SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Baixar para ler offline
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG
Enfermagem
CURSO: Enfermagem
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG
TEMOS A PRONTA ENTREGA
WhatsApp: (91) 98764-0830
E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com
TEMOS A PRONTA ENTREGA
WhatsApp: (91) 98764-0830
E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com
TEMOS A PRONTA ENTREGA
WhatsApp: (91) 98764-0830
E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com
TEMOS A PRONTA ENTREGA
WhatsApp: (91) 98764-0830
E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG
Enfermagem
Curso: Enfermagem Semestre: 3º flex e 4º regular
Disciplinas:  Microbiologia
 Enfermagem e Trabalho
 Habilidades
 Fundamentos Semiológicos de Enfermagem
Professores  Flavia Soares Lassie
 Franciely Midori Bueno de Freitas
 Dayane Aparecida Scaramal
 Danieli Juliani Garbuio Tomedi
Competências:
 Aprofundar os conhecimentos da área específica.
 Refletir sobre as atividades relacionadas ao estudo.
 Desenvolver pensamento crítico sobre a atuação do
profissional de Enfermagem.
Habilidades: Ao concluir as etapas propostas neste desafio, você terá
desenvolvido as seguintes competências e habilidades:
 Possibilitar o desenvolvimento de trabalhos em grupo,
promovendo a capacidade de adaptação, comunicação e
integração do espírito de equipe.
 Promover formação teórico-prática possibilitando a vivência
concreta nas organizações, estimulando uma postura
investigativa e de análise crítico-reflexiva.
 Formar profissionais com visão integral, capacidade de
adaptação e flexibilidade, que atuem de forma
interdisciplinar.
 Capacitar para que os indivíduos possam tomar decisões
complexas com ética e responsabilidade.
 Permitir que os indivíduos consigam ampliar sua visão de
forma competitiva, promovendo melhorias nas organizações.
Objetivos da
Aprendizagem:
A produção textual é um procedimento metodológico de ensino
aprendizagem que tem por objetivos:
 Favorecer a aprendizagem.
 Estimular a corresponsabilidade do aluno pelo aprendizado
eficiente e eficaz.
 Promover o estudo dirigido a distância.
 Desenvolver os estudos independentes, sistemáticos e o
autoaprendizado.
 Oferecer diferentes ambientes de aprendizagem.
TEMOS A PRONTA ENTREGA
WhatsApp: (91) 98764-0830
E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG
Enfermagem
 Promover a aplicação da teoria e conceitos para a solução
de problemas práticos relativos à profissão.
 Direcionar o estudante para a busca do raciocínio crítico e a
emancipação intelectual.
Prezado(a) aluno(a),
Seja bem-vindo(a) a este semestre!
Essa proposta de Produção Textual Interdisciplinar em Grupo (PTG) possibilitará a
aprendizagem interdisciplinar dos conteúdos desenvolvidos nas disciplinas desse semestre.
Inicialmente, é importante que você realize a leitura atenta da situação descrita para, na
sequência, seguir as orientações apresentadas em cada uma das etapas subsequentes de modo a
organizar suas ideias para a conclusão, com qualidade, deste trabalho.
ORIENTAÇÃO DA PRODUÇÃO TEXTUAL
Formação dos grupos: os alunos devem formar grupos de 02 a 07 integrantes.
Atenção: todos os integrantes devem pertencer ao mesmo curso, série e turma. Somente após
o cadastro do grupo é que o trabalho deverá ser enviado no prazo estabelecido, sendo também
responsabilidade do líder do grupo. Quando o aluno responsável pelo cadastro do grupo e pelo
cadastro de atividade não realiza os procedimentos dentro do prazo devido, todo grupo fica
prejudicado. Por isso, é importante se atentar aos prazos.
Leitura e interpretação da SGA: Utilize seus conhecimentos teóricos adquiridos ao longo das
disciplinas desse semestre para interpretar a situação problema e responder aos desafios propostos.
Em grupo, produzam um texto de acordo com o modelo de trabalho acadêmico e as normas da ABNT,
contendo de 06 a 08 laudas (páginas), com exceção da capa, folha de rosto e referências.
TEMOS A PRONTA ENTREGA
WhatsApp: (91) 98764-0830
E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG
Enfermagem
SITUAÇÃO GERADORA DE APRENDIZAGEM (SGA)
Situação-problema
Cristina, sexo feminino, 47 anos de idade, não possui comorbidades e nem faz uso de
medicações de uso contínuo. Procurou o serviço hospitalar referindo dor abdominal súbita de
intensidade moderada. A paciente relatou que há 3 dias vem apresentando dor abdominal difusa,
associada a diarreia e inapetência (perda do apetite), além de mal-estar geral.
Na admissão, Cristina foi atendida pelo enfermeiro responsável pelo acolhimento, o qual
realizou o exame físico e identificou, entre outros achados, hipertermia (38,5ºC) e distensão
abdominal. Em seguida, passou por avaliação médica para investigação de apendicite aguda, que foi
confirmada por ultrassonografia de abdome. Após a realizar todos os procedimentos, a paciente foi
encaminhada ao Centro Cirúrgico para apendicectomia por videolaparoscopia.
Cristina evoluiu com regular estado geral nos dias seguintes do pós-operatório (PO), com
episódios de náuseas e vômitos. No terceiro PO, começou a apresentar picos febris, além de exsudato
purulento em ferida operatória, mesmo recebendo tratamento com antimicrobianos até aquele
momento. Dessa forma, novos exames laboratoriais foram coletados, bem como uma cultura do
exsudato por meio de swab, que evidenciou presença de Klebsiella pneumoniae produtora de
carbapenemase (KPC).
A partir disso, a Comissão Interna de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) orientou a
realização de isolamento com precaução de contato desse paciente, e explicou à equipe de
enfermagem que a Klebsiella pneumoniae é capaz de sobreviver em objetos inanimados ou fômites
(objetos com capacidade de absorver, reter e transportar organismos contagiantes ou infecciosos,
como por exemplo, estetoscópio, sapatos), colonizar o corpo humano e causar infecções graves em
pacientes imunocomprometidos como Cristina.
Diante dessa situação-problema, reflitam e elaborem um texto com os seguintes desafios:
DESAFIO 1: Os microrganismos causam diversos tipos de doenças infecciosas e apesar do amplo
espectro de antibióticos existentes, eles ainda continuam ganhando a batalha na cura das infecções.
TEMOS A PRONTA ENTREGA
WhatsApp: (91) 98764-0830
E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG
Enfermagem
Descreva como o uso irracional dos antibióticos geram o surgimento e a disseminação de resistência
microbiana. O que se pode entender por resistência microbiana? No caso do paciente citado, a
bactéria encontrada na ferida cirúrgica é a Klebsiella pneumoniae, um bacilo Gram-negativo,
anaeróbio facultativo, membro da família Enterobacteriaceae, que é capaz de produzir a
carbapenemase. Assim, identifique qual é o tipo de resistência apresentado por essa bactéria.
DESAFIO 2: Por meio da avaliação completa (anamnese e exame físico), o enfermeiro é capaz de
identificar os sinais e sintomas apresentados pelo paciente, os quais serão determinantes na
elaboração dos diagnósticos de enfermagem e, consequentemente, do plano de cuidados. Partindo
do pressuposto de que as informações obtidas tanto no momento da admissão hospitalar, quanto
no pós-operatório, embasarão uma assistência de qualidade, reflita: quais sinais e sintomas devem
ser investigados nesse caso? Quais são os métodos propedêuticos utilizados no exame físico do
sistema digestório, e qual a sequência correta para a sua realização? Existe algum método especial
que possa ser empregado?
DESAFIO 3: A infecção hospitalar por bactéria multirresistente infelizmente é comum em quase todas
as instituições de saúde, é de responsabilidade Serviço de Controle de Infecção Hospitalar - SCIH,
estabelecer normas e rotinas para conter sua disseminação, uma vez que este tipo de ocorrência
pode acarretar quadros clínicos mais graves (EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES,
2019). Por isso, o desafio é identificar o tipo de precaução (padrão, contato, aerossóis ou gotículas)
a ser estabelecido, para que a transmissão da Klebsiella pneumoniae produtora de carbapenemase
(KPC) seja minimizada. Identificado o tipo de precaução a ser instituída nesta situação, descreva as
recomendações para a equipe de saúde, no que se refere às medidas de proteção e contenção de
uma possível disseminação de KPC. Ao responder, reflita a importância de medidas de proteção para
a saúde dos trabalhadores e aos demais pacientes.
DESAFIO 4: Atualmente, ainda temos na maioria das instituições hospitalares a utilização de
prontuários manuais e eles ficam dispostos no posto de enfermagem para a utilização de todos os
profissionais que estão prestando assistência aos pacientes (técnicos de enfermagem, enfermeiro,
TEMOS A PRONTA ENTREGA
WhatsApp: (91) 98764-0830
E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG
Enfermagem
médico, fisioterapeuta, nutricionista, entre outros). Nesse sentido, após a avaliação do paciente, o
enfermeiro realiza a evolução de enfermagem nesse prontuário. É possível que ocorra a
disseminação de microrganismos durante a execução dessas tarefas? Justifique.
DESAFIO 5: Diante da situação-problema apresentada, não podemos nos esquecer que os
profissionais da área da saúde que trabalham em contato direto com os pacientes estão expostos em
todo o momento a diversos riscos no ambiente hospitalar, e para isso, ações devem ser planejadas e
implementadas com o intuito de diminuir possíveis prejuízos à saúde ocupacional desses
funcionários. Diante de todo o contexto evidenciado pelo caso apresentado, explique qual o tipo de
risco que os profissionais que estão realizando o cuidado direto a Cristina estão expostos. Os
profissionais que trabalham expostos a esse tipo de risco recebem em seus salários o adicional de
insalubridade? Explique o conceito e os graus de insalubridade.
SUGESTÕES DE BIBLIOGRAFIAS
ALMEIDA, W. B. et al. Infecção hospitalar: controle e disseminação nas mãos dos profissionais de
saúde de uma Unidade de Terapia Intensiva. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 11, n. 2, 2018.
Disponível em: https://acervomais.com.br/index.php/saude/article/view/130/93. Acesso em: 16
jul. 2021.
BRASIL. Ministério da Economia. Secretaria do Trabalho. Norma Regulamentadora nº15- Atividades
e Operações Insalubres. Disponível em: https://bit.ly/3fUmWwt. Acesso em: 19 jul. 2021.
BRASIL. Ministério da Saúde. Classificação de risco dos agentes biológicos. Brasília: Ministério da
Saúde, 2017. Disponível em: https://bit.ly/39sLAll. Acesso em: 22 jul. 2020.
CUSTÓDIO, J. et al. Avaliação microbiológica das mãos de profissionais da saúde de um hospital
particular de Itumbiara, Goiás. Rev. Ciênc. Méd., Campinas, v. 18, n 1, 2009. Disponível em:
https://bit.ly/3hycE5D. Acesso em: 19 jul. 2021.
DIESTMANN, R. Avaliação fenotípica da enzima Klebsiella pneumoniae carbapenemase (KPC) em
Enterobacteriaceae de ambiente hospitalar. Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial,
v.46, n.1, 2010.
EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES. Hospital Universitário Professor Polydoro
Ernani de São Thiago. Plano de Contenção de Disseminação de Bactérias Multirresistentes.
Florianópolis, Santa Catariana. 42 p. 2019. Disponível em: http://www.hu.ufsc.br/setores/ccih/wp-
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG
Enfermagem
content/uploads/sites/16/2019/11/Plano-conten%C3%A7%C3%A3o-2019-2020-EBSERH-19-
novembro-em-pdf.pdf. Acesso em: 16 jul. 2021.
HINKLE, J. L; CHEEVER, K. H. Brunner e Suddarth: tratado de enfermagem médico-cirúrgica. 13. ed.
Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2016. (Minha Biblioteca)
HOSPITAL REGIONAL DO SERTÃO CENTRAL. Manual: precauções e isolamentos – SCIH.
Quixeramobim – CE, 2020. Disponível em:
https://isgh.org.br/intranet/images/Dctos/PDF/HRSC/HRSC_MANUAIS/MANUAL_HRSC_PRECAUCO
ES_E_ISOLAMENTOS_SCIH_280720.pdf. Acesso em: 16 jul. 2021.
LEITE, A. L. B. Anamnese e exame físico: avaliação diagnóstica de enfermagem no adulto. 2 ed.
Porto Alegre: Artmed, 2010. (Minha Biblioteca)
ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DA PRODUÇÃO TEXTUAL
Para o desenvolvimento deste trabalho, você deverá refletir sobre a situação-problema que
envolve a elaboração de um relatório apresentando os conteúdos didáticos envolvidos na SGA.
A equipe deverá consultar e se fundamentar nas teleaulas, webaulas, sugestões de leitura e
no livro-texto disponível na Biblioteca Digital, bem como, contar com a orientação dos tutores a
distância por meio do sistema de mensagens.
Elaborem uma redação coesa, coerente e com argumentos acadêmico-científicos de modo
fluido com as seguintes etapas: 
  Introdução: Contextualização da situação apresentada e indicação dos conteúdos que serão
desenvolvidos ao longo do texto. 
 Desenvolvimento: Abordagem de todos os temas propostos nos desafios a partir de
uma redação coesa e discursiva, em vez de respostas diretas. 
 Conclusão: Em um único parágrafo, descrever a conclusão que o grupo chegou sobre o caso
ao considerar, em especial, o título da temática dessa produção textual. 
 Referências: Listar as referências das obras que foram consultadas e a formatação da
produção textual interdisciplinar em grupo, de acordo com as normas da ABNT (orientações no
arquivo anexo). 
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG
Enfermagem
NORMAS PARA ELABORAÇÃO E ENTREGA DA PRODUÇÃO TEXTUAL
 O trabalho será realizado em grupo.
 O cadastro do trabalho deverá ser feito na pasta específica (“atividades
interdisciplinares”), obedecendo ao prazo limite de postagem, conforme disposto no cronograma
do curso. Não existe prorrogação para a postagem da atividade.
 O trabalho final que será postado no ambiente virtual de aprendizagem deve conter de 06
até, no máximo, 08 laudas (considerando-se apenas a produção textual em si, com introdução,
desenvolvimento e conclusão, excetuando-se os elementos pré e pós-textuais).
 Deve conter, depois de pronto, capa e folha de rosto padrão do curso, sendo organizado no
que tange à sua apresentação visual (tipos e tamanhos de fontes, alinhamento do texto,
espaçamentos de parágrafos, apresentação correta de citações e referências, entre outros
elementos importantes). Essas orientações estão disponíveis na Biblioteca Digital da instituição.
 A produção textual é um trabalho original e, portanto, não poderá haver trabalhos idênticos
aos de outros grupos ou com reprodução de materiais extraídos da internet. Os trabalhos
plagiados serão invalidados, sendo os alunos reprovados na atividade. Lembrem-se de que a
prática do plágio constitui crime, com pena prevista em lei, e deve ser evitada no âmbito
acadêmico.
 Não serão aceitos, sob nenhuma hipótese, trabalhos enviados em PDF.
CRITÉRIOS AVALIATIVOS
Apresentamos os critérios avaliativos que nortearão a devolutiva escrita e o conceito a ser dado:
Critério Significado Valor/peso
Coerência, clareza
e coesão
O texto apresenta uma linguagem de fácil
compreensão, apresentando os argumentos de modo
claro e coeso.
20%
Aplicação dos
conteúdos
interdisciplinares
No texto escrito (com as justificativas e
argumentações) as ideias apresentam relação direta
com a situação descrita e explicitam conteúdos
trabalhados em TODAS as disciplinas do semestre.
30%
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG
Enfermagem
Riqueza de
argumentação
O texto tem relação direta com o tema, traduzem uma
reflexão crítica e contempla os pontos estabelecidos
no roteiro.
30%
Conclusão As considerações finais refletem, de fato, a resolução
da problemática pelo grupo sobre a SGA sem
repetições ou redundâncias.
10%
Normatização Respeito às normas do manual e da ABNT. 10%
Um ótimo trabalho!
Equipe de professoras

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Desenvolver um olhar amplo das potencialidades que a educação física pode exe...
Desenvolver um olhar amplo das potencialidades que a educação física pode exe...Desenvolver um olhar amplo das potencialidades que a educação física pode exe...
Desenvolver um olhar amplo das potencialidades que a educação física pode exe...HELENO FAVACHO
 
Alterações sistêmicas e sequelas no paciente acometido pelo covid 19 e sua re...
Alterações sistêmicas e sequelas no paciente acometido pelo covid 19 e sua re...Alterações sistêmicas e sequelas no paciente acometido pelo covid 19 e sua re...
Alterações sistêmicas e sequelas no paciente acometido pelo covid 19 e sua re...HELENO FAVACHO
 
Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...
Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...
Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...HELENO FAVACHO
 
A importância da radiologia na identificação e tratamento da covid 19 – tecno...
A importância da radiologia na identificação e tratamento da covid 19 – tecno...A importância da radiologia na identificação e tratamento da covid 19 – tecno...
A importância da radiologia na identificação e tratamento da covid 19 – tecno...HELENO FAVACHO
 
A atuação da gestão escolar na promoção da aprendizagem dos estudantes educaç...
A atuação da gestão escolar na promoção da aprendizagem dos estudantes educaç...A atuação da gestão escolar na promoção da aprendizagem dos estudantes educaç...
A atuação da gestão escolar na promoção da aprendizagem dos estudantes educaç...HELENO FAVACHO
 
O caso do restaurante alho & cebola processos gerenciais semestre 3º fl...
O caso do restaurante alho & cebola   processos gerenciais semestre 3º fl...O caso do restaurante alho & cebola   processos gerenciais semestre 3º fl...
O caso do restaurante alho & cebola processos gerenciais semestre 3º fl...ZairaLessa
 
Saudabilidade e bem estar - nutrição semestre 3º flex e 4º regular
Saudabilidade e bem estar - nutrição semestre 3º flex e 4º regularSaudabilidade e bem estar - nutrição semestre 3º flex e 4º regular
Saudabilidade e bem estar - nutrição semestre 3º flex e 4º regularZairaLessa
 
Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...
Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...
Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...HELENO FAVACHO
 

Mais procurados (8)

Desenvolver um olhar amplo das potencialidades que a educação física pode exe...
Desenvolver um olhar amplo das potencialidades que a educação física pode exe...Desenvolver um olhar amplo das potencialidades que a educação física pode exe...
Desenvolver um olhar amplo das potencialidades que a educação física pode exe...
 
Alterações sistêmicas e sequelas no paciente acometido pelo covid 19 e sua re...
Alterações sistêmicas e sequelas no paciente acometido pelo covid 19 e sua re...Alterações sistêmicas e sequelas no paciente acometido pelo covid 19 e sua re...
Alterações sistêmicas e sequelas no paciente acometido pelo covid 19 e sua re...
 
Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...
Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...
Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...
 
A importância da radiologia na identificação e tratamento da covid 19 – tecno...
A importância da radiologia na identificação e tratamento da covid 19 – tecno...A importância da radiologia na identificação e tratamento da covid 19 – tecno...
A importância da radiologia na identificação e tratamento da covid 19 – tecno...
 
A atuação da gestão escolar na promoção da aprendizagem dos estudantes educaç...
A atuação da gestão escolar na promoção da aprendizagem dos estudantes educaç...A atuação da gestão escolar na promoção da aprendizagem dos estudantes educaç...
A atuação da gestão escolar na promoção da aprendizagem dos estudantes educaç...
 
O caso do restaurante alho & cebola processos gerenciais semestre 3º fl...
O caso do restaurante alho & cebola   processos gerenciais semestre 3º fl...O caso do restaurante alho & cebola   processos gerenciais semestre 3º fl...
O caso do restaurante alho & cebola processos gerenciais semestre 3º fl...
 
Saudabilidade e bem estar - nutrição semestre 3º flex e 4º regular
Saudabilidade e bem estar - nutrição semestre 3º flex e 4º regularSaudabilidade e bem estar - nutrição semestre 3º flex e 4º regular
Saudabilidade e bem estar - nutrição semestre 3º flex e 4º regular
 
Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...
Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...
Curso de ciências contábeis orientações pedagógicas para o estágio supervisio...
 

Semelhante a Cristina sexo feminino 47 anos de idade não possui comorbidades e nem faz uso de medicações de uso contínuo – enfermagem semestre 3º e 4º regular

Enfermagem 3 e 4
Enfermagem 3 e 4Enfermagem 3 e 4
Enfermagem 3 e 4Arleno
 
Enfermagem - Infecção de ferida cirúrgica por microrganismos resistentes e a ...
Enfermagem - Infecção de ferida cirúrgica por microrganismos resistentes e a ...Enfermagem - Infecção de ferida cirúrgica por microrganismos resistentes e a ...
Enfermagem - Infecção de ferida cirúrgica por microrganismos resistentes e a ...HELENO FAVACHO
 
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdf
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdfEnfermagem em Centro-Cirúrgico.pdf
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdfHELENO FAVACHO
 
Enfermagem 6 e 7 (1)
Enfermagem 6 e 7 (1)Enfermagem 6 e 7 (1)
Enfermagem 6 e 7 (1)Arleno
 
Enfermagem 4 e 5
Enfermagem 4 e 5Enfermagem 4 e 5
Enfermagem 4 e 5Arleno
 
Biomedicina - Infecções sexualmente transmissíveis diagnóstico laboratorial e...
Biomedicina - Infecções sexualmente transmissíveis diagnóstico laboratorial e...Biomedicina - Infecções sexualmente transmissíveis diagnóstico laboratorial e...
Biomedicina - Infecções sexualmente transmissíveis diagnóstico laboratorial e...HELENO FAVACHO
 
Enfermagem 7 e 8 (2)
Enfermagem 7 e 8 (2)Enfermagem 7 e 8 (2)
Enfermagem 7 e 8 (2)Arleno
 
Alterações pulmonares e distúrbios de coagulação sanguínea e sua relação com ...
Alterações pulmonares e distúrbios de coagulação sanguínea e sua relação com ...Alterações pulmonares e distúrbios de coagulação sanguínea e sua relação com ...
Alterações pulmonares e distúrbios de coagulação sanguínea e sua relação com ...HELENO FAVACHO
 
Enfermagem 7 e 8
Enfermagem 7 e 8Enfermagem 7 e 8
Enfermagem 7 e 8Arleno
 
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdf
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdfEnfermagem em Centro-Cirúrgico.pdf
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdftrabalhosnota10sp
 
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdf
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdfEnfermagem em Centro-Cirúrgico.pdf
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdftrabalhosnota10sp
 
Bio medicina 2 e 3
Bio medicina 2 e 3Bio medicina 2 e 3
Bio medicina 2 e 3Arleno
 
Indústria farmacêutica na produção de vacinas - Engenharia de Produção 4º e 5...
Indústria farmacêutica na produção de vacinas - Engenharia de Produção 4º e 5...Indústria farmacêutica na produção de vacinas - Engenharia de Produção 4º e 5...
Indústria farmacêutica na produção de vacinas - Engenharia de Produção 4º e 5...HELENO FAVACHO
 
Fisioterapia 2 e 3
Fisioterapia 2 e 3Fisioterapia 2 e 3
Fisioterapia 2 e 3Arleno
 
Farmácia - Desenvolvimento de um novo medicamento para tratamento da tubercul...
Farmácia - Desenvolvimento de um novo medicamento para tratamento da tubercul...Farmácia - Desenvolvimento de um novo medicamento para tratamento da tubercul...
Farmácia - Desenvolvimento de um novo medicamento para tratamento da tubercul...HELENO FAVACHO
 
Apostila_Classificação de Risco_Telessaude SC UFSC.pdf
Apostila_Classificação de Risco_Telessaude SC UFSC.pdfApostila_Classificação de Risco_Telessaude SC UFSC.pdf
Apostila_Classificação de Risco_Telessaude SC UFSC.pdfwellingtoncarlosbarb1
 
Visita técnica hospitalar 17 11-2015
Visita técnica hospitalar 17 11-2015Visita técnica hospitalar 17 11-2015
Visita técnica hospitalar 17 11-2015Luciane Santana
 

Semelhante a Cristina sexo feminino 47 anos de idade não possui comorbidades e nem faz uso de medicações de uso contínuo – enfermagem semestre 3º e 4º regular (20)

Enfermagem 3 e 4
Enfermagem 3 e 4Enfermagem 3 e 4
Enfermagem 3 e 4
 
Enfermagem - Infecção de ferida cirúrgica por microrganismos resistentes e a ...
Enfermagem - Infecção de ferida cirúrgica por microrganismos resistentes e a ...Enfermagem - Infecção de ferida cirúrgica por microrganismos resistentes e a ...
Enfermagem - Infecção de ferida cirúrgica por microrganismos resistentes e a ...
 
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdf
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdfEnfermagem em Centro-Cirúrgico.pdf
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdf
 
Enfermagem - H1N1.pdf
Enfermagem - H1N1.pdfEnfermagem - H1N1.pdf
Enfermagem - H1N1.pdf
 
Enfermagem 6 e 7 (1)
Enfermagem 6 e 7 (1)Enfermagem 6 e 7 (1)
Enfermagem 6 e 7 (1)
 
Enfermagem 4 e 5
Enfermagem 4 e 5Enfermagem 4 e 5
Enfermagem 4 e 5
 
Biomedicina - Infecções sexualmente transmissíveis diagnóstico laboratorial e...
Biomedicina - Infecções sexualmente transmissíveis diagnóstico laboratorial e...Biomedicina - Infecções sexualmente transmissíveis diagnóstico laboratorial e...
Biomedicina - Infecções sexualmente transmissíveis diagnóstico laboratorial e...
 
Enfermagem 7 e 8 (2)
Enfermagem 7 e 8 (2)Enfermagem 7 e 8 (2)
Enfermagem 7 e 8 (2)
 
ENFERMAGEM 7 E 8.pdf
ENFERMAGEM 7 E 8.pdfENFERMAGEM 7 E 8.pdf
ENFERMAGEM 7 E 8.pdf
 
Alterações pulmonares e distúrbios de coagulação sanguínea e sua relação com ...
Alterações pulmonares e distúrbios de coagulação sanguínea e sua relação com ...Alterações pulmonares e distúrbios de coagulação sanguínea e sua relação com ...
Alterações pulmonares e distúrbios de coagulação sanguínea e sua relação com ...
 
Enfermagem 7 e 8
Enfermagem 7 e 8Enfermagem 7 e 8
Enfermagem 7 e 8
 
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdf
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdfEnfermagem em Centro-Cirúrgico.pdf
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdf
 
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdf
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdfEnfermagem em Centro-Cirúrgico.pdf
Enfermagem em Centro-Cirúrgico.pdf
 
Bio medicina 2 e 3
Bio medicina 2 e 3Bio medicina 2 e 3
Bio medicina 2 e 3
 
Indústria farmacêutica na produção de vacinas - Engenharia de Produção 4º e 5...
Indústria farmacêutica na produção de vacinas - Engenharia de Produção 4º e 5...Indústria farmacêutica na produção de vacinas - Engenharia de Produção 4º e 5...
Indústria farmacêutica na produção de vacinas - Engenharia de Produção 4º e 5...
 
UTI.pdf
UTI.pdfUTI.pdf
UTI.pdf
 
Fisioterapia 2 e 3
Fisioterapia 2 e 3Fisioterapia 2 e 3
Fisioterapia 2 e 3
 
Farmácia - Desenvolvimento de um novo medicamento para tratamento da tubercul...
Farmácia - Desenvolvimento de um novo medicamento para tratamento da tubercul...Farmácia - Desenvolvimento de um novo medicamento para tratamento da tubercul...
Farmácia - Desenvolvimento de um novo medicamento para tratamento da tubercul...
 
Apostila_Classificação de Risco_Telessaude SC UFSC.pdf
Apostila_Classificação de Risco_Telessaude SC UFSC.pdfApostila_Classificação de Risco_Telessaude SC UFSC.pdf
Apostila_Classificação de Risco_Telessaude SC UFSC.pdf
 
Visita técnica hospitalar 17 11-2015
Visita técnica hospitalar 17 11-2015Visita técnica hospitalar 17 11-2015
Visita técnica hospitalar 17 11-2015
 

Mais de HELENO FAVACHO

Projeto Integrado MARKETING II - oceano azul.docx
Projeto Integrado MARKETING II - oceano azul.docxProjeto Integrado MARKETING II - oceano azul.docx
Projeto Integrado MARKETING II - oceano azul.docxHELENO FAVACHO
 
Matemática - Formação Continuada.docx
Matemática - Formação Continuada.docxMatemática - Formação Continuada.docx
Matemática - Formação Continuada.docxHELENO FAVACHO
 
Engenharia Elétrica - desenvolvimento de uma fonte sem transformador.docx
Engenharia Elétrica - desenvolvimento de uma fonte sem transformador.docxEngenharia Elétrica - desenvolvimento de uma fonte sem transformador.docx
Engenharia Elétrica - desenvolvimento de uma fonte sem transformador.docxHELENO FAVACHO
 
Estágio Educação Física Bachareado.docx
Estágio Educação Física Bachareado.docxEstágio Educação Física Bachareado.docx
Estágio Educação Física Bachareado.docxHELENO FAVACHO
 
ESTÁGIO CURSOS DE LICENCIATURA.docx
ESTÁGIO CURSOS DE LICENCIATURA.docxESTÁGIO CURSOS DE LICENCIATURA.docx
ESTÁGIO CURSOS DE LICENCIATURA.docxHELENO FAVACHO
 
Plano Estágio 2022.docx
Plano Estágio 2022.docxPlano Estágio 2022.docx
Plano Estágio 2022.docxHELENO FAVACHO
 
Plano Estágio 2022.docx
Plano Estágio 2022.docxPlano Estágio 2022.docx
Plano Estágio 2022.docxHELENO FAVACHO
 
Gestão de Cooperativas - ELO SOJA.docx
Gestão de Cooperativas - ELO SOJA.docxGestão de Cooperativas - ELO SOJA.docx
Gestão de Cooperativas - ELO SOJA.docxHELENO FAVACHO
 
PTI - PILHA em Python.docx
PTI - PILHA em Python.docxPTI - PILHA em Python.docx
PTI - PILHA em Python.docxHELENO FAVACHO
 
Físioterapia Politraumatismo e a atuação fisioterapêutica.docx
Físioterapia Politraumatismo e a atuação fisioterapêutica.docxFísioterapia Politraumatismo e a atuação fisioterapêutica.docx
Físioterapia Politraumatismo e a atuação fisioterapêutica.docxHELENO FAVACHO
 
PTI - funções básicas de um computador.docx
PTI - funções básicas de um computador.docxPTI - funções básicas de um computador.docx
PTI - funções básicas de um computador.docxHELENO FAVACHO
 
PTI Engenharia de Software – Bacharelado Semestre 3.docx
PTI Engenharia de Software – Bacharelado Semestre 3.docxPTI Engenharia de Software – Bacharelado Semestre 3.docx
PTI Engenharia de Software – Bacharelado Semestre 3.docxHELENO FAVACHO
 
Serviço Social - Estado Gerencial e o Serviço Social entre as políticas de pr...
Serviço Social - Estado Gerencial e o Serviço Social entre as políticas de pr...Serviço Social - Estado Gerencial e o Serviço Social entre as políticas de pr...
Serviço Social - Estado Gerencial e o Serviço Social entre as políticas de pr...HELENO FAVACHO
 
Educação Física - O conhecimento a cerca da intervenção profissional em educa...
Educação Física - O conhecimento a cerca da intervenção profissional em educa...Educação Física - O conhecimento a cerca da intervenção profissional em educa...
Educação Física - O conhecimento a cerca da intervenção profissional em educa...HELENO FAVACHO
 
Biomedicina - Doenças Parasitárias e infectocontagiosas diagnóstico laborator...
Biomedicina - Doenças Parasitárias e infectocontagiosas diagnóstico laborator...Biomedicina - Doenças Parasitárias e infectocontagiosas diagnóstico laborator...
Biomedicina - Doenças Parasitárias e infectocontagiosas diagnóstico laborator...HELENO FAVACHO
 
PTI Crianças e adolescentes e as Políticas Públicas.docx
PTI Crianças e adolescentes e as Políticas Públicas.docxPTI Crianças e adolescentes e as Políticas Públicas.docx
PTI Crianças e adolescentes e as Políticas Públicas.docxHELENO FAVACHO
 
Coaching e Desenvolvimento Humano -Pandemia faz mulheres repensarem carreira,...
Coaching e Desenvolvimento Humano -Pandemia faz mulheres repensarem carreira,...Coaching e Desenvolvimento Humano -Pandemia faz mulheres repensarem carreira,...
Coaching e Desenvolvimento Humano -Pandemia faz mulheres repensarem carreira,...HELENO FAVACHO
 
Investigação e Perícia Crimes Cibernéticos implicações e procedimentos de inv...
Investigação e Perícia Crimes Cibernéticos implicações e procedimentos de inv...Investigação e Perícia Crimes Cibernéticos implicações e procedimentos de inv...
Investigação e Perícia Crimes Cibernéticos implicações e procedimentos de inv...HELENO FAVACHO
 
Agronomia - os sistemas agroflorestais.docx
Agronomia - os sistemas agroflorestais.docxAgronomia - os sistemas agroflorestais.docx
Agronomia - os sistemas agroflorestais.docxHELENO FAVACHO
 
PTI - gestão de risco associada a negócios.docx
PTI - gestão de risco associada a negócios.docxPTI - gestão de risco associada a negócios.docx
PTI - gestão de risco associada a negócios.docxHELENO FAVACHO
 

Mais de HELENO FAVACHO (20)

Projeto Integrado MARKETING II - oceano azul.docx
Projeto Integrado MARKETING II - oceano azul.docxProjeto Integrado MARKETING II - oceano azul.docx
Projeto Integrado MARKETING II - oceano azul.docx
 
Matemática - Formação Continuada.docx
Matemática - Formação Continuada.docxMatemática - Formação Continuada.docx
Matemática - Formação Continuada.docx
 
Engenharia Elétrica - desenvolvimento de uma fonte sem transformador.docx
Engenharia Elétrica - desenvolvimento de uma fonte sem transformador.docxEngenharia Elétrica - desenvolvimento de uma fonte sem transformador.docx
Engenharia Elétrica - desenvolvimento de uma fonte sem transformador.docx
 
Estágio Educação Física Bachareado.docx
Estágio Educação Física Bachareado.docxEstágio Educação Física Bachareado.docx
Estágio Educação Física Bachareado.docx
 
ESTÁGIO CURSOS DE LICENCIATURA.docx
ESTÁGIO CURSOS DE LICENCIATURA.docxESTÁGIO CURSOS DE LICENCIATURA.docx
ESTÁGIO CURSOS DE LICENCIATURA.docx
 
Plano Estágio 2022.docx
Plano Estágio 2022.docxPlano Estágio 2022.docx
Plano Estágio 2022.docx
 
Plano Estágio 2022.docx
Plano Estágio 2022.docxPlano Estágio 2022.docx
Plano Estágio 2022.docx
 
Gestão de Cooperativas - ELO SOJA.docx
Gestão de Cooperativas - ELO SOJA.docxGestão de Cooperativas - ELO SOJA.docx
Gestão de Cooperativas - ELO SOJA.docx
 
PTI - PILHA em Python.docx
PTI - PILHA em Python.docxPTI - PILHA em Python.docx
PTI - PILHA em Python.docx
 
Físioterapia Politraumatismo e a atuação fisioterapêutica.docx
Físioterapia Politraumatismo e a atuação fisioterapêutica.docxFísioterapia Politraumatismo e a atuação fisioterapêutica.docx
Físioterapia Politraumatismo e a atuação fisioterapêutica.docx
 
PTI - funções básicas de um computador.docx
PTI - funções básicas de um computador.docxPTI - funções básicas de um computador.docx
PTI - funções básicas de um computador.docx
 
PTI Engenharia de Software – Bacharelado Semestre 3.docx
PTI Engenharia de Software – Bacharelado Semestre 3.docxPTI Engenharia de Software – Bacharelado Semestre 3.docx
PTI Engenharia de Software – Bacharelado Semestre 3.docx
 
Serviço Social - Estado Gerencial e o Serviço Social entre as políticas de pr...
Serviço Social - Estado Gerencial e o Serviço Social entre as políticas de pr...Serviço Social - Estado Gerencial e o Serviço Social entre as políticas de pr...
Serviço Social - Estado Gerencial e o Serviço Social entre as políticas de pr...
 
Educação Física - O conhecimento a cerca da intervenção profissional em educa...
Educação Física - O conhecimento a cerca da intervenção profissional em educa...Educação Física - O conhecimento a cerca da intervenção profissional em educa...
Educação Física - O conhecimento a cerca da intervenção profissional em educa...
 
Biomedicina - Doenças Parasitárias e infectocontagiosas diagnóstico laborator...
Biomedicina - Doenças Parasitárias e infectocontagiosas diagnóstico laborator...Biomedicina - Doenças Parasitárias e infectocontagiosas diagnóstico laborator...
Biomedicina - Doenças Parasitárias e infectocontagiosas diagnóstico laborator...
 
PTI Crianças e adolescentes e as Políticas Públicas.docx
PTI Crianças e adolescentes e as Políticas Públicas.docxPTI Crianças e adolescentes e as Políticas Públicas.docx
PTI Crianças e adolescentes e as Políticas Públicas.docx
 
Coaching e Desenvolvimento Humano -Pandemia faz mulheres repensarem carreira,...
Coaching e Desenvolvimento Humano -Pandemia faz mulheres repensarem carreira,...Coaching e Desenvolvimento Humano -Pandemia faz mulheres repensarem carreira,...
Coaching e Desenvolvimento Humano -Pandemia faz mulheres repensarem carreira,...
 
Investigação e Perícia Crimes Cibernéticos implicações e procedimentos de inv...
Investigação e Perícia Crimes Cibernéticos implicações e procedimentos de inv...Investigação e Perícia Crimes Cibernéticos implicações e procedimentos de inv...
Investigação e Perícia Crimes Cibernéticos implicações e procedimentos de inv...
 
Agronomia - os sistemas agroflorestais.docx
Agronomia - os sistemas agroflorestais.docxAgronomia - os sistemas agroflorestais.docx
Agronomia - os sistemas agroflorestais.docx
 
PTI - gestão de risco associada a negócios.docx
PTI - gestão de risco associada a negócios.docxPTI - gestão de risco associada a negócios.docx
PTI - gestão de risco associada a negócios.docx
 

Último

Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalSilvana Silva
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 

Último (20)

Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 

Cristina sexo feminino 47 anos de idade não possui comorbidades e nem faz uso de medicações de uso contínuo – enfermagem semestre 3º e 4º regular

  • 1. PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO – PTG Enfermagem CURSO: Enfermagem PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO – PTG TEMOS A PRONTA ENTREGA WhatsApp: (91) 98764-0830 E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com TEMOS A PRONTA ENTREGA WhatsApp: (91) 98764-0830 E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com TEMOS A PRONTA ENTREGA WhatsApp: (91) 98764-0830 E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com TEMOS A PRONTA ENTREGA WhatsApp: (91) 98764-0830 E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com
  • 2. PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO – PTG Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 3º flex e 4º regular Disciplinas:  Microbiologia  Enfermagem e Trabalho  Habilidades  Fundamentos Semiológicos de Enfermagem Professores  Flavia Soares Lassie  Franciely Midori Bueno de Freitas  Dayane Aparecida Scaramal  Danieli Juliani Garbuio Tomedi Competências:  Aprofundar os conhecimentos da área específica.  Refletir sobre as atividades relacionadas ao estudo.  Desenvolver pensamento crítico sobre a atuação do profissional de Enfermagem. Habilidades: Ao concluir as etapas propostas neste desafio, você terá desenvolvido as seguintes competências e habilidades:  Possibilitar o desenvolvimento de trabalhos em grupo, promovendo a capacidade de adaptação, comunicação e integração do espírito de equipe.  Promover formação teórico-prática possibilitando a vivência concreta nas organizações, estimulando uma postura investigativa e de análise crítico-reflexiva.  Formar profissionais com visão integral, capacidade de adaptação e flexibilidade, que atuem de forma interdisciplinar.  Capacitar para que os indivíduos possam tomar decisões complexas com ética e responsabilidade.  Permitir que os indivíduos consigam ampliar sua visão de forma competitiva, promovendo melhorias nas organizações. Objetivos da Aprendizagem: A produção textual é um procedimento metodológico de ensino aprendizagem que tem por objetivos:  Favorecer a aprendizagem.  Estimular a corresponsabilidade do aluno pelo aprendizado eficiente e eficaz.  Promover o estudo dirigido a distância.  Desenvolver os estudos independentes, sistemáticos e o autoaprendizado.  Oferecer diferentes ambientes de aprendizagem. TEMOS A PRONTA ENTREGA WhatsApp: (91) 98764-0830 E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com
  • 3. PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO – PTG Enfermagem  Promover a aplicação da teoria e conceitos para a solução de problemas práticos relativos à profissão.  Direcionar o estudante para a busca do raciocínio crítico e a emancipação intelectual. Prezado(a) aluno(a), Seja bem-vindo(a) a este semestre! Essa proposta de Produção Textual Interdisciplinar em Grupo (PTG) possibilitará a aprendizagem interdisciplinar dos conteúdos desenvolvidos nas disciplinas desse semestre. Inicialmente, é importante que você realize a leitura atenta da situação descrita para, na sequência, seguir as orientações apresentadas em cada uma das etapas subsequentes de modo a organizar suas ideias para a conclusão, com qualidade, deste trabalho. ORIENTAÇÃO DA PRODUÇÃO TEXTUAL Formação dos grupos: os alunos devem formar grupos de 02 a 07 integrantes. Atenção: todos os integrantes devem pertencer ao mesmo curso, série e turma. Somente após o cadastro do grupo é que o trabalho deverá ser enviado no prazo estabelecido, sendo também responsabilidade do líder do grupo. Quando o aluno responsável pelo cadastro do grupo e pelo cadastro de atividade não realiza os procedimentos dentro do prazo devido, todo grupo fica prejudicado. Por isso, é importante se atentar aos prazos. Leitura e interpretação da SGA: Utilize seus conhecimentos teóricos adquiridos ao longo das disciplinas desse semestre para interpretar a situação problema e responder aos desafios propostos. Em grupo, produzam um texto de acordo com o modelo de trabalho acadêmico e as normas da ABNT, contendo de 06 a 08 laudas (páginas), com exceção da capa, folha de rosto e referências. TEMOS A PRONTA ENTREGA WhatsApp: (91) 98764-0830 E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com
  • 4. PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO – PTG Enfermagem SITUAÇÃO GERADORA DE APRENDIZAGEM (SGA) Situação-problema Cristina, sexo feminino, 47 anos de idade, não possui comorbidades e nem faz uso de medicações de uso contínuo. Procurou o serviço hospitalar referindo dor abdominal súbita de intensidade moderada. A paciente relatou que há 3 dias vem apresentando dor abdominal difusa, associada a diarreia e inapetência (perda do apetite), além de mal-estar geral. Na admissão, Cristina foi atendida pelo enfermeiro responsável pelo acolhimento, o qual realizou o exame físico e identificou, entre outros achados, hipertermia (38,5ºC) e distensão abdominal. Em seguida, passou por avaliação médica para investigação de apendicite aguda, que foi confirmada por ultrassonografia de abdome. Após a realizar todos os procedimentos, a paciente foi encaminhada ao Centro Cirúrgico para apendicectomia por videolaparoscopia. Cristina evoluiu com regular estado geral nos dias seguintes do pós-operatório (PO), com episódios de náuseas e vômitos. No terceiro PO, começou a apresentar picos febris, além de exsudato purulento em ferida operatória, mesmo recebendo tratamento com antimicrobianos até aquele momento. Dessa forma, novos exames laboratoriais foram coletados, bem como uma cultura do exsudato por meio de swab, que evidenciou presença de Klebsiella pneumoniae produtora de carbapenemase (KPC). A partir disso, a Comissão Interna de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) orientou a realização de isolamento com precaução de contato desse paciente, e explicou à equipe de enfermagem que a Klebsiella pneumoniae é capaz de sobreviver em objetos inanimados ou fômites (objetos com capacidade de absorver, reter e transportar organismos contagiantes ou infecciosos, como por exemplo, estetoscópio, sapatos), colonizar o corpo humano e causar infecções graves em pacientes imunocomprometidos como Cristina. Diante dessa situação-problema, reflitam e elaborem um texto com os seguintes desafios: DESAFIO 1: Os microrganismos causam diversos tipos de doenças infecciosas e apesar do amplo espectro de antibióticos existentes, eles ainda continuam ganhando a batalha na cura das infecções. TEMOS A PRONTA ENTREGA WhatsApp: (91) 98764-0830 E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com
  • 5. PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO – PTG Enfermagem Descreva como o uso irracional dos antibióticos geram o surgimento e a disseminação de resistência microbiana. O que se pode entender por resistência microbiana? No caso do paciente citado, a bactéria encontrada na ferida cirúrgica é a Klebsiella pneumoniae, um bacilo Gram-negativo, anaeróbio facultativo, membro da família Enterobacteriaceae, que é capaz de produzir a carbapenemase. Assim, identifique qual é o tipo de resistência apresentado por essa bactéria. DESAFIO 2: Por meio da avaliação completa (anamnese e exame físico), o enfermeiro é capaz de identificar os sinais e sintomas apresentados pelo paciente, os quais serão determinantes na elaboração dos diagnósticos de enfermagem e, consequentemente, do plano de cuidados. Partindo do pressuposto de que as informações obtidas tanto no momento da admissão hospitalar, quanto no pós-operatório, embasarão uma assistência de qualidade, reflita: quais sinais e sintomas devem ser investigados nesse caso? Quais são os métodos propedêuticos utilizados no exame físico do sistema digestório, e qual a sequência correta para a sua realização? Existe algum método especial que possa ser empregado? DESAFIO 3: A infecção hospitalar por bactéria multirresistente infelizmente é comum em quase todas as instituições de saúde, é de responsabilidade Serviço de Controle de Infecção Hospitalar - SCIH, estabelecer normas e rotinas para conter sua disseminação, uma vez que este tipo de ocorrência pode acarretar quadros clínicos mais graves (EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES, 2019). Por isso, o desafio é identificar o tipo de precaução (padrão, contato, aerossóis ou gotículas) a ser estabelecido, para que a transmissão da Klebsiella pneumoniae produtora de carbapenemase (KPC) seja minimizada. Identificado o tipo de precaução a ser instituída nesta situação, descreva as recomendações para a equipe de saúde, no que se refere às medidas de proteção e contenção de uma possível disseminação de KPC. Ao responder, reflita a importância de medidas de proteção para a saúde dos trabalhadores e aos demais pacientes. DESAFIO 4: Atualmente, ainda temos na maioria das instituições hospitalares a utilização de prontuários manuais e eles ficam dispostos no posto de enfermagem para a utilização de todos os profissionais que estão prestando assistência aos pacientes (técnicos de enfermagem, enfermeiro, TEMOS A PRONTA ENTREGA WhatsApp: (91) 98764-0830 E-mail:direcionamentouniversitario@gmail.com
  • 6. PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO – PTG Enfermagem médico, fisioterapeuta, nutricionista, entre outros). Nesse sentido, após a avaliação do paciente, o enfermeiro realiza a evolução de enfermagem nesse prontuário. É possível que ocorra a disseminação de microrganismos durante a execução dessas tarefas? Justifique. DESAFIO 5: Diante da situação-problema apresentada, não podemos nos esquecer que os profissionais da área da saúde que trabalham em contato direto com os pacientes estão expostos em todo o momento a diversos riscos no ambiente hospitalar, e para isso, ações devem ser planejadas e implementadas com o intuito de diminuir possíveis prejuízos à saúde ocupacional desses funcionários. Diante de todo o contexto evidenciado pelo caso apresentado, explique qual o tipo de risco que os profissionais que estão realizando o cuidado direto a Cristina estão expostos. Os profissionais que trabalham expostos a esse tipo de risco recebem em seus salários o adicional de insalubridade? Explique o conceito e os graus de insalubridade. SUGESTÕES DE BIBLIOGRAFIAS ALMEIDA, W. B. et al. Infecção hospitalar: controle e disseminação nas mãos dos profissionais de saúde de uma Unidade de Terapia Intensiva. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 11, n. 2, 2018. Disponível em: https://acervomais.com.br/index.php/saude/article/view/130/93. Acesso em: 16 jul. 2021. BRASIL. Ministério da Economia. Secretaria do Trabalho. Norma Regulamentadora nº15- Atividades e Operações Insalubres. Disponível em: https://bit.ly/3fUmWwt. Acesso em: 19 jul. 2021. BRASIL. Ministério da Saúde. Classificação de risco dos agentes biológicos. Brasília: Ministério da Saúde, 2017. Disponível em: https://bit.ly/39sLAll. Acesso em: 22 jul. 2020. CUSTÓDIO, J. et al. Avaliação microbiológica das mãos de profissionais da saúde de um hospital particular de Itumbiara, Goiás. Rev. Ciênc. Méd., Campinas, v. 18, n 1, 2009. Disponível em: https://bit.ly/3hycE5D. Acesso em: 19 jul. 2021. DIESTMANN, R. Avaliação fenotípica da enzima Klebsiella pneumoniae carbapenemase (KPC) em Enterobacteriaceae de ambiente hospitalar. Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial, v.46, n.1, 2010. EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES. Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago. Plano de Contenção de Disseminação de Bactérias Multirresistentes. Florianópolis, Santa Catariana. 42 p. 2019. Disponível em: http://www.hu.ufsc.br/setores/ccih/wp-
  • 7. PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO – PTG Enfermagem content/uploads/sites/16/2019/11/Plano-conten%C3%A7%C3%A3o-2019-2020-EBSERH-19- novembro-em-pdf.pdf. Acesso em: 16 jul. 2021. HINKLE, J. L; CHEEVER, K. H. Brunner e Suddarth: tratado de enfermagem médico-cirúrgica. 13. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2016. (Minha Biblioteca) HOSPITAL REGIONAL DO SERTÃO CENTRAL. Manual: precauções e isolamentos – SCIH. Quixeramobim – CE, 2020. Disponível em: https://isgh.org.br/intranet/images/Dctos/PDF/HRSC/HRSC_MANUAIS/MANUAL_HRSC_PRECAUCO ES_E_ISOLAMENTOS_SCIH_280720.pdf. Acesso em: 16 jul. 2021. LEITE, A. L. B. Anamnese e exame físico: avaliação diagnóstica de enfermagem no adulto. 2 ed. Porto Alegre: Artmed, 2010. (Minha Biblioteca) ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DA PRODUÇÃO TEXTUAL Para o desenvolvimento deste trabalho, você deverá refletir sobre a situação-problema que envolve a elaboração de um relatório apresentando os conteúdos didáticos envolvidos na SGA. A equipe deverá consultar e se fundamentar nas teleaulas, webaulas, sugestões de leitura e no livro-texto disponível na Biblioteca Digital, bem como, contar com a orientação dos tutores a distância por meio do sistema de mensagens. Elaborem uma redação coesa, coerente e com argumentos acadêmico-científicos de modo fluido com as seguintes etapas:    Introdução: Contextualização da situação apresentada e indicação dos conteúdos que serão desenvolvidos ao longo do texto.   Desenvolvimento: Abordagem de todos os temas propostos nos desafios a partir de uma redação coesa e discursiva, em vez de respostas diretas.   Conclusão: Em um único parágrafo, descrever a conclusão que o grupo chegou sobre o caso ao considerar, em especial, o título da temática dessa produção textual.   Referências: Listar as referências das obras que foram consultadas e a formatação da produção textual interdisciplinar em grupo, de acordo com as normas da ABNT (orientações no arquivo anexo). 
  • 8. PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO – PTG Enfermagem NORMAS PARA ELABORAÇÃO E ENTREGA DA PRODUÇÃO TEXTUAL  O trabalho será realizado em grupo.  O cadastro do trabalho deverá ser feito na pasta específica (“atividades interdisciplinares”), obedecendo ao prazo limite de postagem, conforme disposto no cronograma do curso. Não existe prorrogação para a postagem da atividade.  O trabalho final que será postado no ambiente virtual de aprendizagem deve conter de 06 até, no máximo, 08 laudas (considerando-se apenas a produção textual em si, com introdução, desenvolvimento e conclusão, excetuando-se os elementos pré e pós-textuais).  Deve conter, depois de pronto, capa e folha de rosto padrão do curso, sendo organizado no que tange à sua apresentação visual (tipos e tamanhos de fontes, alinhamento do texto, espaçamentos de parágrafos, apresentação correta de citações e referências, entre outros elementos importantes). Essas orientações estão disponíveis na Biblioteca Digital da instituição.  A produção textual é um trabalho original e, portanto, não poderá haver trabalhos idênticos aos de outros grupos ou com reprodução de materiais extraídos da internet. Os trabalhos plagiados serão invalidados, sendo os alunos reprovados na atividade. Lembrem-se de que a prática do plágio constitui crime, com pena prevista em lei, e deve ser evitada no âmbito acadêmico.  Não serão aceitos, sob nenhuma hipótese, trabalhos enviados em PDF. CRITÉRIOS AVALIATIVOS Apresentamos os critérios avaliativos que nortearão a devolutiva escrita e o conceito a ser dado: Critério Significado Valor/peso Coerência, clareza e coesão O texto apresenta uma linguagem de fácil compreensão, apresentando os argumentos de modo claro e coeso. 20% Aplicação dos conteúdos interdisciplinares No texto escrito (com as justificativas e argumentações) as ideias apresentam relação direta com a situação descrita e explicitam conteúdos trabalhados em TODAS as disciplinas do semestre. 30%
  • 9. PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO – PTG Enfermagem Riqueza de argumentação O texto tem relação direta com o tema, traduzem uma reflexão crítica e contempla os pontos estabelecidos no roteiro. 30% Conclusão As considerações finais refletem, de fato, a resolução da problemática pelo grupo sobre a SGA sem repetições ou redundâncias. 10% Normatização Respeito às normas do manual e da ABNT. 10% Um ótimo trabalho! Equipe de professoras