SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Baixar para ler offline
Débito Técnico
                                           Vitor Castro
                                      facebook.com/aitproeg




sexta-feira, 28 de setembro de 12
O que é débito técnico ?



sexta-feira, 28 de setembro de 12
sexta-feira, 28 de setembro de 12
O que é débito técnico ?

                      • acúmulo de defeitos,
                      • baixa legibilidade de código,
                      • dados des-normalizados,
                      • arquitetura ineficiente,
                      • desenho pobre ...
sexta-feira, 28 de setembro de 12
Quadrante do débito
                               técnico
sexta-feira, 28 de setembro de 12
Quais os sintomas ?



sexta-feira, 28 de setembro de 12
sexta-feira, 28 de setembro de 12
Sintomas
                      • Demora para entregar o software 
                      • Errar estimativa
                      • Erros em produção 
                      • Projeto engesado
                      • Teste lentos 
                      • Classes com comentários de refactoring 
sexta-feira, 28 de setembro de 12
De quem é o problema ?



sexta-feira, 28 de setembro de 12
De quem é o problema ?

                      • Primeira causa de divida técnica:
                              processo
                      • Falha de comunicação e na colaboração
                              entre as pessoas



sexta-feira, 28 de setembro de 12
Qual a solução ?



sexta-feira, 28 de setembro de 12
Sistemas adaptativos
                                 complexos 


sexta-feira, 28 de setembro de 12
Use práticas
                                    emergentes !!!


sexta-feira, 28 de setembro de 12
Big Visible Charts



sexta-feira, 28 de setembro de 12
SPRINT de refactoring 



sexta-feira, 28 de setembro de 12
Uso de ferramentas

                      • Tracker
                      • Code smell
                      • Código morto
                      • Código duplicado
                      • Complexidade condicional 
sexta-feira, 28 de setembro de 12
Referências

        • Dívida técnica: precisando de crédito? Ou "Como
                evitar que o cobrador bata na sua porta!" - Agile
                Brazil 2012
        • http://martinfowler.com/bliki/
                TechnicalDebtQuadrant.html




sexta-feira, 28 de setembro de 12
Obrigado
                                        Vitor Castro

                                    facebook.com/aitproeg




sexta-feira, 28 de setembro de 12

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

[AgileTalk] Do Caos ao Resultado
[AgileTalk] Do Caos ao Resultado[AgileTalk] Do Caos ao Resultado
[AgileTalk] Do Caos ao ResultadoRoberto Brasileiro
 
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...André Suman Pereira
 
Curso Scrum e Métodos Ágeis 03
Curso Scrum e Métodos Ágeis 03Curso Scrum e Métodos Ágeis 03
Curso Scrum e Métodos Ágeis 03Luiz Duarte
 
A Lei de Murphy no Gerenciamento de Projetos
A Lei de Murphy no Gerenciamento de ProjetosA Lei de Murphy no Gerenciamento de Projetos
A Lei de Murphy no Gerenciamento de Projetosgorges
 
SCRUM - Produzindo Mais com Menos Tempo
SCRUM - Produzindo Mais com Menos TempoSCRUM - Produzindo Mais com Menos Tempo
SCRUM - Produzindo Mais com Menos TempoDev PP
 
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...André Suman Pereira
 
Teoria das Restrições de forma Ágil - AgileBrazil2014
Teoria das Restrições de forma Ágil - AgileBrazil2014Teoria das Restrições de forma Ágil - AgileBrazil2014
Teoria das Restrições de forma Ágil - AgileBrazil2014Bruno Machado Soares
 
Caso Prático Voice Technology
Caso Prático Voice TechnologyCaso Prático Voice Technology
Caso Prático Voice Technologyapantaliao
 
Curso Scrum e Métodos Ágeis 02
Curso Scrum e Métodos Ágeis 02Curso Scrum e Métodos Ágeis 02
Curso Scrum e Métodos Ágeis 02Luiz Duarte
 
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...Bruno Bemfica
 
Transformando idéias em aplicativos
Transformando idéias em aplicativosTransformando idéias em aplicativos
Transformando idéias em aplicativosDaniel Wayhs
 
Apresentação Conceitos TOC (Theory Of Constraints)
Apresentação Conceitos TOC (Theory Of Constraints)Apresentação Conceitos TOC (Theory Of Constraints)
Apresentação Conceitos TOC (Theory Of Constraints)RZachi
 
Gerenciamento de projetos
Gerenciamento de projetosGerenciamento de projetos
Gerenciamento de projetosMUltimeios
 
The Developers Conference POA 2017 - Como dosar métricas de produto e processo
The Developers Conference POA 2017 - Como dosar métricas de produto e processoThe Developers Conference POA 2017 - Como dosar métricas de produto e processo
The Developers Conference POA 2017 - Como dosar métricas de produto e processoRaphael Donaire Albino
 
Engenharia de Software I - Aula 5
Engenharia de Software I - Aula 5Engenharia de Software I - Aula 5
Engenharia de Software I - Aula 5Alessandro Almeida
 
Desenvolvimento produtos
Desenvolvimento produtosDesenvolvimento produtos
Desenvolvimento produtosIvan Tonet
 
Gestao Tatica GpMV
Gestao Tatica GpMVGestao Tatica GpMV
Gestao Tatica GpMVlooplearn
 

Mais procurados (19)

[AgileTalk] Do Caos ao Resultado
[AgileTalk] Do Caos ao Resultado[AgileTalk] Do Caos ao Resultado
[AgileTalk] Do Caos ao Resultado
 
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
 
Curso Scrum e Métodos Ágeis 03
Curso Scrum e Métodos Ágeis 03Curso Scrum e Métodos Ágeis 03
Curso Scrum e Métodos Ágeis 03
 
A Lei de Murphy no Gerenciamento de Projetos
A Lei de Murphy no Gerenciamento de ProjetosA Lei de Murphy no Gerenciamento de Projetos
A Lei de Murphy no Gerenciamento de Projetos
 
SCRUM - Produzindo Mais com Menos Tempo
SCRUM - Produzindo Mais com Menos TempoSCRUM - Produzindo Mais com Menos Tempo
SCRUM - Produzindo Mais com Menos Tempo
 
Método MASP
Método MASPMétodo MASP
Método MASP
 
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
Construindo uma cultura de agilidade - O processo de transformação de uma eng...
 
Teoria das Restrições de forma Ágil - AgileBrazil2014
Teoria das Restrições de forma Ágil - AgileBrazil2014Teoria das Restrições de forma Ágil - AgileBrazil2014
Teoria das Restrições de forma Ágil - AgileBrazil2014
 
Caso Prático Voice Technology
Caso Prático Voice TechnologyCaso Prático Voice Technology
Caso Prático Voice Technology
 
Curso Scrum e Métodos Ágeis 02
Curso Scrum e Métodos Ágeis 02Curso Scrum e Métodos Ágeis 02
Curso Scrum e Métodos Ágeis 02
 
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...
 
Transformando idéias em aplicativos
Transformando idéias em aplicativosTransformando idéias em aplicativos
Transformando idéias em aplicativos
 
Todasexta
TodasextaTodasexta
Todasexta
 
Apresentação Conceitos TOC (Theory Of Constraints)
Apresentação Conceitos TOC (Theory Of Constraints)Apresentação Conceitos TOC (Theory Of Constraints)
Apresentação Conceitos TOC (Theory Of Constraints)
 
Gerenciamento de projetos
Gerenciamento de projetosGerenciamento de projetos
Gerenciamento de projetos
 
The Developers Conference POA 2017 - Como dosar métricas de produto e processo
The Developers Conference POA 2017 - Como dosar métricas de produto e processoThe Developers Conference POA 2017 - Como dosar métricas de produto e processo
The Developers Conference POA 2017 - Como dosar métricas de produto e processo
 
Engenharia de Software I - Aula 5
Engenharia de Software I - Aula 5Engenharia de Software I - Aula 5
Engenharia de Software I - Aula 5
 
Desenvolvimento produtos
Desenvolvimento produtosDesenvolvimento produtos
Desenvolvimento produtos
 
Gestao Tatica GpMV
Gestao Tatica GpMVGestao Tatica GpMV
Gestao Tatica GpMV
 

Semelhante a Debito técnicos

Extreme programming
Extreme programmingExtreme programming
Extreme programmingVitor Castro
 
Comparação entre Frameworks Web Ágeis
Comparação entre Frameworks Web ÁgeisComparação entre Frameworks Web Ágeis
Comparação entre Frameworks Web ÁgeisFreedom DayMS
 
Arquitetura e qualidade de codigo
Arquitetura e qualidade de codigoArquitetura e qualidade de codigo
Arquitetura e qualidade de codigoThamara Hessel
 
Desenvolvimento Ágil com Drupal
Desenvolvimento Ágil com DrupalDesenvolvimento Ágil com Drupal
Desenvolvimento Ágil com DrupalRafael Caceres
 

Semelhante a Debito técnicos (6)

Extreme programming
Extreme programmingExtreme programming
Extreme programming
 
Comparação entre Frameworks Web Ágeis
Comparação entre Frameworks Web ÁgeisComparação entre Frameworks Web Ágeis
Comparação entre Frameworks Web Ágeis
 
Web Design Responsivo
Web Design ResponsivoWeb Design Responsivo
Web Design Responsivo
 
Arquitetura e qualidade de codigo
Arquitetura e qualidade de codigoArquitetura e qualidade de codigo
Arquitetura e qualidade de codigo
 
Desenvolvimento Ágil com Drupal
Desenvolvimento Ágil com DrupalDesenvolvimento Ágil com Drupal
Desenvolvimento Ágil com Drupal
 
Desenvolvimento Ágil com Drupal
Desenvolvimento Ágil com DrupalDesenvolvimento Ágil com Drupal
Desenvolvimento Ágil com Drupal
 

Mais de COTIC-PROEG (UFPA) (20)

LT - Redis
LT - RedisLT - Redis
LT - Redis
 
LT Ansible
LT AnsibleLT Ansible
LT Ansible
 
Testes automatizados com Cypress
Testes automatizados com CypressTestes automatizados com Cypress
Testes automatizados com Cypress
 
Loop back
Loop backLoop back
Loop back
 
METEOR
METEORMETEOR
METEOR
 
Desenvolvimento de software tradicional vs ágil
Desenvolvimento de software tradicional vs ágilDesenvolvimento de software tradicional vs ágil
Desenvolvimento de software tradicional vs ágil
 
Canva
CanvaCanva
Canva
 
Git v2
Git v2Git v2
Git v2
 
Atitudes que levam ao Fracasso profissional
Atitudes que levam ao Fracasso profissionalAtitudes que levam ao Fracasso profissional
Atitudes que levam ao Fracasso profissional
 
Os 5 Sensos da Qualidade
Os 5 Sensos da QualidadeOs 5 Sensos da Qualidade
Os 5 Sensos da Qualidade
 
WATSON - O Fascinante Computador da IBM
WATSON - O Fascinante Computador da IBMWATSON - O Fascinante Computador da IBM
WATSON - O Fascinante Computador da IBM
 
Produtividade sem enrrolação
Produtividade sem enrrolaçãoProdutividade sem enrrolação
Produtividade sem enrrolação
 
LAB JavaScript
LAB JavaScriptLAB JavaScript
LAB JavaScript
 
Principios e Valores Ágeis
Principios e Valores ÁgeisPrincipios e Valores Ágeis
Principios e Valores Ágeis
 
Big data
Big dataBig data
Big data
 
Metricas para Times Ágeis
Metricas para Times ÁgeisMetricas para Times Ágeis
Metricas para Times Ágeis
 
Aplicação de Abordagens Ágeis: Estudo de Caso de utlização do SCRUM – PROEG/UFPA
Aplicação de Abordagens Ágeis: Estudo de Caso de utlização do SCRUM – PROEG/UFPAAplicação de Abordagens Ágeis: Estudo de Caso de utlização do SCRUM – PROEG/UFPA
Aplicação de Abordagens Ágeis: Estudo de Caso de utlização do SCRUM – PROEG/UFPA
 
Técnicas para Programação em Par
Técnicas para Programação em ParTécnicas para Programação em Par
Técnicas para Programação em Par
 
Feedback Canvas
Feedback CanvasFeedback Canvas
Feedback Canvas
 
5 Doenças do Gerenciamento de Projetos
5 Doenças do Gerenciamento de Projetos5 Doenças do Gerenciamento de Projetos
5 Doenças do Gerenciamento de Projetos
 

Último

ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoMarcio Venturelli
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfInocencioHoracio3
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASMarcio Venturelli
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx2m Assessoria
 

Último (8)

ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 

Debito técnicos

  • 1. Débito Técnico Vitor Castro facebook.com/aitproeg sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 2. O que é débito técnico ? sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 3. sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 4. O que é débito técnico ? • acúmulo de defeitos, • baixa legibilidade de código, • dados des-normalizados, • arquitetura ineficiente, • desenho pobre ... sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 5. Quadrante do débito técnico sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 6. Quais os sintomas ? sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 7. sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 8. Sintomas • Demora para entregar o software  • Errar estimativa • Erros em produção  • Projeto engesado • Teste lentos  • Classes com comentários de refactoring  sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 9. De quem é o problema ? sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 10. De quem é o problema ? • Primeira causa de divida técnica: processo • Falha de comunicação e na colaboração entre as pessoas sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 11. Qual a solução ? sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 12. Sistemas adaptativos complexos  sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 13. Use práticas emergentes !!! sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 14. Big Visible Charts sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 15. SPRINT de refactoring  sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 16. Uso de ferramentas • Tracker • Code smell • Código morto • Código duplicado • Complexidade condicional  sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 17. Referências • Dívida técnica: precisando de crédito? Ou "Como evitar que o cobrador bata na sua porta!" - Agile Brazil 2012 • http://martinfowler.com/bliki/ TechnicalDebtQuadrant.html sexta-feira, 28 de setembro de 12
  • 18. Obrigado Vitor Castro facebook.com/aitproeg sexta-feira, 28 de setembro de 12