SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO: 
 
 
 
 
1. Relacione as orações coordenadas por meio de conjunções indicadas nos parênteses:  
 
a) Ouviu­se o som da bateria. Os primeiros foliões surgiram. (Aditiva)  
b) Não durma sem cobertor. A noite está fria. (Explicativa)  
c) Quero desculpar­me. Não consigo encontrá­los. (Adversativa)  
 
 
2. (PUC­SP) – Em: “... ouviam­se amplos bocejos, fortes como o marulhar das ondas...” a partícula 
como expressa uma ideia de:  
 
a) causa  
b) explicação  
c) conclusão  
d) proporção  
e) comparação  
 
3. (FUVEST – SP) – “Entrando na faculdade, procurarei emprego”, oração sublinhada pode 
indicar uma idéia de:  
 
a) concessão  
b) oposição  
c) condição  
d) lugar  
e) conseqüência  
 
 
4. (Univ. Fed. Santa Maria – RS) – Assinale a sequência de conjunções que estabelecem, entre as 
orações de cada item, uma correta relação de sentido.  
 
1. Correu demais, ... caiu.  
2. Dormiu mal, ... os sonhos não o deixaram em paz.  
3. A matéria perece, ... a alma é imortal.  
4. Leu o livro, ... é capaz de descrever as personagens com detalhes.  
5. Guarde seus pertences, ... podem servir mais tarde.  
 
a) porque, todavia, portanto, logo, entretanto  
b) por isso, porque, mas, portanto, que  
c) logo, porém, pois, porque, mas  
d) porém, pois, logo, todavia, porque  
e) entretanto, que, porque, pois, portanto  
 
5. Reúna as três orações em um período composto por coordenação, usando conjunções 
adequadas.  
 
Os dias já eram quentes.  
A água do mar ainda estava fria.  
As praias permaneciam desertas. 
 
6. Colégio Naval 
 
Vamos até a Matriz de Antônio Dias 
onde repousa, pó sem esperança, pó sem lembrança, o Aleijadinho. 
 
Vamos subindo em procissão a lenta ladeira. 
Padres e anjos, santos e bispos nos acompanham 
e tornam mais rica, tornam mais grave a romaria de assombração. 
Mas já não há fantasmas no dia claro, 
tudo é tão simples, 
tudo tão nu, 
as cores e cheiros do presente são tão fortes e tão urgentes 
que nem se percebem catingas e rouges, boduns e ouros do século 18. 
(O voo sobre as igrejas, Carlos Drumond de Andrade) 
 
O “que” do verso 10 apresenta o valor semântico de: 
 
a) explicação; 
b) condição; 
c) conformidade; 
d) consequência; 
e) lugar. 
 
7. Colégio Naval ­ No trecho: “Todos diziam que ela era orgulhosa, mas afinal descobri que não”, 
a última oração se classifica como: 
 
a) coordenada sindética adversativa; 
b) principal; 
c) subordinada substantiva objetiva direta; 
d) subordinada adverbial comparativa; 
e) subordinada substantiva subjetiva. 
8. AFA 
 
Se o penhor dessa igualdade 
Conseguimos conquistar com braço forte, 
Em teu seio, ó Liberdade, 
Desafia o nosso peito a própria morte! 
­ Mas, se ergues da justiça a clava forte, 
Verás que um filho teu não foge à luta, 
Nem teme, quem te adora, a própria morte, 
 
As orações “Desafia o nosso peito a própria morte”, “que um filho teu não foge à luta” e “quem 
te adora” classificam­se, respectivamente, como: 
 
a) principal, subordinada substantiva subjetiva, subordinada adjetiva restritiva; 
b) principal, subordinada adverbial temporal, subordinada substantiva objetiva direta; 
c) principal, subordinada substantiva objetiva direta, subordinada substantiva subjetiva; 
d) coordenada assindética, subordinada substantiva objetiva direta, subordinada substantiva 
apositiva. 
 
9. EPCAR ­ Marque a alternativa que contém oração subordinada substantiva completiva nominal. 
 
a) “Como fazem os pelintras de hoje para não molhar os pés nos dias de chuva?” 
b) “Veio­me a desagradável impressão de que todo mundo reparava nas minhas galochas.” 
c) “Um dia as galochas me serão úteis, quando eu for suficientemente velho para merecê­las.” 
d) “No restaurante, onde entrei arrastando os cascos como um dromedário, resolvi me ver livre das 
galochas.” 
e) “No centro da cidade um sol radioso varava as nuvens e caía sobre a rua, enchendo tudo de luz, fazendo 
evaporar as últimas poças de água que ainda pudessem justificar minhas galochas.” 
 
 
10. Colégio Naval ­ Somos uma pequena parte do elo, o miolo de envoltórios descomunais que 
desconhecemos, arrogantes embora, na suposição de que é conosco que Deus se preocupa. 
A última oração do texto deve ser classificada como subordinada: 
 
a) adverbial concessiva; 
b) substantiva completiva nominal; 
c) adjetiva restritiva; 
d) substantiva predicativa; 
e) substantiva subjetiva. 
 
 
11. EFOMM ­ “Não sei de onde te conheço.” A classificação correta da oração grifada está na 
opção: 
 
a) substantiva predicativa; 
b) adjetiva restritiva; 
c) substantiva subjetiva; 
d) substantiva objetiva indireta; 
e) substantiva objetiva direta. 
 
 
12. UNIRIO ­ No período “Ah, arrulhou de repente a pomba, quando distinguiu, indignada, o 
pombo que chegava (...)”, as duas orações subordinadas são respectivamente: 
 
a) adjetiva e adverbial temporal; 
b) substantiva predicativa e adjetiva; 
c) adverbial temporal e adverbial temporal; 
d) adverbial temporal e adverbial consecutiva; 
e) adverbial temporal e adjetiva. 
 
 
13. UFRRJ ­ “Tal era a fúria dos ventos, que as copas das árvores beijavam o chão.” Neste 
período, a oração subordinada é adverbial: 
 
a) concessiva; 
b) condicional; 
c) consecutiva; 
d) proporcional; 
e) final. 
 
 
14. Colégio Naval 
 
“Sai, afastando­me dos grupos, e fingido ler os epitáfios. E, aliás, gosto dos epitáfios; eles são, entre a                                   
gente civilizada, uma expressão daquele pio e secreto egoísmo que induz o homem a arrancar à morte um                                   
farrapo ao menos da sombra que passou. Daí vem, talvez, a tristeza inconsolável dos que sabem os seus                                   
mortos na vala comum; parece­lhes que a podridão anônima os alcança a eles mesmos.” 
(Quincas Borba ­ M. de Assis) 
 
“(...) que a podridão anônima os alcança a eles mesmos.” uma oração: 
 
a) adjetiva restritiva; 
b) adjetiva explicativa; 
c) adverbial condicional; 
d) substantiva subjetiva; 
e) substantiva objetiva direta. 
 
15. ”Deus não fala comigo, e eu sei que Ele me escuta.” O conectivo “e” pode ser substituído, 
sem contrariar o sentido, por: 
 
a) ou. 
b) no entanto 
c) porém 
d) porquanto 
e) nem 
 
 
16. (INSPER 2009) 
 
 
Considere os versos deste poema: 
O mundo é grande 
O mundo é grande e (I) cabe 
nesta janela sobre o mar. 
O mar é grande e (II) cabe 
na cama e (III) no colchão de amar. 
O amor é grande e (IV) cabe 
no breve espaço de beijar. 
(Carlos Drummond de Andrade, Amar se aprende amando. Rio de Janeiro, Record) 
 
A conjunção “e” foi empregada pelo poeta com valor aditivo 
 
a) Em todas as ocorrências. 
b) Apenas em I e IV. 
c) Apenas em II. 
d) Apenas em III. 
e) Apenas em II e III. 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavrascolveromachado
 
6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação LinguísticaAngélica Manenti
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15GernciadeProduodeMat
 
Figuras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumoFiguras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumoElaine Blogger
 
Orações coordenadas
Orações coordenadasOrações coordenadas
Orações coordenadasEdson Alves
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeitoIedaSantana
 
Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Keu Oliveira
 
Período composto-por-subordinação-oração-subordinada-adverbial-português
Período composto-por-subordinação-oração-subordinada-adverbial-portuguêsPeríodo composto-por-subordinação-oração-subordinada-adverbial-português
Período composto-por-subordinação-oração-subordinada-adverbial-portuguêsFlávio Ferreira
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominalguest0cbfe
 
Adjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominalAdjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominalNeily Alves
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)
LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)
LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)GernciadeProduodeMat
 

Mais procurados (20)

Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Verbos 2
Verbos 2Verbos 2
Verbos 2
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
 
Adjunto adverbial
Adjunto adverbialAdjunto adverbial
Adjunto adverbial
 
6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística
 
Ambiguidade
AmbiguidadeAmbiguidade
Ambiguidade
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15
 
Tempos verbais
Tempos verbaisTempos verbais
Tempos verbais
 
Figuras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumoFiguras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumo
 
Orações coordenadas
Orações coordenadasOrações coordenadas
Orações coordenadas
 
Orações adjetivas
Orações adjetivasOrações adjetivas
Orações adjetivas
 
Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeito
 
Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.
 
Período Composto
Período CompostoPeríodo Composto
Período Composto
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Período composto-por-subordinação-oração-subordinada-adverbial-português
Período composto-por-subordinação-oração-subordinada-adverbial-portuguêsPeríodo composto-por-subordinação-oração-subordinada-adverbial-português
Período composto-por-subordinação-oração-subordinada-adverbial-português
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominal
 
Adjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominalAdjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominal
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)
LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)
LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)
 

Destaque

Ficha de trabalho as conjunções
Ficha de trabalho   as conjunçõesFicha de trabalho   as conjunções
Ficha de trabalho as conjunçõesTeresa Rocha
 
10 exercícios de conjunções para concurso (com gabarito) português em foco
10 exercícios de conjunções para concurso (com gabarito)   português em foco10 exercícios de conjunções para concurso (com gabarito)   português em foco
10 exercícios de conjunções para concurso (com gabarito) português em focoMarina Castro
 
Lista de exercícios nº 39
Lista de exercícios nº 39Lista de exercícios nº 39
Lista de exercícios nº 39Fabíola Freitas
 
Exercícios de Coordenadas - Semântica
Exercícios de Coordenadas -  SemânticaExercícios de Coordenadas -  Semântica
Exercícios de Coordenadas - SemânticaAyla De Sá Marques
 
16101973 apostila-gramatica-e-exercicios-120711054212-phpapp02
16101973 apostila-gramatica-e-exercicios-120711054212-phpapp0216101973 apostila-gramatica-e-exercicios-120711054212-phpapp02
16101973 apostila-gramatica-e-exercicios-120711054212-phpapp02Dinoel Costa
 
Gabarito exercícios de orações coordenadas, coesão e coerência
Gabarito exercícios de orações coordenadas, coesão e coerênciaGabarito exercícios de orações coordenadas, coesão e coerência
Gabarito exercícios de orações coordenadas, coesão e coerênciaRoberto Luiz
 
Revisao gramatical 2 8o ano
Revisao gramatical 2 8o anoRevisao gramatical 2 8o ano
Revisao gramatical 2 8o anoAndrelacio
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativoA. Simoes
 
10exercciosdeconjunesparaconcursocomgabaritoportugusemfoco 140701223122-phpapp02
10exercciosdeconjunesparaconcursocomgabaritoportugusemfoco 140701223122-phpapp0210exercciosdeconjunesparaconcursocomgabaritoportugusemfoco 140701223122-phpapp02
10exercciosdeconjunesparaconcursocomgabaritoportugusemfoco 140701223122-phpapp02Dannylo Fontenele
 
Exercícios de fixação
Exercícios de fixaçãoExercícios de fixação
Exercícios de fixaçãojvcastromattos
 
Leitura e compreensão de texto (Jovem Candango)
Leitura e compreensão de texto (Jovem Candango)Leitura e compreensão de texto (Jovem Candango)
Leitura e compreensão de texto (Jovem Candango)Jader Windson
 
Orações subordinadas adverbiais 2013
Orações subordinadas adverbiais 2013Orações subordinadas adverbiais 2013
Orações subordinadas adverbiais 2013Christiane Queiroz
 
Vozes do verbo Parte 1 - 3
Vozes do verbo Parte 1 - 3Vozes do verbo Parte 1 - 3
Vozes do verbo Parte 1 - 3Segundao
 
Vozes do verbo 2
Vozes do verbo 2Vozes do verbo 2
Vozes do verbo 2Segundao
 
Maceió Cursos sujeito e predicado+vozes do verbo
Maceió Cursos   sujeito e predicado+vozes do verboMaceió Cursos   sujeito e predicado+vozes do verbo
Maceió Cursos sujeito e predicado+vozes do verboNélson Bittencourt
 
Artigo 6 transposicao das vozes verbais
Artigo 6   transposicao das vozes verbaisArtigo 6   transposicao das vozes verbais
Artigo 6 transposicao das vozes verbaisIsabelly Sarmento
 

Destaque (20)

Atividades portugues conjunção
Atividades portugues conjunçãoAtividades portugues conjunção
Atividades portugues conjunção
 
Ficha de trabalho as conjunções
Ficha de trabalho   as conjunçõesFicha de trabalho   as conjunções
Ficha de trabalho as conjunções
 
10 exercícios de conjunções para concurso (com gabarito) português em foco
10 exercícios de conjunções para concurso (com gabarito)   português em foco10 exercícios de conjunções para concurso (com gabarito)   português em foco
10 exercícios de conjunções para concurso (com gabarito) português em foco
 
Lista de exercícios nº 39
Lista de exercícios nº 39Lista de exercícios nº 39
Lista de exercícios nº 39
 
Exercícios de Coordenadas - Semântica
Exercícios de Coordenadas -  SemânticaExercícios de Coordenadas -  Semântica
Exercícios de Coordenadas - Semântica
 
16101973 apostila-gramatica-e-exercicios-120711054212-phpapp02
16101973 apostila-gramatica-e-exercicios-120711054212-phpapp0216101973 apostila-gramatica-e-exercicios-120711054212-phpapp02
16101973 apostila-gramatica-e-exercicios-120711054212-phpapp02
 
Coordenada
CoordenadaCoordenada
Coordenada
 
Gabarito exercícios de orações coordenadas, coesão e coerência
Gabarito exercícios de orações coordenadas, coesão e coerênciaGabarito exercícios de orações coordenadas, coesão e coerência
Gabarito exercícios de orações coordenadas, coesão e coerência
 
Revisao gramatical 2 8o ano
Revisao gramatical 2 8o anoRevisao gramatical 2 8o ano
Revisao gramatical 2 8o ano
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
 
10exercciosdeconjunesparaconcursocomgabaritoportugusemfoco 140701223122-phpapp02
10exercciosdeconjunesparaconcursocomgabaritoportugusemfoco 140701223122-phpapp0210exercciosdeconjunesparaconcursocomgabaritoportugusemfoco 140701223122-phpapp02
10exercciosdeconjunesparaconcursocomgabaritoportugusemfoco 140701223122-phpapp02
 
Exercícios de fixação
Exercícios de fixaçãoExercícios de fixação
Exercícios de fixação
 
Leitura e compreensão de texto (Jovem Candango)
Leitura e compreensão de texto (Jovem Candango)Leitura e compreensão de texto (Jovem Candango)
Leitura e compreensão de texto (Jovem Candango)
 
Orações subordinadas adverbiais 2013
Orações subordinadas adverbiais 2013Orações subordinadas adverbiais 2013
Orações subordinadas adverbiais 2013
 
Vozes do verbo Parte 1 - 3
Vozes do verbo Parte 1 - 3Vozes do verbo Parte 1 - 3
Vozes do verbo Parte 1 - 3
 
Vozes do verbo 2
Vozes do verbo 2Vozes do verbo 2
Vozes do verbo 2
 
Maceió Cursos sujeito e predicado+vozes do verbo
Maceió Cursos   sujeito e predicado+vozes do verboMaceió Cursos   sujeito e predicado+vozes do verbo
Maceió Cursos sujeito e predicado+vozes do verbo
 
Artigo 6 transposicao das vozes verbais
Artigo 6   transposicao das vozes verbaisArtigo 6   transposicao das vozes verbais
Artigo 6 transposicao das vozes verbais
 
Vozes verbais 7a_serie
Vozes verbais 7a_serieVozes verbais 7a_serie
Vozes verbais 7a_serie
 
Regencia verbal
Regencia verbalRegencia verbal
Regencia verbal
 

Último

12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................mariagrave
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)Centro Jacques Delors
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoQuestões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoCelimaraTiski
 
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxLucasFCapistrano
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSPedro Luis Moraes
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreLeandroLima265595
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaANNAPAULAAIRESDESOUZ
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Pauloririg29454
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024azulassessoria9
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfFbioFerreira207918
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 

Último (20)

12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoQuestões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
 
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 

Conjunções exercícios de fixação