar a
Jerusalém, até
ao Messias, o
Príncipe.”



                    21
Judas 9 –“Mas o
Arcanjo Miguel,
quando contendia
com o diabo, e
disputava a
respeito do corpo
de Moisés, não
ousou pronunciar
juízo de maldição
contra ele; mas
disse: O Senhor te
repreenda.”


               22
I Tessalonicenses. 4: 16 “Porque o mesmo
 Senhor descerá do Céu com alarido, e com
Voz de Arcanjo, e com a trombeta de Deus; e
  os que morreram em Cristo ressuscitarão
                 primeiro.”




Nesse verso o que
acontece quando o
Arcanjo fala?
  À Voz do Arcanjo os mortos ressuscitam.
                                        23
João 5: 28-29 “... porque
vem a hora em que todos
os que estão nos
sepulcros ouvirão a Sua
Voz...”




                            24
João 5: 25 “Em
verdade, em
verdade vos digo
que vem a hora, e
agora é, em que os
mortos ouvirão a
Voz do Filho de
Deus, e os que a
ouvirem viverão.”




Quando Jesus fala,
                     Os mortos ressuscitam!
o que acontece?                         25
Miguel tem anjos subordinados a Ele. Os
   anjos Lhe obedecem e O adoram      26
Miguel é Jesus Cristo!


                         27
Miguel (Jesus)
       X
Dragão (satanás)
                  28
O que aconteceu como resultado dessa
batalha?
   Apocalipse 12: 4 “E a sua cauda levou
   após si a terça parte das estrelas do
   Céu, e lançou-as sobre a Terra; e o
   dragão parou diante da mulher que havia
   de dar à luz, para que, dando ela à luz,
   lhe tragasse o Filho.”




                                              29
Estrelas na Bíblia
Representam o
Que?




                     30
Apocalipse. 1: 20 “O mistério das sete estrelas, que
viste na Minha destra, e dos sete castiçais de ouro.
As sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os
sete castiçais, que viste, são as sete igrejas.”




      estrelas        =         anjos
                                                31
Lucas 10: 18


“Eu via
Satanás,
como raio,
cair do Céu.”




                          32
Judas 6

     “E aos anjos que
     não guardaram o
      seu principado,
      mas deixaram a
           sua própria
    habitação, (Deus)
          reservou na
      escuridão e em
      prisões eternas
          até ao juízo
      daquele grande
                 dia.”
                   33
A sua cauda levou a
                      terça parte dos anjos.


A cauda do dragão representa o que?
                   Engano
                                        34
Isaias 9: 15 “O ancião e o homem de respeito
é a cabeça; e o profeta que ensina a falsidade
                                           35
                 é a cauda.”
Então, o que satanás usou para causar a
queda de 1/3 dos anjos?
                     Satanás usou engano!




Engano sobre o que?
   Qual foi a natureza do Conflito?     36
Ezequiel 28: 11-15 “...Filho do homem, levanta uma
lamentação sobre o rei de Tiro, e dize-lhe: Assim diz
o Senhor Deus: Tu eras o selo da medida, cheio de
sabedoria e perfeito em formosura. Estiveste no
Éden, jardim de Deus; de toda a pedra preciosa era a
tua cobertura: sardônica, topázio, diamante...”   37
“...em ti se faziam os teus tambores e os teus
      pífaros; no dia em que foste criado foram
                     preparados...“




  Ao analisarmos a palavra “pífaros” na linguagem
original, vamos reconhecer que Lúcifer tinha pífaros
que o capacitava a cantar em harmonia com 4 vozes.
Ao cantar, se ouvia o soprano, o contralto, o tenor e
                                                  38
             o baixo ao mesmo tempo.
O verso 14 diz: “...Tu
                        eras o querubim,
                    ungido para cobrir...”

                              Lúcifer era o
                   querubim cobridor que
                         cobria o Trono de
                      Deus. E a Bíblia fala
                           que Deus é Luz.
                   Quando a Luz de Deus
                    refletia sobre Lúcifer,
                             ele ao sair da
HR, 14,                 presença de Deus,
ST, 28/04/1890 e
18/09/1893
                    refletia a Luz de Deus
                                        39
                           para os outros.
Ezequiel 28: 14, 15

“Tu eras o querubim
ungido para cobrir, e
te estabeleci; no
monte santo de Deus
estavas... Perfeito
eras nos teus
caminhos, desde o
dia que foste criado,
até que se achou
iniqüidade em ti.”

                                  40
Ezequiel 28: 17-19        “Elevou-se o teu
                     coração por causa da
                            tua formosura,
                        corrompeste a tua
                      sabedoria por causa
                       do teu resplendor...
                           Todos os que te
                       conhecem entre os
                               povos estão
                       espantados de ti...”




                                       41
Eis o mistério da iniqüidade. Na estrutura hierárquica
do Céu temos a Divindade: Deus - o Pai, Deus - o Filho
   e Deus – o Espírito Santo. Abaixo da Divindade
 estava Lúcifer. Os anjos o seguiam e o respeitavam.




   Como que alguém que era perfeito, alguém que
estava ao lado do Trono de Deus, se encontrava com
                                                42
              pecado em seu coração?
No Céu, Jesus não tinha o nome de Jesus; o
nome dEle era Miguel; o Arcanjo que cobria.




Havia um conflito entre 2 anjos: o Arcanjo que cobria
 X o querubim que cobria. O nome Miguel significa
 “Aquele que é como Deus” . Inicialmente não era
      claro para os anjos que Miguel era Deus.   43
Em Zacarias 6: 12-13 a Bíblia fala sobre o Conselho
   de Paz entre o Pai e Jesus: “E fala-lhe, dizendo:
    Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Eis aqui o
  Homem cujo nome é RENOVO; Ele brotará do Seu
 lugar, e edificará o Templo do SENHOR. Ele mesmo
edificará o Templo do SENHOR, e Ele levará a glória;




 ...assentar-se-á no Seu Trono e dominará, e será
Sacerdote no Seu Trono, e Conselho de Paz haverá
entre ambos os ofícios”. Aqui mostra Miguel tendo
                                                44
              uma reunião com o Pai.
Por isso houve
    iniqüidade no
       coração de
 Lúcifer. Ele teve
    inveja porque
 queria participar
  do Conselho de
     Paz e não foi
       permitido.




RH, 24/02/1874
              45
Miguel e Lúcifer eram “anjos” cobridores do Trono de
  Deus no Céu. Miguel ficava à destra do Trono da
    Majestade e Lúcifer ficava à esquerda. Isso
  expressava que Cristo era o braço direito do Pai.
 Jesus ainda está simbolicamente à destra do Pai.




  HR, 15; VA, 35                                46
Lúcifer ficou com ciúmes
porque achava que deveria
ter os mesmos direitos que
Cristo. Miguel e o Pai
elaboraram criar outros
mundos, a Terra, o homem e
o Plano da Redenção; e
Lúcifer ficou de fora; isso
despertou inveja no coração
dele.




                              47
Lúcifer   satanás




                    48
Lúcifer e os outros anjos não compreendiam
que Miguel era Deus, porque o Pai ainda não
 havia revelado isso para eles. Jesus Cristo
era a única forma de expressão do caráter do
                     Pai.




S.Gifts, vol.
3 – 37 e VA,                             49
Deus não tinha como Se expressar para os anjos por
 causa do Seu imenso Poder; então, por amor a eles,
Ele expressou Sua imagem e Seu caráter através de
 Cristo. Por isso, os anjos e Lúcifer não tinham total
        compreensão da Divindade de Cristo.
Jesus foi a Pessoa da Divindade que Se achegou aos
anjos; que Se aproximou de Suas criaturas revelando50
                    o caráter do Pai.
O Pai habita em luz
 inacessível. I Tim. 6:
          16
  Isso significa que
  nenhum dos anjos
 poderá aproximar-se
da presença direta de
        Deus.

Ao olhar para o Pai o
que é que eles vêem?
Um brilho majestoso,
uma luz, talvez podem
  ver Sua forma.

                   51
Jesus é o resplendor da glória do Pai e Ele é
  a expressão da imagem da Sua pessoa.




                                          52
Então nos Céus, os anjos olhavam para o Pai,
    olhavam para a Sua glória, sabendo que não
 poderiam se aproximar; então eles tinham respeito,
reconheciam Sua autoridade, mas ao mesmo tempo
Deus precisava expressar para esses seres criados o
                                                 53
                     Seu amor.
Mas Ele tem o Filho,
revelado como
Miguel.



O Filho pode estar
no meio dos outros
anjos, e Se
comunicar com eles
Face a face, e
colocar o Seu braço
sobre os anjos
quando fala com
eles; ter uma relação
íntima com Suas
criaturas.
                 54
Assim, a Divindade pode amá-los e abraçá-
   los, expressando o Seu amor aos seres
     criados. Ao mesmo tempo Deus está
  efetuando Seu poder, Sua autoridade, Sua
glória, mas também Seu amor infinito através
                  de Miguel.             55
Qual foi a
iniqüidade que
surgiu no coração
de Lúcifer?




                    56
Isaías 14: 12-14

“Tu dizias no teu
coração: Eu subirei
ao Céu, acima das
estrelas de Deus
exaltarei o meu
trono, e no monte da
congregação me
assentarei, aos
lados do norte.
Subirei as alturas
das nuvens, e serei
semelhante ao
Altíssimo.”            57
Onde que começou a murmuração e o pecado
de Lúcifer?

No coração




Inicialmente ele não falava abertamente o que
pensava. Suas murmurações começaram em sua
mente e ele foi maquinando e alimentando o pecado;
antes de agir, ele pensou.
                                               58
Ele disse: “Eu subirei ao Céu, acima das estrelas de
Deus exaltarei o meu trono”.




                                                 59
Então, quando Lúcifer diz: “exaltarei o meu trono” –
     significa que ele queria ser o rei. Ele queria
estabelecer o seu próprio reino. Ele estava atacando
o Reino de Deus no Céu. Baseado em seu argumento,   60
       para ele a Lei de Deus era inadequada.
Quais eram as questões
  do Grande Conflito?




                    61
As 3 principais questões do Grande Conflito:




1ª Questão -
Lúcifer dizia:

“O Pai não é
justo!”


                                          62
2ª Questão –

Lúcifer dizia: “Sua
Lei não é justa! É
impossível de ser
   guardada“
                      63
3ª Questão –

Lúcifer dizia:
“Miguel não é Deus!”




                       64
Miguel era Aquele que
tinha direito de ir aos
Concílios de Deus.
Quando a Bíblia chama
Miguel de Arcanjo, não
significa que Ele é um
anjo. ARC significa o
Primeiro, o N° 1, o Chefe,
o Administrador de todos
os anjos. Esse título
significa que Ele tinha
autoridade sobre todos os
anjos. Miguel, o Arcanjo
era o Líder do Exército do
Céu – Aquele que é Deus.
                             65
Colossenses 1: 16 “Porque nEle foram criadas todas
as coisas que há nos Céus e na Terra... Tudo foi
criado por Ele e para Ele.“




   A Bíblia afirma em Hebreus 1: 2 que Jesus criou
 todos os mundos. “...A quem constituiu Herdeiro de
        tudo, por Quem fez também o mundo.”      66
Lúcifer não compreendia a
  Natureza de Miguel. Para
ele, Deus não estava sendo
                       justo.
            Seu argumento
               era: “Por que
                Miguel pôde
              participar dos
             Concílios e ele
Lúcifer não podia participar
                 não pôde?”
das reuniões, dos Concílios
de Deus, porque ele era um
ser criado e Miguel não era
    simplesmente um anjo -
 Miguel era Deus. E Lúcifer
    não compreendia isso e67
      invejava Sua posição.
A Bíblia fala que por causa desse Conflito a
terça parte dos anjos caiu – foram lançados
                 fora do Céu.




                                         68
Ellen White, por
inspiração (no livro
História da Redenção)
diz que imediatamente
depois do início desse
Conflito, Deus Pai
chamou o Seu Filho:
“Miguel! Venha à
Minha Presença.”
Então, Ele foi. E o Pai
disse: “Nós
precisamos agora
criar o novo mundo.
Nós precisamos
cumprir o nosso plano
de criar o homem.”

                   69
Quantos anjos
caíram do Céu?


  1/3 dos anjos




                  70
Zacarias 13: 7- 9 “Ó
espada, desperta-te
contra o Meu Pastor, e
contra o Homem que é
o Meu Companheiro,
diz o SENHOR dos
Exércitos. Fere ao
Pastor, e espalhar-se-
ão as ovelhas; mas
volverei a Minha mão
sobre os pequenos.




                   71
...E acontecerá em toda
a Terra, diz o SENHOR,
que as duas partes dela
serão extirpadas, e
expirarão; mas a
terceira parte restará
nela. E farei passar
esta terceira parte pelo
fogo, e a purificarei,
como se purifica a
prata, e a provarei,
como se prova o ouro.
Ela invocará o Meu
nome, e Eu a ouvirei;
direi: É Meu povo; e ela
dirá: O SENHOR é o
meu Deus.”
                    72
Quantas pessoas serão redimidas da Terra?
 A Bíblia ensina que o vazio que houve no Céu com a
A terça parte! anjos no Grande Conflito vai ser
     queda dos
preenchido e restaurado por nós, se formos fiéis. Não
            haverá mais esse vazio no Céu.
   Como é que isso vai acontecer?
Através da Conversão e da Justiça pela Fé.

RH,
29/05/1900;
VA, 49




                                                 73
Apocalipse 12: 9-12 “E foi precipitado o
grande dragão, a antiga serpente, chamada o
 diabo, e satanás, que engana todo o mundo;
 ele foi precipitado na Terra, e os seus anjos
           foram lançados com ele...




                                          74
“... Por isso alegrai-vos, ó Céus, e vós que
              neles habitais...”

        Por que eles podem ficar felizes?

                                          75
“...Ai dos que habitam na Terra e no mar;
porque o diabo desceu a vós, e tem grande
  ira, sabendo que já tem pouco tempo.” 76
A Bíblia descreve a
             queda de Lúcifer 2
          vezes: ele foi lançado
         inicialmente para fora
         do Céu quando pecou,
             mas mesmo assim
             ainda podia visitar
             outros mundos não
           caídos; ele poderia ir
            até a porta do Céu.




VA, 43                       77
Mas quando Jesus
    morreu na cruz,
 Lúcifer já não teve
mais a liberdade de
entrar nos planetas
  não caídos e não
poderia enganar os
   habitantes de lá.




                78
João 12: 31


“Agora é o juízo
deste mundo; agora
será expulso o
príncipe deste
mundo.”




                     79
A partir da cruz em
diante, Lúcifer veio
de vez para a Terra
e ficou confinado a
ela; perdeu o
acesso aos Céus.
Todo o poder que
tem agora, ele
exerce aqui na
Terra; toda sua
obra está
focalizada para o
nosso planeta.

                80
O Grande Conflito
que começou no
Céu foi transferido
para a Terra.
E o alvo dos
ataques de
satanás é a mente
do homem.



               81
E o homem diz: “Deus não é justo! Por que tantas
pessoas morrem por fome, pestes e terremotos? Por
que as crianças sofrem? Por que Deus permite essas
                                                 82
 coisas?”. Usa os mesmos argumentos de satanás.
83
Salmos 119: 126

“Já é tempo de
operares, ó Senhor,
pois eles têm
quebrantado Tua
Lei.”




                      84
Tristeza...




              85
Morte...




           86
Violência...




               87
88
Atos de Deus?



                89
Objeções Comuns:

Isaías 45: 7 “Eu
formo a luz, e crio
as trevas; Eu faço
paz, e crio o mal;
Eu, o Senhor, faço
todas estas
coisas.”




                      90
1




    91
Todas as
desgraças do
 mundo são
  frutos do
 governo de
   satanás




               92
Os Frutos da
 Liberdade que
Satanás Oferece




                  93
“Deus não criou o mal. Ele
fez apenas o bem, à Sua
própria semelhança...O mal,
o pecado e a morte... São o
resultado da desobediência
originada em satanás”. RH,
04/08/1910




                              94
Dois Tipos de Liberdade Oferecidas:

Liberdade – Estado
da pessoa livre de
restrição externa.
Liberdade –
Condição da pessoa
não sujeita a
escravidão ou
servidão.

                                  95
96
Provérbios 5: 22


     “Quanto ao
     ímpio, as suas
     iniqüidades o
     prenderão, e
     com as cordas
     do seu pecado
     será detido.”



                   97
Salmos 119: 45


    “E andarei em
    liberdade, pois
    busco os Teus
    preceitos.”




                      98
A Lei de Deus é a Lei
da Liberdade – Tiago
2: 12




                        99
E o homem diz: “ A Lei de
Deus não é justa! Nós não
precisamos nos preocupar
com a Lei de Deus porque
nós estamos debaixo da
graça...




                            100
O homem diz:

“Miguel (Cristo) não
é Deus. Jesus foi
criado pelo Pai. Ele
é um anjo ou um
deus inferior”.

Mais uma vez, o
mesmo argumento
usado por satanás.




                 101
Antes da expulsão de Lúcifer do Céu, o Pai chamou
  todos os habitantes do Céu para uma reunião por
causa das acusações e argumentos de Lúcifer. Deus
foi “forçado” a identificar e definir a Natureza de Seu
Filho. Deus teve que provar para os anjos que Miguel
                       era Deus.




 Então, Miguel veio perante os anjos e o Pai disse:
“Miguel tem a mesma autoridade que Eu tenho e as
 mesmas instruções que Eu dou, vocês como seres
     criados, devem obedecer ao Meu Filho.”
A mesma adoração dada ao Pai deveria ser dada ao
                       Filho.
                                                  102
                  HR, 13, 18 PP, 36, VA, 32, 33
Então, o Pai chama o Filho e
O consulta sobre executar
imediatamente o Seu
propósito de criar o homem
para habitar na Terra. HR, 19
VA, 47




                          Porque Deus viu as
                     intenções do coração de
                    Lúcifer e sabia qual seria
                           o resultado de 103
                                           sua
                                    rebelião.
Jesus então põe em execução o plano que já
 estava elaborado antes mesmo da queda de
Lúcifer: de criar a Terra com sua vida animal,
                                          104
          vegetal e o homem. HR, 20
Em certo ponto quase a metade dos
       anjos estava ao lado de Lúcifer, mas
          uma boa parte desses anjos se
         arrependeu e voltou para Deus.
        Pediram perdão e por causa disso
      houve uma reconciliação, e então, só a
            terça parte acabou caindo.

       Quando Deus anunciou que Miguel
      era Seu Filho, automaticamente isso
       significou em suas mentes que Ele
                   era Deus.
           A partir daí os anjos regozijaram;
       ficaram felizes e começaram a cantar e
        adorar a Deus. Todos exclamavam que
                     Deus é justo.
HR, 16, 18                                     105
Como recompensa
da fidelidade e
crença, os anjos         “Vocês crêem que o Meu
contemplaram               Filho é Deus? Então Eu
Jesus criando o               vou recompensá-los
mundo! A                           deixando vocês
diferença                acompanha-Lo criando o
fundamental entre                        mundo”.
os seres criados e   Quando os anjos ouviram que
o Criador é o        Jesus era Deus, eles tiveram
poder de criar.         que exercitar a fé de que
                      Miguel realmente era Deus.

Mas que prova que
eles tinham que
Miguel era Deus?

                                            106
Se tivermos essa mesma fé,
...então, no final do Milênio, depois
  que a Nova Jerusalém descer, ...
                                        107
...seremos
    recompensados ao
acompanharmos Deus
 recriando essa Terra.
   Jesus vai recriar os
 Novos Céus e a Nova
                 Terra.




                  108
O Planeta Terra




                  109
110
111
112
Satanás estava no
Éden e estava
pensando consigo
mesmo: o que
aconteceu quando
ele caiu do Céu...
Lembrava-se da
beleza do Céu...da
glória e a majestade
dos anjos...da
posição que ele
tinha antes de
cair...E quando ele
estava pensando
acerca disso, ele
percebeu que havia
cometido um grande
erro.                  113
E então, ele começou
a pensar: “O que eu
posso fazer para
poder voltar ao Céu?”
E ele teve uma idéia!
Ele juntou todos os
anjos caídos em torno
de si e disse: “Eu
tenho um plano: Nós
perdemos a nossa
posição no Céu, e por
causa do nosso erro,
seremos destruídos,
mas temos que fazer
alguma coisa para       114
voltar ao Céu...”
“...Vocês estão vendo
a nova Criação de
Deus? Adão e Eva? Se
nós conseguirmos
fazê-los desobedecer,
eu sei, que pelo
caráter de Deus, Ele
vai arranjar um jeito
de dar a eles uma
segunda chance...”




                        115
Um pouco antes desse episódio, satanás só
pensava: “eu tenho que voltar para o Céu.” E
  ele viu um dos anjos leais voando sobre o
 Jardim do Éden. E o chamou: “Eu preciso ter
uma conferência com Miguel.” E o anjo voltou
 e falou isso para Jesus. Satanás então teve
                                          116
          essa entrevista com Jesus.
HR, 26                 GC, 495, 496; VA, 40, 4


Quando satanás disse isso, Jesus olhou para
ele e começou a chorar incontrolavelmente.
  Jesus ainda chorando disse: ‘Não poderei deixá-lo
   voltar para o Céu. E a razão porque Eu estou lhe
dizendo isso é que a rebelião em seu coração é muito
    forte, e tu não estás tendo um arrependimento
                        sincero.”
  Ele disse a Jesus: “Sabe de uma coisa: eu
     cometi um grande erro! Estou muito
  arrependido. Por favor, deixe-me voltar ao
                     Céu.”
  Quando satanás ouviu isso ficou furioso.
                                         117
Satanás ficou arrasado e então planejou o
que ele depois propôs aos seus anjos. E como
resultado disso, Adão e Eva caíram. E assim
entrou o pecado no mundo e com ele a morte!



VA, 47




                                        118
Gênesis 3: 4, 5

“Certamente não
morrereis. Porque
Deus sabe que no
dia em que dele
comerdes se
abrirão os vossos
olhos, e sereis
como Deus,
sabendo o bem e
o mal.”
                       119
Em Outras Palavras...

 •Deus não te ama.
 •Deus é injusto.
 •Deus é egoísta.
 •Deus estabeleceu
 restrições
 desnecessárias.
 •Ele é um mentiroso.



                        120
Jó 1: 1

“Havia um homem
na terra de Uz, cujo
nome era Jó; e era
este homem íntegro,
reto, e temente a
Deus e desviava-se
do mal.”




                  121
Jó 1: 8

“E disse o Senhor a
Satanás: Observaste
tu a Meu servo Jó?
Porque ninguém há na
Terra semelhante a
ele, homem íntegro e
reto, temente a Deus,
e que se desvia do
mal.”


                    122
Jó 1: 16



“Fogo de Deus caiu do
céu, e queimou as ovelhas
e os servos...”




                            123
Jó 1: 22



  “Em tudo isto Jó
  não pecou, nem
  atribuiu a Deus
  falta alguma.”




                 124
Jó 13: 15

“Ainda que Ele me
mate, nEle
esperarei: contudo
os meus caminhos
defenderei diante
dEle.”




                 125
126
Jó 19: 25, 26

“Porque eu sei que
o meu Redentor
vive, e que por fim
Se levantará sobre
a Terra. E depois
de consumida a
minha pele,
contudo ainda em
minha carne verei a
Deus.”
                 127
Provérbios 29:18



“O que guarda a
Lei, esse é bem-
aventurado.”




                           128
2 Coríntios 3: 17



“Onde está o
Espírito do Senhor,
aí há liberdade.”




                               129
João 8: 32


“E conhecereis a
verdade, e a
verdade vos
libertará.”




                         130
Devemos desfrutar da liberdade que Deus
     oferece à humanidade, e rejeitar a
 filosofia de Lúcifer que diz que a paz e
  felicidade é possível sem obediência a
                    Deus.               131

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tabernáculo
TabernáculoTabernáculo
Tabernáculo
Watson Luiz
 
Três campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualTrês campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritual
Paulo Roberto
 
Lição 14 - O Milenio
Lição 14 - O MilenioLição 14 - O Milenio
Lição 14 - O Milenio
Sergio Silva
 
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus CristoLição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
Éder Tomé
 
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
Felicio Araujo
 
Quem são os sete reis de apocalipse 17?
Quem são os sete reis de apocalipse 17?Quem são os sete reis de apocalipse 17?
Quem são os sete reis de apocalipse 17?
Eduardo Sousa Gomes
 
Palestra maturidade cristã
Palestra   maturidade cristãPalestra   maturidade cristã
Palestra maturidade cristã
Junior Cesar Santiago
 
70 SEMANAS DE DANIEL
70 SEMANAS DE DANIEL70 SEMANAS DE DANIEL
70 SEMANAS DE DANIEL
ESTUDANTETEOLOGIA
 
O arrebatamento
O arrebatamentoO arrebatamento
Atributos de deus
Atributos de deusAtributos de deus
Atributos de deus
Jessé Lopes
 
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetasLição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
Éder Tomé
 
O pequeno tempo de angústia
O pequeno tempo de angústiaO pequeno tempo de angústia
O pequeno tempo de angústia
Eduardo Sousa Gomes
 
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Márcio Martins
 
13ª AULA - OS 144 MIL SELADOS DE ISRAEL
13ª AULA - OS 144 MIL SELADOS DE ISRAEL13ª AULA - OS 144 MIL SELADOS DE ISRAEL
13ª AULA - OS 144 MIL SELADOS DE ISRAEL
RODRIGO FERREIRA
 
CURSO COMPLETO DE CAPELANIA.pdf
CURSO COMPLETO DE CAPELANIA.pdfCURSO COMPLETO DE CAPELANIA.pdf
CURSO COMPLETO DE CAPELANIA.pdf
evanil2
 
Jejum
JejumJejum
Cura e libertação
Cura e libertaçãoCura e libertação
Cura e libertação
Batista Getsêmani
 
Panorama do NT - Apocalipse
Panorama do NT - ApocalipsePanorama do NT - Apocalipse
Panorama do NT - Apocalipse
Respirando Deus
 
Idolatria Moderna
Idolatria ModernaIdolatria Moderna
Idolatria Moderna
Marcelo Santos
 
História da Igreja #6
História da Igreja #6História da Igreja #6
História da Igreja #6
Respirando Deus
 

Mais procurados (20)

Tabernáculo
TabernáculoTabernáculo
Tabernáculo
 
Três campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualTrês campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritual
 
Lição 14 - O Milenio
Lição 14 - O MilenioLição 14 - O Milenio
Lição 14 - O Milenio
 
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus CristoLição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
 
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
 
Quem são os sete reis de apocalipse 17?
Quem são os sete reis de apocalipse 17?Quem são os sete reis de apocalipse 17?
Quem são os sete reis de apocalipse 17?
 
Palestra maturidade cristã
Palestra   maturidade cristãPalestra   maturidade cristã
Palestra maturidade cristã
 
70 SEMANAS DE DANIEL
70 SEMANAS DE DANIEL70 SEMANAS DE DANIEL
70 SEMANAS DE DANIEL
 
O arrebatamento
O arrebatamentoO arrebatamento
O arrebatamento
 
Atributos de deus
Atributos de deusAtributos de deus
Atributos de deus
 
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetasLição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
 
O pequeno tempo de angústia
O pequeno tempo de angústiaO pequeno tempo de angústia
O pequeno tempo de angústia
 
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
 
13ª AULA - OS 144 MIL SELADOS DE ISRAEL
13ª AULA - OS 144 MIL SELADOS DE ISRAEL13ª AULA - OS 144 MIL SELADOS DE ISRAEL
13ª AULA - OS 144 MIL SELADOS DE ISRAEL
 
CURSO COMPLETO DE CAPELANIA.pdf
CURSO COMPLETO DE CAPELANIA.pdfCURSO COMPLETO DE CAPELANIA.pdf
CURSO COMPLETO DE CAPELANIA.pdf
 
Jejum
JejumJejum
Jejum
 
Cura e libertação
Cura e libertaçãoCura e libertação
Cura e libertação
 
Panorama do NT - Apocalipse
Panorama do NT - ApocalipsePanorama do NT - Apocalipse
Panorama do NT - Apocalipse
 
Idolatria Moderna
Idolatria ModernaIdolatria Moderna
Idolatria Moderna
 
História da Igreja #6
História da Igreja #6História da Igreja #6
História da Igreja #6
 

Destaque

quinta - Você nasceu para vencer
quinta - Você nasceu para vencerquinta - Você nasceu para vencer
quinta - Você nasceu para vencer
Pibatef Primeira Igreja Batista
 
Licao20
Licao20Licao20
Licao20
Está Escrito
 
O dia escatológico do SENHOR
O dia escatológico do SENHORO dia escatológico do SENHOR
O dia escatológico do SENHOR
roberto5costa
 
ESTUDO SOBRE O NATA E NASCIMENTO DE JESUS
ESTUDO SOBRE O NATA E NASCIMENTO DE JESUSESTUDO SOBRE O NATA E NASCIMENTO DE JESUS
ESTUDO SOBRE O NATA E NASCIMENTO DE JESUS
Ieda Pinheiro
 
licao6.pps
licao6.ppslicao6.pps
PANORAMA BIBLICO 02
PANORAMA BIBLICO 02PANORAMA BIBLICO 02
PANORAMA BIBLICO 02
Ieda Pinheiro
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
Herbert de Carvalho
 
Apresentação TagPoint Empresas
Apresentação TagPoint EmpresasApresentação TagPoint Empresas
Apresentação TagPoint Empresas
Herbert de Carvalho
 
Manual igreja+nazareno 2009-2013_final
Manual igreja+nazareno 2009-2013_finalManual igreja+nazareno 2009-2013_final
Manual igreja+nazareno 2009-2013_final
Marcelo Petronilio
 
ESPERANÇA PARA UMA NOVA GERAÇAO
ESPERANÇA PARA UMA NOVA GERAÇAOESPERANÇA PARA UMA NOVA GERAÇAO
ESPERANÇA PARA UMA NOVA GERAÇAO
Pr Ivair Augusto
 
Daniel 12
Daniel 12Daniel 12
Daniel 12
Hezir Henrique
 
LIVROS DA BIBLIA 01
LIVROS  DA BIBLIA 01LIVROS  DA BIBLIA 01
LIVROS DA BIBLIA 01
Ieda Pinheiro
 
Explorando a historia e a politica da igreja do nazareno
Explorando a historia e a politica da igreja do nazarenoExplorando a historia e a politica da igreja do nazareno
Explorando a historia e a politica da igreja do nazareno
Marcelo Petronilio
 
Jejum
JejumJejum
3 tipos de pessoas
3 tipos de pessoas3 tipos de pessoas
3 tipos de pessoas
Fer Nanda
 
Nocoes-Basicas-Agricultura
Nocoes-Basicas-AgriculturaNocoes-Basicas-Agricultura
Nocoes-Basicas-Agricultura
Herbert de Carvalho
 
OS NOMES DE DEUS
OS NOMES DE DEUSOS NOMES DE DEUS
OS NOMES DE DEUS
Ieda Pinheiro
 
Power point Semana Santa (Padul 2013)
Power point Semana Santa (Padul 2013)Power point Semana Santa (Padul 2013)
Power point Semana Santa (Padul 2013)
JoaquinDiego
 
8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos
Igreja Presbiteriana de Dourados
 

Destaque (20)

quinta - Você nasceu para vencer
quinta - Você nasceu para vencerquinta - Você nasceu para vencer
quinta - Você nasceu para vencer
 
Licao20
Licao20Licao20
Licao20
 
O dia escatológico do SENHOR
O dia escatológico do SENHORO dia escatológico do SENHOR
O dia escatológico do SENHOR
 
ESTUDO SOBRE O NATA E NASCIMENTO DE JESUS
ESTUDO SOBRE O NATA E NASCIMENTO DE JESUSESTUDO SOBRE O NATA E NASCIMENTO DE JESUS
ESTUDO SOBRE O NATA E NASCIMENTO DE JESUS
 
licao6.pps
licao6.ppslicao6.pps
licao6.pps
 
PANORAMA BIBLICO 02
PANORAMA BIBLICO 02PANORAMA BIBLICO 02
PANORAMA BIBLICO 02
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
 
Apresentação TagPoint Empresas
Apresentação TagPoint EmpresasApresentação TagPoint Empresas
Apresentação TagPoint Empresas
 
Manual igreja+nazareno 2009-2013_final
Manual igreja+nazareno 2009-2013_finalManual igreja+nazareno 2009-2013_final
Manual igreja+nazareno 2009-2013_final
 
ESPERANÇA PARA UMA NOVA GERAÇAO
ESPERANÇA PARA UMA NOVA GERAÇAOESPERANÇA PARA UMA NOVA GERAÇAO
ESPERANÇA PARA UMA NOVA GERAÇAO
 
Daniel 12
Daniel 12Daniel 12
Daniel 12
 
LIVROS DA BIBLIA 01
LIVROS  DA BIBLIA 01LIVROS  DA BIBLIA 01
LIVROS DA BIBLIA 01
 
Explorando a historia e a politica da igreja do nazareno
Explorando a historia e a politica da igreja do nazarenoExplorando a historia e a politica da igreja do nazareno
Explorando a historia e a politica da igreja do nazareno
 
Jejum
JejumJejum
Jejum
 
3 tipos de pessoas
3 tipos de pessoas3 tipos de pessoas
3 tipos de pessoas
 
Nocoes-Basicas-Agricultura
Nocoes-Basicas-AgriculturaNocoes-Basicas-Agricultura
Nocoes-Basicas-Agricultura
 
OS NOMES DE DEUS
OS NOMES DE DEUSOS NOMES DE DEUS
OS NOMES DE DEUS
 
Power point Semana Santa (Padul 2013)
Power point Semana Santa (Padul 2013)Power point Semana Santa (Padul 2013)
Power point Semana Santa (Padul 2013)
 
8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos
 

Semelhante a O grande conflito e a Saúde

Conversão e justiça pela fé1
Conversão e justiça pela fé1Conversão e justiça pela fé1
Conversão e justiça pela fé1
Hezir Henrique
 
Lição 3 - A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual
Lição 3 - A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo EspiritualLição 3 - A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual
Lição 3 - A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual
Hamilton Souza
 
09 a mulher e o dragão
09   a mulher e o dragão09   a mulher e o dragão
09 a mulher e o dragão
Diego Fortunatto
 
A DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptx
A DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptxA DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptx
A DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptx
DassayevSilva
 
Angeologia
 Angeologia Angeologia
Angeologia
RODRIGO FERREIRA
 
Angelologia,satanologia,demonologia
Angelologia,satanologia,demonologiaAngelologia,satanologia,demonologia
Angelologia,satanologia,demonologia
Instituto Teológico Gamaliel
 
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptxANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
LucianoMachado52
 
Doutrina Dos Anjos Modulo 2
Doutrina Dos Anjos Modulo 2Doutrina Dos Anjos Modulo 2
Doutrina Dos Anjos Modulo 2
fogotv
 
A Origem do Mal.pptx
A Origem do Mal.pptxA Origem do Mal.pptx
A Origem do Mal.pptx
GlaucembergNovacosqu1
 
02=os símbolos das profecias
02=os símbolos das profecias02=os símbolos das profecias
02=os símbolos das profecias
Sueine Alves Alves
 
02=os símbolos das profecias
02=os símbolos das profecias02=os símbolos das profecias
02=os símbolos das profecias
Sueine Alves Alves
 
02=os símbolos das profecias
02=os símbolos das profecias02=os símbolos das profecias
02=os símbolos das profecias
Sueine Alves Alves
 
A natureza dos anjos slides
A natureza dos anjos   slidesA natureza dos anjos   slides
A natureza dos anjos slides
Vilma Longuini
 
Slide
SlideSlide
Satanás e seu destino
Satanás e seu destinoSatanás e seu destino
Satanás e seu destino
Antonio Ferreira
 
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
GiovanaCosta40
 
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
AndreLuizMontanheiro
 
Anjos e Demônios
Anjos e DemôniosAnjos e Demônios
Anjos e Demônios
Daniel de Carvalho Luz
 
21. gênesis
21. gênesis21. gênesis
21. gênesis
pohlos
 
A doutrina bíblica dos anjos
A doutrina bíblica dos anjosA doutrina bíblica dos anjos
A doutrina bíblica dos anjos
Wellington L. Silva
 

Semelhante a O grande conflito e a Saúde (20)

Conversão e justiça pela fé1
Conversão e justiça pela fé1Conversão e justiça pela fé1
Conversão e justiça pela fé1
 
Lição 3 - A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual
Lição 3 - A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo EspiritualLição 3 - A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual
Lição 3 - A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual
 
09 a mulher e o dragão
09   a mulher e o dragão09   a mulher e o dragão
09 a mulher e o dragão
 
A DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptx
A DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptxA DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptx
A DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptx
 
Angeologia
 Angeologia Angeologia
Angeologia
 
Angelologia,satanologia,demonologia
Angelologia,satanologia,demonologiaAngelologia,satanologia,demonologia
Angelologia,satanologia,demonologia
 
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptxANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
 
Doutrina Dos Anjos Modulo 2
Doutrina Dos Anjos Modulo 2Doutrina Dos Anjos Modulo 2
Doutrina Dos Anjos Modulo 2
 
A Origem do Mal.pptx
A Origem do Mal.pptxA Origem do Mal.pptx
A Origem do Mal.pptx
 
02=os símbolos das profecias
02=os símbolos das profecias02=os símbolos das profecias
02=os símbolos das profecias
 
02=os símbolos das profecias
02=os símbolos das profecias02=os símbolos das profecias
02=os símbolos das profecias
 
02=os símbolos das profecias
02=os símbolos das profecias02=os símbolos das profecias
02=os símbolos das profecias
 
A natureza dos anjos slides
A natureza dos anjos   slidesA natureza dos anjos   slides
A natureza dos anjos slides
 
Slide
SlideSlide
Slide
 
Satanás e seu destino
Satanás e seu destinoSatanás e seu destino
Satanás e seu destino
 
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
 
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
 
Anjos e Demônios
Anjos e DemôniosAnjos e Demônios
Anjos e Demônios
 
21. gênesis
21. gênesis21. gênesis
21. gênesis
 
A doutrina bíblica dos anjos
A doutrina bíblica dos anjosA doutrina bíblica dos anjos
A doutrina bíblica dos anjos
 

Mais de Herbert de Carvalho

Compendio de fichas de resgate veicular
Compendio de fichas de resgate veicularCompendio de fichas de resgate veicular
Compendio de fichas de resgate veicular
Herbert de Carvalho
 
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
Herbert de Carvalho
 
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMESOperação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
Herbert de Carvalho
 
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBMEstatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
Herbert de Carvalho
 
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRFBalanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
Herbert de Carvalho
 
Preparação para a crise final
Preparação para a crise finalPreparação para a crise final
Preparação para a crise final
Herbert de Carvalho
 
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - EmaterManual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
Herbert de Carvalho
 
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICA
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICAIntroducao-AGRICULTURA-ORGANICA
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICA
Herbert de Carvalho
 
Fertilidade-do-solo-adubacao
Fertilidade-do-solo-adubacaoFertilidade-do-solo-adubacao
Fertilidade-do-solo-adubacao
Herbert de Carvalho
 
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de PlantasDiagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
Herbert de Carvalho
 
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santo
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santoDiagnóstico das comdec do estado do espírito santo
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santo
Herbert de Carvalho
 
Relatório CIODES CBMES 2011
Relatório CIODES CBMES 2011Relatório CIODES CBMES 2011
Relatório CIODES CBMES 2011
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 21.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 21.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 21.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 21.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 20.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 20.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 20.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 20.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 19.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 19.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 19.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 19.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 18.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 18.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 18.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 18.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 17.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 17.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 17.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 17.ppt
Herbert de Carvalho
 

Mais de Herbert de Carvalho (20)

Compendio de fichas de resgate veicular
Compendio de fichas de resgate veicularCompendio de fichas de resgate veicular
Compendio de fichas de resgate veicular
 
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
 
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMESOperação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
 
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBMEstatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
 
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRFBalanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
 
Preparação para a crise final
Preparação para a crise finalPreparação para a crise final
Preparação para a crise final
 
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - EmaterManual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
 
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICA
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICAIntroducao-AGRICULTURA-ORGANICA
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICA
 
Fertilidade-do-solo-adubacao
Fertilidade-do-solo-adubacaoFertilidade-do-solo-adubacao
Fertilidade-do-solo-adubacao
 
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de PlantasDiagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
 
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santo
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santoDiagnóstico das comdec do estado do espírito santo
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santo
 
Relatório CIODES CBMES 2011
Relatório CIODES CBMES 2011Relatório CIODES CBMES 2011
Relatório CIODES CBMES 2011
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 21.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 21.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 21.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 21.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 20.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 20.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 20.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 20.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 19.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 19.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 19.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 19.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 18.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 18.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 18.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 18.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 17.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 17.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 17.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 17.ppt
 

O grande conflito e a Saúde

  • 3. O Céu – Sempre foi Um Lugar de Paz? 3
  • 4. 4
  • 5. 5
  • 6. Apocalipse 12: 7-8 “E houve batalha no Céu; Miguel e os Seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhavam o dragão e os seus anjos; Mas não prevaleceram, nem mais o seu 6 lugar se achou nos Céus.”
  • 7. Houve uma batalha no Céu. Nós temos 2 campos: Miguel e Seus anjos de um lado o dragão e seus anjos do outro lado 7
  • 8. Quem é o dragão? 8
  • 9. Quais são os outros nomes usados na Bíblia para o Dragão? 9
  • 10. Apoc 12: 9 “E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o diabo, e satanás, que engana todo o mundo; ...ele foi precipitado na Terra, e os seus anjos 10 foram lançados com ele.”
  • 11. O dragão é satanás 11
  • 12. Apocalipse 12: 10 “...já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite.” 12
  • 13. Isaías 14: 12 ”Como caíste desde o Céu, ó estrela da manhã, filha da alva!” 13
  • 14. Mateus 13: 39 “O inimigo, que o semeou, é o diabo.” 14
  • 15. 1 João 3: 12 “Não como Caim, que era do maligno.” 15
  • 16. 1 Pedro 5: 8 “O diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa 16 tragar.”
  • 17. João 8: 44 “Vós tendes por pai o diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio...Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.” 17
  • 18. “E chegando-se a ele o tentador…” Mateus 4: 3 18
  • 19. E Quem é o Arcanjo Miguel? 19
  • 20. Daniel 12: 1 “E naquele tempo se levantará Miguel, o grande Príncipe, que Se levanta a favor dos filhos do teu povo.” 20
  • 21. Daniel 9: 25 “Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe.” 21
  • 22. Judas 9 –“Mas o Arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda.” 22
  • 23. I Tessalonicenses. 4: 16 “Porque o mesmo Senhor descerá do Céu com alarido, e com Voz de Arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.” Nesse verso o que acontece quando o Arcanjo fala? À Voz do Arcanjo os mortos ressuscitam. 23
  • 24. João 5: 28-29 “... porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a Sua Voz...” 24
  • 25. João 5: 25 “Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a Voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão.” Quando Jesus fala, Os mortos ressuscitam! o que acontece? 25
  • 26. Miguel tem anjos subordinados a Ele. Os anjos Lhe obedecem e O adoram 26
  • 27. Miguel é Jesus Cristo! 27
  • 28. Miguel (Jesus) X Dragão (satanás) 28
  • 29. O que aconteceu como resultado dessa batalha? Apocalipse 12: 4 “E a sua cauda levou após si a terça parte das estrelas do Céu, e lançou-as sobre a Terra; e o dragão parou diante da mulher que havia de dar à luz, para que, dando ela à luz, lhe tragasse o Filho.” 29
  • 31. Apocalipse. 1: 20 “O mistério das sete estrelas, que viste na Minha destra, e dos sete castiçais de ouro. As sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete castiçais, que viste, são as sete igrejas.” estrelas = anjos 31
  • 32. Lucas 10: 18 “Eu via Satanás, como raio, cair do Céu.” 32
  • 33. Judas 6 “E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, (Deus) reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia.” 33
  • 34. A sua cauda levou a terça parte dos anjos. A cauda do dragão representa o que? Engano 34
  • 35. Isaias 9: 15 “O ancião e o homem de respeito é a cabeça; e o profeta que ensina a falsidade 35 é a cauda.”
  • 36. Então, o que satanás usou para causar a queda de 1/3 dos anjos? Satanás usou engano! Engano sobre o que? Qual foi a natureza do Conflito? 36
  • 37. Ezequiel 28: 11-15 “...Filho do homem, levanta uma lamentação sobre o rei de Tiro, e dize-lhe: Assim diz o Senhor Deus: Tu eras o selo da medida, cheio de sabedoria e perfeito em formosura. Estiveste no Éden, jardim de Deus; de toda a pedra preciosa era a tua cobertura: sardônica, topázio, diamante...” 37
  • 38. “...em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados...“ Ao analisarmos a palavra “pífaros” na linguagem original, vamos reconhecer que Lúcifer tinha pífaros que o capacitava a cantar em harmonia com 4 vozes. Ao cantar, se ouvia o soprano, o contralto, o tenor e 38 o baixo ao mesmo tempo.
  • 39. O verso 14 diz: “...Tu eras o querubim, ungido para cobrir...” Lúcifer era o querubim cobridor que cobria o Trono de Deus. E a Bíblia fala que Deus é Luz. Quando a Luz de Deus refletia sobre Lúcifer, ele ao sair da HR, 14, presença de Deus, ST, 28/04/1890 e 18/09/1893 refletia a Luz de Deus 39 para os outros.
  • 40. Ezequiel 28: 14, 15 “Tu eras o querubim ungido para cobrir, e te estabeleci; no monte santo de Deus estavas... Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia que foste criado, até que se achou iniqüidade em ti.” 40
  • 41. Ezequiel 28: 17-19 “Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor... Todos os que te conhecem entre os povos estão espantados de ti...” 41
  • 42. Eis o mistério da iniqüidade. Na estrutura hierárquica do Céu temos a Divindade: Deus - o Pai, Deus - o Filho e Deus – o Espírito Santo. Abaixo da Divindade estava Lúcifer. Os anjos o seguiam e o respeitavam. Como que alguém que era perfeito, alguém que estava ao lado do Trono de Deus, se encontrava com 42 pecado em seu coração?
  • 43. No Céu, Jesus não tinha o nome de Jesus; o nome dEle era Miguel; o Arcanjo que cobria. Havia um conflito entre 2 anjos: o Arcanjo que cobria X o querubim que cobria. O nome Miguel significa “Aquele que é como Deus” . Inicialmente não era claro para os anjos que Miguel era Deus. 43
  • 44. Em Zacarias 6: 12-13 a Bíblia fala sobre o Conselho de Paz entre o Pai e Jesus: “E fala-lhe, dizendo: Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Eis aqui o Homem cujo nome é RENOVO; Ele brotará do Seu lugar, e edificará o Templo do SENHOR. Ele mesmo edificará o Templo do SENHOR, e Ele levará a glória; ...assentar-se-á no Seu Trono e dominará, e será Sacerdote no Seu Trono, e Conselho de Paz haverá entre ambos os ofícios”. Aqui mostra Miguel tendo 44 uma reunião com o Pai.
  • 45. Por isso houve iniqüidade no coração de Lúcifer. Ele teve inveja porque queria participar do Conselho de Paz e não foi permitido. RH, 24/02/1874 45
  • 46. Miguel e Lúcifer eram “anjos” cobridores do Trono de Deus no Céu. Miguel ficava à destra do Trono da Majestade e Lúcifer ficava à esquerda. Isso expressava que Cristo era o braço direito do Pai. Jesus ainda está simbolicamente à destra do Pai. HR, 15; VA, 35 46
  • 47. Lúcifer ficou com ciúmes porque achava que deveria ter os mesmos direitos que Cristo. Miguel e o Pai elaboraram criar outros mundos, a Terra, o homem e o Plano da Redenção; e Lúcifer ficou de fora; isso despertou inveja no coração dele. 47
  • 48. Lúcifer satanás 48
  • 49. Lúcifer e os outros anjos não compreendiam que Miguel era Deus, porque o Pai ainda não havia revelado isso para eles. Jesus Cristo era a única forma de expressão do caráter do Pai. S.Gifts, vol. 3 – 37 e VA, 49
  • 50. Deus não tinha como Se expressar para os anjos por causa do Seu imenso Poder; então, por amor a eles, Ele expressou Sua imagem e Seu caráter através de Cristo. Por isso, os anjos e Lúcifer não tinham total compreensão da Divindade de Cristo. Jesus foi a Pessoa da Divindade que Se achegou aos anjos; que Se aproximou de Suas criaturas revelando50 o caráter do Pai.
  • 51. O Pai habita em luz inacessível. I Tim. 6: 16 Isso significa que nenhum dos anjos poderá aproximar-se da presença direta de Deus. Ao olhar para o Pai o que é que eles vêem? Um brilho majestoso, uma luz, talvez podem ver Sua forma. 51
  • 52. Jesus é o resplendor da glória do Pai e Ele é a expressão da imagem da Sua pessoa. 52
  • 53. Então nos Céus, os anjos olhavam para o Pai, olhavam para a Sua glória, sabendo que não poderiam se aproximar; então eles tinham respeito, reconheciam Sua autoridade, mas ao mesmo tempo Deus precisava expressar para esses seres criados o 53 Seu amor.
  • 54. Mas Ele tem o Filho, revelado como Miguel. O Filho pode estar no meio dos outros anjos, e Se comunicar com eles Face a face, e colocar o Seu braço sobre os anjos quando fala com eles; ter uma relação íntima com Suas criaturas. 54
  • 55. Assim, a Divindade pode amá-los e abraçá- los, expressando o Seu amor aos seres criados. Ao mesmo tempo Deus está efetuando Seu poder, Sua autoridade, Sua glória, mas também Seu amor infinito através de Miguel. 55
  • 56. Qual foi a iniqüidade que surgiu no coração de Lúcifer? 56
  • 57. Isaías 14: 12-14 “Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao Céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte. Subirei as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo.” 57
  • 58. Onde que começou a murmuração e o pecado de Lúcifer? No coração Inicialmente ele não falava abertamente o que pensava. Suas murmurações começaram em sua mente e ele foi maquinando e alimentando o pecado; antes de agir, ele pensou. 58
  • 59. Ele disse: “Eu subirei ao Céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono”. 59
  • 60. Então, quando Lúcifer diz: “exaltarei o meu trono” – significa que ele queria ser o rei. Ele queria estabelecer o seu próprio reino. Ele estava atacando o Reino de Deus no Céu. Baseado em seu argumento, 60 para ele a Lei de Deus era inadequada.
  • 61. Quais eram as questões do Grande Conflito? 61
  • 62. As 3 principais questões do Grande Conflito: 1ª Questão - Lúcifer dizia: “O Pai não é justo!” 62
  • 63. 2ª Questão – Lúcifer dizia: “Sua Lei não é justa! É impossível de ser guardada“ 63
  • 64. 3ª Questão – Lúcifer dizia: “Miguel não é Deus!” 64
  • 65. Miguel era Aquele que tinha direito de ir aos Concílios de Deus. Quando a Bíblia chama Miguel de Arcanjo, não significa que Ele é um anjo. ARC significa o Primeiro, o N° 1, o Chefe, o Administrador de todos os anjos. Esse título significa que Ele tinha autoridade sobre todos os anjos. Miguel, o Arcanjo era o Líder do Exército do Céu – Aquele que é Deus. 65
  • 66. Colossenses 1: 16 “Porque nEle foram criadas todas as coisas que há nos Céus e na Terra... Tudo foi criado por Ele e para Ele.“ A Bíblia afirma em Hebreus 1: 2 que Jesus criou todos os mundos. “...A quem constituiu Herdeiro de tudo, por Quem fez também o mundo.” 66
  • 67. Lúcifer não compreendia a Natureza de Miguel. Para ele, Deus não estava sendo justo. Seu argumento era: “Por que Miguel pôde participar dos Concílios e ele Lúcifer não podia participar não pôde?” das reuniões, dos Concílios de Deus, porque ele era um ser criado e Miguel não era simplesmente um anjo - Miguel era Deus. E Lúcifer não compreendia isso e67 invejava Sua posição.
  • 68. A Bíblia fala que por causa desse Conflito a terça parte dos anjos caiu – foram lançados fora do Céu. 68
  • 69. Ellen White, por inspiração (no livro História da Redenção) diz que imediatamente depois do início desse Conflito, Deus Pai chamou o Seu Filho: “Miguel! Venha à Minha Presença.” Então, Ele foi. E o Pai disse: “Nós precisamos agora criar o novo mundo. Nós precisamos cumprir o nosso plano de criar o homem.” 69
  • 70. Quantos anjos caíram do Céu? 1/3 dos anjos 70
  • 71. Zacarias 13: 7- 9 “Ó espada, desperta-te contra o Meu Pastor, e contra o Homem que é o Meu Companheiro, diz o SENHOR dos Exércitos. Fere ao Pastor, e espalhar-se- ão as ovelhas; mas volverei a Minha mão sobre os pequenos. 71
  • 72. ...E acontecerá em toda a Terra, diz o SENHOR, que as duas partes dela serão extirpadas, e expirarão; mas a terceira parte restará nela. E farei passar esta terceira parte pelo fogo, e a purificarei, como se purifica a prata, e a provarei, como se prova o ouro. Ela invocará o Meu nome, e Eu a ouvirei; direi: É Meu povo; e ela dirá: O SENHOR é o meu Deus.” 72
  • 73. Quantas pessoas serão redimidas da Terra? A Bíblia ensina que o vazio que houve no Céu com a A terça parte! anjos no Grande Conflito vai ser queda dos preenchido e restaurado por nós, se formos fiéis. Não haverá mais esse vazio no Céu. Como é que isso vai acontecer? Através da Conversão e da Justiça pela Fé. RH, 29/05/1900; VA, 49 73
  • 74. Apocalipse 12: 9-12 “E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o diabo, e satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na Terra, e os seus anjos foram lançados com ele... 74
  • 75. “... Por isso alegrai-vos, ó Céus, e vós que neles habitais...” Por que eles podem ficar felizes? 75
  • 76. “...Ai dos que habitam na Terra e no mar; porque o diabo desceu a vós, e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo.” 76
  • 77. A Bíblia descreve a queda de Lúcifer 2 vezes: ele foi lançado inicialmente para fora do Céu quando pecou, mas mesmo assim ainda podia visitar outros mundos não caídos; ele poderia ir até a porta do Céu. VA, 43 77
  • 78. Mas quando Jesus morreu na cruz, Lúcifer já não teve mais a liberdade de entrar nos planetas não caídos e não poderia enganar os habitantes de lá. 78
  • 79. João 12: 31 “Agora é o juízo deste mundo; agora será expulso o príncipe deste mundo.” 79
  • 80. A partir da cruz em diante, Lúcifer veio de vez para a Terra e ficou confinado a ela; perdeu o acesso aos Céus. Todo o poder que tem agora, ele exerce aqui na Terra; toda sua obra está focalizada para o nosso planeta. 80
  • 81. O Grande Conflito que começou no Céu foi transferido para a Terra. E o alvo dos ataques de satanás é a mente do homem. 81
  • 82. E o homem diz: “Deus não é justo! Por que tantas pessoas morrem por fome, pestes e terremotos? Por que as crianças sofrem? Por que Deus permite essas 82 coisas?”. Usa os mesmos argumentos de satanás.
  • 83. 83
  • 84. Salmos 119: 126 “Já é tempo de operares, ó Senhor, pois eles têm quebrantado Tua Lei.” 84
  • 86. Morte... 86
  • 88. 88
  • 90. Objeções Comuns: Isaías 45: 7 “Eu formo a luz, e crio as trevas; Eu faço paz, e crio o mal; Eu, o Senhor, faço todas estas coisas.” 90
  • 91. 1 91
  • 92. Todas as desgraças do mundo são frutos do governo de satanás 92
  • 93. Os Frutos da Liberdade que Satanás Oferece 93
  • 94. “Deus não criou o mal. Ele fez apenas o bem, à Sua própria semelhança...O mal, o pecado e a morte... São o resultado da desobediência originada em satanás”. RH, 04/08/1910 94
  • 95. Dois Tipos de Liberdade Oferecidas: Liberdade – Estado da pessoa livre de restrição externa. Liberdade – Condição da pessoa não sujeita a escravidão ou servidão. 95
  • 96. 96
  • 97. Provérbios 5: 22 “Quanto ao ímpio, as suas iniqüidades o prenderão, e com as cordas do seu pecado será detido.” 97
  • 98. Salmos 119: 45 “E andarei em liberdade, pois busco os Teus preceitos.” 98
  • 99. A Lei de Deus é a Lei da Liberdade – Tiago 2: 12 99
  • 100. E o homem diz: “ A Lei de Deus não é justa! Nós não precisamos nos preocupar com a Lei de Deus porque nós estamos debaixo da graça... 100
  • 101. O homem diz: “Miguel (Cristo) não é Deus. Jesus foi criado pelo Pai. Ele é um anjo ou um deus inferior”. Mais uma vez, o mesmo argumento usado por satanás. 101
  • 102. Antes da expulsão de Lúcifer do Céu, o Pai chamou todos os habitantes do Céu para uma reunião por causa das acusações e argumentos de Lúcifer. Deus foi “forçado” a identificar e definir a Natureza de Seu Filho. Deus teve que provar para os anjos que Miguel era Deus. Então, Miguel veio perante os anjos e o Pai disse: “Miguel tem a mesma autoridade que Eu tenho e as mesmas instruções que Eu dou, vocês como seres criados, devem obedecer ao Meu Filho.” A mesma adoração dada ao Pai deveria ser dada ao Filho. 102 HR, 13, 18 PP, 36, VA, 32, 33
  • 103. Então, o Pai chama o Filho e O consulta sobre executar imediatamente o Seu propósito de criar o homem para habitar na Terra. HR, 19 VA, 47 Porque Deus viu as intenções do coração de Lúcifer e sabia qual seria o resultado de 103 sua rebelião.
  • 104. Jesus então põe em execução o plano que já estava elaborado antes mesmo da queda de Lúcifer: de criar a Terra com sua vida animal, 104 vegetal e o homem. HR, 20
  • 105. Em certo ponto quase a metade dos anjos estava ao lado de Lúcifer, mas uma boa parte desses anjos se arrependeu e voltou para Deus. Pediram perdão e por causa disso houve uma reconciliação, e então, só a terça parte acabou caindo. Quando Deus anunciou que Miguel era Seu Filho, automaticamente isso significou em suas mentes que Ele era Deus. A partir daí os anjos regozijaram; ficaram felizes e começaram a cantar e adorar a Deus. Todos exclamavam que Deus é justo. HR, 16, 18 105
  • 106. Como recompensa da fidelidade e crença, os anjos “Vocês crêem que o Meu contemplaram Filho é Deus? Então Eu Jesus criando o vou recompensá-los mundo! A deixando vocês diferença acompanha-Lo criando o fundamental entre mundo”. os seres criados e Quando os anjos ouviram que o Criador é o Jesus era Deus, eles tiveram poder de criar. que exercitar a fé de que Miguel realmente era Deus. Mas que prova que eles tinham que Miguel era Deus? 106
  • 107. Se tivermos essa mesma fé, ...então, no final do Milênio, depois que a Nova Jerusalém descer, ... 107
  • 108. ...seremos recompensados ao acompanharmos Deus recriando essa Terra. Jesus vai recriar os Novos Céus e a Nova Terra. 108
  • 110. 110
  • 111. 111
  • 112. 112
  • 113. Satanás estava no Éden e estava pensando consigo mesmo: o que aconteceu quando ele caiu do Céu... Lembrava-se da beleza do Céu...da glória e a majestade dos anjos...da posição que ele tinha antes de cair...E quando ele estava pensando acerca disso, ele percebeu que havia cometido um grande erro. 113
  • 114. E então, ele começou a pensar: “O que eu posso fazer para poder voltar ao Céu?” E ele teve uma idéia! Ele juntou todos os anjos caídos em torno de si e disse: “Eu tenho um plano: Nós perdemos a nossa posição no Céu, e por causa do nosso erro, seremos destruídos, mas temos que fazer alguma coisa para 114 voltar ao Céu...”
  • 115. “...Vocês estão vendo a nova Criação de Deus? Adão e Eva? Se nós conseguirmos fazê-los desobedecer, eu sei, que pelo caráter de Deus, Ele vai arranjar um jeito de dar a eles uma segunda chance...” 115
  • 116. Um pouco antes desse episódio, satanás só pensava: “eu tenho que voltar para o Céu.” E ele viu um dos anjos leais voando sobre o Jardim do Éden. E o chamou: “Eu preciso ter uma conferência com Miguel.” E o anjo voltou e falou isso para Jesus. Satanás então teve 116 essa entrevista com Jesus.
  • 117. HR, 26 GC, 495, 496; VA, 40, 4 Quando satanás disse isso, Jesus olhou para ele e começou a chorar incontrolavelmente. Jesus ainda chorando disse: ‘Não poderei deixá-lo voltar para o Céu. E a razão porque Eu estou lhe dizendo isso é que a rebelião em seu coração é muito forte, e tu não estás tendo um arrependimento sincero.” Ele disse a Jesus: “Sabe de uma coisa: eu cometi um grande erro! Estou muito arrependido. Por favor, deixe-me voltar ao Céu.” Quando satanás ouviu isso ficou furioso. 117
  • 118. Satanás ficou arrasado e então planejou o que ele depois propôs aos seus anjos. E como resultado disso, Adão e Eva caíram. E assim entrou o pecado no mundo e com ele a morte! VA, 47 118
  • 119. Gênesis 3: 4, 5 “Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal.” 119
  • 120. Em Outras Palavras... •Deus não te ama. •Deus é injusto. •Deus é egoísta. •Deus estabeleceu restrições desnecessárias. •Ele é um mentiroso. 120
  • 121. Jó 1: 1 “Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó; e era este homem íntegro, reto, e temente a Deus e desviava-se do mal.” 121
  • 122. Jó 1: 8 “E disse o Senhor a Satanás: Observaste tu a Meu servo Jó? Porque ninguém há na Terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus, e que se desvia do mal.” 122
  • 123. Jó 1: 16 “Fogo de Deus caiu do céu, e queimou as ovelhas e os servos...” 123
  • 124. Jó 1: 22 “Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma.” 124
  • 125. Jó 13: 15 “Ainda que Ele me mate, nEle esperarei: contudo os meus caminhos defenderei diante dEle.” 125
  • 126. 126
  • 127. Jó 19: 25, 26 “Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim Se levantará sobre a Terra. E depois de consumida a minha pele, contudo ainda em minha carne verei a Deus.” 127
  • 128. Provérbios 29:18 “O que guarda a Lei, esse é bem- aventurado.” 128
  • 129. 2 Coríntios 3: 17 “Onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade.” 129
  • 130. João 8: 32 “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” 130
  • 131. Devemos desfrutar da liberdade que Deus oferece à humanidade, e rejeitar a filosofia de Lúcifer que diz que a paz e felicidade é possível sem obediência a Deus. 131