SlideShare uma empresa Scribd logo
•   Carina da Silva
•   Zúlmira Loupa
*Índice
* Contrastes do Mundo atual
* Crescimento e desenvolvimento
* Interligação: crescimento e desenvolvimento
* Desenvolvimento sustentável
* Desafios à sustentabilidade
* Nível de vida e qualidade de vida
* Povos mais felizes na Europa
* Indicadores como medida de desenvolvimento
* Contrastes a nível mundial através do IDH
*Contrastes do Mundo actual
* Nem todos os países tem o mesmo nível de riqueza e de bem
 estar, de uma forma geral podemos dizer que no Norte
 existem os países mais ricos enquanto que no Sul
 encontramos mais pobreza.
*Vida nos países pobres do Sul
* As principais actividades económicas são a
 agricultura, a criação de gado, pesca e
 exploração florestal.
* Devido ao excesso de população e de
 pobreza muitos habitantes migram do
 campo para as cidade em busca de uma
 vida melhor.
* Muitos trabalhos tem salários baixos e não
 oferecem segurança ao trabalhador.
* Guerras e cataclismos levam uma grande
 parte da população a migrar para ou Sul ou
 pelo menos grande parte sonha em faze-lo.
*Vida nos países ricos do Norte



* A riqueza destes países pode ser vista
 através das suas infra-estruturas, nas suas
 redes de transporte, comunicação,
 educação, saúde, sector comercial e pela
 qualificação profissional.
*Crescimento e desenvolvimento
 * Muitos países orientaram a
  sua economia para a
  produção em diversos
  sectores nomeadamente a
  indústria, a este tipo de
  modelo dá-se o nome de
  crescimento económico.
 * O crescimento económico
  conduz a um aumento de
  riqueza e dos salários,
  melhorando o nível de vida.
*Aspectos negativos do crescimento
            económico
                * Não beneficia todos os seres
                 humanos de forma igual;
                * Intensifica os contrastes sociais;
                * Degradação do ambiente
                 (poluição intensa);
                * Esgotamento dos recursos dos
                 países pobres em beneficiamento
                 dos países ricos (petróleo, ouro,
                 florestas, etc.)
*Novo modelo: Desenvolvimento
* Muitos países achavam que havia necessidade de
 criar um modelo que respondesse a estes
 problemas e que não se baseasse apenas na
 vertente económica e sim em outros aspectos
 como a cultura e a dimensão social para melhorar
 os níveis de educação e de saúde, criando o
 modelo de desenvolvimento.
* Mede-se pela qualidade de vida dos cidadãos,
 proporcionando um desenvolvimento económico
 mais harmonioso, igualando as oportunidades a
 todos independentemente da sua raça, sexo,
 orientação sexual.
*Interligação: crescimento e desenvolvimento
 * Os conceitos de crescimento e de desenvolvimento
  encontram-se interligados, embora não tenham o mesmo
  significado. O crescimento não se pode separar do
  desenvolvimento pois para as pessoas viverem bem tem
  de ter mais bens e serviços para distribuir.
*Desenvolvimento Sustentável
*Consiste em usar os recursos de
 modo a não comprometer as
 gerações futuras.
*O desenvolvimento sustentável
 depende do reconhecimento de
 que os recursos naturais são finitos.
*O desenvolvimento económico
 sugere qualidade em vez de
 quantidade, com a redução do uso
 das matérias-primas e produtos e o
 aumento da reutilização e da
 reciclagem.
*Desafios á sustentabilidade
* As condições de vida de muitos
 habitantes de várias regiões na
 Terra são precárias , sem acesso
 a educação, água potável,
 condições minimas de
 subsistência.
* Na Declaração do Milénio, os
 Estados-Membros da ONU
 comprometeram-se a cumprir 8
 objectivos até 2015 e um desses
 objectivos é reduzir para metade
 o número de pessoas que
 passam fome e que vive sem
 acesso a àgua potável
*Nível de vida e qualidade de vida
               * Melhor nível de vida não significa o
                aumento de bem estar e da
                qualidade de vida, pois este
                depende de questões económicas
                (rendimentos) e do poder de
                compra (aquisição de bens).
               * O bem estar e a qualidade de vida
                estão dependetes de vários
                factores: qualidade de saúde,
                educação, lazer, segurança pessoal,
                qualidade do ambiente, etc
*Quais os povos mais felizes na
            Europa?
              * Os paises com um maior indice
               de felicidade são: Dinamarca,
               Filândia, Irlanda, Suécia, Holanda
               e Luxemburgo, pois nestes países
               existe uma confiança com o
               governo, policia e a justiça e
               também onde a satisfação com
               a segurança social, educação e
               saúde é mais elevada ao
               contrário de países como
               Portugal, Itália e Grécia.
*Indicadores do desenvolvimento
*Instrumento estatistico que destingue paises
 desenvolvidos de paises em desenvolvimento.
*Baseia-se em informações económicas, politicas,
 sociais e demográficas.
*Permite saber a situação da região em termos
 de desenvolvimento , acompanhando a
 evolução ao longo dos tempos e definir
 estratégias para melhora-lo.
*Utilizam-se dois tipos de indicadores: os simples e
 os compostos.
*Indicadores Simples
* Cobrem vários aspectos da vida económica, social,
 politíca e demográfica.
* Indicadores económicos: PIB per capita; consumo de
 energia por habitante e produtividade do trabalho
* Indicadores demográficos: taxa de mortalidade infantil,
 esperança média de vida, taxa de crescimento anual e a
 percentagem de população urbana
* Indicadores socioculturais: taxas de analfebetismo e
 escolarização , telemóveis por hab, etc
* Indicadores Politícos: respeito pelos direitos humanos e da
 criança, igualdade de oportunidades para os dois sexos,
 percentagem de mulheres no governo
*Indicadores Compostos
* Inclui alguns indicadores simples, mas em 1990 a PNUD criou um
 indicador que sintetiza várias dimensões socioeconómicas.
* IDH -> Indice de Desenvolvimento Humano, permite avalias o nível
 de bem-estar das populações e emgloba 3 dimensões:
-Nível de vida (rendimento; PIB/HAB
-Longevidade (esperança média de vida)
-Nível de instrução (taxa de alfabetização)
* IDH varia de 0 a 1, sendo que quanto mais longe do 1 o país
 estiver mais carências tem
*Contrastes a nível mundial através
  do IDH
* Africa Subsariana estagnou devido
  ao retrocesso económico e às
  consequências catastróficas da
  SIDA.
* Um habitante da Islândia é 45 vezes
  mais rico do que um cidadão da
  Serra Leoa; vive duas vezes mais e
  tem uma taxa de escolaridade
  superior.
* Em 22 países em desenvolvimento a
  esperança média de vida é de 48
  anos, menos 28 anos do que os
  países densenvolvidos.
* Os Emirados Árabes Unidos em um
  rendimento médio superior ao da
  Rep. Checa mas um nível de IDH
  inferior porque o desempenho na
  educação é muito baixo.
*Portugal e os desequilíbrios
                   regionais
 * Demografia
 * A desertificação do interior do país
 * Economia
 * Produtividade
 * Emprego
 * Nível de ensino
 * Produto Interno Bruto
*Demografia
* D.João III tentou pela primeira vez
 fazer uma contagem de
 população existente no Reino.
* O primeiro censo foi realizado em
 1527 e contava com uma
 população de 1.100.000
 habitantes.
* O estudo da demografia ajuda a
 determinar a existência de mão
 de obra disponível numa região.
* A densidade populacional é a
 relação entre população e a
 superfície do território, expressada
 em habitantes por km2.
*Dertificação do interior do
                país é inevitável?
* O grupo concordou com a Mira Amaral, pois com os
 incentivos certos e apoios do Estado, o interior do país
 poderá ter mais vida.
* Ao criar novas oportunidades de trabalho nos locais rurais
 poderá atrair uma camada social que já está farta da vida
 na cidade.
*Índice de sustentabilidade
         Potencial
                * O Índice de
                  Sustentabilidade
                  potencial refere-se ao
                  número de pessoas
                  em idade activa para
                  cada idoso, ou seja
                  se o nº de população
                  ativa for inferior ao nº
                  de idosos o Estado
                  gastará mais dinheiro
                  em reformas do que o
                  receberá.
                * A região mais
                  afetada é a do Norte
*Mortalidade e Natalidade
 * A taxa de natalidade de uma população é o número
  total de nados-vivos por cada 1000 habitantes por ano.
 * As regiões com uma maior taxa de natalidade são os
  Açores e a Madeira, e com menor são o Centro e o
  Alentejo
 * A taxa de mortalidade é o número total de óbitos por
  cada 1000 habitantes por ano.
 * As regiões com maior taxa de mortalidade são o
  Alentejo e o Algarve e as de menor são a Península de
  Setúbal e o Norte.
*Economia
* Divide-se em 3 setores: primário, secundário e terciário.
* Setor primário: Conjunto de actividades que produzem
  matérias primas. Está dividido em: Agricultura,
  Pecuária, Caça, Pesca e Mineração.
* Setor secundário: Transforma os produtos do setor
  primário em bens de consumo.
* Setor terceário: Comercialização dos produtos e a
  oferta de serviços.
*Emprego
* Consiste na relação entre
 empregados e empregador com
 vista à prestação de um serviço
 em troca de um salário.
* A taxa de desemprego é a relação
 entre a população desempregada
 e a população ativa.
* A taxa de emprego é a ralção
 entre a população empregada e
 a população ativa
*Nível de ensino
*Num cenário cada vez
 mais tecnológico a
 qualificação da mão de
 obra terá de ser cada vez
 maior.
*O analfabetismo é o
 desconhecimento da
 alfabeto, ou seja não
 saber ler nem escrever.
*Em portugal cerca de 1
 milhão das pessoas é
 analfabeta.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

FunçãO Residenciial
FunçãO ResidenciialFunçãO Residenciial
FunçãO Residenciial
Ministério da Educação
 
Evolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesaEvolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesa
Ana Pais
 
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º AnoProblemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
713773
 
eografiaA organização das áreas urbanas
eografiaA organização das áreas urbanaseografiaA organização das áreas urbanas
eografiaA organização das áreas urbanas
bruno oliveira
 
27889847 areas-rurais
27889847 areas-rurais27889847 areas-rurais
27889847 areas-rurais
profcarladias
 
11º ano_Novas oportunidades para as áreas rurais
11º ano_Novas oportunidades para as áreas rurais11º ano_Novas oportunidades para as áreas rurais
11º ano_Novas oportunidades para as áreas rurais
Idalina Leite
 
A agricultura portuguesa e a política agrícola comum
A agricultura portuguesa e a política agrícola comumA agricultura portuguesa e a política agrícola comum
A agricultura portuguesa e a política agrícola comum
Ilda Bicacro
 
Geografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - PopulaçãoGeografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - População
Raffaella Ergün
 
Multifuncionalidade 11ºlh1
Multifuncionalidade 11ºlh1Multifuncionalidade 11ºlh1
Multifuncionalidade 11ºlh1
mariajosantos
 
Evolução da população portuguesa – 1950/2008
Evolução da população portuguesa – 1950/2008Evolução da população portuguesa – 1950/2008
Evolução da população portuguesa – 1950/2008
Idalina Leite
 
A organização das áreas urbanas em Portugal: as áreas funcionais - Geografia ...
A organização das áreas urbanas em Portugal: as áreas funcionais - Geografia ...A organização das áreas urbanas em Portugal: as áreas funcionais - Geografia ...
A organização das áreas urbanas em Portugal: as áreas funcionais - Geografia ...
713773
 
Documento apoio ao estudo indicadores de desenvolvimento
Documento apoio ao estudo indicadores de desenvolvimentoDocumento apoio ao estudo indicadores de desenvolvimento
Documento apoio ao estudo indicadores de desenvolvimento
Ministério da Educação
 
Identidade regional
Identidade regionalIdentidade regional
Identidade regional
cattonia
 
Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto
Áreas Metropolitanas de Lisboa e PortoÁreas Metropolitanas de Lisboa e Porto
Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto
Idalina Leite
 
As estruturas e os comportamentos demográficos
As estruturas e os comportamentos demográficosAs estruturas e os comportamentos demográficos
As estruturas e os comportamentos demográficos
Ilda Bicacro
 
Os desafios para portugal do alargamento da união europeia
Os desafios para portugal do alargamento da união europeiaOs desafios para portugal do alargamento da união europeia
Os desafios para portugal do alargamento da união europeia
Ilda Bicacro
 
As regiões portuguesas no contexto das políticas regionais da união europeia
As regiões portuguesas no contexto das políticas regionais da união europeiaAs regiões portuguesas no contexto das políticas regionais da união europeia
As regiões portuguesas no contexto das políticas regionais da união europeia
Ilda Bicacro
 
Expansão urbana
Expansão urbanaExpansão urbana
Expansão urbana
Cacilda Basto
 
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço ruralA inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
Idalina Leite
 
Espaço urbano cidades
Espaço urbano cidadesEspaço urbano cidades
Espaço urbano cidades
Idalina Leite
 

Mais procurados (20)

FunçãO Residenciial
FunçãO ResidenciialFunçãO Residenciial
FunçãO Residenciial
 
Evolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesaEvolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesa
 
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º AnoProblemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
 
eografiaA organização das áreas urbanas
eografiaA organização das áreas urbanaseografiaA organização das áreas urbanas
eografiaA organização das áreas urbanas
 
27889847 areas-rurais
27889847 areas-rurais27889847 areas-rurais
27889847 areas-rurais
 
11º ano_Novas oportunidades para as áreas rurais
11º ano_Novas oportunidades para as áreas rurais11º ano_Novas oportunidades para as áreas rurais
11º ano_Novas oportunidades para as áreas rurais
 
A agricultura portuguesa e a política agrícola comum
A agricultura portuguesa e a política agrícola comumA agricultura portuguesa e a política agrícola comum
A agricultura portuguesa e a política agrícola comum
 
Geografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - PopulaçãoGeografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - População
 
Multifuncionalidade 11ºlh1
Multifuncionalidade 11ºlh1Multifuncionalidade 11ºlh1
Multifuncionalidade 11ºlh1
 
Evolução da população portuguesa – 1950/2008
Evolução da população portuguesa – 1950/2008Evolução da população portuguesa – 1950/2008
Evolução da população portuguesa – 1950/2008
 
A organização das áreas urbanas em Portugal: as áreas funcionais - Geografia ...
A organização das áreas urbanas em Portugal: as áreas funcionais - Geografia ...A organização das áreas urbanas em Portugal: as áreas funcionais - Geografia ...
A organização das áreas urbanas em Portugal: as áreas funcionais - Geografia ...
 
Documento apoio ao estudo indicadores de desenvolvimento
Documento apoio ao estudo indicadores de desenvolvimentoDocumento apoio ao estudo indicadores de desenvolvimento
Documento apoio ao estudo indicadores de desenvolvimento
 
Identidade regional
Identidade regionalIdentidade regional
Identidade regional
 
Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto
Áreas Metropolitanas de Lisboa e PortoÁreas Metropolitanas de Lisboa e Porto
Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto
 
As estruturas e os comportamentos demográficos
As estruturas e os comportamentos demográficosAs estruturas e os comportamentos demográficos
As estruturas e os comportamentos demográficos
 
Os desafios para portugal do alargamento da união europeia
Os desafios para portugal do alargamento da união europeiaOs desafios para portugal do alargamento da união europeia
Os desafios para portugal do alargamento da união europeia
 
As regiões portuguesas no contexto das políticas regionais da união europeia
As regiões portuguesas no contexto das políticas regionais da união europeiaAs regiões portuguesas no contexto das políticas regionais da união europeia
As regiões portuguesas no contexto das políticas regionais da união europeia
 
Expansão urbana
Expansão urbanaExpansão urbana
Expansão urbana
 
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço ruralA inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
 
Espaço urbano cidades
Espaço urbano cidadesEspaço urbano cidades
Espaço urbano cidades
 

Semelhante a Desequilibrios regionais

Contrastes de desenvolvimento (...)
Contrastes de desenvolvimento (...)Contrastes de desenvolvimento (...)
Contrastes de desenvolvimento (...)
Rosária Zamith
 
ae_ai_8_1_contrastes_desenvolvimento_mundo_atual.pptx
ae_ai_8_1_contrastes_desenvolvimento_mundo_atual.pptxae_ai_8_1_contrastes_desenvolvimento_mundo_atual.pptx
ae_ai_8_1_contrastes_desenvolvimento_mundo_atual.pptx
HELENA PIRES
 
Contrastes de desenvolvimento (...)
Contrastes de desenvolvimento (...)Contrastes de desenvolvimento (...)
Contrastes de desenvolvimento (...)
Rosária Zamith
 
A Olhar O Mundo
A Olhar O MundoA Olhar O Mundo
A Olhar O Mundo
Ilda Bicacro
 
Economia 11.12 trabalho
Economia 11.12 trabalhoEconomia 11.12 trabalho
Economia 11.12 trabalho
André Barroso
 
Qualidade de vida em numeros
Qualidade de vida em numerosQualidade de vida em numeros
Qualidade de vida em numeros
Prof.Paulo/geografia
 
o desenvolvimento
o desenvolvimentoo desenvolvimento
o desenvolvimento
Andreia Teodoro
 
Países Desenvolvidos, subdesenvolvidos e emergentes
Países Desenvolvidos, subdesenvolvidos e emergentesPaíses Desenvolvidos, subdesenvolvidos e emergentes
Países Desenvolvidos, subdesenvolvidos e emergentes
Cintia Cristina Souza Pereira
 
Contrastes de desenvolvimento
Contrastes de desenvolvimentoContrastes de desenvolvimento
Contrastes de desenvolvimento
maria
 
Países desenvolvidos vs países em desenvolvimento
Países desenvolvidos vs países em desenvolvimentoPaíses desenvolvidos vs países em desenvolvimento
Países desenvolvidos vs países em desenvolvimento
lidia76
 
resumo 12º ano economia c 1º período
resumo 12º ano economia c 1º períodoresumo 12º ano economia c 1º período
resumo 12º ano economia c 1º período
Lia Treacy
 
Conceitos socieconômicos .pptx
Conceitos socieconômicos .pptxConceitos socieconômicos .pptx
Conceitos socieconômicos .pptx
utilizageoeduca
 
GEOGRAFIA: IDH
GEOGRAFIA: IDHGEOGRAFIA: IDH
GEOGRAFIA: IDH
BlogSJuniinho
 
População Brasileira..pptx
População Brasileira..pptxPopulação Brasileira..pptx
População Brasileira..pptx
SvioCarvalho10
 
Contrastes de desenvolvimento
Contrastes de desenvolvimentoContrastes de desenvolvimento
Contrastes de desenvolvimento
Mariana Sousa
 
Desenvolvimento econômico & idh
Desenvolvimento econômico & idhDesenvolvimento econômico & idh
Desenvolvimento econômico & idh
Wander Lúcio Barreto Barreto
 
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mc
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mcAspectos da população mundial e do brasil 1º mc
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mc
ProfMario De Mori
 
Slides 2º ano idh e objetivos do milênio
Slides 2º ano idh e objetivos do milênioSlides 2º ano idh e objetivos do milênio
Slides 2º ano idh e objetivos do milênio
Oberlania Alves
 
Lista+exame
Lista+exameLista+exame
Lista+exame
Bruna Kono
 
Contrastesde Desenvolvimento[1]
Contrastesde Desenvolvimento[1]Contrastesde Desenvolvimento[1]
Contrastesde Desenvolvimento[1]
isabelsilveira
 

Semelhante a Desequilibrios regionais (20)

Contrastes de desenvolvimento (...)
Contrastes de desenvolvimento (...)Contrastes de desenvolvimento (...)
Contrastes de desenvolvimento (...)
 
ae_ai_8_1_contrastes_desenvolvimento_mundo_atual.pptx
ae_ai_8_1_contrastes_desenvolvimento_mundo_atual.pptxae_ai_8_1_contrastes_desenvolvimento_mundo_atual.pptx
ae_ai_8_1_contrastes_desenvolvimento_mundo_atual.pptx
 
Contrastes de desenvolvimento (...)
Contrastes de desenvolvimento (...)Contrastes de desenvolvimento (...)
Contrastes de desenvolvimento (...)
 
A Olhar O Mundo
A Olhar O MundoA Olhar O Mundo
A Olhar O Mundo
 
Economia 11.12 trabalho
Economia 11.12 trabalhoEconomia 11.12 trabalho
Economia 11.12 trabalho
 
Qualidade de vida em numeros
Qualidade de vida em numerosQualidade de vida em numeros
Qualidade de vida em numeros
 
o desenvolvimento
o desenvolvimentoo desenvolvimento
o desenvolvimento
 
Países Desenvolvidos, subdesenvolvidos e emergentes
Países Desenvolvidos, subdesenvolvidos e emergentesPaíses Desenvolvidos, subdesenvolvidos e emergentes
Países Desenvolvidos, subdesenvolvidos e emergentes
 
Contrastes de desenvolvimento
Contrastes de desenvolvimentoContrastes de desenvolvimento
Contrastes de desenvolvimento
 
Países desenvolvidos vs países em desenvolvimento
Países desenvolvidos vs países em desenvolvimentoPaíses desenvolvidos vs países em desenvolvimento
Países desenvolvidos vs países em desenvolvimento
 
resumo 12º ano economia c 1º período
resumo 12º ano economia c 1º períodoresumo 12º ano economia c 1º período
resumo 12º ano economia c 1º período
 
Conceitos socieconômicos .pptx
Conceitos socieconômicos .pptxConceitos socieconômicos .pptx
Conceitos socieconômicos .pptx
 
GEOGRAFIA: IDH
GEOGRAFIA: IDHGEOGRAFIA: IDH
GEOGRAFIA: IDH
 
População Brasileira..pptx
População Brasileira..pptxPopulação Brasileira..pptx
População Brasileira..pptx
 
Contrastes de desenvolvimento
Contrastes de desenvolvimentoContrastes de desenvolvimento
Contrastes de desenvolvimento
 
Desenvolvimento econômico & idh
Desenvolvimento econômico & idhDesenvolvimento econômico & idh
Desenvolvimento econômico & idh
 
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mc
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mcAspectos da população mundial e do brasil 1º mc
Aspectos da população mundial e do brasil 1º mc
 
Slides 2º ano idh e objetivos do milênio
Slides 2º ano idh e objetivos do milênioSlides 2º ano idh e objetivos do milênio
Slides 2º ano idh e objetivos do milênio
 
Lista+exame
Lista+exameLista+exame
Lista+exame
 
Contrastesde Desenvolvimento[1]
Contrastesde Desenvolvimento[1]Contrastesde Desenvolvimento[1]
Contrastesde Desenvolvimento[1]
 

Mais de Karyn XP

Pedro calapez
Pedro calapezPedro calapez
Pedro calapez
Karyn XP
 
Importancia das novas tecnologias
Importancia das novas tecnologiasImportancia das novas tecnologias
Importancia das novas tecnologias
Karyn XP
 
Tibete
TibeteTibete
Tibete
Karyn XP
 
Corte
CorteCorte
Corte
Karyn XP
 
Btl carina silva e vanessa carvalho
Btl    carina silva e vanessa carvalhoBtl    carina silva e vanessa carvalho
Btl carina silva e vanessa carvalho
Karyn XP
 
Animação
AnimaçãoAnimação
Animação
Karyn XP
 
Otet
OtetOtet
Otet
Karyn XP
 
Revisao para historia
Revisao para historiaRevisao para historia
Revisao para historia
Karyn XP
 
Tcat
TcatTcat
Tcat
Karyn XP
 
10 jogos
10 jogos10 jogos
10 jogos
Karyn XP
 
Alimentação carina silva nº10
Alimentação carina silva nº10Alimentação carina silva nº10
Alimentação carina silva nº10
Karyn XP
 
Perfil do animador turística carina nº10 tiago montes nº32
Perfil do animador turística carina nº10 tiago montes nº32Perfil do animador turística carina nº10 tiago montes nº32
Perfil do animador turística carina nº10 tiago montes nº32
Karyn XP
 
Modelo tiat
Modelo tiatModelo tiat
Modelo tiat
Karyn XP
 
Museu do chiado
Museu do chiadoMuseu do chiado
Museu do chiado
Karyn XP
 
Viagem a lua
Viagem a luaViagem a lua
Viagem a lua
Karyn XP
 
Qualidade em destino turístico
Qualidade em destino turísticoQualidade em destino turístico
Qualidade em destino turístico
Karyn XP
 
Britsh airways
Britsh airwaysBritsh airways
Britsh airways
Karyn XP
 
Português
PortuguêsPortuguês
Português
Karyn XP
 
Visitas de hca
Visitas de hcaVisitas de hca
Visitas de hca
Karyn XP
 
O grito de edvard mun.0ch
O grito de edvard mun.0chO grito de edvard mun.0ch
O grito de edvard mun.0ch
Karyn XP
 

Mais de Karyn XP (20)

Pedro calapez
Pedro calapezPedro calapez
Pedro calapez
 
Importancia das novas tecnologias
Importancia das novas tecnologiasImportancia das novas tecnologias
Importancia das novas tecnologias
 
Tibete
TibeteTibete
Tibete
 
Corte
CorteCorte
Corte
 
Btl carina silva e vanessa carvalho
Btl    carina silva e vanessa carvalhoBtl    carina silva e vanessa carvalho
Btl carina silva e vanessa carvalho
 
Animação
AnimaçãoAnimação
Animação
 
Otet
OtetOtet
Otet
 
Revisao para historia
Revisao para historiaRevisao para historia
Revisao para historia
 
Tcat
TcatTcat
Tcat
 
10 jogos
10 jogos10 jogos
10 jogos
 
Alimentação carina silva nº10
Alimentação carina silva nº10Alimentação carina silva nº10
Alimentação carina silva nº10
 
Perfil do animador turística carina nº10 tiago montes nº32
Perfil do animador turística carina nº10 tiago montes nº32Perfil do animador turística carina nº10 tiago montes nº32
Perfil do animador turística carina nº10 tiago montes nº32
 
Modelo tiat
Modelo tiatModelo tiat
Modelo tiat
 
Museu do chiado
Museu do chiadoMuseu do chiado
Museu do chiado
 
Viagem a lua
Viagem a luaViagem a lua
Viagem a lua
 
Qualidade em destino turístico
Qualidade em destino turísticoQualidade em destino turístico
Qualidade em destino turístico
 
Britsh airways
Britsh airwaysBritsh airways
Britsh airways
 
Português
PortuguêsPortuguês
Português
 
Visitas de hca
Visitas de hcaVisitas de hca
Visitas de hca
 
O grito de edvard mun.0ch
O grito de edvard mun.0chO grito de edvard mun.0ch
O grito de edvard mun.0ch
 

Desequilibrios regionais

  • 1. Carina da Silva • Zúlmira Loupa
  • 2. *Índice * Contrastes do Mundo atual * Crescimento e desenvolvimento * Interligação: crescimento e desenvolvimento * Desenvolvimento sustentável * Desafios à sustentabilidade * Nível de vida e qualidade de vida * Povos mais felizes na Europa * Indicadores como medida de desenvolvimento * Contrastes a nível mundial através do IDH
  • 3. *Contrastes do Mundo actual * Nem todos os países tem o mesmo nível de riqueza e de bem estar, de uma forma geral podemos dizer que no Norte existem os países mais ricos enquanto que no Sul encontramos mais pobreza.
  • 4. *Vida nos países pobres do Sul * As principais actividades económicas são a agricultura, a criação de gado, pesca e exploração florestal. * Devido ao excesso de população e de pobreza muitos habitantes migram do campo para as cidade em busca de uma vida melhor. * Muitos trabalhos tem salários baixos e não oferecem segurança ao trabalhador. * Guerras e cataclismos levam uma grande parte da população a migrar para ou Sul ou pelo menos grande parte sonha em faze-lo.
  • 5. *Vida nos países ricos do Norte * A riqueza destes países pode ser vista através das suas infra-estruturas, nas suas redes de transporte, comunicação, educação, saúde, sector comercial e pela qualificação profissional.
  • 6. *Crescimento e desenvolvimento * Muitos países orientaram a sua economia para a produção em diversos sectores nomeadamente a indústria, a este tipo de modelo dá-se o nome de crescimento económico. * O crescimento económico conduz a um aumento de riqueza e dos salários, melhorando o nível de vida.
  • 7. *Aspectos negativos do crescimento económico * Não beneficia todos os seres humanos de forma igual; * Intensifica os contrastes sociais; * Degradação do ambiente (poluição intensa); * Esgotamento dos recursos dos países pobres em beneficiamento dos países ricos (petróleo, ouro, florestas, etc.)
  • 8. *Novo modelo: Desenvolvimento * Muitos países achavam que havia necessidade de criar um modelo que respondesse a estes problemas e que não se baseasse apenas na vertente económica e sim em outros aspectos como a cultura e a dimensão social para melhorar os níveis de educação e de saúde, criando o modelo de desenvolvimento. * Mede-se pela qualidade de vida dos cidadãos, proporcionando um desenvolvimento económico mais harmonioso, igualando as oportunidades a todos independentemente da sua raça, sexo, orientação sexual.
  • 9. *Interligação: crescimento e desenvolvimento * Os conceitos de crescimento e de desenvolvimento encontram-se interligados, embora não tenham o mesmo significado. O crescimento não se pode separar do desenvolvimento pois para as pessoas viverem bem tem de ter mais bens e serviços para distribuir.
  • 10. *Desenvolvimento Sustentável *Consiste em usar os recursos de modo a não comprometer as gerações futuras. *O desenvolvimento sustentável depende do reconhecimento de que os recursos naturais são finitos. *O desenvolvimento económico sugere qualidade em vez de quantidade, com a redução do uso das matérias-primas e produtos e o aumento da reutilização e da reciclagem.
  • 11. *Desafios á sustentabilidade * As condições de vida de muitos habitantes de várias regiões na Terra são precárias , sem acesso a educação, água potável, condições minimas de subsistência. * Na Declaração do Milénio, os Estados-Membros da ONU comprometeram-se a cumprir 8 objectivos até 2015 e um desses objectivos é reduzir para metade o número de pessoas que passam fome e que vive sem acesso a àgua potável
  • 12. *Nível de vida e qualidade de vida * Melhor nível de vida não significa o aumento de bem estar e da qualidade de vida, pois este depende de questões económicas (rendimentos) e do poder de compra (aquisição de bens). * O bem estar e a qualidade de vida estão dependetes de vários factores: qualidade de saúde, educação, lazer, segurança pessoal, qualidade do ambiente, etc
  • 13. *Quais os povos mais felizes na Europa? * Os paises com um maior indice de felicidade são: Dinamarca, Filândia, Irlanda, Suécia, Holanda e Luxemburgo, pois nestes países existe uma confiança com o governo, policia e a justiça e também onde a satisfação com a segurança social, educação e saúde é mais elevada ao contrário de países como Portugal, Itália e Grécia.
  • 14. *Indicadores do desenvolvimento *Instrumento estatistico que destingue paises desenvolvidos de paises em desenvolvimento. *Baseia-se em informações económicas, politicas, sociais e demográficas. *Permite saber a situação da região em termos de desenvolvimento , acompanhando a evolução ao longo dos tempos e definir estratégias para melhora-lo. *Utilizam-se dois tipos de indicadores: os simples e os compostos.
  • 15. *Indicadores Simples * Cobrem vários aspectos da vida económica, social, politíca e demográfica. * Indicadores económicos: PIB per capita; consumo de energia por habitante e produtividade do trabalho * Indicadores demográficos: taxa de mortalidade infantil, esperança média de vida, taxa de crescimento anual e a percentagem de população urbana * Indicadores socioculturais: taxas de analfebetismo e escolarização , telemóveis por hab, etc * Indicadores Politícos: respeito pelos direitos humanos e da criança, igualdade de oportunidades para os dois sexos, percentagem de mulheres no governo
  • 16. *Indicadores Compostos * Inclui alguns indicadores simples, mas em 1990 a PNUD criou um indicador que sintetiza várias dimensões socioeconómicas. * IDH -> Indice de Desenvolvimento Humano, permite avalias o nível de bem-estar das populações e emgloba 3 dimensões: -Nível de vida (rendimento; PIB/HAB -Longevidade (esperança média de vida) -Nível de instrução (taxa de alfabetização) * IDH varia de 0 a 1, sendo que quanto mais longe do 1 o país estiver mais carências tem
  • 17. *Contrastes a nível mundial através do IDH * Africa Subsariana estagnou devido ao retrocesso económico e às consequências catastróficas da SIDA. * Um habitante da Islândia é 45 vezes mais rico do que um cidadão da Serra Leoa; vive duas vezes mais e tem uma taxa de escolaridade superior. * Em 22 países em desenvolvimento a esperança média de vida é de 48 anos, menos 28 anos do que os países densenvolvidos. * Os Emirados Árabes Unidos em um rendimento médio superior ao da Rep. Checa mas um nível de IDH inferior porque o desempenho na educação é muito baixo.
  • 18. *Portugal e os desequilíbrios regionais * Demografia * A desertificação do interior do país * Economia * Produtividade * Emprego * Nível de ensino * Produto Interno Bruto
  • 19. *Demografia * D.João III tentou pela primeira vez fazer uma contagem de população existente no Reino. * O primeiro censo foi realizado em 1527 e contava com uma população de 1.100.000 habitantes. * O estudo da demografia ajuda a determinar a existência de mão de obra disponível numa região. * A densidade populacional é a relação entre população e a superfície do território, expressada em habitantes por km2.
  • 20. *Dertificação do interior do país é inevitável? * O grupo concordou com a Mira Amaral, pois com os incentivos certos e apoios do Estado, o interior do país poderá ter mais vida. * Ao criar novas oportunidades de trabalho nos locais rurais poderá atrair uma camada social que já está farta da vida na cidade.
  • 21. *Índice de sustentabilidade Potencial * O Índice de Sustentabilidade potencial refere-se ao número de pessoas em idade activa para cada idoso, ou seja se o nº de população ativa for inferior ao nº de idosos o Estado gastará mais dinheiro em reformas do que o receberá. * A região mais afetada é a do Norte
  • 22. *Mortalidade e Natalidade * A taxa de natalidade de uma população é o número total de nados-vivos por cada 1000 habitantes por ano. * As regiões com uma maior taxa de natalidade são os Açores e a Madeira, e com menor são o Centro e o Alentejo * A taxa de mortalidade é o número total de óbitos por cada 1000 habitantes por ano. * As regiões com maior taxa de mortalidade são o Alentejo e o Algarve e as de menor são a Península de Setúbal e o Norte.
  • 23. *Economia * Divide-se em 3 setores: primário, secundário e terciário. * Setor primário: Conjunto de actividades que produzem matérias primas. Está dividido em: Agricultura, Pecuária, Caça, Pesca e Mineração. * Setor secundário: Transforma os produtos do setor primário em bens de consumo. * Setor terceário: Comercialização dos produtos e a oferta de serviços.
  • 24. *Emprego * Consiste na relação entre empregados e empregador com vista à prestação de um serviço em troca de um salário. * A taxa de desemprego é a relação entre a população desempregada e a população ativa. * A taxa de emprego é a ralção entre a população empregada e a população ativa
  • 25. *Nível de ensino *Num cenário cada vez mais tecnológico a qualificação da mão de obra terá de ser cada vez maior. *O analfabetismo é o desconhecimento da alfabeto, ou seja não saber ler nem escrever. *Em portugal cerca de 1 milhão das pessoas é analfabeta.